Meu nome é Bond, James Bond


Todos sabem da refilmagem de "Casino Royale", o que a maioria não sabe é que "Casino Royale", foi originalmente filmado em 1967, com vários diretores, inclusive John Huston, e vários James Bond, entre eles David Niven e Woody Allen.
Estou curiosa com mais esse novo filme da longa saga 007, talvez pela polêmica que houve em torno desse 21º filme. O filme estréia somente em Outubro, mas já está online o teaser trailer de "Casino Royale".

Vídeo retirado.
Quem viu, viu.
Quem não viu, jamais verá!

O senhor da foto é Daniel Craig, o novo James Bond. E agora que está apresentado, passo a informar que mal começaram as filmagens e ele partiu logo dois dentes. Ficam portanto sabendo que vamos ter um 007 desdentado! ...o que é perfeitamente normal dada a antiguidade do personagem.

E dados a modernidade, os mocinhos também andam tirando suas roupas...


Podem tirar-lhes a roupa mas o verdadeiro James Bond não dispensa um smoking, nem os ternos clássicos cortados em Saville Row. A bordo de seu carro favorito, o Aston Martin DBV, nunca se separa da sua mortal Walter PPK.
Conquistador contumaz, está sempre cercado de belas mulheres e após um dia de trabalho recheado de perseguições, explosões e lutas corporais com inimigos perigosos, toma um Martini para relaxar. O seu nome é bond, James bond.
O agente secreto a serviço de Sua Magestade, que atende pelo codinome 007, virou fenômeno mundial em 1962, com o lançamento do filme "O Satânico Dr. No".
O sucesso mundial da produção de Albert Broccoli também fez a fortuna do jornalista inglês Ian Fleming, criador do personagem. O longa "007, o espião que me amava" (1977) por exemplo, custou em torno de US$20 milhões e rendeu US$150 milhões. Broccoli produziu 13 filmes da série (o último deles "007 contra Octopussy", de 1983), passando o bastão para outros produtores.
Desde que apareceu nas telas, o agente com permissão para matar teve também vários diretores, entre eles John Glen, Terence Young e Guy Hamilton. E foi interpretado por Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton e Pierce Brosnam. Mas foi Connery, o primeiro, que o encarnou de forma inconfundível.





As fantasiosas aventuras de Bond o levam a percorrer os quatro cantos do mundo para derrotar vilões empenhados em destruir o planeta. Contra eles, o agente usa o arsenal bélico desenvolvido pelo cientista Q: Canetas que disparam, carros com assentos ejetáveis, cigarreiras explosivas. A galeria de personagens inclui belas agentes inimigas das quais Ursula Andress, a primeira, é a mais famosa.


Ursula Andress (1962)


Daniela Bianchi (1963)


Maud Adams e Britt Eklund (1974)


Maud Adams (1983)


Kim Basinger (1983)


Izabella Scorupco (1995)


Denise Richards (1999)


Sophie Marceau (1999)


Halle Berry (2002)


Ex-soldado do serviço de espionagem inglês na Primeira Guerra e ex-corretor da bolsa, Fleming começou a escrever romances policiais para, dizem as más figuras, se livrar de um tedioso casamento. O primeiro, "Cassino Royale", em 1953, iniciou a saga de 12 volumes do heróis másculo, intrépido, irreverente e celibatário. O sucesso de 007, no entanto, só aconteceu quando o escritor Raymond Chandler prefaciou uma edição americana de "Viva e deixe morrer". Isso foi tempos antes de o primeiro livro virar série de TV, nos EUA, com o nome "Clímax" – a interpretação do agente pelo ator Barry Nelson quase fez um desgostoso Fleming matar a sua criatura.
O êxito e a longevidade da fórmula centram-se na mistura de aventura, sexo e luxo. Os livros foram traduzidos para 24 idiomas e os filmes já venderam mais de um bilhão de ingressos no mundo. A série continua a ser escrita por um discípulo de Fleming, John Gardner.

E sua magestade está sempre a caça de um novo James Bond! Eu, nesse Bond Trailer não achei nenhum que se assemelhasse a ele. Será que deverei contactar a Interpol? Meus preferidos ainda são Sean Connery e Ursula Andress.

Imaginam como irei passar o meu fim de semana se chover?! Esqueci de dizer das músicas, mas essas valem nova postagem!

Bom fim de semana!
Beijus

2 comentários :

  1. Bom, vamos lá:

    1°: Ian Fleming escreveu 12 romances (2 deles controversos - Thunderball [que era o roteiro de um filme, escrito por Ian Fleming, Jack Whittingham e Kevin McClory, e que acabou sendo novelizado pelo próprio Ian, que não pediu autorização aos colegas e nem os creditou] e The Man With the Golden Gun [Fleming faleceu sem terminar a história, que foi finalizada por seu amigo, Kingsley Armis, autor do livro de James Bond "Colonel Sun", de 1968, mas Armis não foi creditado por finalizar o último romance de Fleming, e ainda há dúvidas se foi Armis quem terminou o livro ou não]), mais 2 coletâneas de contos (For Your Eyes Only, de 1960 e Octopussy and The Living Daylights, de 1966 - este último lançado após o falecimento do autor). Cinco contos não viraram filmes (Quantum of Solace, Risico e Hildebrand Rarity, da 1ª coletânea e The Property of a Lady e 007 in New York, da 2ª coletânea). Além disto, dois livros não tiveram os roteiros adaptados (The Spy Who Love Me [que foi mal-recebido pelo público e a crítica, por isto mesmo que, o autor não autorizou adaptarem a trama, mas a usarem um roteiro novo] e Moonraker [os produtores acharam melhor fazer uma aventura espacial mais próxima da era de ficção científica da época, chegando ao ponto de imitarem Star Wars e Contatos Imediatos de 3° Grau). E o filme Permissão Para Matar, com Timothy Dalton, além dos quatro filmes com Pierce Brosnan (com N, você escreveu com M - Brosnam) têm títulos e roteiros totalmente originais, independente dos títulos e histórias dos livros originais. Eventualmente, estes 5 filmes (assim como os 2 filmes com Moore que mencionei acima) foram novelizados. E o próximo filme (2008) também será totalmente inédito. Leia mais em: http://en.wikipedia.org/wiki/Category:James_Bond_books e http://en.wikipedia.org/wiki/James_Bond_books

    2°: Albert R. Broccoli produziu todos os filmes, até GoldenEye (este último, apenas como produtor consultante, pois sua saúde já estava debilitada e frágil). Até O Homem com a Pistola de Ouro, Harry Saltzman ajudou a produzir todos os filmes, tendo depois renunciado seus direitos na franquia (comprados por Broccoli, em meados dos anos 80), por desentendimentos com o sócio (acredita-se que, isto tenha algo a ver com a bilheteria de O Homem com a Pistola de Ouro, que rendeu menos do que eles queriam [isto já havia ocorrido antes, com os filmes A Chantagem Atômica e A Serviço Secreto de Sua Majestade]). Desde Octopussy, o enteado de Broccoli, Michael G. Wilson (que já havia antes trabalhado na equipe técnica do filme O Homem com a Pistola de Ouro em diante) começou a ajudar a produzir os filmes. E desde GoldenEye, a filha de Broccoli, Barbara Broccoli (que trabalhou como produtora executiva em Permissão Para Matar) também começou a ajudar na produção também. Leia mais em: http://en.wikipedia.org/wiki/James_Bond_films e http://en.wikipedia.org/wiki/James_Bond_films

    Agora... Se você achou o Craig ruim, por ser baixinho, loiro e feio, ele é musculoso e atua muito bem. E eu gostei muito do roteiro e da fotografia do filme, não importa o que digam os fãs mais radicais ou tradicionais. E não adianta estes fãs berrarem, pois Craig está fazendo Bond 22 (2008) e já assinou para Bond 23 (2010). Depois disto, vem outro ator, mas até lá, é se contentar com o Daniel Craig mesmo.

    Falou!

    ResponderEliminar
  2. Mais uma coisa: Albert Broccoli produziu os 16 primeiros filmes (os 9 primeiros junto a Harry Saltzman; ambos não-creditados em "A Chantagem Atômica")...

    O 17º foi quando Broccolli se tornou produtor executivo (outra vez não-creditado); quando estava já com a saúde frágil, e oficialmente já havia passado a produção a Bárbara Broccolli (sua filha) e Michael G. Wilson (o meio-irmão desta).

    Também faltou esclarecerem: o "Cassino Royale" de 1967 (feito por 6 diretores; o último deles não-creditado; pois só rodou algumas cenas finais), é uma sátira; enquanto o "Nunca Mais Outra Vez" é a refilmagem de "A Chantagem Atômica"...

    Nenhum destes dois filmes é oficial; muito embora agora tenham as mesmas distribuidoras que os filmes oficiais; está certo?

    E Craig fará o papel por mais 3 filmes (o próximo será em 2010; depois ainda vêm mais dois); esclarecido?

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor