Em defesa da Infância II - Diga não a violação dos seus direitos

luzdelumaNo Brasil é estimado que mais de meio milhão de crianças e adolescentes, saídos à pouco da puberdade ou até mesmo antes dela, são levados para o mercado da prostituição.

Catorze, catorze anos,
Doze anos, doze anos

Imagine um gringo daquele tamanho
Em cima da criança pobre nordestina,
Sufocada, magricela, seca, pequenina,
Ah, Nossa Senhora minha
(...)
A Prostituição Infantil Barata
É a criança coitadinha do Nordeste
Colaborando com o Produto Interno Bruto
E esse produto enterra bruto
(...)
A grana da Europa que bate na porta
Doutor pouco se importa se ela seja porca
Vêm o godo, o visigodo, o germano,
o bretão
Eita, globarbarização
(...)
Tom Zé

luzdelumaPenso nos vôos semanais que chegam aos aeroportos brasileiros, principalmente nos do Norte e Nordeste do país, trazendo turistas sexuais, vindos atrás de prostitutas infantis e que são recebidos com festas nos aeroportos com a proteção das autoridades locais.

Em 1989, aprovou-se a Convenção sobre os Direitos da Criança, que entraria em vigor no ano seguinte e entre suas formulações, está escrito: “Os Estados-partes tomarão medidas legislativas, administrativas, sociais e educacionais apropriadas para proteger a criança contra todas as formas de violência física ou mental, abuso ou tratamento negligente, maus-tratos ou exploração, inclusive, abuso sexual, enquanto estiver sob a guarda dos pais, do representante legal ou de qualquer outra pessoa responsável por ela” (Artigo 19, 1).

No Brasil, o progresso veio com Constituição de 1988 e dois anos mais tarde, pela Lei n.º 8.069, de 13 de julho de 1990, foi criado o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Na Magna Carta brasileira está disposto, “é dever da família, da sociedade e do Estado, assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão” (CF, artigo 227, caput), adiante “a lei punirá severamente o abuso, a violência é a exploração sexual da criança e do adolescente” (CF, artigo 227, § 4.º).

Temos leis exemplares para países do chamado 1.º mundo, porém isto não impede, as mais diversas violações dos direitos humanos.

Como escreveu Ivan de Carvalho Junqueira em seu artigo "Ainda o mito do rebaixamento penal":

"O respeito à criança e ao adolescente é pressuposto fundamental à recepção do próprio Estado Democrático de Direito, pluralista e defensor dos direitos humanos"

Citando outros autores:

luzdeluma"A criança é o elo mais fraco e exposto da cadeia social. Se um país é uma árvore, a criança é um fruto. E está para o progresso social e econômico como a semente para a plantação. Nenhuma nação conseguiu progredir sem investir na educação, o que significa investir na infância. Por um motivo bem simples: ninguém planta nada se não tiver uma semente. A viagem pelo conhecimento da infância é a viagem pelas profundezas de uma nação. Isso porque árvores doentes não dão bons frutos" (O cidadão de papel: a infância, a adolescência e os direitos humanos no Brasil. São Paulo: Ática, 1998, p. 17)

luzdeluma"Pedófilos, estupradores e assassinos de mulheres são regados pelo caldo de cultura dessa sociedade neoliberal que só reconhece os valores do mercado financeiro, pois troca o coração pelo bolso e suprime a ética em nome da estética. E o mais grave é que insistem em nos convencer que liberdade de expressão é a TV invadir os nossos lares intoxicando crianças com pornografia e violência" (Frei Betto, idem, p. 238)

Se o Estado não cumpre o seu papel, seremos vigilantes e cuidadores de nossas crianças. E os filhos dos outros, entregaremos para Deus?

"A sociedade neoliberal, fundada na competitividade e no êxito egolátrico, favorece o desamor, pois instaura concorrência onde deveria haver solidariedade e, em se tratando de riquezas, aumenta a acumulação engendrando a exclusão. Na impossibilidade de mercantilizar o afeto, ela acena à libido" (Gosto de uva: escritos selecionados. 2. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2003, p. 238)

repetindo...Na impossibilidade de mercantilizar o afeto, ela acena à libido.

O sexo é uma forma de substituir a falta de afeto, não há dúvidas. Contanto que seja em idade de "Juízo" e de comum acordo. Já no caso da pedofilia, tenho uma dúvida e quem sabe alguém pode me ajudar - Não há alguma coisa estranha nos dados que apresentam as estatísticas, afirmando que um pedófilo assim o é porque também foi vítima da pedofilia? Então me explique, porque dizem que as maiores vítimas dos pedófilos são as meninas?

Hoje é o último dia da blogagem coletiva "Em defesa da Infância".
Os links dos participantes estão listados aqui e, se o seu nome não constar na lista, avise para que possa adicioná-lo.
Ainda há tempo de você participar! Participe, as crianças agradecem!
Leia + o que é o Alerta Amber?
Beijus,

*Imagens protegidas por direito autoral, cópia somente mediante autorização.

17 comentários :

  1. Querida Luma,

    Que excelentes citações.
    Belissimo trabalho, belíssima campanha!
    Espero que contribua para a conscientização e respeito à criança.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. OLÁ QUERIDA
    VIM RETRIBUIR A VISITINHA
    A LENA ME DISSE QUE HJ É O DIA DA BLOGAGEM SOBRE CRIANÇAS DESAPARECIDAS, JÁ TO PREPARANDO A MINHA, VC TEM UM LOGOTIPO PRA EU COLOCAR LÁ NO BLOG, SOBRE A BLOGAGEM COLETIVA?
    VAI SER MUITO BOM, CHAMARÁ MAIS ATENÇÃO

    ADOREI O POST, ALIAS ADOREI O BLOG TODO
    UM BEIJO E GARRA!!!

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pela visitinha Luma.
    Já fiz um post lá(apesar de ter copiado da Isabel) mas ela me autorizou.
    Estou nessa luta, tenho muito medo...

    Abraços cheirosos

    ResponderEliminar
  4. Que linda essa citação do Tom Zé!

    Gostei muito das informações do post! E logo vou fazer um sobre as crianças desaparecidas...
    Pode contar comigo nessa luta!

    Bjo procê!

    ResponderEliminar
  5. Falta Ética dos administradores, dos indivíduos.
    Sobra violência.
    Conscientizar é preciso.

    Luiz Ramos

    ResponderEliminar
  6. As crianças de todo o mundo, e não apenas no Brasil, são vítimas diárias de agressões.
    Seja pela violência sexual, seja pela fome.
    É uma vergonha para a sociedade e governos em geral. Parece que ninguém vê, ninguém quer ver.
    Querida amiga, tenha uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. Maravilhoso teu post, toca nos itens essenciais que precisariam ser desenvolvidos para tentar acabar com esta vergonha que entristece a gente.
    Enquanto não acontece iniciativas como esta ajudam na conscientização das pessoas.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Oiquerida,
    adorei teu post,tb abracei esta causa.
    sua visita sera um prazer,voltarei
    ma semana cheia de nergia
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Olá Luma!Adorei seu blog; é super original; só que estou dificuldade de entrar em contato com você por aqui.
    O anjos e guerreiros ´continua, eseta semana toda, postando sobre a adoção e desaparecimento de crianças.
    Ficamos tão sensibilizadas com os grupos de mães que colocaremos nosso apoio permanente a elas. Poderíamos pensar alguma coisa juntas, que acha?
    Quanto à lista de adesão, que vc comentou, não consegui achar!....rsrrsr
    Beijos
    Carmen (http://anjoseguerreiros.blogspot.com/)

    ResponderEliminar
  10. Já achei a lista Luma!...........rsrs
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma,

    Bonito blog,belíssima campanha em defesa da infância!
    Luma,no interior de MG ouvimos nas reportagens constantes casos de crianças mortas por rituais satânicos.Mortas por estranhos,visinhos e até parentes.
    A Venda de órgãos pode ser possível sim.Em BH o número de crianças que somem cresce,assim do nada,nem pista...
    Luma boa semana,grande abraço

    ResponderEliminar
  12. Oi, Luma!
    Teu post ficou excelente!
    Sim. É verdade o que disse o que disse no Bicha. Em 24h muita coisa ruim pode acontecer com uma criança. Aff!
    Quem sabe a lei de Alerta Amber sendo aprovada a forma de lidar com o sumiço de uma criança mude, não? Torçamos que sim.

    Ah! Que bom que gostou do astral do blog. :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Parabéns pelo seu post, que seja o início de uma grande batalha pois temos que vencer a guerra, divulgando pelo menos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Como sempre a qualidade de suas opiniões atigem o ápice da informação.

    Mas, se permite, aqui em Foz teve uma cena hoje onde aparece três crianças (6, 4 e 2 anos) numa casa humilde, dormindo esparramadas numa cama surrada e uma panela de arroz ao lado. As mesmas estavam sozinhas e onde estavam os pais? Num bailão...

    A cena chocou, assim como choca todos os abusos que são cometidos àqueles que não pediram pra vir ao mundo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  15. Oi Luma... Obrigado pela visita!!! Nós que trabalhamos com crianças sabemos a importância de divulgar isso e alertar as pessoas. Temos visto tantas barbaridades hoje em dia que é praticamente impossível não participar de campanhas como essa...
    Beijinhos no Coração...

    ResponderEliminar
  16. Olá Lima sei que cheguei um pouquinho atrasada, mas fico feliz em saber que ha mais gente lutando por esse mesmo objetivo.Obrigada pela sua visitinha no meu blog fiquei muito feliz:)
    bj
    Simone Azevedo

    ResponderEliminar
  17. Simplesmente adorei esse blog. Vamos cuidar das nossas crianças!! Fiquei feliz em saber que tem muita gente lutando por uma mesma causa.
    Vou passar sempre por aqui...
    Bjos

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor