Hoje só rapidinha

Muro perto da minha casa

Outro dia fotografei um muro recém pintado perto da minha casa. Hoje passando por lá novamente, resolvi fazer uma pichação "virtual" e escrever uma frase que li no blogue da Beth/Lilás.

Já a Inaie, estava passeando pela West Side gallery e admirando a arte impressa no Muro de Berlim

Muro de BerlimMuro de Berlim
quando se deparou com a seguinte inscrição

Muro de Berlim
Ao tomar conhecimento, logo publiquei no twitter "Muro de Berlim pichado por brasileiras bêbadas se auto-intitulando "Biscates"" . Não demorou muito para descobrirmos seus perfis na ferramenta. Qual foi a reação das gurias? Lógico que deletaram seus perfis.

A Inaie conseguiu entrar em contato com uma delas através do facebook, onde também foi colocada a foto e também encontrado o perfil das cinco e descoberto que estão na lista de Intercâmbio de jovens do Rotary.

"Quando escrevi para uma delas a respeito, ela disse que não é da minha conta e que ela só queria gravar um momento histórico num lugar importante. Contou com orgulho ser intercambista do Rotary e que ela tinha representado o Brasil muito bem nessa viagem a Alemanha. E eu na minha Santa ignorância não sabia que bebedeira e baixaria eram momentos históricos, muito menos quero ser representado por esse tipo de brasileiras. Sem contar a atrocidade cometida contra a língua Portuguesa, né?? Vergoooonha..."

Estou colocando hoje no blogue para não deixar a poeira assentar e para que sirva de exemplo para pais que mandam seus anjinhos para passear fora de casa ou do país sem lhes ensinar como devem se comportar. Não se faz na rua o que não se faz em casa.

Em tempo:

- Socorro Melo do blogue "Seguindo minhas pegadas", teve uma crônica agraciada com o Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus e junto com outros autores, publicaram um livro com as crônicas premiadas. O livro é vendido em duas versões, sendo uma em pdf. Muito bom!

- Também pelo portal de publicação PerSe, Marcos Pontes lançou seu primeiro romance voltado para o público infanto-juvenil: "Hiato". Quem é blogueiro da velha-guarda sabe do talento do Marcos e da sua capacidade como blogueiro e escritor. Também vendido em duas versões. A versão em pdf é bastante prática e barata, pois não há custo de impressão por parte da editora.

- Foram lançados os 4 volumes do "Diário das 4 estações", das autoras: Letícia Alves, Lunna Guedes, Madalena Barranco e Suzana Martins. Os interessados poderão adicionar seus nomes em uma lista de espera administrada por Francy's Oliva, através do email francysoliva@gmail.com. É, tem lista de espera por que o sucesso tem dessas coisas!

- Evanir Garcia, uma amiga recente na blogosfera também lançou seu livro "A Viagem" e a encomenda pode ser feita através do email evanirgarcia@uol.com.br

- Liliane Rocha Carvalho está promovendo o Concurso Cultural “Eu Valorizo o Professor” com Sorteio de 04 Cursos Online sobre Brinquedoteca. Destinado a professores e educadores em geral em parceria com psicopedagoga Valéria com objetivo possibilitar a atualização e a qualificação de alunos do Curso de Pedagogia, professores e outros profissionais que estejam atuando na rede pública ou privada das séries iniciais (Educação Infantil e Ensino fundamental I). Visite o blogue "Sonhar e Ser" para saber mais.

- Claudiene Finotti iniciou nesse mês de Setembro o Projeto das Fadas Madrinhas para recolher brinquedos para o Dia das Crianças em Outubro. Bora ser solidário (a)?

- Você conhece o blogue Laboratório de Contos do Professor Vaz? Tá esperando o quê para conhecê-lo?

Enquanto alguns brasileiros decepcionam, outros nos trazem admiração. No último domingo chegou ao fim a 12ª Edição do Festival Internacional de Literatura de Berlim que durante 12 dias, teve na programação "Europe Now", a apresentação de leituras sobre os vários aspectos da atual crise do continente europeu. O autor brasileiro convidado desse ano foi João Paulo Cuenca, que fez parte do pódio "Resgate literário para a Europa - olhares vistos de fora". Outros autores brasileiros já participaram dessa bolsa, como João Ubaldo Ribeiro, Bernardo Carvalho e Ignácio Loyola de Brandão.

O Projeto Homebase Residência Nômade faz um intercâmbio de 15 artistas do mundo todo para que convivem em comunidade durante três meses nessa casa. Essa experiência, rendeu na edição do ano passado ao gestor cultural e escritor brasileiro Felipe Arruda, a instalação "Passagens de uma residência" - com escritos pelas paredes de toda a casa.

As baderneiras brasileiras poderiam fazer algo do tipo em suas casas, suas mamães agradeceriam!

Outro destaque de brasileiros em Berlim este ano foi na 14ª PoesieFestival Berlim que teve a poesia brasileira como pano de fundo do evento. Representando o "contrabando de versos" estavam Jussara Salazar, Horácio Costa, Marcos Siscar, Ricardo Aleixo, Érica Zingano e Dicrceu Villa com o propósito de, com mais seis poetas alemãos, traduzirem em quatro mãos seus poemas simultaneamente. Ano que vem, será lançado a versão bilíngue em um livro na Feira de Frankfurt 2013 - que também terá o Brasil como tema. Ano que vem, também será o Ano da Alemanha no Brasil.

Vários escritores brasileiros estão publicando à partir de experiências que tiveram em Berlim, entre eles Ricardo Domeneck que trocou São Paulo por Berlim para trabalhar para a Deutsche Welle e revistas de literatura do país. Em Outubro, seu livro "Ciclo do Amante substituível" será lançado em alemão.

Cecília Giannetti também lança ainda em 2012 "Desde que te amo sempre" romance escrito em Berlim ao fazer parte do "Projeto Amores Expressos" (viagens literárias em busca do amor) que levou escritores brasileiros para 16 destinos diferentes. Sem entrar em muitos detalhes, esse projeto para quem não se lembra gerou bastante revolta nos escritores que não foram selecionados. O projeto progrediu mesmo como os pitis dos excluídos. Os livros gradativamente serão lançados e documentários foram lançados.

Também Ismael Caneppele teve uma obra gerada em Berlim já em fase de nascimento "A Baleia Verlust". Quem mora em São Paulo, poderá visitar a instalação "Kollwitzstrasse 52" (endereço em Berlim) apresentada no MIS (Museu da Imagem e do Som) e se tiver a sorte e conhecer o autor do livro que deu origem ao filme "Os famosos e os duentes da Morte".

Existe um underground literário que não participa de listinhas dos mais lidos. Qualidade literária que ninguém duvida e que você lê em voz alta sem sentir vergonha. Obras que são discutidas e desdobradas em diálogos de linguagens múltiplas. É esse Brasil cultural que precisa ser conhecido no exterior.

kollwitzstrasse52”Às vezes seus atos são automáticos, porque você apenas segue as placas, as regras e os caminhos já traçados. Você é obrigado a viver em um mundo pronto, que já existe e está cheio de coisas, de prédios e de pessoas. Você se move e esbarra em desejos alheios que vão machucando e fazendo pequenas lascas no seu próprio desejo.” por Ismael Esmir

Por fim, agradeço a todos os participantes da Blogagem Coletiva "Amor aos pedaços" que findou no dia 14 de Setembro, após seis meses de convivência rica, onde trocamos impressões e que muito me fez crescer. Tudo no mundo começa com um sim.

84 comentários :

  1. Grafite é muito legal, uma arte mesmo! Agora, pichação... ninguém merece! Estou loca para rever RO! Eu ia sempre lá mas desde 2009 que não vou... e vejo por fotos e reportagens que a cidade mudou muito! Estou ansiosa! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente tem gente que não sabe a diferença entre as duas coisas e acha que qualquer rabisco é arte. Você vai amar as mudanças. Se a natureza continuar dando surtos aqui na minha cidade, talvez mude para lá. Beijus,

      Eliminar
  2. Oi Luma!
    Eu vim só pela frase
    ... "Uma cicatriz nào se forma num morto. Uma cicatriz significa : Eu sobrevivi!"
    Eu precisava ler isto hoje. Que sincrônico!

    E me surpreendi com a questão do muro... das mulheres biscates...
    tanta coisa pra dizer, mas vou ficar só no Grato por esta frase linda. Valew Beth Lilás!

    William

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pichação virtual foi um protesto. Essas meninas precisam viver muiiiiiiiiito!! Beijus,

      Eliminar
  3. querida, eu tentei de muitas formas entrar em contato com o Rotary, mas não tive resposta. Fico triste e decepcionada com isso,por que sei do trabalho sério e importante que eles fazem. Além dos pais mandarem as filhas pro exterior pichar monumento histórico, o Rotary poderia estar investindo seus recursos de forma melhor, né não?

    Ai, ai, ai

    Mas a gente continua na batalha, né?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o Rotary não abraça a vida particular das pessoas que agrega em seus intercâmbios, a não ser que seja uma reclamação direta das famílias. Enquanto isso, eles fingem que não vêem, por que além de você, eu reclamei também e várias outras pessoas que tomaram conhecimento. Ou quem atende o público é, me desculpe, um bosta! Vamos continuar, Inaie!

      Eliminar
  4. Nossa, que riqueza!
    Vou aproveitar para mostrar este texto ao meus alunos, se a conexão da escola não cair, e trabalhar o texto e a situação.
    Obrigada por compartilhar tantos eventos bacanas.
    beijo, menina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Denise, obrigada por considerar meu post como material para trabalho com seus alunos!! Você é bastante criativa e gostaria de saber como usará o post! Beijus,

      Eliminar
  5. Luma, que painel bárbaro.num fôlego só vc elencou o bom e o ruim.
    A postura rasa destas meninas e o brilho d'outros brasileiros de estofo e gabarito.Acho que tenho de tomar nota pra me lembrar de tantos eventos.Já entrei em contato com a Claudiene, mas hoje os Correios entraram em greve...
    Torço contigo, para que a imagem do Brasil se fortaleça a partir dos nossos literatos artistas e pensadores.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não poderia dizer apenas de um malfeito brasileiro, já que existem muitos benfeitos! :) E apesar de ressaltarem sempre as coisas ruins, precisamos mostrar o outro lado. Obrigada pelo apoio! Beijus,

      Eliminar
  6. Luma, você é uma verdadeira fonte de cultura! Quanta informação!!!

    É uma pena que estas meninas tenham escrito errado e escrito bobagens. Tanta coisa linda temos aqui, por que não aproveitar e deixar nossas pegadas assim. Lamentável mesmo! Divulgar é uma ótima maneira de coibir estas atitudes! Um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sabemos para onde vamos ou os motivos para quê vivemos, mas enquanto estamos por aqui, que façamos bem. Por que não ser exemplo de boas ações? Beijus,

      Eliminar
  7. De ignorante essas "bonequinhas" não têm nada, e pelo jeito, educação também não. É o reflexo da nossa cultura hoje em dia, infelizmente, mas sem generalizar, claro.

    É lamentável mesmo!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabou o vinho? Parece que bêbado perde a consciência... alguns. As meninas deveria ser proibido beber, pois cometem insanidades. A inconsciência mostrou quem realmente são. Eis a prova cabal!! Beijus,

      Eliminar
  8. Oi, Lumiita!
    Mas, que vergonha essas gurias lá fora! Eu vi lá no blog da Inaie e fiquei estarrecida como é ainda tiveram coragem de deixar seus nomes assinados e quanta ignorância em nossa língua, ainda vão fazer intercâmbio lá fora. Será mesmo que foram a fim de conhecer a cultura alemã, ou será que estavam atrás de bagunça mesmo ou agarrar algum alemão desavisado para casório?!
    Obrigada pelo link ao meu blog, e parabéns tantos outros amigos que aproveitam desta rede para disseminar cultura e educação.
    Aliás, tô lendo o livro da querida Pauline e amando, eu indico também, muito boa leitura.
    beijinhos cariocas



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixaram os nomes porque toda a ação foi por impulso, nada foi pensado! Daí a vir falar em momento histórico... histórico para quem? Eu não quero saber da história dessas meninas, o mundo não quer! Então porque deixar gravado em algo que não lhes pertencem? Que o façam nas paredes de suas casas. Mas essas gurias são irresponsáveis por que têm quem lhes dê cobertura. Umas mimadas!
      O livro da Camille é show!! Obrigada vocÊ! Beijus,

      Eliminar
  9. Querida Luma... Adorei a pichação virtual, especialmente sobre a "cicatriz" e a sobrevivência... E, aqui estou para deixar-lhe um super beijo carinhoso pela sua gentileza em divulgar nossos Diários das Estações. A Francys está sorteando um meu, mas, no meu blog também haverá sorteio logo mais - heheheh. Beijos mil ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! Depois vou lá saber do sorteio!Beijus,

      Eliminar
  10. Luma com o conceito que se tem hoje em dia de 'arte' onde se coloca um vaso sanitário no meio do salão e se diz que é 'arte contextual', não me admira a guria acreditar que representou bem o Brasil.

    Bom, vou ter que voltar ao blog que tem muita informação e dicas legais neste post e são 00:10. A esta hora, meu cérebro só pensa no que vai ter pro café da manhã (é, coisa de gordo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que não podemos mais duvidar de nada!
      Você dorme pensando no café da manhã? Isso pega? (rs*)
      Beijus,

      Eliminar
  11. Adorei a frase da primeira imagem. Realmente cicatriz não se forma em gente morta.. rs

    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Olá Luma!
    É sempre gratificante para mim visitar seu espaço,rico de conteúdos e informações atualizadas do que acontece por aí afora.
    Sobre a degradação de lugares de valor histórico e cultura não é de hoje,mas é uma pena que tenhamos que ver jovens brasileiros vez por outra envolvidos nisso.Que seu post possa também servir como um alerta a professores e todos que se interessem pela educação...
    Tentarei conhecer os links indicados aqui também pois já de antemão acredito que sejam muito bons!
    Abraços meus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelos elogios!
      Triste para nós que ainda somos um país em construção cultural, mas pelo menos respeito pelo o que não é nosso, deve ser aprendido dentro de casa. Os pais devem cumprir esse papel. Essas meninas devem ser daquelas que picham banheiros ou que não podem ver um cimento fresco.
      Você vai gostar! Fiz uma seleção boa - Só gente fina!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  13. Sempre que venho aqui saio de alma cheia. Gostei de todas as abordagens de um tema e da cultura que me deste.

    Quanto à primeira parte, e ao que devemos ensinar aos filhos "que não se faz na rua o que não se faz em casa" fez-me lembrar de repente um grande amigo que é psiquiatra e com o qual sempre debati temas sobretudo aquando as minhas filhas era pequenas, depois quando começaram a voar e nunca mais esqueci uma frase que ele disse: o meu filho é um exemplo de filho, quer em casa quer na rua, mas Fatyly todos juntos por vezes parecem um bando de macacos desordeiros.

    Essas jovens fizeram isso e daqui a uns anos elas pensarão...olha que palermice.

    Enfim...obrigado por este grande momento de leitura e reflexão!

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fatyly, você é um docinho!!
      Verdade o que o amigo psiquiatra falou, mas te digo mais: Isso acontece por falta de auto estima - maria vai com as outras - o desejo de agradar amigos também é tratável! (rs*)
      Infelizmente as pessoas com o passar dos anos não melhoram, elas só pioram. As palermas esquecerão, pois é assim. O afetado se lembra, mas quem afetou esquece!
      Beijus,

      Eliminar
  14. Luma querida, quanta mediocridade dessas jovens! No Brasil temos uma diversidade de cultura, de conhecimento, de artes para levar mundo a fora e essas meninas levam o que tem de pior, de mais abominável.
    E que momento histórico é esse? Desde de quando essas palavras passaram perto de história, de cultura.
    Quanta mediocridade.

    Amei as dicas, vou conferir aos poucos as leituras. Acabei de comprar uns livros e estou devorando aos poucos.

    Beijo grande.
    Paz e luz a você!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não adianta que tenham qualidades, pois o que fizeram, o contrário veio à tona. Um erro que espero tenham se arrependido. Isso exposto serve de parâmetro para os pais desavisados que enviam seus pimpolhos para passear na floresta.
      Livros são para serem lidos devagar e quando gosto da leitura, muitas vezes ela não rende, pois quero retornar em partes que grifei, que achei importante...
      Beijus,

      Eliminar
  15. Bom dia Luma...
    Primeiro queria dizer que a frase é lindíssima... e verdadeira..
    Acredito que para crescermos como pessoas precisamos sim ter cicatrizes, porque são elas que nos fortalecem e nos ensinam..

    Sobre o caso trágico dessas meninas é vergonhoso..
    Depois quando alguém de fora critica os brasileiros, diz que somos povo sem cultura.. e sabe mais lá Deus.. ficamos triste.. Mas são atitudes assim que sujam o nosso nome lá fora..
    O ser humano tem mania de só lembrar de coisas ruins... e quando acontece coisas desse tipo com certeza é o prato cheio para que eles possam ridicularizar ainda mais o povo Brasileiro..
    Eu amo o Brasil.. não o trocaria por país nenhum do mundo.. mas fico muito triste ao ver os próprios brasileiros nos desmoralizando..
    A troco de que né?
    Não consigo enxergar vantagem nenhuma nisso...

    Adorei o seu post.. e as informações riquíssimas.. isso sim são informações que nos enriquece...

    Eita menina que me estendi por demais..

    Deixei resposta sobre a BC lá no seu comentário tá?
    Um beijo carinhoso e uma quinta-feira linda viu?
    Sheila

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amei essa frase e já faz um bom tempo que peguei no blogue da Beth. Estava aqui guardadinha comigo e quando vi o muro, não deu outra!!
      Quem viaja para fora, está dando exemplo de quem somos e por isso a nossa indignação. Se elas se conduzem errado dentro da família delas, eu não ligaria, afinal, está dentro do foro da família, mas viver em sociedade tem que ser respeitado um limite.
      Não ligo se escreve demais, acho muito bom!! :)
      Beijus,

      Eliminar
  16. Luma bom dia, é sempre muito gratificante vir aqui aprender...obrigada por compartilhar as informações.
    Triste as meninas brasileiras não saberem o que é representar um povo, a atitude delas não me representa, não dialoga com o meu modo de pensar e viver.
    Tomei a libertade de copiar as palavras da Chris que você publicou no blog e as escrevi no meu Face.
    Grata por tudo
    sonia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sônia!! Acho que os pais ao enviar os filhos para fora do país, o fazem na confiança! Se chegou ao conhecimento deles, que não se omitam na educação dessas meninas.
      Tudo bem, Sônia!! Pode ficar a vontade para levar o que quiser!! Beijus,

      Eliminar
  17. Oi Luma,
    Gostei das rapinhas!
    Que coisa chata essas brasucas pichadoras! Eu não estava sabendo.
    amei a primeira frase.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderEliminar
  18. Muita informação, muita formação e cultura!
    Infelizmente esses jovens que saem, quando em liberdade descontrolada ficam com fomes desmedidas!
    Mas não representam todo um povo!
    Tanto para ler que volto Luma.
    Para já o meu abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estão acostumados a ter liberdade?
      Ainda bem que não representam, já pensou?
      Beijus,

      Eliminar
  19. Olá querida! Amei a primeira mensagem, que frase sensacional e verdadeira sobre as cicatrizes... E quanta obra de arte nesses muros... Beijo, beijo!
    She

    ResponderEliminar
  20. Bom Dia Luma...Como Anjinho Azul,
    prefiro só deixar o meu carinho
    e ficar em silêncio...Mas quanto
    a seu post., Aff! Que Folego menina,
    conseguiu em algumas linhas nos manter
    informados e atualizados. Esse seus Amigos
    devem ser gratos pela sua amizade.
    Ah, eu fiz amizade com a Cris Motta, estou
    lendo o livro Baroak. Ela é um doce, meiga
    e muito simpática...Bjinhos carinhosos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Simone!! Os amigos sempre nos enriquecem e sou muito grata as minhas amizades!! Incluindo você, Anjo Azul!!
      Beijus,

      Eliminar
  21. Oi Lú a!!!

    Linda frase!

    Linda imagem do muro!

    Triste o que as moças fizeram...

    Beijos

    Selma

    ResponderEliminar
  22. oi Luma,que muro lindo, está boa de fotografia,hein,amiga, rss, a frase é perfeita!
    Que coisa essas meninas,hein,que vergonha, é uma pena,que jovens tendo à mão uma oportunidade tão legal, banalizem tudo e ainda criem um 'visão' tão negativa de seu próprio país,lamentável.Amei as noticias e dicas , e a frase que encerra o post, de Ismael Esmir é simplesmente estupenda !
    Beijo!!!
    http://casascoisaseoutros.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gente tenta!!
      Quem não aprende por bem, um dia aprende por mal.
      Ismael Esmir é um editor daqueles!! Além de outros atributos!!
      Beijus,

      Eliminar
  23. Sem dúvida alguma, verdades que precisam ser ouvidas por muitas famílias brasileiras (além, é claro, de muitos jovens que acham a ignorância e a falta de educação algo "descolado".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Arthurius!! Tem gente que acha educação, uma frescura!

      Eliminar
  24. Obrigado pela indicação Luma! Meu bloguinho de contos é bem despretensioso e fico muito honrado pela tua menção!

    Valeu!!! :)

    VAZ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seus contos são ótimos!!

      Eliminar
  25. Ninguém da o que não tem Luma, infelizmente estas jovens não aprenderam sobre "respeito" e nem sabem o que significa educação!
    Triste, lamentável e vergonhoso!

    Obrigada pelas dicas.
    Bjussssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falou tudo!! Ninguém dá aquilo que não tem! Obrigada você! Beijus,

      Eliminar
  26. Querida amiga

    Visitei a Alemanha
    estes dias,
    e vendo os muros
    fiquei a pensar
    nas histórias de vida,
    dos que lá um dia sentiram
    a alma do muro em suas vidas.


    Que haja sempre um sonho
    a nos habitar o entardecer do dia.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tantas histórias ali passadas...
      Que os sonhos não fujam de nós!
      Beijus,

      Eliminar
  27. Luma,
    quero muito ler o livro 'Pequena Abelha' da Chris Cleave. Acredito que essa citação seja dele. Você já leu?

    Pelo menos as brasileiras bêbadas tiveram vergonha e sumiram das redes sociais...

    Abraços,
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não li a pequena abelha, mas acho que essa frase é do livro "Incendiário".
      Olhando por esse lado, de certa forma sentiram vergonha ou ficaram com medo da família descobrir o que fizeram.
      Beijus,

      Eliminar
  28. Olá Luma,

    também achei feio o papel das meninas.

    Bejim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que só elas pensaram que estavam fazendo bonito. Será que tinham platéia? Estranho ninguém chamar a atenção delas. Beijus,

      Eliminar
  29. Parecia estar lendo uma crónica, género jornalístico que se esvai por falta de talentos...

    Aqui me deliciei pela forma como pegou à postagem: os maus exemplos e os bons.

    Contudo, os maus deixam uma marca negativa fora do país. Os bons, oxalá passem fronteiras.

    A culpa é de quem faz as escolhas para representar sei lá o quê!!!!

    Bjo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Os defeitos sempre ficam mais aparentes. Ah, os modelos... rs.
      Beijus,

      Eliminar
  30. Querida Luma,

    Eu sou filha de europeus, minha mãe mora em Berlin. Existe arte impressa que é muito interessante e foi lamentável o que estas brasileiras fizeram. Claro, ao inves de admitirem, se esconderam.

    Muito obrigada por todas as dicas e indicações, irei visitar os links desta postagem.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas essa é a primeira reação de uma pessoa covarde - a negação do fato!
      Boa semana!! Beijus,

      Eliminar
  31. Oi Luma...
    a frase sobre cicatrizes é perfeita...
    Linda mesmo.
    A atitude das meninas só revela o despreparo cultural e a falta de educação que reina neste nosso país, que ainda é preso num sistema de educação conteudista (decora o livro, faz a prova e tenta passar de ano). Penso que enquanto os educadores do povo não enxergarem que educação ajuda a preservar uma história, a vida de uma nação, estaremos sujeitos a atitudes de vandalismo assim...
    Triste... e ainda ficaram "ofendidas" com o cutucão....
    Cadê a educação minha gente????
    Essas meninas certamente estudaram em boas escolas, né.

    Ah... quanta notícia legal.
    Quero me organizar pra ir visitando os amigos.
    Mas Luma, quero muiiiiiiiiiiito agradecer sua atitude gentil em divulgar sobre o concurso cultural.
    Grata, do fundo do coração.
    Eu fiz o curso e achei tão importante conhecer mais sobre a importância da brincadeira na vida da gente e da criançada.
    Foi muito válido.

    Valeu tia Luma...
    bom fim de semana.
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lili, tenho que concordar 100% com o seu comentário. Acho que muitos brasileiros se preocupam ao sair do país, apenas aprender um pouco da língua do país destino e se esquecem de saber dos hábitos e costumes, mas muito mais que isso, há de se ter noção do que é comum a todos os países - o respeito pela sua história e tradições.
      Boa sorte com sorteio e que o curso proceda com excelente aproveitamento!! Beijus,

      Eliminar
  32. Infelizmente estas coisas acontecem e as moças ainda se julgam certas...
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma espécie de cegueira, fruto de uma certa arrogância característica de alguns jovens. Beijus,

      Eliminar
  33. E que bom que sobrevivemos e mais experientes. Lindo dia pra você. Um beijo!

    ResponderEliminar
  34. Nossa Luma,quantas novidades na blogosfera!...rss...ás vezes ficamos meio por fora!...rss...adorei o que escreveu no muro perto de sua casa,mas as meninas em Berlim deram mesmo um vexame!Parabéns a todos os escritores com seus livros,sorteios e realizações!Sucesso para todos e tb para vc!bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta coisa acontece na blogosfera, mas muitas não são do interesse dos leitores do luz que obedecem um certo "estilo". Dentro desses interesses agreguei os acontecimentos no post, o que veio a calhar, em contraponto com a desfeita que essas brasileirinhas fizeram com a nossa língua. Temos que nos orgulhar e engrandecer o nosso país!! Beijus,

      Eliminar
  35. Meu anjo .
    Eu vi seu recado agora sobre comprar mu livro.
    Por favor me envia seu email o meu é:evanr_garcia@hmail.com
    Estou super feliz por se interessar pela minha obra.
    Amiga ,acredite eu vendi muito mais livro para Portugal
    do que no Brasil.
    Nem queira imaginar como estou feliz tenho certeza vai apreciar
    ler meu livro.
    Digo isso porque os português são exigentes para leitura
    jamais faz um elogio se não gostar do livro.
    Será um prazer enorme para mim enviar essa compra para meu amado
    Brasil e acima de tudo a grande amiga ,que vc sempre foi para mim.
    Beijos carinhosos,Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Evanir! Avisei que estaria colocando aqui na postagem o seu email para as pessoas entrarem em contato com você.
      Seus amigos de Portugal são em grande número e você sempre foi muito gentil com eles e eles estão sabendo retribuir melhor que seus amigos brasileiros(rs*) - Que eles não me escutem! Beijus,

      Eliminar
  36. Que vergonha mesmo...pensar que estão fazendo um intercâmbio e mostram essa coisa horrorosa.....
    E as novidades por aqui são demais...
    Vamos lá curtir nossos blogueiros que fazem algo por algo ou por alguém...
    Paz e bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um horror mesmo!! Os pais estão picando dinheiro e não sabem!
      Vamos prestigiar nossos amigos blogueiros!!
      Beijus,

      Eliminar
  37. A sua pichação virtual veio de encontro a minha necessidade. Quanto as brasiGUETES em Berlim uma vergonha pra Educação Brasileira que deixou assassinos da língua portuguesa propagarem a geração em espécie, pior que a vergonha pichada num grotesco portu guês foi a bebedeira também bem representada lá fora, lamento HITLER estar morto rs. O texto de Ismael Esmir é ARREBATADOR. E os nossos artistas em Berlim ainda que talvez anônimos, Acabam dignificando nosso Brasil. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha adorei o "Brasiguetes"!! Mas não vamos exagerar evocando Hitler! Sou apaixonada por tudo que o Esmir produz! Nossos blogueiros escritores são os melhores!! BEijus,

      Eliminar
  38. VOU TE ESPERAR AMANHÃ NESTE CANTINHO BEM ESPECIAL http://sandrarandrade7.blogspot.com.br/
    TEM SURPRESA BEM ESPECIAL PARA OS AMIGOS ESPECEIAIS. VENHA VOU TE ESPERAR, NA CURIOSA TANBÉM TEM O LINK PARA A GRANDE SURPRESA, NÃO DEIXE DE VIR. VOCÊ É O MEU(MINHA) CONVIDADO(A) ESPECIAL.
    CARINHOSAMENTE.
    SANDRA
    AMIGOS COMPARTILHAM. PRINCIPALMENTE NESTA DATA BEM ESPECIAL DA MINHA VIDA.
    CELEBRE A VIDA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandra, vou demorar um pouquinho para chegar no seu cafofo, pois aqui a coisa tá negra!! Vou lá querida te prestigiar!! Beijus,

      Eliminar
  39. Rapidinha éééé... Gosto de abelhudar os links rsrsrsr, só divulgações quentes! Outra quente aqui do do norte: Segunda feira no cafofo Nova Coleção Jubiart 2012/2013, viu a chiqueza buscapé rsrsrsrsrsr.

    Luma, há muitooooooo tempo ficava revoltada quando via pessoas ou colegas que tinham tudo e ao mesmo tempo não tinham nada! Por não valorizarem o que tinham nas mãos... Queria ter aprendido francês e italiano, adoro essas línguas, mal tinha tempo de estudar o inglês á noite, faculdade fiz também á noite, de dia trabalhava muitoooo (credo! não acredito chorando pitangas do passado rsrsrsr). Continuo trabalhando muito por prazer, quem sabe se essas biscates trabalhassem mais valorizariam o din din doados p/ elas. Que absurdo e vergonhoso!

    Gostei de ver vc divulgando a quentíssima boa atitude das Fadas Madrinhas, é o segundo ano que participo, A Clau é uma querida amiga, e o trabalho que fazem lá é sério e necessário! Grata!

    Tenha um ótimo fds!

    Boa madruga!

    Bjãooooooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oba!! Novidades na Jubiart!!
      Tem um ditado que diz "Tudo que vem fácil, vai fácil" - Também acho que essas meninas são mimadas e por isso saem por aí achando que tudo é delas.
      Todo ano divulgo o projeto Fadas Madrinhas porque acho super bacana! A Clau é dez!!
      Boa madruga!!
      Beijus,

      Eliminar
  40. Luma quantas novidades e dicas, me interessei por algumas e logo entrarei em contato. Evanir é uma blogueira presente e nem sabia do seu livro. Vou ver lá no blog dela.

    E essas meninas aí da pichação, que péssimo exemplo, mas o pior é que é difícil que a família saiba desse episódio.
    Lamentável.

    Tenhas um ótimo final de semana.
    Xerosss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! Eu vi que você já está participando da iniciativa da Liliane, que acho super legal. Se eu fosse educadora iria participar do projeto.
      A família sempre é a última a saber!
      Xerosssss!

      Eliminar
  41. Meninas para as que assinaram,biscates,fica contraditório.Lamentável e nem merece destaque,nem tempo gasto,com coisas tão sem valor como mostraram ser.Parabéns pelas dicas.Bjss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achamos contraditório, por que custamos a aceitar certas atitudes. Me coloco no lugar dos pais vendo tal feito. Beijus,

      Eliminar
  42. ''o comportamento do brasileiro sempre foi observado, tanto pelos brasileiros mais viajados, como para as pessoas naturais dos países visitados..

    Gostaria que vc explicasse esse comentario pois deu ah entender que só brasileiro faz algazarra. O que não é verdade,pois ha muitos turistas que vem aqui ao Brasil fazer algazarra, vamos por links.
    -alemão mora 13 dias no aeroporto de campinas.
    http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1357978-5605,00-ALEMAO+VIVE+HA+DIAS+NO+AEROPORTO+DE+VIRACOPOS.html

    este é só um dos exemplos dos estrangeiros no brasil, tivemos mais:
    - dois alemães que trocaram roupas no saguão do aeroporto de salvador.
    - um turista belga foi acusado de matar uma pessoa e ferir mais três no recife em 2009.
    - mais um link com mais uma noticia (estes são da série "os franceses são gente boa")
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u690260.shtml

    não quero discutir quem é melhor ou pior, o ponto que quero chegar é que tem muita gente ingrata e pouco patriota que além de não defenderem o brasil ainda nos envergonham. um dia vou ter a oportunidade de sair do brasil para uma viagem e vou fazer questão falar sobre as partes boas do brasil.
    o que sabemos sobre o Iraque? será que lá todo mundo gosta de guerra? ou todos querem matar os americanos?

    não somos nós, todo mundo se transforma quando não estão em casa.

    Falo isso, pq ja fui intercambista e morei 1 ano no Canadá.
    Tenho que ser justo. Os maiores barracos que eu presenciei não foi de Brasileiros e sim de Franceses. Sério, já vi Frances saindo de balada e subir nos pontos de ônibus e ficar pulando. Dentro do ônibus um tava andando e gritando um monte de besteira em francês (até que um canadense 2 vezes maior que ele se levanto e foi tirar satisfação, ai ele sento e fico quieto hauhauahuahaua). Outra vez no metro, dois (agora não sei se franceses ou quebequense, pois nas outras duas vezes um amigo meu da frança falo que eram franceses pelo sotaque) …voltando… dois falantes da língua francesa estavam falando alto e bebendo, um liquido que eu desconfio ser tequila, direto da garrafa.

    Vancouver é, tipo, um pólo de intercambista. E você vê pessoas de TODAS as nacionalidades fazendo barraco. Infelizmente, a falta de educação não é um problema exclusivamente do Brasil e sim um problema mundial. Mas concordo quando se diz se está na casa dos outros comporte-se bem. Infelizmente, por causa desse acontecimento todos os brasileiros que moram no exterior acabam pagando.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me interesso pelo que os outros povos fazem, pois me chama atenção somente o brasileiro, por ser brasileira. Quando estamos lá fora, somos pouco valorizados, justamente por sermos brasileiros, mesmo que em se tratando de agora deixar dinheiro lá fora, nos paparicam na frente, mas por trás não nos respeitam. Por que as agências de turismo vendem o nosso povo, um povo que oferece "prazer". Isso nos causa muitas barreiras de relacionamento profissional. Lembra-se da brasileira que foi barrada na Espanha, por que cismaram que ela estava indo para ser prostituta e ela era uma engenheira química convidada de um universidade para palestrar.
      Chama atenção para você o que o brasileiro faz lá fora e eu reclamo por aqui e a sua postagem reclamando do povo brasileiro? Eu não sou hipócrita!

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor