Só é gordo quem quer?



Nos anos 80, o médico brasileiro João Uchôa Jr., publicou o livro de título homônimo ao deste post, em que ele afirmava categoricamente que "Só é gordo quem quer", como também afirmava que mesmo comendo de tudo, era possível perder cerca de 1 quilo por semana. Os gordos não concordam com essa afirmativa (veja depoimento que incentivou a elaboração deste post) e nem mesmo os médicos.

O médico João Uchôa Jr. ao colocar esse título no livro, ajudou a embutir um pensamento errôneo sobre a obesidade, que é considerada mundialmente uma epidemia global pela Organização Mundial da Saúde, uma das maiores causas de mortalidade e por ser uma doença crônica, acarreta o aparecimento de muitas outras doenças secundárias.

O livro recebeu censura pública, reprovação do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro em 1986 e nutricionistas sérios, não utilizam a dieta apresentada - O método sem comprovação científica, divide os alimentos em quatro categorias e sugere uma mistura de ingredientes destas categorias para perder peso - resultando em refeições não balanceadas.

Só é gordo quem quer? Pois o médico 'anestesista', autor do livro, era magrinho na ocasião da sua publicação, hoje apresenta uma massa corpórea bastante roliça.
Quem acha que obesidade é somente descuido com a aparência, desleixo, indolência no modo de se alimentar e preguiça para fazer exercícios, saiba que muitas pessoas, mesmo tendo uma alimentação balanceada, comendo minimamente e fazendo exercícios, não conseguem emagrecer. Este tipo de obesidade está associado a fatores genéticos, como: Síndrome de Lawrence-Moon-Biedl, Doenças Cromossômicas (Prader-Willi), ligadas ao cromossomo X e Autossômica Recessiva.

Você precisa saber mais a respeito do seu próprio corpo para viver de forma mais saudável possível.

A obesidade tem "Tratamento" - dieta sozinha não resolve! Existem vários fatores envolvidos no processo de emagrecimento. Ir contra a sua própria natureza pode prejudicar a sua saúde de modo irreversível.

Além disso, você precisa estar em harmonia com seu corpo e manter-se ativo psiquicamente, o que faz toda a diferença. Melhore a sua saúde mental!

Descubra o prazer de viver e organizar seu dia, incluindo vida ao ar livre com atividades que desgaste o acúmulo de calorias que você adquiriu em frente do computador, TV, lendo... procure formas de lazer em que não somente a cabeça trabalhe, trabalhe seu corpo!
Lembre-se que é ativando a circulação do sangue que o oxigênio é levado para as células e que o nosso cérebro é o maior consumidor de oxigênio em nosso organismo. Alimente-o para não ficar esquecida(o), com pensamentos preguiçosos, emburrecida(o)... rs. oooops! Aborrecida(o), quis dizer.

Saúde é coisa séria! Não faça dieta por conta própria. Se o nosso cotidiano representa grande potência para o adoecimento; mude algo em seu dia, nem que seja fazer um caminho diferente para casa ou trabalho. Use menos meios de locomoção motorizados, o meio ambiente agradece e a sua saúde também.

Não espere seu corpo ficar debilitado.
Não seja uma marionete do sistema.
  • Ganhar peso é bom para a agropecuária.
  • Ganhar peso é bom para a atividade industrial.
  • Ganhar peso é bom para a publicidade e os meio de comunicação.
  • Leia mais...
Cuidado com alimentos "magros", principalmente refrigerantes, eles afetam o seu peso.

Não inicie dietas sem aconselhamento médico e não faça exercícios sem acompanhamento!

A dieta ideal existe, porém varia de pessoa para pessoa.

Não queira ser magro, queira ser saudável!

44 comentários :

  1. Excelente texto,Luma!
    Desejo que seus dias,sejam iluminados pela essência Divina,com Boas Energias Sempre!
    Abraços
    Mari
    Ps: gostaria de saber se posso levar para o meu blog,alguns selinhos informativos?

    ResponderEliminar
  2. Olha... agora entendo porque tem gente que fala com pseudo-propriedade esta frase...

    Muito bom o seu texto, Luma, como sempre, lógico!

    =)

    ResponderEliminar
  3. Adorei o texto, a postagem, o Blog :) parabéns.
    Cheguei aqui indicada pela Elaine e já vou te seguir, gostei do seu canto.
    Essa coisa de dietas pode causar muitos problemas, mas isso as pessoas já sabem. O importante mesmo é a saúde em primeiro lugar. Eu mesma já fiz dietas malucas e por causa de 2 ou 3 kg, mas isso foi antes. Hoje eu sou mais consciente hehehehe.
    Beijos meus.
    Angel.

    ResponderEliminar
  4. A obesidade tem crescido e muito, infelizmente. E muitas vezes, ou na maioria delas, essa obesidade passa por alto e deixamos pra lá. Por isso é sempre bom estarmos de olho na balança, mas principalmente na nossa saúde.

    Beijos Lu...

    ótima semana pra vc

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem q nao fa de dieta. Mas ie importante se cuidar sempre!!! Bjs e fik com Deus.

    ResponderEliminar
  6. Luma eu ia escrever sobre isso, mas como você escreveu deixo um depoimento aqui.

    Acho o maior absurdo a cultura da magreza por vários motivos. Um deles é o de que as meninas acham que com por serem gordas não conseguirão namorado e é aí mesmo que não conseguem.

    Claro que tanto a obesidade mórbida quanto deve ser tratada mas vou dar um exemplo do meu caso:

    Sempre fui gordinha e estou sempre me controlando para não engordar mais. como o que eu gosto e tenho uma dieta saudável.

    Nunca tive problemas relacionados aos quilos a mais e nem complexo, tanto que eu mesmo faço graça de mim mesma com os colegas e a família.

    Na adolescência namorei bastante e todos os que namorei gostavam de mulher gordinha. Detalhe: Eu só namorava homens magros, não me atraia pelos gordos. Tudo é questão de atração.

    Em todos os exames de rotina meu coração, sangue e urina estão em ótimo funcionamento. Os médicos dizem que minha gordura é constitucional. Minha estrutura óssea é grande e eu tenho um peso proporcional a essa estrutura.

    Marido sempre fala que adora me ver assim, gordinha e saudável.

    Quero dizer que o emagrecimento só se justifica quando o que está em jogo é a saúde. No mais, gosto de ser gorda. Detesto dieta e desde que ganhei minha filha, há 24 anos, estou com o mesmo peso e feliz com o meu corpo.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  7. Só sendo gordo pr saber como é.

    ResponderEliminar
  8. OLá Feliz 2011

    Luma minha amiga sta coletiva Retrô preparei antes de viajar e entend ser um post de cada mês.

    Falastes aqui que é gordo quem quer e é vero. Estou de boca fechada até chegar a 65kg e que Deus me ajude.

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Luminha!
    Eu até comprei o livro deste médico há tempos atrás e digo mesmo, não é verdade esse papo de que só é gordo quem quer, pois eu não me alimento mal, não como pratão e nem repito, a única coisa errada é que adoro doces e não sei passar sem eles, mas deveria ser como meu marido que é magro e come pouco, no entanto, aqui só eu engordo. E a minha maior raiva ainda é que não como pão francês e nem manteiga, assim como não tomo cerveja. Pode uma coisa dessas?!
    beijos cariocas

    ResponderEliminar
  10. Ótimo post, querida! Vou lincá-lo no Vida, pois é uma informação e um alerta bem importante: pq está gordo? Não é simplesmente sair fazendo dieta, não é?

    beijos e um ótimo dia!

    ResponderEliminar
  11. ah! Posso roubar o selinho que vc fez da Dieta Coletiva? :D

    ResponderEliminar
  12. Luma

    Excelente divulgação. Por experiência própria, é muito difícil perder peso. Muito.

    ResponderEliminar
  13. Perfeito Luma! Gente que fala essa frase não sabe o que é ser/ter sido gordinho. Duvido que o nosso grande e renomado médico "anestesista" repita essa frase agora.

    ResponderEliminar
  14. Luma, esse post foi pra mim. Valeu!! Precisava ler isso rs... Obrigada!
    Beijo na alma!

    ResponderEliminar
  15. Luma,

    Essa qustão de perder/ganhar peso é complicada, pois nos dois sentidos pode ser um caminho árduo. Há anos tento passar dos 65 quilos, e nada. Há anos uma amiga tenta ficar abaixo dos 90, também sem sucesso. , o pior de tudo, creio que dificilmente ficaremos satisfeitos com nosso corpo.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  16. SÓ SABE A DIFICULDADE QUE É EMAGRECER QUEM REALMENTE É GORDO!!!
    VC TER QUE PERDER 1 OU 2 KILOS É UMA COISA, VC TER QUE PERDER 20 OU 30 É OOOOOOOOOOOOUTRA COISA!
    ADOREI O TEXTO MUITO BOM!

    ResponderEliminar
  17. Menina, amei o texto! É com um incentivo assim que a gente pode sentar e procurar o pq das gordurinhas extras e,... depois partir para a ação, qdo necessária!

    ResponderEliminar
  18. Oi Moça!

    Muito bom teu post e só que é gordo que sabe bem que não é bem assim... eu já fui muito gordo, muito magro, gordo, magro e agora to bem debatendo.

    O importante é aceitar um estilo de vida saudável e incorporar bons hábitos...

    Grande abraço,

    Leonardo.

    ResponderEliminar
  19. Esse texto me provocou uma lipo-inspiração, bjs Luma

    "Deus deu aos pássaros
    o dom de voar,
    e concedeu aos poetas
    o direito de sonhar."

    © Valter Montani

    Eu sonho com um mundo melhor, mais humano com justiça e respeito entre os homens. O que é preciso para isso? cada um fazer a sua parte, procurarei fazer a minha. Feliz 2011!

    ResponderEliminar
  20. Bom dia Luma, tudo bem?

    Então, também discordo que só seja gordo quem quer. Vejo muitas pessoas ao meu redor que "se matam" para emagrecer e não conseguem. Mas o que considero o maior empecilho é que não se preocupam em mudar os habitos alimentares e exercícios para serem mais saudáveis e sim puro e simplismente para emagrecer. Com isso, após perder os tais quilinhos, depois de algum tempo volta ao mesmo peso.
    Entre os 15 e os 26 anos eu tive o mesmo peso (52kg). De dois anos para cá engordei um pouco,parte disso devido aos corticoides que faço uso diariamente para controle da dor (artrite). Estes remédios acarretaram em problemas no fígado e o que já era comum para mim (ter uma alimentação equilibrada) tornou-se obrigação. Mais do que nunca preciso evitar doces, frituras, enlatados, molhos, etc.
    Assim como a Beth, nao como muito, nao tomo cerveja, frituras, salgadinhos, doces...mas ainda assim engordo.
    Agora como fico em um escritório por quase10 horas (sentada), a situação piorou, pois nao queimo calorias... Acho que o que me falta é fazer mais exercícios físicos.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  21. Oi Luma, excelente texto, ótimas dicas e nada, nada mesmo de acreditar em dietas milagrosas!!!!
    Um ótimo 2011 p/ vc.
    bjs,

    ResponderEliminar
  22. Luma, dese assunto posso falar "de cadeira" pois há anos luto com um pesinho a mais e nada consigo.
    Isso porque não modifico nada, também.
    Então,nesse sentido "só é gordo que quer", sim.
    Tenho o livro e ele me ajudou um pouco, na época em que o comprei.
    Não falo da obesidades, pois esta é uma doença, falo de quem fica até uns 10, 15 kg acima do peso, puramente por maus hábitos.
    Dieta quem faz é quem tem problema de saúde, que é proibido de comer isso ou aquilo.
    Pessoas saudáveis, que comem sem medida e não têm problema de saúde, deveriam cortar essa palavra do dicionário e pensar, realmente, na reeducação alimentar.
    Educar-nos para comer é o melhor caminho.
    Comer com a vontade, não com os olhos ou com o pensamento. (tem gente que pensa em comida o tempo todo e ISSO TAMBÉM ENGORDA, sabia?
    Seu texto é primoroso, como sempre.
    Bj

    ResponderEliminar
  23. Esses livros vendem pelo titulo. Por que é justamente ao conrario, ninguem quer ser gordo. Ai vende pela frase.
    Maldade.
    Beijos,
    Cam

    ResponderEliminar
  24. Luma

    Sempre fui magérrima e de 5 anos para cá ando ganhando muito peso, 20 para ser mais exata.
    Tudo bem que os médicos que me tratam acham mil desculpas e eu também: medicamentos, idade, falta de exercícios ( sou proibida por problemas de saúde), mas minha alimentação nunca foi exagerada, não tomo refrigerantes, bebidas alcóolicas, chocolates ou grande volume de massas.
    Em compensação a minha ansiedade por ter que parar de trabalhar de uma hora para outra mudou meu metabolismo de uma maneira incrível e não consigo ser mais disciplinada.
    Seu post está espetacular. Adorei e acho que vou criar vergonha na cara e procurar um médico ou nutricionista.
    Obrigada.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  25. Olha menina depois desse post, fiquei sua fã n. 1!!!
    Tá certinha... fazer dieta por conta não esta com nada... tem que procurar ajuda profissional... e um profissional descente né, porque ficar se entupindo de remédio também não é boa opção!
    Valeu viu?!!
    Beiju
    daniela

    ResponderEliminar
  26. Oi Luma,
    Olha eu acho importantissimo esse assunto e sempre que vejo algo a respeito leio com muito cuidado e atencao. Voce colocou muito bem e importante que muitos saibam que nem todas as pessoas que sao gordas o sao porque comem alem do necessario....existem N fatores para justificar o " ser gordo" . Eu tenho alguns quilos a mais, mas nao chego a ser gorda a ponto de ser considerada gorda, rsrsrs..acho que da pra entender ne? No meu caso, era por causa da forma como estava me alimentando, pois trabalho o dia todo e ficava com preguica de parar pra comer ja que queria ter meu trabalho acabado o mais rapido possivel, ai quando eu chegava em casa comia tudo o que nao comi durante o dia...ai ja viu ne? comecou acumular gordurinhas por tudo que era lado. Mas ai, meu filho quando voltou da missao foi fazer um curso de personal trainer e ai comecou a me ajudar (melhor dizendo, me obrigou a melhorar meu ritmo) e agora estou comendo nas horas certas e o alimento certo. Ja estou voltando ao corpo normal e estou feliz por isso. Entao no meu caso era ma alimentacao e mal feita. Dou essa dica as suas amigas leitoras porque pra quem tem o mesmo problema que eu tinha acho que pode ajudar. No mais 'e como voce diz no texto, cada caso e um caso e deve ser tratado como tal.
    Parabens mais uma vez por nos proporcionar textos que realmente fazem a diferenca em nossas vidas.
    Bjs carinhosos e desculpa o comentario longo.
    Marcia

    ResponderEliminar
  27. Pura verdade. Sou obeso e, pelo que como, deveria ser anoréxico (rs).

    Mas, esse preconceito está arraigado até na mente de médicos. Sempre que vou a um médico novo, depois de realizar exames, sou brindado com o famoso cumprimento: "Quando te vi, pensei que você era diabético e tinha um monte de problemas; mas seus exames estão ok".

    Muito mais espantados ficam quando revelo meu regime alimentar (só almoço e tomo um café à tarde quase todo dia).

    Só depois de muito peregrinar é que um bom médico me disse que era essa a causa da obesidade. Ao me alimentar muito pouco e ficar grandes períodos sem comer; havia desenvolvido o que eles chamam de síndrome metabólica. Agora, quando como um caroço de arroz, meu corpo encara como se eu tivesse comido um quilo. Gasta quase nada e armazena o máximo possível.

    Haja trabalho para reverter essa "coisa" que levei quase 40 anos produzindo...

    ResponderEliminar
  28. Um postagem muito boa para chamar atenção para um problema de saúde, creio eu, muito difícil de resolver.
    Beijos

    ResponderEliminar
  29. Luma

    Deixei uma resposta pra vc no blogue do Antonio Rosa.

    ResponderEliminar
  30. OLA, VIM PARAR (E FICAR) AQUI POR CONTA DA ELIANE GASPARETO!
    Gostei de verdade!
    Quanto a ser ou nao ser gordo e' mesmo complicado! A luta e' por sentir-se (e ser) saudavel. Tenho uma amiga aqui na Tailandia que emagreceu COM GINASTICA MAIS DE VINTE QUILOS! Mas agora ta meio "pirada" achando-se gorda... ainda... fico preocupada com ela...
    muitas vezes a mente nao acompanha o corpo... minha irma e' o contrario: compra roupa pequena, e perde (pois nao vai na loja trocar), etc! porque se "ve magra"! rsrsrrs! ou pelo menos "nao tao gorda"!
    Publiquei la no Blog um POST sobre o tema em: "ESPELHO, ESPELHO MEU! CRUEL O SEU!" - se tiver um tempinho extra, te convido para dar uma lida.
    Muito prazer! Bjka!

    ResponderEliminar
  31. Lembro do sucesso que fez este livro, assim como da ânsia dos que, apesar de seguirem os conselhos do Uchôa, não conseguiam emagrecer. Não era o meu caso, pois pesava 68 kilos, mas alguns amigos estavam fora do peso ideal.

    Costumo ouvir e ler sobre dietas milagrosas depois do Natal e fico assustado. Repito sempre: Não se engorda entre o Natal e o Revéillon, mas entre o Revéillon e o Natal. :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  32. Olá minha Querida LUMA,

    Passar por aqui é muito bom, é gratificante!!!
    A gente sempre sai enriquecida de alguma forma...
    Sou mignon e mais para gordinha, apesar de alimentar muito pouco, passei a aceitar que o melhor é estar bem e com saúde...
    Mochilei bastante, e agora depois de 56 anos residindo aqui em Gov. Valadares, agora em fevereiro, estou de mudança para a sossegada ARAXÁ-MG (não posso abandonar as Minas Gerais)...
    Estou "curtindo" bastante e essa trabalhando muito bem essa decisão...
    Devagar vou compartilhando com os amigos o desfecho da história...
    Amo receber seus comentários!!!
    Beijo carinhoso,
    Regina Coeli

    ResponderEliminar
  33. Luma, cá estou e acredite, retornando de um tempo recluso no próprio ser e ainda magro, mas engordando, será que é pq eu quero? Aposto que sim, como pra caramba. Rssss

    ResponderEliminar
  34. Olá...

    creio que a dificuldade maior dos cheinhos seja a coragem em ter que enfrentar mudanças (radicais) de hábitos... é tarefa complicaaaada!

    Um belo estímulo foi uma vez um cara que eu tava paquerando só por telefone, chegar na minha frente e dizer "nossa, como vc é gordinha". Depois dali... dei adeus ao sedentarismo.

    Às vezes é preciso sim alguém chegar na lata com um "chega pra lá".

    ResponderEliminar
  35. Como diria Fritz Utzeri, jornalista do extinto Pasquim 21, a quantos enterros de amigos gordos voce foi? rsrs

    bjx

    RF

    ResponderEliminar
  36. Na época comprei o livro e fiz a dieta, porém vi o lado positivo. Comia-se muitoooooooo não tinha limite de qtde. Ele dizia que não adiantava se violentat pra emagrecer. Podia-se comer em festas e no dia seguinte fazia o D. fininha que eram alimentos que continham sal.Emagreci uns 6k e mudei meus hábitos. Sempre fui comilona. Não gosto de comer no píres rs...Me dá uma anssiedade louca. No futuro fica aquela de proteínas e mantive o peso por 6 anos mesmo sem continuar com ela.Acho que se emgrece na mente primeiro " Você tem fome de quê?". Do ano passado pra cá depois de qse 6 anos com o msm peso voltei a engordar. Faço caminhadas e parei de jantar. Vamos ver. Vou a médica e ver o que faremos . É sempre melçhor com orientação. O que é bom pra um, não é pro outro né?! Saúde é tudo!Adorei seu post. Montão de bjs e abraços
    Elaine Barnes

    ResponderEliminar
  37. Senão me engano, problema com a tiródia é um indicativo de obesidade...

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  38. O Universo tem suas próprias Leis e nos somos parte deste Universo, mesmo tirado da mesma essência não somos iguais somos semelhantes cada um com suas individualidades, cada um é uno, portanto o que é bom pra um pode não ser bom pra outro. Pensemos primeiro na saúde depois na balança, pode um ser esta todo detonado com 60k e outro com 100k esta em grande forma física, então que aja primeiro o Equilíbrio.

    ResponderEliminar
  39. Pode até não ser recomendável. Mas na época eu fiz o regime proposto e perdi mais de vinte quilos em quatro meses. Advirto entretanto que passei a caminhar mais de uma hora todos os dias e era absolutamente sedentário antes disso.

    ResponderEliminar
  40. Já fiz essa dieta várias vezes e realmente perco peso. Claro que a idéia não é fazer dieta. É mudar seus hábitos alimentares. É comer a coisa certa combinando com outros alimentos que não se "ajudam" a se transformar em gordura. As pessoas são diferentes, mas é humanamente impossível perder peso comendo a quantidade que se pode comer quando se combina a classe dos alimentos corretamente. Um exemplo é legumes com peito de frango. Hoje vejo várias modelos dizendo que comem batata doce com frango. Eles simplesmente não se combinam. Então é possível emagrecer e comer bem. Pessoas que aqui estão falando que não conseguem ficar magras, na sua maioria, inserem refrigerantes, doces, farinhas, etc com outros alimentos que a esses se juntam e formam caloria.Muita caloria.

    ResponderEliminar
  41. Só é gordo quem quer sim!

    ResponderEliminar
  42. Alguém sabe explicar a partir de quanto é que se torna sal alto? E doce alto?
    Acho que essa questão não está bem explicada no livro.

    ResponderEliminar
  43. Já fiz há tempos atrás e realmente funciona. Ele orienta a ingerir água, chás, exercícios físicos... isso todas as dietas orientam. O intervalo é de 5 horas, mas pode ingerir lanches como mamão, morango, melancia, queijo magro, iogurte desnatado... então a gente não sente fome e pode combinar alimentos que quiser comer através do método proposto e não fica preso a quantidade o que deixa a pessoa meio neurótica (dois disso, meio daquilo, etc.). E hoje com os conhecimentos que temos podemos adaptar muitas coisas como por exemplo, tirar o glúten das receitas, a lactose, usar açúcar e farinha de coco que têm baixo índice glicêmico e assim por diante. Este procedimento pode potencializar o método do Dr. Uchôa.
    Em tudo cabe o equilíbrio. Não faça as batatas fritas, mas asse e por aí vai, sempre adaptando para o melhor!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor