Nunca é tarde para comentar!

Alunos Ignoram matemática elementar

Capa da Folha de São Paulo do dia 14 de Março:

“Os resultados do Saresp, exame realizado pelo governo paulista nas escolas públicas do Estado, mostram que, no ensino de matemática, mais de 80% dos alunos dessas escolas não obtiveram os conhecimentos esperados pela própria Secretaria da Educação em 2007. O 3º ano do ensino médio foi a série em que os estudantes tiveram as maiores dificuldades.”

3º ano do ensino médio? Esses estudantes não deveriam estar prontos para entrar na universidade?

Pertinente o comentário abaixo feito por RUTE BEVILAQUA

clipped from linearclipping

- Data: 16/03/2008
- Veículo: FOLHA DE S. PAULO - SP
- Editoria: OPINIÃO
- Assunto principal: OUTROS

"Acho que posso ajudar a entender porque os "alunos ignoram matemática elementar"

Sou professora de matemática. Comprei pela internet um DVD da "The Teaching Company", com material educativo que traz idéias de como tornar mais eficiente o aprendizado de matemática. Paguei por esse DVD US$ 60 - R$ 101,68. Tive de pagar de impostos (importação, ICMS, desembaraço aduaneiro) R$ 114,71. Pergunto: há amor à causa ou salário de professor que resistam a taxas assim? Essa taxação mostra que a ordem é impedir mesmo que os brasileiros aprendam a calcular as inúmeras taxas que pagam."

Talvez você fique mais assombrado ao ler o relatório na íntegra: saresp

O futuro começa agora.

13 comentários :

  1. Olá Luma, tudo bem?

    Curso atualmente Física-Licenciatura e posso dizer que grande parte da grade é voltada à pedagogia da matéria que se pretende passar. Uma das questões primordiais para o ensino que podemos observar é a relação dele com a realidade/contexto no qual o aluno está inserido.

    O ensino público tanto básico como médio não tem políticas de capacitação de docentes. A LDB que é a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional é muito bonita na letra (na realidade toda legislação brasileira) a dificuldade está na implementação de tais teorias.

    O bendito piso salarial digno é preterido, não é à toa que grande parte dos licenciados não querem exercer o magistério...

    O comentário da professora de matemática é pertinente, mas creio ser uma causa mínima do que o ensino brasileiro está se transformando...

    A fôrma educacional deve mudar, um docente deve ter a capacidade de observar que de um ano para outro, devido as alterações do contexto social, os exemplos e a forma de se passar os assuntos mudam. Se de ano a ano a fôrma muda, que dirá daqueles que ainda se utilizam de "técnicas" de 20, 30 anos atrás.

    Resumindo: políticas públicas de valorização da educação (só tudo rs) é o que falta...

    ResponderEliminar
  2. Olá!

    Cheguei e estou colocando tudo em ordem pra poder bagunçar de novo! Obrigada pela dica (enxaqueca). Valeu!

    bjs, andrea

    ResponderEliminar
  3. Olá minha amiga
    tudo bem com vc
    estou de volta, micro arrumado pronto para tudo hehehe
    sobre a matemática isso é uma realidade triste, mas q não só em São Paulo mas em todo Brasil o ensino publico vai mal.
    beijos

    ResponderEliminar
  4. Oi Luma,

    80% puxa!!! Isso aí está pior que aqui (nós aqui temos uma taxa de insucesso matemático na ordem dos 60%)!

    Mas eu sei porque é que os miúdos não conseguem assimilar: a forma de ensinar matemática não é criativa. E depois quando professores, como a Ruth, tentam aprender transmitir a matéria de forma dinâmica têm de pagar os tubos em taxas! Assim não há causa que resista!

    Ao menos a Ruth tentou actualizar-se (está de parabéns), aqui a maioria dos professores não quer saber, despeja a matéria (a miúdos que estão habituados à velocidade - internet, SMS nos telemóveis; video jogos etc) e espera que algum assimile...please!

    Actualizem a forma como transmitem a matéria e os miúdos apreenderão a matéria na boa! E também não ensinem matemática dizendo ao mesmo tempo "na vida real não vão precisar disto, mas têm que aprender!" - já ouvi isto...nos tempos em que estava na escola; para hoje ver que a matemática é necessária para tudo!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Isso não chega a ser uma surpresa, apesar de não deixar de ser uma vergonha. E isso é uma questão de incentivo por parte da escola. Nem todo mundo acha divertido ficar fazendo cálculos, mas é algo necessário para certos fins. Eu sou aluno do primeiro ano do curso superior de Engenharia da Computação e fico besta de ver o tipo de dificuldades de algumas pessoas da minha classe. Gente que saiu do terceiro ano no ano passado e não entende nem a regra de sinal. Mas não adianta culpar apenas a escola. Os pais têm que se mostrar mais presentes na educação dos seus filhos. Pegar no pé da criança algumas vezes funciona.

    ResponderEliminar
  6. Há que existir, Luma, patriotismo no ensino de qualquer matéria;
    professor tem que ensinar a aluno do seu país, no caso o Brasil que tem que competir
    com outras nações em todos os ramos do conhecimento. Pior é que acontece aqui também o que Max fala sobre o professor em Portugal. Ao dizer aos alunos que na vida real não precisarão da matemática está desservindo ao país. Nem todos os pais se interessam pela vida intelectual dos filhos, muitos não têm nem tempo para cobrar.
    Quantos alunos de pais separados! Há que se criar um sistema supra-escolar itinerante que cobre diretamente na escola, com provas, o estágio dos alunos de cada sala de aula. Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Olá querida Luma!

    Não o esnino vai mal, tudo vai aml no nosso país, meu Deus onde isso vai dar???
    Minha linda postei todos os endereços pa Tansplante de medula e também falei da falta do liquido precioso(sangue) não só do Rio mas em todos os hemocentro.
    Fiquei feliz por ter abraçado mais essa nobre causa.
    Estou me preparando para a Blogagem de sábado, espero que gostem.
    Beijos em seu lindo coração!

    Rô!

    ResponderEliminar
  8. Luma,
    Desde que me conheço por gente a matemática sempre foi o pesadelo na vida da maioria dos alunos, inclusive na minha q na última prova do 3ªano do ensino médio cheguei ao ponto de estudar 8 horas. Mas valeu o esforço, para quem sempre teve dificuldade como eu, consegui tirar meu primeiro e único 10 em MATEMÁTICA.

    Agora português, vc já viu o absurdo q os estudantes escrevem???
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  9. camille23:15

    Oi querida,
    Faço as quatro operações e maisum pouquinho de alguma coisa. Mas o que nunca entendi mesmo, é a qualidade do ensino no Brasil. E sua propria matematica e estatisticas. Uma vergonha, uma vergonha, uma vergonha.
    Beijos,
    Camille

    ResponderEliminar
  10. Enquanto isto, para os políticos sai dinheiro pelo ladrão...

    ResponderEliminar
  11. OI? sou o EDY do EDY MUSIC STÚDIO e vim aqui pra falar que eu amo tds vcs ok ?? rSrSRsSrs
    VENDO ? compro? e ? e troco ? instrumentos musicais
    TEMOS: aula de musica no local VIOLÃO ? guitarra ? BAIXO ? BATERIA ? teclados ? canto ? EDIÇÃO E MIXAGENS P/ INICIANTES
    COMPRE AQUI: um vasto material p/ seu aprendizado
    TEMOS: LOOPS SAMPLES PLUGINS MIDI PARTITURAS E TABLATURAS
    61792333 OU edy_rockboy@hotmail.com
    estamos tbm no tramavirtual purevolume e no GOOGLE E SÓ DIGITAR EDY MUSIC

    man tenho um violão stagge de fibra aço eletrico equalizado por 350 conto mto loko a viola vei

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor