Vergonha alheia! [update]

O tweet abaixo postei outro dia no meu :


"Vergonha alheia! E quando uma "Escola" copia seus textos?
texto original http://migre.me/4ABI
texto copiado http://migre.me/4ABr "

O texto copiado foi deletado, veja o print da tela - clique em cima da imagem para ampliar.

plagio
Banner Sala de arte

Deixei dois comentários no blogue da Escola Estadual Pindorama (Rondonópolis/MT) que não foram publicados. Os comentários são moderados pelo instrutor de informática, Sr. Marcos R. Escatambulo).

Na página do blogue da Escola não tem e-mail disponível e nenhum outro meio de contato. Álias, parece um blogue fantasma, pois os comentários são zerados e não consta o endereço da escola, apenas uma página de acesso ao álbum Picasa. No álbum Picasa, fotos de salas de 'informática'. Eu quero saber o que andam ensinando a esses alunos nas aulas - a tirar pelo exemplo acima...sei não!

Estou sempre lidando com plágios, mas esta é a primeira vez que me deparo com uma instituição de ensino fazendo isto na internet. Uma outra escola já copiou um texto meu, mas vejam bem como são as coisas, este texto caiu nas minhas mãos e eu fui na escola, munida das minhas comprovações. A reciprocidade da comunicação, o diálogo fizeram mudanças e recebo desta mesma escola, todos os meses, meus editoriais; que publico em um outro meio de comunicação e que são republicados com a minha autorização e lógico, constando autoria. Viramos parceiros!

Convenhamos, o "Luz de Luma" possui um script que dificulta a cópia dos textos e imagens - isto quer dizer que, se a pessoa burlar esse sistema, ela já está usando de má fé. Se agem assim inicialmente e posteriormente, não citam a fonte/autoria, a 'coisa' se consolida. Plágio é crime punido e previsto na lei 184 do Código Penal e pela lei 9.610/98 de Direito Autoral que protege a produção intelectual brasileira!

Juridicamente já destrinchei neste blogue as consequências de tal ato. Não vou repetir, para não entrar em 'falação', parafraseando Umberto Eco e aproveitando o ensejo de toda essa polifania, metalinguagem, discursos de entendidos e não entendidos que nos rondam e que em diversas áreas, como economia, arte, política, televisão, o próprio direito, etc.. - de médico e louco todos temos um pouco - dão os seus pitacos, pergunto: Somos o país da falação?

Quem copiou e colou o meu texto no blogue da escola, foi o instrutor de informática, o Sr. , um blogue não, vários blogues e como ele mantém a sua produção, não sei. Sei que seus blogues, um blogue linka o outro, formando uma rede de blogues e, será que ele gostaria de ver os seus textos copiados sem a referida autoria? Mas ele copia, viu? Como copia! Peguei dois exemplos da primeira página do blogue:

- Texto: Concurso Público, passo a passo (original) de Ana Beatriz Nascimento - plágio

- Texto: Parábola, o segredo do sucesso nos negócios (original) de Valdenice Fernandes - plágio

- Texto: As possibilidades perdidas (original) de Martha Medeiros, texto inspirado nos versos de Emílio Moura em reverência à Carlos Drummond de Andrade seu melhor amigo. E o plágio - O estrupício se sente à altura? (você pode procurar um psicólogo por baixa auto estima, tomar ferro que é bom para a preguiça, fosfato para o desligamento... mas já é bem grandinho, já na meia idade para ficar recebendo puxões de orelhas).

Ah, sem falar da prece de Madre Teresa de Calcutá, que ele tomou para si. Mas esta, não está aqui para reclamar! Mas o Paulo Coelho pode reclamar e também está lá.

Ele tomou pra si os textos, sem ao menos colocar ao final um autor desconhecido, que também é vergonhoso! Pois autor desconhecido ninguém conhece! Existe um blogue, que existe somente para provar que, Autor desconhecido não existe!

Voltando ao causo do plágio: Não casualmente deixei um Comentário sobre o ocorrido no blogue do Centro de Formação de Professores (Cefapros) do Estado - uma superintendência de Formação Continuada, da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) do Mato Grosso, onde também deixei o meu contato. Fato que também repeti no Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso (CEE/MT) No mais, se houver ética, a secretaria fará a sua parte, averiguando a minha ocorrência. Ocorrência que também fiz sob forma de denúncia, no site da Ouvidoria do Estado do Mato Grosso, que abro ao público para quem quiser acompanhar o caso: número do protocolo - 31616, senha - 410172.

A mim cabe esperar por mais 7 dias, a contar da data de hoje, para adotar outras medidas. Qualquer flagra de plágio de conteúdo registrado é passível de processo com causa ganha, fácil! Vai ser péssimo para a reputação desta escola.

Cá fico com minhas reflexões. Vejo muita diferença no modo como os povos enxergam os blogues e blogueiros pelo mundo afora - Na França, por exemplo, é luxo blogar! O que é facilmente aceito como uma revolução no mundo da comunicação e ser blogueiro demonstra ato de coragem para se expor, expor pontos de vista, sem trelas, discernimento e respeitando às idéias alheias - vejo que aqui no Brasil, existe um certo mal caratismo, quando o olhar de cima olha para os blogues e propagam: "Qualquer um pode ter um blogue".

Do meu ponto de vista, um blogue pessoal, por mais amador que seja, merece respeito até o momento em que o seu editor prove o contrário, com sua conduta e falta de ética, nos levando a crer em ausência de moral. Assim um blogue é tão mais importante, proporcionalmente a sua credibilidade.

O que escrevemos não é de domínio público, o que escrevo aqui é meu - eu pensei, eu vivi, eu escrevi, pode não valer nada para ninguém, mas cada palavra carrega um sentimento meu e eu mereço que me peçam autorização para que este texto seja publicado em outro local. Assim como acabaram de me pedir uma caneta emprestada e já trouxeram de volta, quero que devolvam meus textos, excluindo do blogue que copiou ou se quiserem se apropriar temporariamente, que digam "A Luma me emprestou, é dela. Peça para ela, que com a autorização dela, eu empresto para você". É assim com a caneta ou com um simples botão e tem que ser assim com as idéias que concretizei escrevendo. Gostou das minhas idéias, mas não me quer dar autoria? Faça um texto melhor!

"Temos o direito a uma vida sem violência, sem assaltos (virtuais ou reais), sem medo. Temos que brigar para que maus exemplos de roubo, seja na vida pública ou privada, acabem e sofram punições" [leia +]

A minha decepção, vai de encontro a decepção que temos com as instituições educacionais deste país - cometer tal ato por uma escola, só comprova o que li esta semana no blogue d'O Chato - "Este país não vai pra frente..."
Não acho que a única lei vigente na natureza seja a morte, não sou um ventríloquo do acaso, um imitador de vozes e só por isso, peço que as pessoas sejam originais [vide campanha do blogueiro parasita]

[update] - O plagiador esteve no Luz e deixou comentário (imagem). Se desculpou e disse que retirou o texto do blogue da escola. Agiu como todo plagiador covarde age quando não quer assumir o próprio erro: deletou a prova do crime? Não, não! Tenho tudo salvo, sou prevenida! Ah, também pediu a retirada do nome dele desta postagem. Capaz! O moço quer que eu delete todos os rastros de sua atitude criminosa e arbitrária? Assuma seus erros e que sirva de aviso: Não copie mais textos alheios, produza! Uma atitude digna seria você fazer um post se desculpando. Oras! cada um...

Façam a sua parte.
Beijus,

23 comentários :

  1. Oi Luma. Passei a semana inteira pensando nestes casos. Hoje fiz um texto sobre isso. É triste o que acontece, mais triste ainda quando parte de uma escola. Temos é que somar forças e denunciar.

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  2. Oi Luma,

    Me sinto revoltadíssima com o que aconteceu!

    Não só por saber na pele o que é ter os textos roubados. Aliás, quero muito agradecer o post que você fez sobre a criatura que roubou meu texto. Muito, muito obrigada mesmo!

    Parafraseando Umberto Eco também, a obra pode ser aberta, mas não é escancarada né! As pessoas se esquecem que o texto é um bem pessoal, assim como a caneta que você deu de exemplo, e que achei ótimo.

    Já fui ao blog do pulha que te copiou, e vou deixar comentários até ele parar com essa filhadaputagem.

    Quero elogiar esse post. Que além de muito bem escrito por você, me trouxe um monte de informações super importantes! O que, aliás, é a marca do Luz de Luma =)

    O jeito é a gente ir botando a boca no trombone, mesmo. Quem sabe, uma hora, a gente consiga reverter isso.

    Beijão pra você!

    ResponderEliminar
  3. Escreva uma carta para a direção da escola e para a secretaria de educação local. Certamente oprofessor será punido. Além disso, aquela denúncia basica para o google também resolve.

    O cara é tão cara-de-pau que ele cia um blog usando o nome de uma escola pública e o monetiza. Será que o adsense é do governo do estado? Duvido muito.

    ResponderEliminar
  4. Luz, acho muito interessante o teu blog pelo conteúdo e pela animação.
    Gostaria muito de acrescentar movimento ao meu blog, com esses pequenos e essenciais elementos como a mulher que solta bolhas/corações de sabão. Você poderia me ajudar?

    ResponderEliminar
  5. Bem dito, Luma! Se o plágio já é um roubo covarde, imagine-se quando evolvido com a educação! :( Bom resto de semana, amiga.

    ResponderEliminar
  6. O CHATO DE TUDO É QUE SÃO FEITAS DISTORÇÕES, PARAFRASES MAL FEITAS E NÃO CREDITADAS A AUTORIA O QUE É LEI E CRIME. SE FOSSE VC METIA PROCESSO. BEIJÃO,LEANDRO

    ResponderEliminar
  7. Luma, fico revoltada tb, mas só queria dizer que já conheci muitas escolas e professores como alunos que fazem plágio mesmo, esse daí é mais um reprodutor do meio em que vive. A nossa situação educacional é bem pior do que se pensa. bjs

    ResponderEliminar
  8. Oi, Luma!

    Finalmente consegui comentar, mas infelizmente abaixo já está a mensagem que esse site não poderá ser aberto. estou tentando descobrir o que está acontecendo. isso está acontecendo aqui no seu - por enquanto.

    Beijos e nem pude ler todo o post, mas o pouco que vi achei muito bom como sempre né?

    ResponderEliminar
  9. Amiga:

    Adorei o texto.
    Concordo com você e venho expressar minha solidariedade.
    Um abração.

    ResponderEliminar
  10. Oi, concordo e apoio sua manifestação. Já estou participando!
    Obrigada por despertar minha consciência!
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  11. Escolas são como empresas.

    Existem as boas, as más, as idôneas, as caça-níqueis e as simplesmente criminosas, arapucas.

    Tem nossa plena solidariedade na luta contra o plágio.

    Num universo tão repleto de coisas e assuntos, não há nenhuma justificativa para essa "pirataria" absurda.

    Embora o plagiador seja uma espécie de "homenageador", pois se se plagia aquilo que tem valor e qualidade, o comportamento é impróprio e condenável sob todos os aspectos.

    ResponderEliminar
  12. Luma, estou passada, com vergonha e trsite com esta realidade... não sei nem o que dizer diante disso.
    Um cheiro.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Luma, só o nome dele dá medo :)
    certa vc de reclamar- são uns sacanas.
    bjus Laura

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  18. Luma,parece que este assunto (ou esta prática) já virou pandemia na rede. E acompanhando o caso da Juliana do Dicas blogger, deixei um comentário que cabe bem ao que você relatou. Como ele é meu, posso reproduzi-lo com a minha devida permissão total ou parcial...rss "Já estou ficando intolerante com estas pessoas que se fazem de "coitadinhas". Coitadinho é o ser que não tem condições para nada...e este ser (dentre tantos outros) sabem muito bem o que fazem por aqui e acham que o simples fato de pedir desculpas, o torna um ser correto e de admiração. Discordo, eu não nasci ontem. Eles fazem desta cara de pau Mor o seu "Plano B".

    Quando você disse "(...)o que escrevo aqui é meu - eu pensei, eu vivi, eu escrevi, pode não valer nada para ninguém, mas cada palavra carrega um sentimento meu(...), resumiu o grande valor do que fazemos aqui, e quando uma coisa dessas acontece, traz aquela sensação de um assalto em casa, onde estranhos entram no teu espaço, vasculham suas intimidades e tudo fica escancarado depois... É um sentimento de perda também...

    Entrei em alguns blogs deste indivíduo que citou e tudo é tão básico para um "professor" ou "monitor" de informática, que não me surpreende tanto a falta de capacidade em fazer algo próprio.

    Agradeço as ferramentas que disponibilizou para nos informar mais a respeito do assunto.

    E dá-lhe cupim nestes caras de pau!

    Beijo.
    Marcelo.

    *aproveito pra dizer que indiquei um selo pra você.

    ResponderEliminar
  19. Ola Luna,
    li sua mensagem sobre plagio e toda a historia do textos copiados.
    Luna, vejo que isso é pratica comum hoje na net e no mundo dos blogs mais intensa ainda.
    Perceba, o blog é uma especie de diario, ou um dossie onde colocamos em pratica nossa vontade de escrever, de compartilhar com o o mundo nossas ideias buscando sermos aceitos e muitas vezes diferentes do visinho ou do amigo.
    Mas para isso é necessario escrever, transmitir em palavras aquilo que sentimos e vemos, e isso não é para qualquer um.
    Escrever de forma original não á para todos, é arte para poucos, pois ser original em textos denota originalidade na alma, nos desejos, nos sentimentos, e isso é raro numa sociedade subjetiva onde tudo é copiado, colado, pirateado e por vezes plagiado de forma grosseira, como foi o caso citado.
    Se voce olhar os blogs atuais, percebera nos posts que mais de 80% são frutos de copias, colagens, montagens e ajeitamentos textuais, não são originais, apenas modificações de textos ja escritos, e muitas vezes reescritos.
    Sou formado em letras, e tenho um pequeno blog, onde escrevo de forma original, sem truques, e isso não é facil. Olhando seu blog e tantos outros percebo que dentre os 20% que escrevem posts originais, estamos nós, aqueles que defendem uma internet mais respeitosa e com descencia nos atos, nos pensamentos a poderia dizer, ate na forma de copiar e colar, ja que seria um ato de altivez de carater e coragem revelar que o texto é bom, que voce gostou, copiou mas teve a descencia de revelar quem é o dono.
    Parabens pelo seu blog, e conte comigo para a defesa de uma internet mais descente.

    ResponderEliminar
  20. Que cara sacana, copia e vem dar uma de coitadinho. Nessas horas tenho vergonha de ser chamado de professor.
    Esse cara , primeiramente deveria informar ou ensinar aos seus alunos que plágio é crime. Se quer ter um blog, produza conteúdo.
    O pior que o cara ataca e fala em egotrip. Caramba, será que produzir conteúdo e exigir os créditos ou seja lá o que for virou crime ou questão de ego?

    ResponderEliminar
  21. @off topic..
    desculpa estar aqui perguntar isto.. como voçe consegui colocar "no select" no texto?
    tou a criar um blog, e gostava de saber esse "tipo de protecção" que nao deixa seleccionar o texto..
    apesar de nao ser 100%seguro sempre é inquebravel para um nerd :D

    se puder ajudar fala aqui
    avlis.rotiv[ARROBA]hotmail.com

    ResponderEliminar
  22. Oi, Luma! Letícia, da MasterNewMedia e do BABEL.com.

    Menina, tô aqui morrendo de rir com a cruzada que você imprimiu para cima do Escatambulo. Adorei! O seu post é um referencial de como juntar provas e agir contra um plagiador. Cheguei a ficar com dó dele quando perguntou se vc queria que ele fosse queimado em praça pública! hehehehehe

    É assim mesmo que tem que agir, vc está de parabéns. Garanto que agora ele não vai plagiar mais ninguém, nem a Madre Teresa. hehehe

    Fantástico, parabéns!

    Beijos!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor