Decore sua vida com amor

sonhos

2014 foi, de tal forma que, por palavras de uma abóbora, estou saindo pela porta da última carruagem do comboio e ainda existem pessoas na estação.

Este ano que acaba, foi uma viagem. Virão outras que também deixarão somente lembranças, que logo se tornarão fragmentos.

Desejo assim que 2015 seja um ano mais calmo e que a vida seja mais ponderada.

esperandoViver também cansa.
Assustados?

Até parece que dobrou o ano, dobramos a última página do livro e começamos calmamente nova leitura! Não é bem assim. Maldito egípcio que inventou o calendário de 365 dias!

Nesse ano não inventei um futuro. Acredito que o futuro é aqui e agora. Numa conversa ou numa obra. Então, sem planos futuros! Talvez este seja o último postezito do ano - Sinto a blogosfera bem paradinha por ocasião das festas! Darei férias de mim para vocês! :=)))

esperandoNo mais, já fiz meu inventário e os meus amigos são a grande vitória de 2014. Os de infância, os de juventude, os dos copos, os da Blogosfera, os que ainda não sabem que têm um cantinho dentro do meu coração e os que eu ainda não descobri.

No meio das gargalhadas e dos choros, dos nascimentos e das mortes, dos momentos de amor e de dor, dos projetos realizados e por realizar, da esperança e do desespero, sinto-me feliz.

chegou! Foram Cactos, foram Rosas;
Foi Doce e foi Amargo;
Foi Amor e Dor.
Foi tudo e,
No entanto,
Não foi nada.
Passou!
Foi Alegria e Tristeza;
Foram Sorrisos e Lágrimas;
Foi Amor e Dor.
Não fui eu,
Mas também,
Não foste tu.
Foram "nós".
Foram Promessas e Desculpas;
Foram Beijos e foram Gritos;
Foi Amor e Dor.
...Ainda somos Nós!
Foi apenas o nosso 2014.

presenteAos meus amigos de "Luz",
Boas festas! 
Feliz ano novo!!

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

Se eu fosse... Um adorável blogue

Perguntaram-me se tenho religião...

A Árvore dos desejos

Um dia uma folha me bateu nos cílios. Achei Deus de uma grande delicadeza

Meus defeitos...
                       listei-os.
                               Pensei em corrigir.
                                                       Juro que tentei.
                                                                      Clarice não deixou.

Contente

Eu sou pedra e você é a minha pedra

"Para nos libertar das expectativas dos outros, para nos devolver a nós mesmos, aí reside o grande, o poder singular de respeito próprio" [Joan Didion]

Uma amiga estrangeira disse-me que passou quatro anos de sua vida morando com outras sessenta mulheres em uma casa de fraternidade.

Não sei o que dizer sobre essa condição, afinal, não faz parte da minha realidade e achava que essa instituição tivesse sido extinta e somente existia em filmes americanos para adolescentes.

Ela explicou que quase todo americano tem uma opinião formada sobre essa instituição centenária, e que eles testemunham ou ouvem histórias mal-intencionadas, de traições e superficialidades, da maioria das mulheres que lá convivem.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

Arquivo do blogue

Leve meu banner com você...

Algumas coisas não têm preço.

Marcaram presença




Affichez votre soutien

Obrigada pela presença

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor