Hello bloggers!

Cheguei agorinha há pouco e vim dar sinal de vida. Desculpe se preocupei alguns amigos, mas eu não estive online para mandar notícias. Obrigada pelas demonstrações de carinho e bem, está é uma quase postagem, só para dar sinal de vida mesmo! Rapidinho porque agora tenho que reorganizar a vida, depois de dois meses ausente do meu dia a dia e refazer minha rotina - O meu diabinho me diz que todo excesso cansa, até mesmo a ociosidade! O meu anjinho, após tantos quilômetros rodados, pede para que eu coloque os pezinhos para cima! Enquanto eles não entram em um acordo, sigo em frente.

Assim que pisei no meu andar, tive uma rápida conversa com a minha vizinha de temporada que ainda não foi embora. Todos os anos ela se excede ao sol, reclama da pele ardendo e do calor excessivo... Ela é tão, tão branquinha e sabe que nunca, nunca ficará bronzeada - e daí, todos os verões ela fica vermelha, descama e acrescenta mais sardas.

Não me incomodo com isto, realmente! Até porque, nos dias atuais, advertências que não faltam para combater os excessos de raios solares. Mas pergunto: porque uma pessoa usa uma lareira falsa em uma cidade praiana? Bem, de qualquer modo, incoerências à parte; fico feliz que minha vizinha seja vaidosa, mesmo que a longo prazo essa 'vaidade' tenha efeito contrário.

E porque no verão passado ela também estava vermelha, bem menos vermelha que este ano. Este ano ela está tão vermelha quanto uma inglesa e hoje, ainda estava agarrada a uma garrafa de gim... 'Toma um golinho, Luma?' Ah, minha vizinha! Espero que não coloque fogo no prédio.

Ela também disfarça o sombreado do sol com quilos de maquiagem e perguntou o que era bom para tirar o inchaço dos olhos. Como deu oportunidade, expus minha opinião e lógico, que estou contando resumidamente toda a nossa conversa, mas quem sabe, amanhã saberei se ela é mesmo leitora do "Luz de Luma", como sempre diz.

Dentro de cada casa habita pelo menos uma pessoa, ou não. Dentro de cada pessoa habitam anseios, ou não. Que se realizam, ou não. Mas vai dizer, cada um tem seu jeito de levar a vida. Bem ou mal, vive-se! O que pode ser mal para mim é prazeroso para outrem e vice-versa.


“As cidades são para mim como pessoas. Não sei vê-las apenas em termos de pedras, árvores, veículos, objetos. É preciso que eu lhes descubra a alma, imagine que elas me estão falando, contando como são, como foram. Sinto logo ao vê-las se me acolhem, repelem ou permanecem indiferentes. Porque as cidades têm memória e nervos, um coração que pulsa e um sangue quente a correr-lhes nas veias.” Érico Veríssimo - Gato Preto em Campo de Neve

E agora, matar saudades!!

Beijus,

43 comentários :

  1. Luminha, meu bem!
    Até que enfim! Já fazias falta em nosso meio, mas entendo que merecias este descanso.
    Nem me fale em calor, praia, sol - tô de saco cheio disso tudo, principalmente porque não acaba e chega logo o tão esperado outono.
    Ai, meu Deus, manda logo este outono!
    Aqui, agora, deve estar uns 30 e poucos graus e de dia fez 40.5. É mole! Ninguém merece!
    Saudades!
    beijinhos cariocas

    ResponderEliminar
  2. Luma,

    Ôcha que coisa boa ver um post novo aqui!!!

    Bom ter notícias também. Agora é esperar pelo que teremos, com sua mente fresquinha e imagino, cheia de entusiasmo. :DD

    Para não dizer depois que não avisei, estou começando a nova estória Druida. Hoje postei a introdução e amanhã o primeiro capítulo.

    Ah... Espero que não fique brava comigo, mas agora tenho borboleta esvoaçando pelo meu banner também. rsrs

    Ih, fiquei mesmo alegre com tua volta. Faz falta você. :DDD

    Seja bem vinda.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. É verdade cada um vive a vida como melhor lhe apetece...só espero que a vizinha perceba a tempo que tá detonando a pele, kkkk

    Seja bem vinda!!!


    bjitos

    ResponderEliminar
  4. Seja bem vinda na sua volta a realidade lindinha! Boa Noite ! Durma com Deus!

    ResponderEliminar
  5. olá Luma,

    seja muito bem vinda...heeeee....
    sua vizinha vai virar um maracujá enrugado, se continuar a se bronzear tanto....foi-se o tempo em q eu me tostava ...e achava isso lindo...muita coisa mudou...e hj uma pele bonita é sem manchinhas...é mais saudável..e o sol só envelhece....dá um bloqueador solar p sua vizinha de presente...hahaha...


    bjos e mais bjos

    ResponderEliminar
  6. Oi Luma que bom que estas de voltas, já estava com saudades. Se divertiu muito!
    Tua vizinha me parece ser uma figura,
    no próximo verão já terá virado um camarão, rsrsrs
    Luma deixei um convite para o níver do meu blog no post anterior, espero que possas participar, me deixará muito honrada e feliz!
    Beijo na alma e tenha uma semana muito linda...

    ResponderEliminar
  7. Luma, estou feliz que tenha voltado. Meu marido está de férias e logo no primeiro dia o coitado virou um camarão... Além de camarão , teimoso pois só depois de sofrer resolve usar o protetor solar.

    Beijos!!

    ResponderEliminar
  8. Bem-vinda!! E um beijinho pra vizinha-pimentão!!

    ResponderEliminar
  9. Então seja bem vinda de volta com a vizinha vermelha e tudo mais. rs
    Beijitos

    ResponderEliminar
  10. Ei Luma,
    Notei seu sumiço mesmo!

    Mas ainda bem q voltaste! Saudade de vc!!!
    Vem me visitar!!!

    Bjão de boas vindas!!!

    ResponderEliminar
  11. Salve, manamada (e ociosa! Rs)! Ando descontente com cidades grandes e com vizinhos diretos (de andar): quero, urgente e impacientemente, uma casa no campo! Abração e vê se aparece!

    ResponderEliminar
  12. Olá!
    Merecido descanso né?
    Quanto ao sol eu passo longe!
    Branca igual leite não combina fritar no sol. Rs

    ResponderEliminar
  13. Luma
    Seja bem vinda. Hum, acho que essa sua vizinha é meio tonta!
    Agora a sério: adoro Erico Veríssimo, ainda bem que o colocou aqui. Ele acompanhou a minha adolescência e fiquei ligada a ele, como ficamos sempre ligados à nossa adolescência.
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Bem-vinda, bem-vinda, bem-vinda!!!
    Os jardins estão florindo...
    Beijo, Luma.

    ResponderEliminar
  15. Oi Luma! Benvinda de volta ao lar e ao blog!
    Conte-nos tudinho, please!
    Olha, esse negócio de sol é uma loucura!
    Eu abusei tanto de sol quando era mais nova que já tive 4 cãnceres de pele e um melanoma! Eu sou branquinha também...mas não adianta falar..aqui em casa meus filhos tb abusam de sol, mesmo sendo clarinhos como eu e comigo tendo esse caso grave de câncer de pele. o ser humano só aprende na base da paulada..infelizmente.
    Beijos querida!

    ResponderEliminar
  16. Bom saber que está tudo bem!

    ResponderEliminar
  17. Muito bom ter você de volta. Também "dei um tempo" (mas fui mais modesto - só duas semanas). Quanto a sua vizinha, eu sou igualzinho (branco). mas evito o sol.Afinal, não posso revelar ao mundo o meu super poder que é o de me transformar em camarão em contato com o sol... (rs)

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. Oi, Luma. Que bom que está de volta.
    E eu, de partida...
    Vou viajar na 6a feira e só volto no dia 15/03. Espero que consiga postar de lá, pra contar um pouquinho da viagem.
    Sua vizinha é uma "louca"! Como assim, se expor tanto ao sol?! Meu Deus, nos dias de hoje ainda há pessoas tão "ignorantes", que abusam do sol, sem temer as consequências? Então, se sua vizinha lê o blog, espero que leia também os comentários e fique "experta"!
    Beijos e espere uma nova Lúcia, sem medo de emitir opinião! rsrsrsr

    ResponderEliminar
  19. Luma,
    Também fiquei ausete um tempão... Sem postar, sem visitar. Agora estou de volta e fico feliz que tu tenhas voltado :D
    Tua vizinha ainda vai ficar doente viu? Como tu disse... Avisos não faltam quanto ao perigo do sol!
    Beijos menina

    ResponderEliminar
  20. Que bom que voltaste!
    Reorganiza-te, miúda, cá estaremos para te ler.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  21. Todo mundo merece um tempo só pra si... que bom que aproveitou... e que "melhor que bom" que ta de volta...rs

    beijo

    ResponderEliminar
  22. Pois eu levei um susto. Pensei que tinha acontecido algo. Ainda bem que já me conheces. eu não sofro do mal de tua vizinha e já que sou marrom, no verão fico preta mesmo. Até evito pegar Sol, para não escurecer demais(risos)
    Amanhã começo a trabalhar e devo fazer menos visitas.
    Ainda bem que estás bem.

    ResponderEliminar
  23. Oi Luma!
    Nem posso dizer que notei tanto a sua ausência porque eu também dei uma sumidinha da blogosfera...rs, mas, estou com muitas saudades dos amigos virtuais, dos posts interessantes, de tudo e todos!
    Eu sou daquelas que não curte sol, não sei nadar (tenho pavor de afundar! Acho que é algum trauma da infância...) e verão para mim é lindo porque o sol brilha mais, porém, o calor excessivo é horroroso! Aliás, falando em excessos...tua vizinha está abusando dos raios ultravioletas, aff! Bom, cada um sabe de si e é preciso fazer como você: parar e ouvir anjinho ao pé do ouvido (o diabinho não!). Pretendo ler outros posts e comentar, dando uma folga apareço sempre que posso, tá? Bjins e até!

    ResponderEliminar
  24. Oi Luminha pode personalizar sim, fique a vontade. O mais importante é sua participação, estou muito feliz que aceitou , viu!
    Obrigaduuuu...
    Beijos na alma....

    ResponderEliminar
  25. De volta?!! Oba!
    Beijão!

    ResponderEliminar
  26. Coloca os pés pra cima na hora de dormir!

    E corre durante o dia!

    (Bom, pelo menos o anjinho e o diabinho vão perder um tempo discutindo entre elees evc faz o que tem que fazer!)

    asuauhsauehuashuasa

    Adoorei o post!

    Shisuii

    ResponderEliminar
  27. Sejas bem vinda e este teu retorno deu-me vontade de rir, porque

    Realmente o mundo anda direito
    Porque nunca ninguém está satisfeito!:)

    É bem verdade que todos temos um anjinho e um diabinho e olha que os meus andam tão baralhados com todo este frio, chuva e vento e vocês aí com um calor de lascar. Sou de terras quentes e nunca me deixei "fritar" pelo sol, porque antigamente não se falava dos "males" eu é que me sentia mal se me queimasse demais.

    É bonito sentir "a vizinhança" e dar dois dedos de prosa respeitando sempre o espaço que cada um ocupa, ou seja como dizes e bem: "o que pode ser mal para mim é prazeroso para outrem e vice-versa".

    Um abraço e descansa porque as férias também cansam:)

    ResponderEliminar
  28. Olá, boa noite...
    Assinei seu feed finalmente, ando meio cansada do reader, mas é porque está cheio de gente lá e estou com preguiça de arrumá-lo, excluindo coisas que eu já não me interesso mais. Sou meio camaleoa, mas acho que isso vc sabe, rs
    E como estais tu? Espero que o recesso tenha feito bem a você.
    Beijos

    ResponderEliminar
  29. Então BOM DIA!, BOA TARDE! ou BOA NOITE!!!

    Bem vinda ao mundo dos "desconhecidos amigos".
    Antes que me esqueça, vou deixar uma receita para os olhos inchados.
    (Espero que as palavras que se usam aqui sejam confiáveis no Brasil).
    Para quem acorda com os olhos inchados, deve colocar dois discos de algodão (dos que as senhoras utilizam para a maquilhagem ou desmaquilhagem), humedecidos, no "freezer", por cá é no congelador, durante 15 minutos.
    Depois deita-se de costas e coloca cada disco de algodão, bem fresquinho, nos olhos.
    Por milagre o inchaço desaparece.

    Eu não cobro nada pela receita (rsss, rsss, rsss).
    Então até já e cumprimentos!

    ResponderEliminar
  30. Afinal o "freezer" é a geladeira.
    Se me tivesse lembrado do post anterior ou do outro, não teria "inventado"
    Uma boa semana.

    ResponderEliminar
  31. Luma,

    Voltei para ler novamente e fiquei pensando neste texto do Veríssimo, imaginando São Paulo como uma pessoa de carne, osso e coração pulsante. Como seria esta pessoa?

    O sexo é obvio: homem. O tamanho também: imenso e musculoso. O jeito: agitado, tenso e workaholic. Agora, a raça e a cor? Impossível fundir esta riqueza em um único ser.

    E sua cidade? Como seria se fosse uma pessoa?

    Beijos

    ResponderEliminar
  32. Luma,

    Estranhei o silêncio no Reader, rsrs, que bom que voltou. Fico pensando na sua vizinha, tomando sol e gim, rsrs, como as coisas são diferentes aqui no interior.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  33. Que bom que voltou!!!
    \o/

    Sei que o recesso foi restaurador, mas fico muiiiiito feliz com a tua volta, viu? E os seus pezinhos certamente vão encontrar o caminho rapidinho, eu sei!

    Tadinha da vizinha que não aprende com a experiência, hein? Inchaço nos olhos: máscaras geladas, fatias do pepino, ou fatias de batata crua fria. Mas para a vaidade doentia ainda não conheço remédio.

    O texto do Veríssimo instiga mesmo a nossa imaginação: é um processo mítico conhecer a alma de uma cidade. Se ela (a cidade) é essa em que nascemos, trabalhamos, vivemos, amamos, há como que uma simbiose de almas...

    Bjs.

    ResponderEliminar
  34. Eeeeeeeeeeeee, que bom que voltou =)
    Nossa, vejo tanta gente parecendo camarão na rua, que dá até aflição. Eu morro de aflição de gente muito queimada. Acho uma coisa tão desnecessária! Sol faz bem, mas na medida né. O pessoal quer ser Michael Jackson às avessas... cada um, cada um, mas ainda to no 'use filtro solar'.
    Foto linda Luma!
    Beijão

    E boas vindas!

    ResponderEliminar
  35. Luma,

    Você disse que este é um "quase post". Na verdade é um post com o mesmo bom estilo que você emprega nos demais textos.

    É sempre bom receber suas notícias.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  36. Luma eu também sumo e apareço!!!!!!
    Bom retorno para ti e Feliz Ano Novo,beijos!

    ResponderEliminar
  37. Oi Luma!
    Bem vinda!
    vc nem bem chegou ,mas estou deixando,um convite a vc,se puder,
    Está acontecendo até o dia 07/03 a BlogagemColetiva,
    proposta pelo blog http://fio-de-ariadne.blogspot.com
    Meu Oscar Vai Para:
    Venha conferir e comentar minha participação no:
    http://sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/
    Boas energias
    Mari Amorim

    ResponderEliminar
  38. Oi, Luma! Passei para desejar as boas-vindas e agradecer pelo comentário deixado outro dia em um dos blogs. Não suma novamente, pois sentiremos sua falta.

    ResponderEliminar
  39. Oi, Luma,

    Passeando pelos blogs, descobri o seu, aliás, muito interessante...
    para quem procura a diferença. Gostei do que vi...abraço,

    Araceli

    ResponderEliminar
  40. Hello, querida, que saudades, bem-vinda de volta. Já que vc. começou com título em inglês, deixa eu tentar matar uma velha curiosidade: pq. o título do seu blog tem "yes party"? Beijo!

    ResponderEliminar
  41. seja bem vinda, querida!!!

    amei a citação do Veríssimo.

    e a vizinha, well, vai virar um maracujá em breve, rs*

    beijocas

    MM.

    ResponderEliminar
  42. Mas, sumiu por que menina?

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  43. Oi Luma!
    Que bom você por aqui de novo. Sua presença colore e anima a blogosfera.
    Seja bem vinda!


    Você conseguiu colorir o texto com fotos azuis, texto maravilhoso para nos inspirar e sua simpatia final para convidar a fazer um post e contar como é a cidade onde moramos, vivemos. Parabéns!

    Não sei dizer como é a minha cidade natal, hoje. Há bastante tempo não a vejo.
    Mas a cidade onde moro hoje tem a cor e o sabor de um acarajé delicioso...
    O resto, está no Blog Linha, onde costuro e emendo palavras, sons e cores para iluminar meu dia e aminha vida.
    Beijos.
    Anny.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor