Você não é incompetente.

Você é mãe...








A primeira vez que li o "Manifesto pelas Mães e Valorização da Maternidade", criado pelo Grupo Cria, foi no Blogue "Desabafo de Mãe", depois no "Blog da Evellyn" e por estar em período de férias com postagens agendadas, somente agora consegui vir ao blogue e abrir espaço para campanha tão importante!

O direito de exercer a maternidade plenamente, está intimamente ligado à valorização do papel da mãe dentro da sociedade. Até que ponto os diversos núcleos sociais compreendem e respeitam esse papel, que exige além do afeto, deveres dentro do cotidiano?

Leia o "Manifesto pelas Mães" para entender o porque de sua criação, ajude a divulgar e assine!

Por indicação da Evellyn, também li o texto "Consciência Materna" escrito pela Ana Claúdia Bessa, do Blogue "Futuro do Presente" e indico a leitura.

MENINOS!! Este manifesto não é para ser assinado somente por mães ou pretendentes ao cargo, mas também por pais ou futuro papais! Conheçam e assinem o manifesto! Afinal, quais as funções afetivas de um pai? Ah, essa pergunta você pode pensar ou responder no sistema de comentários, porém antecipando, posso afirmar que ser mãe é apenas, um dos elos desta corrente familiar. Se todos elos desta corrente estiverem apoiados entre si, essa corrente não enfraquece!

Sugestão de leitura: O papel do pai, texto escrito pela professora Ana C. Costa

"Os nossos pais amam-nos porque somos seus filhos, é um fato inalterável. Nos momentos de sucesso, isso pode parecer irrelevante, mas nas ocasiões de fracasso, oferecem um consolo e uma segurança que não se encontram em qualquer outro lugar" (Bertrand Russell)

39 comentários :

  1. Luma, pretendo seguir os links que colocou na postagem, mas antes de tudo queria comentar, para não perder a oportunidade de dizer que hoje você me fez sentir viva e aliviar um pouco da angústia que vai dentro de mim, simplesmente por que entendi, ao te ler, que não errei tanto assim, sou humana, e o caminho é árduo... Obrigada por este texto, pelos cartazes da campanha aqui expostos. Mudou meu dia, de verdade!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. amei os gifs.
    e o texto do pai tb é show, fui lá ler.


    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderEliminar
  3. Oi, Luma querida
    Vou já passar pra miha filhota...
    Foi bom ler o seu passo a passo muito bem articulado.
    Obrigada.
    Bjs e fique com Deus!

    ResponderEliminar
  4. Oi Luma,
    Mesmo que de cada 1000 mães apenas 100 dessas mães não exerçam com competência a escolha feita, penso que as 900 são valorizadas e sentem-se felizes e realizadas.


    beijo pra vc.

    ResponderEliminar
  5. Amiga, confesso que achei graça das frases, pois é simplesmente VERDADE PURA!!!!

    Vou assinar.

    Beijos na alma!

    ResponderEliminar
  6. Olá Luma,

    Acabo de vir do Blog da Tati (Perguntas em Respostas) falando de um dilema dela como mãe, sobre o comportamento do filho. Antes de lê-lo, estava aqui matutando, pois estou em uma fase que desejo muito ter um filho, mas por outro lado meu raciocínio logico me diz que nao é hora, pois ainda estou adquirindo minha casa (leia pagando)processo de reforma, mobilia, etc. Além de ter um marido cursando universidade...
    Eu sei que nãoq uero adiar muito meus planos/ sonhos, mas sei que nao posso ser imprudente. Criança traz amor e alegria, mas gastos também e será responsabilidade total minha não?
    Não posso negligenciar o fator financeiro se quero ser uma boa ma~e, dar educação decente para meu filho entre outras coisas.
    E aí eu caio aqui. Ainda nao li a carta, nem o manifesto, mas so o seu texto inicial e as belas imagens e frases já me tocou profundamente. Antes de ler estava até pensando em postar sobre este assunto (maternidade) no Blog. Vou ler agora calmamente os links que oferece aqui.
    Um grande beijo e obrigada! (Você acredita em coincidencias, tipo, a resposta lhe chega assim que sua pergunta é elaborada, seja por que caminho for...????

    ResponderEliminar
  7. Até para os homens os valores estão mudando. Li há pouco tempo, que na Suécia, os homens estão pedindo a licença paternidade de vários meses. Eles saem para caçar, com seus rifles e seus nenês a tiracolo, sem medo de perderem a virilidade.

    Boa semana

    bj

    ResponderEliminar
  8. Luma. li e assinei o manifesto e li o texto da Ana, excelente!

    ResponderEliminar
  9. Bela iniciativa desse grupo cria. Vou divulgar com certeza. Belas imagens btw. bjs.

    ResponderEliminar
  10. Recentemente eu li este manifesto, apresentado diferente, mas com o mesmo principio que é a valorização do papel da mãe.

    Eu, como ex vitima de violencia domestica, ainda sofro a perseguição doentia e psicologica. Sendo que o alvo para me agredir é minha filhinha.

    A todo custo tentam me tirar o pátrio poder, na escola, em lugares que tenho o cadastro dela.

    É triste, muito triste.

    Se isso tudo me acontece, é porque a lei existe, mas não justiça.

    É um desabafo sim, pq hoje eu fui novamente vítima de discriminação.

    O mais terrível é saber que a mãe dele também é mãe e avó e permite e compactua tanta maldade.

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Oi Luma
    Vou ler as suas indicações, mas em relação a questão da maternidade, temos toda uma evolução histórica de lutas e de "culpas", pois algumas mulheres acham que não podem dividir tarefas com seus companheiros (pais) que eles não sabem fazer isto ou aquilo. Estão ocorrendo mudanças, alguns homens já assumem os cuidados dos filhos, mas ainda temos muita estrada para a valorização da mulher.
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Oi Luma!

    Sensacional o manifesto. Como vc já deve saber, sou pai e totalmente adepto da paternindade.

    Fico feliz ao ver que o papel de mãe está sendo pouco a pouco reconhecido na nossa sociedade. Uma pena que o papel do pai não segue o mesmo movimento. Enquanto a licença maternidade acabou de ser ampliada para 6 meses, a licença paternidade continua sendo de 5 dias corridos.

    Viva a paternidade. Porque eu sou pai e dono de casa em tempo integral e sei que é o trabalho mais difícil que já tomei conhecimento, além de não pagar nada e ser completamente desvalorizado na nossa sociedade centrada no mercado.

    Abração
    Gabriel Dread

    ResponderEliminar
  13. Nossa, que manifesto lindo e verdadeiro!!

    Sim, mães!

    As mães sempre tão vivas, tão disponíveis, tão mães....

    Lindo demais!!!

    Beijos querida!!^^

    ResponderEliminar
  14. Luma,

    Sobre o Apture: tentei instalar no outro blog e não consegui. Sinceramente, não sei o que fiz lá no Luciano A.Santos. Amanhã tento novamente.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  15. Luminha,
    Os quadrinhos 4 e 5 são mesmo a pura verdade...
    E depois adorei eles!
    Eu queria ter sido uma mãe mais presente na vida de meu filho... Sei que erreimto, mas...
    Agora estou me redimindo por ele!

    bjo no core

    ResponderEliminar
  16. Oi Luma! Obrigado pela visita lá no Viajar é tudibom!

    Apoio esse manifesto!!!

    Abraços e uma excelente semana.
    Ana
    www.anaeguto.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Luma!

    obrigada por seu apoio e por suas palavras!

    É muito bom ter pessoas como você nesta luta pela maternidade!

    Um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  18. Luma,
    Super bacana todos as imagens e dizeres!
    Vou conferir os links sim e apoio a idéia de fortalecer e valorizar a posição feminina no lar, principalmente hoje em dia em que cada vez mais vemos o quanto é necessária a presença e orientação materna para não se criarem mentes doentias.

    Quanto ao link da repórter arroto, simplesmente é um abuso, uma falta de criatividade e dá pena ver como uma moça se propõe aquele papel, ainda mais fazer isso com pessoas do gabarito e idade daquela maravilhosa atriz. Nojo desses programinhas.

    beijos cariocas

    ResponderEliminar
  19. Aqui em casa não há distinção de resposabilidades. Somos pai e mãe juntos. Desde o nascimento das meninas participamos igualmente - menos na hora de comprar roupas para adolescentes, que dessa área eu não entendo nada - na vida delas. Sou eu quem cozinha na maior parte das vezes, limpar casa, lavar, passar e todas as coisas que no Brasil eram feitas pelas empregadas, nós dividimos aqui. As compras faço eu, mas a lista fazemos juntos. Isso sem contar a dificuldade dela de levantar durante a noite aliada com a minha insônia crônica...

    Enfim, somos pai e mãe juntos, duas adolescentes lindas e doces e um passarinho que canta na janela nos meses quentes.

    Beijocas :)

    PS - vou visitar e assinar o manifesto agora.

    ResponderEliminar
  20. as iamgens sao lindas e,. NAO HÁ, NESTA VIDA, NADA MAIS BELO QUE SER MAE.
    Semana passada, meu marido me olhou e disse: VC ESTÁ LOUCA PRA SER MAE, NOVAMENTE,MAS É MUITOA RRISCADO NA SUA IDADE.

    ELE TEM RAZAO...NAO VEJO RAZAO NA VIDA, SE NAO TIVESSE FILHOS.
    Mas, eu tenho vários...e, em setembro, Luma, eu vou anexar mais uns 70 de um Orfanato, em Nairobi.
    Quando eur ecebi o convite para ser a madrinha deles, eu chorei muuito...
    bjs e dias felizes

    ResponderEliminar
  21. Que interessante este manifesto! Vou dar uma olhada, para entender melhor. Bjs!

    ResponderEliminar
  22. Luma hoje é Dia Nacional dos Homens, uma otima oportunidade para eles assinarem o Manifesto também.

    Bjs

    Meire
    www.meiroca.com

    ResponderEliminar
  23. Luma, Luma...

    É tanta coisa, né? Que angústia!

    Ontem li esse texto que fala de um outro aspecto do mesmo assunto (maternindade): Contra as exigências da mãe perfeita.

    Parabéns, Luma, por achar um brechinha do seu tempo para divulgar isso tão lindamente aqui. Obrigada (devo agradecer, claro) pelo apoio a mais essa causa. Jogamos no mesmo time.

    Vou assinar, ler e tudo mais. O que der para ajudar.

    Bjs,
    Michelle

    ResponderEliminar
  24. Adorei essa postagem mães precisam sempre ler coisas assim ,porque tem dias....hunf
    beijo

    ResponderEliminar
  25. Campanha tudo de bom e textos mais que ótimos!
    ADOREI SEU BLOG!
    estou seguindo e linkando, ok?
    bjocascarol

    ResponderEliminar
  26. Luma,
    Não conhecia a campanha e achei bacana! Esses dilemas todas nós, mães, passamos. Gostei daquele que diz: Que se fica em casa é acomodada, se sai para trabahar é ausente. É bem por aí, menina.
    Vou ler os links que tu indicou!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Luma,amei seu comentário lá no blog e amei seu post, eu já conhecia esta campanha, já assinei inclusive e ela é absolutamente PERFEITA, precisamos dela. A sociedade está mudando, precisamos deste reconhecimento, tô super nessa... Um beijão viu? volto sempre aqui....

    ResponderEliminar
  28. Primeiro que tudo, me deixe dizer que apreciei muito e , de seguida, dar-lhe parabéns por seu empenho cívico.

    Bem haja, querida.

    ResponderEliminar
  29. Olá minha Querida Luma,
    Desde o nosso primeiro senti uma simpatia grande por você, agora descubro o motivo:
    "SOMOS MINEIRAS,UAI!!!"
    Se vier por essas bandas faça contato para que possamos nos conhecer, ficarei muito feli!!!
    Quanto seu POST sobre o MOVIMENTO dessas 5 Mães já estou engajada: divulguei e linkei no FAZ DE CONTA, agradeço pela preciosa informação!!!
    Abração gostoso,
    regina Coeli

    ResponderEliminar
  30. Gostei muito e vou acompanhar todos os links. O amor é assim! Beijo.

    ResponderEliminar
  31. Muito bonito este manifesto Luma!
    Irei ler todos os links e assinar com certeza.
    Parabéns!
    Beijo grande.
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  32. post agendados ne ?? tbem saiu de ferias e nao me contou... bandida !!!
    E achei lindo cada um dos cartazes, cada uma das frases.. ser mae é tudo isto e mais um pouco !
    Vou ler e me engajar em tudo..

    Bjks

    ResponderEliminar
  33. Muito bem elaborado, consegue dizer exatamente o que as mulheres/mães sentem.

    Quem não se sentiu assim?

    Optar por ser mãe em tempo integral(abdicar da carreira), é um sonho para poucas...

    O tempo dedicado ao teu filho não é tempo perdido, quando ele crescer um homem/mulher forte, saudável, pronto para a vida, terá valido a pena.

    Pena que existam pessoas que negligenciam e maltratam seus filhos...

    ResponderEliminar
  34. Parabéns Luma...
    voltei a visitar os blogues amigos e me deparo com essa campanha maravilhosa... só te digo uma coisa...mãe é mãe e eu to dentro...vou lá ler tudinho e assinar...
    Bjs carinhosos
    Márcia

    ResponderEliminar
  35. Luma querida,
    Fico tão feliz cada vez que venho aqui e consigo comentar!(nem vou cantar vitória antes da hora,rs)
    Volto depois para entrar nos links pois, não posso deixar passar a oprtunidade que tenho de deixar registrado, aqui, o quanto gosto do seu blog e das suas matérias.
    Bjos

    ResponderEliminar
  36. Luminha querida! Obrigada pelo carinho e pela sua presença nas comemorações do TP!
    Eu adorei esta postagem, porque é mesmo assim que nos sentimos, culpadas, ativistas, educadoras, perfeccionistas, mas acima de tudo, capazes do amor incondicional. Nenhum homem (ou mulher que não é mãe) pode saber a exata dimensão desta nossa missão!
    Beijos, querida!

    ResponderEliminar
  37. é verdade, esta campanha é ótima é exatamente assim que nos sentimos...mamães se sentem incompetentes pois querem fazer td e mais um pouco para tds...inclusive dar td de si para seu filho.

    bjinhus minha XARÁ

    http://coisasdemaecoruja.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  38. Realmente as mães tem der valorizadas, pelo o que elas são para nós...

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  39. Luma, querida já estou dentro do manifesto e da corrente...

    Maravilhoso o seu post.

    Parabéns..

    Bjs
    Debby :)

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor