Blogagem Coletiva - Pela Valorização da Mulher Brasileira

Cassie Campbell

Cassie Campbell

A primeira parte desta postagem é uma republicação, de um texto que fiz, por ocasião do Dia internacional da Mulher em 2005. Achei pertinente mostrar um "antes" e um "depois" - Vejam a manipulação modernidade das Revistas Femininas na década de 50 e 60.

* Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas (Jornal das Moças, 1957)

* Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto (Revista Claudia, 1962)

* A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa (Jornal das Moças, 1965)

* A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas. Nada de incomodá-lo com serviços domésticos (Jornal das Moças, 1959)

* Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa (Jornal das Moças,1957)

* A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-nupciais, mostrando que ela é perfeita e única, exatamente como ele a idealizara (Revista Claudia,1962)

* Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu (Revista Querida,1954)

* É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido (Jornal das Moças, 1957)

* O lugar da mulher é o lar. O trabalho fora de casa masculiniza (Revista Querida, 1955)

Uma pequena amostra do que era e agora, o que mudou de lá para cá:

* Passamos a ter direito ao votar;

* Entramos para as Olimpíadas e no decorrer do tempo, aumentamos nossa participação na competição;

* Entramos para o mercado de trabalho;

* A mulher pode se candidatar para o governo;

* Não podemos mais sermos impedidas a ingressar em cursos superiores;

* Conseguimos apoio oficial para evitar a gravidez, inclusive, os médicos agora podem receitar contraceptivos;

* No vestuário, aposentamos o espartilho, cintas apertadas e passamos a usar calças compridas;

* A make-up deixou de ser hábito reprovável;

* A mulher casada passou a ter os mesmos direitos do marido no mundo civil e não precisamos mais de autorização por escrito dele para ser contratada em um emprego, nos matricular em faculdade, comprar ou vender imóvel e dar queixa em delegacias;

* UEBA!!!! Não somos mais deserdadas pelo pai por ter sido "desonesta". Leia-se ter perdido a virgindade;

* O costume de manter a virgindade até a noite de núpcias fica como escolha e não imposição;

* Deixamos de sermos educadas apenas para casar e ter filhos;

* Desapareceu a figura do chefe de família e o homem perde o direito legal de dar a última palavra dentro de casa;

* A mulher não pode mais ser devolvida ao pai pelo marido que a acusa de ter sido deflorada por outro;

* Ficamos livre para decidir se queremos adotar o sobrenome do marido;

* Passamos a cobrar fidelidade do marido;

* O direito de fazer aborto é conquistado em diversos países;

* A justiça não aceita mais a tese da legítima defesa da honra para inocentar homens que matam a mulher por ciúmes ou traição;

* Podemos fumar ou beber, hábitos antes reservados aos homens, sem sofrer a desaprovação moral da sociedade;

* Agora podemos exigir prazer nas nossas relações sexuais;

* Chegamos aos cargos executivos das grandes empresas e receber salários mais próximos dos pagos aos homens.

Alguma coisa me diz que estamos no caminho certo. Um dia, se tiver uma menininha, imagino chegar a falar com ela: No meu tempo era tudo diferente.

Quanto ao respeito que a mulher brasileira precisa conquistar fora do país, ainda dependemos do governo federal, para criar condições sociais que freiem a prostituição e turismo sexual, cá dentro do nosso país e coibir definitivamente a permissividade com relação principalmente à prostituição infantil. Assim não teremos que escutar lá fora, aquilo que um dos entrevistados deportados da Espanha escutou: "Tem muita mulher, muita prostituta. Volta para o seu paízinho de merda". Está na hora de também sermos mais rigorosos com a entrada de estrangeiros em nosso país - um país que abraça todas as culturas - e dizer para os oportunistas: "Volta para o seu país, não venha fazer turismo sexual aqui"

E a ascensão das mulheres no mercado de trabalho reflete uma mudança no comportamento da sociedade



O IBGE divulgou recentemente que entre os anos de 1996 e 2006, o nível de ocupação da mulher aumentou cinco pontos percentuais, enquanto o dos homens sofreu redução de um ponto percentual. Reflexo de uma das mais importantes transformações sociais da história brasileira, um diagnóstico claro que a sociedade já percebeu há algum tempo: a época da submissão acabou! Estamos avançando em territórios antes exclusivamente masculinos no mercado de trabalho e ocupando cargos de comando nas empresas.

Passamos a integrar mais ativamente na vida social, como também possuímos nível de escolarização superior ao dos homens (60% por 40%) e passamos a nos interessar por profissões impensáveis há alguns anos.

As mulheres têm vantagens importantes em relação aos homens na execução de projetos. Somos mais intuitivas e, até pelo instinto maternal, somos mais dispostas a manter e aprimorar os relacionamentos humanos dentro de uma empresa.

Um estudo recente feito em uma ONG Norte-americana especializada na participação das mulheres no mercado de trabalho e divulgado pela Catalyst, revelou que as empresas que possuíam o maior número de mulheres em sua cúpula, tinham uma performance média 35% melhor que as empresas com pouca ou nenhuma mulher no comando.

O mercado de trabalho no Brasil está mais maduro, com configurações adequadas às aptidões e características femininas. Quer dizer, rendidos à competência feminina, o estigma da supremacia masculina encontra agora terreno insosso. Aí das empresas que não se prepararem para garantir esse direito às mulheres.

É a mulher brasileira mostrando o seu valor!

Este texto faz parte da blogagem coletiva promovida pela Lys e Meiroca. Junte-se à nós!

"Mas muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
(...)
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais"

(Muito pouco - Maria Rita)

Hoje Georgia e Keila, comemoram aniversário! Parabéns meninas!!

Hoje também quero dar os parabéns para a nossa amiga Márcia Clarinha - mulher símbolo deste dia, mulher poema, de riso solto e inteligência. Mulher em essência! Parabéns pela educação esmerada estendida aos seus! Sei que todos os seus filhos são especiais, mas hoje te parabenizo pelo que resultou Stevens Rehen, a chance do Brasil nas pesquisas com células-tronco embrionárias. Orgulho mãe!

Feliz dia internacional da mulher!
Boa blogagem!
Beijus,
Luma

Comente aqui também
!

38 comentários :

  1. Muito legal seu post Luma ! Excelente participacao...

    Pensar em tudo o que ja conseguimos nos da animo para enfrentar tudo que ainda temos que melhorar adiante.

    Um beijos
    Lys

    ResponderEliminar
  2. Olá Luma,

    Gostei muito de ler o seu post.

    Mas a nossa luta continua, porque apesar de todas essas conquistas que referiu, existem ainda muitos milhões de mulheres, tanto nos países ditos de 1º mundo, como nos de 3º mundo, cuja realidade está a ainda a anos luz, dos privilégios que nós já atingimos.
    As sufragistas no séc. XIX lutaram para nós hoje termos uma vida melhor e cabe-nos a nós fazer o mesmo com as gerações das nossas filhas e netas.

    Feliz dia da mulher!

    Bjs. deste lado do oceano.

    Patti

    ResponderEliminar
  3. Luma,
    parabens pelo texto... achei impressionante as passagens de revistas antigas... mostra o quanto o mundo esta mudando e devemos acreditar que ainda vai mudar mais.
    beijos e feliz dia da mulher

    ResponderEliminar
  4. Luma, as frases escolhidas dão um toque especial e nos coloca em perspectiva do quanto já mudamos para melhor. Precisamos sempre pensar na quanto conseguimos em tão pouco, porque ainda há muito a fazer, porém o caminho já está aberto!
    Beijos,
    Rosana

    ResponderEliminar
  5. Bom texto, muitos direitos conquistados e muitos ainda a se lutar...

    ResponderEliminar
  6. Muito legal! E tenha um dia maravilhoso!

    bjs

    ResponderEliminar
  7. Tempos modernos....q venha +!

    É isso ai.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Oi Luma!
    Muito bacana!
    Ainda bem que de lá para cá muita coisa mudou!
    Abraços

    ResponderEliminar
  9. Parabéns pelo post. Está maravilhoso.

    ResponderEliminar
  10. Luma,

    parabéns pela publicação das diferenças ocorridas na vida das mulheres nestes últimos cinquenta anos.
    Parabéns pelo Dia Internacional da Mulher!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Vou mais longe no tempo: vejas as frases célebres de homens célebres sobre/ leis celebres referindo-se as mulheres:

    "Mesmo que a conduta do marido seja censurável, mesmo que este se dê a outros amores, a mulher virtuosa deve reverenciá-lo como a um Deus. Durante a infância, uma mulher deve depender de seu pai, ao se casar de seu marido; se este morrer, de seus filhos e se não os tiver, de seu soberano. Uma mulher nunca deve governar a si própria." Leis de Manu, Livro Sagrado da Índia

    "A mulher que se negar ao dever conjugal deverá ser atirada ao rio." Constituição Nacional Suméria, civilização mesopotâmica, século XX a.C.

    "Quando uma mulher tiver conduta desordenada e deixar de cumprir suas obrigações do lar, o marido pode submetê-la à escravidão. Esta servidão pode, inclusive, ser exercida na casa de um credor de seu marido e, durante o período em que durar, é lícito a ele (ao marido) contrair novo matrimônio." Código de Hamurabi (Constituição Nacional da Babilônia, decretada pelo rei Hamurabi, que a concebeu sob inspiração divina, século XVII a. C.)

    "A mulher deve adorar o homem como a um Deus. Toda manhã, por nove vezes consecutivas, deve ajoelhar-se aos pés do marido e, de braços cruzados, perguntar-lhe: 'Senhor, que desejais que eu faça?” Zaratustra (filósofo persa, século VII A.C.)

    "As mulheres, os escravos e os estrangeiros não são cidadãos." Péricles (político democrata ateniense, século V a.C., um dos mais brilhantes cidadãos da civilização grega

    "A mulher é o que há de mais corrupto e corruptível no mundo." Confúcio (filósofo chinês, século V a.C.)

    "A mulher deve pedir ao seu marido, antes dele morrer, que lhe designe um tutor, ou até, se for da conveniência dele, um segundo marido." Demóstenes (político ateniense, século IV a.C.)

    "A natureza só faz mulheres quando não pode fazer homens. A mulher é, portanto, um homem inferior." Aristóteles (filósofo, guia intelectual e preceptor grego de Alexandre, o Grande, século IV a.C.)

    Todas as mulheres que seduzirem e levarem ao casamento os súditos de Sua Majestade mediante o uso de perfumes, pinturas, dentes postiços, perucas e recheio nos quadris, incorrem em delito de bruxaria e o casamento fica automaticamente anulado.” Constituição Nacional inglesa (século XVIII)

    "As mulheres nada mais são do que máquinas de fazer filhos." Napoleão Bonaparte (imperador francês, século XIX)

    "A mulher pode ser educada mas sua mente não é adequada às ciências mais elevadas, à filosofia e algumas das artes." Friederich Hegel (filósofo e historiador alemão do século XIX)

    "A mulher deve ser doce e suave no trato com seu companheiro, jamais pretendendo tomar seu (dele) lugar dentro da ordem natural das coisas da vida." Pollyanna (conhecida personagem da literatura psicológica mundial, século XX)


    Parabéns as mulheres pelas suas conquistas.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns Luma querida!!!
    Um montão de beijos.

    ResponderEliminar
  13. Concordo em gênero, número e grau a respeito das mulheres. Quanto aos espanhóis e demais estrangeiros, acho que nosso país deveria restringir a entrada destes merdas, mas infelizmente nossa cultura supervaloriza o que vem de fora. Uma pena. Beijos do Hiran.

    ResponderEliminar
  14. Eu quero defender o direito de viver naturalmente, não usar píulas anticoncepcionais e nenhum tipo de alteração externa dos meus hormônios... e ser mãe qdo desejar, pq há muitas formas de controle, que funcionam muito bem, e até melhor do que a pílula...
    O direito de ser mãe, que é um direito sagrado e intransferível da mulher... de resto tudo bem... beijinhos de Baunilha...

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Quanta diferença, hein, minha amiga...
    Quantos progressos em tão pouco tempo!
    Parabéns pelas conquistas de vocês!
    Luma, querida, minha amiga Claudya do Blog Memories, não consegue acessar o seu blog e está sem o seu email. Eu também não tenho seu email pra passar a ela e não o encontrei na sua página nem no seu perfil. Poderia mandar um email pra mim (corolla.oscar@gmail.com)?
    Beijos e um feliz dia..., além de um ótimo final de semana!

    ResponderEliminar
  17. Olá Luma!

    Muito temos a ainda que mudar, eu como dona de casa quero que os nossos governantes votem logo a lei para a aposentadoria de uma dona de casa, mulher que tem várias e várias profissões ao mesmo tempo e nada ganham no final de suas vidas.
    Ainda há muito....

    Amei sei post e informações, aprendo muito vindo por aqui, até lendo alguns comentários, como o da frases celebres, ótimo.
    Tenha um final de semana maravilhoso e abençoado pelo Senhor!
    Rô!

    ResponderEliminar
  18. Oi Luma, adorei o seu post, incrivel o que acontecia em outras epocas... o quanto jah mudamos e continuamos mudando...

    Bjs.

    ResponderEliminar
  19. Oláááá!!!
    Dei altas risadas aki principalmente na parte do banheiro! Coitada das mulheres!

    Bjo tia e parabéns pelo seu dia

    ResponderEliminar
  20. Graças a Deus q os tempos são outros.
    FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  21. Parabéns Luma, pela tua dedicação a esta e outras causas.
    Um beijo grande e que o teu dia seja perfeito

    ResponderEliminar
  22. Muito bom,mesmo!E,por um momento você me levou à minha pré-adolescência quando lia escondida da mamãe,as revistas Querida.Meus parabéns!

    ResponderEliminar
  23. Luma, so li sua mensagem agora, não sei como fazer parte da blogagem coletiva e não sei se ainda é tempo, já que são quase oito da noite... De qualquer forma, queria poder contribuir com a iniciativa de vocÊs e, querendo, pode "multiplicar" meu texto sem problemas, citando a fonte ;-)

    um beijo

    ResponderEliminar
  24. Que bom que muita coisa mudou desde então, que as conquistas femininas só fizeram avançar. Claro que há muito ainda para se mudar, mas isso é apenas questão de tempo. A mulher terá seu lugar de destaque e por merecimento!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  25. Parabéns para as mulheres pelo dia de hoje...Abraços!!!

    ResponderEliminar
  26. Oi Linda!!! Adorei seu texto!!!
    Feliz dia da mulher :D

    Carlos Fran falou que vc não está muito bem e me preocupou...

    Vou deixar meu msn aqui e no que precisar de ajuda em relação a blogagem coletiva, me escreva por favor.

    tinearaujo@hotmail.com

    Beijos e Melhoras!!!

    ResponderEliminar
  27. Dia da mulher, já o escrevi diversas vezes, cá em casa é todo o ano.
    É sempre dia da mulher e do homem.
    Até o dia do pai, também é o dia da mãe, porque a minha mulher faz anos.

    Infelizmente há necessidade de se criarem estes chavões.
    Quem mandou no mundo, inferiozou sempre a mulher ... veja-se o que se passa com a igrejam a grande instigadora da maioria da violência contra a mulher.
    Falo em igreja, mas talvez seja mais sensato falar nas religiões, TODAS, continuam a espezinhar o ser que foi mais fraco.
    Há sempre o valentão que chuta num gato ou num cão. Neste já não pode ser em qualquer um, tem que ser pequeno ...
    Não posso acreditar no que se refere ao que dizem os espanhóis ...
    Quem anda na Net, lê muita coisa que não é verdade ...
    Já tive uma chatice com um jornalista da Folha de S. Paulo, (Digital), que fez umas afirmações duma coisa que tinha visto em Lisboa.
    Os MENTIROSOS têm que ser logo desmentidos.
    Depois de lhe escrever para o e-mail, escrevi para a redacção ... ao fim de algum tempo pediram-me desculpa, porque o jornalista nem conhecia Lisboa. Tinham-lhe dito ...
    É isto a vida ...
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  28. Oi, Luma, muito bacana o resgate dos "conselhos femininos". Concordo, um longo caminho foi percorrido. Mas hoje estou talvez um pouco pessimista (meio copo vazio?): as mulheres com graduacao, no mesmo posto dos homens, ganham 30% a menos. Alguns outros dados tambem estao la no post do clubedolivro.wordpress.com - sobre agressões, principalmente. E quanto aos conselhos e propaganda... não sei, não sei... Bzus.
    PS: Tenho uma filha, e ainda nao consigo falar: no meu tempo, era tudo diferente...

    ResponderEliminar
  29. Parabéns pelo post com sentido cidadão... mais do que nunca é disso que se precisa.
    Antes que desvirtuem um dia de lutas.
    Bjos

    ResponderEliminar
  30. Parabéns pelo post! Lendo esses trechos de revistas antigas, hoje nos parece absurdo que , algum dia, alguma mulher de bom senso tenha se submetido a tais regrinhas, mas elas refletem, felizmente, uma cultura que já não tem mais lugar.
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  31. Querida Luma, não foram tantos anos assim os que se passaram desde as primeiras notícias das revistas Cláudia da metade do séc.XX... Ou seja, as conquistas foram rápidas, pelo menos para as mulheres do Ocidente e continuarão acontecendo. No entanto, sou a favor da revisão dos costumes e da feminilidade que não pode ser esquecida. Assim, a será uma boa batalha pela paz entre os sexos: cada um com suas características preservadas com amor. Adorei a matéria!!! beijos.

    ResponderEliminar
  32. De fato, Luma, cada época tem as suas necessidades e formas de funcionamento. Infelizmente, os últimos duzentos anos têm sido uma época de luta pelos direitos inalienáveis de metade da população humana.
    O que antes era comum e não deveria ser, ainda hoje aflige grande parte da população mundial. E, por isso mesmo, devemos ensinar às próximas gerações e relembrar à atual geração os progressos que foram ocorrendo ao longo dos tempos; para que possamos caminhar, cada vez mais, para aquele estádio de evolução humana, na qual ambos os géneros serão visto como iguais em direitos, deveres e oportunidades.

    ResponderEliminar
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  34. Oi Luma, pensei ter comentado aqui antes.. xiii, foram tantos blogs que eu li, acho que eu tava meio confusa naquele sábado.rsrs
    Então, obrigada pela visita, e respondendo a sua pergunta, apaguei comentários porque tenho receio que sejam vírus ou algo que não queira, p exe, que meus filhos vejam. O pessoal aqui tem mania de escrever: "please, click here".. ooh ódio! sabe-se lá o que vem por ali, nao é?? Só isso!! rsrsrs
    Adorei seu texto. As frases são uma loucura hein?!! credo!!! nossas avós e mães devem ter lido isso, acho que a minha mãe devia passar pelas bancas ler algo parecido e dar boas gargalhadas. Aquela ali nao abaixa a cabeça pra homem nenhum..

    ahh, amei seu blog, adoro crianças e vc faz um trabalho bem bonito, eu imagino.
    Bjs

    ResponderEliminar
  35. Parabéns Luma!
    Mais um post que é uma página informativa.
    Sei que desativaste os comentários hoje ,mas não posso deixar de te avisar que qd puderes,tens um MEME no meu LUX.
    bjjj:))

    ResponderEliminar
  36. Oi, Luma,

    Adorei o teu post. Realmente quando lemos as frases daquelas revistas das décadas de 50 e 60, fico imaginando o quanto aquelas mulheres não sofreram também.
    E com as mudanças que você nos lembra, realmente concordo que estamos no caminho certo. Mas ainda vejo um longo caminho pela frente. Li em algum lugar nessa blogagem sobre a prostituição no nordeste - as meninas novas viraram mercadorias de 1,99. Um absurdo.
    Nós como sociedade precisamos pressionar o governo federal para mudar esta situação, dar apoio àquelas meninas.
    Parabéns pelo texto bastante informativo.
    Sonia

    ResponderEliminar
  37. Ola Luma

    participei da blogagem coletiva mas como to sem internet em casa tenho que ler os blogs aos pouquinhos... so cheguei no teu hoje! ADOREI teu post!! muito bom as citaçoes pra ilustrar realmente como era vista a mulher antes.. garanto que tem gente que nem pensa que isso realmente existiu!
    Parabens mesmo!! um abraço
    Marcia

    ResponderEliminar
  38. Luma... sensacional o teu post sobre as mulheres...bjs

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor