O Tibet nunca pareceu tão distante, vamos resgatá-lo? [update]



O convite foi exposto na coluna do Arthur Dapieve, na Sexta-feira. Quem não puder se juntar na Quarta-feira, poderá fazê-lo no Domingo, dia 30. Traga uma faixa preta para colocá-la sobre os olhos ou boca e proteste contra a censura de imprensa e da livre expressão.

Você mora longe? Não tem problemas. Organize em sua cidade algo semelhante. Esta causa é símbolo da luta contra as torturas e perseguições oficialmente mostradas em todo o planeta. Vamos lutar contra o desrespeito aos direitos humanos.

Não podemos esquecer que a China, esse grande monstro poluidor, foi criado pela sociedade de consumo e se não é ela, talvez a Índia ou porque não, o Brasil estivessem em seu lugar. Afinal, temos uma das mãos de obras mais baratas do mundo!

Se os chineses provocam matança e genocídio cultural no Tibet, no Brasil esse genocídio é mascarado. Pagamos impostos para morrermos por qualquer estupidez – por balas perdidas, nas filas de bancos por minguadas de aposentadorias, em filas de hospitais etc. e fico pensando que não péga nem bem para o nosso governo manifestar repúdio, até porque a matança dos índios ainda continuam.

Se é normal os dominadores provocarem a destruição da cultura legítima de um povo, talvez seja por isso que outras nações estejam assistindo pacificamente o genocídio que os chineses provocam há anos no Tibet. Uma cultura sendo exterminada, onde civis são mortos e nenhum líder reclama da imprensa calada, com jornalistas ameaçados, internet bloqueada ou quando alguém é torturado e morto. Não podemos fingir que não vemos isso acontecer. Quantos seres humanos morrerão porque não se adequam a um modelo socio-econômico?

Essa ditadura sanguinária, tem mostrado na tv que Lhasa voltou ao normal e filmam crianças felizes nas ruas, shoppings e escolas. Na verdade esses lugares estão cheios de pessoas chinesas e vendo pela tv é dificil identificar uma diferença entre dois grupos étnicos tão semelhantes.

Olhando de longe, são chineses contra chineses, onde a nova geração entende a crise de forma muito cruel. Justo porque a informação é censurada, bloqueada ou proibida; são desestimulados a reagir contra o padrão imposto pelo governo.

A cantora Bjork se manisfestou durante um show e as pessoas ficaram confusas se a apoiavam ou não. Não estão acostumados a se manifestar publicamente e sentem medo do poder de polícia do Estado. Mais uma razão para que as vozes do mundo se unam para evitar confrontos de cidadãos com políciais.

Os jornalistas estrangeiros não podem entrar no Tibet e com a internet bloqueada, a notícia que chega à nós é manipulada. As famílias têm medo de se comunicarem por telefone, que também está restrito. Quando recebem ligações, pedem para não ligarem novamente, por puro medo. Os tibetanos estão detidos em seus domicílios e não saem à rua, sentem falta de água e comida. Somente os Tibetanos que trabalham para o governo chinês podem sair de casa e o governador chinês ordenou aos hospitais de toda a parte, para não prestarem ajuda médica ou qualquer ajuda a um tibetano ferido.

Com manifestações populares em todo o mundo, talvez consigamos. Já começaram e diante da desistência de Spielberg de dirigir a abertura das Olimpíadas, o governo chinês retroagiu e quer negociar com Dalai Lama.

Se não houver um acordo, as Olimpíadas estarão comprometidas?

Sou a favor, se isso fosse possível do boicote aos produtos chineses. Se a economia chinesa reduzir o seu rítmo, o mundo todo freia junto no crescimento. Imaginam quanto de poluição deixará de ser produzida? Mas não, o ser humano é tão mesquinho, que por conta de garantir a compra de produtos baratos, fingem que não vêem as atrocidades que são cometidas.

Precisamos, como cidadãos de um mundo globalizado, demonstrar o nosso repúdio pelo uso da violência que coibe manifestações pacíficas, o nosso horror a esse holocausto praticado no Tibet.

O Dapieve em sua coluna, afirma que o nosso protesto não é solitário e confessa que não assistirá às Olimpíadas, protestando dessa forma contra o governo chinês. Apoio sua atitude e admiro, uma atitude ética diante de seus leitores.

Nossa contribuição por menor que seja nos posiciona diante da sociedade mundial contra a falta de liberdade e perseguição chinesa. E como disse o próprio Dapieve:

“Sou menos que um piolho do rato que ruge, mas minha consciência estará em paz”

Update - 08:50am -
Vi na Blogosfera Solidária uma petição em prol do Tibet e vou colar aqui o endereço, para aqueles que de uma forma ou de outra não sabe como protestar, a petição é um caminho fácil e indolor.

461,371 pessoas já assinaram. Ajude-nos a chegar a 1,000,000. Assine a
petição!

Update - 16:00pm - Tocha do boicote olímpico parte da Austrália - Por Stephen de Tarczynski, da IPS

Melbourne, 25/03/2008 - A repressão na China contra tibetanos, muçulmanos da comunidade uyghur e membros da comunidade religiosa Falun Gong dá origem ao chamado boicote dos Jogos Olímpicos de Pequim desde a Austrália, a grande potência esportiva da Oceania. "O regime comunista chinês é um dos piores violadores dos direitos humanos do mundo. Participando das Olimpíadas poderíamos nos converter em cúmplices", disse o senador Andrew Bartlett, do partido Democratas Australianos, à emissora de rádio ABC.
Bartlett lançou seu chamado ao boicote num momento em que circulam versões sobre as medidas de segurança lançadas pela polícia.[leia mais}

Update - 17:00 pm - Como era de se esperar...

Abaixo Clipped from pt.globalvoicesonline.org

China: Blogueiros declaram guerra à cobertura da mídia ocidental sobre o Tibet

2008-03-24 @ 23:16 PDT
Traduzido por Jan Alyne Barbosa
Veja o post original

Uma vez passado o burburinho das notícias sobre o corte de orelhas de crianças e sobre o incêndio de pessoas vivas o Tibet, cidadãos chineses na Internet atacam detalhes relatados de maneira inapropriada e não parecem dispostos a deixar que isto continue. Na verdade, eles declararam uma ciberguerra aos grandes meios de comunicação ocidentais, e o site anti-CNN.com é a sede da campanha [leia mais]

Beijus,

20 comentários :

  1. Nossa, Luma, que post claro e bem escrito.

    Parabéns! Não só pelo texto, mas pela cidadã que és.

    Também já pensei no não consumo das quinquilharias chinesas, mas o duro é tem coisas que consumimos que nem sabemos que vem de lá.

    Espero que a mobilização dos meios de comunicação ajudem a amenizar, ao menos, essa barbárie.

    beijos e boa semana

    MM.

    ResponderEliminar
  2. Oii Luma ^^
    Obrigada pelo comentário em meu blog e pelo poema-presente da Oriza Martins, simplesmente lindo , adorei !! =D

    fique a vontade e visite-me quando quiser, será sempre bem-vinda ^^

    tenha um ótima semana.
    beijos

    Guillian

    ps: te add ^^

    ResponderEliminar
  3. Sabe, eu pretendo não assistir as Olimpíadas se a China não parar com essa atitude medonha. Afinal, querem ser modernos, mostrar ao mundo uma nova versão de seu país e no entanto, agem como sempre agiram. Meu silencio a esse país retrogrado.
    Não estarei no Rio, mas tenha certeza que encontrarei um meio de mostrar meu descontentamento com essa situação. Abraços

    ResponderEliminar
  4. Luma, parabéns pelo seu post, conscientizando sobre esse problema tão sério e que pode ter consequências que nem gosto de pensar. Vou assinar a petição e tentar fazer a minha parte.
    Beijos,
    Rosana

    ResponderEliminar
  5. LUMA, estamos em sintonia, ao que parece...
    Eu já assinei há 2 dias o abaixo assinado, e vou postar agora um artigo que já escrevi sobre este tema há um mês atrás, quando vários "bloggers" foram inclusivamente presos por simplesmente protestar nos seus blogs contra a ocupação do Tibet e liberdade de expressão, a propósito da situação que se vive na China!
    Que coisa surreal!
    E inclui também os contratos dos atletas olímpicos britânicos...
    Vi agora o teu blog, e gostei, porque urge falar sobre o assunto !
    Abraço Linda!

    Ana Cristina. (SOB_VERSIVA)

    ResponderEliminar
  6. Luma, eu também já tinha decidido boicotar a China, não vou lá ver as Olimpíadas,tambémum boicote econômico, não compro mais nada do muambeiro,e não peço mais comida no china in box, muito menos no Lig Lig. agora estou com um problemas tenho que trocar o meu pc esse ano, mas pelo que observei as peças são da china até o processador Intel é feito lá ...acho que vou ter que voltar para a maquina de escrever ....

    Bjs.....

    ResponderEliminar
  7. Luma
    Boicote a produtos chineses está quase impossível, parece que não há mais produtos nacionais nesse país.
    Mas concordo que devemos privilegiar a produção nacional seja lá de que produto for. Muito boa essa matéria.
    Bjs,
    Denise BC

    ResponderEliminar
  8. Acho dificil boicote aos produtos chineses, tb dizem q lá eles escravizam as pessoas pra poder produzir esses produtos q podemos chamá-los de "descartáveis"
    Big Beijos!

    ResponderEliminar
  9. Luma, obrigado pela visita, incrivel estive agora mesmo no blog do Haroldo de Castro
    http://www.viajologia.globolog.com.br
    admiro as fotos e comentarios dele, e fala sobre o modusvivendi do povo da China e do TIBET(olha a sintonia que vivemos)
    mas o seu post ficou otimo, pois a barbarie que acontece por lá é sem comentarios, pior que tudo made china vai pra maos de traficos de drogas e outros desvios maleficos, , por aqui a advertencia foi bem dada,nada de pirataria,
    camelodromo insustentaveis e tambem tem ser dado um basta aos que alugam pra máfia poder negociar,
    suellymarquez
    http://aniscomcanela.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Petição assinada!

    Oi Luma estou de volta, com blog novo (o antigo era o "Penso...logo...existo"; http://www.pensanteexistente.blogspot.com), após quase um ano eis que bateu "aquela" vontade de blogar de novo, tô com todo gás!
    Adoro teu blog, como sempre interessantíssimo!


    bjinho

    ResponderEliminar
  11. Através do Criativo de Galochas, (Brasil), já assinei a petição.

    Os poderosos necessitam da China, porque se assim não fosse faziam um boicote, como aconteceu à URRSS, há uns anos.

    O "Podridão Humana", verga-se aos carrascos de inocentes.

    Uma boa semana e sem imagens do Tibete, que até cortam o coração ...

    ResponderEliminar
  12. Luma querida ! É vergonhoso o que acontece na China, poluem, matam, e ainda querem pousar de bonzinhos.Aqui no Japão por mais que queremos deixar de comprar produtos chineses tá quase que impossível , produtos fabricados aqui já está quase que raro, não tem o que olhamos nas lojas que não seja fabricado na China.Os japoneses e o resto do mundo compram mesmo sem dó, fingindo não saber das barbaries que acontecem nesse país.Puro consumismo mesquinho que só visam o próprio lucro. Isso no dá nojo!!
    Parabéns pelo ótimo texto, como sempre muito esclarecedor.Tenho uma amiga na China e ela não consegue acessar nenhum blog, eles não permitem mesmo, uma vergonha!

    ResponderEliminar
  13. Ah, Luma querida, eu já fui lá e assinei a petição!!! Há muito tempo, desde que eu li os velhos livros do Lobsang Rampa, que eu fiquei horrorizada com a história da ocupação do Tibete... Boicote às olimpíadas - pois ainda há tempo de efetuar alguma mudança. Obrigada pela dica da petição. E, ah, amei sua visita ao meu bloguinho, que sempre deixa a turminha da fantasia feliz!!! E, muito obrigada também por me avisar sobre o não funcionamento do gif da Leonor Cordeiro (por uma internet mais segura para as crianças) - já "consertei". Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Oi Luma!
    EStou com saudades de você.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  15. Vou agora mesmo assinar a petição. Toda essa guerra, a invasaão da China ao Tibet é mesmo triste e dolorosa e o que for possível fazer de longe, eu o farei.

    ResponderEliminar
  16. denise16:18

    Oi, Luma
    Já assinei a petição.
    Cada dia mais me espanto com a crueldade humana. Mas, surpreendo-me também com a solidariedade e compaixão de outros tantos.
    beijo, menina

    ResponderEliminar
  17. Querida, it just ain't enough. E o que a Bjork fez, entao, eh menos do que enough. Anyway, paz.

    ResponderEliminar
  18. Vou assinar a petição também.

    Luma, há meme para você no meu blog.

    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  19. Olá Luma.
    Parabéns pela atitude.
    Não podemos mesmo cruzar os braços, muito menos calar os atos.
    Coloquei no meu blog um link para a petiçao e outro para seu maravilhoso texto.
    Queria até fazer umas camisetas para a causa mas tenho receio de parecer "aproveitador" da situação.
    Enfim, estou nessa luta.
    Abraços.
    Luiz Pinto Ferreira

    ResponderEliminar
  20. Sim, temos que fazer protestos sim; creio que assinar abaixo-assinado online e nada é quase a mesma coisa. Hoje é 08/04/08 e perdi os dois últimos protestos, aqui no Rio, há outro programado? Agora, tem que ter boa produção visual e boa assessoria de imprensa, principalmente para as agências internacionais, algumas semanas é um bom prazo para organizar.
    Abraços
    Marcelo
    traduza.net@gmail.com

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor