Mais que um quarto, menos que um terço


Há um pouco mais de meio século que a humanidade entrava na era espacial e diante do tempo ínfimo da nossa existência perante o universo e da sua imensidão, o homem se sente fragilizado, afinal, ele é apenas um ponto no infinito ou alguém com um lampião na mão dentro da escuridão e que enxerga apenas o que está mais próximo.


Qual o maior anseio da humanidade? Tirar de si a sensação de isolamento que o desconhecido lhe provoca? Se no inicio da história da humanidade é Deus quem pergunta: "Onde estás?" (gênesis 3:9) Milênios mais tarde, é a humanidade quem procura por ELE! É privilégiado aquele que se preocupa com o que está mais próximo sem que necessite de lanternas: o céu azul, as flores se abrindo enquanto o orvalho evapora e o sol esquenta... Triste aquele que apenas enxerga as negras trevas onde se escondem seus maiores medos.


Nina Paley realizou a animação acima usando como fio condutor a música "This Land is Mine", composta originalmente para o filme Êxodos, de 1960. Quando assisti a primeira vez no Crazyseawolf's Blog, achei que fosse mais um desses vídeos engraçadinhos, mas não é que, com uma certa ironia, a artista consegue em três minutos mostrar o domínio da região da Palestina/Israel da Antiguidade aos dias atuais?

Quando termina a animação, aparece a mensagem: "A cópia é um Ato de Amor, copie e compartilhe. Copyheart.org". Então está!

Se você não saca um pouco de geografia e religião, se questionará sobre os motivos que levaram a chamar aquela terra de santa. A reflexão vai mais longe e sabendo da estupidez humana, somente ela poderia justificar tanto conflito, no entanto, também é sabido que quem tem o dom de persuasão, usa da fraqueza humana para convencimento.

Faltou um pouco mais de pesquisa para a realização da animação, pois algumas informações não estão corretas, mesmo assim ilustra bem o que aconteceu e ainda acontece por lá. O primeiro erro é que os Sionistas chegaram à Palestina por volta de 1870, bem antes dos britânicos (1918) e eles não possuíam armas, viviam em partes livres ou em terras compradas por árabes e turcos de comum acordo. O filme distorce a história no sentido de afirmar que os judeus não possuem direito sobre aquelas terras.

Você viu mais algum erro no vídeo? Já ouvi pitacos de que o assírio deve vir depois do israelita e que um persa deve estar entre o babilônico e o primeiro macedônio. Veja na sequência do vídeo...
“Quem primeiro delimitou um terreno e decidiu declarar Isto pertence-me (...) foi o verdadeiro fundador da sociedade civil. Qantos crimes, guerras, mortes, quantas misérias e horrores, teria poupado ao género humano (....) quem houvesse gritado aos seus semelhantes, Cuidai de não escutar este impostor; estais perdidos se esquecerdes que os frutos são de todos e a Terra é de ninguém" — Jean Jacques Rousseau, Discurso Sobre a Origem e os Fundamentos da Desigualdade entre os Homens (1755)

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

34 comentários :

  1. Oi Luma!
    Quando terminei de assistir o vídeo, veio o pensamento - Somos loucos e complexos! Pura ilusão, terra não tem dono e no final o que nos sobra é um pó que aduba a terra... Não sou boa em história de guerra, mas tenho bons livros sobre o tema e um cara que disserta sobre o tema com conhecimento de causa (Júlio), vou mostrar mais tarde o seu post p/ ele.
    Tenha um dia luz!
    Bjosssssssss

    ResponderEliminar
  2. post interessante e reflexivo
    parabéns

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderEliminar
  3. Puxa, que vídeo. Ao som de uma música linda, que fala em DEUS, tanta morte, tanta destruição! Lindo e reflexivo. Vou salvar e mostrar ao Neno que está estudando as guerras mundiais e anda sempre questionando sobre essa situação também.


    Quando acabará a arrogância do homem? beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  4. Que lindo o vídeo, as palavras do texto!
    A humanidade ainda não aprendeu a valorizar as pequenas coisas!
    Todos vivem a procura de poder, de "ter", mas nos esquecem de "ser" e de olhar para o lado!
    Bjus coração!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, Luma!
    Essa guerra acho que nunca findará. Sempre converso com marido sobre esses assuntos, pois somos evangélicos e vemos as marcas da Palavra nos acontecimentos.
    A grosso modo, acredito que aquelas terras são amaldiçoadas, pois eles negaram o filho de Deus, esperando um guerreiro e muitos esperam esse guerreiro até hoje.
    Pra mim, toda guerra é estupidez, toda disputa de poder é estupidez, todo o acúmulo de bens e dinheiro é estupidez ... Se vivêssemos realmente como irmãos, o mundo seria um lugar melhor.
    Acredito que o pensamento para nos manter humildes quanto a isso é o seguinte: vamos levar o quê daqui? A vida é somente o intervalo, não necessita de mais nada pra ser aproveitada. Precisávamos somente nos amar e cuidar do que Deus nos presenteou, mas a ganância vem acabando com tudo.

    A animação é belíssima. Dúvidas à parte sobre quem surgiu antes ou depois, a mensagem é muito bem passada e ela não podia ter escolhida música melhor.

    Parabéns pela postagem, como sempre, muito boa!

    Abração e lindo dia.


    ResponderEliminar
  6. Maravilhoso!
    Apesar das controvérsias históricas, hoje o que Israel faz a Palestina é lamentável. Mais lamentável ainda é a intromissão ocidental que ajudou a inflamar este conflito.

    ResponderEliminar
  7. Oi Luma!
    A primeira coisa que os judeus mostram quando se visita Israel é a Guerra Santa e o mapa das lutas que se sucederam desde os tempos mais remotos. "Não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada"Mateus 24:2.
    Acho que os dois lados poderiam lucrar muito mais com o turismo, mas preferem a guerra idiota que começa no ventre das mulheres árabes e judias.
    Só haverá paz naquela região, quando os países que lucram com a venda de armas deixarem eles lutarem com arcos, flechas e pedras. Ou, deixarem eles produzirem seus alimentos lá no deserto, ao invés de cultivarem em países como a Austrália, Canadá, EUA...
    Beijo!

    ResponderEliminar
  8. Luma, seus textos são sempre uma aula que nos torna um pouco melhores. Temática sempre tão polêmica, mas suas elucidações nos leva a reflexão. Isso é bom demais! Valeu!
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Wow, isso realmente faz vc pensar. Quanto a mão de Deus, achei irônico cientistas terem colocado um nome com menções religiosas a um efeito puramente astronomico. Sei lá, eu tento acreditar em alguma coisa. Mas por mais que eu tente, não consigo :/

    ResponderEliminar
  10. Muito engraçadinho o video , mas muito triste ver esta verdade gritada aos
    quatro cantos do mundo, até quando vamos ver eles se matando ? e até quando vamos achar que somos diferentes deles?
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Vendo o vídeo, pensei fala-se de Deus com armas na mão...Acredito que apesar de tudo que ocorre no mundo, um dia o ser hmano se dará conta que somos todos iguais, morando num único lar e que só atraves da fraternidade a Terra conquistará a paz.
    Beijos, Élys

    ResponderEliminar
  12. Brigam por terra, e no final, acabamos todos nós nos juntando à ela não é? É triste ver tanta disputa e morte.

    ResponderEliminar
  13. Luma,

    O vídeo é de grande genialidade, exemplifica para descomplicar, mesmo que a ordem não esteja tão correta àqueles que conheçam a historia de maneira mais apurada. Com tantas confusões mundo a fora, acabamos perdendo a noção do que vem primeiro, dos fatos e do que sucedeu.

    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Os motivos que motivam disputas se perdem pelos anos, mas o rancor e o ódio parecem estar sempre atuais.
    Uma lástima, porque certo está aquele que entende esta máxima popular
    " Da vida só se leva, a vida que se leva."

    Uma semana abençoada

    http://feitocomcarinhodemae.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Cultiva-se o ódio, de geração a geração, impossibilitando a paz, que a todos beneficiaria. Não há, verdadeiramente, contendas de fundamento religioso, mas de poder. E em busca dele vemos vidas ceifadas e o crescimento do radicalismo. A menção a Deus não impulsionaria gerras, se fosse Ele visto como deveria. Uma excelente postagem, Luma. Bjs.

    ResponderEliminar
  16. Impressiona ver tantas lutas por territórios e sentirmos que ao,longo do tempo só vão mudando os personagens _ a intenção é a mesma.
    Quanta estupidez no ser humano! deusdoceu rsrs
    Muito muito bom o vídeo com as explicações das origens dos povos
    _ e a essa altura a quem importa saber quem são eles ,de fato ?... rs
    Obrigada Luma por tão boa postagem
    meu abraço

    ResponderEliminar
  17. Para mim, o único erro está nas guerras em si. Nunca há vencedores. Não achei interessante o vídeo, a violência me desarma totalmente.
    E chamam de "guerra santa", lutam em nome de Deus...Quanto absurdo, né?
    A música é linda, sem dúvida.
    Independentemente da minha inteligência, recuso-me a entender o que quer que seja, ligado a essa disputa inútil. Foge totalmente da minha compreensão entender algo relacionado a essa guerra.
    Beijo, Luma.

    ResponderEliminar
  18. Guerra sempre houve desde que o mundo é mundo e não creio que um dia tenha fim , a ganância do homem sempre levará a fazer guerras.
    Um absurdo, a maioria luta em nome de Deus!

    bjss


    ResponderEliminar
  19. É um grande exemplo de que estamos por aqui para aprender, independendo se acreditamos ou não que levamos este conhecimento adiante. A repetição das coisas fica numa linha tenue entre natural e problematica, pois se não é exposto um modelo melhor de vida e se não lhe é dito outra coisa que seja "voce nasceu aqui para fazer coisa x", as pessoas daquela região permanecerão fazendo o que fazem. Muitas vezes não sabemos da dificuldade das pessoas na nossa rua / no apartamento ao lado do nosso, como podemos "dar as regras" de uma região tão distante da gente? Talvez até gostem de viver assim, e o que alguns fazem é capitalizar com isso. Desde a imprensa com o sentimento de insegurança, aos paises especializados em venda de armamentos... o vídeo, esteticamente, é bacana. Já esse buraco histórico "faz parte"...

    ResponderEliminar
  20. e seus dedos, melhoraram? bjo!

    ResponderEliminar
  21. Êta povo que gosta de brigar! A terra prometida deu muita história de lutas pelo poder e adorei esse video que mostra com bom humor como a terra santa passou de mão em mão e até hoje é motivo de tantas desavenças...que pena! Creio que nascemos onde nos afinamos e por certo chegará um dia em que essas guerras terminarão! bjs e parabéns pela maravilhosa postagem!

    ResponderEliminar
  22. O assunto é bem polêmico e complicado.Até para os super especialistas em conflito do oriente médio. Temos que lembrar que essa guerra é. e continuará sendo, contra terroristas islâmicos e não contra o povo palestino que também tem direitos já reconhecidos nessa terra.Infelizmente não tenho a menor esperança de estar viva e presenciar a paz por lá.
    Beijuuss Luma

    ResponderEliminar
  23. Excelente postagem, Luma: pela atualidade, pelo vídeo, pelo questionamento...
    Apesar de não ter conhecimentos aprofundados sobre a matéria, sempre fui acompanhando este conflito, cada vez mais radicalizado. Não vislumbro que as partes se entendam, visto que cada uma delas entende ter a razão total. Receio mesmo que uma 3.ª guerra mundial ocorra a partir do Médio Oriente. E os civis? E as crianças? Uma enorme tristeza esta situação...
    Bjo, Luma

    ResponderEliminar
  24. Grande post, Luma. Fiz questão de ler tudo para só depois ver o vídeo. Aliás, o vídeo é mt bom! E tudo o que eu ia falar a Marilene bem colocou no comentário dela, que eu apenas endosso. Bjão!

    ResponderEliminar
  25. Quando acabará este conflito absurdo?! Acho que nunca...
    Beijinhos, boa sexta!

    ResponderEliminar
  26. Oi Luma! Acho muito triste o ser humano querer dominar terras ao invés de pensamentos. A guerra é uma ideia louca. Beijo! Renata

    ResponderEliminar
  27. Luma,
    que aula memorável: vídeo+narrativa+ilustrações nos dando uma visão deste processo histórico dos mais lamentáveis.O sentimento separatista é tão forte que cega os dois povos remanescentes e os coloca nesta situação de conflitos intermináveis, gerando as consequências que estamos, infelizmente, vendo acontecer.O que mais desalenta é saber da desesperança/desespero das populações sofridas ante tudo isto.

    Um abração,
    Calu

    ResponderEliminar
  28. Luma, quando estava no colégio a professora de história deu uma aula muito interessante sobre o conflito na região: na primeira metade, ela explicou toda a situação sob o ponto de vista dos judeus, e todos nós, alunos, concordamos com essa visão, até que, na segunda metade, ela mudou o foco para o dos palestinos e a gente começou a questionar tudo o que já dava como certo. Acho que assim são todos os conflitos muito antigos, em especial os que envolvem religião.

    Excelente texto, como sempre ;) Beijos!

    ResponderEliminar
  29. Maravilhoso seu post Luma, bastante ilustrativo e explicativo!
    E o vídeo é magnífico.
    Parabéns pela belíssima postagem como sempre!

    "Para ti não bato Palmas, mas sim o Tocantins inteiro" :D

    Bjins mil
    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  30. Luna parabéns! Os seus posts são sempre educativos e nos fazem reflectir.
    Depois de ver o vídeo fica a sensação que a humanidade não aprende com os erros do passado, ou pior grava-os cometendo cada vez mais atrocidades.

    beijinho

    ResponderEliminar
  31. Puxa, fiquei impressionada com a pesquisa que você fez para este post! Esta necessidade de posse é um problema, e também a ilusão superioridade. Nessas horas tenho vergonha de nós como espécie, ainda há tanto a evoluir…
    Bjs e ótimo final de semana

    ResponderEliminar
  32. Curioso este filme Luma e expõe bem a vida numa região, que jamais terá paz.
    Morre-se por terras e no final apenas ela pela cara reduzida a sete palmos e muitos numa vala grande mas compartilhada, pela burrice humana.
    Belas observações de sequencia da historia.
    Um lindo fim de semana com paz e alegria.
    Meu abraço de paz
    Beijo

    ResponderEliminar
  33. O Planeta Terra é lindo. Tudo nele é harmônico. Os pássaros, as árvores, os rios, as nuvens que trazem as chuvas para os continentes, as geleiras, os desertos... não deve haver lugar mais formoso no universo inteiro.
    E ai vem a pergunta: por que Deus achou de colocar o Ser Humano nesse paraíso?

    ResponderEliminar
  34. Querida Luma
    Texto e sequências em vídeo ou informativas muito pertinentes!
    Entendo que mais do que saber quem chegou primeiro,ou qual foi a ordem de chegada,o importante seria descobrir um meio de acabar com tanta violência!
    Uma excelente semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor