Desvendando desejos. Você tem fome do quê?


Ainda não criaram nada mais inspirador para atiçar os nossos desejos que não passe pelo olhar. Quem nunca ouviu? "Primeiro comemos com os olhos".

A tendência é deliciosa e revela que "comer" é um verbo que vai além de saciar paladares. Quem detém os direitos da inspiração? Com o olhar podemos nos furtar a inventar histórias surpreendentes com o único objetivo de satisfazer egoisticamente os nossos desejos para simplesmente "morder", saborear e digerir toda a substância que saciará apenas a nossa fome ou gula.

Primeiro dos desejos, comer! Primeiro à título de sobrevivência e depois para satisfação. A boca é sensorial.
Aprender a comer é aprender muitas coisas, do comportamento a cultura. Quem respeita o alimento tem dignidade. O útil e delicioso revela quem você é, mas aqueles que realmente gostam de saciar o paladar procuram por novidades. Numa época em que a palavra "gourmet" tornou-se corriqueira, qual é a tendência da vez?
O Shutterstock me ajudou a encontrar a resposta para "O que queremos comer?"
Veja galeria de Dan Kluger
Veja galeria de Jonathan Neman, Nathaniel Ru, Nicolas Jammet (sweetgreen)
Veja galeria de Daniel Holzman
Veja as páginas de Oliver Wesseloh (Kehrwieder Kreativbrauerei) e Flávio Rodrigo David (Kebab Street Food)

A tendência na cultura de alimentos e bebidas vai de encontro às origens e simplicidade. Até mesmo os hanburgueres são caseiros e artesanais, pedindo que as pessoas se voltem para suas cozinhas e se preocupem mais com a qualidade da alimentação. 

A comida viva é energia para o espírito e com uma boa música essa energia é potencializada!
Em tempo: "A maioria das pessoas confunde paladar e sabor. Paladar é uma sensação química percebida pelas células que formam os botões gustativos. Sabor é uma fusão de várias sensações. Para sentir o sabor, o cérebro interpreta não apenas os estímulos gustativos (paladar), mas também os estímulos olfativos (olfato) e as sensações térmicas e táteis" (Sarah Dowdey)

Saudade é o tema da próxima BC (Blogagem Coletiva) do dia 04 de julho. Essa BC que está em sua segunda edição, acontecerá no primeiro Sábado de cada mês e é organizada pela Ana Paula do blogue "Do lado de fora do Coração" e pela Tina Bau Couto do blogue "Meu Blog e eu". Todos estão convidados a participar! 

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

57 comentários :

  1. Luma, tenho fome de alimentos saudáveis e naturais!
    Mas a maior fome que tenho é de paz, de harmonia, fome de Amor,Amor,Amor!
    Bjos e lindo final de semana!!!!
    Peguei vc agora, não é?
    hahahahahaah
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderEliminar
  2. Luma, meu vício é ler receitas, fazer as que mexem com meus sentidos e colecioná-las também. Gosto muito e aprecio a boa comida e a faço também com dignidade. Estar diante das bancas maravilhosas das hortaliças, das frutas é paixão! Desde muito pequena, tenho vontade, essa cobiça doida de levar tudo.Valorizo muitíssimo a comida caseira, mas há modismos e invencionices idiotas por aí desvirtualizando o verdadeiro, o puro sabor e pessoas insandecidas para criar e outras para imitar. Estou farta de pratos com montinhos minúsculos, cheios de arabescos por cima e nas laterais parecendo uma pintura abstrata tela. Comida tem sim que agradar aos olhos, mas tem que ser suculenta, substanciosa, perfumada e que faça o paladar gozar de prazer. Cultivo tomilho, manjerona, manjericão, salsa, cebolinha. Que prazer! Gostei do que li aqui! Tenha um lindo fim de semana! Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Luma querida!
    Respondendo a questão do título dessa publicação saborosa : tenho fome de vida Viva!
    Alimentação é o tema que anda ocupando o meu tempo atualmente de forma integral. Acredito que saiba disso. No ano passado, quase nessa data escrevi um texto no meu blog sobre a importância da alimentação. Sobre ter uma alimentação consciente.
    Irei conhecer todos os links sugeridos por você.
    Antes deixo beijos soprados aqui do paraíso para o seu ♡

    ResponderEliminar
  4. Não sou glutão mas as coisas que gosto saltam-me à vista.
    Acontecem milagres que nos deixam loucos de desejo.Saciar a fome dos sentidos é o caminho explorado por todos os canais de venda.
    Área comercial .

    ResponderEliminar
  5. Luma eu gosto de quase tudo(infelizmente,rs) ,gosto de coisas saudáveis, das caseirinhas, mas gosto de um monte de doces e coisas que muito bem poderia abrir mão,rs bjs, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  6. Oi, Luma!!!
    Cardápio musical, achei o máximo e dei uma espiada! A boa música na alimentação faz sentido... lembro-me que a rádio local tocava somente música clássica na hora do almoço, o que tornava o momento algo um tanto clássico mesmo se estávamos na mesa de metal com banquetas da cozinha, rsrsrs.
    Comemos com os olhos e vou além, comemos com o cheiro... como é bom sentir cheirinho de comida sendo preparada!!!
    Dos painéis, o que mais me chama atenção é o do hamburguer, Há quem ache a mistura de sabores over, eu acho o máximo, hahaha.
    Não falarei tudo o que penso porque escreverei sobre o tema, rsrsrs. Abraços!

    ResponderEliminar
  7. olá Luma! um assunto muito apetitoso que apresentas hoje :)
    sabes que a lista do Daniel Holzman tem inúmeras imagens que mais parecem da culinária portuguesa, grelhados simples, guisados com legumes, tomate, pimento,
    ou refogados também com legumes, à mistura, batatas, ervilhas, feijão...
    caldeiradas de peixinho fresco
    e frutas variadas da época a acompanhar
    assim será a cozinha mediterrânica como lhe chamam
    ou seja os alimentos já não serão transformados pela industria alimentar como têm sido
    e as pessoas apreciam esse contacto direto com a natureza que lhes oferece esses seus frutos, assim a natureza é mãe

    bom apetite Luma!
    abraços

    ResponderEliminar
  8. Tenho fome por viagens, por ver o mundo, por ver e aprender sobre as artes, tenho fome para educar os olhos e ver o belo em tudo que me rodeia, tenho fome de livros, tenho fome de saberes. A comida não é um dos meus maiores prazeres, mas preciso dela e da bem feita para me manter em pé. Beijos querida Luma.
    www.brasildobem.net


    ResponderEliminar
  9. Luma que post delicioso... fiquei aqui me perguntando do que tenho fome? Gosto muito de vegetais e frutas, mas também gosto de frituras e salgados prontos... e como pouco ou quase nada de doces. Como tão pouco doces que minha taxa é sempre bem abaixo do normal e os médicos sempre dizem para ter cuidado com hipoglicemia, mas não adianta, não sou lá muito fã.

    Beijocas

    www.vidabonita.com.br

    ResponderEliminar
  10. Luma, eu quero comer local, orgânico e da época, privilegiando as frutas e legumes, como vegetariana que sou.
    Agora. do que tenho fome...? Ah, de tudo o eu que é bom na Vida!
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma...
    Quanto ao paladar me apetitou aquele sanduíche cheio de folhas verdes... Saladas são irresistíveis pra mim.. mas vou desde um torresminho até uma rúcula... E quando me chamar pra uma refeição, saiba, que comidas "rançosas" não são pra mim: coraçãozinho, figado de boi, moela...

    Gosto de tudo passadinho... meu pecado é gostar de tudo tostado.. até mesmo sentir aquele gostinho de fumaça... seja em um churrasco ou num pão torrado.. (sei faz mal e até cancer pode provocar alimentos queimadinhos)... Mas não morro por causa de carnes... Massas eu adoro..e de fato, encho os olhos e a boca para saladas....

    Mas minha fome maior é de simplicidade, de amizades transparentes e sem amarras, soltas, de boa convivência.. Tenho fome de saúde pra poder tocar a vida e mais ainda de paz e liberdade..

    E você, tem fome de quê?

    Beijos, Teresinha!

    ResponderEliminar
  12. Oi Luma,
    Convidativas imagens e reflexão muito bem feita! Sempre fui de boca boa,amante de doçuras,mas de uns tempos pra cá tenho estado mais atenta às quantidades(questão de saúde).Considerando que aqui onde moro o alimento é considerado coração e alma de toda uma nação,fica difícil resistir a tantas tentações...Abraço fraterno!

    ResponderEliminar
  13. Oi, Luma.
    Essa questão de alimentos sempre esteve muito em evidência pela mídia em programas sobre saúde, mas geralmente as pessoas não seguem uma dieta rigorosa.
    O paladar vai muito além do que degustar o alimento na boca. Tem também o lado visual e olfativo, que são extremamente importantes.
    Eu pelo menos me baseio muito no cheiro da comida.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderEliminar
  14. Oi Luma! Antes da comida chegar à boca, comemos primeiro com os olhos e com o nariz! Uma comida cheirosa nos atrai de longe! rs rs rs Bjks e bom final de semana! Tetê

    ResponderEliminar
  15. É verdade antes de comer ,comemos primeiro com a boca.
    Gostei do texto,bastante apetitoso.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Oi Luma, que texto apetitoso!!!
    Nem me fale em comer por prazer, amo!!! Mas sei que a alimentação correta é a melhor para purificar nosso corpo e nossa mente, o difícil é seguir a risca né?!
    Temos que perseverar neste propósito!
    bjsss e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  17. Comida caseira
    Gourmetização de tudo, algumas dentro da proposta outras só de bossa
    Rústica
    Exótica
    Simples
    Refinada
    Sou de tudo, tendo passado algumas restrições e faltas mesmo algumas vezes na vida, como dividir um caramelo com meu irmão algumas vezes quando criança, não ter dinheiro pro pão quando adulta

    Cada um tem muitas histórias para contar no tema comida, proposto por mim e Ana nessa segunda rodada da BC
    O dividir, o levar e pedir de porta em porta, as diferentes culturas e as parecidas, as identidades, modos de fazer, de ser, as misturas
    Alimentos com memórias afetivas, engraçadas, variadas, a fartura, a falta, a poesia

    Vale pra vida, pra comida e pra saudades boas:
    Não comer de garfo e faca
    Lambuzar-se
    Quintana disse e eu assino embaixo

    ResponderEliminar
  18. Fone é algo que nosso organismo necessita para sobreviver e sabor é algo químico tipo desejo, comer com os olhos beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  19. Bom dia Luma! Muito boa sua indagação. Tenho fome de paz e liberdade; de ir e vir sem molestações, fome de vida!
    Tenha um dia azul!

    Bjs!

    ResponderEliminar
  20. Adorei o seu post, realmente estamos mais voltados para um novo tipo de comer, com os olhos sempre, mas alimentos que nos confortem, que nos tragam memórias de vida saudavel, de nostalgia.
    Beijos
    Adriana

    ResponderEliminar
  21. Adorei a tua postagem e vou também participar da blogagem. vem ver as dicas de livro no Poesia, bjs

    ResponderEliminar
  22. Bom texto aqui vemos quando temos fome
    e comer com vontade, com os olhos mas comer bem
    gostei de ler nunca pensei nisso
    Bjuss de bom domingo
    Rita!!

    ResponderEliminar
  23. Sabores e paladar aguçados por aqui!
    O cardápio musical me fez voltar no tempo e lembrar de um restaurante popular onde almocei durante anos e tocava uma rádio de música clássica e músicas populares tocadas só no instrumental. Bem, as músicas sugeridas lá no cardápio são bem melhores e mais animadas!
    Fotos de encher os olhos e dar água na boca!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  24. Bom,concordo!Ter fome pode ser de outra coisa que não comida,isso é fato,comida tem que agradar primeiro aos olhos e ao nariz,ok! Eu adoro procurar novidades,sabores novos,frutas exóticas,acho que variedade é tudo.E sim,somos o que comemos,da mesma maneira que somos o que pensamos.Fui!

    ResponderEliminar
  25. Boa noite amiga Luma!!!
    Bem tenho fome de alimentos que sejam preparados com higiene e que nos façam algum benefício saudável e/ou prazeroso.
    Tenho fome de que tenhamos mais amor próprio e amor ao próximo...
    Que Deus continue a nos abençoar sempre!!!
    Tudo de bom!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderEliminar
  26. Lembro-me sempre dos invisuais quando se fala da visão.

    Também o cheiro, o tato e outros sentidos serão importantes.

    Eu como com os olhos, felizmente.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Olá, Luma!
    Esse post foi de matar... Bem no dia do meu jejum terapêutico?
    Aliás, jejum tem tudo a ver com fome, desejo, paladar, sabor. E sabe que tô gostando de aplicar semanalmente esse trem?
    Jejuar é viver "o outro lado da moeda", e nos ajuda a sermos mais seletivos sobre o que, quanto, onde e porque ingerimos determinados alimentos.
    Após bom tempo exercitando esta prática, consegue-se "dar as cartas" no processo alimentar com muita eficiência, fechando o ciclo digestivo de ativação e necessário repouso.
    Indicado para pessoas saudáveis e equilibradas, o jejum terapêutico só faz sentido consorciado a alimentação correta nos outros seis dias do ciclo semanal.

    E bora tomar aguinha saborizada! Beijão procê!

    ResponderEliminar
  28. Oi, Luma.
    A saúde baseia-se na nossa alimentação. E eu concordo plenamente, que a comida viva é energia para nosso espirito.
    Gostei muito do artigo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  29. Luma!

    Ainda bem que como com os olhos! talvez não acredite, mas faço isso para me saciar e na hora de comer realmente como menos. Tem gente que diz que como feito passarinho. Mas de passarinha não tenho nada no momento, talvez só consiga assobiar.

    Desde minha infancia tive um paladar apurado e sendo assim sou muito exigente com o sabor. Meus pratos são coloridos, outro dia ganhei até um "parabens" hahahahah. Dou preferencia a saladas, legumes, e gosto muito de experimentar novidades. Sempre fui assim, desde a infancia. Como praticamente todas as frutas possiveis, e gosto de ir à feira para que me ofereçam um pedaço de algo diferente que nunca comi antes. Sim, há frutas incriveis de outras partes do Brasil.

    O meu pai que sempre foi saudavel e com aparencia de 20 anos a menos dizia: o segredo é comer o suficiente.

    Sobre o proximo tema: Saudades (suspiro... ) a medida que vou envelhecendo esta palavra se entranha mais em mim.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  30. Os olhos também comem e ainda bem....
    Quem não gosta de ter um jardim na refeição ? Só ainda não estou muito á vontade sobre as flores comestíveis . Tudo que seja vegetal , bem-vindo à minha gula...
    E gourmet , nem todo! Não gosto de reduções molhisticas nem sabores exquis"
    Mas vivam os sabores para todos os gostos !
    Beijinho Luminha!

    ResponderEliminar
  31. Pulei esse tema porque comida não é meu forte. E ultimamente parece que tudo amarga na minha boca... queria se o tipo que sente o sabor das coisas e aprecia sentir... ia ser tão bom!

    ResponderEliminar
  32. Luma, em relação ao alimento, tenho procurado o mais saudável e orgânico possível, embora o vício por doces tenha me derrubado.
    Tenho fome de saúde, força e vigor físico para viver o resto da minha vida com alegria, liberdade e disposição.
    beijo, menina

    ResponderEliminar
  33. Luma...não sou gulosa mas como imenso com o olhar...mais do que com o paladar!
    Minha fome passa pela concretização de alguns projetos adiados!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  34. Resumindo, em uma palavra: apetitoso! :) Falando sério, Luma, belo post. Boa semana!

    ResponderEliminar
  35. Eu adoro um churrasco,mais gostei muito do seu texto.
    Ajuda o controle da fome.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  36. Oi Luma! Lindas imagens que aguçam a leitura do post também!
    Sempre fui comilona, do tipo que briga com a balança, ops, comigo mesma rsrs
    A verdade é que estou pagando por isso, mas estou melhorando dentro de minhas possibilidades. Não é sempre que podemos comer com todos os sentidos, mas que é bom é, são momentos que a gente não esquece.
    Ótima semana, beijos!

    ResponderEliminar
  37. Mas a menina o que parece é ter sede...

    Beijinhos para si!

    ResponderEliminar
  38. Oi Luma, post apetitoso!
    Respondendo sua pergunta inicial... Eu tenho fome de viver!!!
    E eu sempre tive uma ligação muito grande com a gastronomia!
    Desde pequena sempre gostei de criar pratos, misturar sabores, usar cores nas refeições e por aí vai...
    Ultimamente ando meio desanimada por culpa da falta do tempo, e ando muito em busca de uma alimentação que seja prática e saudável ao mesmo tempo.
    E você amiga, tem fome de quê?
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderEliminar
  39. olá, Luma,

    Nunca ouvi falar do Shutterstock Sketch...achei interessante e o prêmio maravilhoso. Você vai participar? Boa sorte!

    Luma, há dez anos que venho tirando do meu prato alimentos que trazem a crueldade animal...festejo muito cada conquista, quando deixo de lado para sempre hábitos gulosos que lembram a dor dos indefesos animais.

    Amar a natureza, para mim, é amar além de flores e folhas...é não causar dor e sofrimento aos animais - seres sencientes.

    Ao longo desses anos, estou aprendendo que um alimento não substitui outro...cada um tem suas próprias características e valores.

    A escolha cabe a nós...a Mãe Terra nos oferece uma infindável quantidade de frutos nutritivos.

    Estou empenhada também em consumir cada vez menos produtos industrializados. Sinto-me feliz em perceber que vivo bem sem caixas e latas de conservas que as indústrias passam como alimentos.

    Acredito que a paz começa em nosso prato, com nosso alimento.
    Alimento que dará vida ao corpo e espírito.
    E, não há vida saudável ao corpo nem ao espírito, com sangue de inocentes!
    Também concordo com você..."a comida viva é energia para o espírito...

    beijinhos, tenha uma semana bem bonita!

    Lígia e =^.^=

    ResponderEliminar
  40. Acredite, teu post me deu fome. Adorei e eu amo comer. Pena que tudo que é delicioso (saboroso e cheiroso) engorda. E é verdade, mta gente confunde paladar com sabor mesmo. E precisamos comer para nos mantermos vivos, mas comida virou um grande prazer nosso. Bjs e boa semana.

    ResponderEliminar
  41. Bom dia Luma.
    Eu amo comer, gosto de tudo, não tem alimento que não saboreie. Tenho sede de comer de tudo e não engordar rsrs. Um feliz dia. beijos.

    ResponderEliminar
  42. Sou vegetariana, então nem tudo me atrai. Mas cresci comendo em casa, afinal não tínhamos dinheiro para comer fora e as comidas da mãe sempre foram muto saudáveis - frutas, legumes e verduras, o que rola até hoje. Então, tanto eu quanto as irmãs, temos costume de comer o que é tão pregado como correto. Mas também sou formigona e muitas vezes, um doce me faz saltar os olhos e preciso "degustá-lo" rsrsrs.
    Gosto de cheirar a comida antes de comê-la, acho importante esse processo. Uma vez, ao fazer isso, uma pessoa me disse "vc não sabia que é falta de educação cheirar o que vai comer?". Aí eu disse "por quê? Não podemos usar nossos sentidos?".

    Belo tema da Ana Paula - saudade! Pra eu participar tem que ser fora do prazo, uma vez que não tenho internet na Caverna Real e as postagens programadas não funcionam de acordo com a programação (aliás, preciso entender isso...).

    Abração esmagador e ótima semana.

    ResponderEliminar
  43. Muito bom este "post". E todos devemos ler e fazer "pausa" para refletirmos....

    ResponderEliminar
  44. Gostei do que li.

    Quanto a participar, pois eu não tenho hipótese e meu computador - vá lá saber o motivo - não publica pré-datação

    beijinhos

    ResponderEliminar
  45. Luma, diferentemente de outras pessoas, eu como para viver (rss). Não sou atraída por belos pratos. O arroz com feijão, salada, legumes, carne... fazem parte do que entendo por saboroso. Bjs.

    ResponderEliminar
  46. Olá, querida Luma!
    A minha maior fome é de paz e tranquilidade!
    Apesar de adorar cozinhar não sou muito de comer.

    A sua próxima postagem vai ser muito legal, saudade é um tema que atrai e muito.
    Parabéns pelo texto, rico e esclarecedor!

    Bjs, fique com as bençãos de Deus! ♥

    ResponderEliminar
  47. Oi Luma
    por que o Schutterstok te ajudou a descobrir a resposta para o que queremos comer (pergunta, meu ponto de interrogaçao nao sai, rs)
    vou repassar o link para meu filho que gosta de desenho, quem sabe ele se inscreve.
    As imagens desse blog, são tentadoras, e logo leu imaginei uma fruta brasileira , a pitomba. Ganhei outro dia. De casca amarronzada, guarda uma polpa cítrica muito gostosa! Adoro frutas e folhas. Mas o que apetece muito são os biscoitos água e sal, ou salgados. Como de tudo, menos carnes.
    bj e tudo de bom pra você!

    ResponderEliminar
  48. Não tenho muita fome de comida, não.
    Tenho fome de gente, de carinho, de aconchego.
    Sonho em não sentir o gosto da saudade, por exemplo.
    (O endereço Dan Kluger está indisponível).
    Muito antes dessa onda de comida o mais natural possível, eu acreditava nisso e nunca fui fã de industrializados.
    Comer bem é sempre um prazer.
    Beijo, Luma.

    ResponderEliminar
  49. Luma,
    Vou te contar uma coisa: - Eu nao sabia cozinhar, demorei a aprender, pois trabalhava e estudava e nao tinha tempo. Mas, com o passar do tempo... As coisas mudaram. So fui pensar na minha alimentacao quando sai do Brasil. Eu e o meu marido optamos em fazer nossa alimentacao, o que eh raro por aqui. Ate somos criticados por isso. Comemos muito pouco fora de casa. Usamos muito os organicos e outros alimentos mais saudaveis. Fazemos paes, doces,criamos receitas e, nos divertimos muito. Agora, voltando ao post; tenho fome de viver, de paz, que a humanidade perceba que estamos no caminho errado para que se tenha uma vida digna e saudavel.Seu post esta incrivel!!!! Bjs e uma que seu dia seja feliz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fizer a canjica, me envie uma foto pra postar no Receitas. Bjs

      Eliminar
  50. Agora que "a casa é minha", essa relação com a cozinha tornou-se mais próxima. Desde o ato de pensar além no que comer ao longo de x dias, até o preparo de item por item, e vê-los transformados em uma refeição. E essa relação ajudou bastante não a deixar a dieta mais saudável, mas a pensar no tempo em que se come, o quanto que se come, quantas vezes, porque, motivado por qual fato do dia... deixou a "coisa toda" mais humana e natural. Pelas limitações financeiras já não era de comer em restaurantes e shoppings, e continuo conseguindo contar as vezes em toda a vida nas quais fui nas poderosas cadeias de lanchonetes que estão por ai. E acabo conseguindo construir cotidianices muito legais com a Carol quando invisto meu tempo para cuidar dos alimentos e de certa forma dedicar-me a ela também [que está num modo formal de dieta], fazendo as refeições. Aí vamos criando nossas especialidades e renovando nossas sensações de sabor e paladar... bjos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tony, lembrei que há algum tempo tentava incluir "meio copo de água morna com limão" em jejum na minha rotina diária, no entanto só devemos nos alimentar cerca de 20 minutos após a ingestão. BEODEOS, em 20 minutos eu já estava pronta e fechando a porta de casa para ir trabalhar. Refleti então que loucura de vida era essa que eu não conseguia passar nem uma hora em casa entre acordar e trabalhar /o\ Loucura que criei e des-criei porque agora tem água com limão, tem tapioquinha, tem suquinho...e não chego atrasada no trabalho! Outras rotinas foram mudando em decorrência da bendita água com limão e seus 20 minutos de molho :-)

      Eliminar
  51. Gente, tá rolando a semana mundial da alimentação ou algo assim? O que tenho visto de publicação na blogosfera e no Instagram tá uma coisa! Deve ser pq estou voltada para o assunto, resolvi cozinhar mais, organizar um cardápio semanal e tals. Comidas saudáveis, sempre, mas acima de tudo que alimentem e deem muito prazer...a vários sentidos <3

    ResponderEliminar
  52. Que post maravilhoso,Luma. Deu fominha só de ver.
    Realmente começamos a comer com os olhos.Um prato bem colorido para mim é tudo de bom e é como eu como. Muitos legumes e verduras.

    Obrigada pela visita,minha linda.

    Beijos e ótima noite de quinta_feira


    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  53. Respondendo diretamente à pergunta, acho que minha fome, atualmente, se resume essencialmente ao essencial e ao saudável.
    Adorei: "Aprender a comer é aprender muitas coisas, do comportamento à cultura" - e devemos acrescentar: "construir a saúde": pois somos o que comemos.

    bjn gde

    ResponderEliminar
  54. Luma, era uma que achava que tinham o mesmo significado (afff rs), sou muito eclética na cozinha, mas tenho uma queda pela cozinha rústica rica em história e cultura, atualmente tenho desejo que o alimento saudável fosse mais acessível e democrático para as pessoas de baixa renda, é mais fácil ela comprar um lixo no supermercado cheio de conservante do que um produto orgânico de origem que sempre é bem mais caro! É complicado, junta falta do $$$$ com falta de conhecimento e informação, o resultado reflete nos postos do SUS.
    O dia hoje foi comprido... Boa noite!
    Bjooooooo.

    ResponderEliminar
  55. Querida Luma
    Não há dúvidas:quem chega primeiro ao prato são os olhos!
    Acontece que nem sempre o que parece, é!
    Contento-me com o que há de melhor, como dizia um grande político,mas não estou e ser snob. Para mim, o melhor é o legume e a fruta da época, cultivados sem adição de pesticidas ou herbicidas ou outras substâncias tóxicas.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor