Brevidades

– Olá! Como vai?
– Eu vou indo. E você, tudo bem?
– Tudo bem! Eu vou indo, correndo pegar meu lugar no futuro... E você?
– Tudo bem! Eu vou indo, em busca de um sono tranqüilo... Quem sabe?
– Quanto tempo!
– Pois é, quanto tempo!
– Me perdoe a pressa - é a alma dos nossos negócios!
– Qual, não tem de quê! Eu também só ando a cem!
– Quando é que você telefona? Precisamos nos ver por aí!
– Pra semana, prometo, talvez nos vejamos...Quem sabe?
– Quanto tempo!
– Pois é...quanto tempo!
– Tanta coisa que eu tinha a dizer, mas eu sumi na poeira das ruas...
– Eu também tenho algo a dizer, mas me foge à lembrança!
– Por favor, telefone - Eu preciso beber alguma coisa, rapidamente...
– Pra semana...
– O sinal...
– Eu procuro você...
– Vai abrir, vai abrir, vai abrir...
– Eu prometo, não esqueço, não esqueço...
– Por favor, não esqueça, não esqueça...
– Adeus!
– Adeus!
– Adeus!

Esta é a letra da música "Sinal Fechado", composta por Paulinho da Viola e que se tornou título do disco de mesmo nome, gravado por Chico Buarque, que no início deste ano, completou 35 anos de existência.

A brevidade da vida! 35 anos, já passou! [Download do disco]

E na época, o regime de governo vigente no país, quis impor ao compositor: silêncio! e proibiram Chico Buarque, que músicas de sua autoria fossem gravadas. Como iria se sustentar? Por sugestão da gravadora Philips e, mesmo inseguro com suas cordas vocais, fez o disco "Sinal Fechado", gravando músicas de outros compositores.

"Neste LP Chico apenas interpreta outros compositores com exceção da faixa Acorda amor, de Leonel Paiva e Julinho da Adelaide, nomes criados para burlar a censura" [leia mais].

Chico

No ano após o lançamento de "Sinal Fechado", aconteceu o encontro memorável de Chico Buarque e Maria Bethânia, no palco do "Canecão" - que também rendeu um disco, onde foram selecionadas as melhores músicas, cantadas por uma cantora que não compõe e por um compositor que não canta, ooooops!! ...que prefere não cantar! Ou, canta e, errrr sei lá, acostumamos com o seu 'jeitinho', que mesmo cantando 'diferente', soube casar muito bem as músicas com sua voz.

A Revista Rolling Stones listou em seu 3º aniversário, as 100 canções que atestam a perenidade da música brasileira e Chico Buarque, marcou presença com 5 músicas, veja:
01. Construção (Chico Buarque)
02. Águas de Março (Elis Regina e Tom Jobim)
03. Carinhoso (Pixinguinha)
04. Asa Branca (Luiz Gonzaga)
05. Mas Que Nada (Jorge Ben)
06. Chega de Saudade (João Gilberto)
07. Panis et Circenses (Os Mutantes)
08. Detalhes (Roberto Carlos)
09. Canto de Ossanha (Baden Powell e Vinícius de Moraes)
10. Alegria, Alegria (Caetano Veloso)
11. Domingo no Parque (Gilberto Gil e Os Mutantes)
12. Aquarela do Brasil (Francisco Alves)
13. As Rosas Não Falam (Cartola)
14. Desafinado (João Gilberto)
15. Trem das Onze (Demônios da Garoa)
16. Ouro de Tolo (Raul Seixas)
17. O Mundo É um Moinho (Cartola)
18. Sinal Fechado (Chico Buarque)
19. Quero Que Vá Tudo pro Inferno (Roberto Carlos)
20. Preta Pretinha (Novos Baianos)
21. Tropicália (Caetano Veloso)
22. Da Lama ao Caos (Chico Science & Nação Zumbi)
23. Inútil (Ultraje a Rigor)
24. Eu Sei Que Vou Te Amar (Vinícius de Moraes)
25. País Tropical (Wilson Simonal)
26. Roda Viva (Chico Buarque e MPB4)
27. Garota de Ipanema (Pery Ribeiro)
28. Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores (Geraldo Vandré)
29. Nanã – Coisa Número 5 (Moacir Santos)
30. Baby (Gal Costa)
31. Travessia (Milton Nascimento)
32. Ovelha Negra (Rita Lee)
33. Pérola Negra (Luiz Melodia)
34. Brasil Pandeiro (Novos Baianos)
35. Trem Azul (Lô Borges)
36. O Bêbado e a Equilibrista (Elis Regina)
37. Primavera (Tim Maia)
38. Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua (Sérgio Sampaio)
39. Metamorfose Ambulante (Raul Seixas)
40. Sangue Latino (Secos & Molhados)
41. Manhã de Carnaval (Luis Bonfá)
42. Sampa (Caetano Veloso)
43. Como Nossos Pais (Elis Regina)
44. Azul da Cor do Mar (Tim Maia)
45. Carcará (Maria Bethânia)
46. Ponteio (Edu Lobo e Marília Medalha)
47. Me Chama (Lobão e os Ronaldos)
48. Maracatu Atômico (Chico Science & Nação Zumbi)
49. Os Alquimistas Estão Chegando (Jorge Ben)
50. Ando Meio Desligado (Os Mutantes)
51. Disparada (Jair Rodrigues)
52. Diário de um Detento (Racionais MC’s)
53. Brasileirinho (Waldir Azevedo)
54. Sabiá (Cynara e Cybele)
55. Balada do Louco (Os Mutantes)
56. A Lua e Eu (Cassiano)
57. Conversa de Botequim (Noel Rosa)
58. Apesar de Você (Chico Buarque)
59. Minha Namorada (Carlos Lyra)
60. Na Rua, na Chuva, na Fazenda (Hyldon)
61. Chão de Estrelas (Silvio Caldas)
62. Luar do Sertão (Luiz Gonzaga)
63. Alagados (Paralamas do Sucesso)
64. As Curvas da Estrada de Santos (Roberto Carlos)
65. BR-3 (Toni Tornado)
66. Clube na Esquina nº2 (Milton Nascimento)
67. A Banda (Nara Leão)
68. Comida (Titãs)
69. Rosa de Hiroshima (Secos & Molhados)
70. Ronda (Inezita Barroso)
71. Como Uma Onda (Lulu Santos)
72. Gita (Raul Seixas)
73. Wave (Tom Jobim)
74. Sentado à Beira do Caminho (Erasmo Carlos)
75. Foi um Rio Que Passou em Minha Vida (Paulinho da Viola)
76. Samba de Verão (Marcos Valle)
77. Insensatez (Tom Jobim)
78. Cálice (Chico Buarque e Milton Nascimento)
79. Maria Fumaça (Banda Black Rio)
80. Vapor Barato (Gal Costa)
81. Que País É Este? (Legião Urbana)
82. Sossego (Tim Maia)
83. Ideologia (Cazuza)
84. Rosa (Orlando Silva)
85. O Barquinho (Maysa)
86. Nervos de Aço (Paulinho da Viola)
87. Meu Mundo e Nada Mais (Guilherme Arantes)
88. Sá Marina (Wilson Simonal)
89. A Flor e o Espinho (Nelson Cavaquinho)
90. 2001 (Os Mutantes)
91. Felicidade (Caetano Veloso)
92. Tico Tico no Fubá (Ademilde Fonseca)
93. Casa no Campo (Elis Regina)
94. O Mar (Dorival Caymmi)
95. Último Desejo (Aracy de Almeida)
96. Disritmia (Martinho da Vila)
97. Você Não Soube Me Amar (Blitz)
98. A Noite do Meu Bem (Dolores Duran)
99. Rua Augusta (Ronnie Cord)
100. Anna Júlia (Los Hermanos)
Muito esquisita essa última música constar na lista, mas veja bem, listas são listas e esta lista é da Revista, [ouça as músicas] portanto, faça a sua!

Ao lado, na sidebar, se quiser acessar a página da Revista NME e saber quais são os 100 melhores álbuns internacionais da década e ouvir, fique à vontade! Listarei para pesquisa póstuma - vai que a página sai do ar?
100. MGMT - Oracular Spectacular
99. The Maccabees - Colour It In
98. Gorillaz - Demon Days
97. Sigur Ros - Agaetis Byrjun
96. Shellac - Excellent
95. Bjork - Vespertine
94. Eighties Matchbox B-Line Disaster - Horse Of The Dog
93. Clap Your Hands Say Yeah - Clap Your Hands Say Yeah
92. The Sleepy Jackson - Lovers
91. Les Savy Fav - Let’s Stay Friends
90. Gallows - Orchestra Of Wolves
89. Frightened Rabbit - The Midnight Organ Fight
88. Bonnie Prince Billy - The Letting Go
87. Bon Iver - For Emma, Forever Ago
86. The Twilight Sad - Forget The Night Ahead
85. Roots - Manuva Run Come Save Me
84. Regina Spector - Soviet Kitsch
83. Laura Marling - Alas, I Cannot Swim
82. Mclusky - Mclusky Do Dallas
81. Field Music - Field Music
80. Danger Mouse - The Grey Album
79. Kings Of Leon - Youth And Young Manhood
78. Belle & Sebastian - Fold Your Hands Child, You Walk Like A Peasant
77. Isobel Campbell - Ballad Of The Broken Seas
76. Capdown - Civil Disobedients
75. The Shins - Chutes Too Narrow
74. Brand New - The Devil And God Are Raging Inside Of Me
73. Broken Social Scene - You Forgot It In People
72. MIA - Kala
71. Brian Wilson - Smile
70. Glasvegas - Glasvegas
69. Biffy Clyro - Puzzle
68. The Horrors - Primary Colours
67. Botch - We Are The Romans
66. Mogwai - The Hawk Is Howling
65. Muse - Black Holes And Revelations
64. The Radio Dept. - Lesser Matters
63. Godspeed You Black Emperor - Lift Your Skinny Fists Like Antennas To Heaven
62. Queens Of The Stone Age - Rated R
61. The National - Alligator
60. Green Day - American Idiot
59. The Hold Steady - Boys And Girls In America
58. Liars - Drum's Not Dead
57. Outkast - Stankonia
56. My Morning Jacket - Z
55. Hard-Fi - Stars Of CCTV
54. The Golden Virgins Songs Of Praise
53. Jamie T - Panic Prevention
52. Rufus Wainwright - Poses
51. The Good, The Bad and The Queen - The Good, The Bad and The Queen
50. MIA - Arula
49. Muse - Absolution
48. The Walkmen - Bows and Arrows
47. Brendan Benson - Lapalco
46. The Delgados - The Great Eastern
45. Avalanches - Since I Left You
44. Outkast - Speakerboxxx/The Love Below
43. Wilco - Yankee Hotel Foxtrot
42. Vampire Weekend - Vampire Weekend
41. Wild Beasts - Two Dancers
40. Ryan Adams - Gold
39. Crystal Castles - Crystal Castles
38. Bloc Party - Silent Alarm
37. The Knife - Silent Shout
36. Spirtualized - Let it Come Down
35. Babyshambles - Down In Albion
34. Grandaddy - The Sophtware Slump
33. Arcade Fire - Neon Bible
32. Yeah Yeah Yeahs - Show Your Bones
31. Bright Eyes - I'm Wide Awake, It's Morning
30. Elbow - Asleep In The Back
29. Super Furry Animals - Rings Around The World
28. Johnny Cash - The Man Comes Around
27. Amy Winehouse - Back To Black
26. Dizzee Rascal - Boy in Da Corner
25. The Rapture - Echoes
24. The Libertines - The Libertines
23. Klaxons - Myths Of The Near Future
22. Jay-Z - The Blueprint
21. The Coral - The Coral
20. Blur - Think Tank
19. The White Stripes - White Blood Cells
18. The White Stripes - Elephant
17. Sufjan Stevens - Illinois
16. The Streets - A Grand Don't Come For Free
15. Queens Of The Stone Age - Songs For The Deaf
14. Radiohead - Kid A
13. The Shins - Wincing The Night Away
12. LCD Soundsystem - Sound Of Silver
11. At The Drive In - Relationship Of Command
10. Radiohead - In Rainbows
09. The Streets - Original Pirate Material
08. Interpol - Turn On The Bright Lights
07. Arcade Fire - Funeral
06. PJ Harvey - Stories From the City, Stories From the Sea
05. Yeah Yeah Yeahs - Fever To Tell
04. Arctic Monkeys - Whatever People Say I Am, That's What I'm Not
03. Primal Scream - XTRMNTR
02. The Libertines - Up The Bracket
01. The Strokes - Is This It
Não há música que não sucumba nosso espírito!

Quero agradecer a todos os meus amigos bloggers que me parabenizaram pelo meu aniversário. Senti a energia de vocês e, mesmo viajando, estive pertinho da blogosfera, lendo a I Coletânea Scriptus, que ganhei de presente do Ery Roberto.

Quem não conhece a Coletânea Scriptus, pode acessar o site da Editora Novitas e se informar. A II Coletânea Scriptus, já está saindo do forno! Reserve seu volume!

Sobre a morte do meu amigo Sanches; ainda me sinto fragilizada, mas já estava me preparando. Ela não foi trágica e a sua hora era esperada. A separação, para nós que ficamos na terra, aos poucos, será ajustada. Sua ausência poderá não ser preenchida de todo, mas a convivência entre aqueles que o amavam e os elos que se formaram, nos ajuda a superar essa troca de plano e ele, que era um elo muito forte que nos unia, sempre frisava, que não queria, que os amigos se distanciassem, um dos outros!

Bom feriado!

16 comentários :

  1. Luma,

    Triste o período da ditadura militar. Ainda assim, os grandes mestres como Chico Buarque conseguiram, de certa forma, driblar a censura com criações que "queria dizer não dizendo".

    Quanto à música Sinal Fechado, de Paulinho da Viola, ela me remeteu ao período atual em que as pessoas vivem correndo e não tem tempo para estreitar relacionamentos.

    Beijos, Luma, e Feliz Aniversário, embora atrasado.

    ResponderEliminar
  2. Oi Luma,
    Vivi um pedacinho dessa ditadura, qdo morei em Brasília, aos 9 anos, fim do goveno de Figueiredo!
    Muitas coisa eram proibidas... Mas quem nasceu antes, é que deve ter sido pior!
    Minha irmã conta horrorores desse período!!!

    Saudades de vc!!!


    Passa no blog (qq um) e clica no selo da blogagem de Natal!
    Veja como participar!!!
    Ficarei contente com sua participação!!!

    bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Sinto muito o que estás passando pela perda do amigo, Luma.
    Este post está muito, muito legal!, pura música! Estou baixando o cd do Chico e escutando as tuas.
    O link para A MÚSICA E A CENSURA DA DITADURA MILITAR é para guardar.
    Fiz um bolinho colorido pra ti, querida.
    Bjim.

    ResponderEliminar
  4. Chico é "o cara" na composição. Letras de altíssima qualidade e com mensagens sempre importantes.

    ResponderEliminar
  5. Pois é. E apesar de tudo isto, estudei em 1977, 1976, 1975, no Colégio santo Anjos em Varginha. Lá nossa professora de Portugues Tertuliana, nos ensinava literatura atraves da musica de Chico Buarque de Holanda. sabiamos de cor e sorteado.
    Que bondade recorda-las.
    Com carinho Monica

    ResponderEliminar
  6. Algumas coisas somem na poeira das ruas... Outras não. Que bom que músicas desse quilate ficam! Vida longa!!

    Gosto dessa música, e gosto muito {lembro de tê-la conhecido ainda criança, no carro do meu pai, em fita cassete}.
    E gostei muito do post informativo.
    Também adorei a singeleza da foto, de Chico e sua menina, nascida na ditadura...

    Mais uma vez te desejo um ano novo lindo, e que as lições de seu amigo Brilho fiquem para sempre.

    Bjs :*

    ResponderEliminar
  7. Ditura traz sempre lembranças tristes.
    Quanto a escolha das nossas 100 músicas, achei perfeita, só passaria o "Carinhoso"para o primeiro lugar da lista.
    Bjs.
    Janeisa

    ResponderEliminar
  8. Que bom que está tudo bem.
    Que bom que o tempo já passou...
    Bj

    ResponderEliminar
  9. Olá amoreco passei para lhe desejar um ótimo fds com muitas alegrias!
    Bjinhos da Madrasta!

    ResponderEliminar
  10. Adorei este post, Luma! Amo "Sinal Fechado" e Chico Buarque. A ditadura foi um período muito fértil para as artes né?
    Beijos!

    ResponderEliminar


  11. Chico Buarque é genial! Um dos (senão "o") melhores compositores brasileiros: versátil, criativo, inteligente, melodioso, poético, contemporâneo, romântico, contador de histórias em canções.

    Inspirado nele, mais especificamente numa obra-de-arte dele chamada Construção, sugeri o "Desafio da Construção" no post em http://mesdre.blogspot.com/2008/11/desafio-da-construo.html.

    ResponderEliminar


  12. "Oi, tudo bem?"

    É um cumprimento tão comum que todos repetem e quase ninguém realmente diz o que pensa ou sente ao responder. Na prática equivale ao "Ciao" italiano ou ao "Namaste" indiano, que possuem algum significado menos banal do que um simples "Hi" inglês (ou internacional?).

    Uma vez, fiz uma brincadeira musicada, que contei no post "Tudo bem?", em http://mesdre.blogspot.com/2009/01/tudo-bem.html

    ResponderEliminar
  13. Oi Luma, tudo bem?

    Gostei muito deste post e das músicas selecionadas. Acho ótimo que o Brasil seja reconhecido internacionalmente pela sua música.

    Aqui na Italia elas tocam com frequencia, das mais bossa nova (cantadas por intérpretes variados) até as reinterpretações de canções como Mas que nada, do Jorge Ben que viram uma verdadeira febre entre os mais jovens.

    A propósito, não sabia que era o seu aniversário e aproveito para deixar os parabéns atrasado e desejar boas energias para você.

    Um grande abraço,

    Babi

    ResponderEliminar
  14. Luma, legal ter ido me visitar no linguagem.
    Eu procuro histórias por todo lado e este livro de perolas da ìndia me encantou. Também eu admiro e abomino outras "praias Hindus" ou qualquer outra cultura que nos fere a alma ( entre outras coisinhas,...).Mas..como vc mesma lembrou em seu post " a vida é breve"= brevidade....Linda música de Chico...

    ResponderEliminar
  15. Chico sempre soube como manter-se na mídia e exibir seu talento exuberante: Julinho da Adelaide tocava em todas as rádios... Que bom que esses tempos ficaram para trás. Essas 100 músicas representativas de nossa música bem poderiam ser 200 ou 300: temos um acervo de dar inveja!!!

    Bom final de semana, e que Deus seja seu consolo na perda do amigo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  16. Dos artista interessam-me a obra. A vida pessola, pouco me importa. E, levando sempre esse princípio em consideração, atesto, por vontade própria, que Chico Buarque é o maior gênio da música que conheço, para não dizer da arte em geral.

    E essa música, Sinal Fechado, tem uma letra que extrapola o limite da criatividade artística e a interpretação do Chico com a Bethânia anquel registro é magistral, digan de rei e rainha!

    Ivan
    Http://affectuparticula.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor