Autorretrato

No início do século XX, o Juiz Criminal Dr. Edward Vicent Jones, formulou as bases da ciência chamada Personologia, onde confirma existir 68 traços na fisionomia humana que revelam os nossos interesses, carreira a seguir, personalidade, interesse sexual e até mesmo o grau de burrice nos relacionamentos. Combinando estes traços, ele chegou a 150 possibilidades de tipologia.

Garanto que quem ler as indicações, correrá para a frente do espelho, se por curiosidade ou não, se para comprovar aquilo que já sabe sobre si ou duvidar se este "manual de leitura da face" - para encontro da identidade, possa ser levado à sério.

Frida, auto-retrato

As telas de Frida Kahlo retratam seu sofrimento físico e suas perdas afetivas. Você acredita que ela se tornou quem foi por causa de tudo o que passou ou que seus traços físicos marcantes já denotavam uma personalidade forte?

Você acredita que a leitura facial possa identificar nosso modo de agir, nossa conduta e forma de encarar a vida? Essa ciência prevê nossa personalidade, assim como nós à primeira vista analisamos o outro e fazemos estimativas.

Nesta análise personológica, quem tem cabelos espessos seria uma pessoa insensível e o contrário, quem tem cabelo fino seria uma pessoa sensível. Isto não quer dizer que essa sensibilidade esteja agregada ao modo de agir expansivo, já que combinado com alguma outra característica, a pessoa possa ser mais reservada com os seus sentimentos.

Uma característica sozinha não define a personalidade e sim a combinação de várias características. Se o estudo revela que pessoas de queixo grande são autoritárias, mas se a pessoa também tiver cabelos finos, supomos que ela seja uma pessoa responsável. Se agregado a esses fatores a pessoa tiver a tendência a ter uma pele lisa (esticada, independente de plástica), ela gosta de coisas limpas e arrumadas.

As sobrancelhas... são espelhos refletores principalmente de bipolaridades e angústias. Sobrancelhas muito arqueadas podem refletir fenômenos interiores de histeria, instabilidade emocional ou neurose e dentro da metodologia dos pêlos, há quem sofra de tricotilomania, mania de arrancar suas próprias sobrancelhas ou qualquer outro tipo de pêlos do corpo.

"Se você tem sobrancelhas próximas aos olhos, você gosta de ficar muito íntimo com as pessoas, conversar sobre assuntos pessoais e contatos mais diretos. E se as sobrancelhas forem retas, você vai logo ao assunto: pode ser ou esta difícil? Detesta discussão. No caso de sobrancelhas arqueadas, a conversa vai durar muito, com muitas descrições e detalhes. Agora, se sua sobrancelha fica bem no alto, desculpa, com licença, obrigado, são palavras comuns no seu vocabulário sempre formal, frio e calculista" Personologia, Hermano Leitão, São Paulo, 2004.

Dentro da história da fisionomia existe uma grande quantidade de evidências empíricas que correlacionam as características faciais e traços de caráter. No final, descobrimos que não podemos controlar conscientemente a nós mesmos. Nós tentamos ser racionais. Mas, o que nos guia é o desejo inconsciente que, mais cedo ou mais tarde a nossa natureza se manifesta. Melhor quando podemos nos apreciar sem culpar os outros ou ser a desculpa de nós mesmos.



Este texto é parte integrante da blogagem coletiva "Minha ideia é meu pincel" promovida por Glorinha L. de Lion. A tela da semana: "Autorretrato - Frida Kahlo". Participem!! Pra variar estou postando com atraso.

*Autorretrato: não escrevi errado, estou seguindo as regras do acordo ortográfico!
*Quer saber a biografia de Frida Kahlo?

37 comentários :

  1. Oi,Luma querida
    Vc fez um post dentro da psicologia e eu gosto demais do que postou.
    Vou,com calma,ver o link que nos sugeriu... ver minha face no espelho...
    Quanto à interior,só com o espelho da alma...
    Bjs de paz e tenha ótimo fim de semana junto aos seus queridos.

    ResponderEliminar
  2. Puxa,Luna!Que aula deste sobre tudo por aqui! Linda e bem elaborada tua postagem.

    Mas nada me faz gostar dessa ela,rsrs...beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Luma:
    Penso que somos uma soma de ações e pensamentos e considerações
    Se nossos rostos podem demonstrar o que somo totalmente, talvez não. Mas quem sabe traços?

    ResponderEliminar
  4. Luma, vc tem sempre um coelho nessa sua cartola mágica! Que loucura! Não sei se acredito nessa doideira toda de se o cabelo é assim, a pessoa é assado...eu ein? Coisa de louco...mas interessante é...quanto ao novo jeito de escrever eu vou continuar escrevendo Auto Retrato...junto é muito feio...ô língua complicada essa nossa! beijitos!

    ResponderEliminar
  5. Chiiiii, Luminha, sei não, este site é meio esquisitinho, não dá pra acreditar nele não!
    As minhas sobrancelhas são meio arqueadas, portanto, gosto de papo. hehe
    um super abraço carioca

    ResponderEliminar
  6. Oi Luma,
    Gostei da sua abordadem na blogagem coletiva, usando a Frida Kahlo como um bom exemplo de como os traços da fisionomia podem dizer algo sobre a personalidade da pessoa. Este estudo é bem interessante e acredito no seu fundamento.

    Olha, confesso que em alguns momentos não é fácil me apreciar assim do jeito que sou... rsrs
    Abraços!!

    ResponderEliminar
  7. Oi Luma,
    Muito bom, como sempre!!!!
    bjo,
    Verônica

    ResponderEliminar
  8. Luma que barato o seu post. Interessante como os nossos traços físicos podem ter relação com nossa personalidade.
    Já estou no link indicado por você.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  9. Luma, amei a abordagem original.

    É um assunto que muito me agrada: MESMO!

    Muito grata pela partilha*

    Um beijo de sobrancelhas arqueadas - traços histéricos sim, meu bem, segundo titio Reich ;)

    ResponderEliminar
  10. Oi Luma
    Interessante o que traz, mas peno que somos resultado das nossas interações e através dela fazemos a nossa auto imagem e formamos a nossa visão do mundo. Acho mesmo que nosso rosto, postura, etc expressam o que somos.
    Fiquei curiosa e vou ver o link que citou.
    bjs

    ResponderEliminar
  11. Luma, acho que há maneiras de definir as pessoas, através de vários pontos de observação.Então, é válido o estudo dos traços do rosto.
    (não li o site pois não sei inglês. Tem em português?)
    Acho que nascemos com a personalidade definida, embora possamos nos modificar ao longo do tempo, por comodismo, circunstâncias, criação, etc, mas o "grosso" não perdemos.
    Bj

    ResponderEliminar
  12. Aí garotona, sempre genial!!!!Não entendo por que voce nao foi ser publicitaria, ia ser milionaria. Mas quem disse que esse é o melhor dos mundos? Te garanto que nao é. Cabo Frio e a vida do jeito que voce escolheu é muito melhor.
    Gurdieff tb tinha algumas teorias bem especiais a respeito do rosto humano. Ele fazia uam leitura como se fosse um mapa astral. Talvez um pouco mais mais sofisiticado que esse moço da rostopatia, faceologia (?) esqueci o nome agora. Mas definitivamente aaaammmeeeeiiii o link que voce fez com esse assunto de leitura do rosto e o retrato de Frida Kahlo. Tudo a ver. Uma das coisas que impressiona na casa- hoje museu da artista é ver sua cama, onde tb estao suas cinzas ( beeem Frida) com uma mascara mortuaria em cima do potinho. E acima de tudo, um espelho de uns trinta centimetros de altura onde ela se olhava da cama para se auto-retratar. Quase tudo que fez, salvo o Viva a Vida e algumas coisas assim, tinha o retrato da propria, super auto-referente. Acredito que ela teria sido a mulher super forte que foi com os acidentes e doenças ou nao. Ela era muito a frente de seu tempo, assumindo por exemplo a bissexualidade em uma sociedade extremamente catolica e cheia de tabús. As doenças e acidentes serviram acredito, para mostrar ao mundo e a ela mesma com mais clareza ainda, a firmeza de seu carater. E sua determinaçao. Mas que Frida seria Frida de qualquer maneira, está´na cara.
    O lance do post é que surpreende como voce foi puxar o fio dessa meada. Genial. Quanto as perguntas nao respondidas, nao liga nao querida, tou muito ansiosa e frustrada, preocupada com a loja. De vez em quando descarrego nas pessoas que eu gosto, como se fosse criancinha...
    Beijos e o carinho da
    Cam

    ResponderEliminar
  13. Uau, eu adorei a sua blogagem!!!

    Eu adoro a Frida, eu a acho fantástica!!

    A nossa face, os nossos olhos, o nosso jeito vai nos definindo e muito!!!

    Adorei demais!!!!

    Certeiro!! rs

    Beijos, linda!!^^

    ResponderEliminar
  14. Interessantíssimo!
    Que sacada vc teve.. afinal é uma pintora que pintou sua própria face o tempo todo !!!...
    Vou ver os meus traços lá no linkkkkkk!!!!
    E vou navegar no teu Blog para conhecer ele! Com licença!
    William Garibaldi

    ResponderEliminar
  15. Não aprecio muito a pintura de Frida, mas admiro a sua coragem .

    Um abraço, amiga.

    ResponderEliminar
  16. Uma das coisas que eu mais admiro em você Luma são as idéias geniais que tem!
    Vou conhecer o link sugerido.
    Conheço e realizo a leitura dos traços da personalidade das pessoas olhando seu rosto e seu corpo. O corpo fala e muito!
    Como eu não gostei nadinha dessa tela da Frida Kahlo eu dei uma pincelada no assunto, fiz um meia volta volver e saí à francesa...hehehehe
    Parabéns pela belíssima paricipação.
    Beijos
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  17. Leia-se PARTICIPAÇÃO...escrevi errado...perdão!

    ResponderEliminar
  18. Fantástico post Luma!
    O final então...de arrasar...
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  19. Minha querida Luma, passei para lhe desejar um bom fim de semana, bjs

    "O amor é como o ar,
    a gente não enxerga, porém sente.
    Quanto mais puro,
    mais bem estar nos proporciona.
    A falta dele, nos sufoca a alma...
    e leva à morte em vida”


    ©Valter Montani

    ResponderEliminar
  20. Bom dia Luma,

    Tentei passar aqui ontem para comentar assim que postou, mas a chuva forte aqui na grande São Paulo - a energia ficou oscilando desde o fim da tarde até quase 00:00hs.

    Olha só, eu acho muito bacana esta coisa de autorretrato, mas será mesmo que um traço assim ou assado diz sobre quem você é?
    Creio que a Frida seria assim porque parece característico dela, mas talvez tivesse expressões mais suaves caso sua história de vida nao tivesse sido tão drástica.
    Você não a acha um tanto máscula? Ela nao passa essa imagem dupla?

    Vou correndo agora ver os links para o autorretrato. Tenho sombrancelhas proximas ao olho e sou bem do tipo fico íntima, ahahah. vou ver que mais consigo achar sobre mim neste link.
    Se não acredito, ao menos curiosa fico!

    beijos

    ResponderEliminar
  21. Oi Luma!
    Eu acredito nisso.
    Você já assistiu algum episódio da série Lie to Me? É muito interessante. O personagem principal faz leitura das expressões do rosto para saber se a pessoa está mentindo ou não.
    Bjus

    ResponderEliminar
  22. Luma Rosa...
    Xipan Zeca veio pessoalmente "gárdicê" a visita e a comentada no niver do Tatto...
    Proveitei e li teu instrutivo texto do qual corri pra frente do espelho e ..... Levei um "pusta" susto... rssss
    Obrigado
    Seja bem vinda na frôrestinha do Macaco
    Bejô
    Tatto

    ResponderEliminar
  23. Creio que nossas expressões sejam o resultado do que somos. O nosso pensamento comanda a nossa vida, portanto comanda, também, tudo em nosso corpo.

    ResponderEliminar
  24. kkk
    As minhas sombrancelhas sao arqueadas....

    Tudo meu é...
    NOS MINIMOS DETALHES....E TEM HORAS EM QUE EU PERCO UM TEMPO DANADO NOS DETALHES...

    Mas

    tem faases em que eu sou

    VAI ENTENDER OU ESTÁ DIFICIL?

    KKK


    DIAS FELIZES
    Grace Olsson

    ResponderEliminar
  25. Puxa vida, Luma. Mais uma vez você supreende abordando um assunto inusitado. Sobre o tema conhecia apenas, em passant, a teoria lombrosiana, segundo a qual a partir das características físicas é possível detectar uma índole crimonosa (observando-se a estampa de alguns bandoleiros nacionais, dos mais variados calibres, Lombroso não estava totalmente equivocado).
    Naturalmente também compartilho da argúcia popular, traduzida na expressão "estava na cara", para qualificar alguns dos malfeitores da nossa cena pública (não sei porque me veio a mente a figura do ministro Gilmar Mendes. Ou melhor, sei - hehehe...).
    Buenas, voltando ao teu post, lembro que os americanos, especialmente, caracterizam como um dos indicadores de sucesso o indíviduo ter um queixo forte e proeminente. Os durões também costumam ter traços bem definidos, como o maior de todos eles, Humprey Bogart. O exemplo referido por ti, Frida Khalo, foi extremamente apropriado. Os traços marcantes revelam sua personalidade forte.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  26. Eu estava aqui ouvindo uma música e precisei silenciá-la, não me pergunte porque, mas Frida sempre fez muito barulho a minha volta.
    Agora, com todo perdão da boa palavra, mas essas mudanças na língua portuguesa ofendem meus olhos. Sigo ignorando o quanto posso porque escrever "portarretrato" parece o mesmo que "preda" pra mim.
    Outro dia fiquei sabendo de mudanças que serão feitas no italiano também e já comecei a me multiplicar na pele. aff
    Enfim, bom fim de semana carissima
    Lunna

    ResponderEliminar
  27. Tenho cabelos finos, pela lisa e sobrancelhas arqueadas : confere!

    Rs

    Beijinho.

    ℓυηα

    ResponderEliminar
  28. Legal, Luma!
    Aprendi muito contigo. Acho que sou do tipo burrinha, já me conformei, rsrs.
    Bom final de semana, querida!!!

    ResponderEliminar
  29. Não sei até que ponto as características faciais falam da personalidade da pessoa. Porém acredito que nossas emoções vão se acumulando de alguma forma no corpo...arqueando os ombros, refletindo na postura corporal, nas dores musculares....

    De qualquer forma é um tema interessante e que gostaria de ler mais.

    abraço

    ResponderEliminar
  30. Acredito em empatia à primeira vista, e claro, "ir com a cara" faz toda a diferença, mas nem sempre os resultados são satisfatórios

    Bom fim de semana

    bj

    ResponderEliminar
  31. Querida Luma; achei super interessante e vou ler com carinho, apesar de que a psicanalise, já nos fala alguma coisa sobre isso. Geralmente comportamentos expressões e roupas, traduz o estado da pessoa. Mas a expressão facial é algo muito interessante.
    Bom fim de semana! Beijos

    ResponderEliminar
  32. Parabéns pela postagem. Inteligente, interessante, esclarecedora. Aprendi muito por aqui...

    ResponderEliminar
  33. Teus posts são incriveis, mas penso que as "marcas" que temos seja simplesmente um resultado frequência da nossa linguagem corporal.

    Hua, kkk, ha, ha, é que nos caso dos homens, cabelo grande acaba sendo um sinal de desleixo.

    Mas para as mulheres, acaba sendo um ponto de observação, pois em alguns casos, quanto maior o comprimento dos cabelos, mas zeloza ela tem de ser com eles (para também prevenir a parecimento da idade).

    Fique com Deus, menina Luma Rosa.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  34. Interessante seu post, não tive curiosidade para ir ao espelho para me analisar(rs). Gosto da Frida e acho seus trabalhos intensos.
    bjs. bom final de semana.

    ResponderEliminar
  35. Olá amiga Luma, muito interessante sua matéria, realmente as expressões tem muito haver com estado de espirito da pessoa,e também podem mostrar como é a personalidade da pessoa, já tinha lido alguma coisa a respeito.
    Parabéns pelo post.
    Beijo.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor