Minha entrevista na Revista Perspectiva

Capa e contra capa

No último dia 28 de Agosto, aconteceu o lançamento da edição zero da Revista Perspectiva, uma produção da "Estação Zero Eventos Culturais". Acima, a capa e contra capa e abaixo você pode ver a apresentação disponibilizada no Bookness.



No canto inferior do lado direito, clique no botão tela cheia, para colocar em tela cheia para melhor conforto de leitura - as páginas são repassadas clicando na seta seta e você pode ler minha entrevista, a partir da página 16 até a página 21. - Para retornar a página ao normal, basta clicar no botão tela cheia para desfazer a "tela cheia". Espero que goste da revista e não se espante com a minha entrevista! bobo

Agradeço a produção da Revista Perspectiva pelo convite, me propiciando a oportunidade de prestar apoio a mais um evento cultural, como também mostrar um pouco mais de mim além do virtual. Agradeço também as editoras Lunna Guedes e Suzana Martins.

Prints da revista (Clique na imagem para ler) ou leia a reprodução abaixo das imagens.





Reprodução da entrevista
Por Lunna Guedes
- parte integrante da Revista Perspectiva, ed.01 de Nov/2010

Aquilo que você escreve e compartilha

Difícil escrever sobre quem a gente definitivamente não conhece. Sou apenas uma dos muitos leitores que o blog Luz de Luma tem, mas isso não me permite descrever a figura humana que cria frases e vincula posts sobre os mais diferentes temas em sua página pessoal, estabelecido em Luz de Luma, yes party! há anos.

Não se trata de alguém com quem eu converso constantemente e suas idéias em si não me dão uma impressão acerca de sua pessoa. O humano que existe por trás das palavras me faz lembrar aqueles poetas antigos que eu leio constantemente. Suas palavras me causam um sentir, uma viagem íntima a partir de mim mesma, mas não me levam até o autor e o sentir que o levou a transcrever sua dor em versos.

E confesso: nunca tive curiosidade bastante para saber quem é a pessoa por trás do blog. Da mesma forma que biografias não me causam devaneios. Não as leio, pois não me interessam. Seria o objeto por trás da forma? Talvez…

Mas e idéia por trás do que leio se define assim: advogada, mulher, mãe, filha, ser pensante e escritora. Brasileira, uma mineira de Pouso Alegre que vive no Rio de Janeiro e deseja a paulicéia num momento diferente do que vive hoje.

Criadora do blog Luz de Luma, yes party! que é sem dúvida alguma, um dos blogs mais lidos da blogosfera, esse universo em constante expansão e que mesmo com tempo de vida tão curto já teve sua extinção declarada por muitos. Afinal a pressa estabelecida no cotidiano da maioria das pessoas, fez delas, consumidoras de notícias curtas, informações breves. Seria uma possível vitória dos 140 caracteres? O blog Luz de Luma não parece preocupado com essa maré que pode ou não ser momentânea. Os posts escritos por Luma exibem um pensamento, um sentir e às vezes um lamento que nos faz perceber uma deliciosa janela aberta cheia de perspectivas.
“O blogueiro escritor não pensa “eu vou escrever todas as manhãs” ou então “vou escrever quando todos estiverem dormindo”; a prática da escrita é algo que fazemos o tempo todo, seja caminhando, olhando o movimento das pessoas… mas principalmente ao conversarmos com os nossos personagens, interiores ou não, com a faísca de nossas inspirações e com os leitores”. Luma Rosa em Luz de Luma.
Identidade. (nome)
Luma Rosa

Avesso. (quem é Luma?)
do grego, música; do Basco, de uma natureza agradável e amigável

Manifesto. (profissão)
Sou advogada de formação e trabalho na área de Engenharia, serviços e desenvolvimento

Intuição. (como vê as coisas reais)
Com pressa, muita pressa! (rs*)

Como nasceu Luma Rosa?
Numa madrugada com bastante calma.

Poeta/Escritor já nasce pronto?
Lógico que não!

Descobrindo seus pares? (o que te inspira)
Tudo que atiça meu sexto sentido.

Quem mais te dinamitou?
Muito difícil me tirar do sério

Onde busca seus temas?
Em geral, eles chegam naturalmente no decorrer do dia, através do que vejo, leio, converso…

Quantas personagens habitam em você?
Ainda não parei para contar. Possuímos vários, não? Recentemente deixei de ser filha para fazer o papel de órfã e ganhei um personagem triste.

Qual delas já te levou a loucura?
Ser mãe é algo extremo que vai da loucura a doçura.

Qual delas já se retirou para um canto escuro e chorou?
Acabei de contar acima. Perder a mãe, perder o nosso centro, a referência; é o pior que pode acontece a qualquer pessoa. Além da referência, o pior que pode acontecer a alguém é perder um filho.

Qual e a participação do Blog “Luz de Luma” na sua vida pessoal?
Dependendo do dia, de 5 a 10% mas bem que gostaria que fosse pelo menos 50% porque eu gosto do Luz de Luma.

E contato com os seus leitores?
Não consigo manter contato com a maioria por não dispor de tempo, mas creio que eventualmente mantenho 70% de contato com os que participam, levando em conta os que não comentam diretamente no “Luz”.

Por onde anda Luma?
Ultimamente anda com o olhar mais distante.

Uma palavra de ordem.
Paciência

Em seu blog há espaço para todos os temas, mas você já se recusou a falar de algum assunto?
Recebo muitas sugestões de postagens e acato conforme vejo necessidade. Não me lembro de ter recusado algum tema. Estou pronta para desafios (rs*)
Algumas pessoas hoje em dia acreditam que o blogueiro tem que se expor de corpo e alma para haver clareza quanto ao que ele escreve. Mas ainda há muitos personagens na blogosfera. Como você enxerga essa falta de confiança de algumas pessoas nesse universo que ainda é considerado novo?
Eu sou uma destas pessoas que desconfiam, até pela minha natureza. O blogueiro de cara não ganha a confiança do outro; a credibilidade se forma com o tempo. Nada é muito diferente da vida real. A desconfiança é natural, até por isso, não vejo necessidade de “exposição” – a discrição é a tônica para não perder o foco.

Ou um ou outro. Café ou chá, tanto faz!

Poesia favorita: Contemporânea, de Nuno Júdice.

Palavra indigesta: Corrupção

Sentido figurado: pode ser uma figura de harmonia? “O silêncio fresco despenca das árvores/Veio de longe,das planícies altas/Dos cerrados onde o guaxe passe rápido…/Vvvvvvv… passou.”(Mário de Andrade)

Moda: É um código inventado para distrair quem observa e quem é observado.

Estilo: meio de passar para o mundo e para nós mesmos o que somos. Poucos são os que conseguem criar um estilo, sem saber quem são ou aquilo que não são, aquilo que sonham para si e não para satisfazer sonhos dos outros; fazendo crer que “existem” até parecer que “são” realmente.

Patifaria: Patifaria é tendência do ser humano. Por exemplo, as leis que regem qualquer sociedade, acabam por punir inocentes, porque o assassino sempre tem um álibi. Se lhe perguntam o que ele estava fazendo no dia 15 de Janeiro de “carolinas” às 14hs06min32seg, ele sabe! O criminoso é organizado e é aquele que mais entende de leis; se uma lei é criada hoje, amanhã ele encontra pelo menos 3 maneiras de burlar essa lei. Se emendamos a lei para protege-las de criminosos está armada uma patifaria!!

Agarro: Essa me sopraram no ouvido e não conto!!

Largo: falando sozinha quem tem voz estridente. Tenho bloqueios! A voz me atrai ou me causa repulsa, ela pode nos acalmar e encantar, mas também pode irritar e repelir.

Quebro: quebrava… muita grafife HB. Não quebro mais, agora eu uso grafite 2B #ficaadica

Paradoxo: “O mito é o nada que é tudo.” (Fernando Pessoa)

Poeta: Vladímir Maiakovski que já valeu postezito!

Livro: Já que falamos de poesia – “Poemas de Jacques Prévert”

Na cabeceira: On The Road – Pé na Estrada, Jack Kerouac

Não leio nem amarrada: Piadas. Um porre!

Amassos: Amacia o coração, né?

Arquivo Vertical: Na ordem de prioridades!

Cospe. Lógico, ainda não desenvolvemos filtros de seleção para engolir o que lhe fazem mal.

Sentimento. Amizade

Cão ou Gato. Cão

Céu ou chão. Chão

Amargo. Só chocolate!

E pra finalizar: o que escreveria em sua lápide?
“Não somos mais
Que uma gota de luz
Uma estrela que cai
Uma fagulha tão só
Na idade do céu”

A idade do céu,
versão Paulinho Moska

34 comentários :

  1. Luma, que bom "ver" um pouco de você, minha querida vizinha do mar.

    Um beijão e ótima semana.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns, Luma, pela entrevista. É sempre bom saber as pessoas que transitam em nossos universos! É claro que a percepção constrói cenários, desenha formas e cria referências e, também é certo que por vezes equivoca-se. Por isso é sempre bom saber suas escolhas e fragmentos de seus pensamentos. Aprende-se o outro, um pouquinho também assim!
    Uma pena que não goste de piadas! O Caminhar e Ruminar, sempre às quintas, oferece humor e, claro, também piadas.

    Ainda assim, bom saber você!

    Meu carinho!

    ResponderEliminar
  3. uauuu, entrevista !!! Vc realmente nao é um ser comum.... e eu gosto muito de vir por aqui...zapear.
    E confesso: tenho muita, mas muita curiosidade em conhecer afundo os meus amigos blogueiros, nao consigo ficar somente no virtual.
    Leio, leio e fico imaginando a pessoa.. é muito engraçado.
    E agradeço a preocupaçãocom minha mae, que já operou e está 100 %, agora é ficar de molho durante 15 dias, tomar medicamentos e pronto.

    Bjks mil !!!

    ResponderEliminar
  4. Gostei de te conhecer mais um pouco, Luma, e confirmar mais uma vez a pessoa inteligente e linda que és. Parabéns, cosquirídia!
    Bjim.

    ResponderEliminar
  5. Acabei lembrando do dia do Emo quando você disse que não recursa tema...

    Hua, kkk, ha, ha, momento de bancar o chato, mas contudo, não é exatamente um cão, sei o cão Max que é a tua preferência.

    Achei interessante a reportagem.

    Fiquem com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Luma, muito inteligente a revista. Parabéns a todos!
    Ótima entrevista. Tanto perguntas quanto respostas na medida certa, abordagem diferente do habitual.
    A leitura é leve e agradável.
    Bjs!
    Aline

    ResponderEliminar
  7. ólhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!! Que legal LUMAAAAAAAAAAAAAAA!!!! Vou ler você na revista!!! Parabéns e sucesso sempre. Bjão e um forte abraço.

    ResponderEliminar
  8. Gostei da entrevista e da revista Luma!
    Que conteúdo mais rico!
    É muito bom saber um pouco mais sobre as pessoas que admiramos.
    Parabéns.
    Um beijo grande
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  9. Adorei a enrevista. Seu blog é realmnete um acontecimento na vida real. Fiquei pensando nos seus sentimentos com aquela pergunta sobre o que te faz chorar. Espero que voce esteja melhor com esse lado da vida, o triste.
    Acabei de ler uma materia de um blog- Holosgaia- falando sobre uma lei que obrigara pessoas a serem registradas em um dept do governo e mais censura em blogs e tal. Achei grave isso.
    Suponho inclusive que espionagem e outras coisas, existam mesmo que nao oficialmente.
    Se todo mundo se identificasse ao publicar um comentario seria mais facil e melhor.
    Bjos e parabens pela entrevista.
    Boa semana!
    Cam

    ResponderEliminar
  10. Luma, não cpnsegui ler a entrevista. O que será que está faltando? Quando eu clico no link que vc deixou pede senha e no outro não tem nada. Mas como sou meio tapada com tecnologia então pode ser que eu esteja fazendo algo errado ou não fazendo a coisa certa. Quero muito ler. Bjs

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma, pena...eu tbm não consegui ler a entrevista, pelos mesmos motivos acima,
    buáaa!!!que que eu faço!?!?
    beijão,

    ResponderEliminar
  12. Olá querida Luma, adorei a entrevista, autêntica e franca. A revista é muito bacana, inteligente e agradável.Parabéns.

    PS: Também gosto do Nuno Júdice.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderEliminar
  13. Luma, para mim não abriu no Explorer, só consegui ler pelo Fire Fox.
    Gostei muito, mas se revelou pouquíssimo, né? rrsrsr
    Você é inteligentíssima, seu blog é cultural, você "não joga conversa fora". Adoro!
    Beijo!

    ResponderEliminar
  14. Por enquanto li apenas a entrevista, depois leio o resto. Muito interessante a entrevista, assim como a entrevistada, ;)

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  15. Tia Luma mega power chique! Li todaaa entrevista aqui louca buscando quem é esse ser!!!
    Parabéns, ficou ótimo! Adorei de verdade!!!
    A parte de confiança vem com o tempo foi perfeita!
    Beijos saltitantes
    Boa semana

    ResponderEliminar
  16. Parece que algumas respostas que destes já li em algum outro lugar, talvez seja nas entrelinhas do blog.
    Entrevista sem delongas, direto ao ponto.
    Gostei.

    Beijo Luma

    ResponderEliminar
  17. Amei a Revista! Parabéns a todos, a Luna, a Su... a todos os que participaram. Coisas bonitas assim é que fazem a Internet valer a pena! Quanto a tua entrevista, sempre gostamos de saber um pouquinho mais de quem admiramos, e mais uma vez me emocionei com a tua "personagem triste".

    Beijos grandes, com muita saudade!

    ResponderEliminar
  18. |òtima entrevista, ótimo blog.


    Abração!

    ResponderEliminar
  19. |òtima entrevista, ótimo blog.


    Abração!

    ResponderEliminar
  20. Sabe a cada momento há sempre uma nova descoberta. Sua entrevista e a revista em si foi muito prazerosa para ler.

    Beijos

    ResponderEliminar
  21. Luma, querida, eu adorei sua entrevista!! Você é dinâmica e sorri com doçura por trás de cada palavra. Beijos, Madá

    ResponderEliminar
  22. Luma, parabéns pela entrevista! A revista parece muito interessante. Beijos floridos da Ursa

    ResponderEliminar
  23. Não consegui ler a entrevista...voltas e mais voltas e não dá mesmo.
    Mas pelos comentários vejo que foi fantástica, aliás és fantástica pela qualidade e inteligência que dás a este teu espaço nos mais diversos temas.

    ResponderEliminar
  24. Que bacana, Luma! Parabéns!!!!!!

    Fiquei ansiosa em dar o os parabéns antes de ler, vou lá ler simmmmmmm! Mas nem preciso ler para dar os parabéns logo, né? Com certeza, será algo enriquecedor, como tudo que lemos por aqui!

    Bjs!
    Michelle

    ResponderEliminar
  25. Ai, Luma, eu li! Nossa, gostei demais! Se aquela é você, você é a cara do Luz, hahaha! Objetiva, multifacetada e com as devidas reticências!

    Muito bom, parabéns mais uma vez. E que venham outras ;-)

    Bjs,
    Michelle

    ResponderEliminar
  26. Que pena não consegui abrir.
    Me envie por email por favor
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  27. Li a entrevista e saboreei cada momento. Muito bom saber que você adora poesias e fez direito. Além, é claro, dessa visão que se revelou completamente diferente da que eu tinha de você. (rs)

    ResponderEliminar
  28. Luma, aqui, nao abriu nada. Consequentemente, nao vai dar apra ler.

    ResponderEliminar
  29. Luma, HELP!!! A contagem do meu blog sumiu!!!
    Bjos,
    Cam

    ResponderEliminar
  30. Luma, querida, parabéns pela entrevista. A revista é uma delícia também, meu abraço ás criadoras.

    bjs

    ResponderEliminar
  31. Parabéns pela entrevista. Infelizmente minha internet está lerda hoje e eu não consegui ler. Que pena.
    Bjks e boa semana!

    ResponderEliminar
  32. Luma,

    Gostei muito da revista, uma publicação caprichada e de bom conteúdo. Gostei também de ler suas respostas, inteligentes, claras, bem condizentes com a impressão que tenho de você.

    É possível receber um aviso sobre a próxima edição?

    Beijinho

    ResponderEliminar
  33. Que bacana Luma! Adorei ler sobre vc, não sabia que era advogada! Mas soube se manter na "penumbra", coisa que preciso aprender urgente! Me ensina? hehehe...isso não se ensina, se é ou não e eu sou escancarada, fazer o que? bjs Lumita

    ResponderEliminar
  34. Luma, minha querida!
    A entrevista ficou ótima! Adorei poder ler um pouco mais sobre as suas impressões da vida e das pessoas, gostei de te ver sob a sua ótica.
    Parabéns, minha amiga! Você merece! Tudo o que escreve tem conteúdo, tem sentimento e muita humanidade. Sou uma fã, você sabe!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor