Nós na rede

"...blogueiros brasileiros, querendo não apenas discutir entre si alguns problemas e temas relevantes do mundo atual sob a lógica do bom senso..."

Tema atual em discussão
Proibição da venda de armas e munição no Brasil

Você conhece o suspeito?

Um turista rolou pelas escadas do Cristo Redentor e quebrou o fêmur em um ponto delicado. Como era idoso e tinha os ossos sem resistência, a solução para que voltasse a andar normalmente foram os pinos de metal. Meses depois, enfraquecido das pernas e das finanças, tentou voltar para casa.
No aeroporto do Galeão, quando passou pelo detector de metais, todos os alarmes soaram com estridência.
Apareceram cães para farejar o italiano. Agentes o revistaram e, nada encontrando, ordenou que tirasse a roupa. Numa sala interna, nu e humilhado, o italiano continuou disparando todos os alarmes. Bem que ele tentava explicar mas ninguém entendia. Voltaram a mexer no sujeiro, revirando-o em todos os poros e orifícios. Nada. Iam levando o velho para o xadrez quando apareceu um policial que fizera um curso em Bolonha e entendeu o problema.
Do episódio, devia-se concluir que a vigilância dos aeroportos pode não ser eficaz mas é severa. Ledo e Ivo engano! Ficamos sabendo que apenas quatro deles possuem equipamento (já superado, por sinal) para impedir que armas e explosivos entrem a bordo com os passageiros.
Pior para mim. Quando viajo fico com medo dos motores, das asas, das nuvens que provocam turbulência. Terei agora de tomar conta dos companheiros de vôo. Até que a viagem termine, todos serão suspeitos.
leitura

Vivemos para aprender a enxergar o mundo pelas várias óticas que a natureza humana nos mostra – cada um enxerga o mundo a seu modo. Sábio provérbio oriental diz: "Todo fato tem três versões: a sua, a minha e a verdadeira".

- Luma, a historinha que contou acima me leva a querer votar sim, eu não quero viver tendo medo das armas!
- Eu também não gosto de armas, mas quero exercer um direito meu, adquirido. Quero continuar a viver com liberdade sem ter que virar refém dos bandidos. E o Brasil não cuida de suas fronteiras e aeroportos, é um entra e sai de tanta coisa!

Quais são os males do mundo? desigualdade social, impunidade e incompetência dos governos em administrarem as suas obrigações. Ninguém nasce violento ou bandido.

Se o governo está tão preocupado, porque lavou as mãos? Onde está o poder público? A bomba ficou para o povo, frentes parlamentares multipartidárias que não chegam a um concenso e às ONGs.

Vocês vão falar:
- É perigoso ter arma em casa, crianças pensam que é brinquedo, adultos ficam valentes e ela nunca está por perto quando precisamos... O bandido atira mais rápido! Blablablablabla...

Sei tudo isso e entendo o perigo e entendo também a responsabilidade em portar uma arma. Mas ela não é vendida para qualquer um: É importante saber que o porte de armas/andar armado está proibido desde a aprovação do estatuto do desarmamento, em 2003 e a posse de arma já está regulamentada. Não é simples comprar LEGALMENTE uma arma. É preciso apresentar mais de 5 certidões, exame psicotécnico etc.

O bandido não compra armas legalmente. Onde eles conseguem munição? Vimos na TV armas da polícia com bandidos - Falta estruturar a nossa polícia. Quando precisamos dela, onde ela está?

Vamos adiante na questão: quem irá fabricar e distribuir as armas para nosso exército e polícia, já que tal atividade será proibida no país?
Respondo: empresas estrangeiras, que certamente participarão de grandes licitações, distribuindo grande parte de seus lucros aos nossos honestos representantes políticos. Não seria delas também a enxurrada de recursos que vem sendo gasto pela ONG Viva Rio para a campanha do desarmamento?

O Brasil, a grosso modo, é uma Ditadura Democrata: o povo só decide o que é induzido a decidir. Porque será que os deputados não perguntam para o povo, se o povo quer que o salários dos deputados sejam reduzidos? Ou pela pena de morte para crimes hediondos, ou pela redução da idade penal, ou redução absoluta dos impostos, ou pela manutenção de apenas um imposto, ou pelo controle da natalidade, ou pela punição dos corruptos com recuperação imediata dos valores roubados, ou por outras questões complexas, mas que na realidade não interessa a eles.

Vamos pedir um basta para essa deslavada hipocrisia, de colocar sempre a culpa no povo. Eu sou uma hipócrita, sempre culpo o povo de não saber escolher seus políticos. E agora, corremos o risco de levarmos novamente a culpa. O Governo armou esse referendo para se livrar das responsabilidades, essa é a realidade. Ele tem que dar segurança ao cidadão de bem e colocar os bandidos na cadeia. Estamos trancados em nossas casas e os bandidos farreando pelas ruas.

O "sim" parece um santo milagroso, em contrapartida, o "não" é a certeza que a única saida é nos defendermos sozinhos. E no momento, é a única certeza que tenho. O Estado está nos devendo muitas coisas e não quero ficar sem mais esse direito, direito de me defender.

O nosso direito de defesa está sendo cassado, possuir ou não uma arma é uma decisão pessoal. Porque uma pessoa de bem resolve ter uma arma? Porque se sente desprotegida e aí entra a verdadeira questão que deveria estar sendo debatida.

Estão vendendo a idéia que o referendo é sobre o desarmamento e não sobre a proibição de venda legal de armas, o que não é verdade. A proibição de venda legal de armas não vai desarmar os bandidos. Nem acabar com a violência ou falta de segurança. Sabemos que na mão de quem quer violar os direitos do cidadão, qualquer objeto vira arma.

Por isso, meu voto é não!

Para saberem de todas as opiniões dos participantes dessa blogagem coletiva, acessem o Nós na Rede.

0 comentários :

Enviar um comentário

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor