Morre um anjo

"Os pais dos dias de hoje não se atrevem a dizer a que horas deves estar em casa. Têm medo que não voltes" Frank Zappa


Ontem 02.12.07 - 1:30 pm # A Meire passou por aqui e pediu para que divulgasse entre os meus 'Amigos de Luz' uma blogagem coletiva para ser realizada hoje, então, se você não veio ontem aqui, entre nessa mobilização.

O país está de luto. A morte do menino João Hélio tornou-se um símbolo e mostrou que o país da alegria, do sonho e do carnaval está empobrecido, não só materialmente, mas de espírito humanitário. Muitas coisas não se consertam nesse país por causa do nosso egoísmo, que teima em colocar o nosso eu, o nosso favorecimento acima de tudo. E por causa desse nosso egoísmo deixamos que várias crianças morram a cada dia.
Você pode se perguntar: - que culpa tenho eu, eu não fiz nada para esse menino morrer! Eu levo a minha vida em paz, não faço mal à ninguém, estou quieto no meu canto e agora vocês me cobram responsabilidade?
Penso que somos responsáveis todas as vezes em que tentamos nos livrar de contribuir na construção deste país; quando não respondemos pelos problemas sociais do Brasil, dizendo que não termos nada com isso, que o governo que tome atitudes, que o assunto é chato, que não entendemos nada disso!

Então, nós que somos previlegiados, que vivemos uma vidinha confortável, temos que nos educar moralmente. Jogar dentro das latrinas todas as sujeiras, vulgaridades e futilidades que nos entopem todos os dias.

Além da mãe do João Vítor, existem as mães dos assassinos; elas também estão sofrendo. Você duvida disso?? Pois sim, você está anestesiado pelas organizações que passam mensagens erradas. Pensa que amanhã será outro dia? Não haverá outro dia, se não consertarmos o hoje. Não podemos mais ficar o tempo todo procurando bodes espiatórios!

Não posso querer livrar a minha cara, quando coloco em risco uma outra vida, pequena que não tem nada como isso. Não sei, por exemplo, o que o futuro reserva pra esse menininho aí da foto.

A seguir, um texto de Dora Vilela:

"Ao menino João Hélio,
que não deve ter entendido nada antes de morrer


Ele entendia, sim, quando estava tão seguro e amado, perto dos seus queridos. Percebia que era guardado e protegido pelos laços daquela moça que sorria para ele, desde o berço. Por aquele moço que o apertava nos braços, por aquela menina que brincava com ele, chamando-o de irmãozinho.

Ele estava conhecendo a beleza da vida, encontrando seu lado amável e se fortalecendo para os rumos que, com certeza, poderiam ser mais amargos, longe da constelação familiar.

Mas, não teve tempo para se tornar forte. Ainda atônito, sentiu-se arrancado, no meio do caminho, perdeu todos os rumos, perdeu a mão materna que o tentou segurar.

Tiraram-lhe o chão. Levaram-no, brutalmente. Em sua inocência, não deve ter entendido nada.

E nós, que aqui ficamos, também entendemos pouco. Estamos ainda perplexos. Paulatinamente, vamos nos conscientizando da crueldade que o vitimou. Ficamos inquietos, porque os seus agressores são da mesma família a que pertencemos: a família humana.

Temos que pedir perdão ao menino. Mesmo estonteados, sabemos que, de alguma forma, devemos desculpas a ele.

E ele, que não entendeu nada, talvez não entenda o tamanho da nossa vergonha.

Mas, com certeza, na dimensão que ganhou, agora, estenderá as mãozinhas e nos perdoará."


Sobre impunidade, leia postagem anterior...

Participantes: LiNo, MaYra, VeRa (mãe feliz), FerNanda, GraCe, TerEsa Abreu, BarBaRa, JaNe, CiLene, SérGio, MarLey, DeNy, EliZaBeth CuNha, GisEle, VerLuci, GeAn, Vi, SuzAna, LuciAna, olhos de mar, MérCia (Longe dos Olhos), DO, BeTh, DeBy PiO, MaiTê, AniNha PonTes, VeRa FrOés, DaNi PonTes, ChuViNha, BruNa, JoElma, Alê BaRRos, CiÇa, Alê, ClarIssa, FranCy, Lys, MérCia LusTosa, CéLia, TiNa Blue, AraCelli, VeRa PiXel, LuciAne, MirElla, LuLi's nas EsTrElas, BimBiNha, ViVi, MônIca MonTone, CeCi, ChiCo, ChriSTiane, PeDro, OrDiSi RaLuz, JaCk, PatTy, NaLdy, EliS, MarCelLo...

Unam-se à nós!! Beijus

4 comentários :

  1. Excelente post, Luma! Acho que não resta muito a ser dito, sobre o assunto. Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  2. Olá Luma!

    Esse crime realmente chocou o mais mais insensível dos cidadãos. Foi de tamanho absurdo que uma punição exemplar é esperada pela sociedade. O problema é a justiça brasileira, sempre boazinha com as pessoas que agem errado. Se forem julgados e condenados daqui poucos anos estarão novamente na rua roubando, matando e pior, impunes.

    Abraços!

    ResponderEliminar
  3. Tem gente achando que foi por causa da religião.....que ignorância!

    bjs

    ResponderEliminar
  4. João era tão novo...Um anjo...Que Deus abençoe sua família.

    Bjokas amiga

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor