Final feliz, quem gosta?

casamento
...uma antiga paixão. Reencontraram-se 15 anos depois. Ele passou a segui-la e pedia para reviver tudo. Ela dizia não. Ele insistia e um dia, quase desistindo, muito triste, entregou os pontos.

Ela vendo aquele olhar de cãozinho abandonado, lhe deu uma piscadinha e disse: "Reviver tudo de novo, não! Sou outra pessoa e você também. Vamos começar uma outra história".

Eles disseram SIM!!
Você, já deu uma segunda chance ao amor?

O post "Final feliz, quem gosta?" apareceu primeiro em "Luz de Luma, yes party!".
Você também pode ler os textos desse blogue em seu e-mail. Assine!

50 comentários :

  1. História bem legal. Não adianta muito tentar reviver o passado. Mais do que nunca, somos dinâmicos.

    ResponderEliminar
  2. Na ficção costuma dar certo. Tentei, uma vez, retomar um amor, vinte anos depois. Não deu certo. Somos pessoas diferentes, mudamos. E não gostei da pessoa que se tornou.
    Beijo, menino

    ResponderEliminar
  3. Tudo depende da forma como esse amor terminou. Há términos que são definitivos, mas há outros que abrem uma brecha para esse sentimento ser revivido. E nosso coração é fraco muitas vezes e briga com o cérebro. Beijos e boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Eu adoro finais felizes, mas nunca voltei com ex namorados. Eu acho que quando acaba, acaba e é bola pra frente! Prefiro finais felizes na primeira rodada.

    ResponderEliminar
  5. Oi Luma, uma linda história. Realmente, melhor que reviver uma história do passado é melhor construir uma história nova, mesmo porquê, 15 anos depois, concerteza as pessoas mudaram. Que eles sejam felizes. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Linda história e tomara saibam respeitar a nova que reinicia, sem restinhos da antiga, só as coisas boas!! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  7. Luma, está é a minha história, depois de quinze anos reencontrei o amor da minha vida e estou com ele há vinte anos. Abraços.
    Está no blog http://www.superlinda.com/2012/12/uma-vida-em-52-objetos-1552-semanas-um.html#comment-form

    ResponderEliminar
  8. Possível,mas improvável.

    ResponderEliminar
  9. Final feliz é sempre o alvo! Não sou boa para remendar cristal e nem sentimentos, até o presente momento, sem chance, quem sabe o amanhã...
    Aqui no cafofo construo final feliz todo dia, é muitoooo bommmmmmm!!!
    Parabéns pelos nove anos do blog! E grata por sempre me acrescentar, instigar e fazer pensar. Gratíssima!
    Uma semana maravilhosa p/ vcs!
    Bjõesssssssss

    ResponderEliminar
  10. Querida Luma
    Coloca a sua focagem num problema muito comum!
    Acaba com uma pergunta de muito dificil resposta. Descobri uma realidade: so sabemos o que fazer quando estamos a viver as situaçoes.Por mais que digamos e pensemos, no momento certo,na hora H, e que sabemos exactamente como agir(ou nao!!!).
    Quem nao gosta de finais felizes?!!!
    Obrigada por este texto interventivo e que obriga a reflectir.
    Uma excelente semana.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  11. O tempo nos torna mesmo pessoas diferentes. E o final, não saberemos se não dermos uma chance, ou a segunda!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. Fiquei a pensar...a pensar reboninando o passado e mesmo que houvesse essa vontade já não daria pois ele morreu há muitos anos.

    Novo amor? Nunca procurei porque sempre pensei que se tiver de ocorrer, ocorre o que até hoje não aconteceu. Não faço disso um drama...embora ache que uma companhia é boa...nem que seja para mudar uma lâmpada ou dar um jeito na tomada eléctrica :))))))))) brincadeira amiga...acho que amar e sermos amadas é gratificante mas procurar como muitos relatos que oiço... não faz o meu género, jamais!

    Mas gosto de finais felizes e conheço casos em que a vida deu tanta volta, partiram para outras ligações, não deu certo e sem grandes "procuras" o amor renasceu e voltaram 15/20 anos depois e mesmo sabendo que todos mudamos, éapostaram na verdade...são felizes e isso é o que mais importa.

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Luma sou romântica por natureza e fala sério: quem não gosta de um final feliz? Não tive essa experiência mas sou aberta. Nunca se sabe né afinal a vida dá tantas voltas...
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Quem busca geralmente reconheceu um erro e crê em reviver e fazer tudo diferente. Ninguém atirará a primeira pedra é certo. Mas quem se sentiu agredido e ou ferido geralmente nao esquece e as vezes fica dificil a segunda chance e pode aí esta perdendo viver um grande e louco amor. Mas é dificil sim.
    Um abração Luma e parabens pelo blog.

    ResponderEliminar
  15. Ihhhhh... já dei (!) segundas, terceiras e até quartas chances... hehehe! Acho dygno! Só não sou muito dessa vibe "final feliz"... prefiro pensar que tudo sempre é eterno recomeço feliz... ;)
    Beijocas, gatona e ótima semana!

    ResponderEliminar
  16. Oi Luma:
    Comigo aconteceu exatamente isso que você descreveu no seu post.
    Namorei meu atual marido e depois nos separamos por 14 anos.
    Após todo esse tempo, nos reencontramos, retornamos o namoro (nos demos uma segunda chance) e estamos casados há 17 anos.
    Inclusive no dia 12 de janeiro, renovamos nossos votos matrimoniais, numa linda missa lá em Trancoso (onde estávamos passando férias em família, pois temos uma filha), com direito até a Elba Ramalho fazendo parte da missa e cantando.
    Foi emocionante.
    Bjs.:
    Sil
    http://www.meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Quando nos dedicamos a um relacionamento, estamos dando segundas chances todos os dias... se não houver reciprocidade, cumplicidade e parceria, em algumas das partes, significa que a chance está por ai, em outros locais... ficando a lição, por hora. Se as pessoas parassem para pensar que cada um dos dias do relacionamento é um dia / chance diferente para que ele permaneça dando certo, nossa relação com o tempo (nos dois sentidos do termo) se transformaria de um jeito especial :)... outras vezes, o final feliz significa enxergar a si no espelho antes de buscar outras mãos, corpos, carinhos e carícias... pq as pessoas são assim mesmo. beijos!

    ResponderEliminar
  18. Quando o amor existe.Por que não uma segunda oportunidade?
    Finais felizes adoro! Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  19. Sim, sim, sim!!! Segunda chance é um direito de todos!!!!!!!!!! =)

    ResponderEliminar
  20. Oi, Luma!
    Aqui, no interior, há várias histórias assim.
    Minha vizinha voltou com o marido após 15 anos separados (a filha foi o cupido).
    A colega de trabalho foi ao enterro da esposa de um ex namorado; e não é que ficaram juntos? Os dois viúvos...
    Uma amiga não engravidava de jeito nenhum... separou, reatou com um ex namorado e teve dois! O ex marido também teve uma neném com a nova esposa. O ex namorado? Tinha sido casado, mas sem filhos.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  21. Oi Luma acredito piamente em perdão, reconciliação e recomeço. Já aconteceu comigo. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Quando reencontramos antigas paixões mal resolvidas em outra fase da vida tudo é possível. Por que não né?!
    Bjs
    yvone

    ResponderEliminar
  22. Um amigo me ligou e perguntou se eu compraria um carro que já foi meu e eu respondi: "Só se for uma relíquia", o que ele retrucou: "Não trate o amor como uma relíquia"...

    ResponderEliminar
  23. Aaaaaah, que lindo!!! Vejo muitas pessoas sofrendo por um amor que por algum motivo não foi vivido no passado, mas que se recusam a perdoar, a dar uma nova chance.
    Acredito que com isso perdem a chance de viver inesquecíveis histórias de amor real, não com final feliz, mas com dias felizes, sem que chegue ao final. ;)
    Ah, eu sou uma romântica incurável, mesmo. E sempre, sempre acredito no amor.
    Um abraço, adorei vir aqui!

    ResponderEliminar
  24. Prezada Luma;
    Uma vêz eu encontrei uma colega de trabalho no ônibus e começamos a conversar. No dia seguinte novamente e no outro dia também. Sabe aquela sensação de se sentir seguro e sair abrindo o coração? Pois foi exatamente isso. Firmamos uma grande amizade que deslanchou para uma paixão. Eu era divorciado e ela já não sentia mais nada pelo marido. A princípio eu estava confuso, pois havia sido casado há mais de 20 anos e não queria entrar em um outro relacionamento. Mas o coração falou mais alto e já faz dois anos que nos conhecemos e passamos a morar juntos desde outubro de ano passado. Então a resposta a sua pergunta: Se eu já dei uma segunda chance ao amor? A resposta é: óbvio que sim!

    ResponderEliminar
  25. Olá amiga, já de volta e com muita vontade; tudo vier é lucro!
    É sempre bom ter um final feliz, são coisas da vida, ainda não me inteirei totalmente dos assuntos por aqui, iremos ler devagar e sem pressa. Depois opinaremos com mais segurança.
    Obrigado pelas palavras de carinho.
    Abraço

    ResponderEliminar
  26. Oi Luma! O amor merece infinitas chances, mas nem sempre com a mesma pessoa. Beijo e ótima semana!

    ResponderEliminar
  27. Não aconteceu, de precisar dar uma segunda. chance. Se eu ainda amasse, daria.
    Beijo, Luma.

    ResponderEliminar
  28. "Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso." William Shakespeare. Luma, quando existe amor devemos dar o numero de oportunidades que for necessário. No mais é aguardarmos o resultado.

    ResponderEliminar
  29. Ahhhhh, que tudo!!! Adoro finais felizes!!!
    Acredito que todos somos passíveis de erros, e merecemos sim uma segunda chance. Para o amor, porém, nunca dei. Não por orgulho, mas por achar que o encanto acabou, ou porque não eram os homens da minha vida, pois afinal, hoje estou com ELE!!! Para ELE acho que daria sim, uma segunda chance...

    Beijoka!!

    ResponderEliminar
  30. Eu gosto de finais felizes. O pior é que na vida real são mais os finais infelizes que o contrário. Pelo menos em Portugal, onde só no ano passado 37 mulheres foram assassinadas por violência domestica. E centenas de casos menos graves.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  31. Amo finais felizes!
    Beijos....Araan
    http\;\\blogaraan.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  32. Depois escrevo do que aconteceu no domingo aqui em casa!

    ResponderEliminar
  33. Gosto de finais felizes embora os fins também acabem.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. Oi Luma,
    Gosto também de finais felizes. Já dei uma chance sem mesmo ter 'acabado'. Quando já sentia que estava desgastado, coloquei uma vírgula, mas houve um pedido de fazermos diferente a partir dali, e eu não quis que a virgula se tornasse ponto final. Conclusão, 08 anos depois, aqui estamos nós, mais sólidos e felizes!!!!
    Bjao

    ResponderEliminar
  35. Amo finais felizes! E sou fã incondicional de segundas chances!! :D

    ResponderEliminar
  36. Gostei do desfecho.
    Reviver não, começar outra história sim.

    ResponderEliminar
  37. Uma amiga está vivendo ESSA história. Até a idade :-) O reencontro só deu certo quando pararam de olhar o passado, conversaram e se assumiram como pessoas diferentes com um amor-sem-idade pra viver - e estão muito bem. Ela era porra-lôca-toda e ele matutão de só viver na mata caçando paca, agora ela está totalmente voltada p/ o espiritual, caseira, adora mata...o encontro deles foi muito surpreendente.
    Quanto a mim, sinceramente, acho que não faz muito meu gênero, não. Primeiro, que quando acabou, acabou mesmo, pois vou até a última gota da possibilidade, acho que isso fecha a porta atrás de mim; segundo...a fila anda, é vero. Amo café, mas prefiro mil vzs uma copo de suco duma fruta que não conheço do que café requentado.

    ResponderEliminar
  38. Depende do que ocasionou o rompimento da relação.

    No meu caso, será sempre impossível, pois eu não consigo jamais voltar a confiar em quem me traiu...muito menos num tipo com quem era casada e do qual passei por amante, pelo menos uma vez!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  39. Oi Luma pensei que fosse uma blogagem coletiva! kkkk
    Mas interessante e quem não gosta de final feliz ?
    Bjs
    Debby :)

    ResponderEliminar
  40. Minha Luma querida, que lindo!
    Falou em amor, já estou suspirando... E com final feliz? Nossa! :-)

    Sabe que já dei uma segunda chance, sim?
    Mas meu final feliz veio através de um relacionamento pós aquele, com uma outra pessoa: meu amado e abençoado marido, que é o homem da minha vida!

    Bjs e que delícia de post!
    Uma semana cheia de amor pra vc, amiga!!!

    ResponderEliminar
  41. Outra história, é mesmo isso que as pessoas que se juntam pela 2ª vez devem fazer.
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  42. Luma,

    tenho algumas amigas que depois de se separarem reencontraram antigas paixões e... casaram! eu reencontrei um ex-namorado e fiquei muito feliz por ter a certeza que um dia terminei com ele! rsss....

    Bjs

    ResponderEliminar
  43. Ainda nao vivenciei uma história como essa de ex voltando para o presente, acho que pesaria muitos fatores
    big beijos

    ResponderEliminar
  44. Olha Luma,eu já dei uma segunda chance,sim...mas não dei sorte!...rss...O bom é que fiquei com a consciencia bem tranquila depois porque tentei. Um ótimo post e reflexão! Adorei sua ideia pra alertar as pessoas que a semana colorida dura a semana inteira. Vou colocar nos próximos posts! Valeu! bjs,

    ResponderEliminar
  45. Reviver o passado... não dá certo.
    Experimente ir para um lugarejo no qual você tenha vivido uma bela experiência, esperando ter as mesmas emoções. É frustrante!
    Aquela sensação inicial de pisar nas ruelas, dobrar as esquinas, sentar nos cafés... é insubstituível. Se tentarmos repetir, não dá resultados.
    Puxa... de repente o seu texto me fez lembrar dos filmes Antes do Amanhecer e Antes do Por-do-Sol, com Ethan Hawke e Julie Delpy, que fazem parte de uma deliciosa trilogia. Quem ainda não viu, fica a dica. Não vejo a hora de assistir ao último filme da sequência, lançado em época recente.

    ResponderEliminar
  46. Dependendo dos acontecimentos, é válido uma segunda chance no amor... e é como o texto diz: não reviver, mas começar algo novo. Às vezes, os erros do passado, servem para melhorar o presente... o futuro. beijinhos

    ResponderEliminar
  47. Oi Luma!

    Gosto muito de finais felizes. Gosto de ver que pessoas estão felizes.

    Da minha parte ( quando ainda namorava ) quando terminava nem olhava para trás. Talvez nunca tenha amado alguém antes.

    No casamento falta uns três anos para bodas de prata. Não deixou de ser.

    Olho de fora alguns relacionamentos de amigos e parentes. Me colocando no lugar deles noto que alguns deram chances demais.

    Mas que é sempre bom ver a felicidade de um casal. Ah, isso é.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  48. Eu acredito nessas possibilidades! Ao longo da vida nos tornamos pessoas
    diferentes e essa é a razão tanto dos desencontros quanto dos reencontros, rsrs.
    E isso sem falar no fato de nos "associarmos" muitas vezes a pessoas que
    na verdade não combinam conosco (e só o convívio é que revela isso).

    Beijo

    ResponderEliminar
  49. Luna quem é que não gosta? acredito que a maioria das pessoas passam a vida atrás deste final feliz e de repente descobrem que estava tão perto nas mãos mas foram cegos por motivos mil e ele passou, infelizmente é assim e se assim não fosse onde ficaria os poetas? bjos Luconi

    ResponderEliminar
  50. Adoro finais felizes mas têm que ser construídos na cumplicidade do objetivo... Li, por aqui, belas histórias :)

    Bjo, qureida Luma :)

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor