Na trilha do Guará Vermelho, Scarlet Ibis, Endocimus ruber...

Heróis da Resistência, foi com esse título que o Globo Rural iniciou uma matéria onde relata como o Guará vermelho, tornou-se vítima de sua própria beleza e personagem símbolo da recuperação ambiental de Cubatão.

Guará vermelho
imagem

Lembrei de quando pude conferir de pertinho essa ave, numa época em que a sua cor fica mais intensa, entre os meses de Agosto e Setembro. As fotos que tenho são de anos atrás e não condizentes com tanta beleza, portanto, também resgatei algumas do flickr para ilustrar a postagem.

A História conta que Padre José de Anchieta tinha o dom de falar com os animais e que também dominava os elementos naturais. Em uma de suas viagens de catequese, encontrou um bando de aves vermelhas e as chamou para proteger os irmãos do sol causticante, a ave em questão: o guará vermelho.

Independente das histórias e lendas que nos contam, a natureza sempre foi muito generosa e não economizou nas cores do manguezal de Cubatão. A cidade que sofreu o estigma de ser considerada a mais poluída do mundo, percorreu o caminho inverso, recuperando sua flora e fauna. Tanto que, até mesmo o mais famoso dos moradores do mangue, o guará vermelho - que corria risco de extinção - voltou, reconhecendo ali um ambiente seguro para se procriar.


imagem

A colônia cresceu e já tem mais de 500 aves. Elas podem ser observadas em um passeio de barco, com duração de três horas, partindo da Ilha Caraguatá e a visão é um estímulo para os olhos. Está é a única população de guarás fora da região que compreende o Amapá e o Maranhão. Mas é apenas uma das 195 espécies de pássaros encontradas no manguezal de Cubatão. Por lá voam também colhereiros, garças brancas e azuis, binguás, socós, quero-queros, talhamares, entre outros.

Parece impossível para a cidade que foi símbolo de poluição em 1983, ter sua recuperação reconhecida pela ONU (Organização das Nações Unidas) e da mesma forma, os animais também perceberam essa recuperação e agora colorem o que chegou a ser um lugar sem vida.



O melhor horário para observar os guarás é na hora da alimentação e basta consultar a tábua das marés para saber a hora da maré baixa. Por ser difícil de chegar perto deles é necessário uma tele-objetiva para fotografá-los. Possuem um tamanho médio de 60 centímetros e mesmo ao longe são inconfundíveis.

São aves carnívoras que se alimentam de caramujos, insetos e caranguejos, andam vagarosamente na beira da água com a ponta do bico submersa, abrindo e fechando a mandíbula rapidamente em busca do alimento. A preferência por esse tipo de alimento, explica a presença dos guarás em manguezais, como o de Cubatão.

Durante a época de reprodução, várias fêmeas ficam ao redor do macho, que procura uma área onde, mais tarde, ficará o ninho, normalmente construído nas árvores típicas dos manguezais. Neste período, o bico do macho torna-se negro e brilhante. As fêmeas possuem o bico mais fino e a mantêm a cor inalterada, sempre parda e com a ponta enegrecida.

O tom vermelho-carmesim das plumagens só se evidencia nos animais adultos e os mais novos possuem uma coloração pardo-cinzenta nas penas superiores e quase branca nas inferiores.

Se o guará deixa de se alimentar de crustáceos a produção de pigmentos vermelhos cai e sua plumagem fica parecida com a cor das aves mais jovens - este fenômeno é comum em pássaros em cativeiro que têm uma dieta diferenciada das aves em seu habitat natural.



Um vermelho intenso que contrasta com o verde. Parece sangue saindo da terra, até que você se aproxima e ao alçar voo, você simplesmente se cala.

Visite o flickr para apreciar mais imagens do Guará Vermelho - Deixei de publicar fotos lindas no post porque algumas possuem restrições à distribuição pública. Atentem para este detalhe - publicar imagens sem referência ou permissão do autor é configurado plágio. Quer evitar que suas imagens sejam plagiadas? Leia este artigo.


imagem

Este texto é parte integrante do encontro de amigos e blogueiros promovido pela Glorinha do Blogue Café com bolo: "Colorindo a Vida". Hoje a cor escolhida é vermelho ou vinho, escolha a sua e participe! Vamos colorir a blogosfera!

46 comentários :

  1. O guará é mesmo um herói da resistência: mesmo aqui para o Meio-Norte, onde ele é mais "abundante", a luta é brava e diária contra as destruições dos manguezais, uma fonte natural de alimentação desta espécie tão bonita e que anda tão ameaçada... Adorei seu 'post'! Abraços vermelhos para minha manamada!

    ResponderEliminar
  2. Eu cresci ouvindo falar (mal) de Cubatão. Que delícia e orgulho foi quando soube que tinham conseguido limpar a cidade, mas agora vem a confirmação oficial: lindos guarás! Espero poder vê-los em breve.

    Beijo!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Luma!
    Uma aula maravilhosamente vermelha!!!
    Adorei as imagens e o texto, como sempre brilhante!
    Parabéns de coração.
    Tenha um lindo dia!
    Beijos
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Luma!
    Um texto maravilhoso para ilustrar um dia colorid de vermelho. E para ilustrar os guarás.
    Muito bom. Sabe, adoro esta cor mas fiquei inibida e sem conseguir verbalizar sobre ela. Agora venho aqui e te conto isto. Penso que estou fazendo uma reflexão sobre o assunto.
    E no fundo isto não é assustador, é só uma parte do assunto que ainda não tinha compreendido direito.
    Bejos.
    Uma boa semana colorida de vermelho.
    Anny.

    ResponderEliminar
  5. Te entendo, Anny!! Cresci ouvindo a minha mãe dizer que quem usa vermelho quer aparecer! :=)

    ResponderEliminar
  6. Oi Luma,

    Os guarás são lindos lindos. Esta tonalidade de vermelho é "vibrante" , assim como os tie-sangue.
    Mas o melhor foi esta boa notícia sobre Cubatão. Também cresci ouvindo falar mal dessa cidade e saber que conseguiram superar isso e inclusive ser reconhecida pela ONU, preservando estes bichinhos, é muito bom.
    O vermelho (pra roupas, batons) acha muito "cheguei" sabe?! Não combina com minha personalidade. Acho que faz com que eu chame atenção mais do que gostaria.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Desculpe Luma, o comentário não estava entrando, depois apareceu todos de uma vez, por isso apaguei.

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Oi Lumaaa! Que felicidade saber que Cubatão está com a sua natureza recuperada! Cresci ouvindo e vendo coisas terriveis sobre a cidade..ótima notícia saber que os guarás estão procriando e os animais voltaram..sinal que é só querer que o homem consegue consertar o que fez de errado.
    bjs.

    ResponderEliminar
  11. Olá Luma,
    Muito interessante e bonito o seu post, muito mais interessante quando eu vivo num outro país onde a fauna é mais limitada e não tão exuberante.
    Beijinhos,
    Manú

    ResponderEliminar
  12. Nossa! Fiquei imaginando o que não deve ser assistir a uma revoada destes pássaros. Lindos demais.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Espetacular essas imagens Luma. Brilhante texto.

    Forte abraço e boa semana.

    Alôha com muitas bençãos.

    Hod.

    ResponderEliminar
  14. Oi Luma.
    Sensacional a recuperação de Cubatão. Impressiona a capacidade de regeneração da natureza. O mundo tem futuro - alguns predadores humanos é que atrapalham.

    Um beijo e, agora publicamente, obrigado pelas orientações.

    ResponderEliminar
  15. Luma, este teu post me deixou muito contente, saber que Cubatão conseguiu ser reabilitada é uma notícia maravilhosa, uma lufada de oxigênio nesta atualidade tão caótica. E também fiquei conhecendo estes pássaros tão belos e que felizmente conseguiram este habitat para se reproduzirem. Como sempre sempre saimos enriquecidos aqui do Luz.
    Beijos e uma boa semana para você.

    ResponderEliminar
  16. Luma,

    Eu não sabia do simbolismo envolvendo o Guará Vermelho e a cidade de Cubatão.

    Essa cidade conseguiu reverter a própria situação e, consequentemente, a imagem que o Mundo tinha dela.

    É bom saber que o Guará teve grande participação nisso e que, agora, ela não corre mais risco de extinção.

    Luma, peço-lhe desculpas pela minha ausência. É que eu estava sem computador. Mas agora, ele está de volta, já atualizei meu blog e estou novamente visitando os blogs amigos.

    Beijão, Luma, e uma ótima semana pra você.

    ResponderEliminar
  17. Oi Luma!

    Lindas fotos, parabéns. E repetindo o já dito acima: bom saber que Cubatão está de volta à vida!

    Eu ainda vou arranjar um tempo para participar dessa postagem "em cores", me aguarde... rs

    beijos grande e boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Lindos! As cores da natureza são avisos , parafraseando Leoni, são pistas que Deus nos deixou para sermos felizes. Tomara que continuem a ser respeitados e a enfeitar de vermelho (minha cor) o mundo!
    Beijos Luma!

    ResponderEliminar
  19. Luma acho que foi esse avae que deu io nme a uma cidade muito especial aqui do ES, Guarapari. Será? Adorei tudo. Bjs

    ResponderEliminar
  20. A natureza é sábia ne? Lindo animal, linda cor... eu tava aqui lendo e conversando comigo mesma: que pena que meu filho está dormindo, pois ele ia adorar ver estas fotos do Guará.
    Cubatão ainda sofre preconceitos, porque muita gente acredita que continua sendo aquela coisa podre de antigamente...
    Bjks pra corar a face !!!

    ResponderEliminar
  21. Interessante, mas a cor rosa é devido há algum fator externo (senão me engano, o flamingos rosas tem esta cor nas penas por causa do sal de ondem eles vivem)?

    E não estou te excluindo menina =P

    Sempre te visito, mas este dias acumulou muita coisa, fora que os primeiros dias em casa também acumula as coisas pessoais a serem feitas.

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  22. Luminha querida!
    A primeira vez que passei por Cubatão, indo pra Santos, quase entrei em deprê, isto foi no final dos anos 79. Da segunda vez, um sorriso apareceu em meus lábios ao ver que a cidade era outra, coisa que só mesmo os governos paulistas conseguem fazer, diferentemente dos nossos cariocas. Até o cheiro insuportável era quase imperceptível.
    Mas, não vi estes lindos pássaros, ainda não estavam por lá.
    Adorei saber por aqui contigo e nesta espetacular blogagem e idéia de minha web-mana Glorinha.
    Amei!
    beijos cariocas vermelhaços

    ResponderEliminar
  23. Que reserva linda! Imagino o colorido ao vivo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  24. Como são lindos os guarás!
    Gostei muito de saber sobre eles.
    Bjs,Rozani

    ResponderEliminar
  25. Olá Luma Rosa!

    Que lindas aves! Gosto muito de pássaros e então desta cor nem se fala! O Flickr é dos melhores bancos de imagem de aves - uma pessoa fica ali horas e horas a namorar os pássaros! :-))
    Um grande bem haja por esta reportagem.

    Beijos***deFada

    ResponderEliminar
  26. Puxa,que lindo passeio fiz poer aqui, enchendo meus olhos com essas belezinhas vermelhas...beijos, parabéns!chica

    ResponderEliminar
  27. ai q lindo!!!! espetacular...

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderEliminar
  28. Adorei Luma!!!
    Você sempre contribuíndo pra aumentar nossos conhecimentos...obrigada!!

    beijoca e uma linda terça pra você

    ResponderEliminar
  29. Oi Luma!
    Que presente esse post, não conhecia essa ave, um deslumbre para os olhos!
    Bjks.
    Mari

    ResponderEliminar
  30. Eu morei em Cubatão por um bom tempo e acompanhei de perto a recuperação da cidade. Naquele tempo eu estava lá como engenheiro e trabalhava em alguns projetos desenvolvidos. Lembro do quanto se dizia ser impossível recuperar a cidade e tudo mais. Impossível é o que o homem segue fazendo nos dias atuais. Impossível é a gente pensar que não pode fazer nada, cruzar os braços e ficar esperando por milagres.
    Grande abraço menina

    ResponderEliminar
  31. Que beleza de post adorei essas aves tão vermelhinhas!
    Fotografias ótimas!!
    Lindo!

    ResponderEliminar
  32. Olá! Estou aqui para agradecer a sua visita e retribuí-la. Adorei o seu post também. As imagens são lindíssimas.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  33. Que maravilha! Lindíssimos esses Guarás vermelhos.

    Cubatão está de parabéns por ter recuperado sua fauna e flora. Houve uma época em que Cubatão era vista como uma cidade muito poluída.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  34. Gostei, Luma. Do post e das fotos! :) Boa semana.

    ResponderEliminar
  35. Fico impressionada com o colorido das aves tropicais. Esta é impressionante e...tirando o padre Anchieta, tudo foi novidade para mim neste post.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  36. Que bom que a natureza possa ser recuperada! Lindas fotos...
    Um beijo,
    Dani

    ResponderEliminar
  37. Adoro aves e ṕássaros , tenho o habito de observá-los sempre que posso. E essas aves vermelhas são um colirio para os olhos.
    Cubatão é uma prova de que quando existe vontade politica e da comunidade é possível melhorar o ambiente, pena que ações como a de Cubatão ainda são poucas.
    Um belo exemplo.

    ResponderEliminar
  38. Amiga Luz de Luma, parabenizo-a pelo excelente texto e pelas belas imagens desta tão bela ave, o guará vermelho. Gosto muito de aves, mas no seu habitat natural. Abraços. Roniel.

    ResponderEliminar
  39. Obrigada pela partilha, Luma!

    Foi uma belíssima escolha esse tema para a blogagem! O texto está maravilhoso e as imagens, são de encher os olhos de tão belas.

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  40. Luma, tanta coisa bonita esta blogagem do vermelho me revelou! Nunca tinha visto tal beleza, nem ouvido falar. Pra mim, guará é apenas um lobo aqui das Minas Gerais, morador da Serra do Caraça. Como foi bom conhecer esse também morador do meu planeta tão querido. Cubatão me surpreendeu. Mas tão pouco se ouve falar de coisas boas, não? Na época em que era poluidora-mor, a cidade estava em todos os noticiários. Pra contar coisa boa, cadê manchete?!
    Bj

    ResponderEliminar
  41. Luma, que texto fantastico, as imagens lindas. Eu adoro os Guarás, acho verdadeiras perfeições.

    Bjs

    ResponderEliminar
  42. Sei que meu comentário não será nada pertinente ... mas eu adorei a cor da ave!! Um luxo. Bjs

    ResponderEliminar
  43. Olá Luma, tudo bem?

    Adoro sua visita! OBRIGADA PELO CARINHO.

    Lindos guarás!
    Você sempre surpreende com seus post!

    Que todos os sentimentos bons dessa cor envolva nossa vida, afinal o vermelho bate no nosso peito e corre nas nossas veias.

    beijos

    ResponderEliminar
  44. Oi Luma,

    Que ave mais linda! O Guará-vermelho era-me totalmente desconhecido e por isso já foi uma mais-valia passar por aqui hoje :D.

    Espero que esteja tudo bem contigo.

    Beijos

    ResponderEliminar
  45. Olá, Luma..:)
    Eu fiquei feliz de saber que o Cubatão está se esforçando para recuperar a fauna e a flora..:), percebe-se quão a natureza é sábia e generosa, o cenário antes maltratadas, hoje coloridas com as cores exuberantes dos pássaros...:) E, penso que existem equipes batalhando para que tudo isso ocorra, certo?..:))
    Ótima semana!!
    Tchauzinho

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor