Das coisas que guardo e esqueço de dizer


Dias árduos aqueles que nos despedimos. Os dias seguem e como toda gente sabe, o estado de melancolia é o mais produtivo. Veremos com o passar dos dias, se ele é mesmo aquele que reflete o estado da nossa alma.

"É mau embarcar sem acenar a alguém" Nuno Bragança escreveu no conto "Despedida" e provou simplesmente que nem sempre dizemos o que sentimos. Ou melhor, nem sempre conseguimos expressar com palavras aquilo que sentimos. Eu despedi sem palavras; o vento também não me disse nada. Engoli as palavras porque achei que elas se perderiam.

Sussurra-me alguém do lado, aquelas virtudes da memória, seus esquecimentos e tudo que deixamos para viver depois. Não dá pra viver o hoje amanhã, assim como não podemos voltar ao passado e viver duplamente.

Os dias apenas passarão, minuto a minuto. Horas que se intrometem nas decisões e batalhas do doce fare niente. Mesmo nessas horas caminharei atenta ao passo, um após o outro, consciente. Não se caminha sem querer chegar a canto algum - Se você caminha sem chegar a canto algum, por certo já atingiu o seu destino. Ah! Ou então, caminharei por caminhar e quem sabe, viver um bocadito à grande e à francesa?

34 comentários :

  1. atingir o destino é um péssimo significado - provavelmente é a pior coisa que pode acontecer a alguém.

    ResponderEliminar
  2. Viver cada minuto no seu tempo, nem antes, nem depois,né?

    Um lindo fds pra ti, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. o texto é lindo... cada frase, bem delineada e escrita, encanta.

    sabe... só acredito que todo ser humano sempre faz o que julga ser melhor. se anda por caminhos tortos, julga que é o melhor caminho a escolher... se erra, estava tentando acertar. e toda hora é hora, o tempo que foi, foi, o que virá, virá.

    pode parecer filosofia de orkut com gif, mas é como sinto o assunto... enfim, vivamos bem a vida, com nossos momentos à francesa tb, pq não?

    bom dia!

    ResponderEliminar
  4. Oi, Luma!

    Despedidas deixam sempre uma sensação de perda, de vazio...
    De fato, não dizemos o que sentimos, e às vezes não dizemos nada, o que é pior, pois, esse silêncio nos persegue infinitamente.
    Por isso a importância de se dizer agora, no presente, quando o instante se nos apresenta propício, tudo que podemos...

    Um grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderEliminar
  5. Penso que nunca chegamos ao destino,acho que o ser humano é mercadoria sem rumo ,mas é bom andarmos sempre ocupados.
    Adorei o teu espaço e venho agradecer a visita ao meu humilde cantinho,Beijinhos bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Um passo após o outro... Como eu.
    BJs.

    ResponderEliminar
  7. Texto excelente!
    Nem sempre dizemos o que sentimos...nem sempre há palavras para dizer...às vezes um sorriso, um toque representam muitas palavras...considero que de alguma forma algo deve ser expresso...para que não fique a pesar na nossa memória!
    Divaguei!!!
    Beijos,
    Manú

    ResponderEliminar
  8. Deste excelente texto retive que estar consciente, no sentido de não permitir ser pré-programado, impedindo a alienação, é o mais precioso dos bens, aquele que permite que vivamos em pleno cada minuto, com a intensidade máxima que cada um de nós é capaz.
    Luto, é uma luta constante, não sei se bem sucedida, mas sempre tentada, insistida, por estar consciente, repelindo a formatação prévia.
    Confessei!
    Beijo,
    Nina

    ResponderEliminar
  9. Luma, vim te agradecer pelo carinho de seu comentário e te dizer como é belo este post.
    Viver é uma arte e que cada passo que damos do nosso destino descobrimos que só cabe a nós a responsabilidade de ser feliz!

    super beijo

    ResponderEliminar
  10. Luma querida, que post mais bonito, que belas palavras!!!
    Fiquei aqui pensando nas palavras que não disse, e nas que não deveria ter dito...
    Adoro o modo como escreves e como mostra seus sentimentos.
    Beijossss e um final de semana maravilhoso pra ti
    Vero

    ResponderEliminar
  11. Todas estradas levam a algum lugar. O que vamos encontrar no fim da estrada, esse é outro problema. De qualquer forma, o caminho de ida é o mesmo da volta. As mesmas pedras, os mesmos buracos, a mesma lama...

    Abraços do Paulo Coelho, músico e escritor.

    ResponderEliminar
  12. a verdade é q não podemos deixar nada pra amanhã, q pode não chegar.

    Um ótimo fim de semana para você!!!

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderEliminar
  13. tem horas que eu me pergunto: pra que lado estou indo?

    não há respostas e continuo tomando informações - rs

    bj

    ResponderEliminar
  14. Luma querida,
    que excelente lembrança a sua, no post anterior escrever sobre Exupéry, de quem no ano passado se comemorou o centenário.
    Você escreveu tão bem sobre ele.
    É sempre bom se manter em perspectiva e lembrar que o escritor também produziu um substancial pensamento filosófico, sendo por alguns considerado um seguidor de Nietzsche, no que diz respeito entre outros temas pelo "amor fati".
    ----
    Neste texto, agora, noto também um tema existencialista, os limites do pensamento e sua expressão.
    A intenção e a vontade. O desejo e a finitude...
    Que maravilha, Luma querida
    Um beijo
    Meg

    Meg

    ResponderEliminar
  15. Escrevi, escrevi e apaguei tudo...rs, desculpe querida, tantos pensamentos vieram com esse seu otimo post, que as palavras nao conseguiram acompanhar.
    Me resta apenas dizer: Parabens!!!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  16. Lindo texto, nos leva a uma grande reflexão de vida. Umbeijo e um lindo fim de semana

    ResponderEliminar
  17. Despedir, pois não há como se seguir em frente sem fechar ciclos.
    A dorei a frase "é mau embarcar sem acenar a alguém.Não conheço o conto vou pesquisá-lo. Entre perdas e ganhos seguimos em direção aos nossos desejos mais profundos.
    bjs

    ResponderEliminar
  18. Esta é para guardar e não esquecer:
    Convidadíssima para participar de uma celebração lá na Jubiart...

    Luma, gosto quando vc aparece de uma forma sensível através de seus excelentes textos!

    Um fim de semana sem monotonia...

    Beijosssssssss

    ResponderEliminar
  19. Luma
    A gente tem caminhos a escolher. E temos que oferecer uma vida agradavel para podermos caminhar bem.
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  20. Luma, a gente tem que viver um dia de cada vez. Despedidas não são fáceis. Desprender-se das pessoas, das coisas, de algo que gostamos.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  21. A vida é uma caminhada até o final. E adoro essa idéia. O destino? Desconhecido ate hoje. Despedidas muitas vezes sao duras, outras até necessarias. E tudo isso me lembra aquela musica daquela "grande estação que é a vida". Uns chegam, uns partem. Bonito ne? Lindo é tambem seu jeito de escrever, mesmo que seja alguma coisa que deixou voce meio sem jeito. Beijos querida, voce é o maximo!
    Cam

    ResponderEliminar
  22. "Nem sempre dizemos o que sentimos, nem sempre conseguimos expressar em palavras aquilo que sentimos".
    Esta é uma grande verdade, Luma. Eu nunca vou conseguir expressar o que sinto sempre que te leio. Tu és o máximo!!!
    Bjim, cosquirídia.

    ResponderEliminar
  23. e qdo não há tempo para a despedida?
    e qdo não há tempo para dizer o que se sente?
    as vezes somos 'embarcados'...
    bj Luma

    ResponderEliminar
  24. Olá!!!
    Realmente, para a profissão que escolhi é preciso ter juízo haha
    Estou criando aos poucos... rs
    Gostei muito do seu blog, da forma como se expressa! E essa foto? Adorei ^^
    Beijos =*

    ResponderEliminar
  25. Luma ... não gosto muito de despedidas ... tanto que quando me aposentei e sai da empresa nem olhei para trás rssss ... mas seria muito pior se não tivesse ninguém para acenar ... é acho que seria sim.
    Sabe aquela moldura, ma verdade pedi para um marceneiro me fazer um quadro para colocar pregos em volta e usar como uma espécie de tear, porém ficou muito grande, então guardei para futuros projetos ... daí ganhei aquele tecido para fazer um vestido, mas meu "corpinho" não permite estampas muito grandes rsssss, então resolvi juntar o util ao agradável e deu no deu !!! Obrigada pelo carinho e sucesso sempre!!!
    Silvana

    ResponderEliminar
  26. Diz um ditado: "Nenhum vento é à favor de quem não sabe para onde vai", é + ou - assim kkk... E eu concordo. Não gosto de viver desnorteada. Mas estar só em uma empreitada, uma viagem, um sonho, é quase como se ele não existisse, pois "não nascemos para sermos felizes sozinhos", já me disse alguém rs...
    Paz e bênçãos, querida Luma!

    ResponderEliminar
  27. Também sou avesso a despedidas. Talvez porque sempre espero rever aquela pessoa que cruzou meu caminho um dia. De uma forma ou de outra, carrego a lembrança dela para sempre e procuro imaginar que, na próxima curva do caminho, ela pode aparecer...

    ResponderEliminar
  28. Viver é assim, saboreando cada minuto e nao se preocupando com o escorrer das areias na ampulheta da vida. Mas quem consegue plenamente? Um beijo!

    ResponderEliminar
  29. ola Pessoa Maravilhosa...
    Venho com muito carinho lhe visitar e dizer que és um ser muito especial para mim. Nossa amizade virtual nos enche o coração de carinho. Sabemos que o tempo muitas vezes é muito curto e não conseguimos vir todos os dias. Principalemente quando ainda se trabalha. Os compromissos são muitos. Por isso estou vindo nos finais de semana retribuir os carinhos e a visitas. Sei que a nossa amizade começou a muito tempo e perdurará por muito mais tempo ainda. Só tenho agradecer esse afeto e ternura. Muito obrigada pela companhia.
    AMIGOS SÃO TESEOUROS, GUARDADOS NO CORAÇÃO..

    Nossa Amizade Já dizia o poeta: "A Amizade é o perfume da vida".
    Realmente, a amizade é o perfume da vida pois é ela que faz soprar sobre nós o aroma do Companheirismo e do Amor.
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderEliminar
  30. Oi Luma!

    Deveria haver sempre uma nova chegada para cada despedida. Sempre.

    Muito bonito e sensível esse texto, gostei mesmo.

    beijo grande querida, boa semana!

    ResponderEliminar
  31. Realmente Luma, nem conseguimos expressar em palavras ou com elas aquilo que vai dentro do mais profundo de nós mesmo.
    Sua sensibilidade está bem aflorada nesse texto sempre mais que perfeito.
    Obrigada pelo carinho de sempre minha querida e sempre amiga!
    Ro!

    ResponderEliminar
  32. despedida é sempre triste, mesmo qdo sabemos q vai ser bom pra uma das partes, ou até memos as duas, mas é complicado...pq vem logo o sentimento de saudade....

    Uma ótima semana para você!!!

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderEliminar
  33. Tem selinho pra vc no blog, vá buscar qdo der, bjs.
    http://minha-alana.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  34. Engraçado Luma, ao ler esse texto teu, me lembrei do meu livro e de algumas reflexões que fiz enquanto o escrevia...mesmo em idades diferentes nós, mulheres, acabamos sendo unas em nossos pensamentos e modos de ser....beijos,

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor