Mostrando postagens com marcador paz e liberdade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador paz e liberdade. Mostrar todas as postagens

Tu e Eu - Duas estações diferentes

A Grande Sabedoria

Não somos todos Charlie

Esse mundo de meu bem escafedeu-se

11 de Fevereiro: A Internet diz NÃO à vigilância em massa

Pela liberdade de expressão e luta contra a censura da rede

Em vez de rancor, conciliação [update]

Foi assim que Nelson Mandela conseguiu levar a cabo a tarefa de tornar a África do Sul um país unificado.

As Nações Unidas pediram aos cidadãos de todo o mundo para dedicarem 67 minutos do seu tempo a algum serviço para a sua comunidade, um minuto por cada ano que o líder sul-africano Nelson Mandela serviu a humanidade.
O pedido da ONU, feito por ocasião da celebração do 18 de Julho, Dia Internacional de Nelson Mandela, por ocasião do seu 93º aniversário, faz parte de uma campanha da Fundação Mandela para reconhecer as contribuições do líder sul-africano como defensor dos direitos humanos.
O ex-presidente sul-africano e Prêmio Nobel da Paz passa o seu aniversário em sua casa de Houghton, em Joanesburgo, acompanhado por 90 crianças, dez para cada província da África do Sul. Além disso, a ONU organizou para o dia 18 de Julho uma exposição interativa, na qual os visitantes se comprometem a realizar um serviço público de 67 minutos (fonte)

Faz apenas dois anos que foi criado o Dia Internacional Nelson Mandela pelos estados membros da Organização das Nações Unidas (ONU) e esta blogueira que vos escreve nunca fez um postezito exclusivo para este herói africano e se reservou a apenas citá-lo em algumas postagens sobre direitos humanos, liberdade, exemplo humanitário, etc. Vocês sabem quem é Nelson Mandela (imagino), mas sabem porque ele se tornou um homem referência para os que pregam a fraternidade?

Felicidade, você pode!

Felicidade interna Bruta

A economia do Butão é uma das menores do mundo, ficando em 162º lugar dentre 195. Contudo, o povo do Butão não parece se importar com isso: ao invés de usar o Produto Interno Bruto (PIB) para medir seu valor, o Rei do Butão declarou que a Felicidade Interna Bruta é uma medida mais importante a se considerar.

Em uma pesquisa em 2005, 97% da população diz estar entre 'Feliz' e 'Muito Feliz'. Isso coloca o Butão como a 13ª nação mais feliz do mundo. Os Estados Unidos - a maior economia do mundo - fica num fraco 150º lugar na escala da felicidade.

Ou veja a segunda mais forte economia do mundo como exemplo: o Japão, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, tem o 8º mais alto índice de suicídio do mundo. Parece que, ao contrário do Sonho Americano, felicidade e dinheiro não são diretamente ligados.

O Sr. Tempo manda recado

Morgia

Estranho como sempre encontramos um pouco mais de nós, cada vez que nos falta algo ou quando nos perdemos.

Podem nos faltar as cores, mas não pode nos faltar tempo.

Tempo, esse velho senhor que nos mantém cativos em diástole ventricular.

Tic Tac pulsa coração.

Quanto maior é a ânsia da fuga, maior é o tamanho da sua sombra.

Resta desafiá-lo.

“Aqui me tens. Não voltarei a ensaiar fugas.”

O tempo pode ser nosso companheiro e ao invés de ficarmos imaginando fugas, que ele caminhe ao nosso lado.

Entramos em acordo então, Sr. Tempo; nosso maior credor. E as cores que faltavam, com certeza retornarão.

Porque a nossa consciência é maior que qualquer contrariedade.


Morgia

Congratulations, Mimi Lenox for "Dona Nobis Pacem"

Peace is a state of being.
A paz é um estado de ser.

Dona Nobis Pacem did not start with Mimi. It started in 1920 when a little boy in the rural southeastern United States decided to shape a small blue marble - for his granddaughter.



As pessoas que a tudo fazem cavalos de batalhas ou mesmo 'as perfeitinhas' merecem tolerância? A ausência de conflitos são conquistas que temos que batalhar todos os dias.

Beijus

Liberdade para a Birmânia


imagem flickr group

Ontem, logo pela manhã, vi a chamada para a Blogagem Coletiva Mundial promovida pelo site Free Burma no blogue do João M. - Ane Aguirre convocava amigos da blogosfera brasileira a se unirem, pedindo pela liberdade da Birmânia.

"Cada blog participante fará um único post durante todo o dia, para chamar a atenção sobre Mianmar, a antiga Birmânia (Burma em inglês). Sem quaisquer posts que não um banner ‘Free Burma’ (libertemos a Birmânia), tentaremos fazer o equivalente virtual ao minuto – ou dia inteiro – de silêncio"

No período da tarde, já sentia a manifestação da blogosfera brasileira por esta causa nobre. Pra quem não sabe, a Birmânia é governada há 45 anos por militares, em regime de ditadura. Desde o dia 25 de Setembro, segundo a oposição birmanesa, encabeçada por monges, a repressão das manifestações provocou cerca de 200 mortos e 6.000 pessoas detidas pelas forças de segurança.

Os 27 embaixadores, representantes dos Estados-membros da União Europeia (UE), decidiram num acordo, avançar com todos os requisitos para que seja tomada uma decisão final no próximo Conselho de Ministros dos Assuntos Gerais e Relações Externas, marcado para 15 de Outubro, no Luxemburgo. Querem também pedir à Comissão Europeia que procure aumentar a ajuda humanitária na Birmânia.



A opressão na Birmânia chegou à níveis intoleráveis, principalmente contra os monges Shi-Kai-rui. Manifestações pacíficas foram reprimidas por militares com espancamentos, assassínios, detenções arbitrárias e desaparecimentos forçados.

O Conselho dos Direitos Humanos, em sessão extraordinária em Genebra, pediu às autoridades birmanesas que se contenham e liberte os encarcerados, bem como todos os prisioneiros políticos, incluindo Aung San Suu Kyi, prêmio Nobel da Paz, em 1991.

Opositores da interferência do Conselho de Segurança, como China e Rússia, acham que os problemas da Birmânia devem ser resolvidos internamente. Ambos os países possuem "rabo preso". A Índia democrática também é renitente em apoiar qualquer manifestação internacional, porque depende do gás e petróleo birmaneses.

Não vou me estender. Poderia falar de empresas francesas (processadas nos tribunais belgas e franceses pelo uso de trabalho escravo) e americanas que fizeram acordo de milhões de dólares por processo semelhante.

Muitos têm interesses em manter a repressão na Birmânia (me recuso a chamar o país de Myanmar, por ser um nome inventado pela ditadura militar que está no poder). O dinheiro pesa mais que a solidariedade.



Que essa revolta seja diferente da ocorrida em 1988, em que três mil pessoas foram mortas, para quê?

Liberdade!

Minha inscrição de participação na Blogagem Coletiva Mundial é 4873 - faça a sua também. Outras discussões no Digg!, technorati, facebook e slashdot - banners da campanha, pegue aqui.

UP! DATE! 14:00pm - YES!!! Foi ultrapassada a marca de 10.000 blogues inscritos que participam da Blogagem coletiva mundial - neste momento consta 10.028, inscreva-se também e participe desse movimento global à favor da democracia!


Beijus,
Luma

Comente aqui também!

Qual a grande verdade?


O texto que segue foi escrito no dia 20 de Outubro de 2005. Quando li achei que ainda estava bem atual e que valia uma republicação. Apesar de que, ia fazer uma pergunta para o Marco. Sei que está curioso, vai ficar mais ainda! Não é nada demais, pode deixar! hehehe
* O que estiver escrito em azul, são observações recentes. Como sempre faço, os comentários antigos permaneceram, simplesmente para que possam, os que aqui frequentavam o luz, saber o que escreveram e se mudaram de idéia passado esse ano, ok?

Vem ai o Verão e descobrimos que:- Estamos na mesma, como a lesma; (concordo contigo Ordisi!)
- Tudo o que nos contam, já sabíamos;
- Bombardeiam-nos com informação que, pela quantilidade, é pura desinformação (tapeação)
Lua
E porque a vida não é feita apenas de desgraças, fui à janela e apanhei o Barbazul olhando o céu! ... Estava à espera da Lua cheia! Porque Bimbinha agora inventou essa de fotografar o céu e o céu, dia após dia, está encoberto de nuvens!
Iraque (Coréia do Norte)Poderia chamar-lhe também: "O novo inimigo da Liberdade"??? O Brasil será o quê?

Não, Nilza! Não existe guerra justa!
Acabou a Guerra Fria. Caiu o muro de Berlim. O Comunismo foi esmagado. Acabou o lobo mau que comia criancinhas e foi instalado na Europa o estado de Liberdade. Obrigada aos Americanos por defenderem tão bem a Liberdade. Obrigada! Graças a eles sei o que é o McDonalds, sei o que é; a Coca-Cola, os tênis Nike, o Hugo Boss. Sou uma consumidora feliz!

Consumo tudo o que é americano com a devida liberdade e felicidade. Posso escolher entre comer americano, vestir americano, fumar americano, conduzir americano e até a comida do cachorro vem dos Estados Unidos. Estou feliz! Tudo no mundo é norte-americano ou influenciado por eles; vide os premiados do Nobel, citados no post anterior; os que não são americanos, estudaram ou trabalharam nos EUA ou ficaram por lá até conseguir alguma coisa.
Do pouco que conheço da Psicologia da vida, sei que o Homem é um ser insatisfeito e muito ambicioso. Nunca está contente com nada. Quer sempre mais e mais!

Ora, o "Tio Sam" esmagou os maus, os inimigos da Liberdade. Esmigalhou o comunismo soviético e transformou-o em pó. Que felizes ficamos! Agora não tenho medo de dormir. Sei que no céu há, algures, um satélite americano que me vigia. A mim e a todos nós, os indefesos cidadãos do mundo.

Mas...e agora? Se é que vocês me entendem, eu estava sendo irônica...
Agora que a velha Europa está livre, como conseguem os americanos venderem armas? A sua maior fonte de receitas! Agora que as Kalashnikovs não lhes fazem concorrência... Onde e como irão eles levantar e desenvolver a economia? Esta foi uma dúvida que agitou a C.I.A. durante muito tempo. Descobriu-se a solução. Afinal existem mais papões no mundo. Inimigos da Liberdade. Ditadores terríveis. Papões genocidas. Perdão Luma, use termos modernos para se fazer entender! - Tá bom, existem Terroristas!

Assim surgiram as sucessivas guerras americanas em prol da Liberdade. Digam, por favor, um único país invadido e libertado pelos americanos que esteja feliz, melhor e que tenha uma economia crescente e promissora! Contento-me apenas com um! Unzinho...

Daquilo que analiso, como mera espectadora, como cidadã comum, é que todas as guerras trazem sempre interesses econômicos no meio. Não é de propósito, eu sei! Sei que o objetivo principal é a Liberdade. Os interesses econômicos surgem como uma conseqüência, uma oferta americana para os pobres.

Brasileiro é tão bonzinho...agora devemos ajudar os EUA e ficar com medo dos asiáticos!

É com dor que leio coisas e constato que morrem homens que não entendem a causa por que morrem. É com dor que vejo um país entregue aos salteadores, à corrupção, à violência e ao DESTINO em prol da ganância.

E os homens, mulheres e crianças? Esses importam?

Não! Somos eternos!
Sim! Vamos morrer!
Eu queria muito ter namorado Mário Quintana.

"E se eu não morresse nunca e, eternamente, buscasse e conseguisse a perfeição das coisas?" Cesário Verde

"Dói-me a Cabeça e o Universo" Fernando Pessoa

"Um país se faz com homens e livros" Monteiro Lobato - Que saudades do tempo em que lia esse homem!


Se estivéssemos dando grande valor à literatura, a quem a faz e a todos os que a promovem. Se estivessemos preocupados em um futuro decente e indo às urnas, todas as vezes para decidir o que realmente importa...

Porque me importar com os outros? estou a ser bem tratada. Deram-me de comer e lavaram-me em óleo de rosas. Os árabes acreditam que eu sou ruiva!! eheheh Dá para acreditar? Vou continuar a enganá-los! Afinal de contas...é uma experiência nova! Viva as cobaias!

Em 1913, também nascia Vinícius de Moraes, nosso poeta e compositor. Em 1981 era lançado o livro de poemas Verden i et øje (Um olhar sobre o Mundo) de Jens Fink-Jensen.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

Licença Creative Commonsget click
Leia o luz no seu celular

Algumas coisas não têm preço

finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008

Me leve com você...

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor