Sem Freud e sem Prozac

De calça lee e sandálias,
Ele nem sente o peso da barra.
Na mão direita leva dálias,
E na esquerda sua guitarra

Vai ver a mulher que ele ama
Na cozinha,
Na sala,
Na cama.

Mas hoje ela não quer um “Romeu”
Quer falar de passeatas e riscos
De sonhos que a força venceu
Quer ouvir novos discos,
Curtir a vida e protesto.

Logo ele a deixa,
E ela não faz gestos
Nem sequer se queixa
Há um bar na frente
Ele toma aguardente
Paga deixa gorjeta
E vomita seu amor na sarjeta.

37 comentários :

  1. Anna23:03

    Oi Luma... Bacana seu novo espaço! Porque não divulga pra todos do Nós por Nós??? Beijo e sucesso...

    ResponderEliminar
  2. oieeee luma!! adorei a casa nova, eu adoro o blogspot! seja bem vinda!! =))) já estou providenciando seu link novo =) beijosss Rah

    ResponderEliminar
  3. Olaaaaaa, meu q lindo este texto... tipo... eu copiei =(, tudo bem? Mas não estarei colando no meu blog não... é só pra ficar guardado, porque eu adoro esses poemas e textos... Bom é isso... bjãaaaaozão e voltarei.. me aguarde... rs rs rs

    ResponderEliminar
  4. sério, luma, "para sempre lylia" é realmente muito bom. não estou exagerando... tenta ver se não rola um dvd. filmes europeus são (quase) sempre bons!

    ResponderEliminar
  5. Ueba, comentando,comentando!!!

    ResponderEliminar
  6. "Lumetes", nosso e-mail é dolelubh@yahoo.com.br. Para adicionar um link, vc vai no template e copia uma fórmula da sidebar, se vc quiser depois eu te passo, tá? Bjo

    ResponderEliminar
  7. "O ser humano é o segundo erro de Deus", quem foi mesmo que disse isso, minha filósofa? Obrigadinho pela visita. Asportas estarão sempre abertas para pessoas inteligentes.

    ResponderEliminar
  8. Agradeço a visita e as palavras carinhosas. Seu blog promete. Poesia, crônica, consciência e oração. E você tem razão. Graças a Deus que nem tudo é para sempre. Gostei daqui. Beijos, carinho

    ResponderEliminar
  9. Ah! Linka nóis! Já te linkamos na casa nova, ok? Beijos

    ResponderEliminar
  10. Ah... o que é ex-epes?

    ResponderEliminar
  11. DENILSON, exepes é um blog dos ex-comentaristas do Elasporelas, um outro blog criado por duas jornalistas conhecidas no meio. Depois da publicação de um livro: "Mulheres no Ataque" essa parceria se desfez e então os "exepenianos" ficaram perdidos - posteriormente o ex-epes passaram a ser denominados "Nós por Nós". Vai lá dar uma olhada e comentar: www.exepes.blig.ig.com.br

    ResponderEliminar
  12. Desculpe! Pensando

    ResponderEliminar
  13. Lindo teu blog Luma! Pego-me pessando...O Elas por Elas gerou e ainda gera filhos! Beijim

    ResponderEliminar
  14. LUMA QUERIDA! O post é extraordinário pela luz que traz sôbre uma época de terrível escuridão que a maioria gostaria de esquecer, mas que não devemos,nem podemos fazê-lo em hipótese nenhuma. Viva o amôr ao próximo! Viva a tolerância! - Viva o entendimento! - Viva às diferenças culturais! - Viva às diferenças físicas! Viva às difernças étnicas! Viva ao blog da LUMA! - Viva a vida! Beijos do Atila

    ResponderEliminar
  15. Luma, adorei seu novo lar... Eu não consigo entender como essas pessoas podiam fazer tamanho mal a outras tantas e ainda se acharem corretas, muitos dos nazistas jamais se arrependeram

    ResponderEliminar
  16. nem fale.. acho que eh um sofrimento que nós jamais poderemos compreender a dimensão.. E essa semana eu assisti O Pianista, um filme excelente sobre o tema. beijosss Rah

    ResponderEliminar
  17. Nossa, Luma... a gente lembra (relembra o que estudávamos na escola) com o coração cheio de tristeza quando o assunto é o Holocausto Nazista. Infelizmente, uma terrível mancha na estrada da humanidade. Que Deus tenha consigo todas as almas que sofreram naqueles campos de concentrações. Um grande abraço... PS.: muito bom o texto!

    ResponderEliminar
  18. Oi Lu... poxa q pena... queria tanto por o pé no sofá... só assim pra me sentir em casa haUIAHuiahUIAHiua... Krak, sabe q esses dias mesmos tava lendo sobre o Holocausto, e meu, terrivel, não sei se vc viu no meu blog, mas eu coloquei uma foto do principe Harry vestido de nazista... minha familia, boa parte dela é judia e com certeza sofreram muito com isto, mas mesmo assim, na minha opnião... devemos perdoar... pq aqui se faz aqui se paga e Deus viu sim tudo... até porque na epoca dele, tb se sofriam de fome, dor, frio e etc e o Nazismo, quando ocorreu, na minha opnião tá?! foi pra mostrar q não existe ninguém q seja melhor que o outro e todos somos filhos de deus, e temos o mesmo tratamento, porém Hitler, não entendia isso e seus aliados tb... quem sabe no inferno ele esteja aprendendo isso??? Bjão!

    ResponderEliminar
  19. Oi Luma, adorei sua casinha nova... tão rosinha! Uma época usamos este template fofo no mineiras tb... Parabéns! Quanto à 2a Guerra, é algo tão indigesto que prefiro nem comentar. Só expresso aqui meu sentimento de pura admiração por aqueles que conseguiram sobreviver naquelas condições... Lembrei-me do filme "A vida é bela"... Quanto ao texto do supermercado, lembrei-me de mim mesma, com meu amor... hehehe A inocência do amor, do puro sentimento, é uma das coisas que fazem nossa vida ficar mais... Bela! Abração!

    ResponderEliminar
  20. Oi Luma, descobri vc lá no blog do Nel Meireles. Passarei sempre por aqui. Excelente este texto. Abraço n'alma.

    ResponderEliminar
  21. Sandrinha00:11

    Oi Luma, qual se email? te exeplico tudo por lá.... beijos

    ResponderEliminar
  22. Oi Luma, tudo bem? Fiz questão de vir aqui agradecer pela visita ao meu blog. Volte sempre. Beijos

    ResponderEliminar
  23. Viva00:42

    Oi, Luma, parabéns pelo blog. Já coloquei no meu Favoritos. Em 1994 visitei o Campo de Concentração de Dachau, hoje transformado em museu. É muito impressionante - quase inacreditável.Impossível não se emocionar com as fotos e objetos e, principalmente, com os "chuveiros" de gás. Aliás, você sabia que mesmo depois do fim da guerra e da revelação ao munodo das atrocidades cometidas pelos nazistas muitos alemães não acreditavam que o Holocausto tivesse realmente acontecido. E atribuíam a divulgação a uma "campanha judaica" (sic). Para amenizar o assunto, um fato engraçado que me aconteceu naquela visita. Eu fotografava o portão principal que, como nos demais Campos, tinha a inscrição "Arbeit macht frei" (o trabalho liberta) quando uma senhora me perguntou em italiano porque eu estava fotografando. E eu respondi, sem nunca ter falado ou aprendido italiano na vida, "lavoro liberta". Acho que ela entendeu?!

    ResponderEliminar
  24. Olá Luma querida!!! Adorei o blog!!! Sobre o post, é muito triste tudo o que aconteceu, toda a falta de humanidade e compaixão dos nazistas, como disse a Yohana, muito não se arrependeram. Para que se interessa, tem um Best seller que se chama "Holocausto", não me lembro do autor, mas a história é ótima, pois é composta de um diário de um oficial nazista e do dia-a-dia de um judeu, é muito interessante pois mostra os dois lados da história, vale a pena.

    ResponderEliminar
  25. Olá Luma! Muito obrigada pela visita no meu blog. Pode deixar que visitar o teu será uma felicidade diária!! Abraços!

    ResponderEliminar
  26. Tesco00:52

    Por isso que considero tsunamis, terremotos e furacões, fichinhas. Beijos anti-nazistas.

    ResponderEliminar
  27. Sim, eu sei, principalmente no que diz respeito à idéia do Super-homem. Postar sobre Nietzsche não significa concordar plenamente com ele. Também vale ressaltar que a obra dele está pura e simplesmente no bojo da teoria nazista e não é a base de toda a sandice. Adorei seu texto e seu blog! Deixo aqui uma sugestão de leitura sobre o tema (caso vc tenha interesse em se aprofundar): The Business of Genocide The SS, Slave Labor, and the Concentration Camps - Michael Thad Allen Abraço

    ResponderEliminar
  28. Uma observação... os dentes de ouro não eram embolsados pelos soldados não, eram retido e desfeitos... e mais, todos que eram sacrificados, tinham seus cabelos raspados para virar travesseiros... sabe o que é bem legal? Dá uma procurado no Google, sobre Holocausto e dê uma olhada em sites que possuem fotos... tem umas matérias bem interessantes... Adorei o post de hj

    ResponderEliminar
  29. Uma pequena aula a respeito de um assunto que não deveria fazer parte de nenhum livro de história ou comportamento. Fazer o quê né? Beijo!!

    ResponderEliminar
  30. vim conhecer a casa nova!!!!! e arrebentou no post, moça...bela aula! beijos

    ResponderEliminar
  31. Você diz no texto que Nietzsche era o favorito dos nazistas. No rol de caracteristicas suas vc diz que se interessa por filosofia. Qual o seu filosofo preferido?

    ResponderEliminar
  32. Anna01:15

    Errr... esqueci de dizer: "Parabéns, ficou lindo o blog"

    ResponderEliminar
  33. Esse sistema de comentários ficou melhor Luma! O template tá lindão também... Ahh, tá tudo lindo. Nada melhor que recomeçar hein? Parabéns pela casa nova e um beijo grande!

    ResponderEliminar
  34. Fiz um linke pro exepes (é assim?), mas vou mudar para o Luz de Luma viu. Beijo!!

    ResponderEliminar
  35. Gostei da temática do novo espaço. Comentando o post: acredito que o comodismo estanca o conhecimento, o pensamento e assim, esquece-se que se pode almejar melhoras. Tenha um ótimo dia. Beijão

    ResponderEliminar
  36. Tesco01:20

    Legal, Luma! Mas não nos abandone, viu? Beijos

    ResponderEliminar
  37. Oi Luma, odorei a visita estava com saudades, beijos

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor