Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro

Albert Einstein, 5 Israeli Lirot (1968)
Os sistemas de pesquisa fazem chegar ao "Luz" pessoas procurando pelo significado dos sonhos e a última procura foi: "Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro".

Eu não teria reparado se não tivesse aparecido várias pessoas em um mesmo dia procurando pelo mesmo significado de sonho de lugares diferentes entre si.

Alguém sabe qual o significado de "Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro"?
“É impossível caminhar por uma avenida, conversar com um amigo, entrar em um edifício, relaxar sob os arcos de arenito de uma velha arcada, sem ver um instrumento de medição do tempo. O tempo é visível em todos os lugares. Torres de relógio, relógios de pulso, sinos de igrejas dividem os anos em meses, os meses em dias, os dias em horas, as horas em segundos, cada incremento de tempo marchando atrás de outro em perfeita sucessão. E, além de qualquer relógio específico, uma vasta plataforma de tempo, que se estende por todo o universo, estabelece a lei do tempo igualmente para todos. Neste mundo, um segundo é um segundo é um segundo. O tempo avança com exuberante regularidade, com exatamente a mesma velocidade em todos os cantos do espaço. O tempo é soberano infinito. O tempo é absoluto”. Os Sonhos de Einstein, de Alan Lightman (1993)

O trecho acima é do último livro que li. Estamos em Setembro e 3/4 do ano de 2013 foi consumido. Vejo que muitos já esperam o ano acabar ou por outro ano começar? Tenho a impressão que gostamos de tudo que é novo. Novo ano, novo dia, a próxima hora... um depois sucessivo.
“A normalidade não estava nos dias que ficaram pra trás: encontrava-se apenas naquilo que a sorte punha a nossa frente a cada manhã” - O Tempo Entre Costuras, de María Dueñas. A autora é professora de filologia na Espanha e também blogueira. Foi nesse ambiente que inicialmente o livro foi timidamente lançado e atualmente ele está com direitos comprados em 20 países, em 25ª edição e com 550 mil cópias vendidas. Um sucesso que me fez parar todas as leituras e me dedicar exclusivamente à ele.

Agora quero ler o seu segundo livro “A melhor história está por vir”.

Enquanto imaginamos o que é "Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro", os japoneses gravam sonhos em vídeos. Pode ser muito bom sonhar com uma cesta cheia de dinheiro, mas depois o sonho acaba. Melhor ter uma cesta cheia de livros para ler (rs*). Pelo menos é mais real, uma cesta cheia de sonhos.
Diante de tanta abundância, aproveito para participar do Projeto 12 Livros em 12 Meses, iniciado em 2009  pela Paula do blogue "Diário de Leitura", deu continuidade ao projeto em seu outro blogue "Canetas Coloridas" com o intuito de incentivar a leitura e conhecer novos livros por meio das resenhas dos participantes.

Paulinha parou de blogar e talvez por isso, o projeto foi modificado. Antes, listávamos 12 livros que seriam  lidos durante 12 meses - esses livros deveriam ser resenhados, um por mês - agora outra blogueira assumiu o projeto e pediu para apenas listar os títulos e indicar um favorito. Assim como linkar seu blogue e indicar o máximo de participantes. Não vou indicar participantes e quero agradecer a Silvana Haddad, Anne Lieri, Karin Filgueira e Kacy Rodrigues pelo repasse.

Além dos livros citados acima, que li esse ano, listarei os doze... e ficarei no meio termo - não somente citarei e também não farei uma resenha de cada um a cada mês.

1."O Prédio, o Tédio e o Menino Cego", de Santiago Nazarian - Enquanto lia, lembrei de um dos grandes ficcionistas brasileiros, Ignácio de Loyola Brandão, especialmente em "Não Verás País Nenhum". O livro é provocante e conta a história de um grupo de jovens que vivem comunitariamente em um prédio semiabandonado. Esses jovens inicialmente são conhecidos apenas por suas características, como "o Gordo", "o Narciso", "o Angrógino".... Um universo essencialmente masculino mesclado com muita sexualidade.

2. "Extraordinário", de R. J. Palacio - Narra a vida de August - (para os íntimos, Auggie), que nasceu com o rosto completamente deformado. No início a vida de Auggie não é das piores: Ele é amado pela família, conformado com sua aparência depois das mais de 25 cirurgias plásticas e sua vida muda quando ele precisa ir para a escola. Narrado sob o ponto de vista de Auggie, de sua irmã e do namorado da irmã. É um livro para maiores de 10 anos e eu li para conferir a qualidade da leitura. Grata surpresa!

3. Outro livro para crianças que amei e não poderia deixar de ser; a nova edição de "O Garimpeiro do Rio das Garças", de Monteiro Lobato. Obra praticamente desconhecida, sem qualquer vínculo com as histórias do Sítio do Picapau Amarelo. Essa obra foi lançada em 1924, inspirada nos aventureiros que tentaram fazer fortuna nos garimpos de diamantes e ouro do Rio das Garças, no Mato Grosso.

4. "Por que as nações fracassam", de Daron Acemoglu e James Robinson. A obra trata das diferenças de renda e padrão de vida entre países ricos e das nações que escaparam da pobreza. Para os autores, a política dita a qualidade das instituições econômicas - Estamos na água, então! Já que essas determinam o grau de riqueza ou de pobreza.

5. "O Livro Negro das Cores", de Menema Cottin (escritora) e Rosana Faría (ilustradora). Usa recursos com auto-relevo e verniz UV, contando a história também em braille. Por isso, pode parecer ter sido feito especialmente para pessoas com deficiência, mas não foi. É um convite para que o leitor perceba, olhe, veja além do que é visível. Premiado em vários países é quase todo preto e remete também ao vermelho, azul e outros tons, sabores, cheiros e sons.

6. "Pequenas Delicadezas", de Cheryl Strayed. Faz pouco tempo que a autora revelou sua verdadeira identidade - "Doçura" (Sugar), assim assinava a coluna "Dear Sugar" no site de literatura "The Rumpus" - O anonimato a protegia pois contava suas histórias íntimas, assim como o relato dos abusos sexuais que sofreu do seu avô paterno dos 3 aos 5 anos - Em sua coluna dá conselhos aos leitores, mas a sua própria vida daria um livro, a começar pelos caminhos que percorreu para assinar essa coluna.

"Ser escritor é se arriscar a ficar vulnerável, a dizer a verdade. Os autores que mais admiro são emocionalmente corajosos. Escrever sobre intimidades assusta, mas acredito que a missão da literatura é iluminar a condição humana, e isso não pode ser feito se o autor fica seguro em seu casulo"

7. "Olney São Paulo e a Peleja do Cinema Sertanejo", de Ângela José do Nascimento. Se tivesse sido apenas um artista medíocre, Olney São Paulo já garantiria um lugar na História como o único cineasta brasileiro a ser preso, torturado e processado pelo "crime" de ter feito um único filme: "Manhã Cinzenta" (vídeo), média-metragem de 1969 que aborda o movimento estudantil de 1968 e a atuação da repressão. Foi censurado pela ditadura e rendeu ao seu autor o rótulo de maldito, além de uma aposentadoria compulsória do Banco do Brasil.

Essa história kafkiana está no livro biografia do cineasta baiano que morreu em 1978 ainda com a fama de maldito. Em plena efervescência do Cinema Novo, nos anos 60, enquanto Glauber Rocha e Nelson Pereira dos Santos começavam a colher os louros da fama, Olney percorria o Sertão da Bahia com a intenção de fazer cinema popular brasileiro. As histórias contidas no livro são ótimas!

Sim, ele é pai dos atores Irving e Ilya São Paulo e chegou a ser elogiado por Orson Welles, para quem "Manhã Cinzenta" era um filme "extraordinário". Talvez ele tenha sido o mais injustiçado dos cineastas brasileiros, sem nunca ter sido militante de esquerda. Só insistiu em fazer cinema porque era um sonhador.

8. "Gomorra", de Roberto Saviano. O autor vive sob a proteção do governo italiano desde 2006, porque está jurado de morte pela máfia napolitana. No livro ele mostra um retrato sem concessões de como funciona a máquina do crime organizado de Nápoles e seus tentáculos que se estendem pelo mundo, incluindo o Brasil. O jornalista e escritor, viveu infiltrado por cinco anos e no livro cita o nome de cada um dos chefões e os ramos em que a Camorra atua, que vai desde o narcotráfico, moda e coleta de lixo. O relato é jornalístico e direto.

9. "Confissões de um engraxate em Wall Street" de Doug Stumpf (editor da Vanity Fair) e Murilo dos Santos Jr. (engraxate brasileiro que aos 13 anos mudou-se para Nova York). Pode um simples engraxate ser a ponte para a descoberta de uma rede de corrupção na principal bolsa de valores do mundo? O livro alterna relatos de cada um dos autores e forma uma intrincada trama de suspense, digna dos melhores livros de espionagem e também permite conhecer os bastidores da maior bolsa de valores do mundo.

10. "Essa história está diferente". Uma antologia escrita por dez autores de escrita diversa que recriam em contos o cancioneiro do compositor e escritor Chico Buarque, que possui uma obra multifacetada que sintetiza o Brasil. Para fugir do óbvio, não há um único autor que seja 100% carioca.

Quem escreve: A chilena Carola Saavedra, os argentinos Alan Pauls e Rodrigo Fresán, o mexicano Mario Bellatin e o moçambicano Mia Couto. Entre os brasileiros, André Sant'Anna, Cadão Volpato, João Gilberto Noll, Luis Fernando Veríssimo e Xico Sá.

11. "A Viuva Clicquot", de Tilar J. Mazzeo. No pós-Revolução Francesa, as únicas mulheres que possuíam liberdade social para ir atrás do próprio dinheiro eram as viúvas. Barbe-Nicole Clicquot Ponsardin ficou viúva aos 27 anos e teve que assumir a vinícola da família. Além de fundar uma das casas de champanhe mais famosas do planeta, sua audácia só se compara a uma mulher do século 21. Ela inventou técnicas e estava sempre de olho no futuro - Se você bebe um espumante cristalino, agradeça a Veuve Clicquot!

12. "O Papagaio e o Doutor", de Betty Milan. Esse foi o meu livro favorito. Ele possui um enredo linear: Siriema, a heroína, natural de Açu - republiqueta imaginária da América Latina - foi analisada pelo eminente psicanalista francês Dr. Xan. A história dessa análise, com uma visão satírica das elites latino-americanas, é o que nos oferece o livro, que Betty Milan define como "romance do inconsciente".

Bônus: "O Relacionamento Inteligente", de Robert Sternberg e Catherine Whitney. Esse livro eu comprei em um sebo e sempre o deixava para depois. Se eu soubesse, teria lido a mais tempo, pois me diverti muito com ele. Tratar do tesão inteligente não é fácil! ;) Para cada solução que os poetas encontram para o amor, o lado trágico do homem acaba arrumando mil e um problemas. Não fosse por essa característica de cada um de nós, o amor nosso de cada dia teria muito menos vilões e menos mulheres se transformariam em infelizes irremediáveis. Os autores tentam destruir o mito do amor intuitivo e emocional. Não é que sem tesão não há solução. Sem inteligência é que não há solução para o tesão.

Satisfeitos?

O post "Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro" apareceu primeiro em "Luz de Luma, yes party!".

108 comentários :

  1. Querida amiga Luma
    Você me fez descobrir que nada na vida é mais importante do que uma amizade sincera e verdadeira. Os amores passam e os amigos ficam. Agradeço-lhe o carinho deixado em minha página enquanto estive ausente em viagem ao Rio de Janeiro. Você é uma pessoa única pois já nasceu especial. Adoro a sua amizade.
    Beijos recheados de saudade e muito carinho.
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Gracita!
      Espero que sua vinda à Bienal tenha rendido bons frutos e bons reencontros!
      Obrigada pelo carinho e amizade!
      Bom fim de semana!!

      Eliminar
  2. Bom dia minha querida hj estou só visitando os
    amigos que vão ficando longe das minhas mensagens
    São muito que preciso visitar, e o tempo é curto
    Mas seu espaço continua lindo com belos posts
    Adoro td por aqui, voltarei com mais tempo e do minha opinião
    Abraços com carinho
    ________Rita!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Rita!
      Fique à vontade para voltar quando tiver mais tempo.
      Obrigada pelo elogio!
      Beijus,

      Eliminar
  3. Luma, que delícia de post! Sempre muito produtivo e inspirador passar por aqui. Beijocasssss

    ResponderEliminar
  4. Vou desejar aos que procuram um cesta cheia de dinheiro, cheguem aqui e encontrem e participem de uma cesta cheia de leitura que alimenta!
    Anotado vários títulos, mas quero começar com Extraordinário para que as crianças o leiam também. beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Ana Paula!
      É verdade! Quem sabe lendo bons livros, eles sejam iluminados com ideias que ajudem a colocar em prática modos de ganhar dinheiro?
      Sempre incluo livros infantis e infanto-juvenis na minha leitura, para não perder o foco e manter a criança viva em nós!
      Beijus,

      Eliminar
  5. Leituras instigantes, Luma. Particularmente, fiquei interessado na biografia do Olney São Paulo - histórias reais me interessam cada vez mais, mas não desprezo por completo os atrativos da uma boa obra de ficção, como parece ser o caso dos contos baseados na música do Chico. Vou procurar conferir. Atualmente, estou lendo a biografia do jornalista Tarso de Castro (75 kg de músculos e fúria) escrita por Tom Cardoso, uma viagem fascinante pelo universo jornalístico, político e cultural de Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo nos anos 60. Beijo pra você e um pedido de desculpa pela presença irregular aqui no Luz. Eu desapareço, mas sempre volto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Jens!
      Além de ser a história de vida de uma pessoa que tinha muito para doar social e intelectualmente ideias inovadoras, tem o retrato de uma época, camuflada nos livros de História do Brasil.
      O livro dedicado ao Chico é maravilhoso, só lendo para sabê-lo.
      Vou procurar pelo livro que está lendo. Gosto bastante de biografias, também pelo motivo que expus acima.
      Está perdoado, Jens!
      Beijus,

      Eliminar
  6. Oi, Luma!

    Vim cá, passear e ler o Luz. Absorvi as informações desse testo e vou ler os outros. :)

    Os beijos já deixo nesta postagem. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Iza!
      Fique à vontade!
      Puxe a cadeira e vamos prosear!
      Beijus,

      Eliminar
  7. Oi Luma!
    Sou suspeitíssima para falar algo sobre leitura e livros, kkk.
    Adorei sua lista de livros. São sempre bem vindos. Encontrei vários que não li e nem tenho aqui na biblioteca. Vão já para lista de aquisição. Delícia!!! Aproveito para divulgar um projeto muito legal de um amigo meu:
    http://catarse.me/pt/CordelDosSonhos
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Roseli!!
      E eu não sei? Espero que goste da minha lista de leitura!
      Daqui a pouco vou lá. Obrigada pelo convite!
      Beijus,

      Eliminar
  8. Oi Luma

    Satisfeita, satisfeitíssima!

    Não há nada mais instigante do que ler a descrição do conteúdo de um livro por quem viveu a experiência de lê-lo e gostou dela, dá vontade de sair correndo para a livraria.

    Os livros, as histórias, os textos, não estão prontos quando finalizados, eles continuam sendo reescritos pela interpretação ou pela emoção dos que os leem. Você me provocou inúmeros desejos com estas suas indicações, vou tratar de satisfaze-los, depois quem sabe trocar opiniões com você sobre o que estas histórias me despertaram ou me fizeram descobrir.

    Aliás, trocar opiniões com você é absolutamente delicioso, quem tem bagagem sempre acrescenta-nos muito. Amei sua opinião cheia de verdade e clareza em meu último texto.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Van!
      Que ótimo que te satisfez! Ainda não fiz um post dos livros que decepcionaram. Ainda...
      Uau!! "Os livros, as histórias, os textos, não estão prontos quando finalizados, eles continuam sendo reescritos pela interpretação ou pela emoção dos que os leem". Sinto muito isso.
      A blogosfera é um ambiente favorável para interagirmos e trocarmos experiências. Ainda bem que gostou!!
      Beijus,

      Eliminar
  9. Perfeito Luma
    Nossa fiquei curiosa pelo tema do segundo livro da autora espanhola que você cita no início do post.

    Gostei da idéias dos 12 livros. Mas esse ano, foi um ano de mudanças em todos os sentidos em minha vida, e tempo para leitura confesso que anda em falta.

    Bjs e uma excelente quarta
    Debby :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Debby!
      O título do livro é mesmo instigante. Se não fosse o título de um livro, deveria ser um conselho para ser seguido. Afinal, a melhor história está por vir!
      Eu entendo e quando o cansaço bate fica complicado ler. Eu durmo pouco, o que faz o tempo render mais e muitas vezes acordo de madrugada e com a casa dormindo, abro o meu livro.
      Excelente semana!!
      Beijus,

      Eliminar
  10. Haja generosidade nesta postagem amiga.
    Não posso auxiliar neste sonho do cesto de dinheiro,mas nos livros com certeza.
    Você fez referencia ao um livro fantástico, que é do Ignácio Loyola, li este livro e fiquei encantado e assustado pois nos parece que aquela realidade lá longe, pode estar bem próxima.
    Anotei os nomes.
    Boa lembrança.
    Carinhoso abraço amiga.
    Bjo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Toninho!!
      Seria interessante fazer uma cesta de livros e presentear amigos. Cada livro com a dedicatória de um amigo blogueiro. Que tals?
      Realmente, parece que os acontecimentos são cíclicos. Um clássico só é clássico por que atravessa os anos de modo íntegro!!
      Beijus,

      Eliminar
  11. Oi Luma!
    Gostei da ideia da cesta cheia de livros, e me interessei pelo livro/antologia "Essa história está diferente."
    Gosto das letras de Chico Buarque... mas por uma grande defasagem na coordenação motora fina, tenho uma quase impossibilidade em manusear livros.
    Então pergunto se existe alguma versão editada em forma de e-book.

    Abração
    Jan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Jan!
      Fui no site da Companhia das Letras e infelizmente o livro não está disponível em e-book. Mas você me deu uma boa indicação para o uso do e-book. Acho que quem condena os e-books, não sabem que ele é útil para quem tem problemas com a coordenação fina.
      Beijus,

      Eliminar
  12. Satisfeitos? Sim, muito! Depois de uma cesta, assim, cheia de livros, como não ficar? Concordo com vc que é preferível uma cesta cheia de livros a uma cesta de sonhos seja do que for, pois eles acabam. Os livros ficam... e o que é melhor: dentro da gente.
    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Jussara!!
      Verdade! Eu também ficaria feliz com uma cesta cheia de livros - Livros produzem sonhos também e ficam eternos em nós, como bem escreveu!!
      Beijus,

      Eliminar
  13. Oi Luma:
    Vim conferir sua postagem e fiquei super satisfeita com suas indicações.
    Por coincidência estou lendo, ou melhor, devorando um livro, cujo título é O guardião do tempo - Mitch Albom e recomendo.
    Inclusive fiz um post com um trecho do livro e vou deixar o link, caso você tenha interesse ou curiosidade em ler:
    http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/2013/09/tente-imaginar-vida-sem-contagem-do.html
    Bjs.:
    Sil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Silvana!
      Adoro todas as discussões acerca do tempo. Assim como o amor, o tempo é tema sem fim.
      Ichi! Eu li "O guardião do tempo", mas já não cabia mais na minha lista de doze e eu já tinha citado outros no início do post. Dele guardei o trecho:

      "O cão não consulta o relógio. Os cervos não se inquietam com aniversários.
      Só o ser humano mede o tempo.
      Só o ser humano replica o som das horas.
      E por isso só o ser humano sofre de um medo paralisante que nenhuma outra criatura suporta.
      O medo de que o tempo se esgote"


      Me aguarde que logo mais vou no seu blogue!
      Beijus,

      Eliminar
  14. Pois é. Ótimo projeto, doze livros em doze meses.
    O meu blog, como sabes, vez por outra tem algum comentário sobre livros, justamente uma tentativa de incentivar e leitura, e reforçar a lembrança das leituras.
    [ ]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Zé Alfredo!
      Vou lá no seu blogue dar uma bisbilhotada na sua tag, me aguarde!
      Obrigada por indicar!
      Beijus,

      Eliminar
  15. Super bacana este projeto. Este ano, estou participando de um parecido... não sei se vc já viu algumas de minhas postagens a respeito: Desafio Realmente Desafiante.
    Ainda assim, leio bem menos do que gostaria (falta de tempo mesmo!), mas enfim!
    Adorei suas sugestões de leitura. Vou favoritar este post, sem dúvidas!!
    Bjns
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Cici!
      Vou ser sincera... eu li somente a postagem em que falava do livro "O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias". Vou lá procurar pelos livros que postou anteriormente.
      O tempo curto tira a concentração para a leitura até quando temos um pequeno tempo. Isso vai passar!!
      Beijus,

      Eliminar
  16. Como um devorador de livros,adorei a relação,Luma.Muito interessante mesmo.
    E melhor do que sonhar com cesta de dinheiro..é te-la,rsss
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Do!
      Um cesta de sonhos é melhor do que sonhar!
      Beijus,

      Eliminar
  17. Certamente, sonhar com uma cesta cheia de livros é bem melhor que cheia de dinheiro, pois através do livro se adquire conhecimento e este possibilita o crescimento.
    Beijos,
    Élys.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Élys!!
      Que adianta dinheiro no bolso e cabeça vazia? O dinheiro logo acaba...
      Beijus,

      Eliminar
  18. Oi Luma, desculpe-me pela minha ausência, fiquei umas semanas fora da blogosfera e qdo retornei fiquei totalmente perdida e fora do ritmo. Agradeço pelos comentários que deixou no meu blog na minha ausência, mt obrigada!
    Quem me dera se eu lesse 1/3 da quantidade de livros que vc lê! Benza Deus! Mas ultimamente os livros que mais fazem vista por aqui são os de culinária, rs. Dizem que quem sonha com dinheiro é sinal de que vai receber boas notícias! Será??? Boa notícia msm seria ganhar na mega sena, mas aí seria algo impossível de acontecer já que nunca jogo, rsrs. Então chego a conclusão que o melhor msm são os livros, através deles vc pode ser quem quer ser, basta usar a imaginação! =)
    Bjs ♥
    www.viveraprendendo.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Sileni!
      Sei como é, o retorno é sempre complicado.
      Espero que não perca as esperanças de retornar também com a leitura! Ah, livros de culinária também são ótimos. Principalmente os que passeiam pela cultura de diferentes países de modo simples e modo de fazer também simples :)
      Beijus,

      Eliminar
  19. Estou tentando me habituar a ler no kinder da minha filha, mas confesso que estou enfrentando dificuldades. Ela já tem uma biblioteca em formato e-book e é isso que ainda me estimula.

    Dos livros citados, só li o Gomorra, do Saviano. Em compensação, estou terminando toda a coleção do Antonio Tabucchi e do Andrea Camilleri (que, espero, escreva muito ainda).

    :)

    PS - Uma cesta cheia de dinheiro me permitiria comprar muitas cestas de livros. E ter tempo de sobra pra ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Allan!!
      Gosto de usar o kindle em viagens, só que quando inicio uma leitura não largo e daí fica chato para os acompanhantes. A não ser que esteja com alguém que também goste de ler.
      Lembro de um post em que citou Andrea Camilleri. Também espero que os bons permaneçam entre nós por muito tempo!!
      Se assim fizer com a cesta de dinheiros, tanto melhor! Mas se vier uma cesta de livros, economiza tempo e energia para comprá-los :)
      Beijus,

      Eliminar
  20. Amiga, olá!
    Obrigada por participar e se eu disse que gostei mto do seu post estarei sendo repetitiva pela... vez! :-) Mas é verdade.
    Anotei, claro, suas sugestões de leitura e, à propósito, não é de hj que venho ouvindo falarem sobre "O Tempo entre Costuras" - vou pesquisar sinopses.
    E esteja certa: tbm prefiro (e mto!) um a cesta cheia de livros - com mtos da Debbie Macomber dentro. Coisas de uma apaixonada assumida por histórias que retratam laços de família, superação, romance... :-)
    Ah, certamente: e mtos outros dentro tbm!!!
    Amei o post - pronto, repeti!

    Bjs!!!
    Karin Filgueira
    BLOG: - Meu Doce Lar
    FACEBOOK

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Karin!
      Que bom que gostou da postagem e também irá gostar de "O Tempo entre costuras". Ah, preciso ler Debbie Macomber!
      :)
      Obrigada!!
      Beijus,

      Eliminar
  21. Querida Luma,
    Obrigada pela gentil visitinha e por seguir "nosso" blog
    Gostei imensamente das suas indicações de leitura,viu?
    Desejo uma boa tarde
    Beijo e o nosso carinho
    Verena e Bichinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Verena!!
      Achei o seu blogue alto astral e me diverti muito lá com a bicharada!! Agora vai ter que me aturar!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  22. Puxa Luma, não li nenhum dos citados. Aliás este ano so tenho lido histórias infantis.
    A neta é insaciável. Quer sempre uma história nova. Este ano vou estudar. Entre as disciplinas que vou ter, está a Literatura. Logo vou ter que ler mesmo.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Elvira!!
      É tempo!! :) Não sei se todos foram publicados em Portugal.
      Muito bom ler para crianças. Eu viajo junto, adoro ver os olhinhos curiosos!! Sempre muito bom, aproveita!
      Uma nova porta se abre! Que bom que vai voltar a estudar!
      Boa sorte!!
      Beijus,

      Eliminar
  23. Oi Luma, é sempre muito produtivo visitar seu espaço. Você tem o dom da escrita. Fiquei feliz de saber que você gostou do desafio. E realmente é um ótimo desafio, pois além de nos comprometer com a leitura, nos possibilita conhecer outros livros e autores através das escolhas dos amigos. Sinceramente não conhecia nenhuma de suas escolhas, mas já selecionei algumas para ficar na minha lista de leituras futuras.
    Ah! Propósito me diverti bastante lendo o texto "coisa de mulher", vc conseguiu resumir tudo em algumas palavras. Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Kacy!
      Amei essa tag e ela veio à calhar. Sempre penso em falar sobre livros no blogue, mas deixo a resenha para os amigos blogueiros.
      Ah, que legal que foi ler um texto mais antigo. Obrigada!!
      Beijus,

      Eliminar
  24. gostei do seu post Luma adorei continue tendo mais sucesso me visite mais vezes

    http://juniorcis.blogspot.com
    http://junior-juniorcis.blogspot.com

    grato

    junior

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Júnior!!
      Seja bem-vindo!

      Eliminar
  25. Oi Luma
    realmente o primeiro dia em s.P. foi gelado, depois esquentou tanto!
    um calor seco irrespirável
    sem direito a uma sudorese!
    eu convivi muito anos com tempo frio, hoje afastada dele, ha uns quase quarenta anos
    qualquer friozinho me derruba
    e olha que aqui também faz frio, mas é diferente!
    Sobre a cesta sugestiva de livros fico com ela, esse livro do Monteiro Lobato desconhecia.
    Cesta de sonhos ou de dinheiro, é um sonho mesmo e como sonhos são fluídos,prefiro algo real, compacto.
    Muito interessante essa forma de desafios de leitura. Faço parte de um clube do livro na internet, onde as participantes circulam livros mês a mês. Tem dado certo!
    beijos
    Zizi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Zizi!
      Choque térmico!! :)
      Esse livro de Monteiro Lobato foi relançado recentemente e poucas pessoas conhecem - por isso o relançamento e atualidade da obra.
      Se tem uma turma que tem frequência de leitura, fica interessante a troca, até por que você economiza bastante, mas tem que esperar a sua vez de ler. O compromisso de ler para entregar logo, também é interessante.
      Beijus,

      Eliminar
  26. Oi Luma
    Acho geniais essas iniciativas para divulgar a leitura. Se todos tivessem esse hábito a vida seria bem diferente.
    Como você disse se não tem uma cesta de dinheiro, uma cesta de livro também me faz bem feliz.
    Bj e bom fim de semana,
    Lylia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lylia!
      Eu digo que a leitura alinha os pensamentos e não deixa espaço para pensamentos ociosos - veja como tem sido interessante o emprego da prática em presídios, dando desconto de pena para quem ali está. Mas não é somente ler, tem que fazer uma resenha.
      A felicidade está em colocá-la em um lugar ao nosso alcance!
      Beijus,

      Eliminar
  27. Luma, diria que estou extasiada.
    Ainda estou tentando entender o significado de um sonho como esse, cesto cheio de dinheiro, mas já concordei que é melhor realizar o cesto de livros.
    Estou interessadíssima nesse projeto 12 livros. Vou ler mais pra entender melhor.
    Xerossssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Ana Karla!
      Eu quebrei a cabeça para entender tanta gente sonhando com a mesma coisa :) Fique à vontade para também postar os 12 livros que leu nesse ano ou que pretende ler.
      Beijus,

      Eliminar
  28. Sem duvida um dos seus melhores posts, nunca tive esse sonho mas já com uma casa cheia de livros rsrs, arrasou!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Patrícia!
      Que bom que gostou! Nunca sonhei com um coisa ou outra, mas bem gostaria de ter essa cesta!
      :)
      Beijus,

      Eliminar
  29. Adorei as indicações... fiquei curiosa com alguns, que já vão entrar na minha lista de livros para ler. Obrigada. Bjks.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Ge!
      Bom te ver por aqui!
      Espero que goste da leitura!
      Beijus,

      Eliminar
  30. Luma, sempre maravilhosas propostas aqui! E adorei teu comentário e acredito que foi o melhor a fazer, mudar a rota, tomar um café e observar tudinho à volta.Até bicho-pai! Lindo! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Chica!
      Agora virei freguesa do café! Ao invés de tomar no trabalho, vou respirar um pouquinho ali todos os dias. Uma vacina anti-estresse!
      Beijus,

      Eliminar
  31. Luma,que legais as suas leituras!E deu sua opinião em cada uma,o que valorizou o livro e me instigou a ler alguns deles,vou até anotar aqui!...rss..Sonhar com uma cesta cheia de dinheiro deve indicar que a pessoa está endividada e precisando de dinheiro pra quitar suas dívidas.Tb prefiro a cesta de livros!bjs e bom fim de semana,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Anne!
      Que bom que gostou! Hahahaha também pensei nisso! A pessoa já vai para a cama pensando em onde arrumar dinheiro para pagar as dívidas... Seria um presente dos céus para essas pessoas receberem uma cesta cheia de dinheiro. Eu ainda prefiro a cesta de livros!
      Beijus,

      Eliminar
  32. Oi, Luma.
    Bom seria sonhar com a tal cesta (ou mala, para evitar que as notas sejam espalhadas pelo vento) e então acordar e encontrar a dita cuja aos pés da cama (risos).
    Bom saber que você continua ativa e operante, já que na maioria dos meus demais espaços parceiros as atualizações estão cada vez mais escassas.
    Bom final de semana e até mais ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Fernando!!
      Seria um sonho realizados, literalmente!
      Também não tenho postado todos os dias. Acho desgastante pois a vida lá fora urge!
      Uma pena que os blogueiros estejam migrando para as redes sociais. Mas é estranho pois vejo muitas pessoas reclamando das redes... vai saber!
      Beijus,

      Eliminar
  33. Luma,
    a cesta que vc oferta é bem mais rica.Sonhos sempre no intrigarão embora a razão nos diga o contrário.
    Tomei nota de um monte destes títulos.Só li o Tempo entre Costuras e também me apaixonei.Irei atrás do próximo da autora.

    O espetáculo lunar desta semana arrebentou a boca do balão, né?Vc registrou lá nos coments o mesmo sentimento que terei em igual situação.Acompanhei de perto estes acontecimentos.
    Uma noite linda aí,viu?
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Calu!
      Não compreendo as razões dos sonhos ou se tem alguma ligação com o que as pessoas realmente desejam, mas deve ser um bom indicativo do que o nosso subconsciente anda arquitetando.
      Fiquei um tempão olhando para o céu, me deliciando. Sabe lá quando Vênus virá novamente? :)
      Obrigada! Uma noite linda para você também!
      Beijus,

      Eliminar
  34. Oi, Luma! O livro que desejo ler não está entre os doze, mas foi citado aqui, é O tempo entre as costuras. Participei do projeto doze livro em doze meses de duas formas: doando um livro por mês, lendo e indicando no blog.
    Que venham as leitura que não nos enriquecem materialmente, mas intelectualmente. As divagações acerca do tempo me fizeram lembrar que há ainda coisas para conquistar esse ano. Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Bia!
      A sua participação foi perfeita! Alguns não pratiquei o BookCrossing porque foram emprestados. Eu sempre deixo o livro circular entre os amigos e a família, antes disso ou mesmo doar para a biblioteca aqui do bairro.
      Será que o tempo colabora com o nosso pensamento? Penso na viagem que mentalmente fazemos, unindo lembranças passadas aos quereres futuros.
      Beijus,

      Eliminar
  35. Muito bom o seu post, Luma! E que beleza de dicas de leitura! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  36. Também quero livros e mais tempo com eles! Já tenho um no celular para quando tenho que esperar em banco, médico, etc.

    Nem precisa ser cheeeeia de dinheiro. Só um pouco de dinheiro já resolve a minha vida!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Bruxinha!
      Desse modo ganhamos tempo e não nos estressamos na fila de espera. Sempre carrego algo quando vou ao médico, repartições públicas, etc. Hahahahaha dinheiro nunca é demais!!
      Beijus,

      Eliminar
  37. Olá Luma,
    Sempre que sonho com dinheiro acho que 'entrará um extra'.
    Gostei muito das dicas de livros. Estou lendo bastante este ano também e é sempre bom receber recomendações.
    Sobre o novo, novo ano, confesso que coisas novas me deixam muito animadas, mas sou demasiadamente apegada com o antigo. kkkk
    No momento, já me programando para minha decoração natalina e lembrei de uns modelos de bolas para enfeite feito com isopor e fitas. Eu a imprimi na época (acho que uns 3 anos atrás), mas não encontro. :( um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      É dar uma força para o pensamento positivo!
      A vida anda muito programada e isso não anima muito, os dias parecem que serão iguais.
      Se for aqui do blogue, aí vai http://luzdeluma.blogspot.com.br/2011/12/natal-em-casa.html
      Beijus,

      Eliminar
    2. Você é maravilhosa! É essa mesma. Já salvei o link. Obrigada!!!! <3

      Eliminar
  38. Li o post e deu uma vontade imensa de mergulhar em um bom livro. De percorrer mundos em que nunca estive. De adentrar em histórias de mistérios. De participar de uma aventura em paisagens inuitadas. De sonhar com uma bela cesta de dinheiro... e distribui-lo por ai, para as almas necessitadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Carlos!
      Um livro é bom antídoto para o marasmo dos dias, além de combater o estresse, justamento por nos fazer viajar por outros mundos, diferentes da nossa realidade. E por que não dar oportunidade para outras pessoas?
      Beijus,

      Eliminar
  39. Oi Luma
    Conheci o projeto no mês passado, através da Bia Hain e visitando o blog, percebi que estava desatualizado, mas ainda assim fiz a postagem, sem as resenhas.
    Espero agora ter tempo pra concluir as metas de leitura.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Paty!
      Uma pena que o blogue esteja desatualizado! Mesmo assim, acho que o compromisso é mesmo nosso!
      Beijus,

      Eliminar
  40. Olá, Luma..:)
    Deu para ter uma idéia dos livros que você esteve em contacto..:-))
    Achei interessante a descoberta sobre esse diretor pioneiro do cinema brasileiro "Olney São Paulo", vou ver o video tah =^..^=
    Respondendo os comments lá do post anterior :-)
    Eu acho que a moçada em geral, mundialmente, estão esquecendo os valores do próprio país..:))
    Estou entendo o motivo do NHK estar dando maior enfoque nesse tipo assunto, sempre trazendo à tona a frase: "Mou ichido Nippon, Fudoki"= mais uma vez, um japão Fudoki, e paralelamente vão mostrando as imagens, que nos lembram os valores tradicionais de variadas regiões do japão, de maneira que a juventude atual tome conhecimento de um japão dos tempos de outrora; isto, para que a própria identidade não se vá perdendo.:-)
    Luma, eu não verifiquei o meu e-mail, depois digo tah..:)
    Ótimo final de semana ;-)
    A big hug and Tchauzito



    ResponderEliminar
  41. Olá, Luma..:-)
    Esqueci de indicar a música:
    1. Sugawara Yoichi - Caminito - Tango Argentino

    2. kishi Yoko - Yoake no Uta=Canção do Alvorecer

    Ótimo final de semana ;-)
    A big hug and Tchauzito


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Luma..:-)
      Não encontrei nenhum e-mail, gostaria de saber para qual e-mail você me mandou.:)
      Ótimo final de semana ;-)
      A big hug and Tchauzito

      Eliminar
    2. Oi, Elena!
      Eu conhecia somente o Irving São Paulo, um ator talentosíssimo do teatro e tambem da televisão. Quando ele faleceu eu estava no Rio na casa de uma amiga que por coincidência era amiga dele. Foi em uma das nossas conversas que ela falou sobre o pai, Olney. Sempre li algumas reportagens relacionadas e quando soube do livro, logo quis ler.
      Acho bacana a preocupação com a manutenção das tradições e cultura pelos povos orientais. Nesse quesito o Japão fica à frente. Recentemente um amigo lá esteve e ficou impressionado! Ele percorreu vários países, mas foi cativado pelo Japão.
      elenasnotes@yahoo.com.br Esse foi o e-mail que usei. Faz tempo, heim? Seu blogue está sendo redirecionado para uma página que é de um adiministrador de domínio. Tente identificar na sua lista de links ou mesmo no contador. Em geral, esse é o vilão.
      Se tiver dúvidas, me mande um e-mail para luzdeluma@ovi.com
      Estou ouvindo a primeira música enquanto respondo para você e adorando. De onde tira tanta coisa boa? :D
      Beijus,

      Eliminar
  42. Adorei o post.Sonhar com uma cesta de dinheiro - e varias pessoas querendo saber é bem sintomatico- os sonhos não são compostos apenas de fantasias e de coisas que estão nas profundas do inconsciente. Eles tb são compostos do que Freud chamava de "restos diurnos", resíduos. E o que o ser humano pensa o dia inteiro num mundo capitalista? É o assunto. Por isso hoje entendo com mais carinho esses projetos mundias para o "comunismo". Pena que sempre seriam governos totalitarios cerceando a liberdade de pensar. Por que ja pensou um mundo onde houvesse uma quantidade de temas interessantes. Como os que voce indicou? livros. Qual é a sua preocupação de hoje? Ah o livro tal que nao li ainda. O que vai fazer amanha? Vou ler um livro. outra coisa que adorei foi sua observação sobre o tempo. A neurose induz o "portador" a estar sempre postergando suas alegrias ( para não dizer gozo e o povo entender como gozo simplesmente sexual, e nao é só isso) para depois de amanhã. Assim o tempo fica estranho mesmo. Como diz você, antecipam as datas futuras, para quando estiverem proximas, posterga-las. Estranha a cabeça do humano. Controlar o tempo, nao da. Mas vive-lo de forma mais criativa dá. Mais uma coisa boa: o escritor tem que ter coragem de se expor mesmo. Senão a coisa não sai. É das intimidades de cada um sim, que sai a compreensao do outro. Eu entendo voce, por que me conheço primeiro. E assim posso falar disso. Não tem outro jeito. Os psis costumam contar casos proprios em nome do conhecimento. Infelizmente não são todos. A maior parte dos humanos tem um medo absurdo de se expor. Dá para entender. Mas a gente gosta de dar a cara para bater tb ne Luma? Bjos, parabens pelo post e boa seman( assinando ainda como Barbara Ever, eita besteira)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Cam!
      A questão do tempo me aflige, pois sou meio que na hora para resolver tudo e isso também não é bom pois acumulo muitas tarefas ao mesmo tempo. Agora estou mais metódica. Uma coisa de cada vez e tenho que me policiar para não fazer algo pensando na próxima coisa. São os prazos.
      A questão de postergar a vida é porque o presente não está bom! É como se a data tal fosse um marco para que algo bom aconteça.
      Não tenho medo de expor minhas opiniões e já me perguntaram de onde vem a coragem. Simples, não somos pessoas lacradas e precisamos de comunicação.
      Me mande um e-mail luzdeluma@ovi.com e vamos ver o que você aprontou! Deve ter adicionado algum e-mail diferente na sua conta do blogger.
      Beijus,

      Eliminar
  43. Luma:
    Obrigada pelas dicas.
    Ainda não li nenhum que você listou.

    Bom fim de semana!
    Anny

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Anny!
      Acho que você vai gostar dos livros de María Dueñas, d"O livro negro das cores", porque você desenha e as ilustras são lindas. Podia te indicar o livro da Cheryl Strayed... e quem sabe o inspirado nas obras de Chico Buarque? Mas sei que se interessou por Mia Couto e já indiquei o livro para você no twitter.
      Beijus,

      Eliminar
  44. Oi Luma, realmente, melhor do que sonhar com uma cesta cheia de dinheiro, é ter uma cesta cheia de livros. Eu tenho uma série de livros na prateleira, que comprei com o intuito de ler e até agora nada. Preciso para com isso e ler logo os livros, rsrs. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Telma!
      Eu também compro mais do que leio. Já penso que é compulsivo! :) Estou pensando seriamente em começar a frequentar mais sebos... rs. que o desfalque está grande em minha conta!
      Beijus,

      Eliminar
  45. As pessoas podem até sonhar com uma cesta de dinheiro e se um dia conseguir obtê-las é preciso bom senso para administrar, caso contrário , dinheiro acaba.
    Big Beijos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lulu!
      Como tudo na vida... mas o dinheiro está relacionando por muitas pessoas à própria sobrevivência e por isso, as pessoas se apegam muito à ele. Um pézinho de meia não é de todo ruim, é sempre bem-vindo. Mas o dinheiro tem que ser bem administrado, para que não se torne algo ruim em nossa vida, como a falta dele.
      Beijus,

      Eliminar
  46. Oi Luma
    Bom seria se com a cesta de dinheiro pudéssemos comprar mais um pouquinho de tempo... rs aí leríamos muitas cestas de livros!
    Gostei demais desse projeto de listar resenhar e contribuir para o incentivo a leitura.
    Ando a caça do tempo Luma _ ultimamente estou numa correria com mudanças reformas transições várias. Espero ainda ter tempo para ler uma cesta de livros.(baratos - de preferência rsrs) porque o dinheiro anda por 'outras cestas' rs
    grande abraço boa sermana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lis!
      Acabei de comentar acima que vou passar a frequentar sebos. Tive a ideia de confeccionar capas para livros - não vou comercializar - e para quem não gosta do aspecto gasto dos livros é puro charme. Não tenho nada contra! É que a minha tia é uma chata e fica falando dos germes... quem se lembra de germes quando gosta de um livro?
      Boa sorte nas mudanças e que uma cesta de dinheiro apareça aos pés da sua cama!
      Beijus,

      Eliminar
  47. Oi Luma! Duas vozes simultâneas: riqueza e livros. A sua lista parece ótima. Beijo e ótima semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Renata!!
      Pois não tinha pensado no dinheiro como riqueza! Pois que seja, afinal, com ele podemos comprar muitas leituras ricas!
      Beijus,

      Eliminar
  48. Oi Luma!

    Sou apaixonada pelas divagações sobre o tempo... nós temos este tempo humanamente cronológico, onde se vive mais no futuro e para o futuro, que o presente em si.
    O fascinante tempo cíclico que faz tudo ser diferente a cada mês: seca, chuva, calor, frio, claridade, escuridão, flor, fruto, semente, e flor de novo.
    Agora, o mais complicado de todos, é o tal tempo subjetivo; meus aluninhos martelam:
    _ Tia, falta muito pro recreio?
    E quando voltam dele, reclamam:
    _ Tia, por que o recreio durou só cinco minutos?Já é hora de ir embora?

    Beijo atemporal procê!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Cristina!!
      Também gosto muito de divagar sobre o tempo... Sempre teríamos assunto! :) Estamos sujeitados pela natureza, pois o tempo à ela pertence.
      Me lembro bem como era estar sentada em uma "carteira" esperando os ponteiros do relógio passar para o recreio. Como demorava! A espera sempre fez o tempo correr mais devagar. Será que é esse o segredo? :D
      Adorei voltar no tempo com você!
      Beijus,

      Eliminar
  49. Aí está coisa com que nunca sonhei!
    Mas já li todo o Einstein...
    Beijinho para si!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Preciso percorrer essa estrada... rs. Beijus,

      Eliminar
  50. Na verdade nunca sonhei com uma cesta de dinheiro, mas já dava pra comprar uma cesta de sonhos.
    Bom te rever, Luma! Um bem haja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, eu estava com saudades!!
      Muito bom te ver por aqui!
      Beijus,

      Eliminar
  51. Sonhar não custa nada não pe mesmo, e alimenta nossa garra e força de vontade, tenha uma linda semana amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ichi! Imagina se tivéssemos que pagar pelos sonhos?
      :)
      Beijus,

      Eliminar
  52. Querida amiga Luma !!!

    Perdoa-me a invasão do seu espaço,
    Mas temos amigos comuns e resolvi
    Conhecê-lo. Adorei seu Blog. Muito
    Lindo e de excelentes conteúdos.
    Espero que me permita voltar com mais
    Calma para comentá-lo, ok?
    Os sonhos são alimentos para o nosso
    coração e alma. Sem eles não teria
    sentido a vida, não é?
    Um início de semana maravilhoso, com
    Muita paz e amor em seu coração é o que
    Desejo para você.
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO – 16/09/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vindo!!
      Refestele-se!
      Beijus,

      Eliminar
  53. Parabéns pelo constante incentivo à leitura, Luma...
    (O tempo é uma das minhas temáticas preferidas nos meus escritos...)

    Bjuzz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Odete!
      Também gosto de escrever sobre o tempo, passado, presente e futuro!!
      :)
      Beijus,

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor