Meu lugar inesquecível!

australia

Alguns anos atrás peguei carona em um teco-teco que não era muito maior que um carro compacto. O piloto estava nos levando para um rancho de ovelhas nos Montes Flinders até Adelaide, a capital do chamado Austrália do Sul. Sob nós, montanhas erguiam-se em ângulos enviesados, e o terreno coberto de arbustos raquíticos estava salpicado de cangurus.
Lá estava o autêntico Outback, como é chamada toda a savana que cobre grande parte da Austrália. À medida que seguíamos ao sul, sacolejando ao vento no Cessna Syhawk II de 1969 - Tudo bem, é a sua vez de pilotar! Aprendi que na Austrália, uma história muito bem contada ganha, sempre, da verdade mundana. Acreditem em mim quando digo que pilotei aquele avião em todo o caminho até Adelaide :)
australia
Sendo ao mesmo tempo um país, um continente e uma ilha, a Austrália é uma terra de bizarros extremos - de desertos desolados a florestas tropicais e belas praias. Também é o lar de algumas das faunas nativas mais exóticas do mundo.

A Austrália ou Oz, como é apelidada, é uma vasta extensão de emoções naturais e um impressionante espetáculo de espécies de animais esquisitos. O Outback e sua vida nativa sempre foram atrativos, mas até recentemente o país não dispunha de uma quantidade suficiente de acampamentos luxuosos e serviços de guia para oferecer uma verdadeira experiência de safári.
australia
Mas a melhor coisa da Austrália, é claro, são os australianos; irremediavelmente animados, simples e sempre prontos para uma aventura - por mais duvidosa que ela seja - antes de perceber, você estará participando de uma missão. Sobrevivi ao mais árduo desafio motorizado - a rotatória - dirigindo um bugue elétrico.
australia
Nas ilhas Whitsunday, no estado de Queensland, um capitão de barco de 19 anos chamado Jack, com enormes óculos dourados e tranças rastafári louras curtidas no sal do mar, conduzia o nosso barco por uma baía agitada, não demorou a aparecer outro barco e Jack passou o timão para mim. "Chegou a minha carona", disse, pulando para a outra embarcação e me deixando velejando sozinha - daí vem a minha paixão por barcos - Por cima do ombro ele assegurou "Você vai ficar bem".

Essa atitude relax dos australianos perante a vida é uma adaptação ao meio-ambiente: o sol do hemisfério sul é forte demais, o ar é limpo demais, e o horizonte é amplo demais e repleto demais de possibilidades para alguém se manter pessimista por muito tempo.
australia
Este é, afinal, o mais antigo dos continentes, uma resoluta relíquia que já fez de tudo milhares de vezes, mas se recusa a desaparecer. Australianos que adoram a vida outdoor não se desencorajam com o fato de que algumas das serpentes mais venenosas do mundo rastejam por essas terras, nem que o mais terrível torturador dos mares - uma água viva conhecida como vespa-do-mar - patrulhe as águas em exércitos assassinos que os nativos chamam de bities (picadoras).

Conheci um ex-executivo de Sidney, perfeito exemplo da atitude australiana: de dia é um cawboy bronzeado, que usa um colete de couro de ovelha e botas empoeiradas; de noite, veste uma roupa branca de chef e prepara pratos gourmet de canela de cordeiro.
australia
Numa manhã, antes de sair para uma caminhada por uma trilha ao longo do riacho Goobang, sabatinei o chef cowboy para saber o que devia fazer caso pisasse em um graveto que se revelasse uma vibora assassina à espreita. "Ah, não se preocupe", disse ele. "Ela vai ouvir você chegando e sair do seu caminho".

Mas e se ela não sair? Nesse caso, ele sugeriu que eu fizesse o que um rancheiro local fez quando foi picado: Fique completamente parada, deitada no chão por 12 horas, para evitar que o veneno seja bombeado até seu coração, matando-a na hora. Isso parecia tão provável quanto, bem, pilotar um avião eu mesma, mas o sorriso dele era tão confiante que não pude evitar de acreditar nele.
australia
"Não chegamos realmente a viver durante a maior parte da nossa vida. Desperdiçamo-nos numa espraiada letargia a que, para nosso próprio engano e consolo, chamamos existência. No resto, vamos vagalumeando, acesos apenas por breves intermitências.".- Mia Couto, em “Antes de nascer o mundo”, p.115
australia

Este post faz parte da blogagem coletiva "Meu Lugar Inesquecível" proposta pelos blogues:

"Democracia da Moda" (Terezinha Ferreira), "Mãe Gaia" (Beth Lilás) e "Novas Respostas" (Priscila Ferreira)

A Blogagem acontece até o dia 07/03 e você está convidado (a) a também participar!
Vem blogar com a gente!

112 comentários :

  1. Luma,
    Que local extraordinário esse que escolheu. Morro de vontade de conhecer a Austrália por tudo que vc descreveu. Deve ser muito diferene de tudo que já visitamos. Amei sua postagem. Vou tentar fazer a minha ainda esses dias.
    Beijos
    Adriana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mar da Austrália é muito parecido com o da costa do Rio de Janeiro para baixo. O país é contrastante e as pessoas também. Que bom que gostou!! Faça sim e depois vou lá ver a sua participação! Beijus,

      Eliminar
  2. OI LUMA!
    QUE AVENTURA MARAVILHOSA, AMIGA,DIGNA DE SER RECORDADA E DIVIDIDA CONOSCO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderEliminar
  3. A Austrália, com certeza, deve ser inesquecível ;)

    ResponderEliminar
  4. Uma viagem maravilhosa... Fui lendo e viajando com você. Gostei muito!...
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Élys! Torça para eu ficar muito rica que daí eu levo todo mundo que comentou esse post para a Austrália :) Beijus,

      Eliminar
  5. Meu lugar inesquecível é a minha cidade. Por mais que eu viaje e conheça o mundo, é o Rio de Janeiro aquece meu coração e transmite a única e confortante sensação de casa.

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois então, Allan... o lugar onde moro é o meu paraíso. É o melhor lugar do mundo, mas seguindo as diretrizes da blogagem, não podia! Não podia a nossa casa, o nosso casulo, nosso ninho, nosso porto seguro...rs. Beijus,

      Eliminar
  6. Austrália, um continente que eu gostaria de conhecer. Parabéns pela aventura digna de um roteiro cinematográfico! Bjo.

    ResponderEliminar

  7. Olá Luma..:)

    As serpentes venenosas bem como as vespas-do-mar são tempêros que dão mais sabor à vida...:)) Estamos rodeados de vários tempêros, às vezes um tanto "picantes" demais..:))
    Ótemo e ótima semana!
    A big Hug and Tchauzinho
    Música:
    01-Tokunaga Hideaki - Yume wo Shinjite.Acredite nos Sonhos- Anime Dragon Quest Abel Yusha Densetsu Theme


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser, Elena! Mas não quero ficar encontrando-as, apesar de ir por caminhos que elas também passam. Mas viver é correr riscos!
      Obrigada pelas músicas! Você tem enriquecido o meu repertório :) Beijus,

      Eliminar
  8. Luma, como você consegue escrever assim de uma maneira tão hipnótica querida?
    Eu simplesmente "viajei" junto com você em cada linha, cada parágrafo. E ao final do seu texto, custei a acreditar que tinha acabado. Fiquei com um gostinho de "quero mais" na boca e cheia de ansiedade em poder conhecer o maravilhoso continente australiano.

    Nossa, como você é aventureira, pois tecos-tecos e barcos pequenos são para os que realmente tem coragem e atitude. Eu, sinceramente, ficaria super aflita só de pensar em sobrevoar o encantado e perigoso Outback e adentrar na imensidão daquele mar azul lindíssimo, mas com uma população nada amistosa de águas-vivas mortais.. chega a dar um frio na barriga!!

    Mas tirando as partes perigosas (pois sou um tantinho medrosa..rsrs) eu adoraria viajar para esse continente antigo e mágico!! Amei querida!
    Obrigada por nos proporcionar isso tudo!! Foi encantador e mesmo inesquecível!!!
    Beijos e uma bela tarde!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, Adriana! Queria ter tempo de fazer rascunho, mas a vida não tem rascunho e por onde andamos, os caminhos nem sempre são iguais. Ah, se você soubesse por quais caminhos já andei... saiba que andando por uma praça também está correndo sérios riscos! :) Beijus,

      Eliminar
  9. UUUAAAUUU!!! ;-)

    Abração
    Jan

    ResponderEliminar
  10. Valeu mesmo, querida Luma!
    Bom saber dessas coisas.

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faz muita diferença, não é mesmo? Mas foi bom para mim, pena que passou! :) Beijo grande!

      Eliminar
  11. Olá Luma.
    Um pais que eu adorava conhecer, Deve ser lindo ver tudo ao vivo.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  12. Que maravilhoso , por um estante mim senti como se estivesse na Austrália . Espero um dia ter a oportunidade de visitar esse maravilhoso país , um abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faça acontecer!! :) É um destino rico de se ver!
      Beijus,

      Eliminar
  13. Jamais eu veria essa bela paisagem do alto. Não entro em um teco-teco nem morto rsrsrsrs
    Bjux

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhhhh, já imaginou o tanto de lugares que vai deixar de conhecer?

      Eliminar
  14. Uma Luma aventureira. Muito lindo seu texto, nunca pensei em ir à Austrália. Mesmo que fosse, não faria nada do que você fêz. rs
    Também, não teria uma viagem tão emocionante!
    Melhor ficar por aqui, como gosto.
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lúcia, você não conhecia o blogue no início, mas no cabeçalho sempre coloquei imagens de esportes que gosto de fazer. Diria que atualmente estou bem zen... rs.
      Você faz tudo para não pegar um avião!!
      Beijus,

      Eliminar
  15. Sensacional isso! Lindo lugar, experiência incrível! Puxa, cada uma, essa da cobra!CREDO!rs Adorei tua participação! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha acho que as pessoas estão assustadas!! Mas todo lugar tem cobra, Chica!! :) Beijus,

      Eliminar
  16. Que belo e inesquecível passeio! Acompanhei e participei do passeio através desta narração emocionante.
    Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  17. Olá Luma,
    Obrigada pela linda participação da BC. Que aventura, hein? Viajar e descobrir novos horizontes é encantador. Eu jamais andaria no teco-teco e tiro o meu chapéu para esse desbravamento.
    Viajar é preciso!
    Beijos mil
    Seu link já está na chamada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos dizer que eu sabia o que estava fazendo, tanto é que citei o modelito do teco-teco. Acha que um leigo saberia dizê-lo? (rs*) E a pessoa que estava comigo não era louca! :) Beijus,

      Eliminar
  18. Lumaaaa,
    que experiências extraordinárias: piloto de terra /mar e ar,uau!
    O nada que sei da Austrália é o que o Discovery mostra.Imprevisíveis cenários, porém altamente sedutores.Fiquei aqui imaginando a arquitetura cultural do povo ( nativo e colonizador)australiano em sua peculiar visão do mundo e das coisas e concluo que tenho muito o que aprender com eles.
    Tua participação presenteia todos(as) nós.
    Amei!Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calu, eu sou quase um menino no quesito brinquedos de ferro!! :)
      Ainda não assisti ao Discovery. Ah, para não dizer tem um canal com imagens belíssimas mas que agora me foge o nome. Alguma coisa ligada a aventura.
      Quando aos colonizadores da Austrália, não sei. Mas depois da segunda grande guerra, o país teve um ministro das relaçãoes exteriores muito preconceituoso. O país era uma vastidão inabitável e eles precisavam de imigrantes. O Japão quis mandar para lá uma centena deles e o ministro negou com as seguintes palavras "Dois amarelos não valem um branco". Até hoje os dois países não se relacionam muito bem. Que triste! Todo país tem o seu pano negro ou encardido!! :) Beijus,

      Eliminar
  19. Oi Luma!

    Que história maravilhosa você viveu!!!!
    Lindas as fotos, lindo o lugar!
    Amei a sua participação e de fato foi inesquecível!

    Beijos

    Selma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Selma!!
      Aprendi que o inesquecível sempre acontece por acaso em nossa vida!
      Por acaso essa viagem não tinha sido programada!! :) Beijus,

      Eliminar
  20. Bela viagem excluindo o deitar se for picada por uma cobra...Eu ficar pensando nas outras que viriam...Bjsss Bjsss amiga.Uma bela viagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que horror, não é mesmo?
      Aqui no Brasil também temos muitas cobras e só sabem as pessoas que fazem trilhas ou que andam pelo mato. De vez em quando, a cidade também é invadida pelos répteis - macacos e etc..

      Eliminar
  21. Luma fiquei sem palavras pra descrever.
    Que fotos fantástica. Austrália deve ser maravilhosa.

    big beijos
    Lulu
    blog | twitter | face

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Lulu! Ao contrário de muita gente faz, algo do tipo "Olha eu aqui", não gosto de poluir a imagem. Numa viagem, somos os espectadores e o motivo de fotografar é para lembrar do lugar, melhor não falar!! Beijus,

      Eliminar
  22. Hey, Luma! Vim aqui agradecer pelo seu comentário, lá no blog, sobre as BCs - obrigada pelo seu ponto de vista - daí me deparei com mais uma BC... e com o seu post sobre a Austrália. Eu estive em Sidney - e também tive uma experiência inesquecível por lá! Também tenho foto com uma fofura de koala! Bjs, Etienne.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhh que doçura!! Sidney é o começo de tudo! Quero ver essa foto e o que foi inesquecível, conta!! :) Beijus,

      Eliminar
  23. Obrigada Luma,
    Já coloquei.
    Beijos mil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada você, Teresinha!!

      Eliminar
  24. Iupiiii, viajei contigo nesta postagem Luma!
    Essa Austrália é realmente interessante, intrigante e pra mim mete medo, por isso nunca pensei em ir até lá, mas fico imaginando que o povo deve ser mesmo muito legal, alegre, brincalhão.
    Você é muito corajosa menina, porque nunquinha que eu entraria num teco teco desses e ia sobrevoar o Outback, aliás, o único outback que eu frequento é aquele restaurante australiano com uma costelinha e cebolão de dar água na boca. hehe
    Valeu, obrigada pela sua linda participação!
    super beijos cariocas


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Medo do paraíso? O povo é gente boa. Só não pode brincar (fazer piadas como aqui fazem um dos outros) - lá a moral é uma coisa a ser muito respeitada.
      Esse Outback é apimentado demais! Nada a ver com o original!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  25. Oi Luma! Obrigada por compartilhar fotos lindas dda Austrália, que bom conhecer um pouco atravez da tua lente. Bjuss, uma linda noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Lourdes!!

      Eliminar
  26. Não sabia se estava lendo o resumo de um filme ou lendo um livro de aventura.
    Luma que viagem, viu?!
    Adorei a sua participação.
    Quem eu na Austrália um dia
    Xerossssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um tempo bom, Ana Karla! Nada de filmes de aventura - é somente um modo de escrever! :)
      Vai comigo!! :=))
      Beijus,

      Eliminar
  27. Que "Aussie" viagem ; > )))

    bjs



    ResponderEliminar
  28. Vou para Austrália rsrsrsrs, que viagem! Que memória para as saudades...
    Também sou rica Luma! Já andei de teco-teco sobre a Amazônia, só não sou boa de contar histórias como vc (p variar rsrsrsrs).
    Madrugada, desconectando note p/ viagem mais cedo, não resisti e vim passear na luz...
    Bom resto de semana p/ vc!

    Bjãooooooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lembra-se que farei um caderno de memórias e que lembrar é simplesmente o começo :) A Amazônia é o nosso Outback! Como ainda não pensaram em uma franquia de pratos típicos da amazônia?
      Viu o cometa, Bia?
      Beijus,

      Eliminar
    2. Não! Esses dias com os pés bem plantados no chão, se não viro cometa rsrsrsrs.

      Bjãoooooo

      Eliminar
    3. O cometa está indo rumo ao sol! Você tem um pôr-do-sol lindo, olha que ele está do ladinho. Daqui a pouco não o veremos aqui, somente no hemisfério norte... beijus,

      Eliminar
  29. Obrigada por participar da BC!
    Que viagem maravilhosa hein? Lugar lindo, novas aventuras, novas culturas, adoreei!!
    Beijos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Priscila!!
      Maravilhosa e digna de repeteco!
      Beijus,

      Eliminar
  30. Adorei seu lugar
    obrigada por me visitar

    bjs

    ResponderEliminar
  31. Eu viajei com você Luma! O clima da Austrália captado por suas lembranças é de fazer sonhar e sua narrativa somada as imagens que você selecionou me fez embarcar em uma pequena viajem de sonho daquelas que nos faz respirar no meio de qualquer sufoco emocional particular. Obrigada por isso!

    E sim, deu vontade de participar dessa blogagem, já sei até de qual lugar vou falar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma grande viagem, Pan! Tanto para ir como para voltar, mas compensa; o que vivi por lá repercute até hoje em minha vida, principalmente as bases do bem viver!! Beijus,

      Eliminar
  32. Olá,
    Tb já precisei viajar de teco-teco de S.Luiz a cidade de Barreirinha, no Maranhão. O coração ficou na boca. Mas só de sobrevoar as dunas e lagoas dos Lençóis passou toda aquela "gastura".
    Suas imagens capturadas pela lente da máquina, e as que foram captadas pela sua mente, nos mostraram uma Austrália verdadeiramente impactante. Já tá na nossa lista para uma viagem!
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lu, a gente finge que não tem medo para driblar o próprio medo, mas não existe quem não tenha medo. Mas garanto que tudo o que fiz foi com uma certa segurança, não sou tão inocente assim... bom que gostou! Por lá também acham o Brasil um país bem exótico! :) Estamos empatados!! Beijus,

      Eliminar
  33. Oi Luma
    Que maravilhaaaaaaaaaa
    Amei seu post.
    E obrigada pela visita em meu cantinho.
    Suas palavras cairam como uma luva para mim.
    Obrigada mesmo
    Bjs
    Debby :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Debby!!
      Às vezes fico com medo de ser intrometida expondo demais o que penso e dando pitacos na vida alheia, mas já que deixou público... rs.
      Beijus,

      Eliminar
  34. Olá,Luma:
    Eu nunca fui à Austrália, mas, com uma guia como a Luma,foi como se já lá estivesse.Fiquei a saber muitas coisas.Parabéns pela sua narrativa,tão realista.As imagens são lindas e exóticas.
    E já agora, quando é que me faz uma visita?!Fica de graça e...garanto que não corre perigos. A porta é http://pegadasdeanjo. blogspot.com
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando quiser ir e precisar de um guia, aqui estou!!
      Beatriz, para falar a verdade, não sei onde moro, mas quem sabe o dia de amanhã, não?
      Beijus,

      Eliminar
  35. Ainda mais influenciada pelo desejo descaradamente explícito de que a Primavera chegue rápido e que o inverno acabe, porque quero sol!, fiquei encantada com o post. Você sabe contar histórias Luma! Devia fazer mais isso mais vezes pra gente. Digo, para o público em geral, um projeto mais ambicioso talvez. Fiquei com o olho coladinho em cada linha, que legal... E as imagens... uh... Haja fôlego! Que momentos vibrantes você teve, que vida vibrante tem, isso enriquece um ser humano de maneira imensurável. E que bom -- essa é a melhor parte-- que você não guardou as lembranças numa caixinha, mas compartilhou com o resto do mundo! Foi um delícia ler ;)

    Estou com vontade de comer alcaparras com peixe, vim na net procurar receitinhas e por acaso li seu post. Agora fiquei com mais vontade ainda de comer comida que lembre frescura, leveza, sol e mar hahaha :D E temperar tudo com sal grosso, marinho, de primeira qualidade... Quer dizer, quase tudo.

    Ah, fiquei confusa com seu aprendizado na Austrália sobre verdades bem contadas e histórias mundanas... será que era pra duvidar que você pilotou, dirigiu e velejou? hahaha Bem, como não faz a mínima diferença, a confusão ficou pra trás. Por trás do lindo post :) Que idade você tinha Luma? Já voltou lá depois? Que saudade, hein... Eu sentiria.

    Bjs querida Luma aventureira,

    Michelle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sofrível esse inverno, heim? Você não gosta de praticar esportes? Pois é uma boa forma de driblar o frio e ajudar o corpo a menos sentir o desgaste.
      Creio que as pessoas não querem ler muito. Fico exercitando a arte de resumir o divagar dos pensamentos para não perder o foco. Ah, mas eu sou contadora de histórias pelo menos uma vez na semana. Faço um trabalho social com crianças de uma creche municipal e tiro uma tarde da semana destinada à elas. É muito recompensador! As crianças são espontâneas e participam ativamente!
      Amore, compre sal grosso para churrasco e coloque no moedor de pimentas - é ótimo para temperar tudo pois esse sal não tem sódio. O Peixe com alcaparras não precisa de receitas, é super simples, saboroso e fácil de fazer. Para não fazer bagunça, faço trouxinhas de aluminio com todos os ingredientes e levo ao forno. Procure nos arquivos da cozinha prática da Rita Lobo (GNT) como fazer as trouxinhas.
      Não duvide! Se o leme foi-me dado, a pessoa tinha consciência da minha capacidade. Afinal, seria falta de juízo da outra parte arriscar a própria vida, não acha? :)
      Eu tinha completado 21 anos quando fiz essa viagem. Não tão novinha!! Sinto bastante saudade, mais dos amigos que ainda mantenho graças a internet. Pretendo voltar em breve! Vamos?
      Beijus,

      Eliminar
    2. Não chama que eu vou!

      Com 21 vc tinha mais responsabilidade que muita gente de 40, hein Luma? Anos luz adiante de maturidade... E nem faz muito tempo que viajou, afinal.

      Bjs, faço exercícios diariamente... Adoro esporte! O que você sugere? Digo, lembra do frio daqui? Não consigo correr, por exemplo... Mas deve ser frescura, hahaha.

      Eliminar
    3. :) Eu chamo, heim?
      Michelle, pra mim sempre foi mais fácil ser responsável. A irresponsabilidade traz muita complicação para a vida!
      Lembro bem do frio, porque sempre fui friorenta. Acho que deve continuar com os exercícios que faz normalmente! A falta de ar não é frescura - no inverno perdemos água pela respiração por causa do ar seco e também porque não temos a sudorese do verão.
      Se você treinar no fim da tarde, por exemplo, não sentirá tanto aquele friozão típico das noites de inverno e é também preciso notar que as baixas temperaturas exigem aquecimento por um período mais longo do que o habitual. O ideal é aumentar gradualmente a atividade aeróbica e, em seguida, fazer o alongamento, para evitar lesões. Tome bastante líquido!!
      Beijus,

      Eliminar
  36. Olá Luma, que aventura incrível! Adorei!
    Obrigada por participar do sorteio de aniversário do meu blog! :))
    Bjssss
    viveraprendendo.com


    ResponderEliminar
  37. Com certeza a Austrália faz parte do meu "caderninho de viagens". Agora... a parte do teco-teco não é para os fracos, não! Hehehehe!
    Gracias pelo comment, querida! E sim... "o truque de posar com os bracinhos pra cima" é velho demais, nzé? Até pra Gimenez! Haha! Bjos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehehe muitas vezes andamos em teco-tecos sem saber que são teco-tecos! Haja manutennção!!
      O velho quando permanece é porque faz efeito!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  38. Vixe que a-do-rei viajar com cê Luma!!! O teco-teco dispensava rsrs Austrália é um sonho dos muitos destinos que irei...incluindo Nova Zelândia. Que cor de mar...afff maravilha!
    Beijuuss minina aventureira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lindo mesmo!! Ah, mas vai ter que voar num teco-teco... tem outro jeito não!! :) Beijus,

      Eliminar
  39. Que lugar mágico e que aventura rs gostei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos turistar por lá, Patrícia? Aproveita que a aventura só está começando!! Beijus,

      Eliminar
  40. Luma, que viagem...que lugar lindo. Adorei ler com todos os detalhes. Australia deve ser mesmo um lugar muito bonito. Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos lugares mais lindos! Lembra bastante o litoral do Rio de Janeiro. Beijus,

      Eliminar
  41. Você me fez lembrar de uma viagem que fiz há tempos para Marrocos. Passei a infância sonhando com o por do sol de lá e me esqueci completamente que por trás de tudo havia uma cidade e quando lá cheguei foram tantas cores, sombras, sons, movimentos que o por do sol quase fica fora da viagem... rs

    bacio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba... sabe que fiquei em dúvida entre falar dessa viagem e de outra que fiz pelo Marrocos? Beijus,

      Eliminar
  42. Oi Luma,que falar,fiquei sem fala,achei um ser pensante ao extremo.Bom,para,que falar,Vi luz ,entrei e fiquei.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vinda, Carol!!
      Vamos pensar juntas!!
      Beijus,

      Eliminar
  43. Meu Deus! Ao ler o post, fiquei imaginando a emoção de conhecer um lugar tão lindo, animais diferentes e ainda pilotar um avião.

    Adorei a mensagem do horizonte amplo demais! Parabéns pelo texto e obrigada por compartilhar com os leitores do seu blog. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acontecia comigo todas as vezes que lia reportagens turísticas sobre a Austrália. Quando terminei a faculdade foi a primeira coisa que fiz. Acho que deve priorizar os sonhos e não deixá-los no final da lista. Beijus,

      Eliminar
  44. Gente, que sonho! Luma vc é uma aventureira rss eu estaria morrendo e medo da cobra e talvez nao me aventurasse tanto. Mas que lindas paisagens hein?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alê, tem cobra no Brasil também! :) Beijus,

      Eliminar
  45. Oi, Luma,

    Esta é a minha viagem dos sonhos! rsrs. Quando vi Out of Africa, fiquei louca pela vida aventuresca da personagem (era a representação da escritora Karen Blixen) nos rincões africanos, no início do século passado. Eu já havia lido o livro e foi a primeira vez que achei um filme melhor do que o livro que o originou, rsrs. A sua aventura na Austrália foi maravilhosa, inesquecível mesmo! A frase final, do Mia Couto, infelizmente é muito verdadeira. Ela me lembrou de uma frase do Oscar Wilde, que diz mais ou menos assim: "Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas sobrevive", rsrs.

    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não assisti, Marly! E já anotei aqui para procurar! Ah, essa frase de Oscar Wilde é ótima. Pena que são poucas as pessoas que compreendem!! Beijus,

      Eliminar
  46. Pow, roteirão de filme com a mesma turma que fez meia-noite em paris, heim? Seria a versão tropical :D... mais um post delicia, bjojos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, não pensei no fundo musical ou nos intelectuais que lá viveram no passado. Apesar de ser um país antigo, as pessoas vivem muito a atualidade. Beijus,

      Eliminar
  47. Muito interessante mesmo! abraço!

    ResponderEliminar
  48. Luma,excelente seu post de hoje!Austrália deve ser mesmo inesquecivel! E vc ainda pilotou um avião! Que coragem,menina!Deve ter sido demais!Adorei as histórias e as fotos são maravilhosas!bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Anne! Hehehehe não é nada extraordinário, ainda mais em tão vasto céu. Brincadeira! Navegar no céu é como navegar no chão, temos que verificar o trânsito aéreo! Beijus,

      Eliminar
  49. Aaaaaa eu adoro ler-te!!!

    Que gostoso, que viagem... viagem dupla, tripla, infinita!!!

    Beijos =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que seja, Nadine!! Quero voltar!! Beijus,

      Eliminar
  50. Querida Luma; simplesmente maravilhosa sua maneira de escrever e nos prende do início ao fim. Mas pilotou mesmo, sem ter havido nenhuma instrução?
    Feliz dia da Mulher! Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Lúcia! A gente tenta e de vez em quando acerta :) Capaz pilotar sem instrução. Não sou louca e nem mesmo as pessoas que estavam comigo. Beijus,

      Eliminar
  51. Gostaria muito de conhecer a Austrália, deve ser realmente inesquecível!
    bjs
    Jussara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Planeje, Jussara!!
      :)
      Beijus,

      Eliminar
  52. Viagem emocionante e inesquecível...
    tu pilotou? meu Deus.
    sabia que tenho pânico de altura/ e não aguento voar por mais de 3 hs sem dar faniquito!
    e por causa do medo deixo de conhecer lugares mara!

    adorei sua aventura e o modo com escreveu ...muito legal!
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lena!
      Tenho amigos que não chegam em mureta de prédio. Realmente, a sindrome de pânico atrapalha a vida e melhor tratar logo cedo, pois quando piora, as pessoas ficam com medo de sair de casa.
      Quem tem pânico de altura acaba perdendo muitas oportunidades.
      Beijus,

      Eliminar
  53. Luma,

    Que experiência maravilhosa você viveu na Oceania.
    Apesar de ser o país vizinho, ainda não fui lá, mas em breve o farei.
    Não duvido que você tenha pilotado, e acredito que foi uma experiência maravilhosa. A natureza presente na Austrália e NZ, nós enche de coragem.

    Linda experiência. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lucinha, não perde a oportunidade pois pode se arrepender quando voltar. O bom de fazer turismo na vizinhança é que já estamos acostumados com o clima e mais ou menos com o jeito de ser das pessoas. Aqui no Brasil, sabemos bem como as pessoas se comportam no sul e no oeste, não é mesmo? Beijus,

      Eliminar
  54. Dona Luma alçando voos altos...literalmente :)

    Eeeehhhhhhh mundão esse...e tanta gente passando a vida no seu mundinho, só juntando coisas ao invés de investir em conhecer o mundo...

    "Lá estava o autêntico Outback, como é chamada toda a savana que cobre grande parte da Austrália..."

    Olha, eu tenho que reconhecer que se não leio isso aqui, pra mim, Outback era só nome de restaurante...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo é válido, Lu!
      Não podemos viver somente o presente! É válido fazer um pezinho de meia para a velhice ou para criar filhos, mas temos que reservar um dindim para também se divertir, senão a vida fica chata e monótona. Não precisa ir tão longe, um passeio na própria cidade já é válido. Vejo por exemplo, pessoas que moram no Rio de Janeiro e não fazem os passeios que os turistas fazem, nem mesmo conhecem a cidade onde moram. Depois mudam e se arrependem :) Beijus

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor