Fristão, Fristão!

Fristão (Fristón) é um personagem de 'Dom Quixote de la Mancha' (Miguel de Cervantes) acusado por Quixote de ser um feiticeiro que envolto em uma nuvem de fumaça, roubava seus livros e transformava gigantes em moinhos, para vencê-los e roubar-lhes a glória. Um mago que usava de encantos para transformar o mundo e satisfazer os seus interesses.

Yves Hublet Em Novembro de 2005, Yves Hublet distribuía livros infantis nos corredores da Câmara dos Deputados Federais em Brasília, bem no dia da votação do processo de cassação do mandato do então deputado José Dirceu e coincidentemente, encontram-se quando este saia do Plenário.

José Dirceu concedia entrevista à jornalistas e sorria em deboche ao "Mensalão". O escritor, indignado brindou-o com 3 bengaladas e ao desferir os golpes, gritava "Fristão, Fristão!" [veja fotos]

Fiquei sabendo da estranha morte de Yves Hublet, no blogue do Carlos Vereza neste último mês de Julho e me lembrei do fato citado acima e dos pensamentos que me ocorreram à época "Precisava um senhor com uma cabeleira tão branquinha ter que cometer este ato?".

Este senhor foi processado por duas vezes pelo José Dirceu e nas duas vezes, a justiça considerou os pedidos improcedentes. Yves Hublet acabou por mudar para a Belgica e no último mês de Maio, voltou ao Brasil para tratar da publicação de um novo livro, mas ao pisar em solo brasileiro, foi preso pela Polícia Federal, ficou incomunicável, adoeceu na prisão e foi hospitalizado sob escolta. Foi tratado como "bandido" sem ter um advogado presente - dizem que a ditadura ficou lá atrás... foi cremado em Brasília, sem autorização da família e morreu vitimado pelo "sistema". O governo não deu explicações, não respondeu aos apelos da família e não existe 'nenhuma' investigação sobre o caso.
"O silêncio é maior do que na época do alegado "suicídio" do jornalista Vladimir Herzog. Dada a ausência de qualquer esclarecimento por parte das autoridades e diante do silêncio absoluto da imprensa sobre um fato real, denunciado em plenário do Senado e sem resposta até hoje, não se pode afirmar que a morte do escritor seja considerada mera "teoria conspiratória", por ser o personagem do caso do mensalão" (leia +)
Dizem que ele teve duas mortes, mas agora já é tarde para conjecturas, o corpo sumiu!!

Yves Hublet, não era um vagabundo insano como quiseram enquadrá-lo; foi fundador e presidente da Associação Cultural Paranaense de Autores Independentes e da União Brasileira de Escritores. Escreveu a trilogia ecológica: "Grande Guerra de Dona Baleia", "Planeta Água" e "Artes & Manhas do Mico-Leão", obras adotadas em várias escolas e que repercutiram muito bem entre o público infanto-juvenil e também como sucesso de crítica.
“Foram três bengaladas, uma para ele mesmo (José Dirceu), outra para o Luiz Gushiken – Ministro Chefe da Secretaria de Comunicações – e outra para o Lula. Foi uma explosão de indignação, mas eu não o faria novo. Aquilo é uma quadrilha, me desculpe, não foi para isso que eu os elegi, não. Me sinto traído. Vocês lembram dos 100 mil dólares na cueca? Gente, pelo amor de Deus, é muito dinheiro! E quem era o sujeito? Assessor do irmão do Deputado José Genoíno, presidente do PT!” (Yves Hublet)
José Dirceu era acusado de, quando Ministro Chefe da Casa Civil, ser o operador do mensalão. Lembram?
"O que o PT fez do ponto de vista eleitoral é o que é feito no Brasil sistematicamente." Presidente Lula, sobre o uso do caixa 2 em campanhas do PT, durante visita à França.

Corrupção governo Lula

Pense comigo: Por que será que neste país jovem, quase sem História e memória, sofrendo de uma espécie de amnésia crônica, o passado teima sempre em voltar e apresenta-se como sombras insepultas prontas a atormentar o nosso presente? Vai ver que é por isso mesmo, justamente porque somos o país do pretérito imperfeito. Nada se completa, tudo é incluso ou mal-acabado.

Assim, a História às vezes fica sem pé nem cabeça. Só para não ir muito longe: quem sabe quando terminou a ditadura militar e quando começou a transição democrática no Brasil? A cabeça de uma não parece com o pé da outra? Se por um lado a indisposição para a ruptura evita os desfechos sangrentos, por outro o país da conciliação se torna um hímen complacente. Uma vez que anistia e amnésia têm a mesma raiz etimológica, tende-se a confundí-las, e assim se confunde o que não deve ser confundido: perdão e esquecimento.

"O brasileiro não tem medo do fim do mundo, tem medo é do amanhã", uma das profecias do fim do milênio passado, feita pela historiador francês Jean Delumeau

Bondade dele.Temos medo do amanhã, mas também do ontem e, o que é pior, do hoje, um pânico do agora. O pobre tem medo de não comer, o assalariado tem medo de perder o emprego, a gente de andar na rua e o presidente de quem o persegue (?). Eita, culposa oposição!

Ficou famosa também a frase do jornalista Ivan Lessa dizendo que o "Brasil é o país onde a cada 15 anos se esquecem os últimos 15 anos". O que há de novo agora é que esse tempo diminuiu quase pela metade: 8 anos. Estamos esquecendo cada vez mais depressa. Como consequência, o passado tem encurtado o tempo da volta.

No momento, temos pelo menos três passados batendo à nossa porta, pedindo satisfação e esclarecimento. É o triplo retorno do que foi recalcado ou mal resolvido.

Com se vê, a distância entre o passado e o presente está diminuindo e chegaremos a encostar o que foi no que ainda está sendo e assim atingiremos a perfeição de esquecer o próprio presente. Aliás, é o que já estamos fazendo - Corremos o risco de ficarmos parecidos com aqueles anciãos cuja memória inverte o tempo: lembram-se só do passado, não conseguem viver o presente.

Quem não se lembra pelo menos dos últimos escândalo, "bom sujeito não é. É ruim da cabeça ou doente do pé" (Samba da minha terra - Dorival Caymmi)

Vote! Mas vote com consciência!

32 comentários :

  1. Ótimo texto...nem tenho o que dizer....a verdade já foi dita (ou melhor escrita)...O governo faz algumas melhorias para ludibriar a população para quando esta olhar para o passado só lemmbrar do que foi bom...

    ResponderEliminar
  2. E com a responsabilidade de mudar o nosso mundo de favores para uma nação mais justa...

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Lúcida, como sempre!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Querida Luma, adoro seus posts sempre completos e repletos de informação, este me assustou e fui procurar um pouquinho por ai e acabei encontrando uma versão diferente no blog da editora abril... fica aqui o link para quem quiser conferir:

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/o-pais-quer-saber/a-verdadeira-morte-de-yves-hublet-o-brasileiro-indignado-que-enquadrou-jose-dirceu-a-bengaladas/

    ResponderEliminar
  5. Minha cara, eu sempre gostei de argumentos e cabeças pensantes e sempre tive certeza de que política e religião abomina ambos. Hoje, após ler esse excelente texto, não me resta mais nenhum fio de dúvida. Afinal, só acredita nos partidos políticos brasileiros aqueles que confundem política com futebol e saem as ruas com seus "mantos sagrados" cobertos de sangue e suor.
    Bom fim de semana e vote consciente cumprindo o seu dever de cidadã (eu sei, é piada). bacio

    ResponderEliminar
  6. Oi, Grã!

    Na matéria que indicou, o próprio Augusto Nunes escreveu:

    "Até hoje, a imprensa que tornou Hublet famoso nada publicou de conclusivo sobre o caso"

    Ele deu a sua versão, assim como existem outras, também amenizando o fato.

    Até hoje Rômulo Marinho não confirma se foi ele que espalhou um e-mail spam na internet contando as últimas horas do amigo. Mas é certo que herdou a bengala e tem a certeza de que um dia está será o símbolo da Era da Mediocridade.

    ResponderEliminar
  7. Excelente texto. Passado-Presente e futuro, se interconectam e nos apavoram. Adorei- anistia e aminésia, perfeito.
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Olá, Luma..:)

    Fui ler o blog do Carlos Vereza..:))
    Recomendo aos indecisos e equivocados : Serra ou Dilma? Eis a questão,Mama Mia... Leiam e releiam até os comments,os links indicados para esclarecimentos..:)
    Lá vai o link do blog:http://carlosverezablog.blogspot.com/
    Ótima votação!
    Tchauzinho

    ResponderEliminar
  9. Luma, um belga, amigo meu, me disse: O BRASIL É O QUE É POR QUE NAO TEVE IDADE MÉDIA. VAI DEMORAR MUITO PARA O SEU POVO SABER VOTAR


    Talvez, Luma, ele tenha razao.


    Este ano, Luma, nao vejo luz, nao vejo nada nessa eleicao e, nao vou gastar uma coroa sueca para votar. Deus me livre...

    Nenhum dos dois candidatos é o ideal para o Brasil.
    bjs e dias felzies

    ResponderEliminar
  10. Bolsas fazem muita perder a memória

    Bom fim de semana

    Milton T

    ResponderEliminar
  11. Parabéns pelo texto!

    É, infelizmente a população esquece muita coisa e esquece rápido.

    Temos que escolher as melhores propostas acompanhadas de trabalhos!!

    Beijos Lu!!

    Excelente feriado

    ResponderEliminar
  12. Lembro-me bem disso que você relata. É estranho notar como brasileiro, dentre os quais eu me encaixo perfeitamente, se esquece das coisas. Os erros de outrora precisam sempre estar diante dos nossos olhos, pois somente assim saberemos fazer as escolhas certas como a que faremos no próximo domingo.

    ResponderEliminar
  13. É uma vergonha como o povo se deixa manipular assim como marionete, e quase que idolatrando o Lula, Dilma e o PT. É tal qual um fanatismo religioso. Esquecem todos os escândalos com algumas desculpas esfarrapadas. Seus militantes causam tumulto impedindo o candidato adversário de fazer em paz sua campanha, o que é de direito, e ainda como se não bastasse, disparam com piadas sobre o caso como se não fosse nada. Seria esse o respeito a democracia que conhecem e propõem?
    É lamentável.
    Beijos na alma, Luma.

    ResponderEliminar
  14. Ei, Luma!
    Vi seu comentário no blog do Blue sobre o presente que ele me deu - uma aquarela linda, lembra? - e vim conhecer seu espaço.

    E entre as delícias da blogosfera, pra mim, estão as surpresas. Confesso que, quase sempre, espero encontrar textos poéticos, já que, por ser jornalista e exercer com afinco a profissão, prefiro tentar 'poetar' no meu blog e deixar política e cultura, meus temas no trabalho, para a Redação do jornal.
    Mas acho interessante que as pessoas o façam. É claro que tenho minhas opiniões, pessoais e profissionais, mas, por ética, tento não expô-las aqui. Apesar de ficar muito tentada, principalmente quando percebo certas, digamos, armadilhas em que as pessoas caem facilmente.

    Você está me conhecendo agora, então é melhor eu tentar falar/escrever pouco, porque me entusiasmo muito fácil com estes temas e é um perigo ser mal entendida de longe.

    Mas vou fazer umas poucas considerações, se me permite. Você fez algumas citações, como a do historiador Jean Delumeau:
    "O brasileiro não tem medo do fim do mundo, tem é medo do amanhã". Já reparou como todo mundo tem uma facilidade enorme para taxar o Brasil e os brasileiros de um monte de coisas? Na verdade, o mundo inteiro tem medo do amanhã. Não vê a França, que acaba de registrar uma série de manifestações contra mudanças na Previdência Social - e olhe que eles vão para as ruas mesmo e não conseguiram segurar as mudanças.
    A verdade, nova amiga, é que, o Brasil permite que todo mundo meta o bedelho aqui. E sabe por que? Porque somos uma das maiores democracias, queiram ou não. Porque, embora a maioria não acredite, temos uma das imprensas mais livres do planeta.

    Gostei da forma como escreve, embora não possa dizer que concorde com tudo, e espero que perdoe eu ter soltado o verbo. Mas foi por ter gostado e me sentido à vontade.

    Ainda lhe digo o seguinte: não tenho partido político, abomino as roubalheiras que citou e acho que alguns políticos listados devem ser banidos da cena administrativa do país, mas, é preciso admitir que o Brasil nunca avançou tanto e distribuiu tanta renda em tão pouco tempo quanto nos últimos anos. Hoje, somos um país respeitado lá fora pela nossa realidade econômica. Embora ainda haja muito o que fazer.

    Beijo pra você!

    ResponderEliminar
  15. @Lu, o Brasil foi beneficiado também porque o mundo estava numa maré boa! Algumas manipulações fazem com que os investidores internacionais tenham acreditado mais no Brasil e jogado o capital para cá. Mês passado 49 grandes empresas estiveram na Bacia de Campos para "conversarem" sobre o pré-sal. O que significa isto? Un consórcio? Isto não é veiculado para o povão, ao povão dizem que o Serra quer privatizar o pré-sal.
    A frase do historiador francês foi dita justamente no sentido do medo do brasileiro perder suas "regalias". Na França os jovens lutam pelos seus direitos e isto é cultural, o mundo não seria o mesmo se não fosse a "Revolução Francesa". Talvez aqui, após o povão educado, um revolução se instale. Estou esperando...

    ResponderEliminar
  16. Olá, Luma querida!

    Pensar com a mente-coração é um hábito saudável, que é inato à nossa verdade. E a minha pátria do coração pede Luz. Então, parabéns pelo post, Luma, porque é bom saber a Verdade, pois não dá para acreditar na mídia. O que me faz pensar o porquê de tantas pessoas ainda não utilizarem a melhor feramenta que têm para serem felizes e mudar o mundo, que é a própria consciência.

    A consciência independe de qualquer estado, com exceção dos portadores de problemas mentais.

    Beijos. Amanhã é o dia de "varrer" a corrupção.
    Madá

    ResponderEliminar
  17. Oieee Lumaa!! Lembra de mimm??

    Pois é depois de uns aninhos off... to retornando!! auhauaha

    Caramba, q post em menina!! Vale a pena sim repensarmos!

    Sabe q essa coisa das vesperas das eleições faz a gente meditar bastante né?
    Meu marido tb começou a blogar e ele escreveu sobre o "poder do súfragio"! Ele manda bem!!

    Recomendo leitura!!

    bjsss!
    Bom te ver!
    E como sempre otima nas postagens!

    ResponderEliminar
  18. Luma, leio seus posts sempre.
    Uns com mais atenção, outros deixo pela metade...não que eu não goste...são textos tão inteligentes que minha mente precisa estar à altura...e nem sempre está...
    Bem querida, este, posso afirmar foi o único que me arrepiou (até então).
    Também li no blog do Vereza e já tinha lido em um email que me enviaram. Sabe por que me arrepiei? Porque esta "corja" do PT é tão vil e fascista, que me assusta, muito!!! E não digo isso só por informação da mídia. Testemunhamos de perto a "agressividade" desta turma, numa cidade vizinha à minha.
    Não sou pró Serra. Não faço campanha política para ninguém.
    Mas a verdade sim, deve estar acima de qualquer instituição, movimento, partido.
    Tenho muito medo do que vem por aí caso a CANCHUDA SENHORA otenha a vitória!
    Deus nos ajude e não nos desampare!!!

    ResponderEliminar
  19. Luma,
    Adorei o texto! Morrer como marginal sem nenhuma explicação... Isso porque o Brasil "evoluiu". Coisa absurda!
    O escândalos no Brasil, surgem para colocar o político desonesto na mídia... Ao menos penso assim. Aqui no RS vários eleitos foram responsáveis pelos escândalos. Deve ser a anti-propaganda que dá certo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  20. Luma! Que post!
    Eu ignorava esta história e fiquei encantada por este homem de coragem.
    Parabéns pela sua luz! Beijos!

    ResponderEliminar
  21. Devo concluir q a Dilma é a bruxa... ainda bem q a eleição é no dia de halloween...

    kkkkkkkkkkkk...

    ;D

    ResponderEliminar
  22. Esse post pegou na veia tudo que eu tenho pensado e de vez em quando "cuspo". Estou muito aflita com esse tema da historia sem pe nem cabeça ( nao conhecia a historia de Hublete muito menos seu ato heroico de dar bengaladas na cebeça insana do Jose muitas caras Dirceu). Nem muito menos que esse senhor ficou preso no aeroporto sem direito a advogado.Realmente uma M. Estou apavorada com a situaçao e melhor seria ter menos olhos para nao ver o que esta se passando, seria mais feliz. Por que o que esta para acontecer parece inevitavel. E temo que sejam nossas ultimas eleiçoes diretas. Bjos querida e boa sorte para nos, que tb somos o povo brasileiro.
    Cam

    ResponderEliminar
  23. Ah Luma, seus posts são tão coerentes e com tantas informações ricas que eu fico até sem saber o que comentar!
    Que Deus conserve suas belas palavras!
    Beijão

    ResponderEliminar
  24. Luma, nem me fale, eu amei o filme que recomendou! Todo mundo disse que eu não podia perder! Creio que devo comprar o DVD para mim! Agradeço as dicas.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Pois o mal do povão é esquecer facilmente o seu passado e na hora de "votar" vá pelas promessas do presente sem olhar para o historial dos candidatos.

    Por cá ocorre o mesmo...e fiquei a saber a história que narras de Yves Hublet, nesta mistela de democraciaditatorial...já não vai à bengalada mas com algo mais.

    O mundo está em convulsão...o Brasil em expansão e Portugal a ficar sem tostão (para não dizer um palavrão) e povão deveria saber mais sobre politica mas depois não virar chorão:)!!!!

    Gostei muito de vir até aqui ler e absorver o que nos dás a ler/pensar/reflectir!

    ResponderEliminar
  26. Oi Luma,

    Pelo resultado obtidos nas urnas, podemos constatar que as pessoas ainda estão muito longe de ter "esclarecimento político".
    Não que eu me ache muito sabida, longe disso, entendo tão pouco ou quase nada. Mas ler, se informar e principalmente questionar deveria ser item obrigatório nestas questões políticas.
    A memória curta me parece muito oportuna para algumas pessoas no Brasil, visto que cada um tenta tirar "proveito" dessa ou daquela situação. Todos querem se dar bem. E com isso o Brasil está indo para o buraco, apesar do "progresso" anunciado por alguns.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  27. Oi Luma,
    Vim dar mais uma espiadinha, seu blog é muito interessante, até fui ao Do Vereza, também vi as fotos das bengaladas.
    Não quero ser apenas mais uma alienada, mas essas coisas me deixam muito triste,e me fazem sentir de mãos atadas. Então não discuto politica. Assisto a tudo decepcionada.
    Me alimentei um pouco aqui, para ficar mais informada, mas a minha onda pessoal mesmo é potizar, como mesmo disse jornalista Lu.
    Deixo essa outra parte pra pessoas com o dom como vc.
    Parabéns!
    Bjão.

    ResponderEliminar
  28. Luma, somos resultado de nossa colonização, de nossa monarquia, do início de nossa república. Somos fruto dos governos populistas que tivemos e das ditaduras que se seguiram. Somos a soma de todos os erros e da falta de educação libertadora, maior que toda a fome que sofremos. Ainda apanharemos muito de nós mesmos até nos reconhecermos como nação e não como um bando de ratinhos apavorados correndo da luz. Agora, minha amiga, assim como o PT, o partido que o precedeu não é melhor nem pior. Só menos eficiente, já que o esquema de poder da estrela vermelha, baseado no controle das prefeituras desde Celso Daniel e o esquema que o levou a morte, deu certo. E fica difícil virar o jogo usando a promessas populistas vazias, a questão do aborto e o papa como cabo eleitoral. #oremos

    ResponderEliminar
  29. Luma,
    Escrever sobre Política requer uma maneira sóbria e isenta de "torcidas". Acredito que seu texto, muito bem escrito como sempre, traz informações que podem ser interpretadas de várias maneiras. Já que você se refere à memória de quinze anos, que tal lembrarmos da História como um todo? Hoje, você pode ter acesso a informações como esta e escrever sobre o assunto sem correr o risco de ser cremada nem apedrejada em paça pública, isto é a liberdade de expressão que quem viveu sobre uma ditadura militar sabe que não conseguiria nem escrever o primeiro parágrafo sem ser presa.
    Já escrevi em vários momentos que trazer frases de efeito não resolvem nada a não ser deixar o texto mais apelativo do que seria sem estas.
    Lamentável, pra dizer o mínimo, o fato ocorrido, muito embora eu que gosto de referências, não li em nenhum momento as referências que corroboram a estória.
    Nossa cultura é muito jovem, a do Brasil, mas nela, existem culturas milenares que também pertence ao chamado povo brasileiro. Isto para chamar a atenção de que somos uma grande colcha de retalhos, com diferenças de credo, idade, sexo, nível de escolaridade, renda, orientação sexual, posições políticas, carnívoros, vegetarianos, etc.
    Muito saudável é discutir e divergir com argumentos de sua própria opinião, sem muitas alusões a frases de pessoas conhecidas que talvez nem concordem/concordassem como elas foram colocadas.
    No mais, parabéns pelo texto, e que possamos sempre dialogar para construir algo melhor que o que aí está, livre de preconceitos e teorias de conspiração.
    abraços cordiais

    ResponderEliminar
  30. @Cristiano Melo, todas as citações estão linkadas como também os fatos. Quem tem a responsabilidade de escrever, ainda valoriza as palavras, numa alusão ao valor da "palavra de um homem".
    De tudo que escrevi, nada foi inventado, portanto, não existe "conspiração" e na mesma linha, não posso ser isenta de "torcida" - todos os meus leitores antigos sabem que nunca dei nada pelo Lula e sua corja. Como cidadãos devemos tomar posições e escrevendo em um blogue tenho essa liberdade, diferentemente de qualquer outra mídia em que a liberdade de expressão se presta a sobrevivência do jornalista.
    O prazo de 15 anos foi dado na segunda parte do texto, justamente para dizer da falta de memória do brasileiro, mesmo para fatos acontecidos recentemente.
    A conspiração que existe atualmente, percebemos na websfera, quando o PT contrata professores, intelectuais e artistas para distorcerem a verdade em benefícios do partido. Viramos cegos, surdos e mudos. Somente o PT enxerga, ouve e escuta. Absurdo! Agora José Dirceu é inocentado do Mensalão, diz que nunca viu Marcos Valério e o que dizer do Palocci? Daqui a pouco serão embustados em praça pública e quem sabe no futuro, terão o mesmo fim de Lênin? A verdade sempre aparece, não importa quanto tempo demore.

    ResponderEliminar
  31. @Vanessa, o povo gosta de ser mandado e segue como cordeirinho. A divulgação de pesquisas tipo ibope, influencia muito o eleitor analfabeto, ele como uma criança, torce para o time que está ganhando e a manipulação foi evidenciada no primeiro turno.
    Não é boato o que aconteceu com Celso Daniel e enquanto o PT estiver no controle, os fatos não virão à tona.

    ResponderEliminar
  32. Oi Luma,
    Encontreium artigo no CMI Brasil e que pode esclarecer sobre o assunto em tela... mas como não tenho teu email não posso enviar..
    abs,

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor