Telhado verde

prefeitura sp chicago
Cobertura da Prefeitura de São Paulo (à esquerda), Prefeitura de Chicago (centro) e Trump Tower Center em Nova York (à direita) - imagem

Nas cidades em que as mudanças bruscas de temperatura acontecem no decorrer do dia - as típicas 4 estações do ano em um só dia - o telhado ecológico ganha espaço, como solução para manter o equilíbrio térmico. O cômodo abaixo de onde o telhado é instalado permanece com clima fresquinho durante todo o ano - não esquentando no verão e não esfriando no inverno.

Também usado para combater as ilhas de calor em espaços públicos onde existe pouca vegetação, muito concreto e asfalto - exemplo da passarela na avenida Rebouças coberta de plantas. A sede da prefeitura de São Paulo, onde existe o maior telhado vivo do país construído na década de sessenta [video], 70% das águas das chuvas ficam retidas e são absorvidas pelas plantas, o restante é armazenado para uso na limpeza. Este método também pode ser usado para evitar as enchentes nas cidades porque diminui a saturação das galerias de águas.

Também podem ser habitáveis, transformados em áreas agrícolas, dando proteção a cobertura da radiação ultravioleta que aumenta sua vida útil ou transformados em simples gramados para ser usado como o quintal de casa. O desafio é construir formas simples de telhados vivos que possam trazer benefícios ecológicos e sociais com baixo custo e acessível a todos.

skygarden

A imagem acima, ilustra uma matéria que fala de uma tecnologia usada no Japão para instalação de jardins suspensos, gramados e até hortas orgânicas [leia +]

Saiba as vantagens desta biocobertura segundo o site Eco Telhado:
  • Qualidade do ar: Através da fotossíntese e da aderência dos poluentes ao substrato, os telhados verdes agem como purificadores do ar urbano. O telhado vivo é também um aprisionador de carbono.
  • Benefício Educacional: O telhado ecológico é a metáfora da sustentabilidade com efeito pedagógico para gerações futuras sendo, portanto, a cobertura ideal para prédios institucionais e escolas.
  • Proteção do prédio: A cobertura vegetal em um prédio elimina a concentração de calor evitando a dilatação e protegendo o prédio contra trincas. O substrato absorve também as chuvas ácidas. Estes dois fatores elevam a vida útil da construção.
  • Pluvial: Pela retenção de água e diminuição do fluxo a laje vegetada contribui de forma muito significativa no escoamento de água da chuva.
  • Biodiversidade: Com o crescente desenvolvimento das cidades e de áreas rurais, espécies vegetais e animais têm sido expulsas de seu habitat natural. A cobertura vegetal ou telhado de grama é ferramenta fundamental para a sobrevivência e continuidade da manutenção da vida no conceito urbano que se forma a partir de agora. O telhado ecológico é a solução para cidade moderna.
  • Acústica: O teto verde diminui a reverberação ao absorver e isola ruídos.
  • Aquecimento Global: O telhado verde diminui significativamente a necessidade de energia para climatização de ambientes, contribuindo assim para a diminuição de emissão de CO2 e de suas consequências.
  • Conforto Térmico: O telhado verde proporciona excelente conforto ambienta, pois além do isolamento térmico, ele age por evapotranspiração, perdendo a energia de evaporação da água por ele retida. O telhado vivo também consome energia pela fotossíntese.
  • Ilhas de calor: Pela evapotranspiração auxilia no arrefecimento de centros urbanos. A continuidade dos telhados ecológicos na cidade influi muito significativamente para o conforto ambiental das áreas mais urbanizadas.
  • Valorização do Prédio: Pelos seus benefícios confere ao prédio um maior valor no caso de venda.
  • Psicológica: O ser humano reage positivamente a espaços naturais verdes, opondo-se a aridez do concreto e do asfalto. Aumenta o senso de comunidade. Pesquisas apontam a rapidez de curas em hospitais onde os paciejapan_green_roofntes tem a oportunidade de entrar em contato com áreas verdes. O telhado de grama ou ecológico é a realização da utopia de viver em meio à natureza mesmo cercado de prédios.
  • Lazer: No caso de laje plana o telhado de grama se transforma em uma área de lazer.
  • Produção de Alimentos: A cobertura verde pode ser aproveitada para horticultura com grandes vantagens principalmente no caso de projetos de casas populares. A produção de alimentos próxima ao consumo, tem sido apontada com elemento de sustentabilidade na idealização da cidade do futuro
Apesar do Brasil ainda engatinhar na procura pela nova tecnologia, a demanda de novos e antigos imóveis pela cobertura vegetal tem crescido em projeção geométrica e já existe um movimento pela troca do telhado em seguimentos industriais, supermercados e shoppings centers.

O telhado verde também é coletor de poeira, o que ajuda a evitar doenças alérgicas em crianças e deveria ser usado em larga escala, tanto em residências, como no comércio e prédios, pois sua instalação é simples, não dá trabalho de manutenção e ajuda o meio ambiente.

O Luz de Luma contribuindo para uma vida mais sustentável! Seja verde e participe do encontro de amigos e blogueiros "Colorindo a vida", promovido pela Glorinha Leão no seu blogue "Café com Bolo"

*Agradeço a todas as palavras de incentivo e carinho, deixadas nos dois últimos posts! Sem querer parecer clichê "Nada como um dia após o outro". Ah, o que seria da internet sem os bloggers?

Boa semana!!

52 comentários :

  1. Olá Luma!
    Grande idéia você teve ao abordar este assunto. Outro dia ainda recebi um email tratando de um projeto de prédio auto sustentável.
    Acho interessantíssimo!
    Eu mesma saí de São Paulo para perto do verde por não agüentar mais o excesso de concreto e asfalto!
    E viva o verde! Sejamos verde!
    Um beijo
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  2. Eu vi esta matéria. Achei o máximo!!

    bj

    ResponderEliminar
  3. Já que os pisos das grandes cidades estão impermeabilizados, não custa muito investir nas ilhas verdes de conforto. Mas acredito, que só se virar lei, pois a consciência ecológica da maioria é pequena

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Muito bem lembrado. Os telhados verdes só tem benefícios a oferecer né? Não sei o custo para se fazer algo assim, mas creio que ainda que seja 30% mais caro que o convencional, a qualidade de vida deve ser levado em conta não é mesmo?
    Já tinha lido sobre as hortas suspensas, inclusive em escolas. Achei muito legal!
    Graças a Deus, apesar de morar na Grande São Paulo, vivo cercada de muito verde. É bom demais!

    ResponderEliminar
  5. Bom dia dona Luma, rs
    Tudo bem com vc menina?
    Olha, eu adoro telhado verde e o primeiro que eu vi foi o da atual prefeitura e me apaixonei, mas infelizmente aqui em casa não dá pra fazer isso. Mas quem sabe consigo isso numa casa futura. hehehe
    Tenho muitos planos nesse sentido.
    Grande abraço menina

    ResponderEliminar
  6. Olá Luma,
    Gostei bastante do seu post. Embora me interesse sobre tudo, que possa ecologicamente melhorar a vida das pessoas, ainda não tinha visto, nem lido nada sobre estas zonas verdes no topo dos edifícios e as suas múltiplas vantagens. Não sei mesmo se por cá já se investe nisto.
    Saio daqui com um conhecimento de algo, que considero muito interessante. Obrigada.
    Beijinhos,
    Manú

    ResponderEliminar
  7. Excelente abordagem, eu desconhecia estes biotelhados, sobretudo em SP e achei os benefícios maravilhosos. Tomara que novas construções tenham esta preocupação.
    Grande beijo!
    Janeisa

    ResponderEliminar
  8. É, eu lembro de uma época que passava na tv uma espécie de campanha para que os prédios pintassem a cobertura de branco, para diminuir o aquecimento global. Não sei se ainda passa...

    Branco reflete o calor.

    Branco e verde são minha atuais cores preferidas.

    Um abraço e...

    Outro dia li num outro blog que LUTO é um verbo para ser conjugado no imperativo. Lembrei de você, Luma. Lute.

    Michelle

    ResponderEliminar
  9. verde é sempre bom faz bem a alma e aos olhos, acho lindo os jardins suspensos, existe também as famosas casas inteligentes que além do jardim, tem todo espaço aproveitando o sol para gerar energia, juntamente com os materiais reciclados. Isto é muito bom, e a natureza agradece.
    Bjs, uma boa semana

    ResponderEliminar
  10. Luma,
    Acho isso simplesmente o máximo e vi esta torre do Trump Tower no ano passado, fiquei boquiaberta olhando pra cima. É lindo demais!
    E a Prefeitura de Sampa tá de parabéns com esta bela idéia.
    um beijão carioca

    ResponderEliminar
  11. Bom post, Luma! Me fez pensar sobre o assunto. :) Boa semana!

    ResponderEliminar
  12. Para mim é uma novidade,mas tomara que vire moda,o meio ambiente agradeceria!
    bjs Luma

    ResponderEliminar
  13. Não é propaganda, mas informação.

    Um copo de água de “Coco Verde” de 250 ml gera mais de “1 Kg de lixo”.

    Telhado Verde
    www.cocoverderj.com.br/coberturaverde.htm

    Painéis Verticais
    www.cocoverderj.com.br/jardimvertical.htm

    Recuperação de Áreas Degradadas
    www.cocoverderj.com.br/concha.htm

    ResponderEliminar
  14. ter a casa fresquinha o ano todo...isso é genial...nao posso esquecer disso no dia que me transferir para o Brasil...
    Um beijoca pra voce queridona...
    Meire
    www.meiroca.com

    ResponderEliminar
  15. OS telhados verdes, ou mesmo os telhados brancos - mais simples e baratos - seriam a solução para esses problemas das grandes cidades e melhorariam muito a qualidade de vida do habitante urbano. Mais uma questão de boa vontade do que de dificuldades técnicas.

    ResponderEliminar
  16. Luminha, vc tá de volta uhu!!!
    E com esse post que tá o máximo! Já tinha ouvido falar em telhados brancos como ecologicamente corretos, mas vredes, nunca!
    Legal demais isso...e eu, como defensora dos animais e da mata, feiticeira do bem...agradeço esse lindo e ecológico post!
    beijinhos mil

    ResponderEliminar
  17. Olá, que post bem pontuado! Parabéns! Atual e edificante...
    Bjs esverdeados e ótima semana!

    ResponderEliminar
  18. Nossa Lumitcha !!! Como eu tava com saudades, acostumei a vir passear por aqui.. senti falta !
    Acho magnifico o homem tentar reverter a situação! Eu moro numa casa enorme e com um gramado lindo cheio de arvores frutiferas (16 ao todo)... adoro ficar descalça .. pisando na grama..sentindo a naureza no meio dos meus dedoes.

    Bjks e ve se nao some mais !!

    ResponderEliminar
  19. Ei, Luma, parabéns pelo seu post!
    Já faz algum tempo que ando pensando neste tipo de telhado para o prédio onde moro. Gostaria de qulquer hora conversar com um engenheiro sobre como fazê-lo. Acho que deveria ser lei, para que todos fizessem.
    Bjinhus.

    ResponderEliminar
  20. Caramba!
    agora sim, tive uma didática aula sobre os benefícios do verde. Engraçado isso, a gente corre prá lá, corre prá cá e não se dá conta do todo que um telhado verde pode nos proporcionar. Obrigada pela magistral explicação. Foi muito bom vir aqui.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  21. Muito bacana seu post Luma, se todo mundo tivesse essa consciência, viveriamos em uma cidade melhor. Força, o q precisar pode contar comigo. Big Beijos

    ResponderEliminar
  22. Gosto muito da ideia de humanização que essas paisagens trazem. Nossa moderna "vida vertical", sempre enclausurados em escritórios ou apartamentos cada vez mais minúsculos, nos rouba o contato com a natureza. Essa proposta vem resgatar esse convívio saudável.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  23. Obrigada, amiga! ainda está de pé o convite para postar no Faça a sua parte!
    beijo,menina
    Denise Rangel

    ResponderEliminar
  24. Interessante e bem bolado teu post!um beijo,tudo de bom e parabéns pela linda participação!chica

    ResponderEliminar
  25. Oi Luma, valeu pelo comentário la no meu blog!

    E que bacana é o seu! Cheguei agora e tenho que ter tempo pra ler com atenção.

    Essa idéia de teto ecológico é bem bacana!!!Parabéns pela divulgação.

    Bjs

    ResponderEliminar
  26. O verde é importante, acho que deveriam popularizar mais estes jardins suspensos!
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  27. Estas soluções são magníficas, tanto no aspecto ecológico, como estético.
    (Um beijinho, pelo post anterior)

    ResponderEliminar
  28. Excelente!!!!!!!!!!!!! Faz tempo que não venho aqui. Vou colocar seu blog em minha lista para vir mais vezes, seu blog tá ótimo.

    E adorei seu coment bem humorado lá no meu espaço tb. Vc é sempre bem vinda!!!

    bjo

    ResponderEliminar
  29. Olá Luma,
    Muito interessante seu post. Espero um dia ver muitos tetos ecológicos.
    Fique bem.
    Bjs mil

    ResponderEliminar
  30. Olá!!! Muito obrigada pela visita Luma. Amei seu post. Queria um telhado desses, rsrsrs!!!Ahhh outra coisa a chamada do seu Blog é simplesmente perfeita! Parabéns e linda semana!

    ResponderEliminar
  31. Sabe Luma, vi numa super interessante antiga falando sobre os telhados verdes, sendo que se todas as grande cidade adotassem a pratica, a temperatura teria um declinio de 4 graus celcius perante a temperatura que ela enfrenta...

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  32. Que ideia maravilhosa essa do telhado verde. Perfeito demais!!
    Nossa, agora agradável mesmo deve ser dentro dos apartamentos, casa...
    Belíssima ideia!!

    Tá tudo bem Luma?

    Beijos pra vc...

    ResponderEliminar
  33. Olà Luma, primeira visita no seu blog e te digo que A-DO-REI !
    Muito bom abordar este assunto pois as grandes cidades seriam mais humanas com tetos e muros vegetais.
    Aqui em Paris temos o Musée du Quai Branly que ficou super legal.
    Continue sensivel e inteligente.
    Abraços
    Laura

    ResponderEliminar
  34. Uma ideia para colmatar o desgaste do Planeta e, ainda por cima, criando espaços de fruição. Excelente.
    Beijo

    ResponderEliminar
  35. Olá Luma,

    A preservação da Natureza é um assunto que muito me interessa, mas confesso ainda não ter visto matérias relacionadas aos ECOTELHADOS.
    Muito intessante e oportuno seu post.
    Que bom ter compartilhado conosco essas informações, certamente vou me inteirar mais sobre essa idéia preciosa!!!
    Fiquei feliz com sua amável visita e agradeço seu comentário lá no FAZ DE CONTA.
    Um abração carinhoso,
    Regina Coeli

    ResponderEliminar
  36. e veio pra fechar um projeto que estou terminando na pós, em ótima hora... obrigado por compartilhar :).

    no mais, só duas palavras: tudo passa. Ótimos dias pra ti, beijos!

    ResponderEliminar
  37. Oi Luma

    Parabéns por este post ecológico.
    Gostei muito do seu espaço e vou segui-lo.
    Obrigada por ter me visitado e deixado as suas considerações.
    bjs, Norma

    ResponderEliminar
  38. Vir conhecer o seu blogue deu-me
    para conhecer algo sobre o aproveitamento do verde e com isso
    melhorar o nível de vida das pessoas que desconhecia.No meu país
    (Portugal) as câmaras apostam muito
    no betão e muito pouco no verde,
    aliás têm destruído muito verde...
    Gostei de estar aqui, voltarei
    com prazer.Obrigada pela visita ao
    meu blogue.
    Beijo/Irene
    Beijo/Irene

    ResponderEliminar
  39. Pois é, Luminha
    Eu tomei contato com estes telhados vivos quando pesquisava para meu livro sobre o ator Brandão. Lá na terra dele, os Açores, as casas antigas tinham telhados cobertos com terra. Os passarinhos deixavam cair semente dos bicos sobre eles e eles floresciam.
    Deve ser bem legal morar numa casa assim...
    Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

    ResponderEliminar
  40. Luma
    Que bom que vc visitou meu blog, assim eu pude conhecer o seu e aprender sobre os telhados verdes.
    Já pensou se em cada prédio novo que surgisse em SPaulo(só aqui na minha redondeza tem uns 30) fosse obrigatório fazer isso? Pelo menos já melhoraria.
    abs

    ResponderEliminar
  41. Luma, vc acertou! É branca a próxima cor! Vai botando a cachola pra funcionar que é a última ein? Se bem que vc nem prcisa se esforçar muito pra cachola funcionar...hehe...beijos.

    ResponderEliminar
  42. Olá Luma!
    Adorei o seu verde! Os jardins suspensos sempre fizeram parte do meu imaginário, agora aprendi que além da beleza só trazem vantagens... Um grande bem haja! Bela pedagogia!
    Beijos***deFada

    ResponderEliminar
  43. adorei sua postagem, adorei suavisita, bjs

    ResponderEliminar
  44. Oi Luma!

    Gostei da "area verde" : faz bem ao olhos e à vida. Linda matéria.

    beijos querida, espero que estejas bem.

    Com carinho,

    ResponderEliminar
  45. Oi Luma!
    Este assunto me interessa bastante. E as novidades em construções similares a estas não param de surgir. Sempre que posso ou consigo, acompanho pela TV programas que tratam do assunto.
    Se não tivesse ficado desempregada, este ano estaria cursando a Arquitetura, justamente pela paixão por trabalhos e idéias inovadoras nesta área.
    Enquanto isso vou fazendo minha humilde contribuição por uma vida mais sustentável.
    Adorei seu post!
    Bjs,
    Aline

    ResponderEliminar
  46. Amei os projetos dessa nova maneira de trazer o verde para casas,prédios,comércios etc. Tomara que comece logo a implantação dessses beneficios nas construções ,resolveria uma porção de problemas juntos sem agredir o meio ambiente,muito pelo contrário. Adorei! Montão de bjs e abraços

    ResponderEliminar
  47. É uma excelente idéia, principalmente para as metrópoles conhecidas como selvas de pedra.
    Belíssima a imagem sobre um prédio do Japão, muito natural eu meio ao concreto da cidade!

    ResponderEliminar
  48. Gostei imenso deste post sobre uma matéria fantástica e tão desaproveitado por muitos países.

    Já há uns anos vi vários prédios em Paris que utilizam o mesmo método e o meu encantamento a ver "prédios com autênticas cabeleiras verdejantes".

    A prefeitura de S.Paulo está genial.

    Portugal como sempre além de pequenino os governos sucessivos não aprendem "como aproveitar águas fluviais e pouparem em gastos energéticos" e já não deve ser viva, mas muito engano daqui a 30/40 anos só haverá auto-estradas e barragens. Apre!

    Beijocas e obrigado por este banho de cultura

    ResponderEliminar
  49. Vim agradecer sua visita, e acabei aprendendo coisas que nem imaginava existir nos telhados dos arranha céus pelo mundo afora!

    ótimo e educativo post,
    parabéns pelo blog!

    Renata
    www.eternosprazeres.blogspot.com

    ResponderEliminar
  50. Adorei seu post verde e seu cantinho também.. Voltarei,
    Bjos
    Fran

    ResponderEliminar
  51. Oi Luma,

    É uma boa ideia. Mas pergunto-me se isto só será possível em edifícios construídos tendo este eco-telhado em mente.
    Faço esta pergunta, porque em Portugal os prédios estão tão mal feitos (devido à procura do enriquecimento fácil) que se eu pusesse um jardim no meu terraço a estrutura do mesmo talvez caísse na minha cabeça...(lol estou a rir, mas é verdade).

    Vou investigar mais sobre este assunto.

    Beijos

    ResponderEliminar
  52. Este assunto é muito importante nos dias de hoje, escrevi no meu blog a visão do mercado imobiliário sobre as bio coberturas ou telhados jardim. Espero que goste, http://raonikoury.blogspot.com

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor