Lugar para desobedecer


Pense em um cenário envolvente onde tudo o que lhe traz conforto esteja ao seu redor. Podemos pensar em situações diferenciadas, pois como humanos, não podemos nos ater apenas ao que usufruímos quando estamos com outro humano. 

Cada um sabe qual é o melhor momento do seu dia ou, se não apenas um momento, mas aquele especial em que podemos estar acompanhados de nós mesmos :) 

Eleger um momento do meu dia que tenho apreço é um tanto difícil, porque me dou de presente vários pequenos instante. Que seja olhar para o céu, algo que todos nós apreciamos, nem que seja para saber como está o tempo. 

Sigo mantendo e agradecendo sempre as ofertas que recebo de graça, principalmente depois de um dia duro de trabalho, poder tomar um banho demorado e relaxante e, ainda com o corpo fresco da água me envolver no conforto de uma roupa macia e me deleitar com uma boa leitura. 

"Ler livros continua sendo uma das melhores maneiras de se envolver com o mundo, tornar-se uma pessoa melhor e entender as questões da vida, grandes e pequenas" Will Schwalbe

A despeito do que é ser um leitor; é razoável dizer que não é apenas passar um certo tempo olhando uma página escrita que pode-se nominar. Que sejam poucos minutos, mas que alimente a disciplina de abrir um livro todos os dias e alimentar-se dele, compreender ou refletir - um trecho, uma página... a reflexão que faz o leitor.

Mais do que nunca precisamos ler e ser leitores. Agora mais do que nunca, repito. O mundo caminha estranhamente para as superficialidades. 

Programamos demais nossos dias e reclamamos constantemente por estarmos muito ocupados. Compramos interminavelmente coisas de que não precisamos e depois nos sentimos oprimidos pela desordem que nos cerca, afinal, em uma casa saudável, se algo entra, algo deveria sair. Raramente dormimos bem ou o suficiente. Assistimos a programas de culinária e depois comemos fast food. Quem nunca? Preocupamo-nos em ficar doentes e ingressamos em academias que não visitamos. Na rede somos bombardeamos com vídeos, e-mails e mensagens instantâneas que visualmente fazem muito estrago em nosso cérebro. 

E no centro disso tudo, para muitos reside o medo — medo de estar perdendo alguma coisa. Onde quer que estejamos, alguém em algum lugar também está fazendo ou vendo ou comendo ou ouvindo. A conectividade é uma das grandes bênçãos da era da internet e torna possíveis coisas extraordinárias. Mas a conectividade constante pode ser uma maldição. Nenhuma das nove Musas dos tempos clássicos tinha os nomes de Impaciência ou Distração.

Os livros são especialmente adequados para nos ajudar a mudar nossa relação com os ritmos e hábitos da vida cotidiana neste mundo de conectividade infinita. Eles são a expressão de um indivíduo ou de um grupo de indivíduos, não de uma mente coletiva ou consciência coletiva.

Os livros falam, pensativamente, um de cada vez. Eles exigem nossa atenção. E eles exigem que deixemos brevemente de lado nossas próprias crenças e preconceitos e ouçamos as de outra pessoa. Você pode reclamar de um livro, rabiscar na margem ou até jogá-lo pela janela. Ainda assim, você não mudará suas palavras.

A tecnologia de um livro é genial: a ordem das palavras é fixa, seja na página ou na tela, mas a velocidade com que você as lê depende inteiramente de você. Claro, também permite que você pule ou adiante e retorne. Mas também permite desacelerar, saborear e ponderar.

Ler é uma das poucas coisas que você faz sozinho e que pode fazer você se sentir menos sozinho. É uma atividade solitária que conecta você aos outros.

“Em todas as grandes obras de ficção, independentemente das realidades sombrias que apresentam, há uma afirmação da vida contra a transitoriedade dessa vida, um desafio essencial. Essa afirmação está na forma como o autor assume o controle da realidade ao recontá-la à sua maneira, criando assim um novo mundo. Toda grande obra de arte, eu declararia pomposamente, é uma festa, um ato de insubordinação contra as traições, horrores e infidelidades da vida” Azar Nafisi em "Lendo Lolita em Teerã"

Os livros continuam sendo um dos mais fortes baluartes que temos contra a tirania — mas apenas enquanto as pessoas forem livres para ler todos os tipos diferentes de livros, e apenas enquanto o fizerem. O direito de ler o que quiser quando quiser é um dos direitos fundamentais que ajuda a preservar todos os outros direitos.

É um direito que precisamos proteger diligentemente. Mas também é um direito que podemos guardar com prazer. Ler não é apenas um golpe contra a estreiteza, o controle mental e a dominação: é uma das grandes alegrias do mundo.

A falta de tempo é desculpa para não ler? Será que existe relação do tempo que se leva para ler um livro com os benefícios de uma boa leitura? Podemos sujeitar o tempo e o lugar, assim como o modo como é vivenciado o momento da leitura que podem ser usufruídos de maneiras diferentes por pessoas diferentes? 

Quantas questões envolvem um momento simples, não é mesmo? Fato é que o hábito de ler é melhor do que não ter esse hábito. O critério é de cada um.

Mas o que é mais admirável é quem consegue ler em qualquer lugar.

Verdade seja dita, meus pensamentos se voltam para livros todos os dias. Mas a leitura é ainda mais agradável se você tem um lugar confortável para ler ou se preferir escrever, que seja num desses locais também. Realmente, ler onde se escreve tem uma diferença, ao menos para mim. 

Mas pense em um lugar incomum ou exótico e me diga aí... 

71 comentários :

  1. Luma, eu gosto de ler em lugares tranquilos, mas quando inicio um livro e ele me prende, leio em qualquer lugar. Livros são viagens e eu gosto de apreciar a paisagem. Em março passado tive que ficar 5 dias com meu cachorro no veterinário, pois ele se agita muito quando sozinho. Passamos cinco dias com ele deitado no colchãozinho que levei e eu sentado na almofada, no chão, ao lado dele. Passei os cinco dias lendo.

    ResponderExcluir
  2. Ler é maravilhoso sempre e quando o cenário escolhido para a leitura é assim, fica mais fácil ainda viajar nas inspirações. Ótima semana, bom te ver! chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Luma
    Linda postagem. A leitura enriquece a vida, amo ler, um forte abraço.


    ResponderExcluir
  4. Muito bem. A Leitura nunca é demais! Gostei da publicação :))
    -
    Gritos desmedidos, de gente, em aflição

    Beijos. Boa terça-feira!

    ResponderExcluir
  5. Um belo texto que muito gostei de ler. A leitura acalma o coração e dá felicidade à mente.
    .
    Cumprimentos cordiais e poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito de a ler, Luma. Também aprecio a leitura do mesmo modo...
    Talvez goste de celebrar a Amizade no meu 'blog'. Senti a sua falta.
    Dias felizes repletos de leituras aprazíveis. Abraço
    ~~~~~

    ResponderExcluir
  7. Linda noite Luma na feliz semana de levezas e delicadezas, que nos proporcionam esta paz, esta disposição para uma leitura. Gosto de ler e sinto necessidade de ambiente calmo, até com uma boa musica baixinho é possível. Ler deveria ser uma espécie de mania que supere as horas desperdiçadas com certos programas televisivos e daí vem a desculpa de falta de tempo. Mas concordo e muito no que diz, que pela leitura devo buscar ser melhor para este mundo tão carente de atos e pessoas que se doam pela sintonia com os três reinos.
    Bom lhe ver e ler sempre numa profunda busca da ciência com consciência do mundo.
    Beijo de paz amiga.

    ResponderExcluir
  8. Um dos óptimos prazeres solitários.

    ResponderExcluir
  9. Um dos meus prazeres que faço quando tenho um tempinho livre!
    Gostei muito deste teu magnifico texto...como sempre!
    Beijos e um bom dia

    ResponderExcluir
  10. Muito enriquecedora publicação. Tenho de retornar mais frequentemente aos bons hábitos de ler livros e escrever.

    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  11. Muito interessante essa reflexão! Parabéns.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está está em HIATUS DE INVERNO de 03/08/22 à 01/09/22, mas você sempre é bem vindo (a) para visitar e comentar os posts! Tem post novo! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo comentário :)

    Também agradeço todos os dias, as coisas de borla. São de borla, damos por garantidas mas nem sempre permanecem para sempre, infelizmente.

    E este ano voltei a ler. Que saudades eu tinha!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  13. Adoro ler...nem que seja só um capítulo por dia...Fico relaxada, deixo a minha imaginação voar... No início do ano, apanhei um susto, pensei que ia perder a visão...e fiquei um pouco perdida.
    Foi apenas um " susto", estou a ser vigiada, tenho que ter cuidado, mas não prescindo dos meus 15 minutos de leitura diária. Obrigada pela visita.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Luna,
    A leitura é muito enriquecedora e nos faz viajar no tempo e no espaço.
    Tenho que retomar meus antigos bons hábitos de leitura, nem que seja, como diz, um capítulo por dia.
    Beijinhos e obrigada por esta sublime reflexão.
    Ailime

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Luna.
    É sempre estimulante estar num lugar tranquilo lendo um bom livro e plena tranquilidade.
    Gostei muito desta excelente postagem!
    Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário no meu cantinho.
    Continuação de ótima semana!
    Beijinhos.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo texto e dicas excelentes, querida!
    Goto de ler sempre em lugares com natureza e paz....
    Bjs no coração!
    www.elyanelacerdda.com
    obrigada pela visita ao meu blog e comentário,amiga!

    ResponderExcluir
  17. Olá, querida Luma,

    Eu me vi em muitas partes deste texto. Não é que eu seja muito disciplinada eu reconhecer os momentos pelos quais devo ser grata, mas faço isso com frequência. Olho o céu todos os dias, mesmo porque todos os dias estendo alguma roupa no varal de casa, que é alto. E, tendo trazido para a vida adulta o hábito infantil de esquadrinhar o céu, quando o olho, geralmente me detenho na observação do formato das nuvens, das aves que voam, etc. Sob o chuveiro (ou na banheira) costumo também reconhecer que o banho, sendo antes de tudo uma necessidade, é também uma indugência, um momento de relaxamento e conforto. E sempre agradeço mentalmente pelo usufruto desse bem.
    Quanto aos livros, sempre os achei muito importantes. Já disseram que quem lê pode viver milhares de vida, e eu acho que o leitor também se apropria da experiência e do conhecimento do autor do livro que lê. Não acho que haja no mundo alguma coisa mais transformadora do que a leitura.

    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Olá Luma!
    Um bom livro e um lugar tranquilo, são munidos de magia.
    Dali podemos voar e soltar nossa imaginação, entrar na história.
    Tenha uma semana repleta de luz
    Abraços Loiva

    ResponderExcluir
  19. Os livros são os melhores companheiros para você desligar do mundo. Ainda sou "old school" prefiro livros de papel do que digitais.
    Boa semana amiga!
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  20. Minha querida Luma... Que saudade que eu trago deste convívio. Deixo um beijinho com muito carinho

    ResponderExcluir
  21. Olá Luma , que bela e estimulante postagem a sua. Gostei!!
    A leitura está para mim, como a necessidade de respirar. E se for num lugar tranquilo, é prazer em dobro.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  22. Olá Luma!
    Adorei o artigo e as citações, adorei a forma como escreveu nota-se que vem do coração.
    Ler é muito relaxante, mas ao mesmo tempo estimula-nos a sermos melhores.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Texto apologético sobre a leitura, que representa uma elevada forma de ocupação dos tempos livres e que todos se deviam esforçar por cultivar.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Excluir
  23. Olá, Luma, interessantíssimo esse teu texto, fala muito do nosso cotidiano, do que gostamos, dos nossos medos, do tempo que temos para fazermos coisas úteis e que nos dão muita satisfação, das comidas que não são saudáveis, mas entramos no primeiro Fast Food aberto com mil calorias.
    Olha só que coisa linda: “me dou de presente vários pequenos instantes”! Para que isso aconteça, precisamos viver mais tranquilos, mais cientes das coisas e do mundo que vivemos. E por que não se conscientizar, não é? Dá tempo de nos alimentarmos, também, dos livros, amigos fiéis. Quando leio um livro preciso de silêncio, estar comigo num canto bem confortável. Aí sim, ganho o dia.
    Muito boa a tua lembrança de como somos bombardeados, principalmente por uma mídia que nos impõe uma juventude infinita, queremos viver 200 anos, mas não envelhecer! Isso virou terrorismo. Virou uma neura em plásticas, em maneiras para nos manter com a idade que não temos, mas esquecem de tranquilizar nossa mente. E o medo que nos ronda? Cada dia aumenta mais. Fico por aqui, Luma, um texto que nos faz refletir muito, maravilha. Desculpe por me estender!
    Preciso dizer que adorei?
    Beijinho, um bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  24. Luma, como sempe, um texto bem escrito, claro e objetivo, ressaltando, de mais importante, a necessidade da leitura, independentemente do estilo ao escritor. Amo os livros e não procuro um lugar especial para entrar neles e viajar. Até me distraio se estiver diante de outras belezas, já que inspiram a escrita rss. Leio em casa e no silêncio, sem pressa. E esse é um dos meus prazeres. Bjs.

    ResponderExcluir
  25. Quando eu era criança, os livros não tinham muitas imagens, mesmo os escolares tinham longos e mais longos textos a serem decorados conforme a matéria. Acho que vem daí minha paixão pela imagem, desenho, pintura, fotografia. Em compensação foi nesse tempo que virei leitora compulsiva. Em tempos de poucos estímulos visuais, ler era nossa grande aventura! Bom domingo, beijos ;)

    ResponderExcluir
  26. Leer es genial, te mando un beso.

    ResponderExcluir
  27. Olá Luma...
    Como sempre, magníficos os teus textos!
    Um expressivo apelo à leitura e à procura do conhecimento.
    No geral, são muito baixos os hábitos de leitura. É uma pena, mas é a realidade. Os livros ( os bons livros) são os nossos melhores amigos... e quem escreve, muitas vezes, os livros são o seu maior confidente!

    Um bom domingo para ti.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde Luma
    Um texto que gostei imenso de ler.
    Desejo que tenha um óptimo fim-de-semana com saúde o resto vem por acréscimo.
    Um beijo
    :)

    ResponderExcluir
  29. Olá, Luma! Gostei de ler a sua reflexão. Sem dúvida que não nos podemos deixar alienar pelo tempo acelerado em que se vive. As pausas são necessárias, para ler, para o silêncio, para viver simplesmente. Estes alertas nunca são demais, devemos dar-nos tempo para sermos nós próprios sem pressões. Gostei muito da forma como referiu que se presenteia com coisas simples, como olhar o céu. É uma excelente perspetiva! Beijinhos, Raquel

    ResponderExcluir
  30. Sorry, I cannot translate it. Great article and interesting blog. Have a nice weekend

    ResponderExcluir
  31. Leio quase sempre antes de adormecer. Agora nas férias li menos, só consegui um livro, porque chegava à cama e adormecia logo.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  32. Ler acalma, Luma. E há cada vez menos leitores mesmo. Além da superficialidade, também estamos com muita intolerância e violência.... tá triste. Bjssss

    ResponderExcluir
  33. pasando para desejar um feliz e lindo fim de semana bjs saude

    ResponderExcluir
  34. São tantos livros e tantas frases para consultar depois, de tantas nacionalidades e tantas culturas, que acho que me transformei numa traça, mas com A Metamorfose, de Kafka na prateleira. Antes traça que barata, ugh! Boa reflexão! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  35. "Um lugar para desobedecer" Um tema bem interessante. Bom sempre vim no seu cantinho. Amei as palavras de carinho no meu cantinho. Bjs querida

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde de domingo e bom início de semana minha querida amiga Luma. Ler num lugar calmo e tranquilo acho que faz toda a diferença. Obrigado pela visita e carinho.

    ResponderExcluir
  37. Olá Luma, excelente este seu texto! A leitura devia ser obrigatória, um livro é uma óptima companhia.
    Adoro ler :)
    Tenha uma semana feliz.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  38. Wow! Que belo texto, Luma! Veja, achei tão interessante o seu texto, tão sedutor, que me esqueci de pedir-lhe licença para dizer-lhe o que achava e, sem mais nem menos, o fiz, como se a permissão me tivesse dada a priori. O essencial sobre a importância da leitura, tal como um dia nos chamou a atenção Paulo Freire, você fez tão bem que li e reli, ainda que este hábito eu já o tenha incorporado aos meus hábitos. É sempre repisá-los.
    Obrigado pela acolhida!
    Um abraço,

    ResponderExcluir
  39. Esse texto me pegou de uma forma. Vivemos tempos que a tecnologia nos engole. Eu mesma gosto muito de ler porque me acalma e faz eu conseguir ter foco. As pessoas deveriam ler mais.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  40. Oi Luma.
    Eu faço parte do time que gosta de ler. As vezes esqueço dos livros por causa da tecnologia mas, sempre volto aos livros. Eles nos levam para lugares incríveis. Gosto de ler em qualquer lugar e também costumo entrar profundamente das histórias que nem ouço a multidão falando ao meu redor.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  41. almost my time is reading... love it.
    great post.... thank you for sharing

    ResponderExcluir
  42. Eu gosto de ler em lugar isolados e calmos.
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  43. Amei o post. Amo como o universo da leitura é tão rico e nos permite conhecer culturas e lugares novos além de estimular a imaginação. Eu gosto muito de ler durante a madrugada por ter menos barulho
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Oi Luma,
    Adoro estar comigo mesma sempre que possível. A leitura é um hábito que carrego desde adolescente e amo fazer, sempre prefiro lugares tranquilos é quando sinto mais prazer. Gosto também de ler a noite antes de dormir me acalma e me conecto comigo mesma.
    Obrigada pela visita!
    Beijos querida ❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
  45. Bom dia, Luma
    Adorei esta sua crónica.
    Desde muito nova - praticamente desde que comecei a ler - sou viciada em leitura. É, de facto, uma das "actividades" a sós que pode proporcionar maior prazer.
    Tudo que você aqui relata faz mesmo parte do quotidiano da maioria das pessoas. Por exemplo... comprar coisas que não são absolutamente necessárias, e que vamos acumulando ao longo dos anos. Agora, que estou preparando-me para mudar de casa - daí a minha ausência do blog - é que vemos a imensidade de coisas desnecessárias a que tenho de dar destino 😏🤔
    Tenho de rever este meu/mau comportamento 😃

    Continuo afastada do blogue e, de momento, não sei por quanto tempo ainda.
    Continuo em "modo de mudança de casa", mas, infelizmente, as coisas têm-se revelado bem mais demoradas do que eu imaginava.
    Continuarei em contacto (dentro do tempo disponível 😉) até a normalização dos trabalhos.

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  46. Olá Luma!
    Passando para lhe desejar uma semana repleta de luz
    abraços Loiva

    ResponderExcluir
  47. Excelente reflexão.
    Os livros são uma companhia preciosa e através deles divagamos ao sabor dos nossos gostos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  48. Oi Luma!
    Que bom que vc sempre aparece pra nos visitar!
    Gosto muito de teus posts, sempre gostei, fazem a gente pensar pra comentar. Eu gosto muito de livros, mas preciso adicionar o hábito de ler no dia a dia, leio quando vou dormir e aí caio logo no sono. Quem tem um livro não está só.
    😘
    📗📘📚

    ResponderExcluir
  49. Ler e interpretar, meditar e pôr em prática é uma aprendizagem longa. Os bons leitores "espremem" o sumo de cada palavra, cada frase, cada intenção...
    Isso, sim é leitura positiva.
    Este Post merece os maiores elogios e, sobretudo a gratidão daqueles que Obram a Arte de escrever.
    Parabéns.


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  50. Antes demais muito obrigado por se ter tornado seguidora do meu blogue.
    Gosto da frase do Frank Zappa que abre o seu blogue e estive a ler o belo texto que escreveu sobre o prazer da leitura e confesso que recordei-me de Barthes.
    Sou do tempo em que no meu país (Portugal) tínhamos livros que eram proibidos, escritores que eram presos e até pessoas que eram detidas por terem certos livros em cada.
    Em criança vi o filme de Truffaut baseado no livro do Bradbury e aquilo fez-me muita confusão, mais tarde percebi:-)
    Leio em qualquer lugar: transportes, café e no conforto do lar.
    Mas cada vez mais é-me difícil encontrar os meus autores favoritos, porque os livros esgotam e não são reeditados.
    Vou parar de escrever e desejar-lhe uma boa semana.
    Irei passando por aqui!
    Muito bom dia!

    ResponderExcluir
  51. Belo texto, onde descreves o prazer da leitura, é sempre um prazer ler-te!
    Antes tinha um lugar para leitura e viajar nos pensamentos, hoje não mais!
    As vezes o tempo modifica o nosso modo de ser.

    Obrigada pela visita a minha página!

    Tenha dias abençoados.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  52. Gosto muito de ler ,Luma
    Meu tempo livre é só para ler e sempre prazeroso. Reclamo sempre
    do tempo ,recebo jornal diariamente e nem sempre dou conta de ler tudo Cheguei cancelar o digital, para reaprender ler o impresso, porque é o que gosto.
    Muito bom texto, como é habitual aqui no seu espaço.
    Deixo um abraço desejando boas leituras e bons dias .

    ResponderExcluir
  53. Os livros são a minha vida. Sempre tive tempo para ler e nenhuma desculpa justifica aquilo a que assistimos nestes tempos... Beijo

    ResponderExcluir
  54. Costumo fazer leituras paralelas e divido minha leitura em: livros "necessários" ficam na bolsa para fácil acesso na rua (ônibus, filas de espera, consultorios), livros técnicos para meu canto de estudos e livros leves que me acompanham ao quarto para criar bons momentos antes de dormir ou aqueles 10 minutos de pausa na correria. Faz algum tempo parei de tentar controlar o incontrolável, assim só não sobra tempo para fazer aquilo que pode não ser tão bom quanto o livro que me aguarda (risos), aprendi a me respeitar até no quesito leitura, tenho uma trilogia policial que comprei porque amei a sinopse, mas quando iria começar a ler, várias coisas aconteceram em nosso cenário que me fizeram refletir se queria "viver" aquelas histórias no momento, sim, sou do tipo que entra no personagem (risos).
    Muita Luz e Paz!
    Abraços

    ResponderExcluir
  55. Minha querida...Ler é um alimento para a alma e um lenitivo para o corpo. Um beijinho com carinho

    ResponderExcluir
  56. A leitura de livros é essencial para o desenvolvimento humano.
    Excelente crónica, para ler e refletir.
    Continuação de boa semana, amiga Luma.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  57. Bom final de semana com muita paz e saúde minha querida amiga Luma.

    ResponderExcluir
  58. Eu sou dessas pessoas que consegue ler em qualquer lugar, fico totalmente absorta no universo literário (ainda mais se o livro for excelente!). :)

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  59. Muito, muito bom, Luma! Penso o mesmo, sobre os livros e também sobre o tempo. Sou daqueles que acreditam que o tempo existe, sempre... o que se faz com ele, é questão de opção! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderExcluir
  60. Boa tarde, Luma!

    Urge desobecer a falsa ordem da impaciência. Parece que virou moda entrar nesse modo automático que tanto mau faz.

    Livros e Boa leitura são para degustar com calma e contemplação.

    Beijo!

    Renata

    ResponderExcluir
  61. Muito interessante esta reflexão.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  62. OI Luma, obrigada pela visita. EU gosto de ler em lugares tranquilos em distraçoes, beijinhos

    ResponderExcluir
  63. Obrigada pela visita.... Comecei a ler ontem um livro de Richard Zimler. Já o li há alguns anos, é um livro interessante, o tema é pesado e sei que fiquei chocada.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  64. Amei seu texto muito reflexivo e o que me chamou muito a atenção foi que ler é uma das poucas coisas que fazemos sozinhos e não nos sentimos sozinhos. Pura realidade. Os livros são boas companhias.
    Beijos.



    http://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir

...em quietude, sem solidão

Leia o luz no seu celular
get click

Algumas coisas não têm preço

finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008

Me leve com você...

facebooktwitter

Copyright  © 2021 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor