O Absurdo silencioso e bem-humorado

"O humor é o desespero bem-educado"

Mordillo

Com a frase acima de Boris Vian, o cartunista Guilhermo Mordillo define o seu trabalho. Mas quem está acostumado a ver Mordillo, sabe que as palavras são elementos alienígenas aos seus cartoons. Sua genialidade está justamente na utilização de um silencioso e bem-humorado absurdo para revelar a alma humana.

Mordillo

Ler declarações do artista e ver o seu retrato tem algo de espantoso - e até de herético - para grande parte de seus fãs. Entretanto, a maioria de seus admiradores não só deseja ver mais de seus cartoons como também gostaria muito de saber, afinal de contas, quem é esse mago do humor cool euro-latino?

Mordillo

Mordillo nasceu em Buenos Aires, em 1932, e passou a infância desenhando e jogando bola. Aos 18 anos começou a ilustrar livros infantis e aos 20 já fazia desenhos animados para TV e cinema. Depois mudou-se de mala e cuia para Lima, onde trabalhou em agências de Publicidade.

Mordillo
Em 1960, acabou desembarcando em Nova Iorque e trabalhou para a Paramount Pictures, executando os intervalos de movimento dos desenhos de Popeye e Luluzinha (Little Lulu). Logo passou a fazer postais humorísticos - na moda na época - e resolveu tentar a sorte em Paris. Com 24 horas em solo francês, já estava contratado pela editora Mic-Max.

A partir daquele ano, 1963, a França seria o seu quartel-general e de lá seriam exportados milhares de cartoons - publicados em jornais de todo o mundo - álbuns e posters do já famoso Mordillo, protagonizados por baixinhos narigudos, dados a hilariantes maluquices - além de calendários humorísticos e jogos.

Anos depois, suas animações em curta-metragem invadiriam a TV francesa e renderiam prêmios e medalhas.

Em 1980, sentado em sua montanha de louros - havia acabado de ser eleito presidente da Internacional Association of Comics and Cartoons - e ainda um pedestre convicto - nunca quis ter carteira de motorista - Mordillo se mudou para Palma de Maiorca, na Espanha.

Mordillo

Em 1984, ganhou o prêmio "Yellow Kid" na 16ª Feira internacional de Quadrinhos de Lucca, Itália. Em 1997, o título de "Professor Honorário de Humor" e Em 2002, "Catedrático Honorário de Humor", na Universidade de Alcalá de Henares, na Espanha. Também ganhou a medalha de prata da 5ª Bienal Internacional dos desenhadores de humor, em Tolentino, Itália, o prémio Critiques en Herbe, em Bolonha, o prémio Loisirs Jeunes, em Paris, o prémio Phenix do humor, a medalha de prata do festival internacional dos desenhadores de humor em Sarajevo, Jugoslávia, a medalha da União dos Desenhadores Argentinos...

Mordillo

Nos seus cartoons, ele torna a existência do homem fascinante. Transforma em aventura o que seria normalmente encarado como banalidade, faz com que seus personagens fujam do tédio, procurando caminhos absurdos. Um mundo onde o nonsense faz da vida algo sublime.

Mordillo

Todas essas considerações se tornam quase retundantes, melhor então é fazer como o próprio Mordillo, deixar as palavras de lado e viajar no mundo do tudo-possível de sua bela arte.

Os cartoons para ilustrar a postagem foram escolhidos em homenagem ao mês dos namorados e consta do livro: Guia do Amor. Acesse o site do artista para conhecer melhor a variedade do seu trabalho, se é que você já não conhece - Também no Facebook.

MordilloMordillo, um nome que agora é uma marca, que além de talento criativo e sorte, teve força de vontade e perseverança. Um entusiasta com desejo constante de mudança e é por isso que após uma carreira de cinqüenta anos, Mordillo ainda continua se mudando das casas e países em que viveu.

Com humor marcado por contrastes e oposições, com ponderações que se encaixam nas grandes questões da vida e sendo compreendido por adultos e crianças, pois existem dois níveis de interpretação, que fazem rir e pensar - o cartoon sem palavras que permite de imediato, tocar apenas o essencial.

"A primeira sensação é ufa! Acabei. Para mim é um trabalho duro, é duro. A última coisa que você deve fazer é assinar. E é como assinar um atestado de existência. É como eu digo: "Bem, aqui estou eu, eu ainda vivo, isso justifica o dia ou semana." [Em entrevista]

34 comentários :

  1. Luma, parabéns!!! Que texto sensacional! E belíssima escolha dos cartoons. Muito oportuna a postagem sobre esse cartunista, um dos melhores de todos os tempos.
    Abração.

    ResponderEliminar
  2. Luma
    Postei sobre a blogagem coletiva!
    Passa lá!
    http://blogcamilanovaes.blogspot.com/2011/06/gaste-tempo-com-quem-voce-ama-2.html

    ResponderEliminar
  3. Luminha não conhecia esse artista> Achei genial os cartoons e o seu texto. Acho que Mordillo é uma das pessoas que fazem esse mundo valer a pena. Obrigada pelas felicitações no aniversário de casamento. Bjs

    www.bordadoseretalhos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Que coisa legal e interessante. Eu não o conhecia(sou muito "anta" por isso?rsrs)...

    Adorei ver os trabalhos e o texto,Legal, como sempre passar aqui! beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. Luma
    Adorei o post e os cartoons.
    Nenhuma palavra = total entendimento.
    Ele é muito bom mesmo.
    beijos

    ResponderEliminar
  6. Luma, adorei o post e os cartoons. Foi muito bom conhecer mais um pouco sobre Mordillo, saber mais detalhes, o texto está ótimo, obrigada por compartilhar!

    ResponderEliminar
  7. Genial esse Mordillo. Aliás, pensando bem, já faz muito tempo que eu não vejo mais nada dele e foi muito bom estar aqui no meio de tantos trabalhos dele. Muito bom saber também sobre a biografia dele. Parabéns Luma, belo post! Meu abraço!

    ResponderEliminar
  8. Pronto! Olha o que vc fez Luma?

    No mês dos enamorados me flexaste com
    o Mordillo. Me sentindo extremamente ignorante por não conhece-lo antes...

    Vou ver mais...

    Beijos e grata pela apresentação! Não o conhecia

    ResponderEliminar
  9. Oi Luma, legal essa publiação!!
    Não conhecia o autor mas, mas sim os desenhos, lembro bem do narigão dos personagens, é a marca registrada!!
    beijo da Tin ;D

    ResponderEliminar
  10. Luma! Detesto puxa-saquismo, mas como posso ser diferente aqui, se nao posso deixar de elogiar os temas que vc tras ao Blog? Eu AMOOOOOOOOOOOOO esse Artista e fazia muito tempo que nao via seu trabalho! Algo que se referscou dentro de mim! Bjs agradecidos.

    ResponderEliminar
  11. Nossa quanta informação, adorei e aprendi mais , sem falar que as imagens são ótimas.
    Paz e bem

    ResponderEliminar
  12. Luma, nao precisa nem procurar revistas pra ficar atualizada, aqui você publica as melhores.
    Adoro cartoons, e a frase sobre o humor me sacudiu hehe

    Beijos

    # Há quanto tempo tem blog?

    ResponderEliminar
  13. Eita Luma,

    Eu já vi sim alguns trabalhos, mas nao sabia nada sobre o artista.
    Mais premiado, impossível né? Fiquei apaixonada pelos cartoons. Ótima escolha para o Dia dos Namorados.
    Beijo.
    Saudade de vir aqui. Adoro seus textos!

    ResponderEliminar
  14. eu tb conhecia alguns trabalhos, mas nada sobre Mordillo...
    100sacional, como 100pre Lumaaaaaaaaaaaa!
    bj

    ResponderEliminar
  15. Luma,que beleza a sua postagem!Fiquei encantada com esses cartoons!Realmente um grande artista!Bjs,

    ResponderEliminar
  16. Luma, estou procurando textos seus passados, voce nao tem arquivo? rs Nao to achando...

    Beijos

    Roy

    (PS: Ja tas linkada no Suma Irracional)

    ResponderEliminar
  17. Luma:
    Desenho tem estas possibilidades que a escrita não tem.
    Adorei tudo que vcê escreveu e a possibilidade de conhecer uma linha dizendo coisas.
    Obrigada!
    Beijos.
    Anny.

    ResponderEliminar
  18. Como sou meio da roça vou postar o mesmo comentário aqui também! ^.^rsss
    UAI!


    Nossa eu nào conhecia de nome o Mordilo, algumas ilustrações dele são poesia intensa! Amo este humor.. ( apesar de achar mais descontração que desespero o humor dele! mas quem sou eu pra teimar com o dono do humor! rsssss )

    Luma , eu fico espantado, com o modo como vc consegue me ler, quando me vsita lá no VF vc tem uma sensibilidade rara e intensa! Poucas pessoas consgeuem uma leitura de um ser com esta profundidade! Lês as entrelinhas... e ainda acrescenta o que eu não sabia dizer!
    Lhe agradeço muito esta sintonia!
    Bju Grande de Luz!
    William

    ResponderEliminar
  19. desde muito, além de apreciadora de cartoons,tbém os selecionava para eventuais atividades didáticas com os alunos.A riqueza dos chamados"desenhos-mudos" traz uma eloquência elevada,provocando mútiplas e ricas interpretações e alimentando a imaginação de quem os"lê."
    Fantástica abordagem, Luma.Adorei saber sobre esse artista do qual só conhecia o trabalho apresentado em jornais e revistas.
    Obrigada por mais essa ilustração.
    Bom fim de semana.
    Bjo,
    Calu

    ResponderEliminar
  20. Oi Luma!

    Gostei muito de conhecer um pouco da vida dele pois sempre apreciei o trabalho. Reverencio quem sabe desenhar e ainda por cima com humor - sou uma negação com um crayon na mão... :(

    Adorei o post e os quadrinhos escolhidos, brigaduuuuuuu !

    beijos querida, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  21. Ele "bate um bolão"...

    Liguei o notebook depois de duas semanas e no Safari do celular não estava conseguindo abrir os coemntários

    Bom fim de semana

    =)

    ResponderEliminar
  22. Meus parabéns!
    Este post é daqueles que não tem como deixar de ler TUDINHO, e principalmente depois vir comentar e parabenizar!
    Vou me informar mais sobre o trabalho dele... amo imagens!
    Bjkas

    ResponderEliminar
  23. Conheço a sua obra e delicio-me a ver onde de facto como dizes e bem "Sua genialidade está justamente na utilização de um silencioso e bem humorado absurdo para revelar a alma humana"!.

    E fizeste uma bela escolha "em homenagem ao mês dos namorados".

    Parabéns pelo post e a Mordillo ainda continua por aí:):):)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  24. Que fofos os cartoons!! Não conhecia esse artista!
    Quanto tempo q eu não passava or aqui o.O. Já estava com saudades do seu blog! =)

    Beijoss

    ResponderEliminar
  25. Humor com graça e simplicidade. Não sabia de detalhes da vida do artista, só o nome.
    Beijo e bom domingo.

    ResponderEliminar
  26. Amei os cartoons. Sem humor a vida perde a graça.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  27. Mmordillo era amigo do pai de uma amiga minha. O conheci quando era pequena para adolescente. Ele ate nos ajusou a pintar uns vidros.
    Beijos,
    Cam

    ResponderEliminar
  28. As pessoas que não são da área, não têm noção da importância que este artista tem para uma grande geração de desenhistas. Quando era criança estudei desenho e os livros do Mordillo eram revistos quase que todos os dias, era muito prazeiroso, por que meu pai adorava folheá-lo comigo! Taí, hoje em dia poucos pais sentam com os filhos - estão todos obrigados, cheios de tarefas, de não me enchem o saco, que mal podem apreciar um desenho. Puro relaxamento!
    E ele é tão ativo que lá em Genova não se fala de outra coisa que não seja a exposição no Museu Luzzati. Infelizmente tive que vir para o Fashion Rio, mas até janeiro de 2012 poderei ver esse evento recorde que terá seis meses de duração. Haja gás.
    Luma, vamos combinar! Você está resgatando da memória brasileira, alguém que a vida toda fez sucesso no mundo, por isso te digo, o brasileiro precisa viajar!
    Besitos miles!

    ResponderEliminar
  29. Gostei dos desenhos.
    Têm muito humor...
    Beijos, querida amiga.
    Bom Domingo.

    ResponderEliminar
  30. adoro cartoons,gostei mais ainda de conhecer um pouco mais do artista.
    belo final de semana.

    ResponderEliminar
  31. Luma
    Um post completo e super bem ilustrado mostrando os detalhes e a arte de Mordillo. Quem mesmo adulto não cue um cartoom. Adorei ler e saber desse livro Guai do Amor.

    Beijos e uma linda semana.

    ResponderEliminar
  32. Que post delicioso! Texto sensacional e as imagens... ah as imagens! amei! Obrigada por me ensinar mais sobre ele.

    um ótimo dia :)

    ResponderEliminar
  33. Vim a convite da Luci Cardinelli. Belo post! Delícia de imagens e texto UFA!!!

    Seu dia seja tão bonito quanto este trabalho!

    ResponderEliminar
  34. Gostaria muito de rever umas revistinha que foram publicadas por aqui com distribuição gratuita, se não me engano, foi pela empresa Roche, mais ou menos em 1984 / 1985 Tinha uns 6 livrinhos com o titulo de: Tudo sobre dor de cabeça, tudo sobre dor e febre, etc. Se alguém tiver informações agradeço. Abraço a todos

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor