Blogueiros Parasitas, chupadores de conteúdo alheio

Alguns blogueiros conhecidos do "Luz" ficarão chateados comigo, mas tenho que falar sobre um assunto bem sério.

“A qualidade reacionária, ou parasita, do ato de blogar define a forma desde o começo. Os blogs, afinal, começaram como logs (conexões), catálogos com data e hora, normalmente com descrições breves, e algumas vezes críticas, do que os escritores encontravam em suas perambulações diárias pela World Wide Web. Alguns dos blogueiros mais veneráveis — os Winers e os Searlses do mundo – continuam a escrever desse jeito. Os blogs menos interessantes, da minha perspectiva pelo menos, são aqueles que simplesmente reproduzem formas jornalísticas conhecidas, como notícias, perfis de empresas ou críticas de produtos" (Nicholas Carr, escritor do livro de tecnologia - The Shallows: What the Internet Is Doing to Our Brains)


Blogueiro parasitaAlguns blogues que conheço adotam essa tendência parasita até mesmo sem querer, por pura ignorância. Indo mais longe, a pergunta é: estes blogues não existiriam sem que chupassem o conteúdo de outras páginas? Essa pergunta vocês poderiam me responder, principalmente as editoras de blogues de decoração, que talvez sem informação, não sabendo a maneira correta de proceder, insultam outros editores da web que fazem um trabalho novo, original e informativo. O roubo de ideias, principalmente através das imagens, é bastante comum nos blogues brasileiros e seria ingenuidade achar que nós leitores da web não temos acesso às postagens originais?
Essa lasca que os blogueiros parasitas retiram do conteúdo dos blogues sem ao menos dar-lhes referência, não constrói uma boa reputação para os blogueiros. Dificilmente alguém terá a disposição de apontar o dedo para este malfeitor que não seja o editor lesado. Se encontramos lixo em nossa calçada, limpamos ou esperamos a boa vontade alheia? Essa conduta de desmoralização acaba por afetar todos os blogueiros. Que tal citar as fontes de imagens, citações, inspirações de pensamentos ou o que te levou a escrever 'aquele' post? Outros poderão seguir os links, formar uma corrente de inspiração e também citar o seu post. Assim se promove a vida blogueira.

Confesso que me sinto insultada quando percebo que o editor do blogue não agiu corretamente. Até ouço as vozes das minhas tias tagarelando lá em Minas Gerais: Se não fosse a sombra da catedral, não haveria lugar para montar o bazar...

Os blogues tanto são células de uma literatura embrionária quanto são técnicos, onde o escritor tem oportunidade de documentar respostas imediatas para o seu dia a dia, como uma leitura, por exemplo. Mas veja bem, pelo menos no meu caso, sinto necessidade de manter um fluxo de leitura contínua de textos. No dia que não leio, me sinto vazia porque o meu olho não cumpriu a sua função de alimentar a minha mente, por outro lado, quando a minha mente entra em contato com a qualidade reacionária destes blogues, meu olfato é acionado e sinto o cheiro de lixo.

Como dito acima, no começo "b-logs" eram logs, diários com descrições breves e às vezes com críticas daquilo que os blogueiros encontravam em suas perambulações diárias em torno da World Wide Web, em geral, não participavam de um "comércio". O replique nas formas jornalísticas, como as notícias, perfis de empresas e opiniões sobre um determinado produto, hoje são úteis, populares e seus editores fazem questão de mostrar que aquele é um blogue técnico.

Os parasitas que se sustentam de blogues sérios, recolhem as sobras com a iniciativa 'notável' de transformá-las em dinheiro, não alimentando a blogosfera de novidades, apenas fazem reciclagem. Para os inocentes leitores, esses blogueiros são criativos e penso quais serão as opiniões sobre estes blogueiros em seus ambientes extra-blogues?

Algumas condutas passam pelo nosso foro íntimo, consciência ou ética, como queiram chamar e se os blogues são, na sua essência, uma forma de expressão crítica, bem... tente fazer a sua parte: patrulhe e mantenha o ambiente limpo!

Vamos valorizar os blogs que fazem reportagens originais, pelo menos os que se baseiam no que acontece ao seu redor. Muitos blogues tem por princípio, retirar de suas listas os blogues chupadores de conteúdo. Tome cuidado com a falta de referência. Um editor de blogue pode quebrar uma notícia, destrinchá-la e nos oferecer perspectivas surpreendentes, sob seu ponto de vista, mesmo que copie trechos dessa notícia. Isto chama-se "repercutir" a notícia. Não seja um copiador descarado!

Mostre que você tem algo a dizer, mesmo que tenha copiado aquela imagem linda de outra página. O que a imagem lhe inspirou? Se lhe trouxe bons momentos, porque não citar o editor que a postou anteriormente? Não se cale diante de um conteúdo disponível e recomende os blogues que fornecem conteúdos originais, que não sugam o trabalho de outros e que lhe oferece opinião e conhecimento.

Se você comercializa o seu blogue, saiba que o Google privilegia conteúdo original e de qualidade - colocando-o em primeiro lugar no sistema de pesquisa.

Como exemplo de que citar a fonte da imagem pode-lhe trazer tráfego e público extra blogues para a sua página, foi o que aconteceu no "Luz de Luma" na última Sexta-feira.

Evandro Monteiro
Foto: Evandro Monteiro/Prêmio Esso e Digna Imagem

A imagem acima fez com que mais de 6 mil pessoas acessassem a postagem "Erro meu, mas problema seu", no "Luz" procurando por ela e por conta deste acesso, o meu arquivo da imagem no blogger foi copiado 331 vezes.
Entre na Campanha contra o Blogueiro Parasita!
Plágio, você sabe o que é isso?

Campanha iniciada em Maio de 2009, da qual não me furto a reafirmar novamente. Entre nessa campanha em prol da originalidade na blogosfera brasileira!
Xô Blogueiro Parasita!

61 comentários :

  1. Ola, Luma!
    Concordo com tudo que ja escreveu por aqui!
    No comeco da minha vida de blogueira eu fui bem ingenua, sabe?
    Qdo um leitor me inscreveu num concurso de Blogs e ganhei, fiquei toad bob a. No segundo eu mesa me inscrevi... Ate descobrir que quem estava ganhando era o blog de Uma famosa que postage de 6 em 6meses! Kkkk! Dai eu vi que aquilo era besteira e retirei meu nome!
    Depois percebi que ha uma competicao (ridicula, ate) por quantidade de seguidores ou comentaristas. Clark que eu ache legal ter um Monte de gent comentando, e seguindo, mas o mais import ante - pra mim - e quem le, que tipo de leitor eu tenho etc.
    Muitos dos meus leitores nem saber que "precisam" comentar, pois Sao eminentemente "leitores".
    Tudo que eu ponho por la, via junto com minha opiniao, links, referencias, fontes, etc
    Esse seu selinho eu tinha conhecido por aqua, e ate comentado por la! A eu sempre aviso qdo faco isso la! Avisei, na epoca, nao avisei? Kkkkkk!
    Meu abraco, e conte comigo "contra a mediocridade"! Kkkk!

    ResponderEliminar
  2. Eu sei como é! Tenho sofrido com tais roubadores de conteúdo.
    Ontem no trabalho escolar de PH, estive orientando-o sobre os beneficios e os maleficios da interconexão, dos usos e dos desusos da tecnologia.

    A pirataria, o plágio e também o mal uso da tecnologia para o roubo eletrônico entrou na lista de uso indevido dos recursos tecnológicos.

    ResponderEliminar
  3. Bem, eu confesso que não vou procurar o(s) autor(es) de fotos e tenho um caso curioso.
    Há mais de um ano, no meu outro blog coloquei uma foto tirada da Web. Recebi um comentário de um qualquer "blogueiro" a dizer que a imagem era dele e queria um link para ela. Afinal a imagem era de um pintor mexicano a quem eu (tarde e a más horas) pedi para a utilizar. Foi autorizado.
    Bem, mas como estou velho para andar à procura do "fotógrafo", não sei não... vou continuar como até aqui, com a certeza que se vier "roubar" alguma coisa nesta casa, aviso a autora.

    Cumprimentos "deste lado"

    ResponderEliminar
  4. Subscrevo inteiramente tudo o que dizes e quando procuro imagens, procuro sempre as que têm o autor ou blogue inserido nas mesmas. Se eventualmente dou conhecimento de alguma notícia, referêncio sempre a "origem", mas roubar e fazer como se fosse meu jamais!

    Sim, já me deparei com cópias e com a "certeza na mão" levam resposta que o que escreveram pertence ao blogue tal.

    É mais fácil fazer obra com a matéria dos outros, do que puxarem pela sua própria cabecinha e a internet está impegnada desse virús:)

    Outro problema com que muitos professores universitários se deparam, é que muitos dos alunos fazem "copy e past sem salvaguarda da fonte" e depois admiram-se de levarem um zero:)

    Gostei e parabéns por este post!

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
  5. Olá Luma, eu concordo e assino em baixo.
    Já tenho o meu blog desde 2009 mas comecei a dar mais atenção a ele desde o final do ano passado, mais ou menos, e nesse tempo já me surpreendi com um determinado seguidor que simplesmente copia e cola os meus textos no blog dele (aconteceu 2 vezes). Na verdade eu não me importaria, até seria uma honra, mas acho que não custa nada fazer uma referência ao autor do texto, e não postar como se fosse seu. Isso faz toda a diferença.
    Quanto as imagens, um pouco por ingenuidade, eu nem sempre ponho a origem das mesmas quando as retiro do google, mas vou ter esse cuidado daqui por diante.
    E já agora, vou ajudar você a difundir essa questão, falando sobre isso, usando essa sua imagem e fazendo um link do seu blog, se não se importa.
    Beijos todos.
    Angel.

    ResponderEliminar
  6. És sempre correta nas tuas postagens e posturas.

    Tudo verdade aqui e só podemos esperar que mais uma vez surja efeito vindo daqui esse chamado.

    Um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  7. Inovação, autenticidade, originalidade, ética, são palavras a serem lembradas na hora de publicar um texto.
    Quando não estou inspirado ou motivado, não publico nada, mas copiar ou transcrever textos alheios sem citação, só para marcar presença na web, é desonestidade ou ingenuidade.
    Também gosto de "jogar conversa fora", desde que seja sobre textos, pesquisas e imagens minhas.
    Concordo com Você.
    Luiz Ramos

    ResponderEliminar
  8. Só posso concordar com você Luma!
    Vou colocar este seu post em destaque lá no Navegante.
    O que custa citar a fonte não é mesmo????
    Um beijo grande
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  9. Adoro a criatividade das pessoas, acho todas sempre tem algo a dizer sobre qquer coisa.

    E para aqueles que nao tem, fazem de seus blogues algo bem charmoso citando frases de autores conhecidos e desconhecidos, ou de livros. Adoro esses!

    Tem aqueles tb que gostam de expressar seus sentimentos através de imagens. Uma imagem expressa muita coisa!

    Eu admiro essa luta pelo plágio, porque eu mesma nao tenho paciência... uso sempre a ferramenta COPYSCAPE quando entro num blog que gosto, e se for plágio eu vou saindo de fininho.

    Já tentei avisar uma vez uma moca que sempre vejo na blogosfera (e se ela ler isso vai saber que é ela, apesar que ela deve passar longe desse assunto qdo vê) e ela me ignorou.

    Ela me ensinou que é perda de tempo lutar por essa causa... cada um com sua consciência! Por isso admiro quem ainda luta, e aos que praticam a parasitismo, minhas condolências, e saibam que a Internet nao é terra sem lei...

    Gostei do link que compartilhou do TinEye, eu ainda nao conhecia e adoro novidades.

    bjs encafofados rss

    ResponderEliminar
  10. Oi Luma,
    Só hoje tive tempo de parar para responder todos os recadinhos no meu blog!
    Muito obrigado pelo carinho comigo e com meu pai. E muito obrigado pela força.
    Um bjo
    Cynthia

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma,

    Confesso que já dei várias escorregadas no blogue, pois nem sempre citava a fonte das imagens. A maioria pesco no google e muitas não tem referencia mesmo, mas como leitora do Luz de Luma, me torno mais consciente a cada dia (sem puxação de saco, juro).
    Também me atento mais aos textos e se evito colocar textos sem citar fontes (mas já fiz também, por pura ingenuidade).
    Parasitismo não né? Dá os créditos é o mínimo que se pode fazer!
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Corretíssimo.
    Quando posto texto alheio que me fez refletir e desejo partilhar sempre cito a fonte.
    Quanto as imagens, quando são minhas coloco marca d'água, nas outras só se tiver indicação de autoria rs... Ai, ai, ai... Mas acho que estou errada, né? No mínimo deveria colocar "Imagem: Google" rs... Ô Luz de Luma me ilumineeee!!!!!!
    Beijo...

    ResponderEliminar
  13. Luma, tô voltando aos poucos a blogar e ler na web e fiquei sabendo desse seu artigo através do Marcelo Abrazar la vida no facebook. Vc tem toda a razão e eu já aderi a esta causa hpa algum tempo através do seu blog mesmo. Parabéns pelo texto, pra variar.
    Vc esteve lá no blog e disse que seu anti virus tava disparando direto. Tive um problema lá esta semana, um widget estava redirecionando para uma outra página. Estou rearranjando as coisas. Vc pode me fazer 2 favores ? Dá uma passadinha lá e me diz se dispara ainda? Me diz qual seu antivirus? Eu uso o norton e bem já me disseram que ele tem mais fama que outra coisa, pq ele não acusou nada lá nem uma vez.

    beijos e desculpe o aluguel.

    ResponderEliminar
  14. Ufa... Ainda bem que não sou blogueiro, senão já estaria com as orelhas (olhos, pestanas) a chamuscar ;o

    ResponderEliminar
  15. [Just a litle spam] Algo interessante que este género de artigos pode ter são os comentários... Mas, estou decepcionado, ninguém para falar mal da Luma? É só engraxadores?!! ó Luma, pensa que eu não sei que não é você que escreve os seus artigos, pois é eu vejo tudo na minha bola de cristal, e vi que você detém uma macaca como refém e que é a autora de tudo o que você escreve, tudo não, só os artigos bons. Bye bye ;)

    ResponderEliminar
  16. Oi Luma, achei seu blog através do blog da minha amiga Angel do blog Coisas de Mulher e já estou seguindo. Achei interessante o seu post, pois sei que existem mesmo os ladrões de idéias, é muito triste porque pensamos, pesquisamos, escrevemos e vem alguém e pega tudo prontinho e leva. Concordo com vc e também vou fazer a mesma campanha no meu blog. E mudando de assunto, estou atrás de um tradutor que tenha a língua holandesa e finalmene achei aqui no seu blog, vc poderia me passar a dica de onde achar o link para instalar esse tradutor no meu blog?
    Desde já Obrigado

    ResponderEliminar
  17. Olá querida Luma, tudo bem?

    Minha querida eu adorei o seu post, apesar de não concordar com várias coisas, mas adorei mesmo assim, mas eu não gosto dessa onda que se instalou na blogosfera de uns tempos pra cá de que isso pode, ou aquilo não pode, te respeito, mas eu acho que quando a gente não gosta de um Blog nos cabe não voltar mais lá, simples assim, acho que uma pessoa qdo resolve criar um blog ela é livre para fazer do jeito que ela preferir, entende?

    Opinião essa, Luma, totalmente pessoal. Ao mesmo tempo concordo contigo sobre apenas copiarem sem citarem os créditos devidos, realmente isso é chato, mas, às vezes, não é por maldade e sim, por desconhecimento, distração... ;)

    Ahhhhh eu amei a sua dica lá no meu Cantinho! Sabe, assim que publiquei o livro, coloquei o banner dele lá no topo do meu sidebar, mas depois fui abaixando, mas vc está certíssima, já coloquei no topo novamente, obrigada querida! ;)

    Beijo, beijo!
    She

    ResponderEliminar
  18. Xiiiii agora que eu vi que o comentário saiu com a minha outra conta...
    Mas sou a a She! (rsrs) Bjo, bjo!

    ResponderEliminar
  19. Nossa! Acabei de publicar o final da minha aventura com meus blogs, e vim correndo prá cá. Essa porcaria de plágio acabou com meu Blog-Memories pois perdi muito do meu tesão em escrever e ser copiada. E olha Luma que meu blog nunca apareceu nos 100 mais.... Corria por fora, mas era tapada logo no começo e não fui capaz de reagir ou atuar prá impedir. Vou aderir à campanha! bjs, ótimo post! Olha como o pessoal copia imagens na cara dura!!!!!!

    ResponderEliminar
  20. Oi Luma

    Você disse tudo.
    Sou uma aprendiz, mas até do meu simples bloguinho já teve texto copiado e postado como se fosse do "chupador" como você chama.

    Na metade do ano passado, comecei a ler um blog que tinha poesias lindas e muito bem estruturadas cm fotos e tudo.
    Então comentei que as fotos deveriam vir com referências.
    A pessoa disse que não sabia disso.
    O blog continua, mas as poesias desapareceram.
    Fiquei na dúvida? Não, eu tive certeza de que não eram originais.

    Parabéns sempre pelos seus textos.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  21. Apesar do pouco tempo nesse universo de blogs , concordo plenamente com você.
    Para que não haja erro de minha parte, eu sempre mantive à direita do meus blogs,os locais de onde eu extraio as minhas imagens.
    Os posts quando não são de minha autoria , são extraídos de livros e eu tenho o cuidado de colocar a fonte e os detalhes.
    Creio que esse procedimento é o correto.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  22. Você arrasa! Luma!

    Confesso que vou tomar mais cuidado com as imagens daqui pra frente, algumas passam sem serem referenciadas!...

    Os vídeos eu sempre coloco o link e o mesmo para os textos com autores... gosto da idéia de repercutir e sei o quanto é necessário colocar a opinião particular!

    Um Beijo!

    E se puder visitar meus Blogs e me ajudar nestas questões eu agradeço!
    Mas não cobra a consultoria não viu!

    Valeu!

    ResponderEliminar
  23. Seus posts tem sempre dicas valiosas Lumita! Tem razão em tudo, eu mesma vou tomar mais cuidado agora, quando colocar fotos...mas sabe uma coisa que me enrva? os textos apócrifos...que estão na cara que não são dos autores e as pessoas porque são totalmente imbecis, colocam lá e chapuletam: Veríssimo, Jabor , F. Pessoa...será que a criatura não consegue saber que Pessoa já morreu há muito tempo e que no tempo dele não se escrevia daquele jeito?
    Aff, isso me irrita...Beijos,

    ResponderEliminar
  24. Olá Luma, espero que estejas bem eu com saudades.
    Desde que iniciei meu blog, sempre digo que não tenho a capacidade de escrever como você por exemplo, mas em minhas postagem jamais deixo de colocar a fonte de vem o texto ou a imagem. Não que eu não seja criativa, longe disso, pois meus trabalhos manuais são bem criticados, só não sou habil o suficiente com as palavras e muitas vezes tenho mesmo é medo de escrever e passar de ridícula e morro de vergonha mesmo. Então gosto de compartilhar mensagens, artigos, livros que leio, e vai por aí, com aqueles que sempre me visitam. Se eu fosse dar bola para competir com cmentários, meu deus do céu, ja teria abandona o blog. O que eu gosto mesmo é de compartilhar e por mim muitos conhecem outros blogs, como o seu que é entre todos um dos mais preferidos ao meu ver.
    Beijos minha amiga, com saudades creia, e torno a dizer aprendo muito contigo mesmo!

    ResponderEliminar
  25. Luma muito obrigado mesmo por me passar essa dica, vc me fez um GRANDE,BIG,GROOT(em holândes) favor :)

    ResponderEliminar
  26. Olá, Luma!
    Concordo totalmente com o que digitastes, tem gente que na maior cara dura copia e ainda diz que fez!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderEliminar
  27. Luma,
    Ainda hoje isso me aconteceu: a pessoa simplesmente levou um post meu, com imagens e até os destaques de texto, e postou no blog dela. E veio me dizer se tava tudo bem, se eu fiquei chateada... que ela deixou o link, etc e tal
    Que responder? Que levei 4 horas pesquisando e montando o post? Que as palavras e até as expressões são minhas? Que ela poderia ter pedido antes de fazer?
    Francamente? Tem hora que cansa... e ainda toma ares de inocente... fiz porque o texto é bom...
    Isso me irritou...

    Mas mudando de assunto:
    Seu último comentário no blog eu não postei. É que quero pedir sua autorização para inser-lo em um post que fala justamente do gadget mencionado no comentário. Posso usar como parte do post? Claro está que com os devidos créditos... afinal as palavras são suas.
    Se concordar me dê um ok. Certo? Mas fique à vontade para discordar.
    Beijossss

    ResponderEliminar
  28. Oi, Luma!
    Pois é, as coisas parecem não mudar nunca.
    Lembro da blogagem coletiva sobre este assunto e da minha participação.
    Mas é preciso repetir e repetir...
    Sempre uma boa fonte de inpiração e consulta, seu blog é minha fonte.
    Obrigada, pelas informações.

    Beijos.
    Anny.

    ResponderEliminar
  29. Concordo, com tudo, tudinho mesmo do que vc falou...e vou rever algumas da minhas atitudes-automáticas.

    Beijos

    ResponderEliminar
  30. Oi Lumitcha,
    Pra variar esta dificil para mim abrir seu blog, trava!
    Sobre os parasitas, que eles saibam que violaçao de direito autoral é crme. Eu ja acho chato o conteudo dos blogs que so publicam coisas dos outros, mas citando fonte. Agora se nao citar e fingir que da propria pessoa é inimaginavel. Ainda mais ainda quando escreve embaixo a autoria propria como foi o caso daquele texto de Sonia Sales que fui achar no blog de fulana e assinadi por ela. Uma indignidade. Quem nao gostar do seu post que procure um advogado para se esclarecer melhor ainda...
    Beijos querida!

    ResponderEliminar
  31. Olá, vim conhecer seu espaço e gostei muito de seu post. Dos blogs que eu visito nem todos têm textos próprios, mas muitos primam pela maneira criativa com que reproduzem esses textos e poemas. Por isso se tornam especial.

    Então, se for para copiar, que mesmo aí exista a criatividade.

    ResponderEliminar
  32. Dá sim, para se fazer o bazar sem a sombra da catedral, e sem se afastar da praça. Custa um pouco mais de trabalho, mas dá.

    ResponderEliminar
  33. Luma querida, mas vc é demais mesmo. Adoorei!!!

    Infelizmente há vários blogueiros parasitas que estão ai para "roubar" ou 'encostar' em alguém que sabe como manter um blog.

    Eu já fui vítima desses blogueiros parasitas, já tive alguns textos, frases minhas "roubadas" por alguém que nem creditou, e ai quando eu falei com a pessoa, educadamente, sem ofensas, a pessoa simplesmente excluiu o blog e sumiu. E tantas outras situações...

    E as suas postagens servem para isso, alertar os blogueiros!!!

    Você é demais....

    Adoorei meesmo. Parabéns!!!!

    E agora é um puxão de orelha, preciso voltar a creditar as minhas imagens, rs...

    Beijos linda

    ResponderEliminar
  34. Luma, eu amo o seu blog! Sempre tem algo a ensinar! Voce é um show.

    Por favor, ensina para mim, semi-topeira aprendiz de navegação...

    Quando eu procuro imagem no Google, eu procuro algo que tem a ver com o texto que escrevi. Só que vejo que para a mesma imagem tem "n" iguais de tamanhos diferentes. Claro que vou adorar colocar os créditos do verdadeiro dono.

    Este TineEye é para:
    1) ou eu faço Upload de uma imagem minha, criada por mim
    2) ou se procurar a imagem que encontrei no Google, colocar em Enter image address, vai me dar quem realmente é o dono legítimo?!

    Puxa, vou amar porque sempre adoro fazer "parceria" com alguem. Assim como já me pediram usar alguma poesia minha, eu me senti super honrada e importante.

    RSVP !!!!! eheheheh

    Beijos

    ResponderEliminar
  35. Querida
    Passei a me preocupar com isso quando li um texto meu em um blog e nem tinha o meu nome.
    Uso um dispositivo para que não possam copiar nada, mas a gente sabe que se esses parasitas quiserem, copiam.
    Não menciono a fonte das fotos pq as recolho, normalmente no google, mas vou tentar tomar esse cuidado.

    ResponderEliminar
  36. Textos pra mim saum sagrados, se naum saum de minha autoria com ctza posto a fonte. Qnto a imagens, qndo se pega do google fik mais complikdo, pq ai a pessoa devia fzer como Meri, colok uma marca d'agua, mtas vzs eh uma foto q eh repassada por outro e outro e outro e perde-se o destino, se o autor da imagem naum tem esse cuidado, como vamos adivinhar pra citar a fonte? Deixar um blog sem imagens fik complikdo... neste kso das imagens, quem as cria, edita, q deve ter esse cuidado de preserva-la deixando sua marca registrada.
    Abracos.

    ResponderEliminar
  37. Afffffffffff, tenho NOJO de parasita, mas é NOJO mesmo. E sabe o que é pior? É que tem pessoas que trocam TODAS as palavras por sinônimos e montam o texto como se fosse criativo. Não sei até que ponto a deficiência de originalidade vai, mas confesso que esse é um assunto que sempre vai doer naqueles que são íntegros e honestos com as pessoas que leem seus textos.

    Parabéns pelo post, Luma. Mais uma vez você mostrou a grandiosidade desse assunto.

    Beijo imenso.

    Rebeca

    -

    ResponderEliminar
  38. olá, Luma..:)
    Humm..já li algo como: não coloque algo que seja de sua autoria na internet para não ser copiado ou plageado...:)))
    Não tenho lidos blogs ultimamente, estou descobrindo o mundo dos "animes", e pretendo mais tarde ler o original dos autores das obras.
    Ótima semana!
    Tchauzinho

    ResponderEliminar
  39. Oi Luma deixo aqui registrado o meu apoio integral ao seu post.
    É inadimissível que qualquer um ao retirar algo de um blog: foto, texto, informação, qualquer coisa não dê o devido crédito. Mais do que correto faz parte da educação.
    Ninguém quer ver algo seu publicado sem ser mencionado.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  40. Luma, tens toda razão, eu mesma sou muito desligada em relação a colocar crédito nas imagens que retiro aleatoriamente do Google, mas vou reforçar isto assim que voltar a blogar e vou aderir a tua campanha, colocando o selinho no meu blog.

    Aquele problema que relataste no teu último comentário ao abrir a página com erro, parece ter a ver com algum bug do Chrome, ou com o modem da Vivo, ainda não descobri, o fato é que só acontece quando uso o Chrome. Na verdade abri os outros navegadores só pra fazer o teste, mas me acostumei demais com as facilidades do Chrome, então fecho a página quando acontece e abro de novo, assim fica normal. Deve ser um problema temporário (acredito eu).

    Beijos, querida!

    ResponderEliminar
  41. Isso é chato mesmo... Mas sabe de uma coisa, esse lance de imagem eu particularmente acho difícil de descobrir o lance de direitos autorais.
    Na maioria das vezes linko o lugar que peguei a imagem, nela mesma...

    Bj

    ResponderEliminar
  42. Excelente!!!!

    Olha...hoje copiei/chupei uma lista inteira de link do site Quantrocantos.com.
    Hehehehe Mas coloquei o link... Tenho "conhecidos e família" que já cansei de falar - não clica em links que não conhece. E hoje me mandaram uma mensagem ferrada de virus. Ai foi meu protesto em silêncio (Mas com o link FONTE lá) beijos.

    ResponderEliminar
  43. Olá
    Achei bastante relevante sua postagem, e tenho algumas dúvidas que gostaria , se, possível me ajudasse.
    Como gosto de poesias, resolvi criar um blog para compartilhar com outras pessoas minhas preferência. É claro que todos os poemas, vão com os respectivos autores, e qualquer coisa que por ventura pego em blogs de amigos, coloco fonte e link.
    O meu maior problema é com as imagens. Normalmente pego no Google e raramente vêm com a autoria. Como faço para saber de quem é a foto?
    Se puder me ajudar ficarei grato.
    Beijos

    ResponderEliminar
  44. Luma você já sabe da minha opinião sobre este assunto.

    Sabe o quanto gosto de ler blogs com conteúdo original ou então com opinião própria sobre o conteúdo parcial que publicam de outros blogs.
    Não aprecio aos que compilam conteúdo alheio, mesmo que os credite. Antes ficava indignada. Agora, simplesmente deixo de ler.

    Quanto a imagens, sempre que encontro a fonte dou os créditos e nas minhas coloco o nome.

    Tenho uma consideração a fazer sobre imagens. Se algum fotógrafo tirasse uma foto minha eu considero esta foto minha e não admiro fotógrafos que tiram fotos de pessoas em situações inusitadas e se apoderam das fotos como suas. Se fosse eu, não gostaria. Sabe que não gosto de aparecer em fotos.

    Essa ferramenta que indicou será útil para que eu saiba da procedência de imagens que publicarei.

    Então, está de dieta?. E com todo o pique? Não te acompanho nessa. :)

    Beijos, menina iluminada!

    PS: Por seus conselhos e da Elaine vou começar a seguir os blogs. É mais prático do que lista de blogs.

    ResponderEliminar
  45. Concordo com tudo o que disse... já tive vários conteúdos copiados e na maior cara de pau não citaram a fonte, meu post mais copiado é sobre o centenário de Patativa do Assaré, em que coloquei uma gravação do próprio Patativa, e consegui autorização para publicar...
    Quanto as imagens, tenho sempre o cuidado de citar o autor, embora nem sempre esteja disponível na imagem que se quer...
    Excelente texto.

    ResponderEliminar
  46. Concordo plenamente, Luma!

    As tecituras dos blogs, por vezes, ocasionam situações em que vale a pena publicar conteúdos de outros blogs, mas com o intuito de valorizar e "repercutir" a criação de outrem. Vale, contudo, assinalar que é imprescindível a citação da fonte e a razão pela qual se publica um conteúdo alheio.

    Caso contrário, trata-se de pobreza de espírito e incompetência constatada. Infelizes os que saboreiam tais escritos, entre elogios e esfuziantes aplausos.

    Faço minhas as suas palavras.

    Abraços,

    ResponderEliminar
  47. Luma, cheguei de viagem e com saudades do seu para-quedas...
    Amei o post! Tem que falar a verdade, ser honesto, coeso, com que se fala, se escreve, se fotografa ou com que se pensa...Doa a quem doer, afinal a vida é feita de tropeços, aprendizados e celebrações. No momento estou celebrando o seu post!

    Não sabia sobre o privilégio do Google... 99,9% das fotos do meu cafofo é autoral, textos quando não meu cito a origem ou autor.

    Como sou baby em blogagem, só fui perceber depois de meses, que a maioria dos blogs, até alguns que "bombão" ou são referências, são cópias de pessoas extremamente antenadas na mídia.

    Artigos como este, são super esclarecedor, grata!

    Beijooooooooooooo

    ResponderEliminar
  48. Sempre nos dando dicas inteligentes, por isto sempre volto aqui.
    É uma questão delicada e quando menos esperamos envolvemo-nos em problemas que poderiam ser facilmente evitados.

    ResponderEliminar
  49. Antes eu não sabia muito bem o que era blogar. Já copiei diversas imagens achando que estava certo, porque via tantos blogs engraçados fazendo isso. Talvez esse seja o problema.

    Somos inspirados a fazer algo por influência de alguém ou de algo (geralmente). E aí é que mora o perigo. Esses blogues que fazem isso são grandes e acabamos por achar que podemos fazer o mesmo, que na blogosfera é assim, mas depois que você entra de cabeça e encontra blogs bons de verdade é que a ficha cai e você muda radicalmente.

    Foi assim comigo!

    ResponderEliminar
  50. Luma, maravilhoso e justíssimo o que você disse aí. Matou minha vontade. Sempre olhei os blogs por esse viés aí do seu post, com um olhar de descrédito sobre os "chupa-cabras" da blogsfera.

    Aliás, não foi a toa que deixei de publicar muitos contos e crônicas minhas no meu blog; modestamente, eu andava sentindo um cheiro estranho no ar... Mas mesmo assim volta e meia publico algum, até porque essa, a literatura, é a linha editorial de meu blog, mormente a dos ignotos escritores-amadores. Certa vez uma amiga brasileira que mora no estrangeiro alertou-me para os riscos de "ladrões de idéias". Matuteia bem as palavras dela, e por as acolhi com humildade.

    Todavia, como sou advogado, e até com alguma fama (local) de muito contestador, entendi por bem nunca escrever nada a respeito. Mas você "me vingou". Obrigadão! Assino tudo o que você escreveu aí, tá? bjs

    ResponderEliminar
  51. "Sorria para a vida,encante-se com ela,trate-a com respeito
    E com carinho.Conquiste-a com teu sorriso.Ela também
    Sorrirá para você.O sorriso alegra,liberta,aproxima,contagia,
    Provocando um mundo de alegria".(Mari Amorim)
    Essa é minha mensagem para que você tenha uma nova semana cheia de boas energias e luz!

    ResponderEliminar
  52. Ótimo alerta e detalhadamente esclarecedor !
    Uso a blogosfera apenas como registro e forma de comunicação com os parentes e amigos brasileiros, apresentando algumas vivências com meus filhos aqui na Itália,mas já vi tanta coisa copiada sem fornecer corretamente o referencial do autor que me limita as escolhas de assuntos e imagens(todas minhas)pra publicar.

    ResponderEliminar
  53. Olá Luma..Que bacana seu texto e alerta. Eu vejo muito disso na internet e confesso..fico até envergonhado de comentar ao proprietário do blogue ; coisa minha - não consigo deixar ninguém em situação de "saia justa". Meu blogue nasceu de uma situação atípica - tanto é que nunca me declarei blogueiro - porem ainda algum dia conseguirei me intitular como tal. Hoje - busco informações segmentadas (crianças e afins) porem sempre citando, pelo menos a autoria - o que é justíssimo e corretíssimo - pois "o que é do homem, o bicho não come". Na internet tem também vários textos, poesias, frases - Sem autoria/anônimo - o que eu penso ser um grande desperdício pois, existem pérolas - que muitos outros se apropriam e assinam embaixo inescrupulosamente.

    Beijos!!

    Wilian



    Wilian

    ResponderEliminar
  54. LUMA,


    eu acho que,





    O BLOGUEIRO QUE COPIA IDÉIAS NA WEB, ELE O FAZ NO DIA A DIA.

    EU NAO GOSTO DE NADA IGUAL AOQ UE OUTRA PESSOA TEM.

    Mas, já cansei de ver blogs de fotografos - brasileiros , idem - com formatos iguais ao meu. EU fico pasma, quando pessoas me cotnactam paa saber como ter o layout que eu etnho no blog e no site.

    Eu acho que pessoas desse estilo nao sao pessoas criativas. E acho que para lidaR com layout e afins, tem que ter criatividade.Mas, acima de tudo, ética.

    Mas, isso dar um livro. Eu já vi fotos sem fim, que eu levei horas e enfrentei neve e frio, para fazê-la, voando internet afora.

    AMigos que se diziam amigos, pegaram minhas fotos no OLHARES er mudaram cores e tamanhos, deformando-as e como eu nao concordei, sumiram de meu blog.

    Eu, sinceramente, NAO SEI O QUE SE PASSA NA CABECA D EUMA PESSOA QUE FAZ ISSO.

    ResponderEliminar
  55. Amei esse post! Ficou completo e me ajudou muito.
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar
  56. Que texto bom... me deu até um ânimo. Tem horas que a gente desanima, de tanto chupinhador.
    posto no meu blog fotos que tiro, conto coisas que vi e visitei...e nego copia como se fosse ele quem esteve lá. corta apenas a parte da foto com a marca d'agua. e outros chupinham conteúdo, trocam apenas algumas palavras e publicam dias depois o que escrevi.

    é triste...

    ResponderEliminar
  57. Infelizmente, mesmo com a continua vigilância estas pessoas voltaram...

    E lembrei de um caso, de uma blogueira bem querida, que acabou fazendo esta pratica, na época deu um maior bafafá.

    (Sobre o teu comentário) Também gosto Big Bang Theory, fora os desenho aninados, fato.

    Fique com Deus, menina Luma Rosa.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  58. R + R - R = R + R
    (Regras e Regulamentos menos Relacionamentos é igual a Ressentimentos e Rebeliões)

    ResponderEliminar
  59. Oi Luma querida!
    Maravilha de publicação! Também sou contra aos plágios e plagiadores...Também questiono a reprodução/cópia de matérias, afinal todos nós temos acesso às matérias e sites ou blogs originais. Mas, ainda vejo que muitas pessoas, por preguiça e falta de criatividade, preferem copiar e encher seus espaços com o conteúdo e trabalho alheio. Para que preciso ler em um blog uma notícia que foi publicada em um grande portal? E ainda na íntegra? Se ao menos criticassem, agregassem mais conteúdo, expusessem suas visões sobre os fatos apresentados, pelo menos teríamos a chance de ver a mesma notícia por outros ângulos.
    Eu gosto de escrever meus textos baseada em minhas visões e experiências...se certos ou errados, deixo para a interpretação de cada um. O meu objetivo não é ter aprovações ou concordâncias, mas apenas compartilhar uma forma diferente de ver a vida. Quanto as imagens, ainda sofro...Retiro do Google Imagens e vejo que a mesma imagem é reproduzida em diversos blogs, então fica difícil dar o devido crédito. Na dúvida, me limito a informar que retirei do Google Imagens mesmo. Ainda estou aprendendo e cada vez que leio textos como esse seu, aprendo e desperto mais a vontade de fazer o justo e certo. Os caminhos são muitos para se obter o verdadeiro aprendizado, mas pelo menos me propus a seguir por eles, dentro da ética e meu senso de justiça.
    Parabéns! Gostei muito de suas colocações!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderEliminar
  60. Oi, Luma.
    Faço minhas as suas palavras e espelho sua indignação em relação a essa prática abjeta, mas, considerando que o exemplo vem de cima, e que vivemos onde a ladroagem começa nas mais altas esferas do poder constituído, o que seria de esperar?
    Tempos atrás, pesquisado no Google um assunto sobre o qual eu havia publicado uma ou duas matérias, encontrei meu texto reproduzido ipsis literis em dezenas de sites, muitos dos quais mantiveram até mesma as ilustrações que eu uso nas minhas desvaliosas postagens, mas nenhum, absolutamente nenhum, se dignou a dedicar duas linha para dizer que o conteúdo original havia sido publicado por fulano, no site tal. É mole?
    Enfim, ao ver que isso se repetiu de forma contumaz nos dias e semanas seguintes, eu acabei desencanando, pois se não publicássemos textos de qualidade acima da média, dificilmente seríamos alvo de plagiadores.
    Daqui a pouco eu vou me sentir honrado por ser alvo do plágio e deixar para os sangue-sugas uma nota de agradecimento pela preferência.
    E viva o povo brasileiro.

    ResponderEliminar
  61. Olá!! Muito bom!!! Concordo e apoio!!!
    Coloquei o selino da campanha em meu blog, ok? Está linkado no seu blog! Bju! :D

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor