Frases retiradas de Revistas Femininas da década de 50 e 60


Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.
(Jornal das Moças, 1957)

Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto.
(Revista Claudia, 1962)

A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa.
(Jornal das Moças, 1965)

A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas. Nada de incomodá-lo com serviços domésticos.
(Jornal das Moças, 1959)

Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa.
(Jornal das Moças,1957)

A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-nupciais, mostrando que ela é perfeita e única, exatamente como ele a idealizara.
(Revista Claudia,1962)

Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu.
(Revista Querida,1954)

É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido.
(Jornal das Moças, 1957)

O lugar da mulher é o lar. O trabalho fora de casa masculiniza.
(Revista Querida, 1955)

Isso foi apenas uma amostrinha das últimas décadas. A mulher mudou de patamar em cem anos:

-Passa a ter direito a votar;
-Entra nas Olimpíadas e, com o decorrer do tempo, aumenta a sua participação na competição;
-Entra maciçamente no mercado de trabalho;
-Pode ser eleita para o governo;
-Não pode mais ser impedida de matricular-se em cursos superiores;
-Consegue apoio oficial para evitar a gravidez, inclusive com a ajuda de médicos para receitar contraceptivos;
-Aposenta o espartilho e as cintas apertadas;
-Passa a usar calças compridas;
-Maquiar-se deixa de ser hábiito reprovável;
-A mulher casada passa a ter os mesmos direitos do marido no mundo civil. Com isso, não precisa mais de autorização por escrito dele para ser contratada em um emprego, matricular-se em faculdade, comprar ou vender imóvel e dar queixa na delegacia;
-Não ser mais deserdada pelo pai por ter sido "desonesta". Leia-se ter perdido a virgindade;
-Acaba o costume de manter a virgindade até a noite de núpcias;
-Deixa de ser educada apenas para casar e ter filhos;
-Desaparece a figura do chefe de família. O homem perde o poder legal de ar a última palavra dentro de casa;
-A mulher não pode mais ser devolvida ao pai pelo marido que a acusa de ter sido deflorada por outro;
-Fica livre para decidir se quer adotar o sobrenome do marido;
-A mulher passa a cobrar fidelidade do marido e dar-se o direiito de eventualmente trair;
-Conquista o direito de fazer aborto em diversos países;
-A justiça não aceita mais a tese da legítima defesa da honra para inocentar homens que matam a mulher por ciúmes ou traição;
-A mulher pode fumar ou beber, hábitos antes reservados aos homens, sem sofrer a desaprovação moral da sociedade;
-A mulher começa a exigir prazer nas relações sexuais;
-Chega aos cargos executivos nas grandes empresas;
-Recebe salários mais próximos dos pagos aos homens.

E você, o que pretende melhorar para conviver bem com o homem que está aí do seu lado?
Beijus,

23 comentários :

  1. Pedro Xavier15:06

    Acho que depois de tudo isso deu para perceber o quanto vocês já conseguiram! Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Nanda15:07

    Nossa acho que agora...só falta a mulher conseguir fazer xixi em pé!!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Monica15:07

    viu o programa da Ana Maria hoje, filha? é o segundo blog que entro e leio essas frases... beijos pra vc

    ResponderEliminar
  4. Cucalelé15:07

    vc sempre com seus posts elegantes!!!venho sempre aki,qual foi a bobagem q falei q vc nao entendeu????bjs!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Yvonne15:08

    Luma querida, felizmente vivemos em um país que, apesar de ser do Terceiro Mundo, trata a mulher com algum respeito. Sei que temos problemas vários e que ainda se mata uma mulher por ela ter posto chifres no marido, mas convenhamos, isso aqui se comparado com o Oriente Médio e África é uma maravilha. Não sei se teria mais alguma coisa a acrescentar na sua lista que foi bastante abrangente.
    Poderia dizer às meninas que nunca se sintam constrangidas por serem livres. Se querem sair com amigas ou ir a uma festa sem o marido ou namorado, que não tenham medo de irem sozinhas. Digo isso porque a grande maioria de minhas amigas dizem fazer e acontecer, mas temem alguma reação negativa do marido quando se demoram um pouco mais. Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Nanda15:08

    Para viver bem: amor e respeito; o resto, se constrói aos poucos! =)

    ResponderEliminar
  7. Camus15:08

    Cara Luma tu tens, nos últimos posts, prestado relevantes serviços à reflexão acerca das conquistas femininas, sem, no entanto, abdicar de seu estilo bem humorado. Abraços.

    ResponderEliminar
  8. Bhya15:09

    Luma, adorei muito o seu post, é interessante d+ e, com licença, mas vou repassá-lo para outras mulheres. E para o homem q vive do meu lado o que eu preciso fazer é mandar menos nele, pq sou mandona meeesmo. bju e obrigada pelo giro no meu mundo. Fq bem!!!

    ResponderEliminar
  9. Henrique15:09

    Essas frases estão no limiar entre comédia e a tragédia.
    As mulheres fizeram muitas conquistas e mercem muitos aplusos por tudo. E é claro tem muito mais conquistas pela frente. No entanto só uma coisa precisa ser dita quanto a isso. Mulheres conquistar seus direitos e um lugar digno nessa sociedade não significa ter que imitar o pior dos homens.

    ResponderEliminar
  10. Ribs15:10

    vc deveria colocar algumas frases das revistas de agora, tipo nova, marie clair... o choque fosse talvez maior! rsrsrsrsrs

    ResponderEliminar
  11. ADZBlog15:12

    achei as frase ótimas, mas concordo com o ribs! valeu pela visita! ouça nossas músicas em www.abaixodezero.net

    ResponderEliminar
  12. Patricia15:13

    Concordo c/ a Nanda...amor e respeito é tudo...mas acima disso prexo muito a confiança...bjos...

    ResponderEliminar
  13. Edgar Borges15:14

    Concordo com a Nanda e com o/a Ribs.

    Saiu o Jornal das Moças, chegou a Capricho na adolescência e a Nova na fase adulta.

    Mas vamos melhorar, se não o mundo pára.

    ResponderEliminar
  14. Edgar Borges15:14

    Ops, correção: senão o mundo pára.

    ResponderEliminar
  15. Que tempos,hem LUMA??

    Beijos!!

    ResponderEliminar
  16. AdéliaTheresaCampos15:15

    Sabe que eu já estava com 10 anos em 1955? Lembrei-me de ter escutado essas "pérolas" muitas vezes. E interessante o contraponto que você faz com as conquistas. Fico a pensar: será que contribui para elas? Como posso fazê-las avançar para que todas as mulheres delas usufruam? Parabéns pelo instigante post. Beijos, carinho.

    ResponderEliminar
  17. Viva15:15

    Se já tivéssemos igualdade de direitos e respeito não haveria um dia especial para se comemorar.

    ResponderEliminar
  18. Luciana Monte15:16

    Pretendo sempre ME melhorar, para viver bem com o mundo inteiro!

    ResponderEliminar
  19. Loba15:16

    É muito interessante fazer esta retrospectiva. Ao menos ela faz com que a realidade da maioria das mulheres hoje não seja tão depressiva, né? Claroq ue já andamos muito... mas há ainda um longo caminho pela frente. Pra mim, nosso maior desafio não é lutar contra os homens e sim dazer deles nossos parceiros! Beijos

    ResponderEliminar
  20. Lulu on the sky15:17

    Luma,
    Tb gosto muito daquele texto que eu escrevi pra vc.Que bom que gostou.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  21. Mauro Castro15:17

    Estou com as mulheres e não abro. Adoro vocês, creiam. Há braços!!!

    ResponderEliminar
  22. primeiramente eu AMEI vc ter posto essas frases das décadas de 50 e 60!! gostei tanto que mandei por email pras minhas amigas rsrs. E sobre sua pergunta ao final do post, é muito fácil! o que pretendo melhorar é a PACIÊNCIA porque só sendo muito paciente pra amar esses meninos maravilhosos e ultra-complicados! Eu sou o tipo da mulher que gosta de agradar faço de tudo, posso virar quase uma amélia ou uma gueixa, mas tmb gosto de ser mimada, então preciso de um homem que seja romantico e carinhoso. rs. Beijos e girassóis, Rah

    ResponderEliminar
  23. Claire15:18

    Excelente estruturação do post; eu me lembro da "moral" de contos antigos que saíam em revistas tipo "Grande Hotel" e outra que não lembro (e esta que não lembro era ainda pior!! Justificava infidelidade masculina pq a esposa não cuidara da casa, e coisas desse jaez... rir ou chorar??). Onde vc conseguiu esse material? É precioso.
    E, respondendo a alguém lá em cima nos comentários: se examinada com atenção, eu diria que a "Nova", apesar da 'embalagem' de mulher bem resolvida & tals, ainda deixa bem a desejar...

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor