Amigos...


amigas
As 'meninas' no almoço de Sábado: Olga, @Lalinne e Mia

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,

Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...

Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.

Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.
Há duas formas para viver a sua vida:

Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Albert Einstein em "O milagre da vida"

O tema do encontro semanal do "Vida Simples" organizado pelo Mila's Ville desta semana é "Amigos" e diferentemente de Montaigne que se encerrou na torre de um castelo ao perder seu melhor amigo e dali criou para si vários amigos invisíveis e íntimos que compartilhavam da sua alma turbulenta - para concluir, quatro séculos antes da invenção da psicanálise; que precisamos antes de tudo, desnudar a nós mesmo para compreendermos a humanidade - Nós, com o caminhar da humanidade, não precisamos do hedonismo ou muito nos tornar eremitas para crer no valor das amizades. Os tempos são outros, o campo das ideias se desenvolveram, porém os sentimentos mais rudimentares perduram até mesmo entre os animais. A amizade é um desses sentimentos e, há quem diga que prefira a amizade de um cão, do que a amizade de um humano. Isto, não denota apenas incapacidade de escolher bem os amigos? Sei, sei! Também tenho um cão e amo ele, mas... cada ser ocupa o seu lugar, ã?

Mas até que ponto uma pessoa se entrega a uma amizade?

Vou copiar um trecho do que diz Montaigne sobre sua amizade por Etienne de La Boétie, onde faz comparações e/ou diferencia a amizade do amor. Você ao final poderá me responder a pergunta acima, dizendo qual o seu limite de entrega a uma amizade. Pois sim?

“Se compararmos a afeição com as mulheres à nossa amizade, não poderemos, embora nasça de nossa escolha, colocá-la no mesmo rol: seu ardor, confesso-o, é mais ativo, mais abrasador, mais áspero; mas vem de uma chama temerária e volúvel, ondulante e vária; é um ardor de febre, sujeito a acessos e a quedas, e, e que nos prende apenas por um lado. Na amizade, o calor é generalizado, temperado, aliás, e igual; um calor constante tranqüilo, feito de doçura e polidez, que nada tem de áspero nem de pungente.

Mais ainda: o amor não passa de um desejo impetuoso por algo que nos foge....Em verdade aquilo que nós damos comumente o nome de amizade não passa de conhecimento ou de familiaridade, estabelecido ao acaso ou por interesse, e através do qual nossas almas se comunicam.

Na amizade a que me refiro, mesclam-se as almas, e se confundem em tão completa união, que se apaga e não mais se descobre a costura que as prende. Se insistirem em perguntar-me por que eu o queria, sinto que não o poderia exprimir, senão respondendo: "Porque ele era ele e eu era eu"

(...)

...Nós nos procurávamos antes mesmo de nos termos visto, através de referencias ouvidas um do outro e que tinham sobre nossa afeição maior força do que as relações; creio que por disposição especial do Céu.

Abraçávamo-nos pelos nossos nomes e, no nosso primeiro encontro, que ocorreu por acaso durante uma grande festa na cidade, achamo-nos tão próximos, tão íntimos, tão ligados um ao outro, que nada nos pareceu, desse então, mais unido do que nós...

Desde o dia em que o perdi arrasto-me desalentado; e os próprios prazeres que se me oferecem, em vez de consolar-me, aumentam a amargura de sua perda.

Tudo dividíamos pela metade e hoje tenho a impressão de que lhe roubo a sua parte.

Já me achava tão acostumado e afeito a ser o segundo em tudo, que me parece ser agora apenas uma metade..."

Este “pobre animal” chamado homem, que vive alienado em um universo caótico, onde o que lhe resta é tentar compreender uns aos outros - o sentimento humanitário, amor fraternal, onde alegrias e tristezas são partilhadas e almas se compreendem - vem para acalentar e amenizar o cotidiano.

Mas até que ponto uma pessoa se entrega a uma amizade?

37 comentários :

  1. Olá querida Luma, amizade fraterna, muito lindo, ainda mais, quando regada por gostosa comidinha, parabéns.Que as sombras amorosas se encontrem em momentos sublime prazer. E uma mensagem de paz, harmonia e uma semana produtiva.
    A energia que nos move para dias melhores e muita felicidade.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderEliminar
  2. Que delícia de post Luma. Prezo muito as minhas amizades e faço o possível para estar bem com todos, levar uma palavra de incentivo ou até mesmo ouvir as pessoas. Big Beijos

    ResponderEliminar
  3. Luma, a amizade de fato é uma das nossas e devmso preservá-las sempre.
    Adorei a foto.
    Um grande beijo

    ResponderEliminar
  4. Eu me entrego totalmente de corpo e alma, desde que não seja traído, condição necessária

    Boa semana

    bj

    ResponderEliminar
  5. Muito bem falado, quer dizer, escrito, amiga!
    Também acho estranho a pessoa ficar no nível de amizades com amigos de 4 patas apenas, pois estes eu tive, mas nunca deixei de lado minhas amizades humanas que sempre foram por mim muito estimadas e conservadas.
    bijos cariocas

    ResponderEliminar
  6. Amigos de verdade, são poucos, tenhos muitos de 4 patas.são perfeitos!Mas os poucos que tenho humanos, são preciosos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Me derreto toda com essa coisa de amizade. Sinto falta daqueles que já considerei grandes amigos. Mas hoje percebo que a recíproca não tinha o mesmo tom. Com o tempo aprendi a me controlar pra não sofrer tanto.
    Vc tem sorte. Bjocas de milho!

    ResponderEliminar
  8. Luma, creio que amizade e amor são basicamente a mesma coisa. O nível do relacionamento é que pode mudar. Onde termina a amizade e começa o amor eu realmente não saberia dizer. E quantos casamentos com juras de amor eterno sucumbem por aí enquanto amizades fraternas permanecem para sempre, não é mesmo. Belo post.

    bjs

    ResponderEliminar
  9. Sua pergunta não recai sobre outra? - o que é "uma amizade"??? - e talvez outra antes: há uma definição???
    Acho que cada relação tem sua história, sua cor, sua temperatura e, escrita essa história, tentamos "ajeitar" um nome para defini-la.

    Mas, até que ponto uma pessoa se entrega?

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  10. O ponto de entrega é variável. E sempre ficamos felizes com a parte que recebemos, com a nossa cota.
    A amizade de Montaigne por La Boetie é de entrega total, mas acredito ser raro entrega a tal ponto.
    O amigo de verdade é aquele que está na medida exata, na entrega suficiente, que não precisa total, mas sim, presente.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Lumna, vc deve ser uma boa amiga dos teus amigos... deve ser aquela que dá bronca, dá conselhos, mas nas horas preciosas, dá o ombro.

    Errei ???


    Bjks

    ResponderEliminar
  12. Luma
    Amizade é um sentimento que são vistos de tantas formas e cabe a cada um dar o seu valor. Uma coisa importante é que o tempo que convivemos com uma pessoa ele chega a um estágio que é uma mistura de amor, amizade, companheirismo, dedicação, e só vivendo que pode se entender um pouco mais.
    Como sempre é únca na suas apresentações.
    Adorei o encontro com seus amigos ... tem lugar para mais um?
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Luma,
    As amizades que conquistamos e se tornam verdadeiras nunca serão esquecidas ou perdidas... eu costumo dizer que quando nos distanciamos de pessoas queridas é porque o tempo precisou se meter para que pudessemos "arrumar" algumas coisas de nossas vidas, para depois nos juntar novamente...amigos humanos, amigos de quatro patas...todos tem seu lugar e espaço nos nossos coraçoes...
    Querida, amei esse texto... estou voltando a ativa novamente...bem melhor das "culunas"rsrsrsrs
    Bjs carinhosos
    Márcia

    ResponderEliminar
  14. Eu adoraria me entregar menos... ser amigo não é brincadeira não rsrs

    ... brincadeira, não consigo me imaginar ser meus amigos, eles são realmente especiais.

    bjs

    (seu post está perfeito)

    ResponderEliminar
  15. Olá Luma,
    Excelente abordagem sobre a verdadeira amizade...
    Como sempre você nos leva a pensar mais um pouco.Ótimo!!
    Eu me entrego na medida da necessidade do outro, respeitando os limites e espaços de cada um.
    Tenho tido experi~encias gratificantes em ter Amigos e em ser Amiga
    Abraço afetuoso,
    Regina Coeli

    ResponderEliminar
  16. Eu não li este post, eu simplesmente devorei!!! Incrível como a vida me manda sinais...esse domingo estava questionando com uma amiga até q ponto realmente somos amigas e confesso que já vou indicar esse seu post para ela ler.

    Beijos da Comadre.

    ResponderEliminar
  17. Luma,
    tema difícil para uma abordagem rápida. Requer meditação. Parece simples, mas não é.
    Acho mais fácil fazer inimigos que amigos. Para a primeira hipóteses basta uma palavra mal escolhida, um pequeno distrair-se e pronto: deu-se a desgraça. Já tive enormes dissabores por sentido diverso que uma palavra adquire, principalmente a palavra escrita.
    Amizades sinceras e verdadeiras são aquelas capazes de ultrapassar pequenos deslizes. Nem sempre conseguimos, no entanto.
    Beijo, menina

    ResponderEliminar
  18. Luma:
    Adoro seu textos e este comprova mais uma vez que para existir amizade é peciso existir afinidades.
    Não rspondi a sua pergunta.
    Talvez precise de um texto mais elaborado.
    Vou pensar no assunto.
    Boa semana!
    Beijos.
    Anny.

    ResponderEliminar
  19. Luminha, sua danada! Vim conferir a foto que colocou! Não acredito que colocou essa!! Justo essa que coloquei este lenço horroroso na cabeça para proteger os cabelos do sol! Tá certo! Estou te devendo uma! Beijos carinhosos!

    ResponderEliminar
  20. Luma, primeiro adorei a foto, bem alegre, bem sorrisos...

    Eu tenho pensado mto sobre amizade esses últimos dias. Amigos virtuais, amigos reais... Amigos. Aqueles que mesmo longe sente, amigos que perto abraçam o silêncio e confortam. Apens amigos...
    Amizade de verdade é entrega total, em todas as horas...

    Beijos querida!

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. Realmente amizade é uma coisa necessaria e importante nas nossas vidas. Bjoka

    ResponderEliminar
  23. retribuindo a sua visita.
    TEM PRESENTINHO PARA VC.
    EMBORA ESTE BLOG JÁ ULTRAPSSAOU A 81 MIL VISITAS TE OFEREÇO O SELINHO DE 80 MIL..
    INTERAÇÃO DE AMIGOS AGRADEÇE O SEU CARINHO E AMIZADE..
    VENHA BUSCAR..
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    VOU TE ESPERAR PARA COMEMORAR.
    SEM VC. ESTE SUCESSO NÃO SERIA POSSÍVEL.
    CARINHOSAMENTE EU LHE AGRADEÇO A COMPANHIA E A SUA AMIZADE.
    É UM GRANDE PRAZER TER VC. POR LÁ. SEMPRE TÃO AMADO(A), CARINHOSA(S) E AFETIVO(A).
    AMO QUANDO VC VEM..
    SEI QUE MUITAS VEZES NÃO É POSSIVEL TE VER. MAS O MAIS IMPORTANTE QUE A NOSSA AMIZADE VIRTUAL, NÃO ULTRAPASSA SÓ A TELINHA, MAS AS FRONTEIRAS DO UNIVERSO. GRANDES AMIGOS LÁ SE ENCONTRAM.. POR ISSO VC JÁ ME CONQUISTOU..COM TODOS ESSES CARINHOS E ELOGIOS.
    SER AMIGO É TER A CERTEZA QUE UMA FLOR AINDA SE ABRE NO JARDIM DA VIDA.
    TER PESSOAS AO NOSSO LADO É TER A CERTEZA QUE A VIDA CONTINUA PLENAMENTE. E QUE NADA MUDARÁ O PERCURSO DA NOSSA AMIZADE. A NÃO SER A MORTE. MAS ENQUANTO HOUVER A VIDA..NOS ENCONTRAREMOS. MESMO QUE O TEMPO PASSE.. E A DISTÂNCIA NÃO NOS SEPARA.. MA A ALEGRIA DE NOS VERMOS ATRAVES DESTE MEIO, NÃO NOS AFASTARÁ TÃO CEDO..
    FICO MUITO FELIZ POR TER CONQUISTADO O SEU CARINHO.. AQUI REALMENTE SOMOS GRANDES AMIGOS. POR ISSO A INTERAÇÃO DE AMIGOS AGRADECE O SEU CARINHO E PRESENÇA. SUA VISITA ME DEIXA MUITO FELIZ. SEI QUE MUITAS VEZES NÃO POSSO TE VISITAR EM FUNÇÃO DO MEU TRABALHO..MAS SEMPRE QUE DÁ UM TEMPINHO ESTOU AQUI.. PARA TE VER E DEIXAR O MEU ABRAÇO SUPER CARINHOSO. MUITO OBRIGADA POR ME AJUDAR A CONQUISTAR ESTA VITORIA.. SEI QUE MUITAS OUTRAS VISITAS E SEGUIDORES ESTARÃO POR LÁ...
    VAMOS COMPARTILHAR JUNTOS ESTE CARINHO. O SELO INTERAÇÃO DE AMIGOS É O MEU PRESENTE SUPER CARINHOSO PARA MANIFESTAR E RECONHECER A NOSSA AMIZADE.
    MEU MUITO OBRIGADA.

    NÃO DEIXE DE PEGAR SEU SELO BLOG ORIGINAL EM MEUS MIMOS. PASSE LÁ.
    http://sandraandrade7.blogspot.com
    este é especial para todas as mulheres.
    um grande abraço a todas.
    Sandra

    ResponderEliminar
  24. pensei que finalmente veria uma foto tua...Mô fraude...hehehe

    ResponderEliminar
  25. Olá Luna

    Para mim a amizade é a expressão maior do amor.
    Excelente forma, como sempre, de expor suas idéias e sentimentos.
    bjs

    ResponderEliminar
  26. Eh sempre emocionante ler certos trechos de Montaigne, sabendo o quanto esta amizade mítica entre ele e La Boétie foi intensa assim que breve, 4 ou 6 anos? Não se sabe. Fiquei pensando nas pessoas que atravessaram minha existência com esta intensidade, tem um antes e um depois. Ou melhor, eu atravessei um pedaço da vida por elas, foram minhas pontes. E sou grata por isso.
    Fica esta frase do mestre Vinicius de Moraes :"A gente não faz amigos, reconhece-os."
    Super beijo Luma

    ResponderEliminar
  27. A amizade é o mais belo dos sentimentos, porque generoso. Mesmo um grande Amor precisa de Amizade para durar...
    Beijo

    ResponderEliminar
  28. amigo é mesmo o q há..bom demais ter e ser amigo.

    Luma, vi fotos de cabo frio e fiquei triste...putz...a natureza tá tomando o q é dela.

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderEliminar
  29. Só hoje consegui aceder ao teu blogue, o porquê? não sei:)

    Gostei deste teu post e ficou a reflectir uns tempões.

    O texto é claro mas muita coisa não funciona na prática porque é dificílimo definir sentimentos como o amor, a alegria e tristeza e a amizade etc.

    "Até que ponto uma pessoa se entrega a uma amizade?"responder numa "globalização" é igualmente difícil e cada um sentirá de forma diferente.

    Como animais que somos necessitamos de "companhia ou vivência de grupo" mas há quem (e conheço vários) que optam por estarem completamente sós e dedicam a amizade que têm a animais de estimação, ou até viverem na rua fazendo ou chamando "amigos" aos simples transeuntes ou dependerem totalmente deste mundo de cabos onde pode ocorrer amizades sólidas e verdadeiras por empatia. Tenho alguns e já conheço pessoalmente outros tantos, mas existe uma banalização de que aqui ou lá fora somos todos amigos e eu alguma vez fico aborrecida, triste pela facadas e absurdos cometidos por amigos? Tá louco preocupar-me com isso e penso sempre...foi bom enquanto durou e vamos em frente.

    Há muitos anos escrevi uma frase para um jornal em LUanda, já o fiz aqui na net e está em muitos locais, que traduz o que penso, sinto e faço com o "souflé amizade:)":

    "os amigos vão e vêm como as ondas do mar e os que perduram no tempo são as conchas que ficam no areal"

    e como tal tenho amigos de infância, do tempo que trabalhei, e alguns mais recentes e em vez de me preocupar se ficam ou não como amigos, disfruto do prazer que a amizade dá, mas detesto porque não o sou de todo, que os amigos se tornem "lapas/cola" porque como em tudo na vida deverá haver espaço, espaço esse por vezes mais conflituoso por parte das mulheres, ou seja o velho ciume se sou tua amiga não posso ser de outros o que é trágico.
    Mais, posso não gostar de uma pessoa - aqui ou lá fora - mas jamais dizer ou fofocar a outra, porque pode não funcionar comigo mas funcionar bem com outra pessoa! SE me perguntarem eu digo, aliás não me perguntam nada porque basta ver a minha atitude e arranjar intrigas foi algo que sempre detestei e jamais o faria. Isto passa-se muito neste muito de cabos!

    Já falei diiiiiimaisss e inté!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  30. Luma meu bem:
    Amizade é aquele amor, que cuida, que pensa no outro, que não permite que pequenas rusgas marquem algo tão bom e tão forte.
    Para a amizade, não existe barreiras, a distância física torna-se pequena, quando em pensamentos estamos sempre presentes, olhando pelo outro.
    Em cada momento difícil que o amigo tenha, lá estará meu pensamento e minha preocupação, meus desejo que tudo fique bem.
    Para os meus amigos, o meu amor, para o meu amor, também a minha amizade.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  31. Luma, amizade é um sentimento que nos leva a perdoar deslizes do amigo.

    Por que, veja bem...ser amigo de quem nunca nos dar uma rusga é fácil.
    Eu quero ver, vc ser amigo de quem, num deslize, te machucou...

    E nesse nivel, tenho poucos.
    Eu sou aquele tipo de pessoa que sou, em termos de amizade, bastante tolerante..mas, se um dia, eu olhar no espelho e disser:

    CHEGA!CANSEI!
    Caio fora.

    tem gente que fala qeu amigo nao cobra. Isso é balela, Luma...Amigos nossos nos cobram, sim...Eles nos solicitam para ouvi-los. Eles nos cotnactam para pedir ajuda...

    Eles, tbm, erram, LUma. E, ao errar, se somos amigos, vamos entender!!

    Ano passado, eu fui comunicada que levei uma paulada.
    mas, o tempo ultrapassou tudo.E a amizadeficou.

    Bjs e dias felizes

    ResponderEliminar
  32. Bom dia, Luma!

    É tão bom vir aqui. Quando a gente entra tem a sensação de estar em casa. Você escreve sempre com a intenção de tocar fundo em nossa alma, e consegue.

    Quanto a pergunta. Sempre tive poucos amigos. E minhas amizades sempre ocorreram na escola, no trabalho.
    Sou de me entregar profundamente às amizades. Deixo sempre que as coisas ocorram naturalmente e, atualmente, procuro respeitar os limites de cada um.
    De vez em quando encontro amigos que há muito não vejo e ficamos a lembrar dos momentos que passamos juntos.
    A mim, jamais importará, o tipo de amizade. Amigo é aquele que deixa marcas profundas em nosso coração e que através de palavras, gestos ou atitudes contribui para que sejamos melhores em nosso viver.

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  33. As amizades estão cada vez mais escassas.
    Parece que neste nosso mundo solitário, violento, dinâmico resta-nos muito mais a virtualidade do que a realidade. E o que é a virtualidade senão a nossa realidade?
    É na virtualidade que encontro meus melhores amigos.

    Abraço, Luma

    ResponderEliminar
  34. Luma
    amizade é amor 100sexo!rs!!!
    a citação de Montaigne "tudo dividiamos pela metade e hoje tenho a impressão de que lhe roubo a sua parte" me diz muito.
    beijo!

    ResponderEliminar
  35. OLá,

    Acho que as amizades que mais duram são aquelas que a gente faz quando é adolescente, quando começamos a descobrir o mundo adulto. Essas duram a vida toda. As amizades que a gente faz quando somos um pouco mais velhos podem vir a ser mais rápidas, no entanto podem der muito mais profundas.

    ResponderEliminar
  36. Eu me entrego bastante a uma amizade, se bobear, sou até explorado pelo novo amigo...

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade e exagero.

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  37. Oi querida parabéns , pela postagem e a foto.
    Amizade sincera é quando
    mesmo estando não se sabe onde
    com apenas um clique se responde:
    Olá!!, eu também estou aqui!
    Beijinhos , ótima semana a vc

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor