Beleza e Estilo


Outro dia estava lendo sobre a vida de Joshua Tillman (1981) um artista de Seattle, Washington. Desde 2004 ele mantém uma produção constante de gravações e já percorreu os EUA e Europa acompanhando Damien Jurado, Jesse Sykes, David Bazan e desde o começo de 2012 tornou-se ex-baterista da banda Fleet Foxes.

Depois desse preâmbulo gostaria de citar o que ele disse quando perguntado sobre o início de sua jornada musical:

"Comecei a tocar música com meu irmão quando eu tinha cerca de 12 anos e ele tinha 11. Eu estava obcecado pela música, mas a ideia de me tornar bom no violão me aborrecia com lágrimas, por que tecnicamente não sou proficiente em qualquer instrumento e somente aprendi acordes o bastante para que pudesse escrever canções, embora acidentalmente tenho melhorado ao longo dos anos. Eu estava muito interessado em música, escrita e me imaginei como uma pessoa que tinha algo a dizer. Acho que esse é um mau hábito que eu tenho preso em mim, como uma forma de me identificar. Não sei por quê, mas cada corpo parece precisar de uma maneira de identificar-se, seja "Eu sou engraçado" ou "Eu sou inteligente" ou "Eu sou um compositor" ou "Eu sou um baterista", por que precisamos nos agarrar em algo precioso na vida, pois sem isso, estamos perdidos. Temos que "ser" de alguma forma. Então eu acho que minha jornada musical tem sido descobrir quem eu sou, através do processo de fazer registros. Agora estou vindo para o outro lado, para um lugar onde posso ver-me como eu sou e não ficar simplesmente em um palco para ser visto e apresentar uma versão de mim que seja falsa... hipócrita."


Talvez por esses questionamentos, deixou de lado o próprio nome para usar o pseudônimo Father John Misty? Não compreendo... tomou bolinha e anda "quebrando as cadeiras".

Agora sério! Se ele se achava um músico não proficiente, eu prefiro ele cantando com bolinha e também rebolando. Ele pode dizer "Eu sou um cantor muito lôco".

Joshua Tillman
O moço tem os olhos de um azul intenso. Pode não ser bonito, mas é um homem estiloso. Daí comecei a pensar em quantas pessoas estilosas eu conheço e não necessariamente bonitas, pois uma coisa nada tem a ver com a outra. Ter estilo é ter identidade visual - você cria a sua, não cópia de ninguém e inspira muita gente a lhe copiar. Quem de vocês dirão: "Eu sou estilosa (o)"?

Essa é uma qualidade que lhe atribui um certo valor, pois ao ser lembrada (o), será por uma particularidade que lhe é peculiar, definida como única e verdadeira. Não adianta estar por dentro de tudo que acontece culturalmente ou exclusivamente na moda, por exemplo. Aliás, essas influências são mutáveis conforme o próprio tempo, assim como a maioria das informações que recebemos.

Para ter estilo terá que entender sua própria alma, saber o por quê de suas escolhas pessoais e o que deseja da vida. Até mesmo seu universo social, trabalho e os ambientes que frequenta moldam seu estilo. Cuidado: uma pessoa muito cheia de informação pode se tornar uma vitamina de nada. O que é uma pessoa cheia de informação? Aquela que é muito eficiente. Você não precisa abraçar o mundo para ser alguém com estilo.

Por outro lado, quem tem estilo não é superficial e não muda de opinião facilmente, pois sabe verdadeiramente quem é e não um personagem.

O melhor teste ainda é o do espelho. Não olhe a sua aparência, analise a sua postura, seu modo de olhar para você mesma. Esqueça a vaidade, observe-se e tente se enxergar como outra pessoa que te olha no espelho. Que personalidade vê ali?

O estilo não está na aparência ou evidente. A pessoa que tem estilo não se deixa manipular e por ser verdadeira, se torna mais bonita. Pense nisso e complete a frase: "Eu sou..."

83 comentários :

  1. Luma,

    Não sei se é no sentido que você esperava, mas eu sou audaciosa, não vejo limites, ou até vejo, mas eles só servem para me impulsionar. Claro que não com tudo, mas no que acredito, no que me estimula, definitivamente, eu sou audaciosa.
    Beijos e ótima semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uau!! É nesse sentido, de valorizar aquilo que se tem de melhor e fazer dessa qualidade cartão de visita. Muitas pessoas confundem a audácia com petulância ou mesmo assanhamento (rs*) e eu sei que não são esses seus adjetivos. Já estive lendo algumas postagens no seu blogue em que você conta dessa sua audácia, sem mesmo perceber, como sinônimo de ousadia e coragem. E acho que o Felipe está se inspirando na mãe! :) Beijus,

      Eliminar
  2. Luma,

    Eu sou estilosa.

    Estava refletindo por esse dias sobre muitas coisas. Uma delas, foi querer aprender tudo que não tinha aprendido em minha vida inteira em pouco tempo. Não tem como. Isso não é possível.

    Gostei da parte que diz: "Cuidado: uma pessoa cheia de informações pode se tornar uma vitamina do nada".

    E,na minha opinião, uma das coisas que podem se enquadrar nisso tudo, é a humildade.

    Uma linda semana. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe de tudo um pouco, não teve tempo de se especializar em nada! Não vejo muita vantagem em ser sabe tudo. Aliás, não tenho vergonha de dizer que não sei algo, pois assim, não perco a oportunidade de aprender. É sempre bom aprender com um especialista! (rs*) - A pessoa que acata seus erros e defeitos, aprende também a respeitar o limite do outro. Uma linda semana para você também!! Beijus,

      Eliminar
  3. Adorei o texto. Não me acho nada estiloso, e minha linguagem corporal denuncia o desânimo que vem se aconchegando em mim. Talvez eu pense demais, me questione e me preocupe demais, sei que o melhor era ser mais solto, despojado, mas respeitando o que enxero como meus limites. Mas a gente vai trabalhando isso aos poucos, um dia vira o placar.

    Grande beijo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por que acha que seria melhor se fosse mais solto e despojado? Não tem essa de seria melhor... acho que você tem que aceitar que tem um jeito mais introspectivo e quem não compreender isso, não merece o seu respeito. Acho até histérico o jeito de algumas pessoas que aparecem sorrindo o tempo todo, até para dar notícia triste. E nessas ocasiões dá vontade de fazer o papel de chata e perguntar: Tá rindo do quê? :) Beijus,

      Eliminar
  4. Luma:
    Um texto muito bom para refletir.




    Boa semana!
    Beijos.
    Anny

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Anny!! Boa semana para você também!! Beijus,

      Eliminar
  5. Oi Luma
    Prazer enorme receber vc.lá em casa. Pois é, ter estilo nos diferencia do resto. Porém, acredito que é uma questão de tempo, de maturidade de vida mesmo. Hoje me acho muito mais estilosa do que há 20 anos atras, acho que me encontrei.
    bj yvone

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Santinha!! Também acho que com o tempo deciframos qual o nosso estilo, antes disso, tal qual um adolescente, encarnamos vários personagens até que encontramos aquele que é o nosso eu perdido em meio a tantos personagens ou circunstâncias de vida. A vida nos molda, direciona nossos caminhos e nos faz seguras daquilo que queremos. Adorei te ver por aqui!! Beijus,

      Eliminar
  6. Luma,excelente cronica para pensar!Estilos todos temos e cada um com sua maneira é um ser único,por este motivo não devemos abrir mão do nosso jeito de ser,a não ser que não estejamos felizes!Linda canção tb!bjs e meu carinho,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se abrimos mão do nosso jeito de ser em prol de uma felicidade que não é a nossa, o tempo irá cobrar por essa mudança e a infelicidade poderá acenar. Vejo pessoas que tentaram se modificar em prol de uma vida a dois, por exemplo. Mas esse mudar, se afeta a nossa essência por um simples capricho ou incompreensão da outra parte, só traz mutilação. Por outro lado, se a pessoa não possui personalidade, não vai sentir falta da mesma, não acha? :) Beijus,

      Eliminar
  7. Gostei muito!...
    Creio que é assim mesmo. Olhar no espelho como se estivesse olhando sua própria alma.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De vez em quando temos que fazer esse "distanciamento" de nós. Uma boa análise nunca faz mal! Beijus,

      Eliminar
  8. Oi Luma!
    Bela reflexão! E eu aqui me pergunto o que sou.rsss
    Estilo eu bem que tenho o meu, no vestir, no escrever, no falar e por aí vai, mas não vejo muita firmeza neles, vai ver não me encontrei ainda.rsss
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso exercitar mais o seu individualismo, se você se doa demais as pessoas. Beijus,

      Eliminar
  9. O estilo pode não ser apenas o aspeto visual. Há ainda o estilo da obra, seja ela música, pintura, escrita, etc., etc.
    Mas há estilos prefabricados e há outros que veem da alma...
    Magnífico post, muito haveria para se dizer acerca do seu conteúdo.
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O estilo só tem a ver com o aspecto visual quando falamos de moda, o que não é o caso aqui. Apesar de que tudo que nós gostamos, contribui para a construção do estilo. Eu só acredito no estilo que vem da alma, pois o prefabricado não é autêntico.
      Obrigada, Nilson!

      Eliminar
  10. Oi Lu...saudades.
    Até dizem que o sou, mas não tanto no visual, se bem que procuro as vezes tirar o colar do pescoço e por na cintura não tão marcante como outrora, pq de verdade dá trabalho ser estilosa. O convencional é sempre mais fácil e eu sou preguiçosa. Seria assim que completaria a frase EU SOU preguiçosa.rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser preguiçosa, mas se as pessoas olham para você e te vê estilosa... é porque independe de produção, o lance vem de dentro, é espontâneo. Sua presença é marcante e por isso te acham estilosa, mesmo preguiçosa! (rs*) Beijus,

      Eliminar
  11. Não sei muito como sou, sniff... mas, acho que sou persistente numa atitude ética frente a vida e os seres humanos, isso nem sempre me faz a pessoa mais simpática do universo. Isso me faz ter um estilo? Bem, acho que sim, só não sei qual!
    Bom texto para refletir!
    bjs
    Jussara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lógico que te faz ter um estilo! Tem opinião, atitude, vontade de melhorar o que está a sua volta... tudo isso melhora o ambiente em que vive e as pessoas reconhecem isso. Mesmo que você ache que por cobrar está sendo antipática, muitas pessoas estão agradecidas por você tomar à frente no lugar delas. As pessoas não gostam de se expor e sempre esperam uma atitude de outra pessoa. Vemos muito isso entre os brasileirinhos de braços cruzados! Uma Jussara é sempre necessária! (rs*) Beijus,

      Eliminar
  12. Luma, o estilo é a beleza da alma e todo mundo tem essa beleza. Não dá prá fazer um concurso pois cada um é um e não dá nem prá comparar! Eu me amo! Se me acham bonita, não sei, eu me acho bonita, tenho a minha beleza particular!
    Quanto ao seu comentário lá no blog, não conheço nenhum mineiro que não ame o mar! Tenho uma amiga que sempre que falamos eu me despeço dizendo "um beijo do mar prá você"! O mar é lindo e, em cada região tem suas peculariedades... o mar é estiloso! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Tetê!! A alma transcende o corpo e não existem parâmetros de comparação. Cada alma é única. E sabemos lá do que vai na nossa alma. A pessoa que se sente bonita, sabe bem o valor de sua alma!
      Alguns mineiros até encaram o mar de forma comtemplativa, pois não gostam de arriscar. Conheço mineiro que não sabe nadar! Sério! Cada um no seu estilo!! Beijus,

      Eliminar
  13. Bacana o seu texto , e gostei da música do video.
    Estilo, cada um tem o seu.

    Bjus

    ResponderEliminar
  14. Levei trinta anos para descobrir que "Eu sou dona do meu nariz e das minhas máscaras". Estilo é não ter medo de se mostrar para as pessoas como você é e não se preocupar se você será aceita ou não. Ter estilo é saber que dentro de você existe uma força que só se explica quando você possui a crença de que existe uma força maior que todos nós. Isso basta para que eu seja autêntica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha amiga, o primeiro passo para ter estilo é ser dona do próprio nariz e poder dizer: Tenho um nariz com estilo!! (rs*) Não tem plástica que não mutile a imagem e, por outro lado, a plástica pode devolver a autoconfiança. Ah, por que estou falando de plástica? Você que falou de nariz e essa parte do corpo é sempre a primeira pensada ao querer "corrigir" a imagem. Bem sabe, poderá fazer trilhões de plásticas para melhorar o aspecto físico e jamais se sentirá bem, se internamente as coisas não vão bem. Essa força que cita - A mola mestra que nos faz encarar as dificuldades com garra e enxergar a alegria da vida. Beijus,

      Eliminar
  15. Luma desta vez não li. Vou ler do meu celular. Minha conexão está horrível.
    Fiz um Face novo e vim curtir o Luz pois do cel não dá. Não tem o botão G+ aqui para recomendar o blog lá. Só tem nos posts individuais.
    Beijos!
    Depois eu volto. A minha conexão "Vivo 3G" está me enlouquecendo. Não vejo a hora de trocar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outro facebook... Iza, você não tem jeito!! :)

      Eliminar
  16. Ah, sou eu mesma no avatar. Estou disfarçada ( risos )

    ResponderEliminar
  17. Me deleitei com o conteúdo do post (aliás, como sempre).

    Subscrevo-o.

    É curioso: fiquei a matutar na questão (além de destacar o último parágrafo)... Parece-me que são mais os outros que "descobrem" o estilo da pessoa e isso quando se ousa ser ela própria (em muitos momentos há que ser politicamente correto, como por cá se diz). Faz parte de um processo de maturação, também. Atualmente, acho que ousei ter um estilo "ousado"...:)

    Bjo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por ter apreciado e subscrevido. O processo da descoberta do estilo pode se inverter e alguém enxergar antes de nós. Alguém pode chegar e dizer "Fulana você é assim ou assado", daí cabe a você acatar ou não. As pessoas são cheias de achismos e muitas vezes elas acertam! :)
      Ah, adoro o estilo ousado, pois prova que não tem medo de ser feliz!! Beijus,

      Eliminar
  18. Oi Luma, adorei o texto e a música. Tudo me emociona, amo muito. Sim, tenho o meu estilo. Não sei se agrada, a mim sim. Texto para refletir. Quem somos?

    Quanto a almofada. Mande-me seu endereço. Faço uma parecida para você, aquela já se foi.

    virginiamjf@gmail.com

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Virgínia!! Somos tudo o que desejamos ser e o nosso pensamento colabora muito para isso. Se queremos a felicidade, não vamos pensar em infelicidade! Se cada um de nós tem um estilo, melhor não ir contra a nossa natureza. É necessário respeitar o nosso estilo de vida!!
      Já estou enviando meus dados!!
      Beijus,

      Eliminar
  19. Completo sim:

    Eu sou...como sou e não sei deixar de ser quem sou!

    e

    Eu sou tua fã incondicional e adorei este teu brilhante post. Qualquer dia já não tenho mais adjectivos.

    Beijos do lado de cá do oceano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, que linda!! És minha cosquerídia!! :=)) Um lindo dia para você, Fatyly!!

      Eliminar
  20. Eu sou... tiete dos seus posts. :) Bom resto de semana, Luma!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhh... valeu!!
      Bom restinho de semana para você também!!
      Beijus,

      Eliminar
  21. Luma,
    concordo contigo sobre o alcance do conceito de estilo, que para mim vai muito além da aparência ou das escolhas de objetos pessoais ou coisa que o valha.
    Tem tudo a ver com a personalidade, as ações, os passos dados, a forma de olhar e ser no mundo.
    De fato olhar com distância o espelho, ajuda a delinear estes contornos e recheios do que somos feitos.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Analisar alguém pela aparência é bastante superficial e por mais que seja assim, talvez os gestos. Estilo é um apanhado de coisa, algo que se adquire com o passar dos anos, são agregações que fazemos em nossa alma e transcende o próprio corpo. Beijus,

      Eliminar
  22. Que lindooooo! Adoreeeei! ;)

    ResponderEliminar
  23. Oi Luma

    Eu sou simples

    E determinada.

    Você tem estilo. Produz sempre com a "marca registrada Luma"
    Bonito de ser esta marca!

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oops! Corrigindo:

      Bonito de se ler esta marca

      Eliminar
    2. Simples, determinada, dedicada, amorosa... vejo flores em você!!
      Você vê essa marca, Van! Eu tenho que olhar com seus olhos para poder enxergar essa marca. Obrigada por encontrar em mim, um estilo próprio. Isso prova que teve empenho em ler a minha alma. Beijus,

      Eliminar
  24. Sim. O estilo é essa singularidade que vai além da moda descartável...


    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por que estilo não é descartável! Ele é único e intransferível!! Beijus,

      Eliminar
  25. Oieee, estou com uma promoção super legal no blog, vou sortear uma camera digital, vem participar??

    http://www.driviaro.com.br/2012/07/promocao-album-do-bebe.html

    beijos e bom restinho de semana ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou lá logo mais, Dri! Obrigada por avisar!! Beijus,

      Eliminar
  26. Eu sou Bia, sem estilo, buscapé e simples (já acho o simples mais complexo)rsrsrsrs.

    Além de todos os adjetivos do moço, gostei da voz, e do jeito relaxado de tocar...

    Beijussssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente o simples é mais complicado. Eu diria que você é uma pessoa despojada e amorosa.
      A voz dele é linda e por isso escrevi que não achava de todo mal que ele não fosse tão bom nos instrumentos.
      Beijus,

      Eliminar
  27. Confesso que não conhecia o artista.... Mas adorei teu texto sobre estilo próprio e valorização.... Hoje tem novo post! Obrigada pelo carinho e pelos comentários sempre gentis!
    Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Elaine!!
      Querida, espero que você tenha lido o comentário que fiz no outro texto sobre a dificuldade de me manter no seu blogue. Trava tudo e não consigo deixar sequer um recadinho para você. Não pense que é descaso meu, mas se pelo menos tivesse o seu email para avisar... beijus,

      Eliminar
  28. Que me olhar, se bem o fizer, verá que sou completamente simples, sem frescuras...beijos, lindo dia e fds!chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei!! Você é uma docinho!! :=))

      Eliminar
  29. Que voz linda, sensualíssima e cheia de estilo! Obrigada pela sua presença muito querida! Completando a sua frase eu sou uma incurável romântica, que nem chega a ser estilo, penso eu; mas uma característica e é uma das mais marcantes em mim. É a característica das pessoas "bobocas", que vivem um mundo particular, apesar da crueza com que tem se tornado a vida e de tal maneira com milhões de informações que mais parece um tsunami a nos levar ora de um lado, ora de outro. Bem, vc me entendeu. Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quis trazer o moço estiloso para que vocês conhecessem... uma guapo lôco!! :)
      As pessoas românticas possuem um lugar reservado no meu coração por que se sou deficiente nessa parte, quero me contaminar com o romantismo alheio, pois ele é alentador, deixa os dias mais leves contaminando a todos com uma aura muitas vezes angelical. Eu te entendo!! Beijus,

      Eliminar
  30. eu sou uma controladora, kkkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba... :) E também sincera, né? Beijus,

      Eliminar
  31. Oi Luma,
    Concordo com cada palavrinha que vc escreveu sobre estilo e estilosos. Na europa é muito comum encontrar pessoas estilosas na rua e nada bonitas, mas são pessoas que sabem se fazer presentes.
    amei a música... é linda d+!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que isso tem a ver em se aceitar sem estar preocupado com que o outro pensa sobre si. Adoro esse desapego!
      J.Tillman... ooops! Father John Misty é lindo de sentir!!
      Beijus,

      Eliminar
  32. Ontem ainda eu estava refletindo sobre a minha imagem corporal. Como o nosso estado de espírito interfere na imagem que temos de nós...
    Acho que dia-a-dia eu tento descobrir meu estilo, mas é como se a cada dia eu me enxergasse de uma forma diferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamos reforçar o nosso espiritual - o que nada tem a ver com religião, para melhor aceitação de nossas fragilidades. Somos seres humanos únicos e temos que nos respeitar, no sentido de passar esse respeito para as pessoas e elas enxergarem em nós, muito mais que um corpo.
      Candy, você ainda está em processo de afirmação da imagem. Talvez porque tem se dividido muito e se dedicado mais as pessoas do que para você. Já, já rola!!
      Beijus,

      Eliminar
  33. Meu estilo é tão explicadinho que me olho no espelho e nem sei mais quem sou. Penso que as pessoas saibam mais de mim do que eu mesma.

    Ah, olhos azuis sao lindos... Mas lá em casa tenho o marido com encantadores olhos verdes... risos

    Luma estou na Sala de espera do meu dentista... Comentando do meu cel... Não sei se o comentário vai ir.

    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu entendo o seu lado "explicadinho" e acho isso bastante charmoso, se quer saber!! :) Não sei se as pessoas sabem, elas podem imaginar, mas a certeza somente nós temos. É como se existisse 3 eus em nós. A imagem que temos de nós, a imagem que possivelmente queremos conquistar e aquela que imaginamos as pessoas possuem. A qualquer hora poderá juntar esses 3 eus e assim afirmar o seu estilo.
      Não vou ficar com inveja dos seus olhos verdes, pois também tenho aqui em casa...
      Beijus,

      Eliminar
  34. Oi, Luma. Pensei e cheguei à conclusão de que eu sou...autêntica. Me visto como me sinto, sem seguir muitos padrões ou convenções, e se isso é ter estilo, estou dentro! Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso aí, Garota!! Conquistou a sua marca!! :=)) Beijus,

      Eliminar
  35. Minha querida

    O meu estilo é apenas o que sinto no momento,não faço porque os outros fazem.
    um texto muito bom e para reflectir.

    Agradecendo a carinhosa visita e deixando um beijinho carinhoso
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazer o que os outros fazer é ser fantoche, é viver a vida dos outros! Bom que seja assim, pois assim terá a felicidade ao seu alcance!! Beijus,

      Eliminar
  36. Olá Luma,
    Saudades daqui.
    Adorei a música e o texto. Depois de passar trinta dias viajando pela Europa afora, percebo o quanto as pessoas são descoladas. Cada um com seu estilo sem se importar com os outros ou com a ditadura da moda. Adoro essa liberdade. O estilo vai muito mais além das convenções...
    Obrigada pelos comentários, viu?
    Bons fluidos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, você voltou!! Você voltou!! Também estava com saudades, mas ao mesmo tempo feliz por você estar passeando por lugares lindos e pitorescos. Uma viagem merecida.
      Aqui no Brasil as pessoas ainda possuem o pensamento curto de seguir modinhas, mas nem podemos reclamar delas, mas de todo um sistema que escraviza as pessoas e as torna muito parecidas, no vestir, no falar, no conduzir... a independência é encontrada através da cultura, da troca de vivências, do amadurecimento interno... do se livrar das convenções.
      Obrigada você!!
      Beijus,

      Eliminar
  37. Acredito que cada um faz o seu melhor nesta vida, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende, Lisette. As pessoas podem fazer o melhor estando fazendo o pior, mas daí temos que pensar, pior para quem? Daí temos que respeitar as escolhas e se para nós não é correta e se não for mesmo, um dia aprenderemos o que é o melhor da vida, para a nossa vida!! Beijus,

      Eliminar
  38. Luma
    Gostei de todos os comentarios. Obrigada por ser tão delicada comigo.
    Eu nao tenho uma familia de marido e filhos.
    A minha familia é esta toda , primos, primos, sobrinhos e amigos!
    com amizade Monica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você é uma pessoa carinhosa e agregadora! Gosta de ter a família sempre por perto e isso é uma qualidade muito boa, por que comprova que sabe respeitar as diferenças de cada um e apreciar suas companhias. Beijus,

      Eliminar
  39. Amiga,
    Deixo o meu carinho e afeto. Agradeço e retribuo a sua visita. Desculpe não ter vindo antes. Mas não estou podendo vir sempre. Por aqui está um pouquinho complicado.
    Mas não esqueço os amigos. Muito obrigada, pela sua companhia.
    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sandra!!
      É sempre bem-vinda!!
      Beijus,

      Eliminar
  40. Luma, penso que a pessoa tem que ser do jeito que é e não ceder a moda ou ao que os outros anseiam para que ela seja.
    Como se diz: a moda passa, o estilo fica. Como não sigo modismos, afirmo que tenho meu próprio estilo, que agrada a uns e desagrada a outros, contudo, não me torna mais ou menos estiloso do que sou.
    Obrigado pelas visitas ao meu blogue e também por haver comentado na entrevista.
    Até mais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Christian, temos que agradar a nós mesmos, pois quando estamos bem, a energia que passamos é do bem e as pessoas sentem. Refletimos o nosso jeito de ser no outro e ganhamos respeito ao nosso modo de ser!
      Obrigada você!! Seja bem-vindo!!
      Beijus,

      Eliminar
  41. Talvez um jeito mais simples....mas parei para pensar.
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser simples já é um estilo! :) Beijus,

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor