Está tudo explicado! É de administradores capazes que faltam aos hospitais públicos?

“Estamos” em campanha. “Estamos” sendo preparados para votar. Muitos favores a serem retribuídos, aparecer na mídia, mostrar serviço...mas cadê a grana pra fazer tudo isso? Precisamos de um bode expiatório...falou mau: Tome!! Você sabia e nós também que a saúde pública no Rio estava um caos.

Nos hospitais públicos, doentes, médicos, administradores, diretores, repórteres estão dando cabeçadas nas paredes. Ninguém sabe o que fazer: se xinga ou se agrada. Todo mundo se confunde. Aceita um cafezinho ou um chá? Água fresca, está muito quente...

Os repórteres tentam passar informações para a população saber agir em situações de necessidade. Esta sendo feita uma triagem para saber quem tem que ser primeiro atendido, quem pode dar o leito para quem está mais necessitado.

Já por diversas vezes li por ai que se fizesse uma pesquisa pelo significado do que é "estúpido", encontraríamos alguém do nosso conhecimento que definiria bem ao pé da palavra o que é ser bronco. Acabei de descobrir por que.

Em uma visita a um Hospital Psiquiátrico, perguntou-se ao diretor qual o critério para definir se um paciente estava curado ou não.

Disse o diretor:
- Nós enchemos uma banheira e oferecemos uma xícara de chá ou uma xícara de café e em seguida pedimos para esvaziar a banheira.
- Entendi, uma pessoa normal escolhe a xícara que é maior.
- Não, uma pessoa normal tira a tampa do ralo...

Bem, o mundo vira 360 graus e passa pelos mesmos pontos.
Beijus,

23 comentários :

  1. Clara17:19

    O problema é que estamos nas mãos de quem se acha normal. Nós temos de fazer a seleção de quem fica e de quem cai fora...passou da hora, não? Bj meu. Clara

    ResponderEliminar
  2. Yvonne17:19

    Luma, a gente lê essas notícias nos jornais e sente um imenso desanimo. Às vezes eu fico pensando se vale a pena mesmo votar em alguém. Estou tremendamente chateada com esse problema com os hospitais públicos. Beijocas

    ResponderEliminar
  3. nossa que diretor é esse???
    hahaha!!! tirar a tampa do ralo é uma piada hein???
    bjus!!!

    ResponderEliminar
  4. Nanda17:21

    em que mundo estamos...
    o doente é doente ou retardado?
    beijos.

    ResponderEliminar
  5. Mylla17:22

    Fikei passadscom essa história ..Fala sério



    ::: (\_(\
    *: (=' :') :*
    •.. (,('')('')¤°.¸¸.•´¯`»
    . ♥Mylla ♥

    ResponderEliminar
  6. Ana Lúcia Klein17:23

    OLá Luma! Muito obrigada pela sua visita. Passei por aqui p/ conhecer o seu e adorei.Eu te espero nos meus blogs: www.gifsanalu.blogger.com.br
    www.bloganalu.blogger.com.br
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
  7. Denise Arcoverde17:28

    Luma, nesse exato momento, estou vendo a matéria que saiu no Fantástico. É de cortar o coração o que acontece com a Saúde no Brasil. Por isso que eu repito, pra quem mora fora do Brasil, que nossas críticas e saudosismo do "sistema de saúde" brasileiro que é consideraod melhor por algumas pessoas, é somente porque, no Brasil, temos planos de saúde, pra quem tem que depender de sistema de saúde público, o Brasil tem um dos piores do mundo! uma vergonha!

    ResponderEliminar
  8. Manoel Carlos17:28

    A crise na Saúde é complexa. O Governo Federal abandonou a rede de saúde do Rio, não repassou os recursos financeiro que a lei o obriga a repassar, etc.
    O Goverdo Estadual desvia recursos da saúde para cheque cidadão, etc. e agora vai gerir os recursos financeiros do SUS?!
    A Prefeitura, desde a volta de César Maia à mesma, primeiro com Arouca, depois com o banqueiro-secretário, teve todo o trabalho desestruturado. A inação da prefeitura talvez seja revelada agora.
    Os três níveis de governo estão errados e pagamos todos nós.

    ResponderEliminar
  9. Camus17:29

    É um descaso o que ocorre com os serviços ditos pela carta magna de 1988, como sendo essenciais. As escolas são centros ideológicos, propaladores de uma ideologia atrasada; os hospitais são campos de concentração... Digo-lhe que de nada nos adianta uma volta de 360º, mas de 180º. O problema é que se encontra na alçada do Estado, responsabilidades que não são suas. Ocorre que, quando se assume responsabilidades outras, as essenciais ficam a ver navios. O nosso Estado sofre de elefantíase aguda e precisa ser urgentemente enxugado, sob pena de um colapso. O César Maia buscava divulgar sua imagem e assim tentar viabilizar uma possível candidatura à Presidência da república, mas, pelo visto, o PFL vai ter que pensar em outro nome a ser testado. Já o governo federal está ivestindo no que mais investe, isto é, em propaganda. São tantas as falácias, que o dinheiro empreendido em tais, mataria a fome e reestruturaria a segurança pública, por exemplo. Duda Mendonça agradece os bônus planaltinos.

    ResponderEliminar
  10. Milla17:29

    cara tem umas coisas no nosso país (cm isso) que me da vontade de virar ate colombiana (olha o desespero)kkkkkkkkkkkk
    Bjão

    ResponderEliminar
  11. André17:30

    Fazendo caretas para o que não é novidade... estamos cansados de saber sobre coisas em nosso país, todos falam em mudanças e sempre vem o pior, precisamos mesmo é fazer um limpeza geral, mas fazer o que gente tem pessoas votando em troca de alguma coisa, sempre tem gente querendo tirar proveito de tudo. A população do rio tem que fazer algo pra mudar aí e a população do Brasil precisa fazer um greve geral contra o governo, mas poucos ou quase ninguém se habilita e os qua se dizem lidres de movimentos são aproveitadores nefastos sem solução... Eu seria dado como louco então rssssss escolheria o sache de chá, vários aliás, assim em vez de esvaziar a banheira colocaria o sache dentro dela e teria uma mega xícara de chá na qual afogaria o Médico (afinal o louco é ele!)

    ResponderEliminar
  12. Gill17:32

    Realmente lastimável a situação da saúde no Rio,e a demora que as autoridades levam pra encarar problemas tão sérios como esse, e o mais triste é saber que não é só lá e sim em diversas partes do país.

    ResponderEliminar
  13. Lulu on the sky17:34

    Alguém tem q tomar alguma atitude não acha?
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  14. César17:35

    Grato pela visita. Sob o seu post. Não sei ao certo o que se passa na saúde do RJ. Mas para "torpedear" o prefeito vale tudo. O Gov. Federal tb não é santo.

    Ri bastante com o teste para loucura. Eu não passaria. Certamente escolheria a xícara de café.(risos)

    ResponderEliminar
  15. Micha descontrolada17:39

    a saúde pública tá um caos.. uma vergonha, espero q agora tudo se ajeite.

    eu não tinha ouvido falar isos do hospital psiquiátrico, é serio mesmo?
    q vergonha.

    beijosssssss

    ResponderEliminar
  16. Edgar Borges17:41

    É o governo Lula agindo seriamente, esforçadamente, rapidamente, etc. etc. etc. para arrumar a bagunça da família garotinho, aquela que quer assumir a presidência do país na próxima eleição.

    ResponderEliminar
  17. QUEIROZ17:42

    O problema da saúde no Brasil é brabo,vou meter o malho na segunda feira com o meu post. Aliais, estou esperando o seu e-mail com as instruções sobre fotos

    BEIJOS

    ResponderEliminar
  18. Renata17:42

    aaaiiiii
    eu acho que ficaria parada sem saber como esvaziar a banheira.

    ah, obrigada pela visita, li alguns dos posts e gostei muito. tá de parabéns, viu?
    beeeijo

    ResponderEliminar
  19. Consegui arranjar um tempinho e aproveitei para atualizar o blog e rever os amigos. Quanto ao Rio, fico triste ao saber pelos meios de comunicação essa esculhambação que está-se fazendo na área de saúde. Realmente, os governos municipais e estaduais estão brincando de ser politicos, fazendo politicagem as custas do cidadão. Muita paz procÊ. Beijão

    ResponderEliminar
  20. AdéliaTheresaCampos17:43

    E você deixou uma palavra em meu blog... cidadania... para políticos, palavra vazia quando deveria ser uma vivência.
    Beijos, carinho e parabéns pelo post.

    ResponderEliminar
  21. Fê Freitas17:44

    O problema não está nos governantes, mas nós que nos adaptamos ao sistema corrupto...Pra nós brasileiros, desde que o happy hour de sexta não fique comprometido, tudo bem que paguemos impostos por saúde, segurança, educação e depois paguemos de novo a setores privados por seus planos de saúde, por seguranças e escolas particulares. Por isso, eu digo que tenho saudade daqueles anos 60 que eu não vivi: queria ver o povo manifestado em pça pública.

    ResponderEliminar
  22. Betsy17:44

    Tenho certeza de q a grana q o Maluf mandou pra Suíça resolveria isso tudo.

    ResponderEliminar
  23. Nanda17:45

    Saúde, educação, segurança - o serviço público, em geral, é um caso de calamidade pública...

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor