Meus oito anos

Entre o período do Natal e Ano Novo, estive com Lelo, meu primo escritor que tem demonstrado muito interesse pelo mundo dos blogues e pretende em breve, mostrar seu talento para este universo. Por enquanto, está pianinho na observação, afinal, para quem sempre contribuiu escrevendo nos bastidores da mídia, principalmente a televisiva, torna-se difícil 'escancarar'.

Recebi por esses dias seu e-mail cobrando atualização das postagens "Chega de férias, o ano já começou!"



Então, Lelo! Gostou de te ver sua fotinha no "Luz"?

Esta foto é do Marco Aurélio quando era moleque lá em Volta Grande, zona da Mata de Minas Gerais e participou da interpretação do documentário cinematográficado do poema homônimo de Casimiro de Abreu "Meus Oito Anos": Brasilianas: Meus Oito Anos - Canto Escolar - produzido em 1956 por Humberto Mauro.



Achei o filme no youtube, porém a edição incorreu no erro de afirmar que a produção é de 1955. Os arranjos do maestro Aldo Taranto casados com a fotografia e cenário musical capturados por José Mauro, dão o tom bucólico que o diretor Humberto Mauro tanto apreciava. Achei também no youtube, o saudoso Paulo Autran declamando o poema "Meus Oito Anos" - emocionante!

Todos os citados acima merecem postezitos - gente que se foi e que nos deixou legados de cultura, a ser apreciado com os olhos do passado, onde a simplicidade aliada à capacidade de trabalho nos faz entrar num mundo de sonhos cândidos.

Casimiro de Abreu era amigo de Machado de Assis e foi patrono da cadeira número seis da Academia Brasileira de Letras, morreu bastante jovem (21 anos) e por ser ainda ingênuo, romântico, espontâneo, saudoso da terra natal quando morou em Portugal, amoroso e por abordar diversas temas que remetiam à casa paterna, pode ser considerado por alguns "piegas", mas veja, quando digo acima que deve ser apreciado com os olhos do passado - não digo apenas do passado relativo ao tempo, mas a um estado emocional relativo ao passado interior de cada um.

"Em vez das mágoas de agora,
Eu tinha nessas delicias
De minha mãe as carícias
E beijos de minha, irmã!"
(trecho de "Meus Oito Anos")

Meu primo Marco Aurélio, apesar do talento diante das câmeras e da beleza física, preferiu trabalhar nos bastidores, longe dos holofotes. Ultimamente preferiu fugir do burburinho da cidade grande para virar um perfeito "Bicho do Mato". Brincadeira, quase isto!

Espero que este post seja um incentivo para o Lelo começar logo sua vida blogueira e, repetindo suas palavras: "Chega de férias, o ano já começou!"

36 comentários :

  1. E o ano começou bem, guapa!

    =)

    Besos, besos...

    ResponderEliminar
  2. Oi Luma,
    meu pai adorava este poema e é tb um de meus preferidos... Tem cheiro de infãncia...
    Cheiro de Escola querida... De tempos bons que não voltam mais...
    E se é Paulo Autran que o declama então... fechou com chave de ouro...
    Adoro ele (assim mesmo, no presente) apesar de saber q ele já morreu!!!

    Bjão!!!

    ResponderEliminar
  3. Lembro de um livro da 5 série que continha esse poema, e eu lia, lia e lia várias vezes, acho que foi daí que comecei a me interessar por poesia, pois lembro que foi nessa época que comecei a escrever!
    Pelo visto o talento é de família hein!
    Que o primo venha abrilhantar o mundo blogueiro então!
    Beijão Luma!

    ResponderEliminar
  4. Luma,

    Amei este post!!!

    Que saudades de meus oito anos. rsrs

    Este vídeo é uma pérola. Que belo! Poderia ter sido filmado em minha cidade, no interiorrrr de Minas, onde vivi a infância.

    Poderia ter sido eu nestas cenas, joguei fubeca, subi em árvores, nadei em cachoeiras, tudo isto. Ô coisa boa, sô!!!

    Olha, assisti a versão de Meu Pé de Laranja Lima com seu primo. Vixe que era uma graça naquela idade.

    Adoro estes autores, principalmente José Mauro de Vasconcelos. Quase nunca encontro alguém que já tenha lido Rosinha Minha Canoa, que junto com Meu Pé de Laranja Lima, foram os dois livros que fizeram jorrar cachoeiras de meus olhos na infância.

    Ai, que gostoso... Obrigada por estes momentos bucólicos e nostálgicos.

    Tomara que seu primo Marco Aurélio venha. Estamos sempre a precisar de bons conteúdos. :DD

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Ja q ele nos privou de ve-lo na "telona" que nao nos prive de o ver aqui em nossas "telinas".
    Abraços
    Meire

    ResponderEliminar
  6. Fantástico Luma....
    Ver o vídeo, reler o poema, lembrar do meu pé de laranja lima...me levou a muitos anos atrás e me deixou com um belo sorrisão no rosto...poderia ser eu aos meus oito anos...Parabéns... um dos melhores posts que já li aqui. Vamos esperar então o blog de seu primo e que ele venha logo...afinal... o ano já começou...rsrrs
    Bjs carinhosos
    Márcia

    ResponderEliminar
  7. Vamos homem, coragem!!!!

    Vai ver que não custa nada.
    Para ser bom blogueiro necessita apenas começar.

    Se a prima insiste é por conhece as suas reais capacidades.

    Quanto ao filme só posso dizer que aqueles tempos eram saudavelmente puros e ingénuos de viver.

    Abraços Luna

    ResponderEliminar
  8. Luma,
    Hihihi, concordo com seu primo: o ano começou!
    Você disse que ele participou da 1ª versão de Meu pé de laranja-lima? Eu lembro de uma novela com a Cristina Mullins que passou há muitos anos atrás em uma emissora que nem lmebro mais qual seja. Amo o livro, é um dos meus mais queridos e darei de presente para minha sobrinha no aniversário dela este mês, junto com Rosinha minha canôa.
    Que delícia lembrar...
    Beijos, moça.

    ResponderEliminar
  9. Conheço bem esse poema e alguns autores de que falas. Os videos não consegui abrir, mas estes cabos podem ter congelado:) pois está muito frio.

    Um desafio que fazes ao teu primo e nunca se sabe se um dia ele não aparecerá com um blogue fantástico, mas a meu ver vai ser difícil já que deve ter uma bagagem literária fora do comum e agora queira curtir outros ventos, outros tempos!

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Panorâmica bem interessante!
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  11. Claro que o ano começou e com toda a força!
    Desejo que o teu primo comece logo a participar da blogosfera, com este talento, irá acrescentar em bons conteúdos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Lembro que quando li o 'Meu pé de laranja lima' tinha ficado impressionado quando o menino, não me lembro seu nome, cortou o pé, num caco de vidro, ao pular da árvore.

    Coisas d e menino....

    Boa semana

    bj

    ResponderEliminar
  13. SE ELE ESCREVER COMO A LUMA ROSA....O MUNDO DOS BLOGUEIROS ESTARÁ COMPLETO. BJ

    ResponderEliminar
  14. Hua, kkk, ha, ha, deixa de pegar no pé do teu primo Luma, é bom ser um pouco de bicho do mato...

    Fique com Deus, menina Luma.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  15. Navegando por aí, encontrei seu blog e gostei muito. Bjs e fique com Deus.

    ResponderEliminar
  16. Você começou o ano muito bem minha querida, a tua postagem está muito bem redigida e fez com que eu me reportasse aos meus 8 anos.

    Parabéns Luma, volte para outros chás ok?
    Um beijo
    Gemária Sampaio

    ResponderEliminar
  17. Olá Luma! Feliz 2010 pra você!
    Faz um bom tempo que não comento aqui, mas hoje não resisti ao ler o post. Vi a foto do seu primo e me pareceu bem familiar. Você disse que ele participou da primeira versão do "Meu pé de laranja lima"...de 1970 na TV Tupi ou de 1980 na Bandeirantes? É curiosidade.
    Ah, como a música me trouxe recordações de meu pai que cantava essa canção..."ó que saudades eu tenho, da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais"...
    Saudades também do tempo em que líamos um livro por bimestre, sempre indicado pela professora de Português/Literatura.
    Seu primo com certeza será mais um a contribuir com a cultura nacional.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  18. É o que dizem carissima, o ano já começou... rs
    Pra mim acaba de começar e como uma deliciosa manhã de segunda-feira. Engraçado ler sobre os "oito anos" porque muita gente tem feito isso, falado da infância nesses dias. É a fase, imagino eu...
    Eu vou ficar aguardando, veremos como será essa nova possibilidade, se for como a prima, o primo será bem vindo. rs Beijos

    ResponderEliminar
  19. Singela, eficiente e completa homenagem. Seria bom ter a presença dele por essas bandas.
    Abrçs.

    ResponderEliminar
  20. Adorei o vídeo!! Vou ver se consigo "roubar" no youtube. Poxa, como essa saudade, inocência e simplicidade estão distantes dos dias de hoje. Bjs

    ResponderEliminar
  21. Que primo este seu, hein? Eu assisti Meu pé de Laranja Lima e lembro que gostei. Será que era com ele? Nao lembro a versao.
    Isso mesmo! Chega de preguica porque o ano já comecou! :-)))
    Bjos!

    ResponderEliminar
  22. Uma força grande para ele partilhar connosco o que muito terá para dizer. Fico expectante.
    A minha visita aqui foi uma prenda inesperada cheia de bons conteúdos e uma forma única e comunicar. Fico imensamente feliz pela oportunidade que tive de a sua Luz ter chegado ao meu pequeno e humilde cantinho.
    Sinceros kandandus

    Há duas formas para viver a sua vida:
    Uma é acreditar que não existe milagre.
    A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

    Fernando Pessoa

    ResponderEliminar
  23. Não me contive. lembro claramente da emoção que senti ao ver "Meu Pé de Laranja Lima". E saber que o garotinho era seu primo só me faz desejar que você leve até ele os meus eternos parabéns. Fantástico!

    Pena que, hoje em dia, tudo tenha mudado tanto.

    ResponderEliminar
  24. Esse poema me deixa emocionado! Meu avô declamava sempre ele. Era um professor analfabeto do Sertão das Alagoas, mas tinha o seu saber desenvolvido.

    Sempre que vejo meus oito anos, choro e lembro dos meus oito anos!

    ResponderEliminar
  25. Oi,li seu blog pela primeira vez hj e amei...Vou te link,c vc puder passar no meu blog e me link tbm agradeceria.Eh q acabei d fazer esse meu blog e queria q vc divugace.Pretendo transformar ele em algo serio,adoro escrever.Tem como???

    bjin!

    ResponderEliminar
  26. Meu Pé de Laranja Lima foi um dos livros que me marcaram na infância...triste que só...e ainda tinha a irmã, Gloria, que eu achava o máximo ter meu nome...no colégio meu apelido virou Godóia por causa dela...bons tempos que não voltam mais...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  27. hum te post se encaixa na minha nova demanda: estou rastrenado audiuos em mp3 de poemas. tens endereço para recomendar e que permitam baixar arquivos?

    ResponderEliminar
  28. Queridaaa, passando para te desejar( com um certo atrasinho) um maravilhoso 2010, muita paz, saúde e AMOR. Um super beijo,
    Isa

    ResponderEliminar
  29. Luma,

    saudades de você!

    Saio daqui descobrindo a importância de aprender o novo.. de abrir meu ♥ para sentir e ouvir..

    Graccias,

    Beijos

    ResponderEliminar
  30. Que bom que o ano já começou!!!

    E começou mesmo muito bem! Aprecio o estilo de Casimiro de Abreu, apesar de ser considerado como ingênuo-romântico. Gosto dele principalmente por seus versos que falam da infância... afinal, jamais deixei de correr atrás das borboletas azuis, apesar dos quase 50 (rsrsr...)

    Pelo visto teremos um presente, como o blog de teu talentoso primo!
    Ficamos no aguardo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  31. Começar o ano com Casimiro é inspirador, Luma!
    Bjoooooooo!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  32. Oba, vc voltou...tava com saudade. Olha que teu primo é gato mesmo. Mas acredito no teu bom gosto, e estou aguardando com carinho o blog do gato, digo, do Lelo.

    ResponderEliminar
  33. Olá Luma!
    Ai que vergonha, ando tão sumida,rs. Bem, vim lhe desejar um 2010 maravilhoso! Espero ter tempo para postar mais este ano, já que meu trabalho me "suga" todas as forças.
    Beeeeeeeeeeeeeijos

    ResponderEliminar
  34. ahhh, nostalgia pura este vídeo [pelos meus 8 anos, e pelo contexto cultuural]! Fico "no aguardo" dele online =). Casemiro entrou na minha lista "descubra e delicie-se"...

    O meu ano começou tem teeempos já, hehehe... beijos de link novo =)

    ResponderEliminar
  35. Olá Luma!
    Que saudade dos meus oito anos, rsss, adorei.
    Aproveito para desejar um 2010 repleto de boas energias.
    Beijão

    ResponderEliminar
  36. Luma, degustei cada link que apontou até o último pedacinho...rss Aquele pozinho do pacote parece as lembranças "deste passado": estão sempre lá, apertadinhas no canto, mas que você não consegue desperdiçá-las.

    Foi de arrepiar ver, tanto o vídeo do filme quanto o do Paulo Autran. Para quem teve uma infância bem próxima de um sítio como eu, sabe muito bem o que significa "meus oito anos".

    Parabéns!
    Um beijo.
    Marcelo.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor