Secret Diary 2

Puritanos com licença, mas vou lhes contar uma historinha, só porque o começo da semana é bastante triste para muita gente. Pois não é que existem coisas bem mais tristes do que o começo da semana?

Diário d'Ela

luzdeluma

Ele ficou esquisito a partir de quarta-feira à noite. Tínhamos combinado de nos encontrar em um bar para beber um drink antes de jantar. Pela tarde fui às compras com as amigas e pensei que seu comportamento se devesse ao meu atraso de vinte minutos. Mas não. Nem sequer fez qualquer comentário, como lhe é habitual.

O lugar e a conversa não estavam muito animados, por isso propus irmos a um lugar mais íntimo para que pudéssemos conversar mais tranquilos. Fomos para um restaurante muito elegante. A comida estava excelente e o vinho era de reserva. Quando veio a conta, ele nem refilou e continuou a portar-se de forma bastante estranha. Como se estivesse ausente. Tentei rodar os assuntos para fazer com que se animasse mas em vão.

Comecei a pensar se seria culpa minha ou outra coisa qualquer.

Quando lhe perguntei, disse apenas que não tinha nada a ver comigo. Mas não me convenci.

No caminho para casa, já no carro, disse-lhe que o amava. Ele limitou-se a passar o braço por cima dos meus ombros, de forma paternal e sem falar nada. Não sei como explicar a sua atitude, porque não disse que me queria como faz habitualmente. Simplesmente não disse nada. Comecei a ficar cada vez mais preocupada.

Chegamos em casa e, nesse preciso momento minha cabeça começou a rodar, pensei que ele me queria deixar. Tentei fazer com que falasse sobre o assunto mas ele ligou a televisão e ficou a olhá-la com um ar distante, como quem faz perceber que tudo tinha terminado entre nós. O silêncio cortado pelo filme era sufocante.

Por fim, desisti e disse-lhe que ia para a cama.

Mais ou menos dez minutos depois, ele entrou no quarto e deitou-se a meu lado.

Para enorme surpresa minha, correspondeu aos meus beijos e carícias e acabamos por fazer amor. Não foi tão intenso como normalmente mas ele pareceu gostar. Apesar de continuar com aquele ar distraído que tanto está me afligindo.

Depois, ainda deitada na cama, resolvi que queria enfrentar a situação e falar com ele o quanto antes. Mas ele já tinha adormecido. Comecei a chorar e continuei noite adentro, até adormecer quase de manhã.

Estou desesperada e já não sei o que fazer. Estou praticamente convencida que os seus pensamentos estão com outra. A nossa vida se tornou um autêntico desastre!


Diário d'Ele

Meu time perdeu. Pelo menos dei uma trepada...


Pois que seja uma "anedota" recebida por e-mail em que fiz algumas correções, mas que vem confirmar que nós mulheres somos um cadinho precipitadas em nossas conclusões e os homens um tanto quanto distraídos.

Alexandre O'Neill escreveu: «Quem espera por mim não espera por mim e talvez me encontre por um acaso distraído»

Para compensar a "distração" meninas, vamos de J. Collins: «Metade dos nossos erros na vida nascem do fato de sentirmos quando devíamos pensar e pensarmos quando devíamos sentir»

Homens e mulheres possuem diferenças no modo de pensar e agir. Se não levarmos algumas vezes para o lado do humor, danou-se! E não é que a goiabada e o queijo só se misturam quando levados ao fogo?

Boa semana!

28 comentários :

  1. Adorei! =)
    É realmente isso.
    É preciso ceder e também levar para o lado do bom humor.
    Boa semana, Luma!

    ResponderEliminar
  2. rsss...bem legal Luma! E conviver harmonicamente com as diferenças é sabedoria feminina,srsr beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Luma...

    dei muita risada aqui.
    Como somos diferentes....

    E como somos precipitados e distraidos.

    Criamos fantasmas para atasanar a nossa paz.
    Tem horas que eu queria pensar como homem,viu...rs

    Com certeza eu ia sofrer muito menos!

    querida boa semana pra você

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Luma,

    Ahahaha, eu já conhecia esta e pior, me vejo aí. Por vezes acontece situações que eu fico lá, no fantástico mundo da Lua, imaginando, juntando fatos...nunca é nada daquilo. Claro que quando tenho coragem de contar pro marido ele dá muita risada da minha cara e me diz que devia escrever novela mexicana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. KKKKKKKKK Sensacional Luma! é exatamente assim que funciona...só dá misturar quando derretidos, de paixão, por exemplo....rsrs beijos, adorei!

    ResponderEliminar
  6. Gostei, Luma. E... quer saber? É anedota, talvez... mas muitas vezes acontece. :) Boa semana!

    ResponderEliminar
  7. Luma, pior que é isso mesmo. vc contou com tanta graça, reescrevendo esse mail, mas qtas vezes a história não é essa... a mulher com a cabeça no romance, mil fantasias, situações e medos teatralizados...
    e o homem com a cabeça na outra cabeça, nas bolas (de futebol tb) e só.

    infelizmente...

    boa semana!

    ResponderEliminar
  8. hahahahahaha
    Luma querida, amei este post!!!
    Eu viajo demais na maionese, e tenho muitas amigas que são assim!!!
    Depois que aprendi a ver as coisas de forma um pouco mais simples, e tentando manter sempre o bom humor, fiquei mais leve e feliz!!!
    Mas não tem jeito, né? Vez ou outra, a gente exagera!
    Beijossssssssssss e uma linda semana pra ti
    Vero

    ResponderEliminar
  9. Faz parte de uma vida que a gente só aprende a viver depois de muitos anos de tristeza ( sem fundamento? ) e decepções ( porque esperamos muito do outro? ) enfim... é a vida!
    beijos ;)

    ResponderEliminar
  10. Aí nós as mulheres, sempre a pensar
    na ternura, na sensibilidade, na
    entrega....e das atenções todas
    concentradas e à tanto mundo à volta...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Muito interessante este texto que você reescreveu. Pelo menos tivemos um post bem humorado.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Muito boa a estoria e muito verdadeira tambem. Bj

    ResponderEliminar
  13. Tô rindo muito e concordando 100%! hahahahhahahahha... adorei, gostei muito! Vou compartilhar! rsrs...

    Bjos enormes, e uma semana maravilhosa pra vc querida!!!!

    ResponderEliminar
  14. Achei que era "conto", isso nao iria acontecer entre voce e o Julio. Sai para la coisa ruim essa falta de dialogo!!!
    Beijos da Cam

    ResponderEliminar
  15. Tiveeeeee que te reencaminhar!!!
    Adorei! As imagens em perfeita sintonia com o texto!

    Beijos saltitantes
    Boa semana

    ResponderEliminar
  16. Luma
    você me prendeu. Li até descobrir o que tinha acontecido.
    Ainda bem que era futebol.
    com carinho Monica

    ResponderEliminar
  17. Ah, eu tenho uma certa tendência para o dramalhão, a culpabilidade e essas coisas afins que nada acrescentam de bom. A frase foi "pras meninas" mas me caiu como uma liva: tenho de aprender a sentir quando se precisa sentir, e assim vai.

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  18. Nossa!!! Precisa ler isso justamente hoje. Acho que tô pensando demais onde os sentimentos por si só respondem. Fato!

    BeijoZzz

    ResponderEliminar
  19. Adoro esse texto e a maneira como somos influenciáveis pelas emoções.
    Mulher, um bicho mágico..

    ResponderEliminar
  20. Luma... existem sim, coisas muito, muito piores que o início de uma semana. A historinha contada aqui traz luz [embora conhecesse outras versões] a situações muito particulares minhas. Tantas e tantas vezes sabemos muito bem aquilo que nos incomoda, mas nos limitamos a aceitar os benefícios que aquilo nos traz, a satisfação vinda de coração para coração. Mas é muito complicado fazer planos quando nos lembramos que somos humanos e estamos sujeitos a tantas influências cotidianas. Que saibamos respeitas as diferenças dentro do relacionamento e mais ainda, respeitar o outro ser a quem dedicamos nosso amor. Boa semana para você.

    P.s.: falo sempre pra meus alunos evitarem começar períodos usando conjunções adversativas, mas insisto em usá-las... nada mais meu que a contradição no falar e agir.

    ResponderEliminar
  21. Tava inspirada, hein?! Kkk! Essa foi ótima! Tudo a ver... E não vou falar mais nada que é pra não dedurar ninguém, rs!

    A frase do Collins é ótimo conselho, gostei muuuuuito!

    Valeu por compartilhar o bom humor!

    Bom semana, Luma!

    Michelle

    ResponderEliminar
  22. hahah Adorei, Luma!

    Beijao

    Roy

    ResponderEliminar
  23. Hahaha, qdo comecei a ler pensei: ih, vem bomba...rsrs
    Confirmando o que escreveu,rsrs, nos mulheres temos uma imaginação BEM fértil, as vezes um tantinho neurótica e como pensamos diferente dos homens,rsrs
    Adorei! uma lição divertida.
    Bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  24. Comentar eu comentei, mas não ficou:(

    Fantasmas onde eles não existem...e ainda bem que há essas diferenças:)

    Gostei imenso e as fotos estão fabulosas.

    ResponderEliminar
  25. Oi Luma,

    Li, gostei, retweetei!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  26. É assim mesmo que funciona com as mulheres, sempre alarmadas, rs. Gostei!

    ResponderEliminar
  27. sim...somos diferentes....e isso nao chega a ser um quê?...

    O problema é quando essas diferencas sao bem gritantes...e, perhaåps, irreconciliáveis....

    ResponderEliminar
  28. Olá amiga Luma, concordo com o texto as diferenças existem.
    Beijo.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor