Eu gosto de ser mulher [update]



"Vivemos uma época em que as mulheres querem parecer umas com as outras; cabelos, roupas e atitudes iguais. E quando encontramos alguém original, encontramos a diferença, aquilo que nos falta"

Esta frase foi dita por um amigo. Os homens questionam as mulheres, assim como nós questionamos eles. Estamos conversados.

Se a postagem ficar sem nexo, me desculpem! Estou com um febrão beirando os 40°, mas não poderia deixar de participar da blogagem coletiva da Lunna.

Fazem três dias que estou assim, sem motivo aparente. Fiz todos os exames e o médico insiste em dizer que é emocional. É, ando sensível demais. Stress pesado, gosto pela adrenalina, vai saber!

Taí uma das vantagens de ser mulher! Podemos pedir colo sem constrangimento. Mas nem sempre foi assim. Os homens também andam mais docinhos, antes eram uns cavalos de guerra, vai saber também, outros continuam cavalos!



A imagem acima não sei de quem é mas* retrata um mercado de casamento. Nas guerras, a tribo vitoriosa matava os prisioneiros homens e as mulheres se transformavam em escravas reprodutoras, isso aumentava o potencial reprodutivo dos homens vencedores, lhes dando status.

A Ilíada de Homero, retratava as condições sociais de 1200a.c.. É um dos documentos que descreve o rapto e violação dos direitos da mulher, onde os homens discutiam a distribuição do espólio feminino. O rei Agamémnon abre mão de sua concubina favorita, Criseide e em compensação pede outra mulher. Como todas as prisioneiras já haviam sido reclamadas, o rei exige a concubina de Aquiles, Briseide.



Não se houve falar das prisioneiras nos livros de história. Não sabemos de seus sentimentos, não sabemos como se sentiam ao serem passadas de homem para homem como mercadorias.

No decorrer da história, a mulher passa a ser chamada prostituta, por causa das alianças entre homens, pactos militares, conjunção de forças para capturar uns aos outros. Não sei os motivos que hoje levam a mulher a se tornar prostituta. Alguns sentimentos arcaicos ela carrega.

Dizem que a mulher não criou a guerra. A guerra é criação do homem. Posteriormente os homens aprenderam a escravizar outros homens assim com faziam com as mulheres. Homens escravos eram melhores quanto mais músculos tivessem. Também não sei porque hoje os homens ainda mantém certos sentimentos arcaicos.

Homens como canibais, que comem uns aos outros.


Arthur Drummond

Virgínia Woolf, dizia que as mulheres são duras com outras mulheres e que quando elas se falam têm sempre uma carta escondida na manga. Acredito que existam muitas mulheres influenciadas por pensamentos masculinos. É, vivemos em um mundo capitalista e desse mundo resultou a "comparação" entre os sexos, mas nunca a equiparação. Somos seres únicos, homens e mulheres, cada qual devendo respeitar os limites do outro.

As mulheres não gostam das mulheres? Não seremos carrascas umas com as outras, primeiro mandamento, please?

A experiência da vida aparece para nos tornar melhores. No momento em que você pensa que já tem tudo, coisas novas aparecem em sua vida. Elas empurram, testam e desafiam você a crescer mais, aprender mais, fazer mais - ser alguém melhor.

Quando isso acontece, somos testados a acreditar que cometemos algo errado ou que perdemos algo. É difícil perceber que obtemos coisas boas dos momentos difíceis. A tenacidade fortalece o caráter e constrói a crença. E a medida que esta cresce, torna-se mais difícil você se abalar. Goste de você! Se você tem mais confiança em si, persiste com mais vigor seus objetivos, você acredita que tem direito de receber o que for para estar bem.

Enfrentamos desafios, resolvemos problemas, superamos as crises, porque temos a quantidade de crença suficiente para sustentar esses momentos e só sabemos disso quando somos testados. Eu diria que os melhores, são testados mais vezes ou que as provas mais difíceis são destinadas aos melhores alunos. Por essa razão, a medida que crescemos e avançamos no aprendizado da vida, os desafios aparecerão maiores.

Não pense no fracasso quando surgir uma dificuldade. Disponha-se a caminhar. Hoje eu me dedico a aprender, saber que cresço e melhoro cada vez que enfrento um novo obstáculo em minha vida.

"Num mundo em que os seres humanos têm tanto medo da "perda", existe um excesso de muralhas protetoras contra o mergulho na numinosidade de outra alma humana" (Mulheres que correm com os lobos - Clarissa Pinkola Estés)

Participe da blogagem, falando se gosta de ser mulher, se gosta de mulher ou se gosta apenas de ser. Pense, tente, anime-se!

Update *Ariane, esteve aqui e informou que a imagem que retrata um mercado de casamento é uma pintura de Edwin Long e se chama The Babylonian Marriage Market. Obrigada, Ariane! E aproveitem visitem o Observatório, um sítio que agrega links, divulgando blogues novos ou não.

Beijus,
Luma

Comente aqui também
!

22 comentários :

  1. E isso que tu tá com febre! Magina se não estivesse!!! aaaaff!!!
    hehe
    Sabe Luma, eu gosto muito de ser mulher, mas tem horas (são raras) que me dá vontade ser homem. Sei lá, parece que eles têm um raio de um "botãozinho" que a gente não tem. Por exemplo: agora eu amo. agora não amo mais. Vai entender?
    Eles têm um jeito de "separar" as coisas de um jeito que eu não sei como. Devem ser particularidades "masculínicas" mesmo kkkkkkkkkkkkk.
    Beijão. Bom fds. Melhoras pra vc lindinha.

    ResponderEliminar
  2. Luma, antes de qualquer coisa, espero que vc esteja melhor ao ler este comentário e que acredite no que o seu corpo reclama emocionalmente. Não é à toa que fala-se em psicossomática e da grande influencia que nossa emoção tem em nosso organismo (e vice-versa!). Cuide-se, cuide dessa mulher inteligente e linda que é vc.
    Agora, se gosto de ser mulher? Sim, gosto. Embora esteja muito decepcionada com o que a grande maioria faz com o papel feminino. Tenho visto, e creio que vc tbm, prostitutas de várias formas, e não apenas que vendem sexo. As mulheres de hoje se prostituem de graça... Perderam a noção da beleza, do valor, do amor. E tudo isso é visto e ouvido na mídia, na rua, nos shoppings... Já não sei o que as mães dessas mulheres tem ensinado, tem passado, tem influenciado no seu ser mulher.
    Beijos e cuide-se.
    Mel -http://casualeblog.wordpress.com

    ResponderEliminar
  3. Não vou dar conselhos, mas cuida-te menina...
    Adoro ser mulher, menina, mãe...
    Beijos e as melhoras

    ResponderEliminar
  4. Olá Luma!
    Espero que fique melhor.
    Bom, primeiro queria agradecer o comentário que você fez em meu post. Fiquei tão entusiasmada. Finalmente!
    Sempre que posso, leio seu blog. Sua abordagem é inteligente, e sinceramente fico constrangida ao ver que há tanta coisa para eu aprender! Ainda não conheço todas as ferramentas, idéias e recursos que os blogueiros experientes dominam.
    Gosto de ser mulher. Apesar de nós termos herdado os rótulos negativos do passado, sei que conquistamos "alguns" direitos e reconhecimento da sociedade. Pena que ainda há tanta ignorância e violência espalhados pelo mundo. São mulheres e meninas sofrendo em silêncio.
    Bj,
    Aline

    ResponderEliminar
  5. Luma, cuide -se :)
    Desejo melhoras ...

    Clube da Luluzinha ..... cruiz credo !

    ResponderEliminar
  6. Puxa amiga, se cuida.. melhoras a vc..
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  7. Luís, não é clube da luluzinha!! Tanto que um homem opinou no começo da postagem. Você também pode participar! Beijus

    ResponderEliminar
  8. Belo texto. Que você melhore logo! Beijos! :o)

    ResponderEliminar
  9. Luma, espero ver você boa o mais rápido possivel...

    ResponderEliminar
  10. Legal o texto Luma. Eu nem sabia se essa blogagem ia rolar ou nao.
    Agora fica para a proxima... mas so para constar, eu adoro ser mulher ;)
    bjs
    Lys

    ResponderEliminar
  11. Essa frase da Simone ai embaixo eh um classico!

    beijos
    Lys

    ResponderEliminar
  12. Luma, melhoras para você! Sim, sim, sim: é preciso escutar o corpo!
    PS p/ Lys: Como assim, ficou na duvida se ia rolar ou não a blogagem? Ta todo mundo do universo conexo e desconexo, avisado! heheh

    ResponderEliminar
  13. Acho que a identidade feminina é algo muito interesssante.Não é por acaso que uma quantidade considerável de historiadore continuam estudando História vita pela ótica feminina ou a influência das mulheres na História.Pois como dizia um conselheiro de Luiz XVI "não se abre portões a revoltosos e muito menos a revoltosas".
    As imagens ficaram ótimas no post.
    beijos.

    ResponderEliminar
  14. Eu blog do brasil mesmo ... mais acabei errando o bendito horario :S
    de qualquer forma vlw pelo toque

    ;***

    www.lazer2.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Votos de boa melhoras, que a frbre tenha passado e que não seja nada de preocupar.
    O blog está lindo ´, assim como tú gosto de ser mulher, esposa, mãe, avó hehe tanta coisa.
    Votos de boa semana e um bj

    ResponderEliminar
  16. Olá boa noite, parabéns pelo belo texto. Sensível, pura, justa, ambiciosa, carinhosa, essas são qualidades que definem distintas mulheres. Hora as entendemos. Outras não queremos ver. São assim por serem instáveis, ou por serem? É simplesmente inexplicável, sem entendimento, mas o porquê da mulher? Talvez por gerarem os seres? Sei lá! Mas desde já parabenizo todas as mulheres, apesar de serem inexplicáveis, possuem uma fundamental importância. Por serem simplesmente MULHERES!
    Tenha uma excelente semana com muita paz, saúde e luz. Abraços fraternos.
    http://sombradosol.zip.net

    ResponderEliminar
  17. Não sei se conseguiria escrever um artigo com tanta categoria quanto este. E tu estás com febre, imagina... quanta cultura.
    Sou mulher, mãe e esposa. Gosto muito de ser assim. Acredito que hoje temos mais poder.
    Sou uma novata neste mundo e, às vezes, sou impulsiva. Vim para este mundo (dos blogues) por pensar que aqui a mídia não me enganaria.Quero saber o que de verdade acontece no mundo real, sem a interferência da mídia. Sua postagem sobre a revista veja também foi muito pertinente e agradável a meus olhos. Meu grande problema é que me envolvo demais com pessoas que simpatizo tanto no mundo online quanto no offline.
    Espero que melhore rápido e peço licença para continuar acompanhando tuas postagens.

    ResponderEliminar
  18. Mulher! essa palavra pode resumir meu comentário, eu sou um feminista, a favor da total igualdade, mas ainda bem que não são iguais (risos, sem machismo)

    ResponderEliminar
  19. Luma com febre é igual Luma com pensamentos como sempre, só que fervendo.
    Não gosto mais de blogagem coletiva, mas constato que mulheres são competidoras por natureza entre si.
    Será que estou enganada, ou porque será que homens que trabalham juntos dificilmente provocam intrigas tanto quanto as nossas irmãs de sexo conseguem?
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  20. Luma como você consegue que no feed do seu blog apareça o "comente aqui" do blogger?

    ResponderEliminar
  21. Eu fui menina-menino, criada com tres irmãos, sonhando que era a personagem do desenho 'A princesa e o Cavalheiro' (uma princesa que se passava por prícnipe). Se eu pudesse, seria homem. Não por que não seja bom ser mulher mas por que acho muito difícil ser mulher num mundo de homens...quantas ainda não são escravizadas, agredidas, humilhadas, maltratadas...? Quantas ainda não se vem presas à maridos -tiranos, que as enchem de filhos e as trancam em casa, tornando-as dependentes financeiramente, condenando-as à infelicidade? são tantas! enfim...

    à propósito, a primeira imagem que ilustra o post é uma pintura belíssima de Edwin Long e se chama The Babylonian Marriage Market

    Abraços!

    ResponderEliminar
  22. Gostei, Luma!
    No outro Blog que tenho ) http://dicati.blogspot.com/ ) tenho um post dedicado somente ao grande prazer que tenho em ter nascido MULHER !!!

    Parabéns por este cantinho tão bom!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor