Uma pausa para o café

A vida está borocoxó?
Podia ser melhor!
Lila irá ajudá-lo a reencontrar o colorido da vida
Lila é um personagem de um curta-metragem lírico e poético que completa uma espécie de trilogia que começou em 2008 com "Um conto de amor em Stop Motion" (uma jovem sonha com o que ela acabou desenhado no papel) e, em 2011 com "A sombra de azul" (um jovem descobre sua inspiração no voo das borboletas)

Todos os três filmes estão cheios de sentimentos de esperança e otimismo, e retratam um mundo no qual a vida e a fantasia se tornam apenas um. Lila é uma conclusão fascinante para uma trilogia temática, mesmo involuntária, que sugere que pode haver um pouco de Lila em todos nós.
A música é uma composição exclusiva do talentoso Sandy Lavallart e o filme é do inquieto escritor, diretor, ilustrador e animador Carlos Lascano. No papel de Lila, está a atriz Alma Garcia que se presta muito bem ao personagem que sonha, imagina e com a sua delicada arte de desenhar, tenta mudar o que vê e deixa tudo mais colorido e amoroso.
Lila Visualizando laços sutis de amor...
Uma história bonita, com ar naif em que a menina lembra Amélie"não pode resignar-se a aceitar a realidade tão plana como ela percebe" (Carlos Lascano)
Metáfora visual estendida sobre como as pessoas podem ajudar os outros através de pequenos atos de bondade.

Existem apenas dois olhares sobre a vida e fazemos a escolha, a cada dia, sobre como respondemos aos desafios, vitórias e tudo mais. Podemos optar por permitir decepções para que apodreçam e sejam classificadas como injustas, portanto, abrimos mão do controle, ou então, encontramos aceitação e inspiração através desses desafios.

Pense em quando rotulamos algo na nossa vida como "injusto". Isso é uma ladeira escorregadia e leva a desculpas e contorna o poder que todos nós temos sobre as nossas próprias vidas. Resiliência e audácia - é o que o desafio deve nos dar.

Mas o que um vídeo docinho tem a ver com desafio? Oras, pense em um comportamento contrário ao de Lila e que muitos possuem. Pense em um simples olhar que procura por defeitos... A vida pode lhe dar socos e você pretende dar socos de volta? É gastar energia com nada. Te convido a embarcar numa viagem mais feliz!

"Dormi e sonhei que a vida era alegria. Acordei e vi que a vida era serviço. Eu agi e eis que o serviço era alegria" Rabindranath Tagore.

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

56 comentários :

  1. Bom dia nesse dia de chuva minha querida Luma ! Conheço essa história e me encantei com ela também. E, agora mais ainda , lendo este seu post. Vamos ao café?
    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  2. Que lindo post,Luma.Adorei e obrigado pelo carinho e participação! Sempre muito legal te ler! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  3. Achei interessantíssimo.

    também agradeço a visita e o comentário.
    (sei que é aborrecido ter de escrever as palavras para colocar o comentário mas é o único jeito de afastar os comentários automáticos e sempre idiotas ou até ofensivos.)

    O meu obrigada
    Bj
    BShell

    ResponderEliminar
  4. Perfeita essa reflexão, Luma. Concordo com você e com Tagore, , " eu agi e vi que a vida era alegria".
    E é com esse ingrediente, a alegria, que tento temperar minha vida e as do que estão ao meu lado, todos os dias.
    Bj e muita alegria para voc~e,
    Lylia

    ResponderEliminar
  5. oi Luma

    A vida ensina tanta coisa, e a gente precisa saber o que vai fazer com cada aprendizado.
    O vídeo é divertido e engraçado.

    bjkas =)

    ResponderEliminar
  6. Uma reflexão sábia e o vídeo é mesmo
    uma graça, tudo um encanto abraços

    Bjussss de sempre com muito frio

    Rita!!!

    ResponderEliminar
  7. Com muito carinho nesse fim de semana
    venho desejar muitas coisas abençoadas
    para você.
    Se Tiver avó..Feliz dia da avó.
    Feliz dia do escritor para mim
    escritor é todo aquele ,
    que escreve um livro ou simplesmente
    uma poesia até mesmo quando escolhe um poema.
    O fato de escolher um poema ou um texto
    para postagem não deixa de participar da vida do escritor.
    O escritor esta no coração de cada um de nós.
    Eu não me considero importante mais do
    que ninguém por ter escrito
    um livro.
    Um feliz e abençoado final de semana beijos.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  8. Ao ver a garota fui parar antes de ler, em Amelie! Que universo gostoso e puro!
    Gostei do vídeo e do seu post.
    E para um café eu estou sempre pronta! Um beijo Luma!

    ResponderEliminar
  9. Luma eu quero ver o filme LILA; Mas eu adorava cinema. Hoje não tenho mais vontade de assistir. Preciso me acostumar novamente.
    Obrigada por seu comentário sobre o livro o RÉU E o REI.
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  10. Belíssimo! Inclusive o Curta :) Fui olhar no Youtube.

    Luma, quer compartilhar mais esse? Para o blog de Cinema.

    Aguardando...
    Beijos,

    ResponderEliminar
  11. OI LUMA!
    FIQUEI COM VONTADE DE VER O FILME, VOU VER SE ESTÁ NO NET FLIX, PARA VÊ-LO.
    TENS RAZÃO, PARA QUE GASTAR ENERGIA COM COISAS QUE NÃO NOS LEVAM A NADA?
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vídeo do curta-metragem está no post!

      Eliminar
  12. Fascinante Luma o que escreveu e me levou a refletir!!
    Bjssssssss
    Allê

    ResponderEliminar
  13. Poxa, eu que adoro cinema e filmes, ainda não conhecia esta trilogia. preciso ver correndo, adorei o vídeo!
    Sobre café, também falei de uma confeitaria linda que está pra fechar as portas lá no meu pedaço, confira.
    beijos cariocas


    ResponderEliminar
  14. Gostei das ilustrações e acho que os filmes devem ser interessantes.

    Excelente citação do grande Tagore!

    Beijinhos, Luma :)

    ResponderEliminar
  15. Luma, quero voltar para assistir às indicações, tenho certeza que me acrescentarão (o note que estou usando está sem áudio). Mas preciso dizer que suas considerações são um sopro de incentivo em dias que foram cansativos emocionalmente. Há algum tempo escolhi oferecer bons sentimentos mesmo quando o que há não é tão bom assim. Afirmo que é das melhores escolhas que já fiz na vida, mas quando estamos cansados, parece que fica turvo para enxergar o caminho para a fonte do bem. Seu texto ajudou a dissipar ainda mais minha neblina. Um abraço!

    ResponderEliminar
  16. Sempre pensava que só devemos dar o que recebemos. Hoje penso que só devo dar o tudo e o quanto tenho necessidade de dar. Não sou do tipo que quer fazer de tudo para não se arrepender de nada, sou do tipo que não me arrependo de nada do que faço. E entre essas coisas está refazer pensamentos e atitudes buscando cada vez mais a felicidade, coisa que não é nada fácil. Grande abraço Luma. superlinda.com

    ResponderEliminar
  17. Uma bela história Luma vejo muitos filmes sou viciada em filmes mas nao lembro desse , vou anotar e procurar.
    Suas dicas sempre muito boas.
    Obrigada e abraços

    ResponderEliminar
  18. Adorei a dica ;)
    Que café leve e delicioso!...

    Beijos =)

    ResponderEliminar
  19. Luma, já vou me colocar à procura dessa trilogia. Nunca ouvira falar e parece ser tudo de melhor! Amei a dica ;)
    Abraço!

    ResponderEliminar
  20. Que lindo Luma, vi o vídeo duas vezes ...me enkantei!

    bjss e bom domingo!

    ResponderEliminar
  21. Eu vou passar um café agora mesmo, para ver esse video abraçada com ele... tenho a impressão que vou me encantar e só Deus sabe o quanto a vida precisa de encantamentos!!!

    ResponderEliminar
  22. Oi, Luminha,

    Vou procurar ver este curta com certeza! Gostei da estória e ela me "fala" de um modo especial, pois tenho uma filha cujo apelido é Lila, que desde sempre ama desenhar, rsrs. A mensagem ou proposta do filme também tem tudo a ver comigo e a frase do Tagore tem sido o meu lema de vida, rsrs.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde Luma :)
    A cada desafio devemos 'treinar' nossa resiliência, pois
    reclamar e revidar os socos que recebemos da vida, não nos torna mais felizes...
    Postagem fabulosa...
    Bjs!

    P.S.:Amei o curta-metragem.
    Lila é um bom exemplo de resiliência.
    Das tristezas do cotidiano com suas nuances cinzas, ela consegue
    visualizar cenas coloridas e alegres...

    ResponderEliminar
  24. Post muito bom! A vida bem vivida é feita de desafios, superações e conquistas... Não foi possível ver o vídeo por completo, mas tentarei novamente p ver se consigo...
    Abraços e uma boa noite...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Luma... Voltei e consegui, já que a conexão por aqui melhorou...
      Lindo! Uma realidade desafiante e compensadora!!

      Beijos... Bom Domingo...

      Eliminar
  25. Luma,

    então sou um pouco da Lila...

    Bjs

    ResponderEliminar
  26. Muito bom post,Luma!
    Vou assistir a esse filme ,penso como LILA....
    A vida é serviço e serviço é alegria.....vídeo lindo demais!
    Bjus

    ResponderEliminar
  27. Nossa Luma,que história mais linda! Seria bom demais se tudo que a gente desenhasse acontecesse assim,como mágica! Uma linda lição de vida e amor! bjs,

    ResponderEliminar
  28. Oi Luma! O fechamento do texto com os versos de Tagore foi com chave de ouro. Ser feliz é o remédio que vem de dentro para fora. Beijo! Renata

    ResponderEliminar
  29. É verdade Luma, a vida muda se nós mudamos, podemos ver as coisas de outro modo, reagir diferente a tudo que nos acontece. Adorei seu post! É isso aí! Beijos!

    ResponderEliminar
  30. Minha querida Luma

    Fiquei com vontade de ver o filme, depois do texto soberbo que li e adorei. Para reflectir.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  31. Olá amiga, passei por aqui para desejar-lhe uma abençoada semana.
    Doce abraço Marie.

    ResponderEliminar
  32. Boa noite amiga Luma! ♡
    Vídeo lindo e emocionante. ..me fez lembrar de minha filha que ama desenhar e colorir. ..
    E mesmo nos momentos difíceis vale usar a imaginação e criatividade para sermos mais felizes. ..
    Amei♡
    Feliz Semana! ♡
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderEliminar
  33. Olá,LUMA.

    Sou seu mais novo seguidor.

    Cheguei até aqui através de amigos comuns.

    Foi muito bom ter encontrado seu blog ao qual voltarei sempre!

    Também, estou lhe convidando para conhecer alguns dos meus blogues cujas temáticas são humor, narrativas de vida e amor.

    Amor que transcende,enaltece, valoriza e encanta a vida de cada um de nós.


    Confira: e ficaria honrado com sua presença e quem sabe seguir-me:

    FALANDO SÉRIO.
    http://ptamburro.blogspot.com.br/

    FRAGMENTOS DO ACASO
    http://paulotamburrosexo.blogspot.com.br


    HUMOR EM TEXTOS
    http://paulotamburro.blogspot.com.br/


    Se quiser conhecer todos os meus blogs, basta clicar, no meu nome, neste comentário, lá em cima ao lado da chave que espero lhe abra todas as portas.

    Um abração carioca

    ResponderEliminar
  34. Sim as vezes temos oportunidade de escolhas nesta vida, lindo.
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  35. A vida está cheia de escolhos. Cabe-nos a nós acabar com eles. Na vida eu sempre tentei acabar com eles e transformar o impossível em possível. Umas vezes consegui outras não, mas não foi por não ter tentado.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  36. A vida nos deixa escolher os nossos caminhos, isso é perfeito para trilhar com maestria os trilhos que seguiremos.
    Demorou mais conseguir abri o Vídeo estava faltando um Plugin na máquina e deu trabalho. Risadas!
    Valeu mesmo muito interessante.
    Abraço

    ResponderEliminar
  37. Realmente lembra mundo a personagem "Amelie Poulain" com um toque mágico sobre todos.
    O mundo, a vida pode ser transformada ao nosso bel prazer.
    O melhor da vida é de graça,mas a "realidade" intensa das coisas práticas da vida não permite muito essa percepção.
    Um curta-metragem de um diretor argentino com estética francesa. Adorei.
    bjs

    ResponderEliminar
  38. Achei otimista demais pra mim. Mas é lindo mesmo, e a jogada com os desenhos, e as metáforas... Genial e apaixonante.
    O clima me lembrou um pouco Amelie Poulain... Conhece?

    ResponderEliminar
  39. Luminha,
    Que video lindinho.
    Enquanto lia seu post e via o
    video me veio uma frase na cabeça:
    Fazer o bem sem olhar a quem.
    E penso quando fazemos assim
    o mundo se colore e se perfuma
    imediatamente, igual os desenhos de Lila.
    Beijos e uma semana de luz e paz

    ResponderEliminar
  40. Também me encatei Luma! E sabe, aquilo de dobrar as mangas e mudar o que puder é bem o que faço todos os dias. Não sabia o que era Naif, mas agora que sei, é a minha cara! Rsrsrsrs. Beijos, valeu pelo banho de vitalidade que recebi agora!

    ResponderEliminar
  41. Tagore é um sábio e você uma menina que tem sempre a palavra certa!

    Não conheço a curta metragem, mas promete ser muito boa!
    Estarei atenta.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  42. Oy, Luma, I "dig" ele ~! Mundano é como a gravidade pesada, imaginação e movimento como leveza e flutuabilidade. Estou cada vez mais apaixonado pela arte e imaginação. Felicidades e beijos ~!

    ResponderEliminar
  43. O curta passa uma boa mensagem.
    Bjs

    ResponderEliminar
  44. Olá, Luma.
    Eu não conhecia esta inspirada série de vídeos.
    Creio que, em todos os momentos de nossa vida, existirão situações onde tudo irá depender de nossa postura perante o acontecido, e isso servirá de apoio para nossas decisões e atitudes futuras.
    Podemos passar nossa vida toda tentando ferir de volta quem nos machucou, mas isso de nada serviria; temos de aprender a perdoar, ver que ninguém é perfeito e tentar ver o que bom podemos aprender, o que nem sempre é fácil.
    Abraço, Luma.

    ResponderEliminar
  45. Muito fofo o vídeo Luma.
    Big beijos

    ResponderEliminar
  46. Concluiu sua postagem com uma ótima citação. É difícil conviver mas muitas das nossas atitudes contribuem para isso, como raiva e sentimentos de vingança. Não procurar defeitos e encontrar algo de bom em todos exige disposição para o viver melhor. Não conheço os vídeos e você os apresentou de forma tão leve que me interessei. Bjs.

    ResponderEliminar
  47. É muito fofo estes videos.Já tinha assistido.
    Sobre a 'moral da história', entendo que botar a culpa no outro, na má sorte, no destino nos enfraquece. E acostumamos a não nos responsabilizar por nossos atos. Cabe a cada um fazer a diferença, principalmente na própria vida. E a ida com mais cor fica mais interessante. Beijos

    ResponderEliminar
  48. São ***olha o plural menina, kkk :P

    ResponderEliminar
  49. Luma: td maravilhoso por aqui..como sempre!! abraços meus

    ResponderEliminar
  50. Querida Luma
    Que bela crónica!
    Esperança e optimismo,sempre; e muita audácia!
    Muitas vezes somos apanhados pelo emaranhado das incertezas que, como diz J.S.Nobre,nos deprimem e nos deixam indefesos.E, no entanto,nenhum de nós é uma folha de árvore, que o vento do Outono apanha sozinha e vai semear na relva.Não somos seres insignificantes, atirados ao vazio da vida.
    Tudo o que sentimos foi anteriormente pensado(Podemos fazer uma pausa para pensar em vez de ser para tomar um café) por nós,portanto,pensemos positivamente e lutemos por um mundo melhor.
    Parabéns pelo texto
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  51. Assisti aos 3 filmes, Luma. Encantadores... amei!
    Abraço :)

    ResponderEliminar
  52. Obrigada por me chamar aqui! Não sabia da trilogia.
    Achei mesmo especial Lila. Beijo!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor