Amélias

Neste dia internacional da mulher, estava desanimada em escrever sobre o assunto, justo pela repetição, não só do tema, mas da própria situação da mulher. Agora passando da metade do dia, entro pelo blogue da Claudya e vejo a charge abaixo:



Em seguida ela cita aaaaaaaaaquela música, sabe? Do Ataulpho Alves e Mário Lago: Amélia que era mulher de verdade... um letra que traduzia os anseios masculinos do passado (?) e que as mulas, ops! Não se deve seguir a letra da música ao pé da letra? - desculpas, pois as "Amélias" acreditavam e seguiam o comboio.

*Quem não conhece a letra da música, independente da qualidade dos autores, acessem o blogue da Claudya

Não pesquisei o ano de criação da música, mas sei que naquele tempo, haviam muitas mulheres que não seguiam o bonde e que eram "Amélias" de verdade.

32 comentários :

  1. Luma, imagine se vc tivesse pesquisado..kkkkk
    bjs e dias felizes

    ResponderEliminar
  2. Luma
    Tem razão no que escreve. Ainda hoje há mulheres que não vão ao cinema sozinhas, quanto mais atravessar o Atlântico! Há muitas conquistas que temos de ser nós próprias a fazer.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Uia, espero nunca tratar um mulher com a charge, mas no final o que é importa é que todos somos capazes de transceder as nossas limitações, seja próprias, ou impostas por outrem...

    E feliz dias das mulheres Luma =P

    Fique com Deus, menina.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Luma querida!

    Existem mulheres e mulheres, felizmente!
    Belo post para a data!

    Sigamos na luta...
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Gostei e já usei a dica do u-tube .

    Obrigadíssimo,

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. "Gostei da melodia" é igual a não gostei da letra?

    É controversa, mas eu gosto!

    Obrigado pela visita...

    mais um beijo!

    ;)

    ResponderEliminar
  7. Uma personalidade assim nos impulsiona a altos vôos ! Bela homenagem, Luma!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  8. Luma, essa que é a Amélia de verdade!!
    E viva as nossas conquistas!!^^
    Beijos no seu coração minha querida e muitas felicidades^^

    ResponderEliminar
  9. Em algum canto do mundo há mulheres que marcaram e nos fizeram grande.Parabéns. bj

    ResponderEliminar
  10. Vc nao deve pesquisar muito mesmo, vc é a propria pesquisa !!!
    Adorei a charge !!!
    Hj em dia mulher tá muito pra baixo mesmo, a maioria nao se dá valor...

    Bjks e feliz dia das mulheres, principalmente pra vc , que é um exemplo de inteligencia !!

    ResponderEliminar
  11. Não precisava desculpar-se, questionei apenas para saber o que quis dizer, agora eu fiquei sem graça... ;)

    Procurei pela música e achei a J Kehl ainda não conheço quase nada dela, mas vou "me informar" dai te conto!

    ResponderEliminar
  12. Luminha,
    Eu estive aqui antes, mas a caixa de comentários não aparecia, então ainda é tempo de deixar-lhe um grande beijo e dizer da minha admiração por você e por considerá-la uma grande e inteligente mulher. Parabéns querida!

    ResponderEliminar
  13. Um belo texto Luma para que todos nós reflitamos com seriedade. Ainda falta muito para a mulher alcançar tudo que precisa e merece, mas com certeza estaremos lutando juntos para que elas(vocês) cheguem lá o mais rápido possível.

    Obrigado por ter gostado do meu cordel em homenagem às mulheres, publicado no blog de Andreia.

    Grande abraço poético.

    ResponderEliminar
  14. Flor, feliz dias das mulheres atrasado... Parabéns pra nós todas. Bjs e fik com Deus.

    ResponderEliminar
  15. Pois é...Amélia que era mulher de verdade!!!

    Porque esta Amélia revela a verdadeira essência da mulher: lutadora, corajosa, inventiva, desfiadora, etc, etc, etc...

    beijos pra ti Luma

    ResponderEliminar
  16. Não gosto de datas e essa então, sem comentários. Li tantos assuntos curiosos ontem por causa da data. Até sobre o goleiro do flamengo e seus equívocos, típicos de jogadores de futebol.
    Acho que fico com a frase dita pelo Marco aqui ontem "sentiu vontade de fazer, vá lá e faça, sabendo que será mais fácil para uns e mais difícil para outros, mas não coloque a culpa no preconceito, na censura ou em qualquer outra coisa. Se não anda pra frente é porque não dá o primeiro passo" e seguindo esse pensamento, quantas mulheres fizeram a diferença, quantos homens, quantos humanos souberam seguir a frente e não foi fácil, com toda certeza.
    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  17. Conquistamos mais uma jornada de trabalho- é vero. Mas há ganho importantes- mulheres cada dia mais no Poder- o mundo seria melhor dirigido por nós? acho que sim- a não ser q sejam mulheres machistas :)
    bjs Laura

    ResponderEliminar
  18. Boa relaçao. Ainda bem que uma Amelia voou mais alto e assim outras Marias, Joanas e ate Amelias tem tb esse exemplo a seguir. Nesse mundo onde a mulher esta ai no mercado de trabalho, "pau a pau", eu diria que a melhor conquista damulher brasileira foi a Lei Maria da Penha que tem 3 aninhos, mas essa sim vai mudar a cara das que sofriam caladas por vergonha ou medo de denunciar. Estou amarga? Pode ser, mas estou sendo honesta com a mnha percepção de mundo.
    Bjos,
    Cam

    ResponderEliminar
  19. Luma dear, legal eu ter te inspirado (em termos, rs). Vc. sabe que eu odeio essa data, então, publiquei o post mais para o sarcástico mesmo, pesquisei a data da composição da letra, mas tb. não achei.... Dia das Mulheres são todos os dias. Obrigada por divulgar esse modesto post. bjs
    http://blog-memories2.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Maravilhoso texto, Luma! E essa charge, sensacional!
    Essa data é extremamente machista, mas já que nos deram, e é tão raro reconhecer o quanto merecemos, vamos curtir!
    Mulheres maravilhosa, à frente de seu tempo, lutando contra tudo e todos e que abriram caminho pra que nós, hoje, possamos ter um lugar ao lado dos homens, sempre deveriam ser homenageadas. Ainda há muito caminho a trilhar, muitas batalhas a vencer...mas que nesse dia, rasguemos sedas, recebamos flores, e nos congratulemos umas às outras! Merecemos essa união que esse dia nos proporciona.
    Grande beijo.

    ResponderEliminar
  21. Luma,

    Sempre fui independente, talvez até demais, mas confesso que quando descobri lá atrás a estória das mulheres fiquei passada e inconformada.

    Acho que muitas mulheres não conhecem nossas origens e talvez por isto não se reconheçam e não identifiquem seu espaço na sociedade ou não percebem de onde vem determinados comportamentos, seus e dos outros.

    Da época em que éramos (?) mercadorias, trocadas pelas tribos para reprodução à hoje, passamos por muita coisa e esta data é um lembrete da luta de mulheres famosas ou anônimas pela nossa libertação e independência, muito mais do que uma apologia ao sexo e uma datazinha para se dar flores e elogiar.

    Odeio esta banalização do essencial! rsrs

    Ah bom, também odeio quando faço este tipo de discurso. lol

    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Então, eu só a conheci por causa de um filme e achei incrivel a história a luta e tudo mais... e ainda um sumiço sem explicação!!!!
    Beijos saltitantes
    Boa semana

    ResponderEliminar
  23. Luma:
    Adorei seu post. Uma forma inteligente de homenagear a mulher, demonstrando como é possível ser ousada naquilo que faz.

    Penso que a mulher se valoriza pouco e com esta auto estima baixa, se deixa submeter a situações que não precisa. Vira uma Amélia e não se rebela.
    Adorei que a Amélia citada foi tudo, menos a Amélia da música.
    Isto e outras coisas que acontecem com as mulheres, são coisas lamentáveis. Umas são responsabilidade delas, outras não. Fazer o que? Pensar em dias melhore, já que foi muito pior antes.
    Uma boa semana e orgulho de ser Mulher.
    Beijos.
    Anny

    ResponderEliminar
  24. Nossa, se sem vontade de pesquisar e escreever você traz um texto tão bom e educativo e legal e tudo d ebom ao mesmo tempo, imagina se tivesse se dedicado, hein?

    beijos

    ResponderEliminar
  25. Em defesa destes dois Mestres do Samba e da MPB (não ficou claro o que quiseste dizer com "qualidade dos autores"...), digo o mesmo que Mário Lago me disse quando esteve aqui em São Luís: "Amélia não era mulher submissa! Emília [referência a outro clássico da era de ouro das rádios: samba inferior, porém divertido] até podia ser; Amélia, não! Amélia era aquela grande companheira, que aguentava tudo ao lado do seu amor, com serto estoicismo; uma mulher pra topar tudo!" Construíram algo tão negativo em torno deste clássico, uma pena: ainda faço um 'post' em sua defesa...

    Bacana sua homenagem ao dia 8, longe dos estereótipos fofinhos e do lugar-comum: parabéns por isso e pelo dia de ontem, mana sumida (se não contei-te a novidade-mor, foi porque minha irmã nunca mais parou um segundinho para conversar com seu irmão mais velho, né?!?!)! Beijo grande, manamada!

    ResponderEliminar
  26. É... essa não era exatamente uma Amélia! :) Boa semana, Luma.

    ResponderEliminar
  27. Sem dúvida que crescemos, saímos do nada em que vivíamos para mostrar os novos papéis que assumimos, mas ainda relutam em rever políticas salariais. Nós, mulheres, trabalhamos ao menos 4 horas/dia a mais que o homem, temos mais diplomas e melhor formação, mas ainda assim eles ganham mais do que nós ganhamos... e a formação deles deixa a desejar.

    Beijoooooooooossssssssssss

    ResponderEliminar
  28. Toda a razão no que escreves! Fantástica a história de vida de Amélia.
    bjs

    ResponderEliminar
  29. Já conhecia a história de Amélia e de muitas outras do passado e presente que bem longe dos media vão à luta todos os dias e todos os dias os seus direitos por vezes são desvalorizados por um mundo de hipócritas.

    Muitas também se desvalorizam e quando lhes perguntam "o que faz"? "nada". Fico piursa porque se o trabalho doméstico fosse contabilizado e o Estado pagasse um vencimento:) o discurso seria bem diferente. A juntar a isto a carreira profissional, ainda a maior penalização recai sempre sobre as mulheres, embora hoje as geração mais nova já dividem as tarefas:)

    Nem dei pelo dia, porque todos os dia sou mulher e luto sem medos:)

    Beijos garota linda

    ResponderEliminar
  30. Sabe, muitas vezes, gosto de ser a Amélia da charge: lavar roupa, ir para o tanque e até mesmo cozinhar. Só que muitas vezes eu me "emburro" e digo ao marido: não quero fazer nada em casa hoje. E ele tem que fazer tudo. Eu fico com dó dele porque, o tipo de trabalho dele é braçal e ele chega cansado do trabalho, então revejo minha posição depois.
    Minha filha que é dominadora de "carteirinha" diz: Que cada um faça a sua parte na casa e sá faz a parte em que compete as coisas dela.
    Quanto a Amélia que está aí na aviação, longe de mim, porque tenho medo de avião.

    Beijos:)

    ResponderEliminar
  31. Luma,
    Gostei do post e como não se sabe o que aconteceu a esta aventureira corajosa, eu,"escolho" que ela foi ter com a sua paixão e por anda toda feliz :)

    ResponderEliminar
  32. Belo post! Fiquei a matutar sobre o destino de Amélia.Será que ela está viva...será que ficou com o Imperador... :) Uma história muito interessante que demonstra o poder feminino :)

    Jocas gordas
    Lena

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor