Noutros Lugares

"Os outros passam, tocam-se, separam-se,
exatamente como dantes. Mas
aonde e como? Aonde e como? Quando?
Em que praias, que ruas, casas, e quais leitos,
a que horas do dia ou da noite, não sei.
Apenas sei que as circunstâncias mudam
e que os lugares acabam. E que a gente
não volta ou não repete, e sem razão, o que
só por acaso era a razão dos outros."

Fragmento da poesia "Noutros lugares" de Jorge de Sena e se quiser sabê-la toda - se ainda não a conhece, veja o vídeo abaixo... Não há uma única vez que ao assistir esse vídeo, eu não me emocione.

Com o aniversário do blogue, pensei no que estaria fazendo na época de sua criação.

Onde você estava há 10 anos?

Logo veio a poesia de Jorge de Sena em minha mente, pois ela resume uma série de fatos, de como a vida passa sem que percebamos. Estamos presos aos dias, às horas... Num emaranhado de acontecimentos e muitas vezes de "tempo desperdiçado", seja de que modo for.

Acho que facebook nasceu em 2004 ainda com conexão dial-up. Se ainda fosse essa conexão as pessoas passariam tanto tempo em redes sociais? Ainda bem que conheci o mundo dos blogues antes das redes sociais... 

Imaginar as coisas que mudaram desde então, dá a impressão de que tudo aconteceu muito rápido. Mas nós não nos libertamos e não acompanhamos a evolução tecnológica, se tivermos como parâmetro a evolução humana. As pessoas ainda continuam rudes, cometendo crimes, fazendo guerras e alcovitando.

LostHouse e Battlestar Galactica foram dessa leva dos dez anos, mas o primeiro seriado que assisti talvez tenha sido Twin Peaks (? a conferir!) e ainda sou uma série adicta para os momentos de desconexão neuronal.

Revendo datas descobri que Peppa Pig também nasceu nesse período... E isso significa que eu ainda tenho muitos capítulos para assistir com meus afilhados... rs.

A vida somente acontece quando compartilhamos do nosso tempo. Não sei se existe tempo perdido, já que para haver perda, seria necessário um dano e por outro lado, não existe o "ganhar tempo". Os iludidos dizem que tempo é dinheiro... 

Tempo é uma conta que você faz somente quando já não tem mais tempo e a nossa vida se torna diferente de outras vidas pelo sentido que somente nós damos à ela. Errado quem vê a vida do outro e quer fazer igual.

Livrai-me, Senhor
De tudo o que for
Vazio de amor.

Que nunca me espere
Quem bem não me quer
(Homem ou mulher).

Livrai-me também
De quem me detém
E graça não tem.

E mais de quem não
Possui nem um grão
De imaginação.

Poema "Libera-me" de Carlos Queiroz

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

60 comentários :

  1. Existe um tempo onde eu faço uma coisa que me dá imenso prazer.....É quando eu venho aqui logo cedo me deliciar com as suas publicações Luma !
    Gostei da poesia e o vídeo verei depois quando ligar o PC.
    Muitos beijos soprados daqui para aí!

    ResponderEliminar
  2. A gestão do tempo é a que mais me preocupa, por ser tão precioso, já que, por exemplo, ao contrário do dinheiro, nunca o poderemos recuperar...
    Beijinhos e um bom dia bem aproveitado!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Luma,
    Bela interpretação de Jorge de Sena, acho que já o vi declamando um poema ao lado de uma "avó".
    As vezes, muitas vezes me sinto perdendo tempo com tudo... e é preocupante mesmo, pois o vejo passar rápido demais.. Sim, eu vejo e as vezes não sei como fazer para não perdê-lo tanto... tudo empaca..

    Beijos no coração!

    ResponderEliminar
  4. Lindo, lindo!!! Concordo com a Astrid, o prazer desse tempinho quando venho aqui. Adoro! Ainda não tenho faze, acho que meu tempo é tão curto que não posso dividí-lo mais, rs. Só blog!
    Vou ver o vídeo mais tarde com calma, agora sem tempo, kkkk.
    Grande beijo

    ResponderEliminar
  5. Tudo muda, o tempo todo em uma velocidade absurda.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  6. Gostei de tudo quer li, principalmente me identifiquei com a frase de que o a vida só acontece quando compartilhamos nosso tempo. Gosto de estar comigo mesma e considero que a vida está nas relações, inclusive consigo próprio.
    Verei o vídeo com calma. Levarei a poesia.bjs

    ResponderEliminar
  7. Que emocionante vídeo, Luma
    Hoje estou bastante emotiva.
    É o aniversário da minha mãe.
    Se viva fosse estaria com 101 anos.
    O tempo passou muito rápido, amiga

    A gatinha do cabeçalo é a Juja do meu filho.
    Te desejo um lindo dia, querida
    Obrigada pela gentil visitinha.
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos


    ResponderEliminar
  8. Noutros lugares...
    Eu vivi, sonhei, passei e não passei
    Fui sol e fui sombra
    Fui apenas um espectador
    Desperdicei meu tempo
    Como a areia da ampulheta
    Marcando as horas e a razão dos outros.

    ResponderEliminar
  9. Olá, volta antecipada das férias.
    Muito interessante sua matéria, nos deixou a refletir sobre. A realidade mora aqui.
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Que vídeo! E realmente os encontros mudam muito nossa vida, sempre mudam. Uns mais radicalmente, outros mais sutilmente, mas sempre nos transformam e mudam nossa vida! Parabéns pelos 10 anos de blog! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  11. Não conhecia este poema dito pelo Diogo Infante, embora já o tenha ouvido dizer, ou ler outros poetas.Nunca a minha vida, sofreu tantas transformações como nos últimos 10 anos. Sofri 4 cirurgias, perdi o emprego, perdi pai e mãe, perdi 4 tios e um primo. fui reformada, apoiei o marido na luta contra um câncer, casei o filho, ganhei uma neta, que criei até aos 3 anos. Aprendi a mexer no pc, criei 4 blogues, comecei a escrever o que me ia na cabeça. E finalmente realizei um sonho de menina. Comecei a estudar.
    Muita coisa, boa e má.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. Também gosto muito de Jorge Sena. Belíssimo este seu post.
    10 anos o seu blogue. Parabéns amiga.Nestes 10 anos aconteceu-me algumas
    coisas traumatizantes. Doença do meu marido a nível respiratório,partida dos
    membros mais pequenos da família,com seus pais, para a Irlanda.Perda de
    membros familiares, doenças graves também noutros. Enfim, mais coisas
    más que boas, mas a vida vai seguindo.
    Amiga que daqui a 10 anos possamos estar aqui de novo.
    Um grande beijinho
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  13. Amiga Luna, gosto muito, tanto de Jorge de Sena, como do actor Diogo Infante e realmente este vídeo nos emociona .
    Há dez anos comecei a lutar com o início de uma doença degenerativa e auto-imune, forma anos muito difíceis mas que agora felizmente já estou mais estabilizada.
    Numa década tanta coisa mudou, o mundo principalmente e a relação das pessoas.
    Não sei se estamos melhor, sinceramente não sei.

    beijinho com carinho


    ResponderEliminar
  14. Abriu o post maravilhosamente bem com essa poesia.
    Belo post! E muito reflexivo, também.
    Às vezes paro pra pensar em como eu era há uma década.
    Percebo que era muito diferente em diversos aspectos, mas exatamente a mesma em tantos outros.
    Ainda me preocupo demasiadamente com o que vai acontecer e com coisas que talvez nem sequer venham a acontecer. Ainda sou muito ansiosa. Ainda sou viciada em filmes e quadrinhos. Mas cresci, aprendi e mudei muito minha forma de encarar a vida.

    Bjos!

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Oi Luma que linda esta poesia e que bela reflexão fizeste sobre o tempo. ..10 anos pode ser muito ou pode ser pouco, o que importa é ter vivido coisas boas.
    Obrigada pelo teu carinho no meu blog. bjks

    ResponderEliminar
  16. "Noutros lugares" "não sei se existe tempo perdido" "Apenas sei que as circunstancias mudam" "E que a gente não volta ou não repete" "Tempo é uma conta que você faz somente quando já não tem mais tempo e a nossa vida se torna diferente de outras vidas pelo sentido que somente nós damos à ela" "Que nunca me espere, quem bem não me quer". Só isso. Um grande abraço e obrigada por sempre me fazer ler posts como este. superlinda.com

    ResponderEliminar
  17. Que coisa mailinda esse poema, amei seu bloguito, bjus

    ResponderEliminar
  18. Que poema lindo!
    As pessoas não voltam...não mesmo!!!!
    Amo seu blog, sempre que entro aqui encontro muita afinidade com meus pensamentos,amiga!
    Bjus e BRAVO!
    O vídeo ficou maravilhoso, a passagem da vida....
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderEliminar
  19. Excelente ideia, pensar no que estávamos a fazer há 10 anos atrás.
    Parabéns pelo seu blog! Que perdure por longos anos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Oi Luma, é a Vi, gostei do Carlos Queiros, a gente tem que se livrar de todo peso.
    Eu penso sobre o tempo, e as vezes penso que temos muitas expectativas, e muitas delas, que não são nossas, mas criadas pelas pessoas que fazem parte da nossa vida diretamente ou indiretamente, só para dar um exemplo: a sociedade cobra que a gente se case, depois tenha filhos e etc, e se você não seguiu essa regra, você desperdiçou sua vida, seu tempo.
    As vezes para pessoa ser feliz, ela não tem que fazer isso ou aquilo, talvez uma pessoa que tenha uma vida simples, que pode até tirar uma soneca a tarde, que para muitos seria um desperdício de tempo, mas para essa pessoa é a paz, a alegria, é tudo.
    A gente não leva nada dessa vida, nem o tempo.
    Beijos,Vi

    ResponderEliminar
  21. Há 10 anos estava com a cabeça na prova complementar ao prouni na universidade que decidi cursar, e ajustando as coisas no computador, que tinha dado pau. Morava num bairro da região sul de curitiba e estava começando a me acostumar com a ideia de que dali em diante o modelo da minha vida mudaria, e uma escolha na qual eu pensava há 3 anos, em breve, teria que tornar-se algo mais. Estava desiludido com acompanhar futebol, e usava o orkut como se não houvesse amanha. Já não tinha mais internet discada em casa, salvo rarissimo engano. Cá estamos :)...

    a relação que tenho com o tempo é engraçada, mas engraçada de um jeito que todo mundo tem / faz / vive. Aparentemente, lidamos todos com ele da mesma maneira, e rotulamos de formas distintas conforme nossa fase, nosso espirito, e as pessoas que estão ao redor dele.

    bjo!

    ResponderEliminar
  22. Aiii Luma, é isso?! tenho que lembrar que meus anos passaram?! Se voar ainda mais longe lembrarei de Barrados no Baile, mais longe ainda, ahhh sim... quem se lembra de... ops... não vou contar não, daqui mais um pouco vao ter ideia de minha idade. Posso garantir que fiz coisas maravilhosos.

    Mas... 10 anos atras, eu era uma morta, uma prisioneira, sofri v... então, a minha mente se limitará a musicas e seriados que mais gostei.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. O tempo é relativo, diz a ciência, mas em tal assunto nem me abuso; é complexo demais para entender, quanto mais falar ou escrever. Por isso prefiro acariciar o tempo somente com a percepção dos sentimentos.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  24. Luma; amei essa postagem, o vídeo! Nesses 10 anos, estive aqui em pelo menos 5. Deixando meu blog de lado e voltando, mas nunca esquecendo os amigos.
    Muita coisa mudou nesse tempo, mas, sempre os amigos acompanhando a jornada, ainda que tenham feito algumas interrupções. Beijos

    ResponderEliminar
  25. Nao existe tempo perdido mas sim a vida vivida, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  26. Olá Luma,
    Há exatos 10 anos estava reconstruindo minha vida, meu pai tinha acabado de falecer e tinha que correr atrás de muita coisa. A vida passa, as pessoas mudam e evoluem.
    big beijos

    ResponderEliminar
  27. Oi Luma! O tempo passa rápido quando fazemos algo prazeroso e passa devagar quando fazemos algo que não gostamos. Para alguns dormir é perda de tempo mas para aqueles que se preocupam com sua saúde é essencial uma boa noite de sôno...Adoro este poema de Carlos Queiroz!Bjos!

    ResponderEliminar
  28. Oi, Luminha,

    Achei lindo este poema (eu não o conhecia!). A questão do tempo é tão complexa e crucial, né? Toda vez que leio ou ouço falar disso me lembro da frase do Jorge Luis Borges: "O tempo é a substância de que sou feito ...". E, justamente por achar que o tempo é a substância de que somos feitos eu acredito que a gente pode perder tempo sim. A permanência por horas, nas redes sociais, é um dos modos de se perder tempo, em minha opinião, rsrs.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  29. Tem razão, Luma. A humanidade evoluiu muito tecnologicamente, mas... E foi só! Abraços.

    ResponderEliminar
  30. "Tempo, tempo, tempo, tempo..."
    O que eu fazia dez anos atrás? Sonhava com o que deveria estar fazendo pelos próximos dez anos.

    :D

    ResponderEliminar
  31. oii... mtu lindo poema.. estou te seguindo... eu adorava leer mai ja algum temo que eu nao leio e vi no seu blog a oportunidade de voltar a ler ..nao ha nada melhor que se deliciar com a leitura. parabens pelo blog.

    alinepriscila.blogspot.com

    ResponderEliminar
  32. Luma... Estou emocionadíssima! Descobri, ou melhor, redescobri a razão do buraco em meu peito desde que fui arrancada de Ouro Preto, quando não queria... Voltei lá, tudo estava lá, menos as pessoas que tinham ido embora. Não tinha descoberto a resposta para o vazio que encontrei. Hoje vejo . Aquele lugar acabou... Hoje lá é outro lugar e meu lugar é aqui! Obrigada!
    Bem, há dez anos eu sonhava com minha casa nova, meus filhos tinham 13 e 7 anos e eu ainda tinha muita autopiedade por causa do avc. Neste período meu blog era um bebê e engatinhava até que um dia conheci Luz de Luma! Eu fazia 40 anos e achava isto tudo muito legal! A vida era uma correria gostosa e o tempo escorria pelas mãos... Um beijo!

    ResponderEliminar
  33. Muito bom texto, Luma!
    Viver pra valer e compartilhar VIDA!!!
    Um abraço grande neste início de semana e mês...
    MUITA PAZzzzzzzzzzzz...

    ResponderEliminar
  34. Que lindo!!!
    Retornei e fiquei delirando no que eu fazia alguns anos atrás.
    Quanta coisa mudou; e assim a vida é o tempo.
    Bom começo de semana.
    Janicce.

    ResponderEliminar
  35. Olá querida Luma, tudo bem? Saudades....
    Belo texto, bom para refletirmos, ótima postagem!
    O tempo voa as vezes a gente não sente, rsrs.

    Fiquei feliz em saber que vc fez a focaccia, as vezes eu tbm me distraio e sempre queimo alguma coisa principalmente o arroz, rsrs.
    Adoro quando vc testa minhas receitas é um prazer compartilhá-las.

    Desejo que Fevereiro seja um mês recheado de bençãos pra vc e sua família!
    Beijão ♥

    ResponderEliminar
  36. Luma querida, escrevi uma carta e quando fui publicar não sei o que houve, o servidor não foi encontrado e eu perdi. Em resumo, acho que meu tempo foi muito bem aproveitado, agora mais ainda, paparicando os netos, dois deles presentes nesses 10 anos.
    Ultimamente meu tempo é tão usado que não sobra pra internet.
    Bjim, cosquirídia e um lindo fevereiro pra ti e os teus.

    ResponderEliminar
  37. Carlos Queiroz desconhecia, Jorge de Sena já li...

    Boa semana, Luma :)

    ResponderEliminar

  38. Olá amiga, vim desejar-lhe um abençoado início de mês.
    Doce abraço Marie.

    ResponderEliminar
  39. Lumaaaaaaa, que lindo !!!
    Onde estava há dez anos, o que estava fazendo ?
    Acredita que tenho fragmentos na minha memória ? não lembro de tudo,sei que foi bom, com alguns tropeços... o que era de se esperar, rsrsr
    Mas desde 2009 consigo acompanhar melhor a minha vida por causa do blog... será que eu deveria ter feito um diário ??
    Concordo contigo, ainda bem que comecei nessa vida blogueira antes das redes sociais... confesso que tenho medinho de certas atitudes.

    Adorei o post, parabéns pelos 10 anos e que venham muitos outros !!!

    Bjus 1000 querida e obrigada novamente pelo carinho no meu niver !!

    ResponderEliminar
  40. Olá Luma,
    Tão belo poema de Sena na voz de Diogo Infante, um sedutor da palavra.
    Sabe, o tempo, há um tempo para cá tem o dom de me provocar uma comoção para lá do razoável e aceitável, mas há relações assim, e com o tempo, agravam-se.
    »...as pessoas somem,
    e não mais voltam onde parecia
    que elas ou outras voltariam sempre
    por toda a eternidade (...)
    Apenas sei que as circunstâncias mudam
    e que os lugares acabam. E que a gente
    não volta ou não repete(...)» - é isso que dá um nó na garganta.
    Um post sublime.

    m bj amg

    ResponderEliminar
  41. É Luma, tanta evolução tecnológica e até parece um retrocesso na humanidade em termos de sentimentos e atitudes...
    Volto depois para assistir ao vídeo. Beijo!

    ResponderEliminar
  42. Luma, parabéns!!! Dez anos de blog... minha filha conheceu a rede muito antes que eu e sempre disse que eu iria gostar. Mas só conheci há quatro anos, depois da conexão dial-up, hahaha, e depois do Face - embora goste muito mais daqui.
    No serviço voluntário que faço, na reunião mensal, colocaram uma frase para meditação que dizia que a melhor coia que podemos dar a alguém é o nosso tempo, porque é algo precioso, pois aquele momento não voltará mais. Um senhor muito sábio, com quase 70 anos, em seu comentário, completou - "só nos damos conta disso quando nosso tempo já está acabando".
    Façamos o melhor com nosso cada dia e assim, não haverão os arrependimentos irrecuperáveis do desperdício.
    Abração!

    ResponderEliminar
  43. Oi Luma um belo fim de domingo para voce, que inspire a nova semana, o novo mês e que nos seja propulsor de possibilidades.
    Meu terno abraço de paz.
    Beijo

    ResponderEliminar
  44. Luma, dez anos, já é um blog "pré adolescente", o meu ainda está sendo "alfabetizado", rsrsrrsrs. E que venha muito mais anos... Parabéns!
    A poesia é linda, mas a sensibilidade da interpretação e do visual deu outra emoção as palavras. Amei!
    Uma semana luz para você!
    Bjãooooooo

    ResponderEliminar
  45. é verdade , o tempo corre , e o tempo na internet nos toma muito , sabe que eu não lembro o que fazia a 10 anos atrás , só tinha uma filha a 10 anos, e pensava no segundo filho, sem imaginar que virai outra princesinha.

    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  46. Boa tarde amiga Luma!
    Primeiramente queria deixar registrado meus votos de felicidades com os 10 anos do blog!
    Que Deus continue te abençoando para nos surpreender sempre, como de costume.
    Sim, nos últimos anos a tecnologia tem avançado por demais. ...tantas redes sociais. ...Até tentei ficar ativa em algumas, hoje não mais. Continuo com as contas, porém apenas para divulgarconteúdos dos blogs. Esse contato, essa amizade virtual ...optei por valorizar mais a dos amigos blogueiros, que postam conteúdos interessantes e com certeza enriquece meus conhecimentos e faz meu dia a dia mais feliz!
    Sou muito feliz por fazer parte da sua história! Obrigada por ser minha amiga!
    Que Deus continue nos abençoando sempre! ♡
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderEliminar
  47. Querida amiga

    Tanto para pensar...
    Um poema...
    Uma mensagem...
    Outro poema...

    O pensamento nestas horas, viaja...

    Que ainda haja estrelas em seu coração,
    é o que deseja minha vida para a tua.

    ResponderEliminar
  48. Oi Luma!

    Lindos versos, verdadeiras palavras. A vida da gente é assim, simplesmente assim. 10 anos é tempo de verdade, criança prodígio no caso do Luz. Criança que nos ilumina e mostra que há sempre uma Luz...

    beijos querida.

    PS: Lá no htpp://bluemoon-tina@blogspot.com tem "beijus" para você.!

    ResponderEliminar
  49. Que postagem bonita, Luma. Não conhecia esse vídeo e me emocionei também. Aliás, o fragmento postado por vc tb é lindo, assim como todo o texto. Bjs e boa semana.

    ResponderEliminar
  50. Belo post, Luma! E você tem razão: o vídeo é realmente emocionante! Boa semana.

    ResponderEliminar
  51. Oi Luma, belos poemas de Jorge de Sena e Carlos Queiroz! Vivendo e Aprendendo... achei que a carí$$ima Peppa Pig fosse de agora, não me lembro dela de antes, talvez as crianças da época não deram mt bola pra ela, rs. Nossa, 2004 foi o ano que passei por zilhões de tratamento para engravidar sem nenhum sucesso, desencanei... agora percebo que já se foram mais de 10 anos, o tempo passou rápido mesmo e nem percebi!
    Qto ao seu comentário sobre a soja, fiquei imaginando o que vc passou com a dita cuja, rsrs. A proteína de soja vc encontra em supermercados na seção de grãos e em lojas de produtos naturais tbm, mas acho que é mais caro. E põe td mundo aí de cobaia, proteína de soja não tem gosto de nada, mas faz mt bem à saúde! rs
    Foi um prazer participar do níver do Luz! =)
    Bjs e um ótimo dia!

    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderEliminar
  52. Oi Luma, que poesia linda!
    Eu não conhecia o Jorge de Sena e já vierei fã. Parabéns tb p/o Diogo Infante que conseguiu passar a poesia com a mesma emoção do poeta.
    E parabéns também p/vc que nos presenteou com o vídeo.
    Bjsssss querida

    ResponderEliminar
  53. Os teus textos são sempre tão ricos que não me é fácil abranger tudo no comentário e é raro não reler.
    A questão do tempo é uma abordagem muito pertinente ao fazeres esta espécie de retrospectiva a propósito do aniversário do blog. Uma das razões porque prefiro os blogues, é precisamente a possibilidade de revermos a nossa história. Nunca acho que se perdeu tempo. Cada um ocupa o seu tempo naquilo que lhe dá mais prazer, excetuo o que tem de ser feito por obrigação.
    Termos consciência que, ao longo do tempo, há mudanças e que isso não é forçosamente grave para a nossa vida, é um ótimo princípio para estarmos bem...
    Também gosto de séries (evito-as porque depois fico dependente...), gosto muito de Jorge de Sena, vou pesquisar sobre Carlos Queiroz e vou, cada vez mais, ser muito seletiva quanto ao tempo.
    Bjoss. Luma :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já me situei quanto a Carlos Queiroz. Como não é tão conhecido, foi bom ver um poema dele na tua postagem...

      Eliminar
  54. Oy Luma , bonito . Você é um Proust renascer espiritual. E ' Twin Peaks ' - virá novamente em uma nova forma . Mesmo Woody Allen terá uma série de televisão sobre a Amazônia . Quem tem ou poderia ter imaginado isso dez anos atrás? Um dos prazeres da vida é ver o que vai acontecer a seguir . Beijos

    ResponderEliminar
  55. Oi Luma,
    O tempo voa de verdade e fazer de cada minuto um acontecimento importante, ainda que o "acontecer" seja estar viva, é o que vale a pena.
    Carpe Diem!!!

    ResponderEliminar
  56. OI LUMA!
    MUITO LINDO ESTE POEMA, A MEDIDA EM QUE O OUVIMOS, NOS DAMOS CONTA DE QUE, VIVER É SÓ UMA PARTE DO TODO, POIS, A MANEIRA COMO O FAZEMOS É O QUE MAIS IMPORTA.
    BELEZA, COMO SEMPRE O SÃO TUAS POSTAGENS.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  57. E que sejamos todos livres e felizes, sem invejas ou presos á ilusão do tempo :D
    bjsss

    ResponderEliminar
  58. Querida Luma
    É verdade que o tempo passa e não nos damos conta durante a vida activa.
    Quando nos aposentamos é que vemos tudo de maneira diferente.Olhamos para os mais jovens e pensamos, por exemplo:vai buscar a filha ao colégio, como eu já fiz...Quantas saudades!
    Mas agora temos outro tempo e que lindo é visto sob o prisma de carlos Queiroz!
    Obrigada,querida.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  59. Oi Luma, um belo dia pra você!
    Gostei do poema. Não conhecia. No momento estou no trabalho e não dá para assistir ao vídeo. Vou tentar assistir quando chegar em casa.
    Menina, já tem 10 anos de blog? Nossaaaa que legal!
    O tempo é algo efêmero, ilusório e cada vez mais escasso...
    Sinto falta dos tempo em que a internet não era o principal na vida das pessoas, onde as famílias e amigos interagiam mais...
    Belo post. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor