Perspectiva

perspectiva

Uma questão de ponto de vista

perspectiva2

12 comentários :

  1. Hehehe. Fiquei até com medo do que ainda tenho pela frente. :-)))

    ResponderEliminar
  2. Discernimento... a palavrinha da vez... discernimento!

    ResponderEliminar
  3. Acho que quero o mesmo que você. Nada como passar pelas crises tendo alguém para partilhar cada uma delas e vencer conosco os obstáculos.

    ResponderEliminar
  4. Oi Luma...

    Muito boa a sua perspectiva...
    Compartilho boa parte dos seus desejos...

    Nos vemos no amanhã! Aqui e agora!

    AXÉ
    Gabi Dread

    ResponderEliminar
  5. Luma, eu estou na crise dos quarenta!
    E ela não passa.

    ResponderEliminar
  6. Oiêee, lindinha!
    Não tive nenhuma crise até agora, graças a Deus.
    Quanto aos filhotes adolecentes é coisa que nao deveria dar tanta dor de cabeça. Com os meus a receita foi honestidade, muito papo sem julgamentos e boa memória. Nós adultos e pais não deveríamos nos esquecer de que também passamos por essa fase. Só assim fica mais fácil entendê-los e nada como nos colocarmos no lugar do outro, não é mesmo?
    Já o fato de saírem do ninho, hoje com a vida tão diferente é mais fácil e eles muitas vezes demoram mais a sair das nossas asas. Absolutamente normal.
    Tudo tem sua idade, sua fase. Com os filhos sempre tive cabeça fria. Acho que me preparei para tudo, para o que desse e viesse. Afinal, eles são pessoas totalmente distintas de mim.
    Com relação a tudo de um modo geral, nada melhor do que: saber ouvir, observar, amor e bom senso.

    Beijocas.

    ResponderEliminar
  7. Oi Luma, te vi lá no blog da Turmalina e vim dar uma olhada. Ai Jesussssss, dá até um frio na barriga ler este roteiro hehehe. Mas sério, eu não penso muito em futuro. E o que quero da vida? Sempre dou a mesma resposta que dava aos meus pais quando me perguntavam, na infância, o que queria comer. Eu olhava os pratos e respondia: quero de tudo e MUITO! É o que quero e tenho querido da vida. Rezo prá que o tempo não me tire o apetite e a saúde prá dela me servir assim, de forma bem farta hehehe. Beijos meus.

    ResponderEliminar
  8. Por aí, Luma: não se se as crises fazem a nossa história, mas decerto nos ensinam sobre a vida.. e muito! :) Boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Adorei seu texto Luma...
    É verdade..queremos muito, mas temos que começar e não ficar só reclamando..não é?
    Quero da vida..liberdade, paz e saúde para poder fazer muita coisa ainda..
    Tomara que eu consiga, pelo menos, metade de tudo que sonho..
    E desejo o mesmo para você querida amiga...
    Que seus sonhos se realizem...
    Beijosssssssssssssss
    Regina.

    ResponderEliminar
  10. Amei, amei, amei esse post!!!!
    Beijão

    ResponderEliminar
  11. Nem sei em que crise me encaixo. Deveria me encaixar na dos 40 mas, as vezes, acredito estar na adolescência.

    O que quero?
    Amadurecer, ser mais positiva, menos impulsiva.

    Beijos!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor