Não se confunda!



Não se ama duas vezes a mesma mulher
[Machado de Assis]

Aproveite o fim de semana!
Beijus,
Luma

20 comentários :

  1. Não sei se concordo com o Machado de Assis.....

    ResponderEliminar
  2. Definitivamente eu não concordo com o Machado de Assis, acho que a gente ama muitas vezes, muitas pessoas, depende apenas do grau de importância que essas pessoas tem para nós. Beijos e bom fim de semana...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu ponto de vista, ele quis dizer que não se ama duas vezes a mesma mulher...por que no fundo nunca deixou de ama-lá

      Eliminar
  3. Machado de Assis foi um sábio!

    Ótimo final de semana pra vc!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  4. Liz e Richard Burton casaram-se três vezes.

    ResponderEliminar
  5. Luma, em primeiro lugar também queria te pedir desculpas por minha ausência aqui, nunca é por falta de vontade e sim de tempo! Sem contar os recorrentes problemas que venho tendo com minha conexão a internet...

    Queria também te agradecer a visita lá no meu humilde bloguinho quando completou 1 ano de vida! Fiquei muito feliz por você ter participado da festa com palavras tão belas!Muito obrigada!

    E respondendo a sua indagação sobre o "dullim", é mais simples do que vc poderia imaginar - "du", de Dulce e "llim" é a metade do meu sobrenome, só que ao contrário: Miller. rsrsrsrsrsrs

    E Machado de Assis...será? Acho até que é possível amar duas vezes a mesma mulher, porém, de formas "diferentes".

    Beijão, que você tenha um excelente final de semana, repleto de luz e paz!

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que o amor ocorre quando duas pessoas aceitam o desafio de ficarem juntas e uma aturar os defeitos da outra...deixei de acreditar no amor como "algo magico e arrebatador sem lógica" a um bom tempo....

    adorei seu blog, da uma passada no meu - espelhodeprata.blogspot.com

    bye!

    ResponderEliminar
  7. lindo blog, gostei daqui.
    Maurizio

    ResponderEliminar
  8. Luma

    Vim agradecer a visita (estava sem conexão há dias), desejar um ótimo fim de semana e um bjim.

    Acho que podemos amar duas vezes a mesma pessoa de maneiras diferentes, sim!

    ResponderEliminar
  9. talvez não se ame a mesma mulher duas vezes porque nunca deixou de amá-la!

    bom finde!

    ResponderEliminar
  10. Ihhh, tb vou discordar de Machado de Assis...
    É possível amar muitas vezes e de muitas maneiras a mesma mulher.
    O amor se transforma na medida em que nos transformamos também, aí está toda a beleza da coisa :o)
    Bjusssssss
    Ah, depois me deixa um e-mail para combinarmos o envio do meu documentário para você :o)

    ResponderEliminar
  11. Concordo com o Machado. Não se tem como amar duas vezes três mulheres, né?

    Tá certo! Tow meio ruim de interpretação de texto, hoje, hehehehe.

    Luma! Vim te trazer uma notícia pessoalmente: voltei a blogar com tudo. Não é o "Coisas e Tralhas", nem mais sou o MUTUMUTUM... mas a casa nova tem os ares da antiga.

    Se quiser, dê uma passadinha lá; ficaria muito feliz em recebê-la:

    cartumcombobagem.blogspot.com

    Beijão

    ResponderEliminar
  12. Luma, que bom voltar aqui depois das minhas curtas "férias" ..
    Na verdade agora não sou mais um blogueiro tão dedicado, no momento estou tendo outras prioridades, mesmo assim não consegui abandonar de vez o blog ..

    Bem, mas será que o Machadão tem razão ?? Será que quando o amor acaba, já era e não volta mais ??
    Difícil, rs ..

    Beijão, Luma, té + !!

    ResponderEliminar
  13. OI Luma, tudo bem?
    Adorei o seu post "nao se ama duas vezes, vou linkar no meu....posso?
    Gostaria de lhe pedir um favor...se possivel...
    Estou com um probleminha no meu blog...toda vez que inicio a pagina e comeca a carregar, da pára e abre de novo como se fosse uma nova tentativa..Se vc quiser dar uma olhada la pra ver... Nao sei porque? Vc sabe me dar uma dica...?
    Obrigada linda e otimo domingo e maravilhosa semana pra vc...

    ResponderEliminar
  14. as mulheres não gostaram da frase de "machado" hehhhee

    vc realmente gostam... o que ele quis dizer foi que o homem pode ser amado centenas de "X" ao mesmo tempo!! hehehhe

    Muito Legal o seu blog "LUZ".. um forte abraço!!

    ResponderEliminar
  15. Nem o mesmo homem..
    rsrsrsr

    Bjao e bom domingo!!

    ResponderEliminar
  16. Mestre Machado tem razão, concordo com ele.

    Bjs e saudades de vc Luma.

    Uma ótima semana pra vc!!

    ResponderEliminar
  17. Uai, eu quero que me amem todo dia novamente coo se fosse a primeira vez. Tudo bem que me transformo e faço tudo para nunca ser a mesma, mas Machado de Assiz que me perdoe, não concordo com ele...

    Beijos querida!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo20:50

    A menos que seja uma boneca... nenhuma mulher ou homem permanece o que é, daí que ao amarmos estamos sempre amando uma pessoa diferente, não sendo possível portanto amarmos duas vezes a mesma pessoa

    ResponderEliminar
  19. Machado sabia das coisas. E olha que foi casado durante 35 anos. Deve ter amado a mulher dele uma vez e outras tantas da mesma forma, mas em diferentes intensidades.

    O que conta, no entanto, não é isso. Ele que tenha amado como e quantas quisesse. O fato é que ele é um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor