Gostoooosa demais!



Um dia desses, estive ouvindo os meus amigos falarem sobre as mulheres. Dessas conversas que eles começam louvando as mulheres que gostariam de conquistar para em seguida, passarem a falar mal delas. Senti um certo desconforto no início, uma mistura de culpa e vulnerabilidade, mas minha curiosidade foi mais forte que a solidariedade de gênero [imagino que um homem adoraria saber o que as mulheres falam sobre eles, quando eles não estão por perto]. Cá com meus botões pensava: desde que não falem mal de minhas amigas queridas, não fará mal bisbilhotar o "Clube do Bolinha" de vez em quando [lá estava eu me sentindo 'o menino'!]

Conversa vai e vem, deslanchou sobre uma 'conhecida' nossa, tão chata e sem desconfiômetro a respeito da própria chatice, que mesmo estando munida dos melhores princípios feministas eu não seria capaz de defendê-la. Afinal de contas, existem mulheres cujas falhas de caráter não devem ser justificadas com argumentos femininos sob o risco de comprometer as outras, aquelas que merecem que a gente brigue em defesa delas. Então, quando um dos meus amigos comentou que 'fulana' atravessa as conversas, impõe sua presença e vive tentando monopolizar grosseiramente as atenções, outro amigo replicou: "Isto é porque ela foi muito gostosa quando era mais jovem".

Achei que o sexismo, a misoginia ou seja qual for o nome do preconceito deles contra as mulheres estava indo longe demais e quis interferir, mas daí esse mesmo amigo, continuou a falar: "... As mulheres muito desejadas ficam mal-acostumadas. Durante muitos anos da vida delas, basta entrarem numa sala para monopolizar todos os olhares. Basta falarem um "a" que todos os homens lhes darem atenção, querendo concordar com qualquer coisa que elas digam". Porém - e, como dizia Plínio Marcos, sempre tem um porém - é inevitável que um dia essa moleza acabe. Nem Helô Pinheiro, a eterna Garota de Ipanema, nem Martha Rocha, nem a Tônia Carrero se safaram; não há beldade que o tempo não passe. Pior: antes da velhice, há que enfrentar um período muito mais difícil, em que a beleza da jovem estonteante ainda se faz reconhecer no rosto e no corpo da mulher madura, mas sua verdade mais profunda já não está lá.

A beleza da ex-mulher irresistível permanece como um traço de memória, um significante, algo que nos faz olhar para ela e admitir que se trata de uma mulher interessante, bonita, charmosa. Mas já não acontecem olhares hipnotizados pela sua presença. Frustrante? Não. Diante dela, homens e mulheres demonstram admiração, mas não sentem mais a presença do mistério, do perigo.

Os padrões culturais impõem certas faixas de idade onde as mulheres são encaradas como objeto do desejo e em outra faixa de idade, deixa para a mulher mais velha a marca do saber, uma certa concretude [até mesmo sexual] que preserva a beleza mas destrói a aura de segredo que pairava em torno da beleza delas quando jovens.

Posso conjecturar que, entre as 'estereotipias sexuais do Ocidente', cabe aos homens a qualidade da sabedoria sexual e às mulheres a da inocência, de modo que a própria ignorância de algumas jovens cria em torno delas um ar de fascinante mistério. É só lembrar a Lolita, do romance de Nabokov, a menina que sabia seduzir sem se dar conta do que estava fazendo.

Voltando à conversa com meus amigos... Foi com uma certa amargura que tive que concordar que o comentário deles à respeito da nossa 'conhecida' chata tem valor didático para todas as mulheres - e para os homens também. Para os homens, é claro: Não demonstrar tanto deslumbramento perto de uma mulher bonita, pois ela te olhará como olha qualquer babão. Seja moderado, educado e tente regular os hormônios, os olhos e as mãos. Do contrário, ela acreditará mesmo que é o centro do universo, se tornará chata, exigente e pouco generosa com você.

Para as mulheres, nenhum conselho é possível! hehehehe Ou melhor, homens e mulheres, aprendam a ouvir. E quem souber de uma boa receita para envelhecer sem conflitos de transição, gostaria de saber o meio que ajuda a perceber quando a velhice está chegando. Se para as pessoas deslumbrantes é mais difícil envelhecer, pessoas 'normais' tendem a levar susto! Pronto, ela chegou.

O que se pode sugerir para as menininhas lindas que irão amadurecer? Tentem não ficar tão dependentes do desejo dos homens e dos olhares que provocam, até mesmo sem querer. Assim, quando vocês meninas lindas, se tornarem no futuro, apenas seres humanos normais, não serão as chatas inconvenientes que não sabem viver sem plateia, nem ficarão amarguradas com os homens que, de uma hora para outra, parecerão bem mais difíceis de seduzir.

*O grau de chatura também varia em homens bonitos.

41 comentários :

  1. interessante seu texto, eu tenho comigo uma filosofia assim: a beleza está somente emprestada a nós, temos de usa-la com sabedoria, por que tem prazo de validade!

    ah! usado de maneira errada não dá um bom tempero!

    achei interessante uma coisa tbém no seu texto, conheço poucas pessoas que leram o livro Lolita, na verdade vc é o único que "conheci" que leu! ahuahuahua

    agora sim não me sinto tão anormal! bjos!

    belo texto!

    ResponderEliminar
  2. Devo confessar que nao Li Lolita !
    E tbem devo confessar que senti certo alivio neste texto. Eu concordo completamente com ele. A beleza é algo que vc nao pode por acima de tudo. Pra mim é uma casca, só isto. E existe mulheres que se sentem tão gostosas que sao chatas pra caramba. O duro é a gente nao se deslumbrar com alguem lindo demais...
    Bjks Lumitcha !!!

    ResponderEliminar
  3. A velha tosquice de rompante masculina!

    ahsuahsauhaueesaasasasa


    É como se homem não envelhecesse... também não chamasse atenção...

    Enfim, a humanidade tem seu lado tosco!

    Shisuii

    ResponderEliminar
  4. Vamos lá, minha querida Luma! A verdade incontestável é que chato não tem sexo, idade, cor ou raça. E é um saco mesmo!! rsrs

    Isto posto, vamos à beleza e a velhice. Fui apaixonado na juventude pela Julie Christie, aquele linda atriz inglêsa que fez a Lara de Dr. Jivago.

    Pois é... o tempo passou para mim e para ela, claro e eis que assisto o pungente filme "Longe Dela", sobre o mal de Alzheimer e vejo uma Julie Christie chegando aos 70 anos ainda bela, provocando nesse quase sessentão que vos digita quase as mesmas sensacões de vinte, trinta anos atrás!

    Acho que a beleza nunca morre, seus sinais ficam indelévelmente marcados no corpo, na postura, no jeito de ser. Basta saber ver!

    Sei não, o tempo é sábio e a gente aprende a viver com as marcas que ele vai deixando.

    Pelo menos, a maioria dos simples mortais ou alguns iluminados com a Julie Christie!

    Um beijão

    ResponderEliminar
  5. É... a idade "invisível" chega para todas. Na juventude somos valorizadas por nossa beleza e vitalidade... mais maduras por nossa sabedoria e caráter.
    É preciso que nos preparemos para enfrentar a fase inevitável de ser "invisível", quando teremos pouco valor para a sociedade como um todo. Mudanças físicas, emocionais, hormonais naturalmente incluem perdas, mas com um pouco de bom senso podem significar uma fase para um belo recomeço: novas opções de vida, de relacionamentos, de trabalho (afinal teremos menos obrigações!). Sejamos espertas e aproveitemos esse momento para nos redefinir e reinventar!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Eu era bonita, diziam.
    Depois fiquei "ainda bonita",diziam, rsrsrs
    acho que é difícil sempre o envelhecer.
    como diz um amigo, antes eu era jovem E bonito, hoje sou só o E,rsrsrs...
    é o que resta pra todo o mundo, conformar-se e aceitar.
    há que se envelhecer com dignidade.
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Querida Luma; um post maravilhoso! Acho que é difícil envelhecer, tanto para o homem, quanto para a mulher. Mas algumas pessoas se deixam levar mais pelo dissabor, ao perceber que seus traços e expressões, já não são como dantes. Eu penso que envelhecer saudavelmente, é não perder o brilho dos olhos. É não achar que a idade leva os sonhos e o encantamento pela vida e pelo amor. É levar a vida sexualmente ativa é acreditar que envelhecer é ter maturidade para ser uma pessoa plena, em todos os sentidos, sem esquecer a criança que ainda vive dentro de si. De vez em quando faz bem.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Mas que existem aquelas pessoas que não aceitam a idade e querem competir com os seus filhos, achando que estão com tudo em cima. Chegam a ser ridículos.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Esse tema conversavamos semana passada e a questão era: Qual é a base do amor?

    - Se for a beleza, certamente acabará quando esta não for mais perceptivel.

    - Se for um talento, também findará quando, o talento não puder ser exercido, executado, usado.

    ...

    A beleza tem sua importância, mas foi como disse um ex-garota Bradesco:

    - As pessoas pensam que só somos bonitas e nada mai!

    ResponderEliminar
  10. Luna, concordo que a beleza se vai algum dia, mas a pessoa pode envelhecer e continuar sexy, pois para mim ser sexy não depende ser bonita, mas se impor (educamente) como bela...

    Fique com Deus, menina Luna.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  11. Luma, uma coisa é certa. Mesmo sendo chata, eles a querem do lado prá dizer que estao com ela. Vê se algum deles quer ter uma mulher feia, ou normal do lado, mesmo sendo inteligente?

    E saber que uma mulher possa ser mais inteligente que algum deles já estragou tudo, porque do mesmo jeito que eles falam da mulher bonita e chata, eles falam da mulher feia e inteligente ser chata da mesma maneira.

    Boa semana

    Bjao

    ResponderEliminar
  12. Obrigada por sua presença em meu blog...
    Um texto bastante contagiante esse seu...
    Acho que nos levou a refletir sobre coisas que deixamos guardadas no íntimo numa caixinha escrito "Frágil".
    Envelhecer requer vivência com lucidez.Só assim o peso dos anos não incomodará tanto!

    Voltarei mais vezes para refletir mais... e mais!

    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  13. De uma coisa te dou certeza:

    Homens muito assediados por mulheres também ficam entojados, chatos e insuportáveis. Tive no passado um amigo que era alto, bonitão e um fervo entre as mulheres. Embora não seja mais amigo, porque nos distanciamos, sempre que o encontro o papo é exatamente o mesmo de quando ele era garoto: o olho espichado para toda mulher que passe perto e trocadilhos infames sobre sexo e mulheres. O cara é um chato de galochas!

    E com as mulheres não é diferente, as muito assediadas, se acham acima do bem e do mal, escolhem os pares (geralmente entre os mais ricos ou mais babacas, com o perdão do termo) e preocupam-se demais com a aparência e de menos com o "savoir faire"...

    ResponderEliminar
  14. Luma, querida, só tenho duas coisas a dizer, a primeira é que o texto está fantástico, como sempre, e a segunda é que eu gosto mais de mim agora aos 38, que aos 18, 28...enfim, espero estar indo no caminho certo para envelhecer bem. Um cheiro.

    ResponderEliminar
  15. E eu que sempre achei que beleza era artifício da inteligência. Nada relacionada com fisionomia ou coisas do gênero. Sempre achei e sigo achando que frasco vazio não tem graça e tão pouco beleza. O invólucro nunca me seduziu, sempre estive atenta ao conteúdo...
    No tempo de colégio era engraçado ver aquelas meninas se esforçando para seduzir esse ou aquele garoto que se destacava pelo físico e eu lá no meu canto de mundo sonhando com livros. rs
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. As mulheres estudam, trabalham, fazem carreira e seu valor é sempre medido pela beleza física, pelo desejo que elas despertam nos homens...i.e, pelo instinto de procriação da raça, o valor mais básico que está presente em qualquer animal. Ô tristeza!
    Mas isto é cultural, acho que por aqui a beleza física é importante, mas aí no Brasil é demais, um verdadeiro culto.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  17. Olá Luma!

    Apesar da não-novidade sobre o assunto que hoje aqui nos presenteia, è com tristeza que lamento os olhares da sociedade sobre ela própria.

    Infelizmente, é a embalagem que continua marcando pontos em detrimento do conteúdo. É um Mundo que vive para as aparências, e descredibiliza quem quer objectivar o que existe para além de.

    Pode parecer um comentário da treta, ou de um tótó, ou uma chachada (como se diz aqui), mas fico sempre decepcionado com esta realidade.

    E pior que isso é que todos estes conceitos da visão material prossegue numa espiral ascendente, e o amor tende a cair na extinção.

    Por isso já não me surpreende que cada dia se escutem mais noticias de alguém que se suicida por depressão ou solidão.

    Como se contraria esta perspectiva?

    Libertando o desejo pela felicidade no amor por mim e por tudo o que me rodeia.

    Não sou ninguém moralmente superior para falar uma coisa destas, mas porque já errei tanto (e continuo errando), a vida têm me alertando de que também existe horizonte ao meu lado. E que o Mundo não é só aquilo que vejo à minha frente.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  18. dependendo dos olhos do homem que olha, a mulher pode ser nas mais variadas idades reflexo de prazer, sabedoria deliciosa companhia, não apenas pelo esbelto corpo que tenha, mas pela qualidade daquilo que guarda na sua alma.

    ResponderEliminar
  19. É aquela velha história: No fim de tudo, em muito pouco tempo, só restam o cérebro e o que você tem por dentro. Se esses seus dois predicados forem fracos ou mal cuidados; não restará muita coisa para quem quer que seja admirar.

    ResponderEliminar
  20. assunto complexo- acho, sim, que mulheres mt bonitas, narcisistas d+ querem mais atenção mm depois q o mistério vai embora. Uma vez escrevi algo sobre isto. Depois te mostro- vc, como sempre, escreveu mais :)
    bjs Luz, LAura

    ResponderEliminar
  21. Oi Luma.
    Algumas mulheres permanecem belas para sempre. Exemplo: Fernanda Montenegro. Cada idade tem a sua beleza. Só tolos não percebem (infelizmente estes são a maioria entre nós, os machos da espécie, principalmente quando se trata de mulher).

    Beijo.

    ResponderEliminar
  22. Beleza é legal mas com certeza não se põe a mesa, Brasil é prova disso, mulheres de beleza exuberante e talento zero, ainda bem, que tem prazo de validade bem curto!
    Adorei o texto Luma

    ResponderEliminar
  23. Oi, Luma,

    A beleza é um grande teste pelo qual poucos passam com sabedoria.

    Bj

    ResponderEliminar
  24. Interessantíssimo o texto. Concordo em gênero, número e grau. Será que sou uma? KKKKKKK, beijos

    ResponderEliminar
  25. Adorei o texto Luma,mais beleza não põe mesa,de nada adiante ser bonita for ne dentro ser feia não émesmo ...Bjus

    ResponderEliminar
  26. Concordo em tudo.
    É patético perceber que a beleza é superestimada na nossa sociedade.
    Infelizmente todos passaremos por esses tormentos da velhice.
    O lance é idealizar o espírito jovem e pensar menos no físico das pessoas e no nosso.

    bj

    ResponderEliminar
  27. A chatice é algo que contamina a pessoa de uma tal maneira que penso não haver aparente meio de escapar dela.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  28. Faço um convite a todos amigos e amigas blogueiros:O tema é: "100 anos de Dia Internacional da Mulher: celebrar o quê?".

    A proposta é discutir o que aconteceu no dia a dia das mulheres em 100 anos de lutas e conquistas..Saiba mais aqui:
    http://rubraalma.blogspot.com/2010/03/blogagem-coletiva-100-anos-de-dia.html

    Participe,divulgue, comente!Sua participação é importante!

    Com carinho e respeitoIony/Alma Rubra

    ResponderEliminar
  29. Grande verdade Luma, saber envelhecer com grça e sabedoria é algo que nem todas(os) conseguem, mas é completamente possível e inclusive desejável pra uma vida mais plena.
    Adorei o post!!!


    bjim procê

    ResponderEliminar
  30. "Uau! Você "continua tão bem","inteirona"...isso escuto sempre que encontro algum amigo antigo, daí olho pra ele e penso - pena que não posso retribuir o "elogio", triste né?
    A idade chega de mansinho e quando nos damos conta, ou os outros fazem questão de nos mostrar, já fomos bonitas, já fomos gostosas, já fomos a tal.
    A chatice, pelo contrário, aumenta na proporção das rugas, rsss
    lindo dia Luminha
    beijos

    ResponderEliminar
  31. Luma, adorei o texto. li com a calma de quem sabe a surpresa que vai encontrar!
    beleza está associada ao sexo qdo na verdade não deveriam.
    concordo com Jens, e acrescento que a beleza acompanha a idade somente para as pessoas sábias.
    e nem vem com aquele papo de beleza interior, pq criatura vai dizer: "é, é ótimo saber que ele tem um figado roxo, um pulmão rosado!"...rs!
    beijus meus, 100pre!

    ResponderEliminar
  32. acho que essa questão tbm tem a ver com escolhas, se alguém é lindo de doer e escolhe só isso, certeza que tudo vai desabar(em todos os sentidos, rsssss)
    Mas, se a escolha for além disso, acho que a beleza fica sendo só um adorno,
    P.ex;lendo a biografia de Clarice Lispector, que foi uma linda mulher, mas que por escolha isso acabou sendo só um pequeno detalhe na sua vida,
    Luma, obrigada por seu comentário, estava com saudades de vc,
    beijão grande,

    ResponderEliminar
  33. Voce não vai acrditar.
    E um dos poucos livros que não consegui ler. Fui pulando páginas. Foi Lolita.
    Prefiro os meus romances agua com açucar.
    Vou procurar seu passeio em Campos do Jordão.
    Ainda estou vindo nas lan house.
    Mas o moço prometeu que iria lá em casa hoje. Vamos ver!
    Com carinho Monica

    ResponderEliminar
  34. Luma, observei outro dia que as âncoras e moças do tempo em redes como a CNN e BBC não precisam ser lindas, basta serem competentes. Aqui no Brasil, concordo com a Maria Augusta, a beleza é cultuada com exagero.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  35. O bagual Jens tá certo: belezas femininas, muitas, sobram por toda a vida! Muitas vezes aumentam com o passar dos anos... Já as Lolitas, que, sim, sabem muito bem de seu poder de sedução, apenas fingindo o contrário, essas ficarão chatíssimas donas de casa frustradas ou velhas carcomidas de botox! Bela antecipação das homenagens ao dia da mulher, né?! Abraço!

    ResponderEliminar
  36. Luma, concordo com tudo o que disse, mas como disse tb um amigo aí em cima, chatice não tem sexo...
    Mas pessoas muito belas tem mesmo dificuldade para envelhecer e deixar de ser o centro das atenções, já não acontece o mesmo com pessoas muito charmosas ou muito sensuais..pois continuam ,mesmo quando não são mais jovens...conheço várias pessoas maduras que continuam exalando charme e sensualidade...tb hoje, meus olhos enxergam com mais apuro essas coisas do que quando eu era mais jovem...tb tem isso, com a idade a gente vê os outros com outro olhar...
    E o grande segredo de um casamento feliz acho que é que pelo fato dos dois envelhecerem juntos, a velhice chega pros dois e a beleza da juventude vai se acabando aos poucos, inpercetivelmente tb pros dois...
    Nossa...que assunto bom esse...tem tanto pra se falar....adorei!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  37. Que texto mais espetacular. bem escrito, claro e verdadeiro.
    Conheço algumas mulheres assim, que se construiram a identidade em cima da beleza, e ao ficarem mais velhas se tornaram deprimntes e deprimidas. Sempre buscando o elogio e a paparicação que nao existe mais. Regredidas imensamente quando isso ainda acontece- um elogioinho aqui outro ali, quase que por caridade de alguns, mulheres que vestem minssaia, decotes, e marcara de maquiagem como se isso fosse torna-las encantadoras novamente. É triste ver isso. Por isso modelo tem saber cair fora na hora certa. Por isso, por mais linda que seja a criatura, tem que aprender desde pequenaa cultivar outros valores. Tenho uma amiga linda de 28 anos. Uma vez ela me disse que sempre se recusou a ocupar o lugar de beldade que sua mae lhe impunha. Fo otimo esse instinto de preservação, po que ela teve um cancer, ficou um tempao de cabeça raspda e nao deu a minima. Tinha mais conteudo do que lay-out e graças a Deus, uma resiliencia digna de livro.
    Enfim, adorei seu post.
    E esse estar "menino" de vez em qando traz uma cultura geral otima, hehehee.
    Ouvir meu irmao falando de mulher é uma piada que me deixa horrorisada, mas tb aprendo um bocado sobre esse universo machista.
    Bjos
    Cam

    ResponderEliminar
  38. Luminha,
    Pois eu mesma conheço uma que tá doida pra arranjar um namorado e tem um corpaço, malha até a última gota, vive olhando pro próprio corpo pelos espelhos, mas deve ser chata, não consegue nada!
    Noutro dia eu disse a ela que tanta obsessão pela imagem e o perfeccionismo corporal, estão afastando os homens de seu caminho, acho que eles temem tudo aquilo.
    A coisa mais bonita num ser humano, seja homem ou mulher é a naturalidade, uma aparência limpa e cheirosa e amarrada com boa educação. Não tem pra ninguém!
    beijo carioca

    ResponderEliminar
  39. Poxa, fantástico. Comecei a ler no dia que você postou, e ele ficou aqui "cozinhando" no meu Chrome, hoje parei tudo pra ler, com calma.

    Nesses 2 ultimos anos, especialmente, esse conceito de beleza transformou-se completamente. Não que o que venha aos olhos não desperte a atenção, mas precisa também fazer a cabeça. A cultura de Curitiba faz com que muitas pessoas, mesmo não sendo muito bonitas, quiçá interessantes, comportem-se com essa chatisse inconveniente, na menor das atenções.

    A beleza só é contemporanea quando vem de dentro, mas para isso eu dou outros nomes: postura, caráter, valores.

    Cá do alto da juventude cronólogica, acredito que a receita para envelhecer sem conflitos é estar de bem consigo. Amar-se incondicionalmente. Assim a gente deixa de preocupar-se com o passar do tempo e aproveita o que acontece enquanto o tempo passa.

    Beijo!

    ResponderEliminar
  40. Nossa, muito interessante esta teoria... e eu acho que ela faz muito sentido! Hehehe.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor