Qual a melhor hora para um café e outras drogas


Jamie Beck e Kevin Burg para Cinemagrafhs
Você supõe que a melhor hora para tomar o seu café seja logo pela manhã, afinal, "Café da manhã" sugere alguma coisa e, também supõe que tomar café no final da tarde não seja uma boa ideia, principalmente para aqueles que possuem problemas para dormir. Ledo engano!

Já parou para pensar que muitas vezes você toma o seu café e tem a impressão de que ele não surtiu efeito algum? A explicação para isso vem de um conceito bem interessante, porém pouco falado, a Cronofarmacologia.

Cronofarmacologia pode ser definida como o estudo da interação dos ritmos biológicos com a ação das drogas no organismo. Um dos ritmos biológicos mais importantes é o "relógio circadiano" - 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico - Esse relógio de 24 horas endógeno fracionado, funciona a cada momento alterando a sua fisiologia e comportamento, absorvendo ou não uma droga, potencializando ou descartando a eficácia dessa droga, até mesmo causando tolerância à droga.

Leitura complementar: Cronofarmacologia: tomar os remédios na hora certa é essencial

A luz é um fator determinante para o cérebro reproduzir esse ciclo de 24 horas. Um estímulo que foi chamado Zeitgeber - termo usado na cronobiologia para descrever um estímulo ambiental que influencia os ritmos biológicos. No caso dos mamíferos, a luz é, de longe, o mais poderoso.

Após a descoberta de conexões entre a retina e o hipotálamo - o trato retino - através de investigações em experimentos de lesão cerebral, afirmaram que o hipotálamo revelara um papel putativo para o relógio circadiano e foram fornecidas as primeiras evidências de que o hipotálamo funciona como um relógio mestre que controla o ritmo circadiano.

Isso significa que a produção do núcleo supra quiasmático do hipotálamo ou SCN controla o relógio circadiano e possui várias funções. O SCN controla seu ciclo de vigília-sono, sua alimentação e o consumo de energia, a homeostase do açúcar, e, ainda controla os seus hormônios. E, com relação ao seu estado de alerta, faz controle do cortisol - muitas vezes referido como o hormônio do estresse. Está na pilha? Aproveite para produzir! Não beba café quando estiver apenas sentindo baixa energia.

Leia mais: Desenvolvido novo método para determinar a hora interna do corpo de cada pessoa - o conhecimento da hora no relógio circadiano de um paciente permite ao médico administrar um fármaco de acordo com seus ritmos de forma a maximizar a sua potência e minimizar a sua toxicidade.

Leitura complementar: Novo estudo revela ligações entre doença hepática alcoólica e o relógio circadiano.

Com a noção de como o nosso "reloginho interno" é controlado e independente das nossas vontades, algumas pessoas precisam desesperadamente de cafeína pela manhã porque essa droga é usada para alterar o humor - a mais usada no mundo - e o café é um dos mais populares meios de ingeri-la.

A cada ano, o número de usuários de cafeína tem aumentado. Tanto é que cada vez mais, surgem novas pesquisas, pois os cientistas estão tentando correlacionar os vários efeitos que esta misteriosa substância tem sobre o organismo.

Mais recente é o estudo que mostra que as mulheres que bebem quatro ou mais xícaras de café por dia tem um risco 20% menor de depressão do que aquelas que bebem um copo ou menos por semana. Mas não é sempre que o café é anunciado como uma bebida maravilhosa; versões com cafeína ou descafeinado, construíram uma ficha criminal ao longo dos anos. Elixir dos deuses, ou uma invenção do mal, não sabemos, somos enganados por amá-lo incondicionalmente :)

Esse amor pode nos levar para o limbo. Não estou lá, mas tenho um histórico de gerações mergulhadas no líquido marrom. Minha mãe não teve Alzheimercâncer e atribuía à ingestão do café. Quem sou eu para contradizê-la? - Nasci com o líquido marrom nas veias... Enfim, o cuidado é respeitar os limites de cada um, pois a tolerância começa a se manifestar de forma bem sutil, com a perda de líquidos. É o fato de que existem pessoas que se questionam porque sentem muita sede e bebem muita água, muito mais do que os 40ml por peso como parâmetro mínimo diário - a ressaca pode vir do café. Ele sobrecarrega os rins e o corpo pede por mais água.

Assim como muitas outras drogas, você pode desenvolver tolerância, especialmente quando há abuso. Portanto, se você está a se drogar num momento em que a sua concentração de cortisol no sangue está em seu pico, provavelmente você não deveria ingerir cafeína nesse momento. Isso ocorre porque a produção de cortisol está fortemente relacionada com o seu nível de alerta -  E isso só acontece que os picos de cortisol para o ritmo de 24 horas entre às 8 e 09:00 em média (The Journal of Clinical Endocrinology e metabolism). Portanto, você está bebendo cafeína em um momento em que você já está se aproximando o seu nível máximo de alerta naturalmente.

Um dos princípios-chave da farmacologia é usar uma droga quando ela é necessária (embora eu tenho certeza que alguns cientistas podem argumentar que a cafeína é sempre necessária). Caso contrário, pode-se desenvolver a tolerância a uma droga administrada sempre na mesma dose. Em outras palavras, a mesma xícara de café da manhã vai se tornar menos eficaz e isso explica porque pessoas tomam café compulsivamente e dizem não surtir efeito algum.

Embora os níveis de cortisol estejam no pico entre 8 e 9 horas da manhã, do meio-dia às 13:00hs., das 17:30 às 18:30hs., você conclui que na parte da manhã, o seu café será, provavelmente, mais eficaz se você apreciá-lo entre 9h30 e 11:30hs., quando seus níveis de cortisol estão caindo.

Clique na imagem se estiver com dificuldades para ler
Em uma palestra sobre o tema, foi sugerido tomar café sob a luz natural, ao ar livre (zeitgeber) e sem óculos de sol. Isso permitiria que sinais mais fortes fossem enviados ao longo do trato retino para estimular o SCN e aumentar a produção de cortisol em um ritmo mais rápido. Abram as janelas e deixem o sol entrar!

Sinto-me cega pelo sol da manhã e confesso, estou um tanto quanto viciada em óculos escuros. Talvez fosse a hora de também deixá-los de lado quando a radiação do sol não está tão forte, assim como fiz com o filtro solar, em detrimento da vitamina D. Essa paranoia proibindo o sol de entrar em nossas vidas, ainda nos levará para as trevas...

Leitura complementar: Sobre a Vitamina D e exposição ao Sol e Defensor de exposição moderada ao Sol sofre punição

Perceba, quando as manhãs estão nubladas, o sono custa a ir embora... Talvez não precisemos de cafeína e sim de tomar mais sol com menos influência de luz artificial.

Dia dos namorados chegando e é tão romântico a luz de velas. Poderíamos adotá-las cotidianamente em nossos jantares - A luz artificial produz algo artificial em nós, além de ser o maior causador de câncer de pele que a própria radiação solar, além das famosas manchas beges da velhice - reveja conceitos! Quem sabe a felicidade ou energia de bem-viver se meça pelas horas que você vive em contato com a natureza?

Você tem juízo, não cometa exageros!

Assine para receber os textos do "Luz de Luma" em seu e-mail ou acompanhe pelo Facebook

47 comentários :

  1. Achei esse conceito da "cronofarmacologia" fascinante, ainda tanto que desconhecemos!

    Como em tudo o resto, o veneno está na quantidade. Eu necessito do café, ajuda-me a despertar, gosto do sabor e adoro o aroma. No entanto, foi um hábito adquirido, não nasci a apreciar esta bebida.
    Há uns tempos vi um programa sobre séniores após os 80 anos de vida, que partilhavam alguns segredos sobre a longevidade, a saber: um copo de vinho diário, caminhadas de 45 minutos, vida social e ... café! Idealmente de 1 a 3, diariamente.

    Beijinho, Luma.

    ResponderEliminar
  2. Querida Luma
    Acabou em beleza:«temos juízo,não cometemos exageros».
    Que artigo interessante:benefícios do café de acordo com o horário em que é tomado!
    Vamos consumir com moderação,na hora certa.
    Obrigada por toda a pesquisa feita,tão útil e valiosa!
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  3. Quanta coisa útil sobre o café e o sol! Puxa! Acho que vou ter de me policiar com o café, que gosto muito. Abraços, Luma.

    ResponderEliminar
  4. Que interessante tudo isso,Luma! Eu tomo café pela manhã ,completo e depois, à tarde, um cafezinho. Pronto.Não posso tomar muito pois já quase não durmo,rs... beijos,lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  5. Adorei, super interessante, vou mostrar seu post ao meu marido. Único que toma café por aqui, rs. Eu e minhas filhas tomamos leite com ovomaltine, nescau... Tudo chocólatra, kkk. Olha aí outra droga, rs.
    Obrigada pelas dicas lá no blog, mas eu estou a procurar o risco que a Priscilla Muller ensinou no Ateliê da TV. Eles não disponibilizaram no dia. Mas fiquei contente pois consegui fazer uma macaquinha também.
    Bjs e parabéns pelo post, adorei

    ResponderEliminar
  6. Escreveu pra mim Luma, que vivo exaltando meu "cafezim" mineiro na página do Bolhinhas?
    Meu marido toma muito café, totalmente sem açucar ou adoçante. Tomava uns golinhos e aumentei significativamente as doses por influência dele. Hoje tomo (ha uns 2 anos ou mais) café sem adoçar, água e pó e da imagem que você postou, provavelmente não tomo só do horário de 12:00 às 13:00 ... Ixeeee..
    Estou toda errada né?
    É um vício.. até mais (talvez) psicológico. A necessidade de estar com uma xicrinha nas mãos, escrevendo, conversando com o marido ou com um amigo na rua... necessidade!

    Companheiro café!

    Ainda adoro xícaras..rs

    O sol é outra aliado que ando longe. Tenho carência de vitamina D e estou repondo. Agora voltou ao normal e tenho que continuar repondo. Moro em apto (sabe da minha eterna reclamação)... Não bate sol... Ele fica apenas do lado de fora nas paredes... Enfim...

    Preciso tomar café no quintal rssssssssssss

    Adorei o texto.. Por enquanto vou levando assim meu amiguinho café de todos os dias!

    Um beijo querida Luma.. Fique em Paz e também não tenha medo de ser feliz.. Estou de olho! ;)

    ResponderEliminar
  7. Ótimas informações para mim que sou "tomadora de café". Devo considerar esses períodos.

    ResponderEliminar
  8. Luma
    quanta coisa eu desconhecia sobre o café!
    mas faz tempo que não bebo café. Não me faz falta e nem gosto mais do sabor. As vezes tomo leite com um pouco de cappucino (solúvel)E é só. Minha mãe era movida a café. Até seus oitenta anos, bebia mais de um litro por dia. Fraquinho. Não tinha depressão, nem pressão arterial alta. Associado ao café, o cigarro. Faleceu com um pedacinho mínimo de pulmão. Triste!
    Post precioso.
    bj
    Zizi

    ResponderEliminar
  9. Olá, Luma!
    Como sempre, texto muito interessante.
    Bom... eu sou viciada em café, não sei ficar sem esse negão em minha vida. Comecei na época do colégio, atingi picos que quase estouraram meu estômago, mas hoje estou mais controlada. Diria que pela manhã tomo uns 8 a 10 cafés ou 4 (nas canecas grandes rsrs) e a tarde um pouco menos, mas tomo. Se não ingiro, não sou a mesma pessoa. Sinto muita falta mesmo.
    Não tenho costume de tomar remédios, sempre busco nas ervas o remédio que preciso, mas sobre os horários já tinha lido um estudo sobre isso. Infelizmente a medicina não individualiza ninguém para tratar, o que é uma pena, pois cada organismo é um. Quanto ao sol, também uso muito óculos, pois tenho sensibilidade à claridade, mas nessas épocas mais frias, sem protetor e muitas vezes, sem óculos também.
    O problema é que o mundo tá muito artificial e vamos nos adaptando a tudo isso.
    Abração esmagador e bom cafezinho pra você!

    ResponderEliminar
  10. Luma, fazem mais de dez anos que não tomo café, não combina com minha gastrite, mas o engraçado é que tomo bastante matte que algumas pessoas dizem que tem tanta cafeína quanto, e não me sinto mal.... Só que não foi tão simples parar de tomar café não, no começo faz uma falta incrível, mas com o tempo fui me acostumando.

    Beijos ;)

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma!

    Não tenho vindo muito aqui, mas te leio sempre por email. :)

    Bem, amo café! Amo tomar uma xícara ao acordar! No restante do dia também! Mas por ser um Café Fraco ele entra na qualidade de +benefícios.

    Sendo necessário, passo sem ele. Como certa vez que por conta de bacia quebrada (acidente de carro), fiquei um mês sem tomar café, ou outra bebida que tivesse cafeína. Por querer que o osso se consolidasse logo. Como me foquei nessa recuperação, não ficou difícil passar esse tal mês.

    E um café fresquinho é bom demais!
    Beijos,

    ResponderEliminar
  12. Menina,
    que caleidoscópica paleta de assuntos enlaçados e superinteressantes.Desde a semana passada que o friozinho tem andado pelas cercanias,notei que acordei meia hora mais tarde e já calejada pelo senso comum, logo botei a culpa na névoa matinal, no solzinho preguiçoso que me chamou a ficar mais um pouco debaixo do cobertor...irresistível convite, feito os aqui linkados para clarear ( ensolarar) mais nossos ponteiros circadianos turbinados ou não.Quanto ao cafezinho, lhe digo que pra mim é de lei.se não tomar meu fumegante matinal o dia não será completo.
    Tá bem na hora da xícara da tarde.Aceita?
    Bjkas,
    Calu

    ResponderEliminar
  13. Luma,eu sou suspeita pra falar de café porque adoro a qualquer hora do dia. Já o leite, esqueço de tomar! Gosto de café puro e forte. Quanto ao sol sou sua fã incondicional. Tenho rugas nos olhos,mas esqueço de colocar os óculos escuros. Gosto da claridade e me entristeço com dias cinzentos. Eu achei muito interessante saber sobre os períodos de pico de nosso organismo e saber mais sobre a influencia do café em nosso organismo. Um texto muito legal,Luma! Bjs,

    ResponderEliminar
  14. Luma,
    tudo em excesso se torna vício e faz mal a saúde.
    Eu não tenho vício nenhum, só tomo café na parte da manhã
    e as vezes à tarde. Por recomendação médica, eu preciso tomar sol
    na parte da manhã mas não fico sem meu bloqueador.
    Minha pele estava ficando feia e cheia de bolinhas, era falta de sol.
    Adorei a sua postam, super esclarecedora, valeu!

    Bjs, sucessos sempre ♥

    ResponderEliminar
  15. Aqui aprendo sempre!
    Adoro café, bebo quatro chávenas por dia, aliás é o meu único vício :)


    beijinho

    ResponderEliminar
  16. Amo um cafezinho e tomo até a noite.
    Três por dia e fico muito feliz!

    ResponderEliminar
  17. Boa noite Luma,
    Que texto rico em valiosas informações!
    Cada organismo tem um pico diferente,
    eu acordo cedo e tenho atividade mental intensa quase o dia todo,
    mas a predominância é maior pela manhã.
    Pra mim o café não é e nunca foi uma bebida maravilhosa,
    até o cheiro me enjoa.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  18. Ainda estou "digerindo" :)
    Adorei ler sobre o assunto e logo eu que tomo café naquelas horas em que não devia tomar (final da manhã e da tarde) :)
    Relativamente ao sol, o meu médico de medicina interna, é o que mais pede: sol pelo corpinho todo; a partir daí tento apanhar sol nos momentos em que posso (por ex, se estou a tomar café numa esplanada, coloco as pernas e os braços de forma a apanhar sol e deixo de usar meias mal o tempo aqueça um pouco...).
    Bjuzz, querida Luma :)

    ResponderEliminar
  19. Gosto de café de manhã e a tarde ...apenas dois cafézinhos e já virou vicio.
    adoro sol e sem ele não me sinto feliz, dias nublados me deixam pra baixo , mas gosto qdo o dia é com chuva ...vai entender..kkk
    Amei sua postagem , muito interessante.

    bjsss

    ResponderEliminar
  20. Talvez eu seja tolerante á cafeína, pois tenho esta impressão de
    não ter despertado .adoro.
    beijinhos
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  21. Café para mim é qualquer hora :) e até já foi mais, quando ainda trabalhava...

    O seu interessante texto fez-me lembrar o conceito maia de tempo e a maneira como o organizavam, muito mais lógicamente do que nós e com uma enorme precisão.

    Abraços, Luma , e feliz dia

    ResponderEliminar
  22. Acho que um pouco esta de despertar ao tomar café seja meio cultural tb. Pois no Japão, os japoneses não costumam ingerir cafeína e sim arroz branco com sopa de missô. Eu, como japa de araque, 'precisava' do café com leite e pãozinho. rs
    Claro que existe café por lá, e eles consomem sim, mas dificilmente pela manhã.
    Sobre a luz do sol/dia, faz muito sentido. Achei sensacional!!
    Bjns
    :)

    ResponderEliminar
  23. Quando eu fumava acho que tomava 1L de café por dia até mais.
    As vezes bebia cafe só pra poder fumar mas aí parei de fumar e
    consequentemente parei de tomar cafe. No inicio era pra não ter a vontade de fumar. Depois porque vi que não gostava tanto de café assim. Hoje tomo
    bem pouquinho...Um beijo com carinho

    ResponderEliminar
  24. Eu nunca tinha ouvido falar, Luma; mas o conceito é muito interessante! Bom resto de semana.

    ResponderEliminar
  25. Tenha uma bela tarde.
    beijinhos
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  26. Puxa, Luma, tomo café à hora em que a vontade aperta. Sou do time que não sente efeito nenhum do café. Aí, aí...
    Beijo, menina

    ResponderEliminar
  27. Gostei de saber sobre este assunto, pois adoro café e não passo sem ele pela manhã, mas como tenho que tomar em jejum e até 30 min.antes do café o meu hormônio para tireóide, fiquei agora encafifada, pois se ele for inibido pelo café tô ferrada. rsss
    Eu achei excelente esta ideia de tomar café debaixo do sol e vou aproveitar para fazer isso amanhã na varanda, ao invés da cozinha, lá bate sol pela manhã, boa ideia!
    beijos cariocas

    (Luma, obrigada pelo voto no tatu-bolinha, agora preciso para o Rio Xico, dá uma forcinha por lá e convide mais amigos, ok-Brigaduuu e beijuuuus)

    ResponderEliminar
  28. Luma, tomo café apenas de manhã, entre 8h e 9h mesmo. Eventualmente tomo à tarde, a maioria das vezes num capuccino, que adoro.
    Interessante saber sobre os remédios, pq faço uso de alguns. Os médicos sempre recomendam tomá-los no mesmo horário,sim.
    Seu post está muito informativo e vou lê-lo outras vezes.
    beijo








    ResponderEliminar
  29. Que interessante isso. E o curioso é que eu odeio café. Mas amo o cheiro. Já o sabor não suporto. É estranho. rs E óculos escuros nem acho que seja vício e sim um costume mesmo. Boa dica pro dia dos namorados. Pra quem tem, claro. rs bj

    ResponderEliminar
  30. Não sou uma grande consumidora de café...só pela manhã, e as vezes. Mas amei o post!
    Beijo
    Letícia
    www.leticiapsicologa.blogspot.com.br
    www.tipoassimtomsik.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  31. Oi Luma! Eu fico intrigada com as pesquisas sobre o café que o exaltam e ora o desaprovam. Mas, sabe que eu não gosto de café hora nenhuma? Da família de origem e da família constituída, somente eu e Laura não tomamos café. Beijo! Renata

    ResponderEliminar
  32. Eu vivo a base de café (e outras "drogas"... #abafa... hahaha) e teu post foi deveras interessante pra mim. E tipo assim: quando vamos tomar uns #bonscafé?!? Hehehe! Bjos, querida!

    ResponderEliminar
  33. Que Jesus abençoe vc sua família
    nesse final de semana (e sempre) uma vida feliz.
    Beijos no coração afagos na sua alma linda
    e pura.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  34. Quantas informações preciosas, Luma! Não vivo sem café e se não ingeri-lo tenho a forte sensação de que me falta algo.Hábitos mineiros. Quanto ao sol, estranho a alteração havida nas orientações médicas. Diziam-nos para aproveitar a manhã e receber a vitamina D. Agora, afirmam que, para esse fim, o sol ideal é o da tarde.
    O mesmo fizeram com o café. Criticaram seu consumo e depois passaram a elogiar a energia que produz. Mas ambos, sol e café, são muito bons! Bjs.

    ResponderEliminar
  35. Oi Luma, é a Vi, tomo café pela manhã e com leite, e sinto um despertar .
    acredito que cada pessoas tem o seu relógio, e tem que prestar atenção no seu ritmo para tirar melhor proveito.
    gosto de tomar sol pela manhã e gosto muito da luz solar.
    Beijos,Vi

    ResponderEliminar
  36. Jesus me abana! Agora entendi porque tomo café à noite e não perco o sono! Meu café da manhã é sempre entre 7h e 7:30h, necessário mesmo despertar; mas se me dá vontade, eu tomo café vendo TV à noite e nunca perdi o sono! Tô passada, Luma! Quanto ao sol, sou movida a luz solar e dias nublados me deixam fora de combate! Viva o sol! Bjks e bom final de semana Tetê

    ResponderEliminar
  37. Oi, Luminha,

    Acho esses assuntos e estudos muito interessantes: relógio biológico; ciclo (ou ritmo) circadiano e cronofarmacologia. Em mim mesma eu percebo que o ritmo biológico, controlado pelo relógio circadiano, vai apresentando alterações ao longo do dia. Até mesmo a minha digestão se mostra diferente da tarde para a noite, rsrs. Eu adoro o cheiro do café e também os alimentos que contêm café, mas não sou uma grande consumidora da bebida pura. Talvez passe a beber mais café depois deste post, rsrs.

    Um beijo e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  38. Minha querida, as publicações aqui são sempre de excel~encia. Mas hoje rebentaste com a escala. Adorei toda e tão preciosa informação. Vou anotar os links para ler o que aconselhas. Não há dúvida que somos mesmo um micro-cosmos!
    Obrigada mes-mo! Adorei!
    Muitos bjis,meus!

    ResponderEliminar
  39. Oi querida, de tanto ver minha mãe beber café e, não adiantava falar... Que tenho trauma, tomo uma xícara pequenina que meu anjo me leva na cama. Fico sem graça não aceitar e não tenho nenhum vício, a não ser em comer muito peixe e verduras e legumes. Carne vermelha nem pensar. Quero viver muito ainda.kkkk
    Obrigada pelo carinho
    Bom fim de semana
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  40. Já tem um ano que não bebo café, nunca fui uma viciada e só tomava um golinho pela parte da manhã, deixei de beber mais por motivos religiosos do que de saúde hahaha atirei no que vi acertei no que não vi hehehe bjos

    http://mahjestic.com/blog

    ResponderEliminar
  41. Mais um magnífico post que imprimi e fui lendo devargar para absorver tudo:)

    Todos "somos diferentes mas iguais", ou seja cada um de nós é um ser individual e o que me fará bem a outro poderá fazer bem mal, portanto há que antes de alinhar em mil formas do que ingerimos conhecer bem o nosso corpo que muda com a idade.

    A cafeína faz bem, mas como em tudo há que saber gerir a sua ingestão assim como as mil coisas que ingerimos, a que horas, como etc, etc.

    No que toca ao café bebo um fora de casa e outro em casa a seguir ao almoço e sinto-me bem, tudo porquê? porque se não o fizer a pressão arterial desce como louca. Falando com a minha médica de família, em vez de tomar comprimidos ela é apologista de dois cafés e ou um chá preto, como não gosto de chá:( bebo o café:)

    Gostei imenso e como sempre parabéns Luma!

    Um abraço do lado de cá do oceano

    ResponderEliminar
  42. Oi Luma,

    Eu "preciso" tomar café pela manhã. Uma caneca fumegante. Nada exagerado pois é o conteúdo de uma xícara de chá do pretinho básico. Quando ainda trabalhava no fórum, fazíamos café às 10h30 (para o pessoal que já estava desde as 9h e para os que estavam entrando para o horário das 11h), depois às 14-14h30 e às 16h. Mas daí era mesmo cafezinho-inho. Meu fígado não é mais jovem e não aguenta muita estrepolia!
    Minha mãe agora toma um balde de leite (cerca de 250 ml) com pingo de café, só para dar uma cor, como ela diz. E depois que terminou de tomá-lo com pão integral com queijinho branco, toma um pouco de café puro, só para arrematar a manhã. Sol que é bom, toma pouco e, assim, sua osteoporose exige que anualmente tome aplicação de ácido zoledrônico.
    Outro dia aqui em casa o pó de café estava para acabar, pedi ao marido para comprar. Bancando o doutor-sabe-tudo, comprou um pacote de uma tal mistura, que o coitado achou que fosse um "blend" de vários tipos de café. É isso que dá não ler rótulo! 60% café, 30% cevada (blargh!) e 10% chicória. Chi-có-ria! O bom e que ele foi obrigado a tomar. Não esquece mais!
    Por cá, o sol timidamente vem aparecendo e o pouco que surge já vai nos dando bastante ânimo.
    À respeito do meu frigorífico, o técnico ainda tentou "reanimar" o paciente dando uma carga de gás e com um equipamento ele, logo após a carga, verificou que escapava uma enorme quantidade. Foi-se um Bosch com 7 anos de serviços prestados, e demos boas-vindas a um Teka. Vamos ver até quando!
    Sempre por aqui há ótima leitura.
    Bjks.

    ResponderEliminar
  43. Dos meus 45 anos, é assim dividido: Até os 15 tomava uma dose pela manhã. Dos 16 até os 35 não tomei nenhuma gota de café. Depois dos 36 tomo durante o período em que estou acordado, as vezes, tomo antes de dormir.

    Até o momento, sem problema algum. De 2010 até 2013 café amargo. Em 2014 tenho usado adoçante!

    ResponderEliminar
  44. Estou sem vitamina D, Luma, e preciso me entregar a uns momentos de sol. O café é quase um ritual para mim... a cafeína me faz falta pela manhã, se não tomo 1 ou 2 xícaras lá pelas 8, é fatal que tenha dor de cabeça antes das 10 :)
    Abraço,
    Jussara - minasdemim

    ResponderEliminar
  45. Que beleza de post, confesso que amo café sim, e se de manhã não tomar pelo menos uma xícara parece que não funciono rsrs. E depois disso é raro beber mais durante o dia, salvo se tiver algumas visitas em casa a tarde, ai sim faço um pouco.
    Quanto ao óculos escuro se sair de casa sem eles nossa me da uma tremenda dor de cabeça meus olhos são muito claros e a claridade incomoda demais...
    Confesso que não tinha ao menor conhecimento sobre tudo que li acima.

    ResponderEliminar
  46. Eu sou viciadíssima em café, uma das minhas estagiarias costuma dizer que no meu corpo não corre sangue e sim cafeina! E agora descobri que consumo segundo a tabela que você colocou.... Caraca... de manhã, entre as nove e as dez, entre uma e três e depois no jantar... Se eu trabalhar até tarde da noite em alguma coisa também consumo, mas confesso que tomar café a noite é mais para aquecer o corpo e dar a sensação gostosa de está tomando café porque no sentido de tirar o sono não funciona mais comigo há anos.... Aliás, energéticos também não surtem efeitos com minha pessoa.

    Cheros, Luna. Post informativo :)

    ResponderEliminar
  47. Super útil :)... não tenho intolerancia a cafeina e tenho uma faixa horaria onde estou variando o café matinal, então meu relógio fica em dia... trabalho ao lado de uma janela, então sol não é problema, até mesmo no outono onde ele bate exatamente no meu monitor, tal qual no momento em que escrevo este comentário... durante o dia vou queimando a energia de forma natural, com reposição somente na hora do almoço (chocolate meio amargo) ou a noite (se é uma situação onde vou baguncar as horas), mas evito o café em outras faixas que não a manhã e tarde... beijos!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor