Pausa para pensar

Há três métodos principais através dos quais podemos encontrar resolver os problemas do mundo. O primeiro é a revolução. Isso significa revolta violenta. O exemplo da revolução francesa e as experiências de Lênin e Stalin nos fazem recear que essa violência possa criar apenas outra tirania. O revolucionário tem, com demasiada frequência, uma perspectiva maquiavéllica e justifica qualquer método para atingir o seu objetivo. No fim, pode estabelecer um Governo de opressão quase tão retrógrado quanto o regime anterior. Os grandes educadores do passado, como Sócrates, Erasmo e Tolstói, observaram que a mudança tem de vir de dentro e tem de basear-se em princípios éticos.

O segundo meio, pelo qual podemos buscar uma solução para os problemas do mundo, é a guerra. Heráclito, na Grécia, observava que a guerra é a mãe de todas as coisas e que cria sementes do progresso. Hegel observou que a guerra decide o destino do mundo. Nietzsche disse certa vez, que a guerra é a essência da civilização. Depois de milhões de seres humanos haverem sido mortos no século XX, nossos dilemas são exatamente tão agudos quanto o eram no século XIX. Uma guerra atômica seria um pesadelo ímpar para a humanidade.

Nossa terceira alternativa é a educação. Opera lentamente, de modo evolucionário. Não cria utopias repentinas. Não oferece remédios mágicos. Não faz promessas categóricas. Exige esforço e disciplina. Desperta o homem para as suas próprias potencialidades criativas - para aquilo que William James chamou de "wider self" (o "eu mais amplo"). A educação, considerada corretamente, é o instrumento de sobrevivência mais formidável que o homem possui.

(História do pensamento educacional, p.28, Frederick Mayer)


A função da educação fez-se clara, basta a nós espalhá-la!

Hoje, também estou aqui. Sigam-me!

Boa semana!
Beijus
Luma

Comente aqui também!

15 comentários :

  1. Claro que depende da educação... Mas depende principalmente de quem educa.

    Beijos pra ti, Luma.

    Mel

    ResponderEliminar
  2. Excelente esse post!
    Adorei!
    Realmente, só com educação o mundo tem solução!

    ResponderEliminar
  3. A educação é um processo de troca, e por meio dele o ser huamno muda o foco da sua vida, muda sua essência por conceber que há caminhos melhores.
    Adoro seus textos, sempre dão um banho de consciência e clareza, esse é um blog engajado com a luta de uma sociedade melhor.
    Um grande abraço
    Glaucia

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto da ousadia, de pensar que tudo pode ser resolvido. Mas há um lado em mim que diz que não e grita bem alto.
    Basta olhar o mundo a partir da história. Os interesses sempre nos levaram onde desejávamos chegar, mas nem sempre o desejo se concretizou. Nem sempre o desejo foi mais que um sonho.
    A guerra existe por sede de poder, de querer dominar o outro e nem sempre por ideais ou desejos de mudança. Nunca foi uma solução, apenas um equivoco e segue sendo, haja vista o que ocorre em várias partes do mundo.
    O mundo não precisa de uma revolução, seja em qual sentido for, precisa realmente de uma pausa para que possamos observar nossos passos. Seria tão mais simples se a gente entendesse que é preciso mais em alguns momentos e menos em outros. Que podemos sim, nos preocupar mais conosco e menos com a vida dos outros. Que podemos assistir menos televisão e que podemos nos dedicar mais a pessoas que estão caminhando ao nosso lado. Que podemos observar a vida sendo vivida e menos a morte existindo de forma trágica.
    Depende apenas de nós, como na história do beija flôr, basta fazer a nossa parte e o mundo será diferente. Apenas por hoje deveria ser um lema.
    Abraços cara mia e desejos de uma linda semana...

    ResponderEliminar
  5. Luma, tens toda razão.
    Só que, no momento, no Brasil só tem petralhas infiltrados em todos os níveis educacionais e, como voce bem sabe, elles fazem lavagem cerebral nos alunos.
    Portanto, só teremos a educação ideal quando conseguirmos desinfectar o aparelhamento do País que o lullopetismo conseguiu instalar e isso, minha cara demorará uns cem anos, infelizmente!

    ResponderEliminar
  6. Oi amiga!!!
    Tudo bom?
    Curtindo o feriadão?
    Esforço e disciplina: duas coisas ignoradas pela maioria das pessoas dos tempos modernos..uma pena.Me assusta o número de analfabetos funcionais que em breve irão cuidar do nosso país.Bjsss

    ResponderEliminar
  7. luma, minha querida idealista. a burrice do povo é a alegria de nossos governantes. quem depende da educação pública, salvo algumas raríssimas exceções, está e estará, assim como sempre esteve, fadado ao inerticismo intelectual.

    os pobres e burros valem mais sendo pobres e burros. se não houver pessoas assim numa sociedade, o que será das promessas políticas?

    isso só muda com revolução.

    beijo grande!

    ResponderEliminar
  8. Uma pena, Luma, constatar que na história da civilização quase sempre a pena tem sido derrotada pela espada.

    ResponderEliminar
  9. Educação começa desde cedo.
    Big Beijos e bom feriado.

    ResponderEliminar
  10. Sim a educação ainda é o melhor caminho, ainda que seja lento, ainda que muito de nós prefere vê-la à distância. Eu me enveredo por este camionhoque não sei onde dará ao certo, pois não depende apenas de mim, mas já é alguma coisa... Um grande beijo do Mago!

    ResponderEliminar
  11. Em nossos dias, novas teorias continuam justificando - ou tentando- a guerra.
    Já temos até a guerra preventiva!
    Eu considero que o poder é exercido através do Conhecimento - que se tem ou que se nega aos outros.

    ResponderEliminar
  12. A educacao eh a arma do mundo, por isso existem tantos politicos que nao querem educar seu povo. Serah que o Brasil e a Africa seriam o que sao se suas populacoes tivessem educacao? Acho que nao...

    bjs.

    ResponderEliminar
  13. Coincidência ou não,Luma eu li "A REVOLUÇÃO DOS BICHOS " de george Orweel e agora comecei a ler"1984" , e vi uma frase que achei interessante:"GUERRA É PAZ;LIBERDADE É ESCRAVIDÃO;IGNORÂNCIA É FORÇA".
    Você já reparou que muiots líderes que você citou conquistou uma grande massa para conseguri o que era para conveniência deles e depois fez pouco caso do povo (temos um exemplo bem reecente aqui no Brasil...).
    Mas eu acredito que a educação é o princípio de tudo, com gentileza.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  14. Um mar desses, só com piranhas é que eu não entrava.
    (eu sei que não há piranhas no mar!)

    Só dá valor quem mora pertinho desse imensidão ...

    Deve ser um pequeno paraíso!

    ResponderEliminar
  15. Esse negócio de que a educação é a solução para todos os problemas, tem um pouco de mito nisso também.

    Se fosse assim, a Argentina não teria quebrado daquele jeito. Só em Buenos Aires há mais editoras que no Brasil inteiro.

    Os mendigos argentinos reviram o lixo não só atrás de comida, mas também de jornais, livros e revistas.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor