Formigas Gigantes invadem Cabo Frio


Formigas têm muito a nos ensinar, elas significam inteligência, união, trabalho, comando... E infestaram esse patrimônio de mais de quatro séculos chamando a atenção da esfera municipal, estadual e federal para maior cuidado dos nossos patrimônios culturais. As formigas estão aí dando o seu recado: "cuidem do museu ou tomamos conta do espaço".

As formigas produzem muita endorfina, por isso não sofrem. Seguem os exemplos das formigas mais experientes - uma hierarquia!  São especialistas e excelentes no que fazem, possuem o 'eusocial' e sabem protestar em uma passeata bem organizada!  Também possuem algumas outras vantagens; se caírem na água não afogam e se caírem de um prédio, não morrem!
Não me assustei quando soube que formigas gigantes tinham invadido Cabo Frio, afinal, já no começo da colonização brasileira entraram para a nossa História, quando o Padre Anchieta (1560) relatou em uma de suas cartas:  “... das formigas porém, só aparecem dignas de menção as que estragam as árvores; as chamadas içás têm cor arruivada , esmagadas cheiram a limão, abrem grandes buracos no chão”.

Em 1788, Marechal Rondon escreveu: “As formigas vermelhas chamadas saúvas na língua do país são insetos formidáveis e só elas comem mais pastagens que os gados. O lavrador vê com seus olhos que em uma noite tosquiam todo um arvoredo, deixando-o incapaz de produzir frutos um par de anos”.

Recentemente descobriu-se que aproximadamente um terço da biomassa animal de terra firme da floresta amazônica é formada por cupins e formigas, sendo que cada hectare tem cerca de 1 milhão de cupins e 8 milhões de formigas. Somados com moscas e abelhas, esses insetos somam 75% de toda a biomassa de insetos existentes no mundo. Talvez por isso o ditado "onde tem formiga tem dinheiro enterrado".

A terra é o nosso bem mais precioso e o mundo está sentado em um grande formigueiro.

Formiga saúva, sauda a uva! Brindemos, "O Vinho se desorientou na floresta"!

O antigo Convento de Nossa Senhora dos Anjos, que atualmente funciona a sede do Museu de Arte Religiosa e Tradicional (Mart/Ibram), é o local onde as formigas gigantes foram fotografadas, merece sua curiosidade sob diversos aspectos. Chamei atenção, relacionando ao meio ambiente, por estarmos justamente na semana em que comemoramos o "Dia Mundial do Meio Ambiente" e porque as formigas indicam a qualidade do meio ambiente. Mas você poderá olhar por outros ângulos, como a preservação dos nossos bens culturais.

79 comentários :

  1. Compartilhando sua postagem.
    Matéria ótima.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Jô!
      Ainda vou lá olhar!!
      Beijus,

      Eliminar
  2. Luma,

    Suas postagens são maravilhosas, e essa é uma delas.
    Um assunto muito interessante e importante, já que precisamos cuidar do nosso meio ambiente.
    E, viva as formigas! Que os bens culturais sejam preservados.
    Um lindo dia! Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Lucinha!!
      Gsoto do seu otimismo!! Mas é porque é amante da natureza!! A gente se alegra quando encontra pessoas que satisfazem uma parte de nós que a maioria não compreende!! :)
      Beijus,

      Eliminar
    2. obrigado humana lucinha

      Eliminar
  3. Luma,

    Queria que elas fossem maiores, e ficassem mais tempo por lá. Espero que elas não mudem de endereço até que alguma providência seja tomada.Rs
    Uma excelente iniciativa. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também, Lucinha! Infelizmente a intervenção ficará em exposição somente até o dia 24 de Junho, porém conseguimos que uma empresa fosse realizar o trabalho de reparo na parte elétrica, ppis o Museu está sem energia a mais de 140 dias por causa de um curto circuito. + Beijus,

      Eliminar
  4. Parabéns por este teu grito de alerta sobre "como se trata tal mal a natureza e se preserva tão mal um legado excelente". A ideia desse artista é genial e chama mesmo a atenção e precisamos de mais...e por cá não havia formigas que chegassem para os milhares monumentos e não só deixados ao abandono.

    Gostei!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Fatyly!!
      Uma pena o que nossos administradores fazem com o patrimônio histórico e cultural... Acho que no mundo todo está do mesmo modo. O dinheiro é direcionado para alimentar ou para roubar. Divididos na mesma proporção? Nem tanto, mestra! (rs*)
      Beijus,

      Eliminar
  5. Querida Luma
    Mais uma belíssima reportagem que é, ao mesmo tempo, uma chamada de atenção para todos. Há minutos, num blog espanhol vi um museu quase em ruínas.Acontece em todos os países, mas o Brasil está prestes a ser a maior sala de visitas do mundo e deve preparar-se para isso. Por outro lado, património é algo que pertence a todos e, como tal,deve ser preservado.
    O aparecimento das formigas significa que algo está errado, em relação à Natureza,pelo que, é preciso consertar, antes que seja tarde demais. Faz-me lembrar tempos de antanho, quando houve ,no Egito, toda uma série de pragas. Mas isso eram outros tempos.Agora há remédio para tudo,ou quase.
    Muito obrigada por este alerta dado em prol da humanidade, já que o Brasil é um país enorme.
    Fico a aguardar uma visitinha.
    Uma boa semana sem formigas por perto.
    Beijinhos da
    beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Beatriz!!
      Fico muito entristecida com essas notícias... talvez em um futuro longinquo irão cavar o solo para descobrir a nossa civilização. Dirão que éramos rudes, pois retroagimos na manutenção dessa mesma civilização.
      Temo que o Brasil tomou para si uma responsabilidade enorme quando assumiu ser o anfitrião de tantos eventos internacionais. Não sei se seremos capazes... Nossos gestores ainda não demonstraram algo concreto que possa me animar.
      Vou estudar um pouco mais as formigas!
      Beijus,

      Eliminar
  6. Maravilha e que sirva de aleta.. As formigas deram o recado...beijos,de volta, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tomara, Chica!! :)
      Uhuuuuuuuuu chegou!!
      Beijus,

      Eliminar
  7. Um espetáculo este seu post. Sinto as formigas andando pelo planeta... aqui onde moro a coisa também anda assim.
    Gosto delas e as admiro >>> lá na casa delas... ^.^
    Vou conferir todos os links agora...
    Beijão...sempre agradecido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Astrid!
      Bem verdade que as formigas só saem da toca quando procuram por comida. Eu estou a deixá-las com fome, pois em casa elas não tem aparecido! Será que sou má? Tenho mantido em casa uma aranha - não desfaço a teia de modo algum e não mato aranhinhas - e também uma lagartixa! :) Beijus iluminados para você!

      Eliminar
  8. Muito, muito bom! Estou rindo aqui com o comentário da Astrid... rsrs Beijo, beijooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Astrid é ótima!! :) Ela me diverte e alegra sempre!! Beijus,

      Eliminar
  9. Vem cá, diz pra mim que essas formigas são de mentirinha. Porque salvo seu ótimo texto, se eu visse uma formiga desse tamanho, entraria em pânico rapidinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos acostumados com formiguinhas pequeninhas, daí penso se as baratas também fossem baratinhas pequenininhas, também sentiríamos tanto pavor... as formigas carregam micróbios tanto quanto as baratas, mas se uma formiga passeia pelo seu prato enquanto toma um lanche, você para de comer cheia de pavor? Esse é o pânico... as formigas são seres gigantes, ou não? :) Beijus,

      Eliminar
  10. Luma,as formigas invadem os lugares mas, na verdade, nós é que tomamos o lugarzinho delas quando construimos.Um texto excelente,adorei saber mais!bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Anne!! Quem chegou primeiro na terra? :) Beijus,

      Eliminar
  11. Formiga gigante? isso aí parece mais uma formiga alienigena! Nunca vi uma formiga do tamanho de um cachorro. Uma vez vi um video sobre a australia, e parece q todo ando ela é invadida por crustácios e vira um mar velho, mas isso aí é qeu é impressionante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk eu ri!! Formiga do tamanho de um cachorro é mesmo alienígena! Não tinha pensado sobre essa hipótese!! (rs*) Talvez elas sejam... Não sei sobre esse acontecimento na Austrália! Vou pesquisar!! Beijus,

      Eliminar
  12. Post interessantíssimo, Luma. No caso de uma tragédia nuclear, talvez as formigas, além das baratas, também sobrevivam. Sobre a invasão em Cabo Frio, lembrei da observação de Mário de Andrade em Macunaíma (depois samba enredo da São Clemente, em 1986): "Muita Saúva, Pouca Saúde, Os Males do Brasil São". Nossos problemas continuam os mesmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Jens! Não conseguimos consertar os erros e os problemas frutificam pelo mundo. Quem sabe devéssemos correr para o infinito e esquecer do agora? É triste tudo isso! Beijus,

      Eliminar
  13. Luma:
    Sempre gostei de observar formigas, formigueiros, quando criança.
    E agora quase não as vejo. Aqui aparecem "de vez em quando"(um dizer mineiro)
    Gostei muito do seu texto e as formigas dando seu recado.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Anny!
      Esse também era um exercício que fazia e ainda hoje, quando vejo formigas em carreata, tento bagunçar o coreto! :) Ou ver onde é a festa!
      Obrigada!!
      Beijus,

      Eliminar
  14. Pode parecer bonitinho o trabalho das formigas, mas existe uma espécie difícil de ser exterminada! São as saúvas que estão em Brasília, corroendo o nosso bolso e retalhando o patrimônio de todos nós! "Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eita!! Essas são as piores, pois são parasitas!!
      Beijus,

      Eliminar
  15. minha nossa que assustador, rss- é vdd as formigas tem muito a ensinar...
    Um abraço

    Patrícia Alves
    Blog Agape
    Patyiva
    Vou Conseguir

    ResponderEliminar
  16. Todos os dias aprendemos um pouco. Interessante o que nos
    diz sobre estas formigas e o Património.
    Gostei de saber.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  17. As duas vertentes deste foco formam um par perfeito, Luma:preservação do meio ambiente/do patrimônio histórico.A porcentagem de formigas e cupins é gigantesca conforme vc apontou e há mesmo a crença de que em camadas abaixo do subsolo existam megalópoles de formigueiros.
    Usei muito a animação FormiguinhaZ para ilustrar e debater o assunto nas aulas de ciências.As atividades eram férteis.
    Um lindo dia aí.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Calu!!
      Os pequenos são movidos pela curiosidade!! Ainda não assisti a animação FormiguinhasZ e vou procurar para saber como é. Quem sabe não aproveito para contar sobre a animação para as crianças da creche?
      Pois não é incrível como existem mundos que não conhecemos e que estão debaixo dos nossos pés?
      Beijus,

      Eliminar
  18. Preservar é preciso,Luma!!

    beijão!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, DO!
      Que alegria te ver por aqui!
      Espero que esteja bem!!
      Beijus,

      Eliminar
  19. Olá Luma..:)

    Invasão de Formigas Gigantes, o Globo Terrestre=um grande formigueiro de variadas espécies!! Ah..parece filme de ficcão..:))
    Gente quadrada= gente que só dança quadradinho?..:-)))
    Ótemo e ótima semana!!
    A big Hug and Tchauzinho
    Música:
    01 - Formigas Gigantes
    02 - Giant Ant - rainha Atta sp - Close Up
    03 - O Ataque Das Formigas Gigantes(Legendado-1977)
    02 - Yamagata Yukio - Yume no Karyudo - Makyou Densetsu Acrobanchi theme song-sub.eng

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Elena!!
      Gente quadrada é aquela que não aceita quem goste de dançar o quadradinho... rs.
      Nossa! Que vídeo assustador! Imagina ser levado para dentro de um formigueiro!!
      Jesuix, acho que vou ter pesadelos com formigas!! Assisti o começo do filme e deixei pausado para terminar de ver amanhã, por causa do adiantado da hora...
      O último vídeo, apesar da temática diferente, me fez lembrar de Speed Racer...
      Bom fim de semana!!
      Beijus,

      Eliminar
  20. Oi, Luma! Eu adoro formigas, é uma das colônias mais perfeitas sobre a face da Terra, sem falar no fato de que são muito organizadas.
    Eu não sabia que elas produzem muita endorfina...talvez pelo fato de que trabalham muito e não perdem tempo com bobagens.
    Adorei o post, e a mensagem. Sejamos resistentes e unidos. Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Bia!!
      Gosto bastante das formigas, mas elas lá e eu cá! :)
      Se elas produzem altas doses de endorfina, não sente qualquer tipo de dor... quicá, dor de amor?
      Beijus,

      Eliminar
  21. Bom amiga num país tão grande as formigas não podiam decerto ser iguais às nossas. Ainda assim fiquei impressionada.
    Aqui diz-se que casa onde entram formigas é casa rica.
    De qualquer modo será necessário preservar o monumento. Muito bonito a propósito.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa, Elvira!! Já pensou se as formigas fossem proporcionais aos países? Talvez eu quisesse morar em um principado! :)
      Elvira, também oiço isso. Mas a Beatriz disse outra coisa...
      Uma construção totalmente portuguesa e entre os preservados, ela mantém detalhes de construção rara!
      Beijus,

      Eliminar
  22. Olá Luma,
    No momento não posso dizer algo de bom sobre as formigas porque tem um especie aqui em casa que esta me deixando louca, formigas de fogo o nome chamado aqui. Elas ferram e deixam o local inchado e vermelho, nem sei mais o que fazer, mas posso dizer que são resistentes e teimosas. Como deveriamos ser.
    Adorei o texto.
    Um lindo dia
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui!!
      Acho que tem que chamar alguém capacitado para controlar o crescimento desordenado delas!
      Boa sorte!!
      Beijus,

      Eliminar
  23. Realmente temos muito o que aprender com as formigas. A bíblia cita elas como referencia de grandeza para instruir o homem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sabia dessa passagem bíblica! Muito bacana! Devemos observar mais as formigas - elas aprenderam e agora possuem muito a ensinar!! Beijus,

      Eliminar
  24. As formigas fazem o seu trabalho...
    Nós é que não fazemos o nosso.
    A inteligência coletiva das formigas é impressionante. Comparada com a dos humanos, deve ser várias vezes superior.
    Magnífico post.
    Querida amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Nilson!
      Ainda temos que aprender a não sermos indolentes...
      Beijus,

      Eliminar
  25. Muito curiosa sua postagem , não sabia dessa proporção ´formigista e insetista` rsss caso a se pensar ...mas onde tem formiga tem dinheiro, acho que não procede, elas estão sempre na minha cozinha e o $$$ ? rsss esse não sei onde esta ...

    bjim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo, comida é riqueza. Vamos assim pensar... rs.
      Beijus,

      Eliminar
  26. Oi Luma
    Ótimo post! A formiga é um bichinho que eu admiro muito, ela é muito trabalhadora! Eu já sabia muito sobre ela, mas seu post acrescentou mais ainda! Sabia que diz a lenda que o Padre Anchieta passou pela minha cidade Itanhaém? Tem até uma pedra numa praia que chamam Cama de Anchieta! Agora essas formigas aí são de verdade mesmo?! Ual, são imensas!!!
    Bjos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Luciana!
      Também admiro bastante as formigas! Tanto que a resposta que dei na entrevista do Recanto dos Autores, respondi que gostaria de ser uma formiga.
      Não sabia da história da sua cidade! Vê como é bom nós interagirmos? :)
      Beijus,

      Eliminar
  27. Oi Luma! Quem dera nossos governos seguissem o exemplo das formigas. Sou sempre arrebatada e enriquecida quanto à conscientização da importância da preservação do patrimônio público para a construção da memória e identidade de um povo. Beijo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Renata!!
      Se todos fossem como as formigas, tudo seria mais fácil! Acho que o mundo seria mais sincronico e não teríamos tantos aborrecimentos com a burocracia. Os políticos trabalhando sem pensar em corrupção, levando em conta a nobreza do trabalho... paraíso!! :) Beijus,

      Eliminar
  28. Nao sabia que as formigas tem tantas qualidades: ser social, cheio de organizaçao. Quer dizer, sabia mas nao sabia. Não prestava muita atenção. Confesso que, diferente de voce, levei um susto sim quando vi a foto no seu blog. Por segundos acreditei que aquelas formigas fossem de verdade. Realmente um excelente alerta.
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Cam!
      Acho que quando estudamos as formigas na escola, decoramos sem refletir. Pois é... acho que a educação escolar poderia ser melhor aproveitada!
      Foi uma ideia muito boa e se você quiser vir visitar a intervenção, ela ficará exposta até o dia 24 de Junho.
      Beijus,

      Eliminar
  29. Ainda bem que as formigas são só para turista ver...
    Em África (Angola, inde estive, 2 anos, na guerra) a formiga kissonde (salvo erro, era esse o nome que lhe davam), mordia-nos e mesmo que arrancássemos o corpo, a cabeça continuava a morder (são carnívoras). Bem, mas estas, as kissondo, são bem mais perigosas, são verdadeiras.
    Um abração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Meu amigo!!
      Que saudade de ter você por aqui no bloguito!!
      Nossa!! Que formiga feroz! Por aqui, a pior que temos chama-se saúva e come toda a lavoura!
      Que eu não cruze com uma kissondo!!
      Beijus,

      Eliminar
  30. Não sabia que ela produziam tanta endorfina, ótima matéria.

    ResponderEliminar
  31. Fiquei assustada!
    Parabéns Luma!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a realidade, Tânia!! :)

      Eliminar
  32. a formiga tem que ter vocação pra formiga...acho que entre os seres humanos, se fossemos transformados em formigas, os que melhor se adaptariam a rotina delas seriam os orientais. Os brasileiros, com certeza, acabariam com a organização do formigueiro.

    Quando eu era garota comia farofa feita com bunda de formigas que uma vizinha preparava; os filhos dela e eu íamos pra um terreno baldio e enchíamos as latinhas com formigas.

    Não lembro do sabor, mas se eu comia, devia ser bom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      A formiga nem sabe se tem vocação ou não. Ela nasce formiga e não luta contra o seu destino. Vai à labuta!!
      Isso é mentira! (rs*) Duvido que você comia formiga...
      Beijus,

      Eliminar
  33. É, que sirva de alerta e que fiquem bem longe de nossas casas, pois destroem entre outros malefícios.
    Beijuuss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Regina!!
      Não tão devastadoras quanto os cupins, mas fazendo estragos da mesma forma!
      Beijus,

      Eliminar
  34. Adoro formigas! Elas são um dos insentos mais diligentes que conhecemos. O povo tem medo de uma invasão de animais grandes, mas a terra são dos insentos! Achei linda a exposição das formigas gigantes, uma boa ideia para falar delas e de seus maléficios.
    bjs
    Jussara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Jussara!
      O mundo é dos insetos! Eles são resistentes às bombas atômicas, precisam de mais? Acho que os cientistas deveriam estudar essa resistência, pois os humanos estão cada dia mais fragilizados pelas ameaças de guerras. Se fóssemos mais resistentes, talvez até mesmo a arma de guerra mudaria... rs. Beijus,

      Eliminar
  35. Luma, que proposta criativa do Artista plástico Paulo! Amei as matérias primas utilizadas p/ as formigas gigantes. Sempre falo que faço trabalho de formiguinha, por instinto, não sabia que essas pequeninas têm tantas habilidades e competências.
    Estive expondo ontem numa cidade próxima, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, educar as crianças ainda pode ser a salvação p/ nosso meio...

    Bjãoooooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Bia!
      Sabe que quando soube do material que seria usado, lembrei de você. Depois novamente quando estava escrevendo o post! :) Sim, o trabalho de formiguinha é persistente e eficiente!
      Ah, muito bacana!!
      Beijus,

      Eliminar
  36. Sabe Luma, gostaria que nós tivéssemos a mesma organização das formigas. Seria muito bom para o planeta.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Francys!
      Mas o homem é indolente e trabalha para descansar, ao contrário das formigas que trabalham em função de um bem comum!
      Beijus,

      Eliminar
  37. Luma, aqui em casa tem muitas formigas. A minha tese é de que há algum desequilíbrio ambiental, pois não é normal... mas se aparecesse alguma desse tamanho, eu me mudaria. Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Patrícia!
      O desequilíbrio pode estar acontecendo pelo excesso de comida que estamos expondo à elas, tanto em casa quanto jogamos no lixo. O pior prejuízo está no descarte de hospitais que podem contaminar os insetos e esses contaminar os humanos.
      Beijus,

      Eliminar
  38. E muito bem lembrado, Luma. O ambiente é a nossa casa. Há que consciencializar cada vez mais os insensíveis e os poderosos que não ligam aos meios para atingirem os fins...

    Bjo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Odete!! Aqui estamos revoltados e incomodados com as formigas caminhando em nossas entranhas. Já viu os fatos no noticiário? Beijus,

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor