Kant, quente!

Você quase chegou perto. Não sei o que o pessoal da Alemanha tanto procura no blogue. Ou sei?

Mas enfim... Se algo lhe falta, talvez encontre aqui. Não se intimide em olhar meus arquivos ou colocar uma palavrinha chave ali na topo, ny ny, na navbar. Mas se procura a Luma Rosa, manifeste-se nos comentários.

E ontem uma alemã genuína estava pesquisando por Kant; pelo menos o seu navegador não era em português. E para saber o conteúdo que tinha na minha biblioteca... nada a dever aos nativos de Königsberg. Não entendeu nada? Eu explico:

Kant como pensador do mundo sensato, é atualíssimo, ultra moderno! Ele questionou o que conhecemos através dos sentidos, colocou a razão no centro de sua filosofia crítica e apontou os limites do conhecimento.

E adorava o silêncio. Leia isso: Sexo & Barulhos na Vida de Kant.

Sei o que é querer o silêncio para si e quando o chamado do Bem-te-vi e a algazarra do papagaio do vizinho passam a ser barulho. Talvez por isso a maioria dos escritores são notívagos.

Na Biblioteca o silêncio é constante e só o notamos quando chegamos lá fora na rua. O que sobra espaço na mente para pensarmos bastante e, como tem gente ociosa que nem pensar em pensar, pensa!

O ser humano só age com autodeterminação se é guiado pela moral e a razão, e não pelos instintos, os sentidos, as necessidades ou inclinações. A liberdade, que para Kant era a base da moral, não significava a queda de todas as barreiras, mas sim a obediência à regra moral ditada pela própria consciência.

Por exemplo: quem ajuda os amigos, age conforme a moral. Mas aquele que ajuda exclusivamente somente os amigos, ficando indiferente às dificuldades dos demais, fere a moral. Daí deriva uma responsabilidade social que não faria mal recordar na era da globalização.

Esqueça de mim, Gelieve!

Muitos que estão a ler e pensar, o que pode interessar saber de Kant? Da vida dele nada, mas dos questionamentos sim e também que seus trabalhos concentraram-se na resposta a três questões (Crítica da razão pura):

O que eu sei? O que devo fazer? O que devo esperar?

Se quiserem pensar acerca dessas perguntas, tudo bem, se quiserem respondê-las para mim, adoraria saber. Entretanto, as respostas para as duas últimas dependem da resposta à primeira: Nosso dever e nosso destino podem ser determinados somente depois de um profundo estudo do conhecimento humano. Além disso, estas 3 questões podem ser resumidas em apenas uma outra pergunta:

O que é o ser humano?

Nós criamos padrões de vida e levamos a mídia a criar posturas para que nos satisfaçam, onde queremos chegar?

Aproveitem o fim de semana para pensar!

Imagem
+ sobre Kant no Luz de Luma

60 comentários :

  1. minhas respostas:
    1 - muito de muito pouco
    2 - seguir meu caminho
    3 - pela morte

    4 - é ser inadequado ao seu habitat

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morte? Isso é entregar os pontos! (rs*) Meus últimos posts tem muito dessa “dispersão mundana”. Não que haja algo errado em brincar, “hacer chistes” como diriam os nossos vizinhos. Contudo este blogue tem funcionado como uma "catarse" e é muito mais em conta que qualquer analista.

      Eliminar
  2. Que interessante, no meu blog tem um texto(pequeninihno) sobre Heidegger, aquele que dizia que o homem sem consciencia nao tem existencia. Muito certo, esta modorrando por ai. O fato é que num desses dias pra tras teve a inusitada visita de uma pessoa da Alemanha que entrou TRINTA vezes no meu blog. Nao sei que paginas olhou por que nao consigo ver isso mas vai ver que foi essa da consistencia na existencia através da consciencia nao é? É uma rima, nao sei se é uma solução. É preciso trabalho e nao so saber o que lhe falta. Senao fica igual a musica do ( Caetano?):" É lucidez desatino, de ver o proprio destino, sem poder mudar-lhe a sorte...) É preciso pedir ajuda para ter consistencia na existencia. Isso vem do olhar da mãe. A criança que foi bem olhada, bem reconhecida, dizendo assim de um jeito bem simples, ela fez de si um EU mais bem estruturado. A que nao teve os mesmos cuidados de um cuidador, precisara sempre se espelhar em alguem copiar modelos, odiar "espelhos", ou qualquer coisa que lhe traga consistencia mesmo que seja uma triste consistencia. Em linhas gerais. Estou "psicografando". muito, muito cansada a essa hora. Bjos e bom findi!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este mal pode levar tanto à inação quanto a uma inquietude, uma ação desenfreada. O que você não tem, procura nos outros e se acha, a inquietação bate na alma. A frustração, sentir-se incapaz, a tristeza... São Tomás afirmou: "A tristeza é, entre todas as paixões da alma, a que mais causa dano ao corpo (...). E como a alma move naturalmente o corpo, uma mudança espiritual na alma é naturalmente causa de mudanças no corpo."
      A "cura" segundo o santo, contra a tristeza: lágrimas, solidariedade, contemplação da verdade, banho e sono. Mas é preciso coragem para encarar o próprio íntimo. Mais fácil é se fartar com alcovites.
      Bom fim de semana!!

      Eliminar
  3. O que eu sei? Que a vida não é fácil pra ninguém.
    O que devo fazer? Tentar vivê-la o mais levemente possível.
    O que devo esperar? Só colher o que plantei...
    (a esta hora da 6ª feira, tá difícil filosofar).
    No entanto, captei o texto. O que sei é que pouco sabemos, nada somos, e nem sequer temos conhecimento de para onde vamos. Se pensar muito, a piração é inevitável.
    Tá Kant hoje. Sem brisa...rsrs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkk Lúcia, você é ótima!!
      A receita é boa! Paciência ao sovar e esperar a massa crescer! Sempre tentar deixar a massa leve e depois de pronta, degustá-la sem pressa. Viver o momento e pronto!! Beijus,

      Eliminar
  4. Alguns valores são intrínsecos do ser humano. Valores que são exaltados do espírito, mostrando a capacidade do “ser”.
    Humano é ser: humano. ;)
    É ajudar as pessoas, gratuitamente, e agradecer o bem que nos fazem. É acreditar em dias melhores. É pedir perdão por um erro cometido, entender que somos “humanos.”
    É ter Deus na alma e agradecer por tudo temos. =)

    Bom fim de semana, Luma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os atos falhos ensinam muito mais. Um animal não é considerado humano, mesmo assim, alguns possuem sentimentos mais nobres que o humano, principalmente a compaixão e solidariedade. Eles pensam e sonham. Como podemos afirmar que somente os humanos possuem "espírito"? (ref. valores exaltados do espírito)
      Bom fim de semana para você também!

      Eliminar
    2. Não tenho a menor dúvida... os animais também tem sua evolução espiritual.

      Eliminar
  5. 1 -Sei que pela vida, devemos viver dia a dia, sem esperar muito no amanhã...

    2 e 3 ^Por isso, vou vivento( ou tento) agradecer cada dia o que ganho de bom, , sabendo olhar que é muiiiiiiiiito maior do que o que veio de ruim. E que tudo, bom ou ruim, passa!!!

    beijos,lindo fds,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Chica!! Quando sentimos uma certa impotência, constatamos que nem tudo está sob o nosso controle e passamos a viver os dias conforme nos é oferecido, porque forças opostas, do bom e do ruim, forçadamente temos que aprender a conviver. Infelizmente! Lindo final de semana para você!

      Eliminar
  6. O que sei? Muito pouco.
    O que devo fazer? Tantas coisas que ainda não sei.
    O que devo esperar? Muito de mim, pouco dos outros.

    O que é o ser humano? Dificil essa, alguns uma ilha de frustrações. Outros uma busca incessante pelo sentido da vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já sabia que você é muito exigente consigo e está certa em não esperar dos outros, mas pense que ninguém é auto-suficiente para tudo e tem horas que as nossas fraquezas precisam de um regaço.

      Eliminar
  7. Pois é depois dos 50 muitas perguntas são dificeis de responder, mas:
    O que eu sei? - Sei que o tempo é o nosso maior patrimônio, por isso deve ser bem gasto.

    O que eu devo fazer? - Continuar tendo forças para seguir meu caminho com passos seguros mas, cheios de aventuras

    O que devo esperar? - Aprender mais e mais, sempre, a vida é um aprendizado

    O que é o ser humano? Uma criação perfeita mas muito complicado...hehe

    Bjocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino embaixo, Josy!!
      O tempo é o bem mais precioso que temos!
      Beijus,

      Eliminar
  8. Luma,

    Menina, vc pegou pesado, rs. Onde quero chegar? Não sei. Para mim a pergunta certa seria para quê quero chegar a algum lugar. Complexo isso!
    Quanto ao pensar, há muito tempo cheguei a conclusão de que quem não pensa é feliz em sua essência, vive na ignorância e não questiona, alcança a paz, coisa tão difícil e inquietante para os pensantes. Viajei?
    Grandes beijos e ótimo final de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acha mesmo, Cissa? Esses questionamentos estão em nós o tempo todo, só que não paramos para nos conscientizar da existência deles. O Eterno pensar que pode parecer que não se chega a lugar algum, mas que desata os nós e deixa nossas ações mais claras.
      Quem disse que a pessoa ignorante não pensa? Pensa sim!! Lógico que dentro de suas limitações. A paz como ausência de conflito é sinônimo de felicidade. Os momentos de alegria são oásis de paz!
      Ótimo fim de semana para você também!

      Eliminar
  9. Quantas perguntas difíceis e respostas complexas podemos dar... Eu sou uma questionadora sempre, tudo eu acho que tem um porque... Enfim, penso, penso e penso... Pergunto, pergunto e pergunto... E nem sempre acho as respostas... Gosto muito do que os seus posts me provoca. Análises! ;)
    Beijo, beijo
    She

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sheila!!
      Vamos provocando o nosso pensamento, questionando os nossos sentidos e mudando o pensamento, para daí recomeçar todo o ciclo novamente. Amadurecimento.
      Beijus,

      Eliminar
  10. Parece-me que todos os grande filósofos continuam muito atuais, porque basicamente continuamos a colocar-nos as mesmas questões, a sentir as mesmas inquietações, e sem chegar a uma conclusão. Ou a uma conclusão consensual.
    Como já disse alguém: Eu só sei que nada sei. Mas tenho sede em aprender e é isso que espero, aprender até morrer.

    Bom fim-de-semana, Luma.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São pessoas portadoras de grandes questionamentos que atravessaram gerações e por isso são grandiosas em suas conclusões. Cabe à nós questionarmos se esses pensamentos e suas reações, ainda se encaixam em nossa conduta moral. O livre pensar nunca será consensual, mas traz sempre o conforto no entendimento de que temos duvidas iguais, porém é a forma como nos conduzimos, que prova que não somos iguais.
      Bom fim de semana!!

      Eliminar
  11. Estou na fase do só sei que nada sei. Apesar dos 40 completados em dezembro e do fato de estar desempregada, consigo estar bem.
    Beijos Lumita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seus pesares não são defeitos. Como escreveu Clarice Lispector:
      "Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida"
      beijuzinhos,

      Eliminar
  12. Me lembrei de um professor de filosofia explicando, quer dizer, confundindo as cabeças dos alunos para a compreensão das questões dos grandes e inesquecíveis filósofos.
    Nada sabemos... Aprendemos... Ensinamos e no final...Não sabemos de nada, mas lutamos para conquistar e ultrapassar barreiras para o aprendizado.
    Tudo de bom.
    Bjs mil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehehe tem gente que cumpre a função de complicar a nossa vida! Ainda bem que não convive mais com esse professor! Pessoas do nosso passado que sumiram, sinalizam de que houve uma razão para elas não fazerem parte nosso futuro.
      Paz e bem!!
      Beijus,

      Eliminar
  13. Oieeeee....

    Tantas perguntas...
    Mas eu penso: será mesmo que precisamos de tantas respostas?
    E se nós procurássemos viver da melhor forma possível e ser feliz custe o que custar? Importaria saber tantas coisas?
    Mas eu sou tão curiosa, que no meu caso, eu adoraria saber de tudo!!! rsrsrsrsrs

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em geral são os insatisfeitos que questionam :)

      Eliminar
  14. Luma:
    Então está combinado. Vou pensar sobre o assunto e venho aqui responder. Ok?

    Bom fim de semana!
    Beijos.
    Anny

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de você responder... adiantei e fiz. Se não gostar avisa que desfaço (rs*) Bom fim de semana!! Beijus,

      Eliminar
    2. Luma:
      Estou sempre aprendendo. Faz parte do encanto do viver. Nunca sabemos tudo. Ainda bem...

      Obrigada.
      Valeu!
      Anny

      Eliminar
  15. Oi Luma, chegando e madrugando, adoro ler seus textos de madrugada, se bem que já tem galo de vizinho cantando, mas não me incômoda, já Kant... Rs.

    Me fez pensar... Adoro isto na arte, o fazer pensar/sentir escrever bem é uma obra prima, a qual não domino bem, quem sabe em outra encarnação...

    O que sei? O muito que a vida me dá.

    O que devo fazer? Viver intensamente o agora!

    O que devo esperar? Ser feliz! (não a felicidade plena, seria muito chato!).

    Luz Luma pensadora, um excelente domingo p/ vc!

    Beijo no coração! Vou cair nos braços de Morfeu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A madrugada é a melhor hora para ler e escrever...
      O mundo conspira a infelicidade e se você não embarca nessa, passa a ser uma grande ameaça a tristeza coletiva. Como é difícil praticar o bem, né? Você diz que não escreve bem, mas faz bem a muita gente, o que é visto, lhe traz grande satisfação pessoal.
      Não esqueci da blogagem, viu? Só estou me organizando...
      Beijus,

      Eliminar
  16. Oi Lumita!!!
    Viu que eu ja posso comentar de novo? Delicia ler seu textos e poder deixar aqui registrado o que eu penso...
    Não preciso dizer que amo tudo que leio aqui né?
    Olha as minhas respostas:
    O que sei? Sei que sou e quero continuar a ser feliz...
    O que devo fazer? Não deixar que nada nem ninguém me tire esse direito que é ser feliz...
    O que devo esperar? que eu mantenha essa alegria por todo sempre, afinal, a vida é curta e perder nosso precioso tempo deixando que aqueles que nos fazem mal predomine é fail né mesmo?
    Querida milhões de beijos pra você... obg pelo carinho lá no meu cantinho e sim..estou louca pra ver meu preciosinho que acaba de chegar...dia 20 de março estou indo pra lá e vou apertar muito..rsrsrs
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você tá feliz, né? Eu também estaria... obrigada pelos elogios! O mundo está cheio de vampirinhos, de pessoas que querem sugar sua felicidade e dessas pessoas não podemos esperar nada! Vamos colar em quem é positivo! Beijus,

      Eliminar
  17. essas buscas são sempre doidas, pelo q vejo nos blogs...nunca tive curiosidade de ver o q leva as pessoas ao meu blog..

    Uma ótima semana pra você!!!

    Beijosssssssssssssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Micha, olho uma vez na semana, somente para ver qual o assunto mais procurado e mais lido, porque de certa forma, é como olhar a despensa de nossa casa. Agora, vai dizer que, se a mesma pessoa acessa o seu blogue, de manhã, de tarde, de noite, todos os dias, procurando por "Micha Descontrolada"... você não vai ficar, no mínimo, curiosa?

      Eliminar
  18. Olá Luma!
    Gosto (e preciso) de silêncio muitas vezes. Eu que vivo num mundo de barulhos. Mas muitas vezes o silêncio grita e nos faz perceber que não podemos viver só. Não sou fã de Kant, mas também não conheço quase nada para julgar.
    O bom das estatísticas e dos aplicativos que temos é saber quem nos lê e por quê. É interessante.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não associo o silêncio à solidão. Para mim, o silêncio é antônimo de barulho. Também vivo em um mundo barulhento, barulho de máquinas e pessoas agitando, por isso, mergulhar é o meu nirvana.
      Como pode não gostar de algo que não conhece? (rs*)
      Beijus,

      Eliminar
  19. É impossível vir aqui e não pensar Luma!
    Seus textos são sempre muito bem escritos.
    Perguntas fáceis? Nem um pouco, é para pensar e muito, porque ainda assim vão ser complexas...
    Um beijo sua linda e obrigada pelo seu carinho e preocupação comigo sempre:)
    Uma ótima semana produtiva:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Fabiana!
      Ah, não precisa responder! O estímulo em pensar nessas questões, já é válido. Nem sempre conseguimos veicular as provocações.
      :)
      Uma ótima semana para você!

      Eliminar
  20. O que sei? Que nada sei.
    O que devo fazer? Procurar as respostas para a primeira questão.
    O que devo esperar? Não encontrar respostas para as duas primeiras questões.
    P.S. Para não acharem que sou derrotista, a diversão é continuar procurando, como tento fazer em meus blogs.
    Abraços de e para quem acredita,
    Paulo Bettanin.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As respostas muitas vezes estão na superfície, mas a gente sempre teima em aprofundar no âmago da questão. Não acho que seja derrotista, apenas que deixa as coisas chegarem para assim questionar. Estou errada?

      Eliminar
  21. OI Lua,
    Estudei Kant na faculdade de Direito, nas aulas de Filosofia do Direito. Estou precisando tirar poeira dos meus livros e relê-los, mas confesso, não é o meu filósofo favorito.
    Obrigada pela dica do link da papelaria. Amei o que vi por lá e o link já está salvo.
    Estas pessoas que xereteiam o blog dagente e não dizem nada me intrigam muito! Até pq já fui uma delas, mas fico a me perguntar, o que alguém da Islândia (descobri que a Islândia exite blogando) vem fazer todos os dias no meu blog? O que um blog brasileiro, cujo forte é moda, pode interessar a uma islandesa?
    Beijos 1000 e uma ótima semana para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nenhum filósofo é 100%, assim como não existem pessoas 100%. Existem tantos famosos e anônimos, todos eles querendo contrariar um pensamento estabelecido. O correto é pincelar as qualidades de cada um deles. Você foi sortuda, porque eu não tive essa matéria na faculdade de Direito.
      Pode não ser uma islandesa que vai no seu blogue e sim uma brasileira que mora na Islândia. Eu ficaria curiosa em saber quem é essa brasileira que mora em terras gélidas. Ah, também pode não ser, mas é fácil saber se usa um tradutor.
      Ótima semana para você também!!

      Eliminar
  22. Querida amiga
    Vim agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho magico coração,
    gostaria lhe oferecer um selinho dos 500 seguidores como prova de minha gratidão.
    Venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia,
    Sentindo a Vida
    que está concorrendo no Ostra da poesia Blog da Lindalva
    Clik no link http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
    e conheça e vote na minha poesia.
    Como votar

    DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
    (é importante deixar o link para seu voto ser validado)
    Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
    Tenha um lindo dia
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não agradeça, querida!! A gente se bloga por aí!! Beijus,

      Eliminar
  23. Kant foi um grande pensador. Por isso, na maioria das graduações e cursos técnicos o estudamos. Parabéns pelo post, e realmente, de vez aparece alguns visitantes de outros países, isso nos deixa muito contentes, não é mesmo? Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez na faculdade de filosofia, por que na faculdade que fiz, necas de bitibiriba (rs*). De vez em quando nada!! Tenho um(a) visitante sistêmico que procura pelo meu nome, o que é bem diferente de procurar o conteúdo do blogue. Ah, lógico!! Fico feliz que "alguém", goste tanto da minha pessoa. Abraços,

      Eliminar
  24. Querida Luma; você viajou na filosofia, heim? O que sei? Nem a metade do que deveria, porque por mais conhecimentos que tenhamos, ainda falta muita coisa a aprender. O que devo fazer? Depende das circunstâncias. Esperar? Acho que por dias melhores, que a paz reine, o amor se enraize na humanidade...
    Boa semana! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A velha história... quanto mais a gente sabe, mais a gente acha que não sabe! Amor e paz, todos queremos!! Boa semana, Lúcia!

      Eliminar
  25. Ás vezes eu gostaria de pensar menos, mas foi para isso que nasci! óóóóóóó O_o rs...

    PS: Achei finalmente a frase rs... Está em um comentário seu, e eu procurando no post, affeeeee...

    Beijinho... ;)

    ResponderEliminar
  26. Obrigada pela força e pela luz de Luma

    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gente está aqui para uma apoiar no braço da outra, não é assim que deve ser?

      Eliminar
  27. Adriana Moellmann14:39

    Às vezes pensamos demais e agimos de menos. Quando a morte me bateu à porta descobri que fazer sem muito pensar afugenta o medo do fracasso porque não haverá fracasso quando fizermos. E quando fazemos até aaquilo que pensaríamos ser horrível, enfadonho, triste, monstruoso, assim que o fazemos, mais um véu se cai e nossa alma essência descortina universos e satisfações nunca imaginados. Muitos podem discordar, mas somente quando estamos na iminência de perdermos o que nos é de mais precioso, que é a VIDA, queremos mais do que nunca curtir e viver tudo aquilo que deixamos para depois. O amanhã se torna ontem e o tempo deixa de fazer sentido. Afinal, tempo pra que? O importante é mergulhar fundo de cabeça e encarar a vida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O medo de sentir dor é o que faz o ser humano não ir em frente em seus anseios mais íntimos. Uma pequena vontade satisfeita todos os dias, evitaria ter que tomar uma grande decisão. Talvez para tudo na vida seja assim, aceitar cotidianamente as coisas ruins que acontecem. Beijus,

      Eliminar
  28. Força! Muita força nessa sua jornada! Muitos bons seus pensamentos!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor