Família, família, papai, mamãe, titia...



Família, família, papai, mamãe, titia... ...Segundo um estudo publicado no Journal of Family Psychology, da associação Americana de Psicologia, as crianças que freqüentam os aniversários dos priminhos e os almoços na casa da vovó têm mais saúde, melhor desempenho escolar e maior estabilidade emocional.

O ganho é visível principalmente em momentos de stress, como a separação dos pais ou a morte de um deles. Entre as rotinas que fazem bem às crianças, também está a ajuda nas tarefas domésticas, como secar a louça e lavar o carro.

Crianças que participam de programas em família dormem mais cedo e acordam menos à noite, diz o estudo. A razão dos benefícios é simples: Elas sentem que estão tendo mais atenção dos pais e do restante da família.

Então já viu!!
Se tiverem crianças em casa,
Comecem já nesse início de semana a exercitar a arte de bem viver
com elas!

Isso vale também para as brincadeiras entre adultos!

Família, família, papai, mamãe, titia...
A Norma Emiliano do Blogue "Pensando em família" convida todos para participar da roda de interação para celebração do Dia Internacional da Familia, entre os dias 13 a 18. Se você fizer um post homenageando a familia, avise a Norma. Veja mais detalhes.

Não se esqueça do nosso encontro no dia 15 de Maio... Clique na imagem.

Amor aos pedaços

60 comentários :

  1. família é a fonte de todas as nossas alegrias e de todas as nossas tristezas, para não dizer neuras. Crianças não tem como se defender e são pára-raios.
    Luma, não tenho postado e lendo seu post anterior, acho que tem mantido uma frequência perfeita se analisamos o comportamento dos outros blogs. Quem posta todo dia, não tem tempo de retribuir as visitas ou mesmo ler adequadamente para fazer um comentário idem.
    Tenho te acompanhado pela minha lista de blogs que sigo e nem sempre tenho tempo de comentar. A vida não pára e é também por isso que ainda não tive filhos. Quem não tem tempo não pode ter família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dó das crianças que nascem em lares neuróticos!
      Notei mesmo que não tem postado. Chego no seu blogue e está tudo paradinho... eu compreendo. Beijus,

      Eliminar
  2. Ah ah ah. Que travessura Luma!
    Bom, agora falando de coisas mais sérias. Concordo com a música, familia vive junto todo o dia. Ninguém casa e tem filhos para viver só. Mas infelizmente a solidão habita em muitos lares. E muitas vezes as crianças são deixadas em autogestão.

    Portanto o estudo deve estar certo mesmo. Graças a Deus que minha filha é afortunada nesse aspecto. Da parte do pai então, tem familia numerosa, muitos primos. Todo o Domingo se juntam na casa da avó, as crianças brincando por todo o lado.

    Por aqui, ao fim-de-semana sempre fazemos programa juntas, vamos ao teatro infantil, cinema, praia, piscina, depende da temperatura. Nunca tinha relacionado com o fato dela dormir cedo e ter boas noites. Nunca tem pesadelo.
    Beijinhos para você.
    Espero que seu dia da mãe tenha sido luminoso.
    Rute

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehehe que isso! Sou uma mulher séria! (rs*)
      As crianças não tem culpa de nada e são as que mais sofrem quando os adultos entram em conflito. A solidão a dois, um dos sintomas que o casamento está indo para o brejo :(
      Graças à Deus que você se dá bem com seu ex marido e familiares. Sua filha deve ser agradecida por isso. Quantas pessoas separam e não sabem administrar essa parte social. Vira um casa e separa com filhos não sabendo como proceder, pois os pais não lhe mostram o caminho correto. O filho fica como peteca. O pior é que esses mesmos pais não sabem porque seus filhos tem conflitos. Que sonsos!! Beijus,

      Eliminar
  3. Gostei imenso de te ler e gosto muito dessa música dos titãs.

    Família...pois é e por vezes pergunto a mim mesmo de que serve ter uma família numerosa de ambas as partes - pai e mãe - quando se separam? Criança tem culpa? Jamais e compete aos adultos explicarem direitinho que o problema é entre os pais, mas que todos os restantes continuam a amá-los. Foi o que sempre fiz, mas avó, tios, tias e primos da parte do pai sumiram no tempo, tempo que fez perder qualquer elo de ligação e a culpa é de quem? Pois é...

    Tenho três irmãos, carrada de sobrinhos e já sobrinhos netos...e a minha família resume-se às filhas, genros, netos, uma irmã, cunhado e dois sobrinhos e a minha mãe...o grupo de sempre que se junta frequentemente e não só em velórios, casamentos, aniversários ou baptizados onde aparece todo o mundo...só porque sim.

    Depois há os amigos e andam muito pela serra, praia, em busca do tesouro escondido, bicicleta...e estão a crescer saudavelmente e longe dos Centros Comerciais - prisões dos que não sabem disfrutar da natureza!

    Nesse crescimento as crianças perguntam "o porquê de todos os porquê" e temos que saber descer à sua altura e explicar SAUDAVELMENTE E SEM RANCORES procedimentos inadmissíveis e tão indiferentes.

    Pai, mãe, irmão, irmã, avô, avó, tio, tia, primo, prima etc que nunca o souberam ser, nunca foram presentes numa frase primordial de todo o ser humano - criança e adolescência -, mais tarde passam a meros desconhecidos e fica aquela interrogativa inquieta - não sinto nada, mesmo nada e terei a obrigação de? só porque é pai, mãe...etc?

    Semeia hoje para colheres amanhã...e falo por mim como filha, mãe e avó, ser contra o tomar conta de crianças todo o dia em frente a uma tv, e ou com jogos das plays-qualquer-coisa, dar tudo o que pedem e não haver as barreiras educativas e familiares. Para além disso tudo, familia é estar presente nos bons e maus momentos da vida, explicar tudo e não apenas numa presença do politicamente correcto, no aniversário, no Natal, no funeral...é dar uma colher de sopa de palavras todos os dias nem que seja pelo telefone. É saberem, aprenderem e verem por exemplos, por brincadeiras simples, por conversarem muito e se for preciso no meio disso tudo dar uma tampona...saí na hora:)

    O cartoon está giro...mas para mim ilustra bem a INDIFERENÇA que se instalou no casal à custa de tantas coisas não faladas, saturantes e assim sendo...nem a imaginação funciona!

    Um abraço e agora vou dar um passeio pelo campo, apanhar lenha e pinhas, sozinha comigo própria porque por vezes também temos que saber criar e desfrutar do nosso espaço.

    Família por vezes é mais composta e reconfortante por amigos de longa data que presentes fazem as vezes dos de sangue-ausentes!!!!

    Beijos e desculpa ser longo, mas não sei ser sucinta:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto dessa música dos Titãs, Fatyly!
      Criança é o único ser que não tem culpa nas separações, apesar de alguns pais sem esclarecimentos acharem que as crianças são as provocadoras. Alguns pais reclamam que as mães não tem tempo para eles, mas se eles fossem mais participativos na criação dos filhos, veria o quao trabalhoso é e se sentirim integrados. Em geral, o casamento acaba porque o homem se sente excluído. Também, crianças não podem com hálito de cerveja e gritos de goal!!
      A mãe corta um dobrado para manter todos os ânimos estáveis e ela mesma se torna uma pessoa sem energia, sem perspectiva e de vez enquanto encontramos uma mulher amarga pela vida que levou.
      Ah, o cartoon é típico!! A mulher de bobes - não sei se é assim que escreve - pouco se sentindo erotizada e o homem todo palhaço! Ele podia fazer isso no café da manhã, não é mesmo? Quem sabe sendo palhaço o dia todo, a mulher se anima a noite?
      Bom exercício!! Beijus,

      Eliminar
  4. rsssssss...Adorei tua participação, verdades nela ! Mas a imagem me fez rir muito aqui ,assim cedinho já! beijos,linda semana!chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahahaha Chica, sei não... tem um pessoal muito sério que frequenta o luz!! (rs*) Beijus,

      Eliminar
  5. Luma, vejo a diferença entre a minha infância e a dos meus filhos. Eu, sozinha, sem essa participação gostosa. Eles ganharam uma família com 11 tios, primos, já perdemos as contas!
    A imagem é hilária. gostoso rir sem esperar!
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vim de uma família de muitos primos e era complicada as relações por causa dos adultos. A gente tinha que ser exemplar e havia uma certa competição. Esse fato também acontece entre irmãos de família numerosa, diferentemente do que pregam os comerciais de margarina. Talvez para evitar problemas (conflitos), falta de espaço e dinheiro os pais estão optando por ter número menor de filhos! O número ideal é aquele que o casal sente que será melhor para a convivência. A qualidade sempre será melhor que a quanntidade.
      Ainda bem que gostou da imagem! :) Beijus,

      Eliminar
  6. Família cada um com a sua ..rs
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes nem isso! Tem gente que foge de casa :) Beijus,

      Eliminar
  7. Oi Luma
    Muita boa colocação e com dose de humor, rs,rs, . Vim de uma família tradicional e extensa. Com astransformações sociais, as famílias nucleares estão mais isoladas e isto faz diferenças, certamente. Contudo, é a partir da família, seja de que moselo for, que nos sentimos pertencentes e aprendemos a visão do si mesmmo e do mundo. Portanto, a convivência saudável (amorosa)é muito importante.
    Grata por aderir a Roda e mobilizar as pessoas a se colocarem sobre a temática.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não importa o tamanho ou a forma da família, o mais importante é que seus membros se sintam abrigados, que a encarem como um porto seguro! O mundo pode desabar mas você tem a família para te apoiar! Beijus,

      Eliminar
  8. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... tive que olhar duas vezes a HQ para entender! =;B

    "Família" é a base de tudo!

    *Que bom que você gostou da princesinha. O nome dela é Lita, Tia Luma. =)

    =Bjos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkk verdade? Já estou começando a me arrepender de ter colocado esse cartoon... a Celina me matou de rir. Veja abaixo o comentário dela! :)

      Eliminar
    2. Vi o comentário agora. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... #euritbm

      No meu caso foi querer entender a brincadeira... hehehe. Achei engraçado!

      =Bjos,

      Eliminar
  9. Oi Luma, a familia é tudo , as vezes temos algum aborrecimento mais assim mesmo é legal, faz parte, estou acostumada com familia grande cheia de primos, e aquí em casa alem dos filhos tinha os amiguinhos que vinham brincar.Qlha menina, custei a entender a figura, também sou viúva nunca mais tinha visto, deve ser isto rsrsrs. abraços querida, Celina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Celina, você é muito engraçada!!
      Beijus,

      Eliminar
  10. Acho que vou precisar fazer isso mais vezes com a minha menina. ela tem acordado muito à noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leve-a para arejar a cabeça. Na maior parte das vezes a insônia na criança é sintoma de depressão. Criança que não brinca se deprime! Beijus,

      Eliminar
  11. Família é a base de tudo. O post já está pronto pra blogagem coletiva. Irá ao ar amanhã de manhã.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  12. Uma leitura é a desagragação da família.Outra é a família entregando os filhos aos jogos de computadores por falta de paciência para os acompanhar nos jogos e conversas em família.
    E todos ficamos a perder.
    Um abraço, querida Lu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Nem tanto o céu, nem tanto a terra. Tudo bem que as crianças utilizem dos jogos, mas há de ter tempo com a família. As relações afetivas estão mutiladas por conta da falta de tempo dos pais. Beijus,

      Eliminar
  13. Segunda-feira é só pra rir por aqui, né?! rs! Vc é engraçada... "Então já viu né!"

    Bj, amanhã tô firme na coletiva, já vou publicar hoje à tarde.

    Michele

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehehe tem que rir!! Hoje é segunda-feira!!

      Eliminar
  14. Lumita,
    Bem colocada esta sua observação, pois lembrei-me da interação que minha mãe fazia com a gente, os três filhos, levando-nos a visitar tios, amigos mais velhos, todos com ligações amorosas conosco.
    Vejo hoje em dia pouca preocupação dos pais neste sentido, pois quando levam os filhos a sair é só pra compras em shopping ou diversão para eles mesmos, talvez por isso tenhamos também alguns jovens tão egoístas.
    bjs cariocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Beth! Os filhos passam a semana trancados em casa ou em cursos, sendo educados por babás e nos finais de semana, os pais arruma lazer que não dá trabalho. Muita comodidade ter filho sem precisar educar! Beijus,

      Eliminar
  15. Luma, nada melhor do que crescer em família, principalmente se ela for grande, cheia de tios e primos. Enquanto se é criança, a vida é só de alegrias, a maioria do tempo. Nessa parte, meus filhos tiveram uma infância perfeita. Hoje em dia as crianças da família são poucas, umas moram distantes, a vida já não é a mesma...Diversão de crianças é sala de jogos em shoppings e lances rápidos e horríveis, sem o gostinho do "quero mais".
    Família é nossa base, por isso melhor que seja bem estruturada.
    Minha postagem é dia 16/05.
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "lanches rápidos", digo.

      Eliminar
    2. Lúcia, não tem como educar filhos se a concorrência são os amiguinhos, shopping e guloseimas. Os limites praticamente não existem mais e quando chega a hora de lazer com os pais, os próprios filhos não querem, preferem estar bem longe dos pais. Não aprenderam a ter convivência. Beijus,

      Eliminar
  16. Eu tenho "utilizado" muito a ajuda das crianças lá em casa, depois que ficamos sem empregada. Acho que só está fazendo bem pra eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As crianças quando participam das tarefas da casa acabam por dar valor ao trabalho dos pais, ficam mais obedientes e a convivência flui melhor, mesmo que de início apareçam as "preguicinhas" e "revoltas" básicas! :) Beijus,

      Eliminar
  17. O cartoon está muito engraçado! E não, não estou esquecida da blogagem coletiva, vim aqui até para vir buscar os vossos links! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou Teté!! Fico às vezes receiosa de não ser interpretada direito. Beijus,

      Eliminar
  18. Na familia que há interação, por certo os membros são mais proximos e vivem o processo de cooperação e assim são mais felizes com certeza.
    Bela e humorada participação.
    Parabens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toninho, as crianças reclamam dos afazeres domésticos no início, mas depois pensam duas vezes antes de jogar a roupa no chão do banheiro, de comer no quarto, etc.. e passam a valorizar o trabalho doméstico. Obrigada pela presença!! Beijus,

      Eliminar
  19. Luma querida, haha... já sei porque minha filhota dorme muito bem anoite, porque tem um convívio árduo com nossa família, primos, avós, amigos de infância, participa de atividade da escola das priminhas, vai a festas infantis, vê teatrinhos de fantoches, pula, corre e borda com os priminhos na calçada... e sempre estamos a celebrar a vida, com almoços em família aos domingo, ou celebrando algum aniversário (família grande, td mês tem 1 a 2), ou sentando tds os dias na calçada da minha tia-avó, onde proseamos muito!
    E eu? Era do mesmo jeito! Acho que aprendi a dá valor ao necessário por conta desse meu convívio com pessoas, brincadeiras e a natureza.
    Tem uma citação de um médico pediatra que afirma que criança tem que ter vitamina S (de sujeira), concordo.
    Somos assim, como a foto, super descontraídos... ás vezes estou concentrada, ou chateada vem meu amado e faz várias palhaçadas, impossível não rir... ou minha filha que me arranca gargalhadas!
    Minha terapia é chegar em casa e ver minha família reunida.
    Grande beijo!
    Tenha uma semana com muita paz e luz!
    Lorena Viana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehehe em casa sempre demos canseira nas crianças e elas iam para a cama cedo para repor as energias!
      As crianças atualmente andam tão limpinhas, tão penteadinhas e tão anêmicas (rs*)
      A casa tem que ser a morada da amizade. Todas as relações que têm como base a amizade duram em dobro. O casamento sisudo é de uma chatura só!!
      Boa semana para você também! Beijus,

      Eliminar
  20. Gostei vou fazer com os netos qdo vierem rsrs....os meus já estão todos crescidinhos....
    Linda semana beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brinque bastante com eles, Maria Selma e não se arrependerá!! No futuro eles agradecerão, no mínimo, os bons momentos. Beijus,

      Eliminar
  21. Familia é tudo...sempre..

    morri de rir com os quadrinhos..rsrs

    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também!! Quis trazer para o blogue para acharem graça também, mas percebo que algumas pessoas ficaram meio sem graça! (rs*)

      Eliminar
  22. Sem a família (assim mesmo como você descreveu) desde menino e nunca seria o mesmo de hoje. As condições em minha época apontavam todas para a delinquência e eu escapei por causa do amor e da atenção apesar da família ser imensa e tomar muito o tempo dos meus pais.

    Adorei a charge, divertidíssima, Luma.

    Abraços. Paz e bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A família é o nosso porto seguro. Acredito que quando somos jovens deixamos de fazer coisas erradas pensando principalmente na mãe. Pelo menos foi o meu caso, pois o pai já tinha partido dessa para melhor! Obrigada, José Claudio!! Beijus,

      Eliminar
  23. Oi Luma!
    rsssss
    Você é muito espirituosa.rsss
    Mas está mais que comprovado que a atenção e a participação da criança a estimulando é super eficaz. Quem não gosta, heim de todo mundo junto na maior camaradagem, no maior aconchego?rss
    beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim!! Mas a família que não aprende a conviver desde cedo, quando crescem tendem a lavar roupa suja nos encontros de família. Vai dizer que isso é normal?(rs*) Beijus,

      Eliminar
  24. Que gostosa Luma, tua postagem! Adorei principalmente esse dado estatístico sobre almoçar na casa da vovó....vou mandar pra meus filhos esse estudo...rsrs

    Eu tenho algumas recordações de infância que envolvem esse aconchego, é mesmo muito gostoso fazer bolinhos de chuva na cozinha, ouvir histórias (eu hj conto!) e subir num banquinho pra alcançar a pia!

    Adorei!
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que gostoso, Denise!! Senti até saudade!! Eu lembro uma vez que joguei todas as panelas da minha mãe para trás do muro. Joguei fora mesmo e ela foi fazer almoço e não as encontrou. Quase levei uma surra quando contei, mas ela acabou rindo. Eu queria acabar com o sofrimento de cozinhar todo dia, coisa que eu imaginava devia ser bem chato :) Beijus,

      Eliminar
  25. Eu acredito que o nucleo familiar, a convivencia sadia e a interação com amiguinhos de infancia, são importantíssimos.


    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São coisas que somente o tempo nos dirá que foram boas e necessárias. Beijus,

      Eliminar
  26. ahahahah a piada dos adultos ahahahha, foi otima! ahahahha, bobao esse marido, ahahahahhahah

    ah luma, eu nao tava nem querendo rir :-) tava achando tudo interessante nos dados da pesquisa, toda me achando: olha sou e sempre fui boa mae, meninada la em casa trabalhava adoidado :-) e ai, vejo a piada do marido gaiato kkkkkkk

    Valeu Luminha!
    Um beijao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nina, por que deixamos a nossa porção de lado? Por que algumas pessoas fazem da vida um fardo pesado? Os dados da pesquisa são verídicos e a brincadeira foi só para ilustrar que devemos continuar brincando, levando a vida de forma mais leve. Esse marido bobao prova que mesmo a mulher estando envelhecida e indo dormir de modo a só ficar bonita no outro dia, ainda lhe deixa intusiasmado com ela. Bom para pensar!! Beijus,

      Eliminar
  27. Olá, Luma
    Bonito o que escreveu sobre as crianças!!!
    Me fez, mais uma vez, pensar que fui uma criança feliz... e mergulho na minha infância pra voltar a sê-lo... cada dia mais e mais...
    Tive priminhos mil e tios que me valeram pelo que não tive... Foi muito bom e atesto que foi fundamental pro meu equilíbrio emocional... Dou aos netinhos o que recebi de muitos familiares... afeição sincera e em grande quantidade...
    Não tive um tio ou tia ruim... primos maravilhosos até hoje...
    Bjm de paz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criança precisa brincar e socializar!
      Tenho um vizinho de 8 anos que é branquinho, branquinho... vive com olheiras e dorme até um pouco antes de ir para a escola. Um dia questionei seus horários com a mãe e ela disse que ele tem dificuldades para dormir a noite. Em separado questionei o menino e ele disse que não tem ânimo para acordar cedo, porque não tem amigos ou irmãos. Prefere dormir e na escola brincar com os amigos.
      Os psicólogos dizem que, quem dorme muito, além do necessário quer de alguma forma fugir da realidade. Talvez a vida não esteja boa. Os pais precisam estar felizes para deixar os filhos felizes e serem mais sociáveis. Beijus,

      Eliminar
  28. Eu me lembro dos dias na casa da nona, com os encontros com os primos. Os domingos naqueles dias faziam sentido. rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faziam sentido como agora fazem sentido lembrar desses momentos. A convivência em família é a nossa base emocional! Beijus,

      Eliminar
  29. indiscutivelmente a estrutura sólida da minha família [que não se estendeu a tios e avós em vista da distancia] fez de mim e dos irmãos o que somos. Fiz o possível com a minha sobrinha [agora com 15] e estou, junto com a namorada, fazendo o mesmo pelo sobrinho de três. Com os filhos será igual...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bacana, Tony!! Na convivência com as crianças, somos os mais beneficiados!! Beijus,

      Eliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor