O teu beijo "sacode-me"

Então saiba mais, hoje é comemorado o dia do beijo...

Leitura obrigatória os contos de Alessandra “A Saga do primeiro beijo”. Que relata as curiosidades, influências do meio de convívio, em suma um momento esperado com ansiedade por muitos.
"Não se sabe como surgiu o primeiro beijo da humanidade. As referências mais antigas aos beijos foram esculpidas por volta 2.500 a.C. nas paredes dos templos de Khajuraho, na índia.

Entre os persas, na Antiguidade, os homens trocavam beijos na boca. Mas só pessoas do mesmo nível o faziam. Se um dos homens fosse considerado hierarquicamente inferior, o beijo deveria ser dado no rosto.

Até à segunda metade do século IV a.C., os gregos só permitiam beijos na boca entre pais e filhos, irmãos ou amigos muito próximos. O filósofo Platão declarava "sentir gozo ao beijar".

Os romanos tinham 3 tipos de beijos: o basium , trocado entre conhecidos; o osculum, dado apenas entre amigos íntimos; e o suavium, que era o beijo dos amantes. Os imperadores romanos permitiam que os nobres mais influentes beijassem seus lábios, enquanto os menos importantes tinham de beijar suas mãos. Os súbditos podiam beijar apenas seus pés.

Para assustar seus filhos pequenos, as mães da Indochina francesa ameaçavam lhe dar "um beijo de homem branco".

No período da Renascença, o beijo na boca era uma forma de saudação muito comum.

Na Inglaterra, ao chegar na casa de alguém, o visitante beijava o anfitrião, sua mulher, todos os filhos e até mesmo o cão e o gato.

Em muitas tribos africanas, os nativos reverenciavam o chefe beijando o chão que ele pisava.

Na Escócia antiga, o padre beijava os lábios da noiva no final da cerimónia de casamento. Dizia-se que a felicidade conjugal dependia dessa benção em forma de beijo. Depois, na festa, a noiva deveria circular entre os convidados a beijar todos os homens na boca, que em troca lhe davam dinheiro.

Na Rússia, uma das mais altas formas de reconhecimento oficial era um beijo do czar.

No século XV, os nobres franceses podiam beijar qualquer mulher que quisessem. Na Itália, por outro lado, se um homem beijasse uma donzela em público, naquela época, era obrigado a casar-se com ela imediatamente.

Beijo francês é aquele em que as linguas se entrelaçam. Também é conhecido como beijo de língua. A expressão foi criada por volta de 1920. Na França, o beijo francês é conhecido por beijo inglês.

Na linguagem dos esquimós, a palavra que designa beijar é a mesma que serve para dizer cheirar. Por isso no chamado "beijo de esquimó", eles esfregam os narizes.

Em 1909, um grupo de americanos que consideravam o contacto dos lábios prejudicial à saúde criou a Liga Antibeijo.

Boatos no final do século XIX atribuíam à estátua do soldado italiano Guidarello Guidarelli, obra do século XVI assinado por Tullio Lombardo, o poder de arranjar casamentos fabulosos a todas as mulheres que a beijassem. Desde então, mais de 7 milhões de bocas já tocaram a escultura em Veneza.

Por causa do chefe da polícia de Tóquio, que achava o ato de beijar sujo e indecoroso, foram apagados dos filmes norte-americanos mais de 243.840 metros de cenas de beijos." Boa saúde!
O texto acima foi publicado pela primeira vez no antigo ex-epes, hoje nós por nós – Alguns acharam que eu estava padecendo de algum mal por postar sobre beijos, vista a imaduridade do meu estado.

Tudo isto para quê? Acordei beijoqueira!
Portanto, considerem-se todos osculados

Oh... oh... ainda não estou curada! Quem disse que só os adolescentes se beijam? Este sim parece ser um pensamento antiguado. Quem beija não envelhece, os músculos faciais ficam lisos, o colágeno é estimulado e o cérebro faz todos o resto.

Um beijo à artista com muito "escupe" põe o coração a disparar podendo passar de 70 para 150 batimentos por minuto, o rosto movimenta 29 músculos, o corpo aquece, queimando até 12 calorias, a pressão arterial aumenta. O olhar, o tato, o paladar, olfato e a audição intensificam-se, a produção de hormônios aumenta, o desejo sexual intensifica-se e o prazer aumenta.

Essa eletrização toda ocorre porque os parceiros se tocam num ponto extremamente sensível. Os lábios percebem os toques com a mesma intensidade que as pontas dos dedos, com a vantagem do apelo erótico e com um ingrediente extra que favorece o prazer: a fantasia.

Com o estímulo do beijo o nível de serotonina no cérebro (substância neurotransmissora que dá a sensação de euforia e relaxamento) cresce. Por isso, beijar na boca acalma, ajuda a libertar sentimentos reprimidos, reduz o complexo de rejeição, alivia o stress, estimula as funções circulatórias, diminue insônia e dores de cabeça. Tudo numa questão de instantes.

"Ah! Queria com os meus beijos rasgar a tua carne com tão cruéis mordeduras para que ao menos pela dor fosses minha - e enterrar, esses beijos, no fundo de vós se no fundo houvesse pregos que pregassem as nossas peles unidas." Camille Lemonnier

Aproveitem que ainda dá tempo...
Beijem muuuuito!

21 comentários :

  1. Luciana Monte00:36

    Nah... nada de beijo hoje. Snif.

    ResponderEliminar
  2. Marcos00:37

    Não quero nem saber! Eu quero é beijar!

    ResponderEliminar
  3. Claire00:37

    Ah - quem eu gostaria de beijar está tããããããoo looooongee...

    ResponderEliminar
  4. Viva00:38

    Ah, Luma, que maldade com aqueles que não t^em a quem beijar hoje...

    ResponderEliminar
  5. Queiroz00:39

    Oi Luma,eu não sumi, não Eu apenas estou deixando a entrevista da K-íssa por mais tempo, pois adorei o resultado. E também não parei de escrever. Tenho agora um blog comunitário com a Bruna do Sana.Geral, e escrevi um texto p/ lá de melancólico lá. O endereço é www.bocalibre.blogspot.com, é libre, não livre, pois teve um cara que colocou o nome de bocalivre em 2002 e não voltou a postar até hoje. Por isso vá lá no repito www.bocalibre.blogspot.com. E desculpe se não tenho aparecido no seu blog, as vezes o seu blog abre e fica só o fundão sem nada escrito. Clicando 2 vezes aparece legal. Então é isso gata, visite o www.bocalibre.blogspot.com
    Uma pergunta vc tem flog?

    ResponderEliminar
  6. Bela Nunes00:40

    Oi, Luma!
    Meu namoradinho já passou aqui em casa, e eu já beijei um bocado, hehehe

    Adoro os seus posts, e adorei saber um pouco mais dessa arte ma-ra-vi-lho-sa!
    Beijos (não poderia deixar de dá-los a você também, rs)

    ResponderEliminar
  7. FrOg00:41

    Que merda...
    Não é por acaso que eu ando com um rosto meio envelhecido, meio não sei o que... é falta de exercício...
    infelizmente desperdicei meu dia sem comemorar o tal dia do beijo... bem, ainda temos 8 (só OITO!?) meses aí... feriadão semana que vem... oh beleza!!!
    (Brasileiro é outra coisa, né!? Pode ter feriado daqui a três meses e ele já tá pensando sobre o feriado... 'que trabalhar o que! Eu tenho que planejar!'Péraí! Brasileiro ou Paulista!? Oh Céus, Oh Vida!)
    Beijos pra você, beijos dos quais eu não dei hoje... Boa Quinta... TéMais! =D

    ResponderEliminar
  8. *isåbellå*00:41

    Eu quero beijos... hehe...

    ResponderEliminar
  9. Leandro - BrUxO00:43

    Oioioioi Luma...beijei a Dona Patty um pokinhu onti tbm...e ai ? Foi beijada muito ou naum ?

    Tchau tonta...sumiu do Weblogger neh?

    Bju

    ResponderEliminar
  10. Patty00:43

    OI Luma..rs...o problema é q até começamos o zip.net, mas é muito complicado...ai voltou o weblogger...devo ter esquecido de colocar aki....rs...mas fala ai...não tem nada melhor do q bjar né???Ontem fui bjar meu amor e ainda ganhei trufas...hum....hahahaha...bjinhus!!!

    ResponderEliminar
  11. Yvonne00:45

    Luma, acordou atacada, né amiga? Eu adoro beijos de todas as formas, cores e tamanhos, rsrsrs. Beijocas estaladas para você.

    ResponderEliminar
  12. Nanda00:46

    Bem, "o flor que eu desejo, eu não posso beijar"...rsssssss - Mas um beijo é sempre bom! Beijos!rs

    ResponderEliminar
  13. Manoel Carlos00:46

    Para os amigos íntimos, ao dar um osculum, você disse para todos se considerarem osculados; os não-íntimos devem se considerar basiados? :0)
    Grato pela dica, sempre vale a pena conferir - dica de leitura, lá nos comentários, antes que gere mal-entendidos.

    ResponderEliminar
  14. Dani_Florzinh@00:47

    Eu beijei muito ontem, meu namorado resolvel aparecer, hehehe...
    Gostei desse post.
    Beijos...

    ResponderEliminar
  15. Velasco00:47

    Luminha beijoqueira,
    eh...talvez eu beije hoje, ou não.
    Lum´s to de casa nova.
    Vai um pessoal lá hoje tomar uma pra conhecer. Tá convidada.
    beijo do moleque.

    ResponderEliminar
  16. Nanda00:48

    Feliz dia do beijo.
    ps: penultimo capitulo do conto!!!
    bjus

    ResponderEliminar
  17. Jaqueline Sales00:49

    Oh, kindinhalinda, esse post sobre os beijos me deu um calorão.... Beijar é viver, é sentir e não resistir, não é? Quem não gosta de beijar não pode viver, portanto, vou deixando um, bem grandão, pra voce e os demais. Prepara aí:
    SMMMMMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAKKKKKKKKKK!

    ResponderEliminar
  18. Lulu on the sky00:49

    Buáááá nada de beijo.. snif..
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  19. Edgar Borges00:50

    putz...não escapo do tema...é que não rolou...mas sexta ela não me escapa, ah, não mesmo...
    (e que papo deprê é esse de "quem disse que só os adolescentes beijam"?
    hei de ficar velho mas beijoqueiro.
    aliás,
    bjs.

    ResponderEliminar
  20. Doidivanas00:50

    Vamos combinar, beijar é bom demais!!!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  21. Clara00:51

    Só sei que rodei 100 km no meio da semana pra comemorar esse dia do beijo...porque vale a pena...porque beijar um amor é bom demais!!!! Bjks pra vc, Luminha!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor