Quem Tem Medo de Brincar de Amor?

Toda vez que ouço falar em público-alvo, me lembro de Tom Zé; diz ele que quando ouve "público-alvo", se abaixa com medo de levar um tiro. Pois é isso mesmo! Para a publicidade, o sujeito é um objeto, um alvo.

Acaba sendo uma chatice que as pessoas ao fazerem referência às datas festivas, o façam atrelando a um evento comercial, mas pelo bem da "sobrevivência do comércio" que faz a economia girar, convenhamos que não é preciso ter um pouco de inteligência para entender a necessidade da máquina continuar girando. Cada um "compra" a ilusão que cabe seu bolso. Caso contrário, recicle!

Deixemos a chatice de lado - ou os chatos - e vamos ao que interessa. Afinal, o amor não precisa de muito, ele se basta!

Que seja infinito enquanto dure!! E que dure para ambos! Aos amantes do hemisfério norte: Happy Valentine's Day. Aos amantes do hemisfério sul: Feliz dia de São Valentim! Para quem não sabe, antes de ser santo, o bispo Valentim contrariou as ordens do imperador Cláudio II, que proibiu o casamento durante as guerras. Por isso, Valentim foi condenado à morte e decapitado em 14 de Fevereiro de 270.


Dê livros de presente! Não à toa que que no dia 14 de Fevereiro também é comemorado o "Internacional Book Giving Day" (Dia internacional da doação de livros). Para ajudar a organizar o evento, foi designado um time de blogueiras, mães e pessoas ligadas à literatura infantil e aqui no Brasil, somos representados pela Gisele Federizzi do blogue "Kids Indoors - Dicas para entreter crianças "presas" em casa". Acesse o link para melhor compreender a dinâmica do evento e participar.

Quem estiver em Brasília terá a oportunidade de participar do evento no Parque da Cidade. Leve seu livro para doação e participe dessa grande festa! Doar é gesto de amor! E o foco das doações no "Book Giving Day" são as crianças. Vamos incentivar a leitura?


Aqui os livros foram para um endereço certo!

Eu tenho medo de pombo e de gente pulando de cachoeira. Lá de casa sou a mais medrosa. Marina tem pavor de baratas, mas pega todos os insetos com a mão. Rodrigo sempre foi corajoso, e isso me dava um medo danado. Agora anda mais receoso. Ufa!

Todo mundo tem medo, não é? A Série "Quem Tem Medo", de Ruth Rocha tem ilustração de Mariana Massarani, a mesma que fez uma das ilustras que enfeita a sidebar desse blogue.

O título da postagem foi inspirado na música Quem Tem Medo De Brincar De Amor?, dos Mutantes.

"Ama não ama se ama me chama que eu vou" - Feliz dia de São Valentim!!

88 comentários :

  1. Meu Deus, essas datas me lembram o tempo que faz que estou solteira... Putz! Gostei dessa história de doar um livro a uma criança, vou conferir a ideia e mesmo atrasada vou separar algum para as crianças daqui.

    Ah, Luma, esse paragrafo que você destacou é minha cara... Sou desse tipo a quem o autor se refere, tenho até aversão a ficção cientifica, porque o futuro me assusta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pan, não tenha pressa! Ser solteira pode ser um estado de espírito! Existem tantas pessoas casadas no mundo que não possuem cumplicidade!
      Tanto livro infantil que ninguém vai ler e fica lá no canto empoeirando... podemos fazer a alegria de uma criança ou várias.
      Melhor viver o presente!! :) Ninguém sabe qual é a do futuro!!
      No fundo, o medo de se relacionar é o medo que temos de perder nossos pais.
      Beijus,

      Eliminar
  2. É minha cara, uma coisa leva a outra. rs
    Happy valentine´s day e celebre com as cores das palavras. rs
    bacio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou, se terminou um dia, consequentemente começará outro...rs. Bacio!

      Eliminar
  3. Oi Luminha.
    Há quanto tempo não passava por aqui, hein.
    Amei o video da simplicidade nos relacionamentos. Cativar e ser cativado, brincar que nem criança, pular e rolar na relva. Tão gostoso.
    Isso é o que eu chamo ver passarinho verde!
    A vida fica mais bonita quando reencontramos o amor.
    Seu post me deixou pensativa:
    "As histórias de amor podem não ter futuro, mas têm passado."
    As memórias são uma coisa tramada, especialmente quando enraizamos fundo.
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voltou das férias, Rute? (rs*) Antes fosse, não é?
      Esse vídeo é muito fofo! Mostra como deve-se curtir os dias à dois. Nem sempre possível! Mas já que hoje é um dia para homenagear um homem que incentivou os corações a se entrelaçarem, por que não em contato com a natureza, com os passarinhos verdes?
      Essa frase é o que há! Comecei a ler esse livro de Bernardo Carvalho e estou extasiada! Se um relacionamento acaba de modo ruim, não quer dizer que foi de todo ruim.
      Beijus,

      Eliminar
  4. Bom dia!

    Tudo o que se faz, para icentivar as crianças a gostar de ler é valido.

    No que se diz respeito ao amor, eu costumo dizer, que, feliz de quem se deixa levar por uma paixão...Mas, desde que, seja uma paixão assumida com responsabilidade de ambas as partes.

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podemos cobrar das crianças algo que elas nunca tiveram.
      A paixão é espontânea e a responsabilidade vem com o tempo de convivência.
      Beijus,

      Eliminar
  5. O amor é sempre um bom tema e livros doados, idem. Espalhar cultura. precisamos cada vez mais, bem como o amor! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Chica!! É gostoso falar de amor, sentir amor... :) Beijus,

      Eliminar
  6. Oi Luma! Todo mundo tem medo do amor. A maioria até arrisca, ainda bem, e a minoria nem tenta, pena! Mas expor os medos e os anseios num pequeno e denso texto não é para qualquer um. Quem arrisca sempre tem algum resultado. Quando não dá certo, pode-se até aprender com o erro. Mas quem não arrisca, nem merece viver, porque viver e ter uma vida chata nem vale a pena. Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca tive medo do amor! Talvez por isso para mim seja fácil expor o que sinto. Lógico que o amor é um ingrediente que torna a vida interessante e podemos fazer desse ingrediente base para várias formas de amar! Beijus,

      Eliminar
  7. A Ana Paula (lado de fora do coração) uma vez me presentou com os livros infantis, resultado: fundei uma biblioteca que em breve completará um ano! :D

    beijinhos :*
    Carol
    Sorteio de coisinhas ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Carol!!
      Foi por essa ação que conheci o seu blogue, através da Ana Paula e os livros doados :)
      Beijus,

      Eliminar
  8. Hoje é Valentine's Day aqui no Canadá, e estou passando pra deixar um abraço carinhoso para as minhas amigas blogueiras mais queridas!
    Sinta-se abraçada por mim nessa quinta-feira!!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carinho recebido, Nádia!!
      Amor dividido é amor multiplicado!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  9. Uma ótima indicação. Aproveitando a deixa, indico a essa geração virtual livros digitais. Eu, por exemplo sempre tive problemas com livros devido a alergia. Aquele cheiro, aqueles fungos... Estou amando E-livros.
    Quanto a São Valentim, ele deveria voltar. Hoje se casam pensando em divórcio. Como dizia Aquele personagem de Jo Soares, "casa separa,casa separa, então não caso!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho lido livros digitais pela praticidade e também pelos motivos que expôs. Além dos fungos e poeira, tem gente que tem alergia a tinta - o que dá aquele cheirinho de livro novo. Nem tudo é perfeito no paraíso!! (rs*)
      Muito triste casar pensando em separar! Por isso nem é bom casar; namorar é muito bom!!
      Beijus,

      Eliminar
  10. Ontem no Pitacos de Lua eu fiz post de incentivo a leitura

    http://pitacosdelua.blogspot.com.br/2013/02/contribuicao-campanha-incentivo-leitura.html

    E achei um vídeo que postei no blog sobre um manifesto que eu achei bem interessante...

    A criançada anda precisando mesmo de incentivos pra ler já que é cada vez mais fácil 'distraí-las' com TV e computador e até porque acho que tem pai/mãe lendo muito pouco pelo que vejo de blogueira reclamando que quando fala ou mesmo faz sorteio de livros, existe pouco interesse dos leitores.

    E se filhos aprendem com o exemplo dos pais, desse jeito fica difícil aumentar o número de novos leitores.

    Quando eu era babá sempre achei que aquele tempo pra fazer a criança 'sonhar' com a leitura era um gesto de amor, por isso sempre dei livro pros 'meus pequenos', com imagens coloridas pra eles se interessarem em ver enquanto eu lia as historinhas... E criança começa a se interessar por livros assim, vendo figuras...ligando elas ao som da voz de quem conta...quase sempre passa a ser uma alegria pra elas quando elas mesmas são capazes de pegar um livro e 'contar' a história pra gente :)

    Ajudar os pequenos a 'criarem', suas próprias histórias também ajuda no interesse por histórias alheias...Mesmo quando o desenho do cavalo delas parece um polvo rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Acabei de vir do seu blogue e dei os meus pitacos por lá!
      Acho importante as crianças criarem as suas histórias. É uma exercício da imaginação, criatividade e coordenação das ideias. Beijus,

      Eliminar
  11. Acho muito importante o incentivo a leitura das crianças. É de pequeno que se começa a ter bons hábitos. E livros são sempre um lindo presente.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lena, quanto mais cedo começar melhor, não é mesmo? Como escreveu a Lu acima, mesmo que a criança não saiba ler, os desenhos também contam histórias. Beijus,

      Eliminar
  12. Oi Luma!

    Linda a postagem!

    Acho que comemorar é legal. Gestos simples, grandes significados. Boa dica sobre doar o livro para crianças.

    Beijos

    Selma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comemorar é sempre bom, mas não como muitos fazem com a obrigação de dar presentes e levar para jantar. Isso é tão batido... rs.
      Vamos doar! Sempre temos livros em casa que já lemos e que não leremos mais!
      Beijus,

      Eliminar
  13. Querida Luma:
    Gostei muito de ler a sua postagem,embora já conhecesse a biografia de S.Valentim.
    Agora a sua ideia de doar livros a crianças é genial.«De pequenino é que se torce o pepino» diz um provérbio português e,se elas se forem habituando a ler,não passam tanto tempo diante da televisão(algumas não têm ninguém que controle o que estão a ver),nem diante do computador(alguns pais nem saberão bloquear o que elas não devem ver).Desde há 25 anos, que eu faço isso :primeiro com a minha filha ,depois com os meus sobrinhos,porque as minhas netas herdaram muitos e ainda há quem lhes ofereça no aniversário.Até há livros para levar para o banho!...Por isso não há desculpa...
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer coisa é melhor do que televisão. Criança pequena tem que ser monitorada. Quem quer ter filho, tem que pensar nisso antes.
      Além de tudo o que expos, os livros baratearam e a opção de repassar é importante! Seja dentro da família ou entre amigos. As crianças também podem trocar livros entre elas!
      BEijus,

      Eliminar
  14. Incentivar a leitura é sempre uma ótima ideia, principalmente, as crianças.
    O amor amor é um belo tema, principalmente, se vivido com felicidade.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Élys, amamos nossas crianças e por isso queremos vê-las bem educadas também intelectualmente. Beijus,

      Eliminar
  15. Oi Luma, essa do público alfo foi hilária.
    Que iniciativa maravilhosa, na minha familia sempre procuramos incentivar o hábito da leitura nos nosso pequenos, tem sido muito bom.
    Beijo no ♥!!
    Lilian – Blog:Duas Moças Prendadas!
    casascoisaseoutros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehe adoro Tom Zé!!
      É isso aí, Lilian!!
      Beijus,

      Eliminar
  16. Olá Luma
    Adorei seu post,já conhecia a historia de São Valentin, muito linda por sinal, para minha pessoa dias especiais são todos os dias e a palavra eu te amo já esta gasta e como diz na musica dos Titãs " Não existe amor... Apenas prova de amor" e concordo com quem a escreveu, todos os dias provamos o quando amamos a companhia da pessoa ao lado.
    Acabei de doar o livro que lia para minhas filhas e sobrinhos e ainda lia com vozes diferentes, era uma delicia: "O JACAREZINHO EGOÍSTA" ele já é bem velhinho e esta em bom estado. A menina que recebeu ele tem cinco anos, nem imagina a alegria, porque aqui quase não vejo as crianças lendo. O incentivo a leitura é um bom legado que deixamos para nossos pequeninos, uma maravilhosa idéia esta.
    Dias de paz e harmonia. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha Eu te amo já está gasto? Acabou? Não, tem que ser todo dia, toda hora, quando dá vontade! Dizer eu te amo não gasta... mas entendi o que quer dizer. Amar por amar, preferível não dizer gratuitamente. As atitudes dizem bem mais!
      Jacarezinho Egoísta? Anotei e vou procurar por ele para levar para a creche que presto serviço solidário. Lá conto histórias e também escuto muitas! :) Eu imagino a alegria da menina. Paz e harmonia para você também!!
      Beijus,

      Eliminar
  17. Lindo o video na simplicidade dos gestos amorosos. Bela forma de proclamar o AMOR divulgando o Dia internacional de doacões de livro.
    Sempre um bom texto.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim tem de ser! Um amor leve e gostoso de desfrutar.
      Obrigada, Norma!!
      Beijus,

      Eliminar
  18. É uma pena que o progresso (entre aspas) cobre seu preço e, se por um lado nos dê coisas maravilhosas, por outro drena o que há de mais bonito dentro de nós na condição de seres humanos.
    Enfim, c'est la vie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o tempo ensina a não se deixar levar pelas futilidades. Essa condição humana, muda com o passar dos anos. Beijus,

      Eliminar
  19. Amiga, quando eu era jovem sempre que podia comprava um livro e os mais caros às vezes a prestações. O meu desejo era doá-los ao meu filho e aos seus descendentes. Por mais que me esforçasse ele nunca ligou à leitura. Quando casou levou mea dúzia deles, mas duvido que tenha aberto sequer algum. Levou-os para enfeitar a estante.
    Como cuidei da netinha até aos 3 anos fui tentando incentivar nela o gosto pela leitura e pelos livros. Por agora ela estima os livros e todos os dias pede uma história antes de dormir.
    Fez na Segunda-feira 4 anos e este ano já está na escolinha. Vamos ver se mais velhinha vai manter o gosto pelos livros. Grande parte dos meus livros fui dando à sobrinha, a uma instituição de idosos. Os que restam serão para a neta se ela quando tiver idade os quiser.
    Quanto ao dia dos namorados, eu namoro todos os dias.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Elvira! Lembro de quando contou que o seu filho não gostava de ler, mesmo tendo exemplos dentro de casa. Nem sempre depois de crescidos, os filhos seguem aquilo que aprenderam em casa. Eles procuram pelo seus caminhos. Mas quem sabe com o tempo, a inquietação se acente e a leitura possa voltar ao convívio familiar? Vê que está no sangue o gosto pela leitura e tomara as netinhas continuem!
      Danada!! É isso mesmo, Elvira!!
      Beijus,

      Eliminar
  20. Oi Luma!

    Aqui em Londres está tudo enfeitado com corações e rosas vermelhas - e como se vende cartão! A tradição de dar cartões aqui é mantida e observada à risca.

    A leitura é um hábito e tem que ser incentivada mesmo - o quanto antes, melhor. Já faço isso com a minha turminha daqui...rs

    Uma gracinha esse vídeo, obrigada por dividir.

    beijos querida & Happy Valentine´s day !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tina, deve estar lindo! Adoro a tradição dos cartões, bem menos comercial que a troca de presentes!
      As crianças percebem quando os adultos sentem prazer! Quando a leitura é por obrigação eles também percebem! Tudo com amor é mais gostoso!!
      No vídeo a mensagem é simples! É disso que precisamos!!
      Beijus,

      Eliminar
  21. POSTAGEM LINDA E GOSTOSA COMO SEMPRE!

    BEIJOS =)

    OBS: NÃO ESTOU GRITANDO, IGNORE AS LETRAS GARRAFAIS RS...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Nadine!!
      Tudo bem! Eu entendi...
      Beijus,

      Eliminar
  22. Oi, Luma,

    A gente sabe que o comércio "incentiva" mesmo essas comemorações, mas acho que o melhor é encarar a coisa como um lembrete, da necessidade de paparicar um pouco o outro, pois a correria dos dias muitas vezes nos impede de fazer isto, né? rsrs. Recentemente mudamos uma estante de lugar e eu acabei separando justamente uns livros infantis para doar, rsrs.

    Beijo e boa noite!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o mulheril também gosta quando essas datas são levadas para o lado comercial; as incentivam a fazer o que mais gostam!
      O amor para dar frutos tem que estar no ar. É uma consequencia do nosso estado de espírito.
      Marly, acho ótimo como as pessoas estão mais desapegadas e compartilhando mais. Todos são beneficiados!
      Beijus,

      Eliminar
  23. Querida amiga

    O amor
    em todas as
    suas formas,
    é o mais precioso
    alimento da vida.

    Que em teu coração,
    a alegria faça morada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Aluisio!!
      Que o seu coração também seja morada do amor!!
      Beijus,

      Eliminar
  24. Luma, estava lendo as postagens e vendo que algumas coisas mudaram aqui. Novos enfeites na barra lateral. Ficou muito criativo.

    Não sabia do dia de São Valentim!

    Ruth Rocha e seus livros adoráveis. Só que estou lembrando que as férias estão acabando. De volta a escola... :(

    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que tenha gostado, Iza! Se não gostou, pode dizer... a gente vai trocando, mudando, retirando, adicionando... mas não podemos esquecer a identidade do blogue.
      Tenho assistido alguns vídeos no youtube com a participação da Ruth Rocha com imenso prazer. Estou pegando alguns títulos para reciclar a leitura para as crianças.
      Enfim o ano vai começar!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  25. Realmente percebo que quando lemos, ouvimos algo é muitas vezes de coisas que já se passaram..até porque temos mais propriedade de falar sobre o assunto.Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos reafirmando nossas opiniões... beijus

      Eliminar
  26. Eu não sabia sobre ser o Dia do Livro... coincidência que ganhei um hoje :)
    Concordo com você sobre as datas, mas também digo: quando se está namorando tudo é motivo pra comemorar hehehe
    eu estar aqui comentando no seu blog no 'dia dos namorados' ja diz que estou solteira rsrsrss

    Bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é dia do livro, Silvia!! E sim dia de doar livros infantis... gamhar livro é sempre bom!!
      Ah, uma pena que não esteja namorando, mas pode aproveitar a data para dar sinais para aquela pessoa que está interessada :) Beijus,

      Eliminar
  27. Bem feito Luma, gostei da publicação ! Feliz dia do amor pra voce tb ;)

    bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Feliz dia para você também, Cintia!!

      Eliminar
  28. Adorei o post Luma =)
    Seja uma data comercial ou o que quer que seja, celebrar o amor nunca é de mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo, Gi!!
      O amor tem que estar no ar para nos contaminar sempre!!

      Eliminar
  29. Luma, acho tão nobre o seu incentivo a doações de livros.
    Essa coleção de Ruth Rocha é maravilhosa.
    Aprendendo sobre o Valentine's Day.
    Xeros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana Karla, você tem ações super nobres que muito me fazem sentir orgulho de você. Ah, eu amo a Ruth Rocha!! Ela é uma defensora das crianças!! Beijus,

      Eliminar
  30. Yes Paty, o livro é a viagem de alguém e nos remate a um passado, a um presente ou a um sonhado futuro.
    Uma postagem maravilhosa.
    Bjks doces e um fim de semana abençoado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Marly!! O livro é sempre uma realidade para o seu escritor, uma realidade inventada, mas que não deixa de ser realidade. Um fim de semana abençoado para você também!! Beijus,

      Eliminar
  31. Bonito! Adorei isso da compra da ilusão que cabe no seu bolso :)... quando aproveitamos a limpa de livros que fizemos ao sair com algumas coisas do meu pai, doamos os infantis para a creche municipal onde a minha irmã trabalha. Aliás, temos todos os irmãos esse costume, de não ter livro por apego, mas por prazer. Os que não lemos mais não estão conosco... e sobre o video, digo que trollagem nos momentos de leituras - ou qualquer outro tipo de pentelhagem despretensiosa - é um dos meus esportes prediletos - e recíprocos - com a Carol :)... bejos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, e não é? Nossos sonhos tem que ser palpáveis ou muito que não nos cause frustrações.
      Acredito que alguns livros sentimos vontade de guardar para alguém, seja amigo, conhecido ou parente. Outros que não possuem a cara de ninguém, doamos para entidades, pois assim ele será sempre útil para alguém!
      Brincadeira saudável que deve ser levada com humor por aquele que quer muito ler o livro (rs*)
      Beijus,

      Eliminar
  32. Bom vir aqui...
    Tem pouco tempo que sei sobre esse dia de são Valentim. Aprendi aqui com as amigas da internet.
    Mais um dia para celebrar o amor.
    Livros desapegados também é bom. Espalhar a literatura , a cultura.
    coisa estranha, tem livros infantis que doei, mas lembro deles.
    mas já estou bem mais solta para doar.
    beijo zizi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zizi, a igreja desconsiderou os santos que assim foram colocados no altar pelos cidadãos. A igreja precisa beatificar para ter credibilidade... oras!
      Para mim também, Zizi!! Tenho livros infantis mentais que não me saem do pensamento. Colou e ficou!!
      Ótimo! Vamos praticar o desapego!!
      Beijus,

      Eliminar
  33. Excelentes dicas de leitura.
    É sempre bom ler algo sobre o amor!
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, Tânia!!
      Bom te ver por aqui!
      Que bom que gostou! Ah, o amor... ele a nossa maior fonte de inspiração!!
      Beijus,

      Eliminar
  34. Estamos de volta ao convívio blogal.
    Maravilha essa do incentivo de presentear livros, pena que muitas das vezes nós não lembremos disso e passe sempre em uma livraria e faça uma boa pesquisa nas ofertas dos livros infantujuvenis lembrando de algumas das crianças e adolescentes que conhecemos.
    Espero que essa publicação seja lida e divulgada por muitos dos seus leitores.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vindo novamente, Lu!!
      Se não tiver livros infantis em casa e tiver disponibilidade para comprar, vale também!! Vale muito porque as crianças querem o carinho, a atenção e um livro representa muito esses sentimentos.
      Também espero, Lu! Mas infelizmente as pessoas estão mais propícias a receber do que a doar. Elas não entendem que doando estarão também recebendo muito mais em troca!
      Obrigada pelo incentivo!!
      Beijus,

      Eliminar
  35. Oi Luma! Por aqui os livros são chamados de amigos. Ouço isso da minha filha, de quase 4 anos, com muito gosto. Pois, a educação é o maior bem que podemos deixar aos filhos. Beijo e ótimo fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas os livros são os nossos melhores amigos! Quem gosta de ler, nunca se sentirá sozinho! A sua filha já compreende muita coisa, talvez porque goste de ler! E verdade, a educação é o melhor que os pais podem dar para os filhos! Bom fim de semana!! Beijus,

      Eliminar
  36. Luma,

    Gostei tanto desse post. O amor se basta mesmo.
    Parabéns!
    Bom final de semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, o amor é tudo!! Sentir amor também não quer dizer sentir amor por alguém. O amor está em nós!! Beijus,

      Eliminar
  37. Eu sorri com o comentário da Pandora, pois eu também já me sinto ficando pra trás....

    Eu não sabia que nesta data também havia um evento de doação de livros, é muito bacana - e importante - que se propaguem, assim criamos um novo mundo de leitores.

    E me lembrei de Ruth Rocha. Passei bons tempos com livros dela em mãos ;)

    Um grande beijo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo!! Vocês são jovens... nem chegaram nos trinta :) Olha, vocês precisam passar um tempo olhando a terceira idade. Eles sim sabem se divertir. Quando relaxamos, o amor acontece!
      Se as pessoas se acostumarem a doar os livros que já leram, o mundo se tornará uma grande biblioteca! :) Gosto de pensar assim...
      Sim, Ruth Rocha fez parte da minha infância também!
      Beijus,

      Eliminar
  38. Acredito que o amor não tem dia certo para ser vivido: todos os dias são bons para amar! :)

    Gostei da música e dessa iniciativa de doação de livros! :D

    Uma grande beijoca, Luma!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os dias são dias para o amor! Mas temos dias de mais amor :) Dias para dar beliscões em quem não se lembra do amor!
      Beijus,

      Eliminar
  39. Luma
    Eu adoro ler e depois dar o livro para a biblioteca ou amigos.
    O ultimo que li vou fazer propaganda na escola é sempre em desvantagem mas dá muitas liçoes para os jovens.
    com carinho monica
    mamae escreve bem uma hora eu mostro o restante
    de sua história

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Moniquinha, você faz aquilo que é certo. Depois que leu um livro, se não tem intenção de ler novamente, melhor dar oportunidade para outras pessoas lerem também!
      Quero ler sim os escritos da sua mãe!!
      Beijus,

      Eliminar
  40. Oi Luma,
    que vídeo encantador.Os amores rodeados de natureza ganham maior colorido.
    Sou bem assim, conforme citado.Grande parte do que leio remete de alguma forma ao passado.Sou história e dela faço parte.
    Infelizmente perdi o dia do movimento,mas não o empenho.Farei minha doação pra semana que vem.
    Bom domingo.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ambientação perfeita, não é mesmo? :)
      Obrigada por aderir a iniciativa, Calu!!
      Beijus,

      Eliminar
  41. Muito legal a postagem e adorei a coleção, vamos incentivar essa garotada a ler!! Eu faço a minha parte em sala de aula, beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso aí, Daiana!! Os professores são parte fundamental desse processo, bem mais que os pais, afinal, muitas vezes o professor passa mais tempo com a criança que os próprios pais. Beijus,

      Eliminar
  42. Olá, Luma.
    Creio que enquanto houverem seres humanos haverá o romantismo, a idealização do passado, o amor pela leitura e o medo criado por razões infundadas e alimentado equivocadamente.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As experiências malsucedidas é que fazem o medo aflorar. É certo que algumas pessoas tem mais tendência a olhar o lado ruim das relações e outras tiram de letra :)

      Eliminar
  43. Olá Luma..:))
    Quando morava na roça até que não tinha tanto mêdo de insetos, mas, tinha pavor de "cobras" :((
    Humm..história de amor começa no mundo das ilusões..:))
    O passado da história de amor é algo já trilhado, e o futuro da história de amor é sabido de que não acaba em "os dois viveram felizes para sempre"...:))
    portanto, o amor no futuro continuará ocorrendo no mundo das ilusões, porém será universal, ou melhor, a pessoa pode estar amando um determinado ser, mesmo que o objeto amado não esteja ao seu alcance, é um amor cósmico..:))
    temo e ótima semana!
    A big Hug and Tchauzinho
    Música:
    01-John Denver - Country Roads

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilusões necessárias para amenizar os dias... rs. Adoro essa música!! :=)) Obrigada!!

      Eliminar
  44. Luminha, minhas dificuldades com internet têm me afastado um pouco das pessoas. Minha sorte é que o aplicativo do facebook roda bem no celular, o que me permite continuar em contato.
    Mas sinto falta de passear mais pelo Luz de Luma e outros blogs de pessoas que estimo, de deixar meus comentários, sinto falta de blogar.
    Quando vi seu comentário lá no blog, tive um misto de felicidade e tristeza. Felicidade por sua lembrança, felicidade por vê-la. Tristeza por perceber o quão pouco vejo pessoas que eram tão presentes em minha vida.
    Enfim, precisamos nos adaptar aos novos recursos que dispomos, não?

    Adorei sua referência ao Valentine's Day, que me remete ao seu post das músicas que adora, porque eu A-D-O-R-O uma música chamada Valentine Girl - do New Kids on the Block, claro rs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Ana!!
      Também ando um pouco ausente!
      O pouco tempo que tenho é mesmo para fazer os posts e de vez em quando acessar as redes sociais. Ah, eu sei que é apaixonada no New Kids... :)
      Beijus,

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor